Arquivo da categoria: Turismo

Aventuras nas Regiões Tchecas Boêmia Ocidental

Karlovy Vary, capital da região, é reconhecida não apenas por ser um dos spas mais glamourosos da Europa Central, mas também por ser o ponto de partida ideal para descobrir vários tesouros do passado e do presente na República Tcheca. Entre eles, o relicário de São Mauro e a exposição de sua história cheia de mistérios no palácio de Bečov; o castelo medieval de Loket, junto com Karlovy Vary,  cenário para o filme de James Bond, Casino Royal; a biblioteca do mosteiro de Teplá, perto da cidade termal Mariánské Lázně, onde está localizado o único campo de golfe real fora da Commonwealth Britânica; ou o cristal da marca Moser, considerado o cristal dos reis por ser o preferido de várias casas reais do mundo.

Dados básicos:

Localização
130 km de Praga, 180 Km desde Dresde, 300 Km de Munique e 360 Km de Berlim.

Experiências / Aventuras:
Spa – bem estar, luxo, cinema, gastronomia, cristal, compras, turismo ativo (golfe, corrida, esqui, ciclismo, trilhas), compras.

Karlovy Vary

(Foto: Divulgação)

Diz a lenda que a cidade de Karlovy Vary foi fundada pelo rei tcheco e imperador românico Carlos IV no século XIV. Ele teria descoberto as prodigiosas águas minerais durante uma caçada a um cervo. Ao longo dos séculos, a fama da cidade cresceu e cruzou as fronteiras da Boêmia até se tornar um símbolo de charme e status social. Os principais representantes dos estados europeus, bem como grandes personalidades como Goethe, Beethoven, Gogol, Paganini, Casanova ou Mozart, entre outros, visitaram a cidade. Ultimamente, são as numerosas estrelas de cinema que visitam Karlovy Vary todos os anos, em julho, por ser palco de um dos festivais de cinema mais importantes da Europa.

Recomendamos visitar o centro histórico a pé. É uma área de pedestres de cerca de 2 km, que segue o rio Teplá e é cercada por colinas que formam o famoso vale em que a cidade se estende. No passeio, você pode visitar o Grand Hotel Pupp, o Teatro Municipal, a Igreja de Maria Madalena, três colunatas (Mlýnská, Tržní e Sadova) que cobrem e protegem 12 fontes termais.

Durante séculos, esta região desenvolveu o uso de águas de suas fontes termais e minerais para tratamentos medicinais e de bem-estar oferecidos em suas três principais cidades: Karlovy Vary, Mariánské Lázně e Františkovy Lázně. Lugares que, graças à sua fama, foram visitados por pessoas e governantes famosos como o rei tcheco Carlos IV, o czar russo Pedro o Grande, o imperador austríaco Francisco I, a imperatriz Sissi ou o rei da Inglaterra Eduardo VII ao longo de sua história.

(Foto: Divulgação)

Mariánské Lazně

Mariánské Lázně é caracterizada, acima de tudo, por belos parques, graças aos quais está entre as mais belas cidades ajardinadas da Europa. Você pode passear sossegadamente ouvindo a água  de inúmeras nascentes e fontes, respirando o perfume de flores e árvores floridas, ou tomando café e saboreando as excelentes bolachas de spa.

Visite a famosa colunata de aço e ferro fundido Máxim Gorki, verdadeiro símbolo da cidade, juntamente com a fonteque, que a cada hora ímpar, das 7h às 21h e às 22h apresenta um show de água e música, com músicas de Verdi, Toselli, Dvorak, Vanguelis ou Andrea Bocelli.

(Foto: Divulgação)

Františkovy Lázně

Esta é a menor cidade do triângulo termal, com passeios elegantes com arcadas clássicas, parques históricos e uma atmosfera agradável de paz, relaxamento e descanso.

Nomeada em homenagem ao seu fundador, o imperador austríaco Francisco I, a cidade tem como símbolo a estátua de uma criança, que se diz ter poderes mágicos. Se não for suficiente, você pode diversificar seu itinerário com uma visita ao parque aquático Aquaforum, que possui várias piscinas, escorregadores, grutas e saunas.

Chodová Planá

Para os amantes da cerveja, é preciso parar não apenas para provar a cerveja ou tentar “cozinhá-la” na Academia de Cerveja, mas também para banhar-se. A terapia combina os efeitos curativos da água mineral quente, ingredientes para produzir cerveja e massagens. Os procedimentos curam a pele e os cabelos, relaxam os músculos, as articulações e reforçam o sistema imunológico. Quando sai da espuma da cerveja, o corpo fica mais jovem. E se quiser ficar por mais tempo reserve hotel junto ao spa ou experimente alguns pratos deliciosos no restaurante localizado no labirinto de rochas, nas adegas da cervejaria do século XII.
 

2/ Legado Histórico

Loket

(Foto: Divulgação)

A história de Loket, uma importante vila real localizada a cerca de 15 km de Karlovy Vary, com um castelo, remonta ao século XII. A entrada da cidade, atravessando a ponte sobre o rio Ohře com uma vista impressionante do castelo, é a foto perfeita para as redes sociais. E junto com o pitoresco centro da cidade é uma atração para os cineastas.

