Arquivo da categoria: Arquitetura e Design

3 projetos de casas container que são difíceis de acreditar

 Daniel, o guerreiro; Mark, o criador de abrigos; Jenny; morando barato em Londres

Contêineres são caixas de aço resistentes que variam de 10 a 40 pés de comprimento. Ninguém sabe exatamente quando esses contêineres passaram de caixas de cargas para unidades habitacionais, espaços de escritórios, abrigos, projetos apaixonantes, etc. Tudo o que sabemos é que os contêineres são práticos, versáteis e divertidos. A ECONTAINERSMOD.COM mostra 3 pessoas que possuem casas contêineres com histórias bem curiosas.

Mark, criador de abrigos

imagem_release_1470141
(Foto: Divulgação)

 

A coisa que atraiu o Mark aos contêineres é sua construção robusta. A maior parte é feita de chapas de aço corrugado de 14 gauge de aço de baixa liga de alta resistência. Isso é suficiente para parar um tiro de rifle de 22 metros, balas de espingardas ou de uma 9 mm. É claro que balas de metal reforçado podem atravessar, mas com vários reforços, diz Mark, até balas totalmente automáticas podem ser paradas.

O segundo projeto de Mark é colocar contêineres em locais secretos em seu terreno, adicionar uma entrada secreta e armazenar comida, água, remédios, roupas e, claro, armas e munição.

Dica: a impermeabilização da ferrugem é imprescindível, pois a ferrugem pode danificar a integridade das casas contêineres e contaminar o conteúdo interno. A maioria dos abrigos pode ficar vazio, com o mínimo de conforto. Tudo o que você realmente precisa é mantê-lo seguro e preenchê-lo com comida, água e outras provisões importantes.

Projeto em Londres

imagem_release_1470140
(Foto: Divulgação)

 

Os apartamentos de Londres custam caro. Na verdade, a partir de junho de 2018, a renda média de um apartamento de dois quartos é de £ 1,350 por mês. Por que escolher uma unidade de dois quartos? Porque é mais barato alugar um apartamento de 2 quartos e encontrar um colega de apartamento que compartilhe o aluguel com você. O problema é que encontrar um companheiro é como uma caixa de chocolates … você nunca sabe quem vai ser! Seu gasto inicial geralmente inclui o aluguel de um mês, o depósito e o adiantamento de um mês.

Então, Jenny decidiu comprar um trailer, um contêiner de carga e contratar profissionais para converter o interior em uma pequena casa. Nada extravagante, apenas a repintura básica, aquecimento, piso de tábuas, cozinha e banheiro. O custo total foi um pouco mais de £ 10.000.

 Daniel –  o guerreiro

imagem_release_1470144
(Foto: Divulgação)

Daniel mora em Flagstaff e comprou um pedaço de terra que dava para as montanhas do norte do Arizona. Ele quer construir uma casa de fim de semana com uma fazenda auto-sustentável, mas ele ultrapassou todo o orçamento comprando a terra. Ele comprou um contêiner de carga para armazenar todos os seus equipamentos de camping e agricultura, quando ele voltava para a cidade durante a semana. Não demorou muito para perceber o potencial de criar uma casa container. O que começou como um contêiner de 10 pés que servia como uma unidade de armazenamento, acabou se tornando 3, posicionado em uma forma de L. Dois contêineres de 40 pés servem como suas casas contêineres. O terceiro, que originalmente era o galpão de armazenamento, tornou-se um anexo.

Dan diz que planeja expandir. Como os containers têm praticamente a mesma altura e largura, eles podem ser empilhados ou colocados lado a lado para formar estruturas modulares maiores. Tudo o que você realmente precisa é de alguma criatividade e paciência. E não custa nada contratar profissionais para instalar confortos básicos.

Pontos importantes para lembrar

Seja o que for que você pretenda fazer com um contêiner, faça sua pesquisa primeiro. Isso pode economizar muito tempo, dinheiro e esforço. Abaixo estão alguns pontos para lembrar:

Conhecer as leis e regulamentos locais, ou seja, de construção, segurança, incêndio, saneamento, etc.

Não economize nas necessidades básicas como aquecimento, encanamento, ventilação adequada etc.

Anti ferrugem por dentro e por fora é uma obrigação.

