Arquivo da categoria: Cultura

Quatro anos sem Amy Winehouse

A vida polêmica da cantora de jazz se transformou em musical pela Cia. Dom Caixot, e permanece em cartaz durante o mês de julho no tradicional teatro de São Paulo

ImageProxy (3)

Amy Jade Winehouse. Este é o nome completo da considerada Diva do Jazz, que teve uma vida curta, porém intensa. Ingressou na carreira musical ainda na adolescência, e é responsável por canções que jamais serão esquecidas. Depois de uma temporada de sucesso em 2014, a Cia.Dom Caixote reapresenta o musical “M Mais de Perto” no Teatro Itália, São Paulo. Com direção de Luiz Felipe Petuxo, o musical permanece em cartaz todas as quintas-feiras, às 21h, até 30/7.

Baseado nas músicas, vida e amores, Amy Winehouse é vista de uma maneira mais próxima. Em cena os quinze atores cantam, dançam e contam com extrema facilidade e agilidade aquilo que todos eles pulsam em comum: A música. Guiados por uma “Big Band” ao vivo, os atores emanam as músicas de sucesso da diva, entre elas “Rehab”, “Valerie”, Back to Black”, “Love is a Losing Game” e muitas outras por todo o Teatro Itália. Dúvidas, questionamentos e poesia conduzem a história de um grupo de apaixonados que se prensem em um único crime: amar demais.

“M Mais de Perto” é um marco na história da Cia. Dom Caixote e vem para firmar posição no Teatro Musical com uma nova forma de fazê-lo. A peça apresenta elementos visuais irreverentes que surpreendem os espectadores, além de manter todo o encantamento teatral com suas soluções cênicas com ar de rústico e moderno ao mesmo tempo. A peça mantém ainda a linha das grandes produções da Cia. Dom Caixote e estabelece diálogo entre palco e plateia, característica dos espetáculos da casa, sempre apostando na maneira de despertar questionamentos e formação de opinião sobre aquilo que lhes é apresentado.

FICHA TÉCNICA

“M Mais de Perto”

Direção: Luiz Felipe Petuxo

Dramaturgia: Paulinho Rocco

Direção Musical: Edu Camargo

Produção: Vitor Faria

Coreógrafa: Agatha Paulita

Arte Gráfica: Loa Design

Assessoria de Imprensa: NaMoska Comunicação / Chris Florez

Sonoplastia: Sabrina Caldini

Iluminação e Cenografia: Luiz Felipe Petuxo

Responsáveis Técnicos: Rafael Parra e Daniel San Martin

Figurinos: Guilherme Fraga

Músicos: Henrique Leoni, Ronaldo Gianfaldoni e Carol Weingrill

Elenco: Eduardo Borelli, Eduardo Leoni, Felipe Benício, Flora Paulita, João Côrtes, Lucas Sanches, Magiu Mansur, Michele Mitsue, Natalia Negrão, Priscila Peixoto, Renan Vidal, Sarah Roston, Victória Kuhl e Yannick Iksvaarzen

SERVIÇO:

TEATRO ITÁLIA

SALA DROGARIA SP

Avenida Ipiranga, 344 – Edifício Itália – Metrô República, SP

Dias: 2, 9, 16, 23 e 30 de julho de 2015

Horário: 21h00

Gênero: Musical

Duração: 90 minutos

Capacidade: 290 lugares

Ingressos: R$ 60,00 (inteira) e R$ 30,00 (meia-entrada)

Classificação: 14 anos

BILHETERIA: (11) 3255 1979

VENDAS PELA INTERNET: WWW.COMPREINGRESSOS.COM

VENDA POR TELEFONE: 11 – 2122.2474

*ACESSIBILIDADE TOTAL COM CADEIRAS PARA TODAS AS NECESSIDADES ESPECIAIS, RAMPAS, ELEVADOR E BANHEIRO.

