Comédia “Pra Inglês Ver” brinca com a língua inglesa e satiriza ambiente corporativo

Montagem é a primeira realização do PIT – Programa de Inserção no Mercado de Teatro, realizado pela Conteúdo Teatral

A comédia “Pra Inglês Ver”, uma grande brincadeira com a língua inglesa e a importância dada à fluência no idioma dentro do ambiente corporativo, estreia em maio no Teatro Folha. O espetáculo com linguagem bem brasileira e humor escancarado, ficará em cartaz de 04 de maio a 28 de julho, com sessões as quartas e quintas-feiras.

Com texto de autora que prefere usar o pseudônimo Maria Clotilde, a comédia se passa numa empresa multinacional, onde os executivos precisam se desdobrar para conseguir a fluência na língua inglesa e realizar uma apresentação ao CEO (Chief Executive Officer), que está chegando do exterior. Nessa visita será decidido o futuro profissional de alguns dos executivos, que chegam a contratar uma professora de inglês para se preparar para a grande apresentação.

"Pra Inglês Ver" estreia essa semana no Teatro Folha. (Foto: Rodrigo Fonseca)
“Pra Inglês Ver” estreia essa semana no Teatro Folha. (Foto: Rodrigo Fonseca)

Maria Clotilde dá algumas pistas sobre sua real identidade. É atriz e professora de inglês com bastante experiência nas duas funções e já ministrou aulas em ambientes corporativos. “Este texto é meu primeiro exercício na dramaturgia. Por isso pensei em escrever sobre algo que conheço bem, mas, por enquanto, sem revelar minha identidade”, diz. Ela conta que necessidade de fluência na língua inglesa é uma realidade que ganha toques dramáticos em muitas situações. “Já vi profissionais terem sua carreira interrompida porque não conseguiam atender às necessidades de sua função profissional”, conta a autora.

O diretor Isser Korik conta que quando leu o texto de Maria Clotilde imediatamente percebeu que havia material para retomar sua pesquisa sobre teatro popular, iniciada com o autor e diretor Carlos Alberto Soffredini nas montagens do Núcleo de Estética Teatral Popular entre 1985 e 1988. “Vi a possibilidade de fazer um rico jogo com os atores que põem a plateia no centro da representação e, o tempo todo, criam cumplicidade com o público”, conta o diretor.

Os personagens, conforme a observação do diretor, são muito bem descritos e tem características marcantes. “Os personagens são tipos muito bem definidos e isto combina muito com o teatro popular”, explica Isser Korik, lembrando que na peça o idioma é pronunciado como soaria em língua portuguesa, detalhe que garante efeito cômico às cenas.

Entre aulas desastrosas e um inglês pouco fluente, os executivos alunos passam por situações ainda piores, quando um escândalo corporativo envolvendo o alto escalão da empresa é descoberto.

SERVIÇO

Local: Teatro Folha

Estreia: 4 de maio

Temporada até: 28 de julho

Apresentações: Quartas e quintas-feiras, 21h

Ingresso: R$ 30,00 (setor único)

Duração: 90 minutos

Classificação: 12 anos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s