“Kelvin – O Vira Lata” encerra a programação infantil do projeto “Plurais de Dança”

Espetáculo será apresentado gratuitamente no dia 25 de outubro, às 15 horas, no Complexo Cultural Funarte SP

Com a encenação gratuita, às 15 horas, do espetáculo “Kelvin, o Vira-Lata”, chega ao fim no dia 25 de outubro a parte infantil do projeto “Plurais de Dança”, que, com apresentações de dança para adultos e crianças, ao longo do mês movimentou a Sala Renée Gumiel, no Complexo Cultural Funarte SP (Alameda Nothmann, 1.058, Campos Elíseos).

Kelvin - O Vira Lata_Foto Andre Scatolin.jpg
Dia 25, a Cia. MovMente apresenta “Kelvin, o Vira-Lata”. (Foto: Divulgação)

Encenado pela Cia. MovMente, o espetáculo ”Kelvin, o Vira-Lata”, conta a história de um cãozinho abandonado procurando um novo lar. De maneira poética e bem humorada, Kelvin se relaciona com a dura realidade das ruas: o lixo, as pulgas, o frio e a falta de comida. Mas, em meio à busca por um dono, o personagem também leva ao público uma mensagem lúdica de amor e esperança, que pode ser compreendida pelos gestos, pelas mímicas e pelas danças mostradas pelo simpático cachorro.

A programação completa do projeto Plurais de Dança – que também conta com espetáculos, oficinas e aulas de dança, bem como performances, intervenções e jam sessions voltadas aos adultos, que se estendem até 29 de outubro – está disponível em http://www.funarte.gov.br/danca/ ehttps://www.facebook.com/bailesolucoesculturais/.

Todas as atividades fazem parte do projeto “Plurais de Dança”, produzido pela Baile Soluções Culturais, produtora com experiência em gestão cultural, e contemplado pela FUNARTE em setembro deste ano no Edital para a ocupação da Sala Reneé Gumiel, que tinha como foco criar diálogos entre atividades culturais.

Anúncios

FILME LIGA DA JUSTIÇA INSPIRA ARTES ESPECIAIS CRIADAS PELO QUADRINISTA BRASILEIRO IVAN REIS

O aguardado filme de ação da Warner Bros. Pictures será lançado no Brasil em 16 de novembro

Em antecipação ao seu próximo longa-metragem de super-heróis, Liga da Justiça, a Warner Bros. Pictures encomendou duas artes exclusivas inspiradas no filme para lançamento no Brasil. As artes foram desenhadas por Ivan Reis, um dos principais quadrinistas do país e que trabalha para a DC Comics desde 2003. A primeira (anexa) destaca o time de meta-humanos formado por Batman, Mulher-Maravilha, Aquaman, Ciborgue e Flash. O segundo pôster será lançado no começo de novembro.

JSTLG - BPO Ivan Reis Art_1 (002).jpg
Ivan Reis cria pôster de Liga da Justiça. (Foto: Divulgação)

“Estou muito feliz em ter criado duas artes exclusivas de Liga da Justiça para os brasileiros. Nós somos um povo apaixonado por quadrinhos e esse foi o meu presente para aqueles que estão ansiosos, assim como eu, de assistirem ao filme nos cinemas em novembro”, ressaltou Ivan Reis, artista exclusivo da DC Comics e um dos maiores quadrinistas da atualidade, que produz suas histórias a partir de seu estúdio em São Bernardo do Campo, São Paulo.

As artes são presentes merecidos para os fãs brasileiros que veem lotando as salas de cinema nos filmes da DC Comics nos últimos anos. O Brasil se tornou um dos principais mercados para longas de heróis e quadrinhos no mundo com resultados expressivos nas bilheterias. Com a exibição de Mulher-Maravilha, o Brasil ficou em terceiro lugar no ranking mundial de maior bilheteria, atrás de Estados Unidos e China. E não foi diferente com Esquadrão Suicida e Batman vs Superman: A Origem da Justiça em 2016, quando ocupou o terceiro e o quarto lugar, respectivamente, no ranking mundial.