*SERVIÇO DE VALET NA PORTA

Bilheteria: de terça a domingo,
das 15:00 às 21h

Museu da Lâmpada

O Museu da lâmpada relata a história da iluminação e da lâmpada, desde a pré história, retratando a necessidade do ser humano e sua evolução. Em seu acervo encontram-se vários modelos de lâmpadas desde as mais antigas até as mais modernas utilizadas atualmente.
Museu da Lâmpada faz visitante viajar pela história da eletricidade. (Foto: Eduardo Zocchi)
Museu da Lâmpada faz visitante viajar pela história da eletricidade. (Foto: Eduardo Zocchi)
Entre as atrações o visitante poderá assistir um documentário sobre a vida do inventor e sua criação, uma oficina especial de artesanato com lâmpadas e atividades ligadas a evolução (especial para grupos), sustentabilidade e economia de energia e poderá fazer um tour pela réplica do ambiente de trabalho de Thomas Edison, nessa atração o visitante pode visitar e conhecer os instrumentos e invenções (destaque para o cinetoscópio)  desse visionário e espetacular gênio da ciência moderna.
Thomas Edison foi responsável pelo registro de mais de 2.000 patentes ao longo de sua vida e foi consagrado pela invenção da lâmpada incandescente comercializável. Numa grande sala, o público pode ver modelos originais e réplicas fiéis de lâmpadas das décadas de 1920 e 1930. A mais antiga em exposição é de 1900.
Serviço:
Dias e horários
O Museu funciona de segunda a sexta das 8h às 17h com agendamento prévio.
Valor do ingresso: 1kg de alimento não perecível.
O Museu da Lâmpada conta com o apoio de “Gimawa suprimentos elétricos” e “Apliquim Brasil Recicle”.
O Museu da lâmpada fica na Av. João Pedro Cardoso, 574- Aeroporto – São Paulo – SP
Tel: (11) 2898 9358
Informações para Imprensa – 11-99904-6632

Cartola, O Musical chega aos palcos paulistanos em 2016

Projeto idealizado por Jô Santana com apoio do Centro Cultural Cartola comemora os 100 anos do samba

O musical 'Cartola' chega em 2016 ao Brasil. (Foto: Divulgação)
O musical ‘Cartola’ chega em 2016 ao Brasil. (Foto: Divulgação)

O espetáculo narra vida e obra do Ícone popular,  a pesquisa para realizar este espetáculo recebe a parceria de Nilcemar Nogueira,  Neta do Cartola e coordenadora do Centro Cultural Cartola no Rio de Janeiro.

Para comemorar os 100 anos do samba, Jô Santana e o Instituto Cartola já deram início ao projeto Cartola, O Musical, espetáculo que ficará em cartaz durante três meses, em São Paulo, em 2016.

O musical, com direção de Roberto Lage e dramaturgia de Artur Xexéo, vai contar a trajetória de um dos maiores nomes do samba. Cartola, responsável pelo Bloco dos Arengueiros, cujo núcleo fundou a Estação Primeira de Mangueira em 1928, foi cantor e compositor até o fim de sua vida, em 1980.

A atriz e cantora Dhu Moraes e o ator Marcos Oliveira, que já fazem parte do elenco, vão receber semanalmente participações especiais já confirmadas de grandes nomes do samba como Tobias da Vai-Vai, Paulinho da Viola, Martinho da Vila, Alcione, Arlindo Cruz, Elza Soares e Leci Brandão.

“Minas Nerds” chegam para provar que mulher entende do mundo geek

Por Rodrigo Bocatti

Espaço "Minas Nerds" é sucessona 21ª Fest Comix. (Foto: Reprodução Facebook)
Espaço “Minas Nerds” é sucessona 21ª Fest Comix. (Foto: Reprodução Facebook)

Com a popularização dos super-heróis, tanto da Marvel como da DC, fizeram muita gente conhecer e se apaixonar pelo mundo nerd. Porém, as mulheres ainda são minoria nesse universo, por isso Gabriela Franco criou o grupo “Minas Nerds”, que são mulheres que vivem o dia a dia do mundo geek hoje.