Entre os filmes mais conhecidos que foram gravados em Loket, destaca-se a história do agente 007 Casino Royale, onde Loket é apresentada como uma cidade de Montenegro, onde James Bond e Vesper devem conhecer René Mathis. Juntos, eles almoçam na Praça Masaryk, em frente ao Hotel Goethe. É precisamente aqui que Bond enfrenta o chefe de polícia, e o corrupto e malvado Le Chiffre. A praça da cidade também serviu de cenário para o enredo do filme No Novelty in Front, história de estudantes despreocupados que seriam convocados para lutar na Guerra Mundial.

Bečov nad Teplou

O castelo medieval de Bečov foi fundado na primeira metade do século XIV. Atualmente, no antigo castelo medieval e palácio barroco, foi instalada a exposição dedicada à “descoberta do século”: o relicário românico de São Mauro.

A história de sua descoberta se assemelha a um livro de suspense. Em 1984, um comerciante dos Estados Unidos entrou em contato com as autoridades do governo socialista tcheco com um pedido para comprar um item de valor que estava no território do país. O governo, por um lado, estava negociando com ele e, por outro lado, iniciou a busca por um patrimônio histórico perdido.

Tendo apenas algumas pistas, resolver o caso parecia impossível. No final de uma grande pesquisa em todo o país, o objeto foi encontrado sob o piso da capela do palácio em Bečov nad Teplou.  Era uma caixa dourada com preciosos ornamentos do século XIII para guardar os restos mortais de São Mauro. Considerado um dos exemplos mais preciosos da ourivesaria medieval, seu valor é incalculável e, após as joias dos reis tchecos, é o segundo objeto mais valioso da República Tcheca

Mosteiro Premonstratense em Teplá

O centro espiritual da Boêmia Ocidental é sem dúvida o Mosteiro de Teplá, localizado a 17 km de Mariánské Lázně. Foi fundada no final do século XII por Hroznata como compensação por não ter participado de uma das cruzadas. Ele trouxe aqui a ordem dos premostransianos, que retornaram em 1990 após muitos anos de infortúnio, e gradualmente ele estava reformando o complexo dilapidado.

3 / Golfe em campos reais

Se o golfe é uma de suas paixões, você encontrará muitas razões para visitar esta região com mais de 10 campos:

Somente em Karlovy Vary, existem 4 campos de golfe: Golf & Racing Club, Golf Club Haje, Golf Resort Cihelny e Golf Resort (também conhecido como Olšová Vrata), que é um dos campos de golfe mais antigos da República Tcheca e Europa Central. Foi fundado em 1904. Está localizado a apenas 5 km do centro de Karlovy Vary, possui 18 buracos e sedia torneios europeus de prestígio. Uma vez por mês, ele testemunha torneios de clubes locais. Após um torneio ou treino, os golfistas podem descansar no centro de relaxamento do Aquila Welness Club.

4 / Lembranças

Wafers de Karlovy Vary

As bolachas tipo wafers de  Karlovy Vary e Mariánské Lázně são tradicionais e muito popular. Eles foram preparados pela primeira vez antes de 1800, época em que as bolachas diferiam das atuais, porque eram simplesmente polvilhadas com açúcar, destinadas aos pacientes dos spas. Mais tarde, os cozinheiros aumentaram as camadas de bolacha, acrescentaram especiarias dando o sabor específico que conhecemos hoje.

(Foto: Divulgação_

Becherovka: medicamento transformado em licor de ervas

A bebida alcoólica à base de plantas, típica de Karlovy Vary tem uma longa tradição. A Becherovka, com 38% de porcentagem alcoólica, introduzida no mercado em 1807, tem uma popularidade extraordinária desde então.

Seu sabor requintado é devido às águas de Karlovy Vary, álcool de qualidade, açúcar natural e uma mistura de 32 ervas e especiarias com um sabor amargo específico. A receita é um segredo bem guardado, conhecido por apenas duas pessoas na fábrica. O licor é tomado frio, mas também é um ingrediente favorito para coquetéis. Muito popular é o chamado «beton» que combina Becherovka com tônica.

Moser: cristal dos Reis

Cristal e porcelana é a indústria tradicional da região e a fábrica de cristal mais conhecida e uma das mais importantes do país é a Moser. Cristal sem chumbo, feito à mão com detalhes em ouro, decoração em prata e esculturas finas, tornou-se sinônimo de qualidade e tradição. Fundada em 1857, seus produtos ainda são considerados entre os melhores do mundo, confirmando o fato de ser uma das marcas utilizadas em eventos reais. A visita inclui três espaços: a fábrica, onde o vidro é soprado, o museu com a exposição de coleções históricas e contemporâneas e a loja.