MERCADO DAS MADALENAS VOLTA À REGIÃO DO ALTO DA LAPA PARA QUEM QUER FAZER COMPRAS E ENTRETENIMENTO

Evento com entrada gratuita incentiva economia colaborativa e oferece a visitantes produtos exclusivos, DJ, show musical, alimentação e apresentações circenses nos dias 21 e 22 em SP

Será realizado nos dias 21 e 22 de outubro mais uma edição do Mercado das Madalenas no bairro do Alto da Lapa, em São Paulo. Com entrada gratuita, o evento, que reúne diversos expositores de produtos autorais e criativos que priorizam a qualidade e o design inovador, já havia sido realizado nessa vizinhança uma vez em 2015 e outra em 2016. Essa nova edição tem como mote o mês das crianças com uma proposta divertida, toda calcada em uma atmosfera circense, para que seja celebrada a criança interior de cada um, de zero a 100 anos de idade, além da chegada da temporada Primavera-Verão.

Mercado das Madalenas_out 2017.jpg

O público presente poderá conferir novidades em moda praia, roupas masculinas, femininas e infantis, artigos de decoração, presentes para crianças, acessórios, joalheria, artesanato, gastronomia e comidinhas, além de infinitas opções para quem quer decorar a casa, dar um trato no visual ou presentear um ente querido. Poderão ser encontradas peças das marcas Amir Slama (coleções passadas), Para Dormir (kimonos e pijamas), Atelier Alaine Colucci (roupas com tingimento vegetal), Vivi Pelo Mundo (curadoria da Asia), Dona Frida (roupas femininas), Cheek Boys (para meninos descolados), roupas da Zona de Conforto, jóias em prata da Uber 47, chás da Obatian, mel de produção artesanal, porcelanas pintadas da Studio Garagem, roupas de linho da Mos Studio e produtos da importadora de vinhos Celebre Vinhos.

Ótima opção também para passear

O Mercado das Madalenas não é apenas para quem pretende comprar produtos criativos e exclusivos. Segundo suas organizadoras, Mônica Isnard e Inara Prudente Corrêa, o evento é uma excelente opção para as pessoas que também pretendem fazer um passeio diferente na região do Alto da Lapa.

Tem um restaurante, a cargo do Chef Celso Lacerda, com sua cozinha criativa. Um DJ animará o ambiente enquanto não estiver acontecendo o show ao vivo da banda Groove Jazz. Haverá ainda comidinhas, bebidas, café, pão de queijo, doces, tatuagem, visagismo, tarô e drinks entre as atrações. Para as crianças, estão programadas oficinas com o Ateliê ZigZaga, intervenção da Bicicleta Literária na rua e atrações circenses durante o evento.

“O universo da criatividade não tem limites, pois ela pode ser aplicada em diferentes segmentos. Nessa edição, nossa seleção de expositores está bem variada, com presentes para crianças, roupas, acessórios, objetos para casa, kimonos etc. Além de expositores com comidinhas e bebidas feitas de uma maneira super artesanal”, afirma Inara. “O clima e astral descontraído do Mercado das Madalenas já é uma marca registrada. E, afinal, nada é por acaso. Trabalhamos com afinco para propiciar essa atmosfera aos nossos visitantes”, completa Mônica.