Verifique a integridade estrutural. Se estiver inclinado de um lado ou as vigas de suporte estiverem dobradas ou enferrujadas, procure outro container.

Sempre considere o custo de transporte das casas contêineres.

Anúncios

Dia das Crianças: Lustres Yamamura apresenta luminárias com os personagens preferidos da criançada

Além dos pequenos, os pais e as mães geeks também vão curtir essa seleção de produtos

No mês das crianças, uma boa ideia é redecorar o quarto com produtos divertidos. A Lustres Yamamura, líder no segmento de iluminação com mais de 45 anos de história, inicia a venda de uma variedade de arandelas 3D de parede com os personagens mais amados do cinema e da TV. Além das crianças, os adultos apaixonados pela cultura pop e nerd também vão amar a novidade!

ViewImage (4)
Lustres Yamamura apresenta opções para o Dia das Crianças. (Foto: Divulgação)

Entre suas principais vantagens, as peças funcionam com led, consumindo pouca energia elétrica. Essa seleção de itens garante a iluminação noturna de quartos, brinquedotecas e áreas de estudo de uma forma lúdica e irreverente. A instalação também é bem fácil, pois a luminária pode ser inserida em qualquer superfície plana de ambientes internos.

É possível comprar as peças em qualquer unidade das Lojas Yamamura (São Paulo, São Bernardo e Campinas), além do e-commerce www.yamamura.com.br, com entrega para todo o Brasil.

Grafite dentro de casa? Pode sim!

Arquiteta Nicole Finkel reuniu dicas para quem deseja trazer uma atmosfera moderna e urbana para o décor da sua casa

Ao caminhar pelas grandes metrópoles, basta olhar para os lados e avistar os mais diversos tipos de grafites pelos muros. A cidade de São Paulo, por exemplo, é atualmente conhecida como a capital mundial do grafite.

Historicamente, o grafite contemporâneo surgiu como forma de expressão nos Estados Unidos, durante os anos 1970. Com o passar do tempo, ganhou outros ares e novos significados e com a relevância de nomes brasileiros como Gustavo e Otávio Pandolfo, conhecido como Os Gêmeos, e Eduardo Kobra, que estampam suas artes em murais a céu aberto no mundo inteiro.

ViewImage (1).jpg
Projeto Nicole Finkel – (Foto: Graziella Widman)

Mas será que as cores da arte urbana estão restritas apenas ao lado de fora das casas? Com a valorização desse movimento artístico, cada vez mais pessoas aderem ao estilo com a introdução do Urban Art nas paredes internas das residências. “O décor está sempre aberto ao novo. Com o grafite, trazemos uma essência exclusiva e de muita personalidade ao projeto”, afirma Nicole Finkel, do escritório Nicole Finkel Arquitetura e Interiores.

Com vários projetos onde o grafite ganhou destaque nos espaços internos, a profissional reuniu algumas dicas preciosas para ousar na arte, mas sem parecer over.

Estilo e personalidade

Antes de decidir pelo estilo do grafite e o profissional que fará a execução da arte, é importante analisar o estilo do morador e toda a família. Assim, é possível entender se obra deve expressar figuras abstratas, frases, desenhos de filmes ou mesmo séries famosas. “Quando meu cliente compartilha o seu desejo, a primeira recomendação que indico é fazer uma pesquisa na internet e salvar referências. Com isso em mãos, analisamos juntos a viabilidade com o décor”, explica Nicole.

Harmonia 

Para não errar na mão e deixar o ambiente pesado e com muita informação, a arquiteta indica que apenas uma parede receba o grafite. O ambiente precisa estar em harmonia com um todo, para que os moradores não se cansem do desenho. “É bacana que os móveis tenham linhas retas e cores clean como o branco, por exemplo,”, indica Nicole.

Cores

As cores escolhidas para a arte devem compor com o ambiente e, se o espaço for pequeno, o ideal é contar uma arte executada com detalhes delicados e poucas tonalidades. “Em áreas sociais, com uma varanda gourmet, por exemplo, a arte em questão pode ser mais colorida, bem humorada e descontraída”, revela Nicole.  A profissional ainda indica que a arte seja feita em algum espaço que em que os moradores consigam apreciar a arte com uma certa distância.

