Esculturas e jogos são os destaques da SAGA durante a Comic Con Experience

Durante a Comic Con Experience, SAGA (Escola de Desenvolvimento de jogos, arte digital, design e efeitos visuais) levou para o evento esculturas em 3D e a novidade foi as máscaras usadas para efeitos especiais. Além dos jogos produzidos pelos alunos dos cursos.

“As esculturas é uma coisa que a gente tem no curso, então é uma coisa que sempre trazemos nos eventos para a galera poder entender que é uma das coisas que a gente faz, que é importante para o desenvolvimento em 3D é legal você saber um pouco de escultura”, afirmou Lucas Silva, coordenador de desenvolvimento e produtos da SAGA.

mascaras
SAGA levou esculturas de efeitos especiais para CCXP. (Foto: Divulgação)

Quem entra no curso tem total capacidade para aprender a fazer grandes esculturas, é uma parte artística que a SAGA desenvolve no aluno. O próprio Lucas, que hoje trabalha com modelagem, é um exemplo disso. “Eu não sabia desenhar nem nada, mas fui estudando até conseguir”.

Fazia algum tempo que a SAGA não levava jogos produzidos pelos alunos para os eventos, porém eles apresentaram alguns, ainda em fase de desenvolvimento, para o público da CCXP. “Trouxemos para a galera conhecer esses jogos, dar um feedback do público, apoiar ao mercado nacional e dar visibilidade para galera”, disse Lucas.

O mercado nacional para produtores independentes de games está crescendo a cada ano e a taxa já é maior do que a do internacional. De acordo com o coordenador, o Brasil tem muito para onde crescer ainda. Lucas ainda afirmou que existe um grupo de ex-alunos e ex-funconários da SAGA que irão lançar mundialmente um jogo no ano que vem, para as plataformas de XBOX One e PS4. Falando nisso, a escola deixa aberto para o aluno decidir para qual plataforma ele quer produzir o jogo, porém a maioria gosta de todas, que é uma coisas que está bem em alta e pode explorar todas as habilidades do desenvolvedor.

eternity-the-last-unicorn
Games brasileiros vem ganhando cada vez mais o cenário internacional. (Foto: Divulgação)

Quem mais procura a SAGA são as pessoas que gostam de games e gostariam de viver disso. “Não temos nenhum pré-requisito nenhum, qualquer um pode entrar no curso e é a galera que gosta de jogar e quer trabalhar com isso”, completa Lucas.

O curso de desenvolvimento de jogos tem duração de dois anos de computação gráfica completo a pessoa terá o diploma em dois anos e três meses.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s