momentos marcantes de “la casa de papel”

La Casa de Papel. (Foto: Divulgação)

Por Henrique Moita

Amanhã chega, na Netflix, a quarta parte de La Casa de Papel. Durante a série, tivemos diversos momentos emocionantes e fizemos uma lista com os cinco momentos mais marcantes.

Nairóbi levando um tiro:

Vamos começar por uma cena que eu já mencionei, na última lista, a cena em que Nairóbi leva um tiro de um atirador de elite, ao cair em uma armadilha causada pela inspetora Sierra.Ela é marcante por dois fatores. Primeiro: é a ver que a Netflix está disposta a sacrificar uma das personagens mais queridas pelo público, ao melhor estilo George Martin, ou ao menos dar um grande susto no público. O segundo motivo é o fato de Nairóbi poder rever o filho que ela tinha abandonado quando bebê e ser “penalizada” com um tiro, que ainda não se sabe se acertou ou não o coração.

EMPIEZA EL MATRIARCADO:

A nossa colaboradora, Vanessa, pediu para que essa cena fosse acrescentada na lista. E de fato essa cena é bem importante. Principalmente pelo lado feminista dela. Nela, Nairóbi, cansada de seguir as ordens e decisões de Berlin e de não ter nenhuma resposta concreta de todos os detalhes do assalto, resolve assumir o comando do assalto, praticamente depois de um motim. Infelizmente, por ela ter um lado emocional muito maior que o do antigo líder dentro da Casa da Moeda, algumas coisas saem do controle e ela tem que devolver o comando. Porém, isso não torna menos importante o fato dela querer que as mulheres (e o grupo todo inclusive) tivesse mais a parte dos detalhes do assalto e que ela estava cansada de serem sempre os homens os líderes. Obviamente que ela não sabia que Berlin e o Professor eram irmãos e esse foi um dos motivos para que ele fosse o líder lá dentro.

Cena final da terceira parte:

Não tinha como essa cena estar fora. Depois de cair na armadilha da inspetora Sierra, que usou um dos seus próprios “movimentos” contra ele mesmo, o Professor imagina que Lisboa foi executada pela polícia espanhola em um ato covarde. Ao cair na armadilha, ele declara a real guerra ao sistema. Ao mesmo tempo, pensando que o Professor fosse estar fora de controle, por conta da falsa execução, a inspetora manda um carro blindado invadir o Banco da Espanha, para dar fim ao assalto. O que ela não esperava era que o Professor, após a sua declaração de guerra, fosse contra-atacar e mandar atirarem misseis de bazuca no blindado, causando surpresa em todos da polícia, que não imaginava que o bando fosse fazer algo tão radical, que inclusive pode causar a troca de lado da população, que até então, em grande parte, apoiavam os assaltantes. As consequências desses atos, só vamos conseguir descobrir com a estréia da próxima parte.

Cenas de planejamento dos assaltos:

Tanto no primeiro golpe, quanto no segundo, algo que sempre me chamou muito a atenção, foi como os assaltos foram meticulosamente planejados pelo professor. Como ele tinha cada detalhe de informação e como ele pensava em muitas hipóteses do que poderia acontecer. Obviamente, por se tratar de humanos, muitas das coisas, não foram cogitadas pela mente brilhante do mandante. Porém, com muito pensamento frio e rápido, ele conseguia contornar as mais variadas situações. No segundo assalto, porém, pelo plano original não ser dele e ele não teve tanto tempo para planejar os detalhes, o chamado “jogo de xadrez” entre ele e a inspetora é muito mais rápido e muito mais dinâmico que o primeiro. Até porque a inspetora não quer que se repita o sucesso do roubo.

Plano Chernobyl sendo executado:

Durante toda a primeira temporada, ouvimos muito do que seria o plano Chernobyl, porém, sempre ficávamos nos perguntando, o que seria esse plano e porque ele só poderia ser usado em último caso? Ele consistia basicamente em eles desistirem de todo o montante que seria roubado. Eles pegariam o dinheiro e jogariam para a população, para que pudesse ser causado uma grande confusão e, no meio dela, eles pudessem escapar. O plano foi utilizado no início da terceira parte, no começo do segundo assalto, ao jogarem 140 milhões de euros, eles causaram um tumulto que os ajudou a entrar no Banco da Espanha. Não podemos deixar de nos imaginar nas ruas de Madri quando isso acontecesse.

MENÇÃO HONROSA

Não poderia faltar, é claro, a cena com a participação do jogador Neymar Júnior. Nela, Neymar vive um monge que mora no monastério onde esta sendo planejado o segundo roubo. Fatos engraçados são o do personagem ser de São Paulo, ele não especifica a cidade, mas devemos imaginar que seja de Santos, é claro, e também dele não gostar de festas nem de futebol, o que ironicamente, é justamente ao contrário.

Então é isso pessoal. Essas foram as teorias e cenas importantes para a série. Quer ver se as teorias são verdadeiras? Quer ver se teremos novas cenas marcantes. Fiquem ligados, a partir de sexta-feira, a quarta parte de La Casa de Papel estará disponível na Netflix. Fiquem em casa e um bom dia.

Uma consideração sobre “momentos marcantes de “la casa de papel””

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s