Equipe de Free Fire da Tropa conquista a Pro League Feminina

Com menos de um mês de criação, time feminino já acumula cinco títulos e mais de R$20 mil em premiação

Equipe feminina da Tropa. (Foto: Renanfest)

Não é segredo para ninguém que o Free Fire é um dos maiores games da atualidade, com mais de meio bilhão de downloads. Torneios do jogo atrai grande público que acompanha as partidas online e equipes treinam firme para conquistar taças e angariar fãs. Há um mês o cenário feminino ganhou mais um time: a Tropa que mesmo com pouco tempo de criação já conquistou a Pro League Feminina, em 1/8, um dos principais torneios do fenômeno mundial.

“Já jogávamos juntas há quase dois anos, mas estamos na Tropa há pouco mais de um mês e conseguimos ótimos resultados até agora e vamos em busca de mais títulos”, comemorou MikaX (Micaela Roani Leite Barbosa), capitã da Tropa, que compõem a equipe ao lado de Julia (Julia Yukari Yamamoto Cardoso), Niix (Nicole Lisboa Lima), Karol (Vanessa Carolaine de Lucena da Silva) e DudaZN (Maria Eduarda Pereira Zamboni Cardoso) e já conquistaram os troféus da NFA, Pro League, Talents LBR e Camplota, acumulando mais de R$ 20 mil em premiações.

Troféu da Pro League Feminina. (Foto: Renanfest)

A equipe feminina nasceu com o objetivo de dar visibilidade para as mulheres que jogam Free Fire mas que não conseguem ter espaço em times por falta de oportunidade. “Sabemos que muitas garotas gostariam de chegar aonde chegamos, mas o que posso dizer é para não desistir, que do mesmo jeito que entramos na Tropa, elas podem conquistar um lugar em uma equipe é só continuar treinando firme”, afirmou MikaX.

Com apenas dez meses, a Tropa já acumula mais de 770 mil seguidores no Instagram, 1 milhão de inscritos no YouTube e a equipe masculina conquistou a Copa NFA, apenas um mês após sua formação. “As equipes da Tropa estão em pleno desenvolvimento, não temos nem um ano de organização e já chegamos em um patamar muito alto. Isso deixa a gente muito feliz e demonstra que acertamos na escolha dos jogadores e jogadoras. Acredito que muitos títulos estão reservados para gente no futuro. Queremos ser referência de Free Fire no Brasil”, afirmou Delo Amendola, sócio da Tropa.

Hoje o QG da Tropa é uma mansão em Alphaville (São Paulo) onde os jogadores moram, treinam e gravam conteúdos para as redes sociais da equipe.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s