“UM MILHÃO DE COISAS” NOS FAZ REFLETIR SOBRE A RELAÇÃO COM A FAMÍLIA E OS AMIGOS

Série se passa na cidade de Boston, nos tempos atuais, e mostra um grupo de amigos tentando lidar com uma perda

Por Guilherme Melo

Um Milhão de Coisas está disponível no Globoplay. (Foto: divulgação)

O suicídio de Jonathan Dixon (Ron Livingston) faz a vida de um grupo de amigos virar de ponta-cabeça. Na visão de todos, ele vivia um casamento perfeito, tinha filhos lindos, era bem-sucedido nos negócios e considerado um entusiasta pela vida. Mas nem tudo é o que parece!

“Um Milhão de Coisas” é o título brasileiro da série do canal americano ABC “A Million Little Things”, no Brasil disponível no catálogo do Globoplay. A série conta com três temporadas e a quarta já foi confirmada. É um drama, mas se prepare também pra momentos de suspense. Afinal de contas, todo mundo quer saber o que levou Jonathan Dixon a se matar, e cada episódio constrói um pedaço deste quebra-cabeça. A produção destaca pequenas coisas que deixamos de lado em nossa rotina, mas que definem o sentido de nossas vidas.

Delilah (Stéphanie Szostak) é a viúva de Jonathan e vive um romance escondido com um de seus melhores amigos, o Eddie (David Giuntoli). Ela precisa superar e entender junto com os filhos o suicídio do marido, resolver o relacionamento com o amante, entre outros conflitos que surgem ao longo da história.

“Um Milhão de Coisas” também se aprofunda nos conflitos de cada integrante do grupo. Maggie (Allison Miller) acaba de se curar de um câncer de mama, mas descobre que ele voltou e decide não se tratar. Já o Gary (James Roday) se apaixona pela primeira vez e, olha só, justo pela Maggie que, de acordo com os médicos, tem apenas um ano de vida. Rome (Romany Malco) busca o sucesso profissional e luta contra a depressão, com apoio da esposa Regina (Christina Moses), que encara o desafio de abrir um segundo restaurante, depois de falir o anterior. Enquanto isso, a Katherine (Grace Park) tenta se dividir entre o trabalho como advogada e a família, sem saber que o marido Eddie vive um relacionamento extraconjugal com a amiga Delilah. Por fim, temos o Eddie, que precisa resolver questões em aberto com a esposa e a amante, enquanto tenta retomar a carreira de músico.

Esse mosaico de sentimentos, descobertas e conflitor é o grande charme da série, ao lado da diversidade presente no elenco. “Um Milhão de Coisas” entrega bons dialógicos e situações, sem falar nas excelentes atuações. Se você é fã de séries dramáticas e bem escritas, em dois ou três episódios já vai se sentir parte daquele grupo de amigos e se emocionar com cada momento especial dessa deliciosa produção.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s