Leve para onde quiser

A arte precisa ser versátil e, mesmo na parede, isso não quer dizer que a pintura ficará eternizada por lá. Pensando na facilidade de trocar a obra de ambientes ou em quem more em imóveis alugados, uma boa opção é que ele seja feito em telas ou quadros.“É possível aplicá-la de forma que ninguém perceba se tratar de uma street art solta”, finaliza Nicole.

América Móveis apresenta lançamentos assinados por Gustavo Bittencourt e Zanini de Zanine

Móveis dos designers serão comercializados pela Novo Ambiente, em São Paulo

Depois do grande sucesso do lançamento da Linha 2018 América Móveis, no início do ano, com a assinatura de renomados designers nacionais. Na semana passada ocorreu a apresentação de novas peças de Zanini de Zanine e, pela primeira vez, de produtos assinados por Gustavo Bittencourt, pela América Móveis, que serão vendidas com exclusividade na loja Novo Ambiente.

ViewImage (2)
Gustavo Bittencourt e Zanini de Zanine assinam coleção da América Móveis. (Foto: Divulgação)

“Estamos muito satisfeitos em participar de um lançamento de móveis numa época tão importante como a Design Weekend, ainda mais representados por grandes designers como o Zanini de Zanine e o Gustavo Bittencourt”, afirma Luciano Mota Lopes, diretor industrial da América Móveis.

Serviço:
América Móveis – Fábrica 

Rodovia BR 381 Fernão Dias KM 676 / Perdões (MG)
www.americamoveis.ind.br
@americamoveisind

Samsung patrocina a DW! Design Weekend – Semana de Design de São Paulo

Com foco no conceito de casas conectadas, marca também participa da HIGH DESIGN – Home & Office Expo; eventos acontecem entre os dias 28 de agosto e 2 de setembro

A Samsung anuncia a sua participação, no segundo ano consecutivo, em um dos festivais urbanos de design mais inovadores da metrópole paulistana: o DW! Design Weekend – Semana de Design de São Paulo. O evento, que acontece entre os dias 28 de agosto e 2 de setembro, tem como objetivo promover a cultura do design e suas conexões com a arquitetura, arte, decoração, urbanismo, inclusão social, negócios e inovação tecnológica.

O festival conta com o patrocínio da marca, que estará presente com um estande na High Design, que tem o objetivo de reforçar o conceito de casa conectada, equipado com alguns dos seus principais eletroeletrônicos como as novas QLED TV Q7FN de 75 polegadas e Q8CN de 65 polegadas; a QDriveTM, nova lava e seca inteligente da Samsung; o novo refrigerador French Door RF56K Black Edition, e o Wind-FreeTM, primeiro ar-condicionado sem vento1 do mundo e com conexão Wi-Fi.

image001.jpg
Espaço da Samsung no DW. (Foto: Divulgação)

As QLED TVs 2018, a nova QDriveTM e o Wind-FreeTM são equipamentos inteligentes que oferecem, além do conceito de IoT (Internet das Coisas), a possibilidade de serem controlados por meio de dispositivos móveis, somando economia de tempo e recursos como água e energia, no caso da lava e seca e ar-condicionado. Além disso, as QLED TVs, graças a plataforma SmartThings, se transformam numa grande central de automação, permitindo o controle de todos os aparelhos inteligentes por meio do controle remoto ou um smartphone. Com experiências personalizadas, os eletroeletrônicos prometem ampliar o movimento de casas e escritórios conectados no Brasil.

O DW! ainda promoverá diversos eventos independentes, simultâneos e integrados que compreendem palestras em instituições educacionais, visitas guiadas em galerias e ateliês, exposições, instalações, intervenções artísticas e urbanas, circuitos temáticos, concursos, festas e lançamentos de produtos em lojas e showrooms.

Participação da Samsung na HIGH DESIGN – Home & Office Expo

A HIGH DESIGN – Home & Office Expo, feira de mobiliário de alto padrão e soluções para projetos de arquitetura e design de interiores, é o evento âncora do DW! e acontece entre os dias 28 e 30 de agosto, no São Paulo Expo – Rodovia dos Imigrantes, km 1.5.

