Arquivo da categoria: Turismo

Destinos para viajar no feriadão

Em novembro deste ano, muitos brasileiros vão poder aproveitar a dobradinha de feriado para viajar. Será quase uma semana de descanso para quem emendar os feriados da Proclamação da República e do Dia da Consciência Negra, de 15 a 20 de novembro. É uma ótima oportunidade para sair da rotina e conhecer um lugar novo, no Brasil ou mesmo algum destino internacional. Abaixo, veja algumas sugestões de lugares diferentes para visitar nos dias de folga:

Mônaco

Monaco-baixa
(Foto: Divulgação)

Pequeno e cheio de atrações, Mônaco é perfeito para um feriado. Um passeio pelas ruas charmosas, que uma vez por ano são palco da corrida de Fórmula 1, te leva a descobrir museus interessantes, como o imperdível Museu Oceanográfico; locais que marcaram a história do país e dos príncipes e princesas que ali viveram, como o palácio, a catedral e o jardim de rosas construído em homenagem à Grace Kelly; restaurantes deliciosos que servem pratos frescos e orgânicos e cafés para observar as pessoas elegantes que passam pela rua; vistas de tirar o fôlego do Mar Mediterrâneo; vários jardins e as muitas esculturas espalhadas pelo território monegasco.

O Dia Nacional de Mônaco, inclusive, é dia 19 de novembro. Aproveite para ver o país em festa, com as apresentações, desfiles e cerimônias que celebram data. O Monte-Carlo Jazz Festival também acontecerá no período e é uma excelente opção para quem gosta de música boa em um ambiente histórico, com shows de jazz na famosa Ópera de Monte-Carlo.

Seychelles

Seychelles-baixa
(Foto: Divulgação)

No Oceano Índico, Seychelles é um destino que vale a pena mesmo quando o tempo é curto. Se o feriado é bom para dar uma pausa na rotina, o arquipélago vai superar e muito as expectativas. Ele é um refúgio para quem vive em cidade grande. Ali quem manda é a natureza e a regra é aproveitar tudo o que ela tem de melhor. No feriado é possível conhecer duas ou três ilhas, fazendo passeios de barco, parando em praias paradisíacas e conhecendo a fauna e a flora seychellois, como as simpáticas tartarugas gigantes. Um passeio de mergulho ou snorkeling é imperdível, para conhecer a rica vida marinha do país. Para os mais aventureiros, há várias trilhas que proporcionam vistas incríveis das ilhas e do mar azul cristalino, e para quem só quer relaxar, há centenas das praias mais bonitas do mundo à disposição.

Apesar de sair da rotina, os brasileiros vão se sentir em casa, já que as pessoas locais são hospitaleiras e têm um carinho especial pelo Brasil.

Noruega

ac14-2500079-768x384
(Foto: Divulgação)

A Noruega possui uma diversidade de destinos, todos combinados em um só. Isso porque, em sua grande extensão territorial, o país possui diferentes cenários, climas e atrações. No outono, a dica é aproveitar a belíssima região dos fiordes e também o início da temporada da aurora boreal no norte do país. Os fiordes tornaram a Noruega mundialmente conhecida, já que o país tem a maior concentração dessas formações no mundo. O Fiorde de Geiranger e o Fiorde de Nærøy estão na lista de Patrimônios da Humanidade da UNESCO. Já a aurora boreal é um dos fenômenos mais belos da natureza, uma experiência inesquecível de viagem. A capital da aurora boreal na Noruega é Tromsø. A cidade está a 350 quilômetros ao norte do Círculo Polar Ártico e é a maior da região norte do país. Por lá, as chances de presenciar o fenômeno da aurora boreal são altas e o grande diferencial é que os visitantes podem ter essa experiência com toda estrutura e conforto.

Anúncios

Cidade de Socorro (SP) aposta nos turismos gastronômico e rural

Novos roteiros acabam de ser anunciados

Já consagrada como um dos principais destinos paulistas para a prática de atividades de aventura e referência em acessibilidade, a cidade de Socorro (SP) agora aposta alto nos turismos gastronômico e rural. Há boas e deliciosas novidades.