5 / Festival Internacional de Cinema de Karlovy Vary

A primeira semana de julho faz de Karlovy Vary o centro do cinema mundial, quando Festival de Cinema, um dos mais prestigiados da Europa, sediado no Hotel Termal. Com uma atmosfera inconfundível que caracteriza, acima de tudo, pelo contato direto e próximo entre as estrelas convidadas e seu público .Entre as estrelas de cinema que participaram do festival, podemos citar Leonardo di Caprio, Michael Douglas, Keira Knightley, Morgan Freeman, Scarlett Johansson, Sharon Stone, Robert Redford, Robert de Niro, Antonio Banderas, Gael García Bernal, Judi Dench, John Malkovich, John Travolta, Julianne Moore, Renée Zellweger e muitos mais.

A edição 2020 foi cancelada devido á pandemia de coronavírus.

Itinerário recomendado (4 dias)

Dia 1-2: Karlovy Vary

Dia 3: Loket – Becov

Dia 4: Marianske Lazne – Teplá – Chodová Planá

A melhor época para viajar é de abril a outubro, já que castelos, palácios e campos de golfe estão abertos, os dias são longos e o clima é agradável. Devido aos tratamentos de spa, a região também pode ser visitada no inverno.



Curiosamente, muitas lembranças que os turistas compram na República Tcheca vêm da região de Karlovy Vary:

AGÊNCIA MINEIRA “VAY AGORA” LANÇA VOUCHERS COM DESCONTOS PARA PASSAGENS ÁREAS A SEREM EMITIDAS EM ATÉ DOIS ANOS

EMPRESA LANÇA CAMPANHA INSTITUCIONAL E MUDA O NOME PARA “VAY DEPOIS”, INCENTIVANDO CLIENTES A FICAREM EM CASA

(Foto: Element5 Digital)

Milhares de viagens foram canceladas devido às medidas de prevenção contra o coronavírus. Mas, nada impede de planejar as férias para o futuro. A fim de incentivar seus clientes a cumprirem o isolamento social, a Vay Agora, que oferece viagens de forma descomplicada, lançou a campanha #VayDepois. Além da mudança temporária do próprio nome em suas redes sociais, criou o slogan “FycaEmCasa” e vem compartilhando dicas de planejamento de viagens, filmes, livros e até como fazer um scrapbook com as lembranças das últimas férias.

Bilhete #VayDepois também é uma vantagem da campanha. São vouchers em que o consumidor paga por um valor e recebe outro superior em créditos, para, posteriormente, trocar em passagens áreas. Há opções de vouchers de R$ 500 pagando R$450; R$ 1000 por R$850; e R$ 5000 por R$4000. Após a compra, o prazo para a emissão de passagens é de dois anos. A utilização pode ser gradativa, nacional ou internacional – dependendo da disponibilidade das operadoras parceiras – no nome do titular ou de terceiros. Tudo para que viajar possa ser simples, quando for possível. 

“Essa é a hora de se cuidar e ficar em casa. A Vay apoia totalmente a medida de isolamento social, as pessoas devem ficar seguras e saudáveis. Só assim será possível planejar as próximas viagens e viver momentos inesquecíveis no futuro”, afirma um dos fundadores da agência, Vitor Coutinho.  

Desde o início da crise gerada pelo COVID-19, a Vay tem dado suporte a todos que compraram passagens para este período, atuando como intermediadores na relação do cliente junto as companhias aéreas. Os colaboradores estão empenhados em resolver todas as remarcações e cancelamentos causados por esta situação.

Embora o setor do turismo tenha sido um dos mais afetados, a agência mineira segue com quadro completo de funcionários e com boas perspectivas para o futuro. “Nosso modelo de negócio, com atendimento 100% online, porém com uma interface totalmente humanizada, nos permitiu uma boa performance nessa crise. Temos controle de todas as passagens emitidas, os clientes foram atendidos imediatamente e por pessoas de verdade. E agora temos como viabilizar condições melhores para quem precisou adiar as férias, mas não quer deixar de planejar”, completa Coutinho.

Eventos no verão da República Tcheca

Feche os olhos e sinta o sol, a brisa e o aroma do verão. Agora descubra conosco o que a República Tcheca tem a oferecer: desfiles históricos que o levarão de volta no tempo, excelentes sabores temperados com a famosa cerveja tcheca, estrelas de cinema e mais aventuras. Pense em algo legal, pense em um verão na Tchéquia.

Festa da Rosa de cinco pétalas
19-21 de junho

(Foto: Divulgação)

Todos os anos, em junho, a pitoresca cidade de Český Krumlov retorna à era renascentista, governada durante três dias pelos antigos senhores de Rožmberk. As ruas e praças ficam repletas do burburinho de duelos de cavaleiros, de feiras históricas de artesanato, banquetes e música medieval. As festividades culminam com um magnífico desfile histórico em que não faltam cavaleiros montando cavalos e, sobretudo, pessoas famosas, relacionadas à remota história da cidade. Os visitantes também gostam do torneio de cavaleiros, que lembra a antiga lenda da divisão de rosas, um xadrez com figuras ao vivo, em um tabuleiro gigante, jogos de época para crianças e adultos também e fogos de artifício nos céus da cidade.

Festas da prata de Kutná Hora
20 a 21 de Junho

(Foto: Divulgação)

O festival gótico lembra as famosas tradições da cidade real mineira de Kutná Hora. 