Confira a seguir um pouco mais dos produtos que serão demonstrados durante a HIGH DESIGN:

QLED TV Q7FN 75” e Q8CN: a nova linha de TVs QLED traz um recurso inovador, o Modo Ambiente2, que promete eliminar a tela preta dos televisores quando estão desligados, integrando de maneira mais harmônica o aparelho ao ambiente. Para os amantes da decoração ou arquitetos, é possível criar infinitas possibilidades, seja ao reproduzir a textura da parede na tela, e posteriormente amplificar a exibição com conteúdos decorativos, informativos, ou mesmo colocando fotos/grids de imagens para relembrar momentos inesquecíveis. E para deixar o espaço ainda mais organizado, a Única Conexão Invisível permite que você esconda seus aparelhos ligados à TV. Já o charmoso Suporte de Parede No-Gap3 exclui o espaço entre a TV e a parede, proporcionando mais sofisticação ao ambiente. Durante o evento, os visitantes poderão conferir a QLED TV Q7FN, além do modelo de tela curva, a Q8CN, de 65 polegadas, no suporte Studio. Todas elas contam com a última tecnologia de imagem, as telas de pontos quânticos, que irão proporcionar a imagem mais pura e realista já vista em uma TV.

Refrigerador French Door RF56K Black Edition: com estilo clean, o modelo possui capacidade de 564L, e reúne economia e praticidade em um mesmo equipamento. O produto reforça ainda a tendência de uso da cor preta nos eletrodomésticos e abrange inúmeras combinações aos diversos tipos de cozinhas, das mais tradicionais às mais modernas. Além do amplo espaço interno e recursos que permitem acertos sob medida da temperatura, com a exclusiva tecnologia Triple Cooling, o refrigerador é projetado com profundidade de balcão e portas na altura da bancada para garantir fácil acesso aos alimentos e um encaixe perfeito em qualquer cozinha, inclusive nos ambientes planejados. Os puxadores embutidos também imprimem elegância e um design atemporal.

Ar-condicionado Wind FreeTM: com o aparelho é possível ajustar e configurar a temperatura dos ambientes de forma remota, por meio de conexão Wi-Fi. O modelo é o primeiro ar-condicionado sem vento1 do mundo e mantém um nível confortável de frescor em qualquer espaço, evitando a sensação desagradável de vento frio. Isso é possível graças as 21 mil micro saídas de ar, distribuídas pelo aparelho. O equipamento funciona em duas etapas: a primeira, Fast Cooling, trabalha para que a temperatura desejada seja atingida rapidamente; já a segunda, chamada de Wind-FreeTM, mantém o clima sem o vento. A conectividade do equipamento é garantida por meio da integração com a plataforma SmartThingsTM4 e com o assistente BixbyTM5, recursos que  acompanham o consumo energético do eletrodoméstico por meio de smartphones ou tablets e gerenciamento por comandos de voz.

Lava e seca inteligente QDriveTM: o mais novo lançamento de linha branca da Samsung é compatível com o ecossistema SmartThings™4, solução da marca que integra o conceito de IoT (Internet das Coisas) e oferece muito mais conectividade aos eletrodomésticos. A Bixby™, assistente de voz inteligente da marca, também permite o controle do equipamento por comandos de voz5, oferecendo ainda mais conveniência ao consumidor. A lava e seca também é equipada com a revolucionária tecnologia QuickDrive™, um tambor de componente duplo que cria uma ação dinâmica de movimentação das roupas, removendo a sujeira de forma rápida, delicada e completa. Com isso, o eletrodoméstico reduz o tempo de lavagem das peças em até 50%6 e o uso de energia em até 20%, sem comprometer o desempenho da lava e seca e o resultado de limpeza das roupas. No quesito design, a porta de abertura frontal na cor azul cristal (Crystal Blue AddWash™) é complementada pela AddDoor, um segundo compartimento. Entre as funcionalidades está a possibilidade de pausar o ciclo7 de lavagem e adicionar mais peças, sem a necessidade de reiniciar o processo.

“A Samsung tem em seu DNA oferecer produtos que façam a diferença no dia a dia do consumidor. Seja no conceito da casa conectada ou para deixar o ambiente ainda mais elegante com TVs que combinam perfeitamente com a decoração, a marca entrega um amplo leque de opções para que os profissionais da área possam inovar em suas criações com o melhor da tecnologia”, afirma Andréa Mello, diretora de marketing corporativo e consumer electronics da Samsung Brasil.