A primeira delas é um tour pela Fazenda 7 Senhoras, onde é possível conhecer a plantação, o terreiro e o galpão de beneficiamento do café especial de origem e ainda fazer uma degustação. É uma oportunidade única para conhecer os processos de moagem e torra e também aprender a diferenciar os diferentes tipos da bebida e suas peculiaridades. Saiba mais em www.socorro.tur.br/o-que-fazer-em-socorro/7-senhoras-specialty-coffee.html.

Fazenda 7 Senhoras - Daniel Rosa baixa.jpg
Fazenda 7 Senhoras. (Foto: Divulgação)

Na mesma linha, a agência Mundaka Aventura leva os turistas a uma viagem no tempo, direto para o ano 1880. Trata-se de uma visita histórica pela Fazenda Fartura – que já foi uma das maiores produtoras de café do Estado de São Paulo -, guiada por seus herdeiros, que contarão como viviam os proprietários e escravos na época e como era a produção. Lá ainda hoje dá para ver um conjunto de edificações que inclui a casa-sede, as casas dos antigos colonos, o galpão onde ficava a máquina de beneficiamento, a casa de máquinas, os silos, a capela, o moinho e os espaços para os animais que ali habitavam, como carneiros, porcos e vacas. O passeio custa R$ 59 por pessoa, tem duração de uma hora e inclui traslados em veículo 4×4 a partir do Parque Aui Maue. Ainda pode-se comprar um delicioso café caipira que é servido em frente à casa dos proprietários da fazenda. Mais informações em https://www.socorro.tur.br/o-que-fazer-em-socorro/mundaka-aventura-.html.

Fazenda Fartura 07 baixa.jpg
Fazenda Fartura. (Foto: Divulgação)

Já para quem prefere cerveja a café, a melhor pedida é a cervejaria Quinta do Malte, que produz versões artesanais de alta qualidade dos tipos Pilsen puro malte, IPA (Indian Pale Ale), Orange Wheat Ale, Amber Lager, Hop Lager, Weiss Beer, Irish Red Ale e American Pale Ale. Dá para ver de pertinho o processo de fabricação e ainda fazer compras no empório: https://www.socorro.tur.br/onde-comprar-em-socorro/quinta-do-malte.html.

Quinta do Malte baixa.jpg
Quinta do Malte. (Foto: Divulgação)

Mais informações sobre a cidade podem ser obtidas em www.socorro.tur.br.

Beto Carrero World: Diversão para diferentes perfis e faixas etárias

Maior Parque Temático da América Latina é expert em entretenimento para toda a família

Já parou para pensar no poder das crianças e adolescentes nas decisões da família? Eles que, na maioria das vezes, direcionam passeios, compras e estilos de vida de todos

. O Beto Carrero World, Maior Parque Temático da América Latina, entende que as crianças têm sim voz ativa quando o assunto é decisão de roteiro de lazer e férias, e por isso busca sempre inovar para transformar o lúdico e o impossível em realidade. Tanto que nos 14 milhões de metros quadrados colocou pequenos vários mundos focados na fantasia e na personalização da brincadeira.

São mais de 100 atrações que agradam a todas as idades e fazem até os pais e avós mergulharem no universo encantador do local. Em outubro, este ambiente se transforma no mês das crianças e será destino especial para as famílias que buscam driblar a alta do dólar sem sair do país, mas fazem questão de manter a diversão em um dos melhores parques temáticos do mundo. As opções são tantas que o ideal é que a família reserve dois dias para conseguir aproveitar todos os shows e brinquedos. Abaixo alguns exemplos que provam que o mesmo ambiente consegue ser diferente e atraente para diversas faixas etárias e perfil:

Para quem busca emoção: se o objetivo é deixar o coração acelerar forte, o Beto Carrero World é o lugar certo. Entre os principais atrativos está o Hot Wheels Epic Show com apresentações de carros e manobras dos carrinhos de brinquedo em tamanho real. Também é possível vivenciar as emoções do espetáculo “O Sonho do Cowboy”, um musical em homenagem ao Beto Carrero, ou presenciar duelos medievais no Excalibur, show que inclui almoço pago à parte, para toda a família.

Para quem busca fantasia: colorido, repleto de música e luzes, o Beto Carrero World é puro encantamento e chama a atenção de todos, incluindo bebês e crianças na primeira infância. Essa fantasia se torna ainda mais completa ao permitir o encontro com personagens que saem do universo da TV e dos quadrinhos para se tornarem reais companheiros de passeio pelo local, como os integrantes do filme Madagascar que estrelam um show exclusivo que mescla música, dança e números circenses.