AGENDA

Mercado das Madalenas – 3ª edição no Alto da Lapa 

Data: dias 21 e 22 de Outubro de 2017

Horário: das 10h às 19h

Endereço: Rua Passo da Pátria 909, Alto da Lapa – São Paulo/SP
ENTRADA GRATUITA
Aceita pagamentos de compras com cartões de débito e crédito, além de dinheiro

Outras informações: mercadodasmadalenas@gmail.com

Distortions recebe prêmio Best of #BGS10 da GameSpot

Ao lado de AAA como Assassin’s Creed e Forza 7, Distortions é o único brasileiro da lista dos melhores jogos da BGS

O último dia de Brasil Game Show começou diferente para a Among Giants, estúdio paulistano de desenvolvimento de games. O Distortions, seu primeiro jogo e que está sendo desenvolvido há oito anos, recebeu da GameSpot o prêmio “Best of #BGS10”, sendo colocado na lista dos 20 melhores produtos da feira.

image005.jpg
Distortions recebe prêmio na BGS. (Foto: Divulgação)

Ao lado de AAA como Assassin’s Creed Origins, Forza 7 e até de lançamentos como o Xbox One X e o Razer Thresher Ultimate, o Distortions foi selecionado com um dos 20 melhores jogos e produtos da feira, sendo o único jogo brasileiro da lista. Esse prêmio só é oferecido em três eventos durante o ano e é a primeira vez que a GameSpot participa da Brasil Game Show.

Distortions na Brasil Game Show

O estande do Distortions na décima edição da Brasil Game Show estava repleto de atrações e eventos em todos os cinco dias de feira. A violinista e youtuber Lyarah Live foi responsável por reunir muitos visitantes durante suas apresentações diárias tocando a trilha sonora do jogo vestida como a Menina. Além disso, Léo e Toledo, da Banda Supercombo, participaram de gameplays ao vivo e receberam fãs no estande.

Estavam disponíveis três versões demo do jogo para que o visitante pudesse conhecer um pouco mais sobre o jogo. Além da demo de narrativa, vencedora do prêmio de melhor jogo brasileiro de 2017 no Big Festival, foram levadas mais duas demos inéditas: uma focada em gameplay e a outra para mostrar como funciona o mundo aberto de Distortions.

Acesse a página oficial do Distortions no Facebook

Vitor Kley lança sua nova canção “O Sol”

A música nova de Vitor Kley – “O Sol” – parece uma ode ao astro-rei, mas ao final é uma homenagem à própria essência do trabalho desse artista que segue estourado com a canção “Farol”. “O Sol” é uma canção solar, como Vitor Kley sabe fazer desde a estreia em disco, em 2009.

imagem_release_1099300.jpg
Vitor Kley lança single. (Foto: Divulgação)

Foi lançada justamente no dia em que entra em vigor o Horário de Verão, estação solar, praiana, que mais o influencia por ser artista do surf. Fora sua condição de ícone da nova MPB Surf Music.

O violão de cordas de aço a conduzi-la, em levada mais para o pop roqueiro, a voz marcante e a bateria que entra depois do terço inicial em crescente de empolgação e a receita do pop certeiro em 3 minutos. Mais um gol de Vitor Kley.

A faixa já está disponível nas plataformas digitais e pode ser ouvida aqui – https://www.youtube.com/watch?v=sROYx8vG1CM

“A mente imprudente” mostra como intelectuais do século XX apoiaram princípios tiranos e regimes totalitários

De Heidegger a Foucault, historiador da Universidade de Columbia analisa como pensadores foram influenciados por ideologias e paixões de suas épocas

image004.jpgAo longo da história, certos intelectuais receberam de braços abertos regimes totalitários fascistas e comunistas. Esta é a premissa do historiador americano Mark Lilla no livro “A mente imprudente”, lançamento da Editora Record. Em forma de ensaios, Lilla traça o perfil filosófico-político de seis pensadores do século XX, que, na visão do autor, se deixaram levar por ideologias e fecharam os olhos ao autoritarismo, à brutalidade e ao terrorismo de Estado.

O historiador conta a trajetória do filósofo alemão Martin Heidegger e sua entrada no partido nazista em maio de 1933, ainda que hoje já se saiba que pelo menos dois anos antes ele já tinha manifestado apoio a Hitler. A decisão de seguir o nazismo complicou a vida de seu amigo  Karl Jaspers e de Hannah Arendt, com quem Heidegger viveu um romance.