Para mais informações, acesse: www.samsung.com/br.

A Sociedade de Engenheiros de Refrigeração, Aquecimento e Ar Condicionado Americana (ASHRAE) define o efeito sem vento devido às correntes de ar insufladas com velocidade inferior a 15m/s.

2 O Modo Ambiente incorpora a televisão à parede por meio da reprodução digital de sua textura, criando o efeito de “invisibilidade”. Tal funcionalidade mantém a televisão em modo “stand by”. As configurações de plano de fundo do Modo Ambiente podem variar dependendo do local em que a TV está instalada, como design das paredes, padrões e / ou cores. É necessário utilizar o aplicativo SmartThings para tirar foto pelo smartphone. Todos os equipamentos precisam estar conectados na mesma rede e é necessário ter conexão de internet. O resultado da textura criada pelo Modo Ambiente pode variar de acordo com a resolução da câmera do smartphone.

3 Suporte No Gap é um acessório vendido separadamente, e não está disponível para o modelo Q6FN.

4 O aplicativo Samsung SmartThings™, que integra o conceito de IoT (Internet das Coisas), garante conectividade e controle remoto dos aparelhos inteligentes Samsung da sua residência ou escritório, como os modelos QLED TV 2018, a lava e seca QDriveTM WD6800 e o ar-condicionado Wind-Free™. Equipamentos compatíveis com o Smarthings app podem variar de acordo com a região. Funcionalidades do aplicativo Smarthings podem variar de acordo com o sistema operacional do seu smartphone. Para acessar o Smarthings app é necessário baixá-lo e instalá-lo. O app SmartThings está disponível para Android e IOS.

Até o momento, os comandos de voz da Bixby™ estão disponíveis apenas em inglês e são compatíveis com smartphones Samsung Galaxy S8 ou acima.

6 O ciclo de lavagem da QDrive™ demora apenas 39 minutos – esse tempo está relacionado ao “Ciclo Diário”, com carga de 5kg de roupas /  Em teste realizado na Samsung WD6800M em comparação com o modelo WD6500K, foi comprovada economia de até 50% do tempo de lavagem de roupas no modo “Super Eco Wash” (em água fria, com carga de 4kg), com desempenho de lavagem de ±3%, baseado em dados da Intertek. A duração do ciclo pode variar dependendo do fornecimento de água e peso/tipo de roupa.

Por questões de segurança, a AddWash™ não permite a abertura da porta quando a temperatura interna estiver acima de 50°C. A porta não poderá ser aberta durante o ciclo de autolimpeza.

Hermes Santos lança cadeira High Heel no DW 2018

Lançamento estará nos hubs: Cidad3, IED e Galeria Saphira & Ventura onde os visitantes poderão interagir com a peça

Tecnologia, ergonomia e estética são apenas alguns dos atributos do trabalho do artista plástico e designer Hermes Santos, que apresentará durante o Design Weekend 2018, a Cadeira High Heel, que estará em exposição em três dos principais hubs do festival: IED – Istituto Europeo di Design em Higienópolis, Saphira & Ventura Gallery, no Jardins e no Cidad3, primeiro centro de informação, arquitetura e design, comandado por Sandra Leise, localizado no Pacaembu. O DW acontece entre os dias 29 de agosto e 2 de setembro, em São Paulo.

Cadeira High Heel, nasceu de uma epifania de Hermes, que elevou o status do design do mobiliário utilizando a tecnologia robótica em sua fabricação. São apenas 36 peças, divididas em lotes que contam com estrutura de alumínio esculpidas através da técnica italiana de diagramas de Voronoi, que consiste em subdividir um plano através da geométrica computacional, que transformou a cadeira em algo único que ganha interpretações através do olhar de diferentes pessoas, tornando-a uma verdadeira obra de arte.

d101a708a713cdb58fad6b11cd20046f.jpg
Cadeira de Hermes Santos. (Foto: Divulgação)

Hermes Santos é considerado um empresário referência no setor automotivo, e o conhecimento de máquinas de última geração o levou diretamente a compreensão da impressão 3D e da tecnologia robótica, que hoje emprega em suas esculturas reconhecidas mundialmente e que passa a fazer parte do design de mobiliário colecionável.

