Record lança novo thriller da autora de “O casal que mora ao lado”

image005 (1).jpgLançado em 2017, “O casal que mora ao lado” foi o primeiro thriller de Shari Lapena e logo se tornou um best-seller internacional. Com uma narrativa dinâmica e cheia de reviravoltas, ela mantém o leitor grudado nas páginas até o fim também neste “Uma estranha na casa”, que chega às livrarias pela Record no fim de maio.

A história gira em torno do casal Karen e Tom Krupp. Casados há dois anos, vivem uma vida bem normal, confortável e feliz. Até o dia em que o marido chega em casa e encontra os preparativos do jantar pela metade, a porta destrancada e as luzes acesas. Logo depois, descobre o que aconteceu: Karen está internada no hospital após um acidente. Ela estava dirigindo a toda velocidade, num bairro perigoso e bem distante do seu, e acabou batendo num poste.

As explicações para o que pode ter acontecido são escassas, já que o acidente provocou em Karen uma perda de memória recente e ela não se lembra de nada daquela noite. Mas quando um corpo é descoberto nas proximidades de onde ela bateu com o carro, a polícia começa a desconfiar de que ela possa ter algo a ver com o assassinato. Enquanto Tom se pergunta se realmente conhece a própria mulher, Karen se esforça para lembrar do que aconteceu – e também para esconder alguns segredos do seu passado.

Shari Lapena trabalhou como advogada e professora de inglês antes de se tornar escritora. “O casal que mora ao lado”, seu primeiro thriller, foi vendido para 24 países, foi finalista do prêmio Goodreads e ficou diversas semanas entre os mais vendidos do New York Times.

Primavera no Mediterrâneo

Explosão de cores e perfumes
Rodeada pelas águas do Golfo de Nápoles, Ischia é um destino turístico de renome internacional que oferece mar cristalino, paisagens intocadas, locais de interesse cultural e muitas outras surpresas.
As suas costas, muito irregular, são caracterizadas poruma sucessão de cabeceiras, enseadas e longas praias onde a água do mar se mistura com as  minerais quentes que fluem a poucos metros a partir da costa.
A ilha, de natureza vulcânica, esconde no subsolo uma concentração muito alta de bacias térmicas e uma grande variedade de águas que fazem dela a “capital do termalismo europeu”.
ViewImage (2).jpg
A primavera está chegando na Itália. (Foto: Italia.it)
São mais de trezentos  spas e lugares de bem-estar onde os turistas e moradores aproveitam para cuidar  da saúde da mente e do corpo.
Ischia é também conhecida como “a Ilha Verde” devido à presença de numerosos pinheiros e uma vegetação mediterrânica rica que na primavera dá vida a uma espetacular explosão de cores e perfumes.
A agradável cidade de Casamicciola é famosa pelos seus banhos termais e pelas lojas decerâmicas e olarias. Lacco Ameno, além de ser famoso por suas praias, abriga o Museu de Villa Arbusto e também as escavações da Pithecusa grega (século VIII aC) com o seu museu.
Forio,oferece muitas atrações, incluindo os famosos “Giardini di Poseidon”, o espectacular complexo hidro-termo-terapiaincluídos na encantadora Baia di Citara: um refúgio de relaxamento.

Thunder… Thunder… ThunderCats vai estrear novinho em folha no Cartoon Network!!!

Nós já pegamos nossa Espada Justiceira e estamos prontos para a chegada dessa novíssima aventura interplanetária!

Os mutantes de Plun-Darr estão com seus dias contados, porque os maiores guerreiros de Thundera vão aterrissar no Cartoon Network em 2019. A produção de “ThunderCats Roar” está a mil por hora nos estúdios Warner Bros. Animation, e a nova versão vem cheia de ficção científica, ação alucinante e um humor afiadíssimo.

 image004.jpg

O novo design, com personagens vibrantes e histórias ainda mais dinâmicas, vai encher os fãs de nostalgia. “ThunderCats Roar” traz o legado de uma das animações mais icônicas da história para uma nova geração, que ainda não conhecia Lion-O e seus companheiros de aventura.