“Jaspers era um amigo, Arendt fora sua amante, e ambos admiravam Heidegger como um pensador que, segundo acreditavam, tinha revivido sozinho o autêntico ato de filosofar. Agora eles tinham de se perguntar se sua decisão política refletia apenas uma fraqueza de caráter ou se havia sido preparada pelo que Arendt chamaria mais tarde de seu “pensamento apaixonado”. Neste último caso, significaria que seu próprio apego intelectual/erótico a ele como pensador estava comprometido? Acaso haviam se equivocado apenas a respeito de Heidegger ou também sobre a filosofia e sua relação com a realidade política?”, indaga o autor.

Assim como Heidegger, o filósofo alemão Carlos Schmitt apoiou publicamente os nazistas nos primeiros dias do Terceiro Reich.  Lilla analisa também como Walter Benjamin, considerado um dos intelectuais mais importantes do século XX, expressa em suas cartas que era um pensador teologicamente inspirado e politicamente instável. Ele conta que nos anos 30, Benjamin se mantivera calado sobre “processos exemplares” em Moscou e ao longo da década não foi capaz de criticar Stalin publicamente, nem quando a militante e diretora teatral Asja Lacis, com quem se envolveu amorosamente, foi levada a um gulag, campo de trabalho forçado para onde iam “inimigos” do Estado.

O historiador relata ainda aspectos controversos na trajetória do filósofo russo Alexandre Kojève, do franco-argelino Jacques Derrida e de Michel Foucalt,  que se declarava discípulo do Marquês de Sade e se divertia com as gravuras de Goya retratando a carnificina da guerra:

“Assistimos ao processo mediante o qual uma obsessão intelectual com a transgressão culminou numa perigosa dança com a morte”, afirma.

“A mente imprudente” chega às livrarias neste mês de outubro pela Editora Record.

Mark Lilla nasceu em Detroit, EUA, em 1956. É professor na Universidade de Columbia e escreve regularmente para a revista New York Review of Books e outras publicações ao redor do mundo. É autor, entre outros, dos livros The Stillborn God: Religion, Politics and the Modern West e G.B Vico: Tha Making of na Anti-Modern, além de The Legacy of Isaiah Berlin, com Ronald Dworkin e Robert B. Silvers. Em 2015, venceu o prêmio de Melhor Comentarista de Notícias Internacionais concedido pelo Overseas Press Club of America, pela Coluna “On France”, da New York Review of Books.

Eva Wilma e Heloá Holanda, cantora semifinalista do programa X Factor Brasil, se apresentam cantando juntas em show inédito no Teatro J. Safra

“Crise, que Crise?” é um espetáculo inédito que une vários ritmos e chega na capital paulista, no dia 2 de novembro, em única apresentação

O Teatro J. Safra recebe no dia 2 de novembro, quinta-feira, o show inédito “Crise, que Crise?”, que reúne os mais diversos nomes e gerações através da música. Em única apresentação, o espetáculo que vai do pop rock, passando por músicas do folclore ao compositor Villa Lobos, foi idealizado por John Herbert Jr., o Johnnie Beat, cantor, compositor e filho da atriz Eva Wilma, promete grandes emoções. Além de Johnnie, o show traz ao palco sua mãe, Eva Wilma, o cantor e diretor musical paulista William Paiva e Heloá Holanda, cantora  semifinalista do programa X Factor Brasil, da Rede Bandeirantes.

Este espetáculo também marca a estreia de Eduardo Figueiredo como diretor de um show. Após receber o convite da própria Eva Wilma, aceitou o novo desafio. Muito respeitado no meio cultural, diretor de grandes sucessos no teatro, entre eles: “Mulheres Alteradas”, “Aprendiz de Feiticeiro”, “Frida y Diego” e atualmente “O Gatão de Meia Idade, a peça”.