Para quem busca adrenalina pura: preparado para o que der e vier? O Beto Carrero Worldé o local certo para quem quer vivenciar a adrenalina pura. São infinitas opções que vão desde uma fuga em corredeiras numa enxurrada na companhia de personagens populares no Madagascar Crazy River Adventure, passando pela FireWhip (Chicote de Fogo), a montanha-russa que deixa todos literalmente pendurados e chegando até a BigTower, uma das mais radicais quedas do planeta, que percorre os 100 metros de altura, o mesmo que um prédio de 30 andares, a 120 quilômetros por hora.

Para quem busca conhecimento: o Beto Carrero World também é espaço para quem quer aprender mais. São vários atrativos educativos como a Casa do Projeto Tamar que conta com um acervo interativo sobre o projeto e o trabalho desenvolvido em prol das tartarugas marinhas. Ainda é possível conhecer mais dos animais em visitas ao serpentário, o aviário, alimentando os filhotes de cabra, acariciando os cavalos ou visitando o zoo que mantém uma preocupação com a reprodução animal e biodiversidade. O local possui espécies ameaçadas de extinção e contabilizou 22 nascimentos de animais no último ano. Além disso, o Beto Carrero World apoia projetos de conservação de espécies ameaçadas de extinção e possui parceria com o Instituto Chico Mendes da Biodiversidade (ICMBio) para integrar o programa de reprodução em cativeiro do mico leão dourado.

Para quem busca surpresas: o inesperado é fascinante no Beto Carrero World. São infinitas as atrações que surpreendem os visitantes, como a Monga, personagem de uma linda mulher que se transforma ao vivo em uma fera das selvas. Para os mais corajosos, a dica é encarar o “Portal da Escuridão” em que é possível vivenciar cenas dignas de filmes de terror em um percurso repleto de efeitos especiais.

Para garantir a segurança e conforto, o Beto Carrero World oferece ainda espaço para que os pais e bebês possam descansar, ambulatório, farmácia, guarda-volumes, praça de alimentação, entre outros benefícios. Para que a experiência familiar seja completa, também disponibiliza o serviço de “fast pass” para todos que querem aproveitar o dia sem esperar em filas. Roberto Vertemati, Diretor Comercial, cita que o local é referência nacional e internacional por sempre se antecipar e buscar novidades aos visitantes. “Somos incansáveis na busca por fazer com que a experiência nesse universo da fantasia seja sempre perfeita. Queremos que as pessoas sempre voltem e que a cada retorno encontrem um Beto Carrero World novo, reinventado, mas que ao mesmo tempo encontrem tudo que sempre gostaram e precisam”.

3 desertos pelo mundo para se conhecer

Ao contrário do que muita gente imagina, os desertos são lugares que guardam paisagens exuberantes. E para provar, a plataforma colaborativa Lugares Pelo Mundo separou três desertos que são belíssimos cenários e ótimos destinos para aventureiros e amantes da natureza. Confira:

Namíbia

_nambia_HerryB on Visual hunt.jpg
(Foto: Divulgação)

Acredita-se que esse seja o deserto mais antigo do mundo. Ocupa parte da Angola, Namíbia e África do Sul.  Está protegido por uma série de Parques Nacionais, Áreas de Recreação e Áreas Diamantadas Protegidas.

Um dele é o Parque Nacional Namib-Naukluft. Lá está localizado o Sossusvlei, local onde é possível  encontrar as icônicas dunas vermelhas gigantes. Suas dunas sobem até quase 400 metros – algumas das mais altas do mundo. Se revelam um espetáculo à parte durante o nascer e pôr do sol, e atraem entusiastas da fotografia de todo o mundo. Os visitantes podem também escalar ‘Big Daddy’, uma das dunas mais altas de Sossusvlei.

A parte sul do deserto é extremamente seca, o guelengue-do-deserto é o único  grande mamífero que habita o local. E lá também se encontra uma das plantas mais notáveis do mundo. Conhecidas como fósseis vivos,  a Welwitschia são as folhas mais longevas de qualquer membro do reino vegetal, estima-se que as maiores possuem cerca de 2.500 anos de idade.