Fiel à premissa da série original, a nova animação vai contar a história de como Lion-O e os ThunderCats – Tygra, Panthro, Cheetara, Wilykat e Wilykit – escapam por pouco da destruição repentina de seu planeta natal, Thundera. Depois de sobreviverem à queda de sua nave no misterioso e exótico planeta Terceiro Mundo, Lion-O, o mais novo líder do grupo, vai ter que ajudar os ThunderCats a criar um novo lar nesse planeta hostil. Mas um monte de criaturas bizarras e vilões tenebrosos vão entrar no caminho, principalmente o malvado Mumm-Ra, líder supremo do Terceiro Mundo, que não vai deixar ninguém parar seu reinado tirânico no planeta.

“ThuderCats Roar” conta com Victor Courtright (Pickle and Peanut) e Marly Halpern-Graser (Right Now Kapow) como produtores e comSam Register (Teen Titans Go! produtor executivo da animação.

Junte-se a estes heróis lendários em ThunderCats Roar,
só no Cartoon Network!

Doktor Bräu lança três cervejas colaborativas em maio

Satélite, Freaktion e Heroica são as cervejarias parceiras nessas novidades

Bares de vários estados (SP, RJ, MG, ES, GO, SE e PA) e do Distrito Federal já estão se preparando para receber as novidades cervejeiras produzidas entre a Doktor Bräu e cervejarias “ciganas”: no dia 16 é a vez da Psicose Espacial(Satélite) e no dia 30, da Jungle Juice Fever (Heroica) e da Doktor Freak (Freaktion). São três New England IPA com sabores bem marcantes em que predominam as características lupuladas. Se você não quiser ficar contando os dias para degustar essas delícias, melhor não continuar a ler.

Você já experimentou o inebriante efeito conhecido como Psicose Espacial?  É aquele causado à psique humana ao deixar a terra a bordo de um foguete em direção à regiões desconhecidas. Se você não teve a oportunidade (ou teve e quer repetir), o momento é agora, pois esse é o efeito causado pela criação da Doktor Bräu e Cervejaria Satélite: uma NEIPA com graviola, turva, aroma frutado intenso, amargor muito agradável e extremamente suculenta, que leva aos bravos cervejeiros a experiência de explorar o desconhecido.

 

337548_791284_psicose_espacial_latas_e_copo___daniel_sanches_web_.jpg
Doktor Braü lança três cervejas. (Foto: Divulgação)

Jungle Juice Fever ressalta o alimento dos deuses, o “theobroma grandiflorum” ou cupuaçu, fruto de uma árvore originária da Amazônia, parente próxima do cacaueiro. Após passar pelo milagroso processo da fermentação, as sementes são secas e torradas e tornam-se nibs de cupulate (chocolate de cupuaçu). Doktor Bräu e Heroica aventuraram-se selva adentro para explorar esse sabor divino e o resultado é a Jungle Juice Fever, uma NEIPA com nibs de cupulate, que conquista ao primeiro gole… um verdadeiro suco dos deuses!

Doktor Freak, uma Dark NEIPA com arroz negro e amora, vai surpreender o seu paladar. Cultivado na China há mais de 4 mil anos, o arroz negro era consumido apenas pelo imperador e àquela época ganhou fama de ser afrodisíaco. Para a nova cerveja, o cereal, rico em magnésico, empresta notas defumadas e sabor amendoado. Já a amora, reconhecida por baixar os níveis de colesterol, leva a refrescância e um toque de acidez à bebida que tem propriedades especiais e até medicinais. Mas nunca se esqueça que a estrela da NEIPA, mesmo que Dark, é o lúpulo! Para dar complexidade à cerveja, foi ainda adicionado um blend de leveduras com a tradicional London Ale e a esterificada Belle Saison.

De acordo com Nuberto Hopfgartner, sócio da Doktor Bräu, as cervejarias decidiram utilizar a sinergia entre receitas e conceitos de suas marcas na produção dos novos rótulos. “As quatro compartilham da mesma filosofia: elaborar cervejas com qualidade inquestionável que proporciona, a cada gole, uma experiência única e inesquecível. E resolvemos unir ícones de nossas cervejas New England para valorizar os aromas e o sabor acentuadamente frutado desse estilo”.

Alto Inverno Iódice

A diversidade de tradições e a riqueza cultural do Peru serviram como inspiração para Valdemar Iódice criar sua coleção de Alto Inverno 18. Seguindo o mesmo mood da temporada de inverno, peças em algodão, seda, viscose, crepe e muita lã traduzem a arquitetura, gastronomia, folclore, artesanato, música, indumentária e diversidade peruanos em looks com forte espírito boho chic.