“Eu criei o Minas Nerd para as mulheres terem mais representatividade no mundo nerd, que ainda é muito machista. Falta a força feminina no mercado, hoje nós publicamos muito menos que homens e eles recebem mais indicações para prêmios do que o sexo feminino”, afirmou a idealizadora do projeto.

Presente na 21ª Fest Comix o espaço reservado para o Minas Nerds terá palestras com mulheres representando e falando um pouco de viverem no universo geek, além de debates LGBT, cyberbullying entre outros muitos temas bem interessantes.

“O público está sendo muito receptivo com esse novo grupo e tenho certeza que ao longo do evento iremos ter um público muito legal nas palestras”, completou Gabriela.

Serviço 21ª Fest Comix

Quando: 18 e 19 de julho

Onde:  São Paulo EXPO – Rodovia dos Imigrantes, km 1,5

Horário: 9h às 20h no sábado e 9h às 18h no domingo.

 

Descobrindo a Anime Friends

A partir desta sexta-feira (17) , o Anime Friends invade São Paulo novamente. O youtuber Victor Porto, do “Eu sou Eu” esteve no evento para mostrar o que de melhor  acontece no Campo de Marte.

Serviço:

O que é: Anime Friends 2015;
Quando: Dias 10, 11, 12, 17, 18 e 19 de julho;
Onde: no Campo de Marte; Av. Santos Dumont, 2241 – Santana; próximo ao metrô Santana;
Quanto: Os valores se diferenciam de acordo com o número do lote. Para compras até dia 17 de maio, os ingressos variam de R$ 30 a R$ 60 e podem ser adquiridos no site do Anime Friends ;

Fest Comix comemora 15 anos de sucesso

festcomixRELEASE

A 21ª Fest Comix traz quadrinistas nacionais e internacionais: Nobuhiro Watsuki, Steve Englehart, Bernad Chang, Salvador Sanz e o brasileiros, Mike Deodato, Jackson Hebert, Roberto Quintanilha, Ivan Reis, Eddy Barrows, dentre outros . Esta edição abre espaço para o mercado independente e para o universo feminino.

Nos dias 17,18 e 19 de julho, a 21ª Fest Comix celebra 15 anos de existência e reúne o universo dos quadrinhos e mangás no maior evento da Nona Arte no Brasil. A edição de aniversário traz ícones internacionais e nacionais que participarão de lançamentos, workshops, palestras e debates.

A edição abre novos espaços exclusivos para a produção independentes e para o universo feminino. Além das áreas Mundo dos Super-Heróis, CAFA , Minas Nerds e Fest Cosplay. Tudo isso e muito mais estará no São Paulo Expo Exhibition & Convention Center (Antigo Centro de Convenções Imigrantes).

classicos-vingadores-englehart (1) A Fest Comix em parceria com a Fundação Japão traz o mangaká Nobuhiro Watsuki para alegria dos seus fãs. Ele é criador do Rurouni Kenshin, mais conhecido no Brasil como Samurai X. Também desenhou Renkin e Embalming-Another Tale of Frankenstein. Ainda no time dos estrangeiros, temos o americano Steve Englehart, que se consagrou por seus trabalhos em Vingadores, Capitão América, Lanterna Verde, Batman e Defensores. Ele também foi o criador do Senhor das Estrelas, personagem principal do filme Guardiões da Galáxia.

Outro convidado internacional é o desenhista americano Bernard Chang, que atualmente trabalha nas histórias do Batman do Futuro. Chang teve passagens marcantes nas revistas da Tropa dos Lanternas Verdes e Mulher Maravilha, dentre outras. Também chega no Brasil o argentino Salvador Sanz, que além de quadrinista famoso, trabalha com animações para o cinema, e realizou o longametragem Mercano, o marciano e os curtas El Inivisor e Gorgonas, este último premiado como melhor curta-metragem de animação na COMICON 2006). Todos participarão de palestras e sessão de autógrafos.