O variado e alegre festival gótico abre simbolicamente a estação turística da cidade de Kutná Hora, que está entre os monumentos protegidos da UNESCO. O rei tcheco Venceslau IV com sua esposa Sofía chega à cidade com seus oficiais e cortesãos. O parque perto de Vlašský dvůr e os becos góticos do centro histórico são animados pela atmosfera multicolorida da Idade Média.

Festival de orquestras de câmara de Český Krumlov
26 Junho a 5 de Julho

(Foto: Divulgação)

Aproveite a noite barroca no Palácio Český Krumlov, listado entre os monumentos da UNESCO. 

A cidade de Český Krumlov ganha vida durante o festival de orquestra de câmara no início do verão. É o festival de música com a maior tradição da cidade. O popular evento cultural de renome internacional oferece passeios pelos interiores do palácio, com música ao vivo de instrumentos históricos. A verdadeira joia para os visitantes é a festa palaciana do século XVIII, fielmente reproduzida no palácio de Český Krumlov.

Festival internacional de música Primavera de Praga
7 de Maio a 4 de Junho

(Foto: Divulgação)

Festival multi-gênero conhecido mundialmente e o maior evento de música da República Tcheca. 

Por mais de 70 anos, o festival internacional de música Primavera de Praga faz parte dos eventos culturais mais representativos da República Tcheca. O festival, estrelado pelos melhores artistas do mundo, orquestras sinfônicas e concertos de câmara, é algo exclusivo. Ele superou as mudanças de regime e as dramáticas mudanças culturais de sete décadas. E tudo graças aos espectadores que apreciaram e ainda apreciam a verdadeira qualidade artística.

Festival internacional de cinema de Karlovy Vary
3 a 11 de Julho

(Foto: Divulgação)

Visite Karlovy Vary e seu maior e mais popular festival na República Tcheca.

O Festival de Cinema Karlovy Vary é o festival de maior prestígio na Europa Central e tem uma atmosfera inconfundível. O primeiro festival foi realizado em 1946 em Mariánské Lázně e um ano depois mudou-se para Karlovy Vary e, desde então, é comemorado regularmente na primeira quinzena de julho. O festival costuma lançar mais de 200 novos filmes de todo o mundo, o melhor filme recebe o Globo de Cristal durante a cerimônia final. Celebridades e estrelas, milhares de fãs de cinema, shows, cerimônias, festas, conferências de imprensa e dezenas de outros eventos acontecem durante o festival. O centro do festival é no Thermal Hotel, no entanto, exibições de filmes ocorrem praticamente em toda a cidade.

Colours of Ostrava
15 a 18  de Julho

(Foto: Divulgação)

Um festival de música que oferece uma variedade excepcional de estilos e gêneros. 

O festival internacional de música multigeracional acontece na região de mineração de Vítkovice desde 2013, na área de antigas minas e siderúrgicas que têm uma atmosfera excepcional. O Colors of Ostrava recebeu o Prêmio Anděl duas vezes como Evento de Música do Ano e foi intitulado Melhor Evento de Música do Ano na pesquisa ALMA (Akropolis Live Music Awards) na categoria Concerto / Festival do Ano. O festival reúne mais de 150 bandas de música e uma boa dose de jazz, world music, rock, pop e música alternativa, além de filmes, encontros, oficinas e shows de teatro.

Festival musical Castelos da Morávia
31 de Julho a 22 de Agosto

(Foto: Divulgação)

Evento cultural-musical, realizado sob os monumentos românticos da Morávia. 

A alternativa da Morávia ao festival de Castelos Tchecos garante a mesma diversão, talvez apenas com sabor de vinho. A Moravia é uma área tradicional de cultivo de vinho na República Tcheca, onde você pode combinar música e cultura com degustação. Estão disponíveis os ingressos para os shows, que também são válidos para as exposições de castelos. Um componente dos festivais também é a acomodação em parques de camping, que ficam diretamente sob os castelos.

Ilha da Madeira online: museus, paisagens e webcams

Conheça atrações do destino português sem sair de casa

A Madeira, arquipélago português situado em meio ao Oceano Atlântico, está temporariamente fechada para visitantes devido ao cenário atual de pandemia. No entanto, continua sendo um destino turístico de excelência e, como tal, quer que os viajantes continuem a conhecê-la – mas, neste momento, de forma online.

Por isso, a última novidade da ilha é a disponibilização de diversas exposições de seus museus de forma virtual. Atualmente, há 11 diferentes mostras no site de Museus da Madeira, de quatro museus diferentes, que vão desde peças clássicas até contemporâneas. Esta é uma das muitas ações da campanha da ilha, “Stay home now. Dream online. Visit us later!” (“Fique em Casa. Sonhe online. Visite-nos mais tarde!”, traduzido ao português).

É possível conhecer, por exemplo, os incríveis desenhos e aquarelas de Emily Geneviève Smith, que retratam a ilha no século 19, os coloridos trabalhos do português Daniel V. Melim e as belas pinturas de Martha Telles, artista plástica natural da Madeira.

Para conferir as exposições, basta acessar o site https://bit.ly/Museus-Madeira e selecionar a preferida. Além das fotos das obras, há descrições completas dos projetos e informações de cada peça.