338269_794190_principal_web_
(Foto: Divulgação)

Vestidos de manga longa ou curta, blusas, casacos, ponchos, coletes e cachecóis são as estrelas da coleção. A cartela de cores prioriza tons mais sóbrios como o preto, azul e cinza e tons terrosos como o bordô, mostarda e laranja. Destaque para o conjunto monocromático de veludo molhado com bordados e para a saia de couro laranja.

Produções all color e mix and match de estampas são vistos por toda a coleção, que apostou nos desenhos incas como principal inspiração.

OUÇA AGORA “COPA DO BUMBUM”, HIT DA COPA NAS VOZES DE MC WM E LEO SANTANA

Música veio acompanhada de clipe gravado em São Paulo, com roteiro assinado pelo funkeiro, e já está disponível em todas as plataformas digitais

O país já está vestindo verde e amarelo. Com a aproximação da Copa do Mundo, MC WM, dono do hit “Fuleragem”, se junta a Leo Santana para a melhor mistura do funk e percussão baiana no lançamento de “Copa do Bumbum”, que já está disponível em todas as plataformas digitais.
Em uma brincadeira com o traumático 7X1, contra a Alemanha no mundial passado, os músicos convidam o público para a “copa do bumbum” pintando os muros e vestindo as cores da bandeira.

A faixa tem produção do próprio MC, que comenta sobre a participação de Léo: “eu que, quando criança sonhava em ser jogador de futebol, me amarrei em gravar esta música. Já trocava uma ideia com Leo por mensagem para fazermos uma música juntos, quando surgiu essa oportunidade, mandei pra ele, que topou na hora” – conta WM. 

A música veio acompanhada de videoclipe lançado há uma semana no canal do KondZilla,  e já bateu a marca dos 7 milhões de views. O roteiro do registro é assinado por WM e a gravação aconteceu no bairro do Iporanga, em São Paulo, onde o mc cresceu.

“Counterpart” estreia na TNT Séries com maratona completa

A série original estreia no sábado dia 26 de maio, às 12h

Counterpart chega na TNT Séries, neste sábado, dia 26 de maioa partir das 12h, no formato de maratona. A série, composta de 10 episódios, fala de temas de identidade, destino e amor perdido, apresentando a eterna pergunta: “E se nossas vidas pudessem ter sido diferentes?”, numa mistura de suspense, espionagem e ficção científica.

POR-Counterpart S01 (3).JPG
JK Simmons estrela “Counterpart”, que terá maratona na TNT Séries. (Foto: Divulgação)

A série tem como protagonista JK Simmons (Whiplash) no papel de Howard Seda, ao lado de grande elenco como Olivia Williams (O Sexto Sentido), Harry Lloyd (The Theory of Everything), Nazanin Boniadi (Homeland) e Michael Nyqvist (Millennium 1: Homens que não amavam mulheres), entre outros.

SINOPSE

Howard Silk é um humilde empregado sem importância na maquinaria burocrática de uma agência de espionagem das Nações Unidas, com sede em Berlim. Quando Howard descobre que sua organização salvaguarda o segredo de uma passagem que leva a uma dimensão paralela, ele é empurrado para um mundo sombrio de intriga, perigo e traição – onde não pode confiar em ninguém, exceto em seu equivalente oposto quase idêntico deste mundo paralelo. Por conta disso, se vê obrigado a esconder este segredo para duas pessoas: Peter Quayle, um dos diretores da agência que Howard trabalha, e sua esposa, Emily Burton Silk. O que ele não sabe é que ambos têm segredos que o protagonista terá de ir pouco a pouco desvendando com a ajuda de seu outro “eu” na outra dimensão.

A série é produzida pela MRC, Anonymous Content e Gilbert Films. Justin Marks é o roteirista e criador, e conta com Morten Tyldum na direção dos dois primeiros capítulos.

COUNTERPART, composta de 10 episódios, estreia em maratona na TNT Séries neste sábado, dia 26 de maio, das 12h às 21h. A partir de junho, a série será exibida semanalmente no canal, todos os sábados, às 23h. Classificação Indicativa: 14 anos.