A programação também oferece um time seleto de artistas brasileiros que conquistaram o mercado americano dentre eles o desenhista paraibano Mike Deodato Jr (Vingadores, HomemAranha), Eddy Barrows (Superman, Asa Noturna) Ivan Reis e Joe Prado (Aquaman, Ligada Justiça) Jackson Hebert (Kirby Genesis, Terra II: Fim do Mundo), Rod Reis (Jovens Titãs, Aquaman) e Marcelo Maiolo (Arqueiro Verde, Tropa dos Lanternas Verdes), entre muitos outros nomes dos quadrinhos.

Em 2001, quando os proprietários da Comix Book Shop criaram a Fest Comix, não imaginavam que se tornaria a maior e mais tradicional feira de quadrinhos do Brasil. A primeira edição foi realizada na rua em frente da livraria, na Alameda Jaú, em São Paulo, e reuniu duzentas pessoas. O objetivo era aproximar os editores do público. O sucesso constante resultou na ampliação de espaço para acomodar o público crescente, a última edição reuniu cerca de 20 mil pessoas.

A edição comemorativa coloca à disposição do público mais de 550 mil quadrinhos, entre nacionais e importados, com preços a partir de um Real. Todos os produtos têm descontos de 20% a 80%, inclusive os lançamentos. A programação de lançamento com direito a autografo está imperdível: Mike Deodato Jr com o lançamento de 3000 anos depois e Quadros; Vitor e Lu Caffagi com Turma da Monica: Lições; Shiko, Lavagem e o relançamento de O azul indiferente do céu; Danilo Beyruth e o relançamento do primeiro Necronauta; Nobuhiro Watsuki com a publicação de Sakabatou de Yariko, o escritor americano Steve Englehart com relançamentos de suas histórias na Coleção Histórica dos Vingadores; dentre outros.

Mulheres também estão presentes na Fest Comix. (Foto: Divulgação)
Mulheres também estão presentes na Fest Comix. (Foto: Divulgação)

PÚBLICO FEMININO

Outra novidade é um espaço dedicado para público geek/nerd feminino. A 21ª Fest Comix contará com a presença de artistas que estarão autografando lançamentos pela editora Nemo, dentre elas: Fefê Torquato, criadora da web série em quadrinhos Gata Garota; Bianca Pinheiro, a autora tem uma forte atuação na internet, onde publica BEAR, um webcomic , e Fernanda Mia criou o site de tirinhas Como eu realmente.

Outra presença ilustre é Adriana Melo, a primeira brasileira a desenhar para grandes editoras americanas, que já trabalhou em Aves de Rapina, Wichblade e Ms Marvel, e é convidada especial da área temática da Fest Comix: Minas Nerds.

MINAS NERDS

O novo espaço da Fest Comix foi criado para mostrar a representatividade da mulher no mercado Geek/Nerd e da Cultura Pop em geral. Haverá palestras, mesas redondas, painel e workshops exclusivamente ao público nerd feminino e LGBTTQIA. Além de temas como Mães Nerds, Cyberbulling e a violência contra a mulher, O feminismo na TV, dentre outros. “ A intenção é contemplar o publico feminino que vem crescendo no mundo das HQs. As artistas convidadas primeiro fizeram sucesso na internet e hoje estão com suas obras publicadas. É um trabalho de qualidade e inovador que traz novas temáticas para os quadrinhos. Até o formato das edições são diferentes das publicações para o público masculino”, ressalta Jorge Rodrigues.

FEST COSPLAY

Todos os dias haverá Concurso organizado pelo Comics Cosplay Br, para cosplayers de super-heróis, games, animes e mangás, seriados e filmes. Neste ano haverá prêmios diários para as categorias: melhor apresentação ocidental individual, melhor apresentação oriental individual, melhor dupla, entre outras.

ÁREA EXPO CAFA

Exposição de Fotografias com Action Figures apresenta o trabalho de 25 ilustrações de diversos fotógrafos, que trabalham de uma maneira inusitada o seu hobby de Colecionismo. Também ensinará dicas de fotografias com as figuras de ação.