Além da arte, é possível conhecer mais as paisagens deslumbrantes da Madeira por fotos de vídeos. A entidade de turismo do destino divulga as diversas fotos de suas montanhas, trilhas, praias, florestas, piscinas naturais e charmosos vilarejos tanto em seu Flickr (https://bit.ly/FlickrMadeira) quanto no Instagram (https://www.instagram.com/visitmadeira/). Para conferir essas paisagens ao vivo, há diversas câmeras espalhadas pela ilha, que transmitem imagens sem parar pelo link https://bit.ly/WebcamsMadeira.

Ao longo do próximo mês, serão lançados também 11 vídeos no YouTube do destino (https://bit.ly/YT_Madeira) que mostrarão as diversas atividades, atrações e experiências que o arquipélago oferece aos turistas.

Outra maneira de se sentir dentro dessas paisagens é utilizando o Google Street View. Este recurso do Google Maps oferece vistas panorâmicas de 360 graus na horizontal e 290 graus na vertical. Na Madeira, em especial, vale a pena explorar as estradas litorâneas com a ferramenta, pois é possível ver a beleza do mar quebrando na costa.

Por fim, há também o site Madeira All Year (https://www.madeiraallyear.com/), um portal oficial do turismo do destino que conta com informações, dicas, fotos, vídeos e muito mais.

Conheça as praias de Saint-Barthelémy

Aprecie a arte de ser Colombier, Shell Beach, Lorient e Toiny

Colombier

(Foto: Divulgação)

Localizada no bairro de Colombier, a praia é acessível apenas de barco ou através de trilha saindo de La Petite Anse ou de Colombier. A praia de Colombier tem uma das melhores vistas panoramicas da ilha. A água limpa de azul turquesa é perfeita para esnórquel (snorkeling – mergulho em águas rasas). 

Shell Beach

(Foto: Divulgação)

Talvez uma das praias mais famosas de Saint Barth por causa da sua proximidade com a capital Gustávia, são apenas 5 minutos caminhando. Mas, não é apenas a proximidade da cidade que a faz especial. Ao chegar na praia pode parecer apenas uma extensão de conchas idênticas, mas ocasionalmente pode-se encontrar de surpresa conchas raras, instigando o visitante a uma caçada por mais! Essa é uma praia única, perfeita para àqueles que estão cansados de “praia de areia branca”. 

Lorient

(Foto: Divulgação)

Os locais chamam de pequenas piscinas. É frequentada por famílias já que a área é protegida por um recife de coral, oferecendo uma segurança extra para as crianças. A outra ponta de praia é popular entre os surfistas devido as grandes ondas que entram sobre as rochas e corais. 

Toiny

(Foto: Divulgação)

Aos fãs de surfe, bem-vindos à praia de Toiny. Aqueles que amam ondas fortes e desafiadoras, essa é praia ideal na ilha. Visto isso, o nado e mergulho não são propícios. Ainda sim, é uma das mais belas praias de Saint Barth e, caso não seja surfista, ótima para admirar a vista do oceano. 

Conheça as vinícolas de Saint-Émilion, no sudoeste da França

Uma dica de hospedagem na cidade é o Château Grand Barrail Hôtel

Apesar de menos conhecido pelos brasileiros, o pequeno vilarejo medieval de Saint-Émilion, na região de Nova Aquitânia, sudoeste da França, é um dos destinos de enoturismo mais celebrados e famosos do mundo, a cerca de apenas 40 km de Bordeaux. Quem quiser visitá-lo pode se hospedar no Château Grand Barrail Hôtel, um dos melhores de lá.

Trata-se de uma oportunidade imperdível para conhecer algumas das vinícolas mais importantes da região, que são avaliadas por uma classificação oficial revisada a cada 10 anos, que é promovida pelo Syndicat Viticole de Saint-Émilion com o objetivo de motivar os produtores e melhorar a percepção dos consumidores. São duas categorias principais – Premiers Grands Crus Classés Grands Crus Classés -, que abrangem critérios como qualidade e consistência, tipicidade, vinificação, manuseio dos vinhedos, prestígio e preço.

O mais interessante: algumas das vinícolas mais premiadas ficam bem próximas ao Château Grand Barrail Hôtel e seu concierge pode agendar as visitas e degustações.

Da categoria Premiers Grands Crus Classés, três vinícolas encontram-se a apenas cinco minutos de carro do hotel, sendo elas a Cheval Blanc (que impressiona a todos pelos seus vinhedos peculiares em terrenos de aluvião, produzindo vinhos repletos de frescor e complexidade aromática), Château Angelus (situada em um anfiteatro natural, com vista para as três igrejas de Saint-Émilion) e Château Canon (que pertence ao grupo da famosa marca Chanel, refletindo na sua elegância e refinamento).

Já a uma distância de 10 minutos de carro fica outra vinícola premiada na mesma categoria, a Château Pavie, que possui uma belíssima decoração do renomado fotógrafo e designer de interiores Alberto Pinto, morto em 2012. Para completar, em uma caminhada de 10 minutos também a partir do Grand Barrail chega-se ao Château Figeac, cujas origens datam do século II.