Durante a agenda de eventos do IED, Cidad3 e Galeria Saphira no Design Weekend, a Cadeira High Heel, estará disponível para a interação dos visitantes, que terão a oportunidade de vivenciar a relação entre o real-fantasia, referências de conforto e dimensões e claro, registrar o momento através das mídias sociais.

Hermes Santos

www.hermessantos.com.br

Tel: (11) 977734587

Hermes Santos no Design Weekend

Cidad3 – Avenida Pacaembu, 774 – Pacaembu

http://www.cidad3.com.br

29 de agosto-10h às19h30/ 30 e 31 de agosto – 13h às19h30/1 de setembro – 13h às 18h30 e 2 de setembro – 13h às 15h

 

IED – R. Maranhão, 617 – Higienópolis

www.ied.edu

Consulte horários pelo site

 

Saphira & Ventura Gallery- Alameda Lorena, 1756 – Jardim Paulista

http://www.artsvgallery.com

29 de agosto a 2 de setembro – 10h às 22h

Expoflora – Mostra de paisagismo e decoração traz ideias inovadoras calcadas na sustentabilidade

Nos 19 ambientes criados por paisagistas, arquitetos, decoradores e designers de interiores, há sugestão para o uso de plantas e flores nos mais diferentes ambientes de uma residência. A Mostra é uma das atrações da Expoflora, que será realizada de 24 de agosto a 23 de setembro, de sexta a domingo, das 9h às 19h, em Holambra, interior de São Paulo.

Sugestões sustentáveis e ideias de decoração reutilizando materiais estão presentes em praticamente todos os 19 ambientes da Mostra de paisagismo e decoração da Expoflora nesta edição de 2018, coordenada pela arquiteta Karina Taccola. A Expoflora acontece em Holambra, a 140 km de São Paulo. O evento começa no dia 24 de agosto e vai até 23 de setembro, de sexta a domingo, das 9h às 19h. 

Tambores são usados não apenas para o plantio de flores, mas como sofá, porta-garrafas, porta-lenha e luminárias. A madeira de demolição e as cruzetas são utilizadas em móveis, decks, pergolados e pisos. Objetos antigos e de família integram harmoniosamente a decoração. Plantas de baixa manutenção, que exigem pouca rega, têm a preferência dos paisagistas em época de tempo seco.

Arquiteta revela dicas de decoração para ambientes pequenos

Cor, móveis e objetos são chave para a otimização dos ambientes

Atualmente a maioria dos novos apartamentos são de estrutura pequena em um todo, isso acontece devido a mudança de vida e cotidiano da população.
Apesar dos ambientes pequenos, existe a possibilidade de realizar ótimas decorações e aproveitamento de espaço.

“Muitas vezes, ao se deparar com o local, o morador tem vontade de inserir muitas coisas e não aproveitar o que temos, por isso é importante a presença de um profissional para auxiliar no projeto”, indica a arquiteta Elaine Benedetti.

image001.jpg
Arquiteta Elaine Benedetti dá dicas para decorar ambientes pequenos. (Foto: Divulgação)

De acordo com Elaine, a escolha das cores nos ambientes é de suma importância. “Usar tons claros nas paredes e pisos colabora para uma armonia e extensão do local”. Apesar disso, a dica para quem gosta de tons mais coloridos, é usá-los nos objetos de decoração, “Enfeites, almofadas e itens que podem destacar o ambiente e até mesmo serem substituídos em determinados momentos são peças chaves também”, ressalta.

Além da cor, outro ponto é investir em ambientes integrados, que possibilitam uma melhor utilização do espaço e otimizam o mesmo. Isso inclui peças que colaboram, como a utilização de espelhos, que também propõe a ampliação dos cômodos.

 A utilização de móveis muito grandes também pode barrar a locomoção e amplitude do imóvel. “A dica é investir em móveis funcionais que ocupam menos espaço, são funcionais e ainda colaboram para o aconchego e modernidade”, revela a arquiteta.

“Vale ressaltar que sempre é possível investir no seu sonho de decoração, mas com as orientações adequadas, o local pode ficar muito melhor aproveitado do que se imaginava”, finaliza a arquiteta.