EVA VILMa-10.jpg
Eva Wilma se apresenta no Teatro J. Safra. (Foto: Divulgação)

“Crise, Que Crise?”, canção que dá nome ao show e será lançada nesta ocasião, é de autoria de Johnnie. Além disso, a música aborda o tema, tão em voga no país, de forma otimista. A capa do álbum da banda inglesa Supetramp, “Crisis, Wath Crisis”, de 1975, e este momento difícil que o Brasil passa, inspiraram o cantor e compositor.

“Pensando na crise, não acho que devemos, de fato, nos preocupar e sim nos reinventar e passar por cima de tudo de maneira leve e com a esperança. Afinal, a música nos traz sentimentos bons. Estou muito feliz em levar tantos nomes bacanas e diferentes gerações ao palco. Minha mãe, que está ansiosa em relembrar os tempos em que aprendeu muito com Inesita Barroso, Heloá, uma voz feminina que trará delicadeza e encanto ao show, e, claro, William Paiva, um excelente cantor que trará força”, comentou Johnnie.

A participação de Eva Wilma, que, antes de iniciar sua carreira bem-sucedida como atriz, teve incursões na música, dá um colorido especial ao roteiro. E, como convidada de honra, homenageará o poeta ferreira Goulart e o compositor Heitor Villa Lobos, numa leitura moderna de suas obras.

A banda, composta especialmente para essa ocasião, ainda trará canções de sucesso de Nando Reis, Samuel Rosa, Erasmo Carlos, passando por The Beatles, Lou Reed e finalizando com o grande nome da música brasileira, Gilberto Gil. Sempre à sua maneira, com um pouco de rock n’roll e um sotaque blues.

Ficha Técnica

Direção Geral: John Herbert Jr. e William Paiva

Direção Cênica: Eduardo Figueiredo

Direção Musical: William Paiva

Produção: Acts Produções Artísticas Ltda.

Violão: John Herbert Jr.

Piano e voz: William Paiva

Teclados: Johnny Mantelato

Guitarra: Leandre Gomes

Contrabaixo: Samuel Junior

Baixo: Felipe Marques

Bateria: Wellington Maia

Participações Especiais: Eva Wilma, Heloá Holanda e Roger W. Lima

SERVIÇO

 

Show “Crise, que crise?”

 

Data: 2 de novembro, quinta-feira

Horário: 21h

Classificação: 12 anos

Duração: 90 minutos


Valores

Plateia Premium: R$ 60,00

Plateia Vip: R$ 60,00

Mezanino: R$ 35,00          

Mezanino com visão parcial: R$ 15,00

 

Teatro J. Safra

Endereço: Rua Josef Kryss, 318 – Barra Funda – São Paulo – SP

Telefone: (11) 3611-3042

Abertura da Casa: 2 horas antes de cada horário de espetáculo, com serviço de lounge-bar no saguão do Teatro.

Capacidade da casa: 627 lugares

Acessibilidade para deficiente físico

Estacionamento:

Valet Service (Estacionamento próprio do Teatro) – R$ 25,00

Horário de Funcionamento da bilheteria

Quartas e quintas – 14h às 21h

Sextas, Sábados e Domingos – 14h até o horário dos espetáculos

Vendas on-line: www.teatrojsafra.com.br ou http://www.compreingressos.com/teatros/497-Teatro-J+-Safra

Tendências para a Primavera 2017

A temporada ensolarada e cheia de flores promete dar o que falar, não só nas ruas embelezadas por ipês e árvores lindas, mas também nos looks, com estampas floridas, cores fortes e muito conforto!

imagem_release_1073006.jpg
Lu Cabral dá dicas para o look da primavera. (Foto: Divulgação)

Cores: As cores fortes continuam a dominar os looks nessa estação. Vermelho, verde, laranja, pink, azul e muitas flores (dessa vez no Maxi flores, aparecendo maiores nas peças. As principais grifes escolheram usar flores esse ano com modelagem mais criativas e ousadas). 