Já da categoria Grands Crus Classés, outras grandes vinícolas também se destacam. O impressionante Château de Ferrand (a cinco minutos de carro do hotel) foi construído em 1702 e oferece visitas panorâmicas espetaculares do vale de Dordogne, uma arquitetura soberba e caves incrustradas na pedra de um monumento ao rei Luís XIV, resultando em uma personalidade única exemplo perfeito da filosofia estética que combina equilíbrio e classicismo.

À mesma distância ficam o Château Fonroque (com uma abordagem interessante e avançada de produção, misturando conhecimentos da biodinâmica), o Château La Dominique (com elogiadas safras e vizinho ao Château Cheval Blanc), o Château Grand Mayne (que esbanja um estilo com valores de autenticidade e simplicidade clássica) e o Château Franc Mayne (que possui uma interessante vista panorâmica de sete hectares de trepadeiras cultivadas). Por fim, dirigindo por apenas 10 minutos é possível encontrar o autêntico Château Larmande.

Entre um passeio e outro, os visitantes podem aproveitar o Château Grand Barrail Hôtel e sua infraestrutura de resort cinco-estrelas, posicionada em meio a vinhas e jardins verdejantes. São 46 apartamentos divididos em quatro prédios de estilos variados, alguns perfeitamente adaptados para hóspedes que exigem acessibilidade.

Nos quartos superiores do castelo, um château clássico, a decoração elegante, como a cama com dossel (exclusividade da Suíte Royal), se mistura à paisagem dos vinhedos. Nos outros prédios, em que algumas suítes contam com terraços, o design ganha requintes mais contemporâneos. Divididas em seis categorias, as acomodações têm ainda nuances que todo viajante moderno preza, como caixas de som bluetooth e máquinas de Nespresso. As famílias com integrantes de quatro patas também são bem-vindas, já que alguns apartamentos são pet friendly.

O local, que tem ainda o Salão Mourisco com surpreendentes vitrais em longas janelas e o Grand Salon, espaço elegante e finamente decorado, recebe os visitantes com deliciosos almoços no mais tradicional estilo bistrô francês e jantares com menu gastronômico.

Parte da coleção Small Luxury Hotel of the World, o hotel abriga também o Spa Saint-Émilion, que é fonte de bem-estar em uma jornada sensorial que traz equilíbrio ao corpo e à mente. Os tratamentos e os produtos são da marca francesa Cinq Mode e os espaços com vista para os jardins têm ainda saunas secas e a vapor, banheira de hidromassagem, áreas de relaxamento em zonas secas e úmidas, piscina interna e academia aberta 24 horas, com equipamentos aeróbicos e de musculação.

O bem-estar é complementado pela piscina externa aquecida, que tem serviço de bar e snacks, e um tranquilo passeio pelos belos jardins da propriedade, com seus locais totalmente instagramáveis. O hotel conta ainda com recepção, concierge e business center abertos 24 horas por dia, serviço de babá, Wi-Fi e entrega gratuita de jornais.

O Château Grand Barrail Hôtel é representado no Brasil pela Key Partners (www.keypartners.com.br), de Sylvia Leimann. Para mais informações e reservas, acesse o site www.grand-barrail.com.

quatros filmes para sonhar com as paisagens da Jordânia

Wadi Rum. (Foto: Rita on Unsplash)

Por suas paisagens inusitadas e impressionantes, a Jordânia já foi cenário de incontáveis filmes ao longo das últimas décadas. Neste momento em que é necessário ficar em casa para o bem comum, confira quatro filmes para assistir que foram gravados em paisagens jordanianas.

Indiana Jones e a Última Cruzada

O filme de Steven Spielberg, de 1989, é um clássico e merece ser visto e revisto várias vezes, estrelado por Harrison Ford e Sean Connery. Indiana Jones embarca em uma jornada para resgatar seu pai das mãos dos nazistas e impedir que eles encontrem o Santo Graal. Petra, uma das sete maravilhas do mundo moderno e principal atração da Jordânia, aparece no filme. Seu monumento mais famoso, o Tesouro, com sua imponente fachada, é mostrado na sequência final.

Lawrence da Arábia

Outro clássico do cinema, o filme de 1962 é uma obra icônica e premiada com sete Oscars, incluindo o de melhor filme e de melhor diretor (David Lean). O filme conta a história do oficial britânico Thomas Edward Lawrence – que se tornou famoso com o nome de Lawrence da Árabia – e seu papel durante a Revolta Árabe (1916-1918), na luta contra o Império Turco-Otomano. A paisagem desértica de Wadi Rum, na Jordânia, foi um dos cenários mostrados no filme, assim como o Forte de Aqaba e o Castelo de Azraq, entre outras locações.

Perdido em Marte

Estrelado por Matt Damon, este emocionante filme de 2015 mostra o astronauta Mark Watney em uma missão no planeta Marte. Abandonado pela tripulação depois de uma tempestade e dado como morto, ele fica sozinho no planeta e precisa achar um jeito de sobreviver e voltar para casa. O planeta Marte, no caso, foi filmado no deserto de Wadi Rum, na Jordânia, com suas paisagens desérticas e autênticas. Vale a pena ver o filme e conferir este que é um dos principais atrativos do país.