Dia 02 – EP.1: The Crossing

Dia 09 – EP.2: Birds of a Feather

Dia 16 – EP.3: The Lost Art of Diplomacy

Dia 23 – EP.4: Both Sides Now

Dia 30 – EP.5: Shaking the Tree

Best-seller satírico e prestes a estrear em Hollywood, “Asiáticos podres de ricos” é o quarto livro do Projeto VIB

image005.jpgBest-seller internacional e traduzido para mais de 12 línguas, “Asiáticos podres de ricos”, de Kevin Kwan, é o quarto livro lançado pela Record dentro do Projeto VIB e chega às livrarias no fim de maio. A aguardada adaptação cinematográfica, que tem no elenco nomes como Constance Wu e Ken Jeong, estreia nos EUA no segundo semestre e está prevista para chegar ao Brasil em novembro.  Com muito humor e sarcasmo, Kwan traça um panorama da alta sociedade chinesa, descreve luxos inimagináveis, alfineta comportamentos opulentos e mostra as muitas vezes insanas disputas entre as famílias tradicionais e os “novos ricos”.

Na trama, Rachel Chu e Nicholas Young namoram há dois anos e estão muito apaixonados e felizes. Professores universitários, moram em Nova York e têm uma vida normal, de classe média, de acordo com seus empregos. Quando o casamento do melhor amigo de Nicholas se aproxima, ele convida a namorada para ir a Cingapura acompanhá-lo na festa, conhecer sua família e sua terra natal, e passar o verão viajando com ele.

Parecia um plano normal, mas Nicholas se esqueceu de mencionar alguns detalhes importantes, como o fato de ser herdeiro de uma das famílias mais milionárias e tradicionais de Cingapura, e de o casamento do amigo ser o evento mais importante do ano, com cobertura massiva da imprensa e presença de celebridades e políticos.

Mergulhada num universo que não fazia nem ideia de que existia, Rachel se vê envolvida em tramóias e fofocas. A família de Nick não pretende aceitá-la facilmente e, para completar, há uma lista de jovens mulheres que fariam tudo para conquistar um dos últimos bons partidos solteiros do país. Ao narrar a trajetória de Rachel descobrindo esse modo de vida, Kwan faz um passeio pelos cenários mais exclusivos do Extremo Oriente – das luxuosas coberturas de Xangai às ilhas particulares do mar da China Meridional –, numa visão do jet set oriental por dentro, já que o próprio autor cresceu em Cingapura numa família abastada.

Além do enredo do casal principal, o autor constrói tramas paralelas interessantes com os diversos tipos que formam a gigantesca família de Nick – há, inclusive, uma árvore genealógica no começo da edição para facilitar a vida do leitor.  Cada capítulo é focado em um ou em um grupo de personagens e, passeando assim entre os diversos núcleos, Kwan vai além de fazer rir com seu olhar satírico, e revela interessantes detalhes sobre a cultura asiática. Os assuntos vão de moda a gastronomia, passando por conflitos geracionais, relacionamentos e como eles são afetados pelas demandas de dinheiro e status. Tudo diante de cenários muito impressionantes, que o autor descreve com habilidade. Kwan ainda usa interessantes notas de rodapé para explicar gírias e comportamentos típicos da sociedade cingapuriana.

Um detalhe engraçado: em entrevista à Vanity Fair, ao responder sobre a curiosidade do repórter se realmente havia lugares e eventos tão suntuosos quanto os descritos no livro, Kwan disse que, na verdade, precisou diminuir um pouco as coisas na ficção. “Em alguns momentos tive que realmente tirar alguns detalhes, porque minha editora falava: ‘Ninguém vai acreditar nisso’. E eu dizia: ‘Mas isso de fato aconteceu’, e ela respondia: ‘Não importa. Você vai perder leitores porque vai parecer muito surreal que as pessoas gastem dinheiro nesse nível ou façam algo tão excessivo’. Então mudei essas partes”, conta.

Kevin Kwan nasceu em Cingapura, onde passou a infância e a adolescência. Atualmente mora em Nova York, nos Estados Unidos. “Asiáticos podres de ricos” é seu primeiro livro. “China rich girlfriend”, a sequência, será publicado em breve pela Record. Lá fora, lançou recentemente “Rich people problems”, terceiro livro da série.