Amostra de exposição Cafa. (Foto: Fabio Jordão)
Amostra de exposição Cafa. (Foto: Fabio Jordão)

 

ÁREA MUNDO DOS SUPER-HERÓIS

Mundo dos Super-Heróis – A Revista Mundos dos Super-heróis está planejando muitas surpresas para o evento. Além de promoções e lançamentos, teremos bate-papos com artistas nacionais e internacionais, palestras e avaliações de portfólios.

EXPO GRANDES MESTRES: JAYME CORTEZ

Exposição aberta do dia 17 a 19 de Julho em memória do artista português Jayme Cortez, que traz replicas e originais. Um dos grandes mestres do desenho nacional, Jayme Cortez, foi pioneiro em áreas diversas na sua arte — foi ele quem começou a editar publicações didáticas para aprendizes de arte. Também foi o artista que mais diversificou no uso de técnicas, as quais Cortez apurou ao limite máximo no decorrer de sua vida profissional, muitos dos melhores desenhistas brasileiros de hoje, senão todos, se beneficiaram bastante de seu talento.

ARENA COMIX

A Arena Comix recebe mais de 50 artistas nacionais e internacionais que darão palestras e participarão de debates dentre eles Nobuhiro Watsuki, Steve Englehart, Bernard Chang, Marcello Quintanilha, Salvador Sanz, Mike Deodato, Shiko, Vitor e Lu Cafaggi, Jackson Hebert, Ivan Reis, Joe Prado e Eddy Barrows. Veja programação. A 21ª Fest Comix ainda traz lojistas, sebos e editoras nacionais como a Panini, Jambô, Mino, Criativo e muitas outras que trazem lançamentos para o evento. Além da Comix Book, que traz um acervo gigante de quadrinhos nacionais e importados, que oferece descontos de 20% à 80%.

PROGRAMAÇÃO FEST COMIX 2015 ARENA COMIX

17/7- SEXTA- FEIRA 14h00 – Abertura da Arena Comix

14h10 – O Novo Terror Brasileiro. Com os editores Daniel Vardi e Alexandre Winck, Toninho do Diabo, o modelo alternativo Coveiro Maldito, o Anjo Industrial, Fernanda Oz (escritora da série Planeta Morto) e Nilcimar Marins, a filha do eterno Zé do Caixão.

15h30 – Painel do Quadrinho Nacional, com as editoras Mino, Balão Editorial, Marsupial, Aquário, Veneta, Zarabatana, Draco e Jambô.

17h00 – Bate-Papo com os quadrinhistas Marcello Quintanilha, Salvador Sanz e Eduardo Sama.

18h00 – Painel Disney – Comemoração dos 65 anos do Pato Donald, com o editor Paulo Maffia, o roteirista Julio Andrade e o quadrinhista Fernando Ventura da Editora Abril.

18/7- SÁBADO

13h00 – Painel Mangá JBC com o editor Cassius Medauar.

14h00 – Painel com Nobuhiro Watsuki e Kaoru Kurosaki. A mediação de Cassius Medauar.

16h00 – “Quadrinhos Arretados” com os quadrinhistas paraibanos Shiko, Mike Deodato Jr, Jackson Hebert e o baiano Flávio Luiz.

18h00 – Painel Artistas da DC Comics– Com Joe Prado, Ivan Reis, Eddy Barrows, Marcelo Maiolo e o quadrinhista norteamericano Bernard Chang. Mediação de Ivan Costa.

19/7- DOMINGO

13h00 – Painel Panini Comics, com o editor Levi Trindade

14h00 – Painel com roteirista norte-americano Steve Englehart, com mediação de Heitor Pitombo e Manoel de Souza, da revista Mundo dos Super-heróis.

16h00 – Painel Graphic MSP com todos os artistas que já fizeram trabalho para a Maurício de Souza Produções neste selo. Vitor Caffagi, Lu Caffagi, Chris Eiko, Paulo Crubim, Felipe Garrocho, Eduardo Damasceno, Danilo Beyruth e Gustavo Duarte. Mediação do editor Sidney Gusman.