Rogue One: Uma História Star Wars

Primeiro spin-off de Star Wars, e com uma linha do tempo localizada entre os episódios 3 (A Vingança dos Sith) e 4 (Uma Nova Esperança), o filme mostra um grupo de rebeldes que se une para roubar os planos de construção da Estrela da Morte. Novamente, a Jordânia é representada pelo deserto de Wadi Rum, cenário da lua de Jedha.

Para saber mais sobre a Jordânia, acesse www.visitjordan.com e o site Bureau Mundo, escritório virtual da GVA: www.bureaumundo.com.

DESCUBRA A TCHÉQUIA COM quatro SENTIDOS

Descubra como a República Tcheca pode encantar a visão, o olfato, o tato e até mesmo o paladar.

Visão

Na República Tcheca há uma grande variedade de mirantes e locais especiais que dão à nossa visão imagens espetaculares.

Nos destinos urbanos como Praga é comum apreciar o pôr do sol do Castelo de Praga ou da Ponte CarlosPilsen tem vistas encantadoras da pitoresca Praça da República. A impressionante Praça de Přemysl Otakar II é o foco dos olhares em České Budĕjovice. E na elegante cidade de Brno não se pode deixar de  incluir a Villa Tugendhat ou o Ossário  da Igreja de São Tiago.

No que toca a natureza, a visão é brindada pela Suíça Boêmia, um parque que também oferece visitas virtuais. Os mais aventureiros têm a opção de subir até Snĕžka, o pico mais alto da Tchéquia, com 1.602 metros. Ou realizar um passeio pelas nuvens na montanha Dolní Morava, com vistas incríveis a partir do centro de visitantes.  

Dolní Morava_SkyWalk. (Foto: Divulgação)

*Curiosidade – o primeiro protótipo de lentes de contato foi desenvolvido pelo químico tcheco Otto Wichterle em 1957.  Em apenas quatro anos conseguiu que fossem produzidas em série e libertassem as pessoas de seus incômodos óculos.

Olfato

O sentido do olfato tem o poder de transportar-nos imediatamente no tempo e no espaço. Imagine o cheiro de lúpulo, e estará sentido o aroma predominante de Žatec. Mais familiar, a relaxante lavanda é odor característico de Olomouc. E se o cheiro é de gengibre, você deve estar perto de Pardubice. Mas se você gosta do cheiro de mato, o perfume de pinho te lembrará o Parque Nacional de Šumava, enquanto as gotinhas frescas das cascatas lembrarão o Parque Nacional de Krkonoše. Ambos os parques também oferecem visitas virtuais.

Žatec_campos de lúpulo. (Foto: Divulgação)

Tato

O tato nos diz muito, ainda mais num país com mais de 200 castelos e palácios abertos à visitação: a seda e o veludo nos sugerem a nobreza e a elegância; o mármore frio remete à exclusividade e ao luxo; e as formas anguladas do mobiliário testemunham a destreza dos antigos artesãos.

Alguns dos palácios onde se pode encontrar estes elementos são o Castelo e Palácio de Český Krumlov, cujos afrescos da fachada já prenunciam o luxo dos interiores; o Palácio de Lednice, com seu halo romântico; o Palácio de Kynžvart, com sua belíssima biblioteca; os tons pastel do Palácio de Manĕtín; e a fantasia arquitetônica do Castelo de Žleby. Tampouco deixe de admirar os belos interiores dos palácios de ČastoloviceNové Mĕsto nad Metují, e Horšovský Týn.

* Curiosidade – expressão máxima do tato, a impressão digital é única. E foi no século XIX que o fisiólogo e cientista tcheco Jan Evangelista Purkyně descobriu este fato, trazendo um grande avanço na criminologia e nas ciências forenses.

Paladar                      

Sabores podem invocar lembranças de um destino. Como por exemplo uma barra de chocolate de Litomyšl ou de Brno, onde se fabrica o segundo melhor chocolate do mundo, de acordo com o International Chocolate Award. A Tchéquia vem recuperando sua tradição chocolateira, que teve seu pico antes da Segunda Guerra. Outro sabor inesquecível são os queijinhos de Olomouc, o presunto de Praga ou os frgály da Morávia, unas deliciosas tortinhas de frutas, requeijão e sementes de papoula moída.

No campo dos sabores líquidos, nada melhor que destampar uma cerveja gelada e relembrar de Pilsen. Dá até para fazer uma visita (virtual) à  fábrica de Pilsner Urquell. Se o seu paladar é mais para vinhos, os da Morávia do Sul são estupendos.  

Tortinhas ‘frgály’. (Foto: Divulgação)

* Curiosidade – o açúcar em cubos foi criado em 1841, pelos habitantes da cidade de Dačice, um povoado no sul da Boêmia. Antes disso, o açúcar era vendido em grandes blocos para serem cortados em casa, o que era um aborrecimento e causava cortes na pele.