Formas circulares para acolher

Elementos arredondados na arquitetura são uma tendência, que revela o atual comportamento da sociedade que busca por aconchego e fluidez

A arquitetura é, reconhecidamente, uma das áreas que mais reflete a realidade e os anseios de uma determinada época. Atualmente, ela traduz o desejo da sociedade por espaços mais fluídos e acolhedores, em detrimento dos tempos difíceis que estamos vivendo.  Um dos reflexos dessa tendência comportamental é o uso de formas curvas e arredondadas nos projetos. Os círculos, em sua essência, são elementos de inclusão e congregação.

ViewImage (13).jpg
Projeto Gislene Lopes: as curvas do mobiliário trazem mais leveza e promove circulação mais fluídas no espaço. (Foto: Jomar Bragança)

De acordo com a arquiteta Gislene Lopes, é fato que o modernismo trouxe consigo uma forte valorização de elementos considerados mais simples e supervalorizaram os ângulos retos e toda a praticidade nos seus “encaixes”. Mas, nos dias de hoje, percebe-se que a fluidez das curvas tem também um lado muito prático. “As curvas trazem mais leveza e promovem circulações mais fluidas nos ambientes. Não é que não se usavam as curvas, haja visto tudo o que Niemeyer fez no último século, mas com os avanços técnicos foi possível trazer e popularizar estes conceitos para dentro dos ambientes e mobiliários”, afirma.

De acordo com Gislene Lopes, as formas curvas, utilizadas com um bom conceito, auxiliam, também, na leveza e praticidade das circulações dos espaços. A profissional destaca ainda que, no mercado atual, tecnologicamente avançado, é possível dispor de diversos materiais e possibilidades de se usar as formas arredondadas. “A tecnologia nos permitiu criar todo tipo de estruturas arredondadas, em diversos tipos de materiais ou objetos de design. Temos desde o concreto até a madeira passando por toda a gama de materiais como vidros, metais, etc. que conseguimos criar ideias utilizando curvas ou formas arredondadas. Podemos fazer elementos estruturais de uma casa, revestimentos, esquadrias, mobiliários, bancadas, todo tipo de elemento arquitetônico e de interiores que possam agregar em um conceito melhor representado por estas formas sem tanta rigidez de ângulos”, explica.

Gislene Lopes conta também que, de acordo com a criação do projeto, é muito mais fácil utilizar as curvas do que o ângulo reto, mas, também alerta que é preciso compreender qual o foco da ambientação. “Se o conceito vai por outro caminho não adianta forçar em colocar curvas onde elas não foram aceitas. É preciso deixar fluir o conceito, sem excessos nesses elementos, sejam as curvas ou os ângulos retos e saber que eles também podem trabalhar muito bem juntos, criando um equilíbrio entre as formas”, encerra.

Leveza na cozinha

Antes totalmente fechados, os armários de cozinha começam a trazer um layout aberto que proporciona mais beleza e praticidade ao dia a dia

Um item que tem ocupado posto de destaque e se tornado marca da nova cozinha é o armário aberto. Uma prática que vai ao encontro do conceito minimalista, muito em alta no momento.

Na Cozinha Dinamarquesa, projetada especialmente para a Casa Cor Santa Catarina- Itapema 2018, pelas designers de interiores Cris Araújo e Linda Martins, do escritório Maraú Design Studio, os armários abertos estão presentes e revelam como a cozinha é o centro da casa, digna de decoração elegante que não esconde nada através de portas.

ViewImage.jpg
Mantendo apenas o essencial, os armários abertos são obrigatoriamente mais organizados o que traz mais funcionalidade a cozinha. (Foto: Daniela Buzzi)

“Além de ser uma tendência encontrada em feiras de decoração no Brasil e no mundo, o armário aberto traz leveza ao espaço e é um conceito simplista que se adequa ao design escandinavo que estamos propondo nesse ambiente”, explicam as profissionais. Os armários abertos valorizam ainda a escolha da louça e dos eletrodomésticos.

A escolha do armário aberto na Cozinha Dinamarquesa foi pautada também por uma característica muito forte no estilo escandinavo: a funcionalidade. “É uma vantagem não precisar perder tempo abrindo portas e procurando o que se precisa. Isso faz ainda com que tudo esteja sempre organizado e que se tenha apenas o essencial para o dia a dia”, encerram Cris e Linda.