 

Próximo fim de semana tem Arraiá na Casa das Rosas

Com muita música e comidinhas típicas, será realizado neste sábado, dia 18 de julho, a segunda edição do Arraiá da Casa das Rosas – Espaço Haroldo de Campos de Poesia e Literatura. Forró, música caipira, bingo e correio elegante são algumas das atrações que vão deixar a festança boa demais da conta no museu que pertence à Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo e é gerenciado pela POIESIS Instituto de Apoio à Cultura. 
 
Este ano, a partir das 14h, haverá distribuição de ingressos gratuitos para o evento que acontece no jardim. Os comes e bebes da festança ficam por conta de Tapioca Cultural – Comidas, discos e livros, Doces Égua, Carol e O Mundo das Delícias, Midá – Doces, Santa Fornada, Il Pastaio, Cone Loco e Milho do Igor. A decoração do museu fica por conta da Arumã Brasil. Vem forrozear com a gente!
Arraiá da Casa das Rosas acontece nesse fim de semana. (Foto: Divulgação)
Arraiá da Casa das Rosas acontece nesse fim de semana. (Foto: Divulgação)
 
Confira a programação completa:
 
14h – EU NÃO MINTO! 
Com Paulo Freire
O violeiro Paulo Freire vai provar que não mente. Contará histórias de caçadas fabulosas, pescarias impossíveis, a verdade sobre o casamento, a onça virada do avesso e como virou cunhado de lobisomem, tudo fundamentado por músicas e conversa com o público. 
 
16h30 – BREVE HISTÓRIA DA MÚSICA CAIPIRA
com: Paçoca
Neste espetáculo, Paçoca interpretará músicas de artistas clássicos do mundo da viola como Raul Torres, João Pacífico, Alvarenga & Ranchinho e Teddy Vieira, intercalando as composições com causos e fatos históricos que forjam a história da música caipira.
 
18h30 – BINGO
O prêmio para os sortudos que vencerem tem a cara da Casa das Rosas: livros!
 
20h – COMIDA TÍPICA, TEMPERO UNIVERSAL
com: Trio Macaíba
No repertório alegre e dançante, Beto Corrêa, Cleber Almeida e Ramon Vieira, o trio Macaíba, aliam composições de sua autoria ao legado de grandes mestres do forró, como o rei do baião Luiz Gonzaga, Dominguinhos, Jackson do Pandeiro, Gilberto Gil e Sivuca. Entre uma música e outra o público ainda ouve causos e histórias sobre a obra e os mestres da música popular brasileira, bem como a origem do forró pé de serra.
 
INTERVENÇÃO 
Ao longo do evento, os repentistas emboladores Peneira e Sonhador, farão intervenções cheias de humor e improviso durante os intervalos das apresentações.
 
Serviço:
Arraiá da Casa das Rosas
Sábado, 18 de julho, das 14h às 22h
Retirada de ingressos: às 14h ~ um por pessoa
Lotação: 2.000 pessoas
Entrada gratuita e livre para todas as idades
Serviço de comidas e bebidas ~ aceita cartões
Acessibilidade 
 
Casa das Rosas – Espaço Haroldo de Campos de Poesia e Literatura
Avenida Paulista, 37 – próximo à Estação Brigadeiro do Metrô.
Horário de funcionamento: de terça-feira a sábado, das 10h às 22h;
Domingos e feriados, das 10h às 18h.
Convênio com o estacionamento Parkimetro: Alameda Santos, 74 (exceto domingos e feriados).

PÓLEN LIVROS LANÇA TÍTULOS PROVOCATIVOS EM SP

Escritora Marina Miyazaki Araujo autografou os livros Dislexicando e Pai Francisco na livraria Martins Fontes no sábado 

Aconteceu no último sábado (11), o lançamento dos livros Dislexicando e Pai Francisco, da Pólen Livros, escritos por Marina Miyazaki Araujo, na Livraria Martins Fontes da avenida Paulista.

