Até o Último Homem

Por Alan Felipe

‘Até o Último Homem‘ é baseado em uma história real que acontece durante a Segunda Guerra Mundial e tem como protagonista o médico do exército Desmond T. Doss (Andrew Garfield, ‘A Rede Social’) que se recusa a pegar em uma arma e matar pessoas.

Assim, durante a Batalha de Okinawa, ele trabalha na ala médica e salva mais de 75 homens. A postura ganha repercussão e o médico recebe uma Medalha de Honra do Congresso, tornando-se o primeiro Opositor Consciente da história norte-americana.

maxresdefault.jpg
Com direção Mel Gibson, “Até o Último Homem” é baseado em uma história real e concorre ao Oscar de melhor diretos. (Foto: Divulgação)

O Filme dirigido por Mel Gibson mostra muito do tipico genero Guerra/Drama, onde  temos um protagonista que segue seus ideais mesmo indo contra os preceitos que são impostos a todos os combatentes em uma guerra. O direção de Mel Gibson mostra muito do potencial que  o ator, agora diretor pode alcançar dentro dessa função de dirigir filmes, principalmente  dentro do genero Guerra/Drama, mostrando cenas mais realistas no momento dos embates, a profundidade que uma grande guerra coloca a todos envolvidos, seja diretamente no caso dos soldados ou indiretamente caso dos familiares.

As atuações seguras dos atores, junto a direção primorosa fazem do filme um grande trabalho, pode não chegar a ser um filme que seja comparado a clássicos, mas que mesmo assim nos mostra elementos muitos bons… como ser um pacifista em meio à guerra? Como lutar contra inimigos armados sem possuir instrumentos de defesa? Desmond sublinha a contradição do heroísmo americano: por um lado, não tirar a vida de uma pessoa é percebido como virtude, por outro lado, tirar a vida de inimigos que nos atacam é considerado um ato de bravura. De que modo se concilia o mandamento “Não matarás” com o patriotismo guerreiro? Até o Último Homem fornece uma leitura didática, mas interessante é como Mel Gibson conseguiu não só nos mostrar o lado do protagonista, como jogar contra ele, mostrando o lado dos outros soldados que possuem até um prazer belicista.

Para quem gosta do genero é uma otima pedida, que mostra mais uma face sobre a segunda guerra mundial, grandes cenas de combates e equilibrio ao drama.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s