Gameknight volta ao universo de Minecraft em nova trilogia inspirada no jogo

Em “Problemas na Vila Zumbi”, primeiro livro da série “O mistério de Herobrine”, protagonista precisa salvar a irmã

Grupo Editorial Record lança novo livro de Minecraft. (Foto: Divulgação)
Grupo Editorial Record lança novo livro de Minecraft. (Foto: Divulgação)

Na primeira trilogia inspirada no universo de Minecraft escrita por Mark Cheverton, conhecemos o protagonista Gameknight999. Ele é um garoto normal que é sugado para dentro do jogo e precisa enfrentar monstros determinados a destruir o Minecraft – e o mundo real. Depois de vencer criaturas assustadoras como Érebro e Malacoda nos livros “Invasão do mundo da superfície”, “Batalha pelo Nether” e “Enfrentando o dragão”, Gameknight finalmente conseguiu voltar para casa.

Mas a vida boa não vai durar muito: em “Problemas na Vila Zumbi”, que dá início à nova série de Cheverton, o protagonista terá inimigos ainda mais ameaçadores. Herobrine, criador de todos os monstros do Minecraft, resolve tomar para si a tarefa que suas criaturas não conseguiram levar à frente: destruir a Fonte, acabar com todas as vidas dentro do Minecraft e escapar para o mundo real. Para isso, vai contar com a ajuda dos moradores da Vila Zumbi.

Gameknight começa a história tentando ajudar seus amigos do Minecraft de longe. Mas quando sua irmã, Jenny, é acidentalmente sugada para dentro do jogo, ele vai precisar entrar lá mais uma vez. Para resgatá-la e protegê-la de Herobrine, ele terá que aprender novos truques e lutar contra Xa-Tul, o poderoso rei dos zumbis.

“O mistério de Herobrine” é a segunda série inspirada em Minecraft escrita por Mark Cheverton. Pesquisador e professor, ele começou a se dedicar aos livros para ensinar uma lição sobre cyberbullying para o filho, quando um grupo de jogadores mal intencionados destruiu suas construções no game. No Brasil, a primeira trilogia já vendeu mais de 160 mil exemplares.

Uma das mais bem sucedidas franquias de jogos eletrônicos da história, Minecraft já vendeu mais de 70 milhões de cópias no mundo inteiro. E a popularidade tem contribuído para seu uso das maneiras mais variadas: a Microsoft, por exemplo, está criando um portal para ajudar professores a usar o Minecraft nas aulas. O jogo é considerado uma ferramenta para aprender espírito de equipe e compreensão do mundo. Os livros de Mark Cheverton também utilizam o universo do game para abordar temas como bullying e intolerância, coragem e amizade.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s