No evento, além da autora, os ilustradores Tony de Marco (Dislexicando) e Marcus Vinícius Vasconcelos (Pai Francisco) autografaram os livros.

“Há muito tempo, ela espera por esse momento. A Marina é uma pessoa muito competente e batalhadora”, diz Linacir Macuco, uma das presentes no evento.

capa_Dislexicando Em Dislexicando, a autora e o ilustrador Tony de Marco uniram seus talentos e experiências com a dislexia nessa obra escrita intencionalmente com os principais erros cometidos pelos disléxicos, língua que a autora chama de “dislexiquês”. Mas tudo perfeitamente acessível a quem “se esforça um pouquinho”, que, segundo Marina, é a recomendação que os disléxicos mais costumam ouvir de pais e professores. Distante da abordagem técnica dos especialistas, o livro pretende mostrar como funciona o pensamento de uma pessoa disléxica, destacando que rótulos e vitimização são os verdadeiros problemas que essas crianças e adultos enfrentam.

capa_Pai-Francisco Já Pai Francisco conta, em primeira pessoa, a história de um menino que reflete sobre a ausência do pai. Embora afastado do convívio social, o pai é o grande herói desse menino, que não vê a hora de poder encontrá-lo novamente. Com o livro, Marina, que já trabalhou como psicóloga em uma penitenciária, aborda a importância do vínculo familiar mesmo em situações adversas. As delicadas ilustrações que ajudam a contar a emocionante história desse menino são assinadas pelo diretor de arte Marcus Vinicius Vasconcelos, diretor de animações premiadas como “Realejo” e “Pintas”.

O evento de lançamento, assim como os livros, não se destinam somente às crianças, mas a todos que se dispõem a ler, sentir e refletir.

Los Molinos prepara mais uma noite com dança e música típica espanhola

Dia 31 de julho tem Gran Noche Sevillana para alegrar o jantar dos visitantes da casa

Já pensou em entrar no clima da Espanha sem sair do Brasil? Essa é a proposta do restaurante Los Molinos, localizado no tradicional bairro do Ipiranga. A casa com sua decoração alegre e contagiante vai ficar ainda esplendorosa no dia 31 de julho, quando acontece mais um show Gran Noche Sevillana.

O jantar dos visitantes será animado pelas passos de dança da bailarina, cantora e artista plástica Kelly Ribeiro e do seu parceiro, o guitarrista e bailarino Marcelo Tahira, que juntos prometem encantar o público com belíssimas performances de danças e solos de guitarra. A apresentação da cantora de passo doble, Marta Sanches completa o show.

Dança espanhola será atração no Los Molinos. (Foto: Divulgação)
Dança espanhola será atração no Los Molinos.
(Foto: Divulgação)

Gran Noche Sevillana foi pensado para divertir o público presente, mas sem tirar a privacidade de uma boa conversa no salão, por isso são feitas de três a quatro entradas, com intervalos entre elas, ou seja, dá para conversar, saborear o jantar e ainda curtir uma noite para lá de especial.

E a sugestão do mês de julho para o jantar é o Filé de Peixe ao Vinho Branco para duas pessoas por R$ 79,90. O prato é composto por filé de peixe, pimentão verde, cebola, alho, tomate sem semente e vem acompanhado de arroz e batata. Outra dica são as deliciosas Tapas, petiscos que os espanhóis adoram degustar e que vem ganhando cada vez mais adeptos e versões no Brasil. No Los Molinos é possível selecionar uma mais saborosa que a outra. São 18 opções a partir de R$ 15,00. E os ingredientes com os quais são preparadas são os mais variados possíveis. Tem lula frita; polvo; camarão com alho, pimenta vermelha, pimentão em pó e azeite; camarão puxado na manteiga; bolinhos de bacalhau; vôngole ao molho; chorizo; entre outras.