Mas as cores claras, como o Rosa, tons de nude, candy colors também estarão bem presentes na Primavera. Vale lembrar que a cor escolhida pela Pantone esse ano foi a Rose Quartz. As listras também continuam em alta, mesclando com flores, o famoso mix de estampas (ousado né?), mas com muita personalidade!

Estilos: Estilos confortáveis serão a bola da vez! Muito vestidos (curtos, longos, soltinhos com tênis, slippers, flats mules), muito cropped e looks monocromáticos, t-shirts engraçadas com jeans (saia, shorts)

Acessórios: Choker muito vistos no Outono/inverno continuam em alta, dessa vez mais discretos e com pedras. 

Brincos e colares de bolas, dourados, prateados, coloridos e em versão maxi serão super tendência, sem contar das maxi pérolas. Vale a pena investir neles, por ser atemporais (nossas avós usaram muito podem procurar nos álbuns rsss).

Tons de batom: Tons naturais, terrosos, os nudes sem exagero para valorizar o rosto. Um maravilhoso que já é must have de muitas garotas é o Velvet Teddy da M.A.C

Santa Mônica lança gama de produtos

Responsável por todo o processo de produção do grão, desde o plantio — realizado em suas cinco fazendas, na região de Machado, no sul de Minas Gerais — até o envasamento, feito com embalagens especiais capazes de preservar o café por mais tempo, passando pela rigorosa seleção e pela torrefação, a empresa quer ampliar seu alcance no varejo apostando na oferta de produtos inovadores e de alta qualidade. Para isso, a marca tem investido na concepção e design de embalagens elaboradas e funcionais, como o Drip Coffee, um mini coador criado para ser utilizado direto na xícara.  “Queremos nos tornar referência também no varejo e oferecer algo inovador faz com que nossos cafés ganhem destaque nas gôndolas, chamando a atenção do consumidor e o incentivando a degusta-lo” explica Marcelo Moscofian, diretor do Café Santa Mônica.

ViewImage.jpg

O diferencial da marca também aparece na nova gama de produtos que chegam às lojas como sachê de bebidas quentes em Monodose, em três sabores: Chocolate Europeu (à base de chocolate meio amargo), Chai Latte (à base de leite e especiarias indianas) e Cappuccino (à base de leite, chocolate, café e canela). As três opções não contêm glúten e são encontradas em embalagens com 10 sachês, por R$ 24,90. Nesse formato, a bebida é preparada direto na xícara, basta despejar o conteúdo de um sachê em 100ml de leite quente.

Outra novidade é a oferta do produto em pacotes de 1kg que estão disponíveis para Chocolate Europeu (à base de chocolate meio amargo) e Cappuccino (à base de leite, chocolate, café e canela), por R$ 48,02. Para preparar os cafés, utilize 25g (chocolate europeu) ou 30g (cappuccino) para cada 100ml de leite (exclusivo para o cappuccino). Mexa bem até dissolver e coloque o restante do líquido.

Os cafés Santa Monica podem ser encontrados no Sam’s Club, Zaffari, Mambo, Casa Santa Luzia, Santa Maria, Empório Moema,

St. Marche, Hirota Supermercados, Red Supermercados, Empórium São Paulo e também no e-commerce da empresa: www.lojacafesantamonica.com.br

LIGA DA JUSTIÇA GANHA NOVA ARTE

Dirigido por Zack Snyder, longa tem estreia prevista para 16 de novembro no Brasil 

A Warner Bros. Pictures divulga nova arte do aguardado Liga da Justiça. A imagem destaca Batman, Mulher-Maravilha, Aquaman, Ciborgue e Flash prontos para o combate, além de reforçar a união do time de super-heróis.

JSTLG - BPO Fight 1sht_2659x4096.jpg