Seychelles lança vídeo para inspirar viajantes brasileiros

Seychelles faz vídeo de tour para as pessoas não saírem de casa. (Foto: Divulgação)

O Escritório de Turismo de Seychelles acaba de lançar um vídeo para inspirar os viajantes que precisam ficar em casa neste momento. O país quer lembrar os brasileiros que não apenas eles sentem falta do mundo, como o mundo também sente a falta deles.

Com lindas imagens do país, Seychelles mostra que o momento é de parar, respirar, se cuidar e de refletir, mas que em breve receberá a todos de braços abertos, com suas praias de águas transparentes, povo caloroso, cultura vibrante e natureza intacta.

Seychelles convida a todos a assistirem ao vídeo e sonharem com suas próximas viagens, e espera poder trazer inspiração com suas paisagens paradisíacas e momentos memoráveis.

Para assistir ao vídeo de Seychelles, clique aqui.

Para mais informações sobre Seychelles, acesse www.visiteseychelles.com e o site Bureau Mundo, escritório virtual da GVA: www.bureaumundo.com.

Verão tcheco a céu aberto

Com a iminente chegada do verão, e gradual reabertura das atrações, a República Tcheca se prepara para aproveitar os dias quentes ao ar livre. Veja sete opções de jardins para se visitar em todo o país.

1. Os jardins Květná (Floral) e Podzámecká em Kroměříž

(Foto: Divulgação)

Os bispos e arcebispos de Olomouc construíram sua residência de verão em Kroměříž, na Morávia do Leste. O palácio, junto com os jardins Květná e Podzámecká, está inscrito na Lista de Patrimônio Mundial Cultural e Natural da UNESCO. O jardim de Květná destaca-se pela configuração geométrica de seus canteiros de flores, labirintos e uma colunata com uma galeria de esculturas, uma rotunda com cavernas, um pêndulo de Foucault. O jardim de Podzámecká, anteriormente utilitário, foi remodelado no século XVII como um jardim barroco. As condições climáticas que prevalecem nas caves do palácio são magníficas para provar a grande variedade de excelentes vinhos da Morávia.

2. Área de Lednice e Valtice

(Foto: Divulgação)

Outro monumento inscrito na lista da UNESCO é a área de Lednice-Valtice, que se estende até a Morávia do Sul, perto de Brno, é a mais extensa paisagem do mundo adaptada como parque e, por isso é chamada de Jardim da Europa. Parques extensos, um conjunto de barragens, edifícios históricos no meio da natureza (cabanas de caça, catedrais, capelas), tudo isso merece uma caminhada; também aqui estão dois palácios esplêndidos: Lednice e Valtice.

3. Jardim do Palácio de Český Krumlov

(Foto: Divulgação)

O castelo e palácio estatal de Český Krumlov, na Boêmia do Sul, são alguns dos mais visitados pontos turísticos e monumentos da UNESCO. A parte mais extensa da área do palácio é o jardim barroco, que data da segunda metade do século XVII. No século XIX, a aparência do jardim mudou radicalmente, adotando o estilo de um parque inglês. Hoje, você pode percorrer mais de 10 hectares. Não perca a bela fonte da cachoeira com esculturas de deuses da água, vasos e alegorias representando as quatro estações do ano.

4. Jardins do Castelo de Praga

(Foto: Divulgação)

Que tal desfrutar de momentos inesquecíveis em um lugar romântico com vista para o panorama único de Praga? A área do Castelo de Praga oferece vários jardins com acesso livre para o público. Os jardins do norte são os mais valiosos do ponto de vista histórico; no entanto, os jardins do sul oferecem vistas magníficas da parte histórica da cidade. O maior jardim é o Jardim Real, onde você encontrará vários monumentos, como por exemplo, Královský letohrádek (Palácio Real de Verão), Míčovna e Lví dvůr (Pátio dos Leões), bem como árvores centenárias importadas.

5. Jardim do Palácio de Troja em Praga

(Foto: Divulgação)

O jardim do palácio de Troja se estende ao redor de Trojský zámek (Palácio da Troja) e, se você gosta do barroco, deve dar um passeio por aqui. É um modelo clássico de jardim barroco: cheio de estátuas, pérgulas, urnas, vasos, gazebos e elementos aquáticos. Na parte oriental do jardim, você encontrará um labirinto de plantas e obstáculos aquáticos.

6. Jardins do mosteiro em Litomyšl

(Foto: Divulgação)

Na área de Boêmia do Leste não deixe de visitar os jardins do mosteiro em Litomyšl. Eles se estendem ao lado do antigo mosteiro dos Piaristas entre duas catedrais de Litomyšl. Os jardins ocupam mais de 11.000 m² e estão localizados em uma colina que se eleva acima da cidade. Além de belas vistas, você pode admirar o gazebo, canteiros de flores, uma piscina com névoa, as esculturas criadas pelo excelente escultor tcheco Olbram Zoubek. Você pode relaxar nos parques locais e apreciar a música clássica suave que torna a atmosfera ainda mais agradável, bem como a iluminação da área que muda de dia e à noite. Os jardins do mosteiro estão abertos todo o ano.

Descubra mais #DestinoTchequia