Filé de Peixe ao Vinho Branco é um dos pratos de maior sucesso no restaurante. (Foto: Divulgação)
Filé de Peixe ao Vinho Branco é um dos pratos de maior sucesso no restaurante. (Foto: Divulgação)

Com 33 anos de existência o Los Molinos, é um dos restaurantes de especialidades da culinária espanhola mais conhecidos da cidade. É reconhecido pela qualidade de sua gastronomia que segue fielmente os traços e a essência da culinária espanhola, além do bom gosto na decoração, do ambiente agradável e da personalização no atendimento, características muito marcantes que encantam os frequentadores.

Serviço:
Gran Noche Sevillana
Dia 31 de julho a partir das 21h

Los Molinos – Rua Vasconcelos Drumond, 526 – Ipiranga, São Paulo, SP. Tel. (11) 2215-8211 e (11) 3589-3550. Estacionamento gratuito com manobrista. Mais informações www.losmolinos.com.br.

Horário de funcionamento:
Almoço de segunda, terça e quarta-feira, das 12h às 16h (jantar somente com reserva para eventos acima de 15 pessoas);
Almoço de quinta, sexta e sábado, das 12h às 16h / Jantar das 19h às 23h;
Abre aos domingos e feriados no almoço, das 12h às 17h.

Suri promove Festival da Independência e propõe uma verdadeira experiência colombiana

Entre os dias 16 e 25 de julho, o chef Dagoberto Torres apresenta cardápio especial com pratos típicos em homenagem à Independência de seu país natal

Entre os dias 16 a 25 de julho, o Suri Ceviche Bar abrirá suas portas para mais um Festival da Independência. O evento celebra a independência da Colômbia que acontece no dia 20 de julho. “Tradicionalmente, o Dia da Independência reúne amigos e familiares em volta da mesa para cozinhar pratos típicos e jogar conversa fora.”, conta o chef Dagoberto Torres”. Desta vez, ele se inspirou na forma de comer típica de seu país, com suas sopas, secos e postres, para que as pessoas possam viver uma experiência diferente e tradicionalmente colombiana.

O menu traz receitas que levam ingredientes clássicos da região como as batatas criollas. Segundo o chef, na Colômbia o termo entrada não é usado, antes do prato principal são oferecidas as tradicionais sopas, como a Casuela de Mariscos do Pasifico (R$36), muito consumida no estado do Valle Del Cauca,  e que leva camarão, lula, peixe com leite de coco e patacones. Outra boa pedida são os pratos principais, chamados de secos, como a Gallina Criolla (R$75),  típica do estado da Tomalina, que leva cozido de galinha caipira, banana da terra, mandioca e batatas criollas com arroz aji e abacate. “Queremos que as pessoas vivam a experiência de comer em um restaurante na Colômbia”, comenta o chef.

imagem_release_457016

A culinária latino-americana é rica em texturas, cores, sabores e aromas e o cardápio do festival da independência pretende usar tudo isso para aguçar os paladares mais curiosos. Para petiscar, o Suri oferece algumas sugestões de porções como o Juan Valérios (R$ 26), típico da região de Huil, que são bolinhos de banana da terra grelhada e recheada com torresmos. Consumido entre os moradores do estado de Bolivar, o Ceviche Cartagenero (R$ 30) será outra opção para quem passar por lá durante a comemoração. A receita leva camarão, molho de tomate, maionese, laranja, conhaque, cebola roxa, pimenta e coentro, e já é uma velha conhecido entre os amantes da culinária colombiana. Com biscoitos de queijos em calda de rapadura com canela e sorvete de creme, a sugestão para a sobremesa é o Biscocho Melado (R$ 13).

Serviço: 

Rua Matheus Grou, 488 – Pinheiros – São Paulo
(11) 3034-1763

Site: www.suri.com.br

Horário de atendimento:

De segunda a quinta, das 19 à 0h; sexta, das 20h à 1h;

Sábado, das 13h às 17h e das 20h à 1h; domingo, das 13 às 17h.

Facebook: http://www.facebook.com/suricevichebar

Instagram: @suricevichebar