Saara

saara.jpg
(Foto: Divulgação)

É considerado o terceiro maior deserto do mundo, isso pois a Antártida e o Ártico são considerados desertos. Ocupa os países:  Argélia, Chade, Egito, Líbia, Mali, Mauritânia, Marrocos, Níger, Saara Ocidental, Sudão e Tunísia.

Marraquexe e Agadir são cidades de entrada pelo Marrocos para safáris no deserto. O Egito também é famoso por seus passeios e oásis, como: Bahariya Oasis, Dakhla Oasis, Farafra Oasis, Kharga Oasis e Siwa Oasis.

A Tunísia oferece vários tipos de passeios pelo deserto, como Cânions e Oásis, “The Grand Erg”, Região do Douz e vilas tradicionais. Os outros países também fazem safaris pelo deserto, e possuem locais famosos, e importantes como é o caso do Vale M’zab, da Argélia, que é considerado Patrimônio Mundial pela UNESCO.

Atacama

the-atacama-desert-2832866_1920.jpg
(Foto: Divulgação)

Localizado no norte do Chile, o Deserto do Atacama reserva muitas surpresas para o visitante. É um destino para toda família!  São gêiseres, praias e vales. E inúmeras paisagens incríveis.

Além disso oferecem ainda o chamado “astroturismo”, são observatórios astronômicos abertos em que é possível ver constelações inteiras. São várias cidades que é possível se visitar no norte do país, que fazem parte ou estão próximas ao deserto, como: Arica, Alto El Loa, Iquique, San Pedro de Atacama, Antofagasta, Vale de Copiapó, Limarí, La Serena, Vale del Huasco e Vale del Elqui.

Park City apresenta novidades para a temporada de neve 2018/2019

A cidade americana prepara sua estrutura para receber turistas a partir de novembro

É hora de começar a contagem regressiva para o inverno do Hemisfério Norte, especialmente de Park City, cidade norte-americana onde ficam as mundialmente famosas estações de esqui Park City Mountain Resort e Deer Valley Resort e cuja temporada de neve 2018/2019 vai de novembro a abril. Trata-se do destino de montanha de mais fácil acesso na América do Norte, a apenas 35 minutos do aeroporto de Salt Lake City, no Estado de Utah.

Detentor da maior área esquiável dos Estados Unidos, com mais de 2.954 hectares, o Park City Mountain Resort terá suas portas abertas de 21 de novembro a 7 de abril. São 41 meios de elevação e 348 pistas. Para a nova temporada, a estação promete remodelar alguns de seus restaurantes e seu meio de elevação High Meadow, como parte do projeto de criação da área familiar, dedicada a iniciantes, crianças e famílias.

Para garantir a superfície de neve ideal, serão adicionadas máquinas de fabricação de neve artificial, tecnologia também utilizada na Red Pine Road, uma pista intermediária alcançada pelo meio de elevação Tombstone, o que permitirá que ele seja aberto mais cedo durante a temporada.

Além disso, o Park City Mountain Resort fará mudanças em sua estrutura de alimentação, como o aumento de mais de 60% da capacidade do restaurante Cloud Dine, um dos mais populares, e a reforma completa do icônico Mid-Mountain Lodge, a fim de criar uma atmosfera que ofereça uma experiência única na montanha, combinando requinte e conforto.

Já o Deer Valley Resort, destinado exclusivamente para esquiadores e que conta com 820 hectares, 101 pistas e 21 meios de elevação, terá sua temporada de 8 de dezembro a 7 abril. A grande novidade é que foi feito um investimento de US$ 8,1 milhões – o maior da década – em melhorias. A principal delas é a substituição do meio de elevação Homestake por um quádruplo de alta velocidade, que beneficiará os usuários ao reduzir pela metade o tempo de trajeto, da Silver Lake Village até o topo da montanha Bald Eagle, e aumentará sua capacidade para 400 esquiadores por hora. Além disso, a estação aperfeiçoou seu sistema de fabricação de neve e passou a integrar o IKON Pass (www.ikonpass.com), ideal para quem quer esquiar 5 ou 7 dias gastando menos.

Os visitantes da cidade de Park City também encontrarão diversos eventos e atrações. Um deles é o Campeonato Mundial de Snowboard, Freestyle e Freeski, organizado pela Federação Internacional de Esqui (FIS), entre os dias 1º e 10 de fevereiro. Detalhes e programação já estão disponíveis no site https://2019worldchamps.com/.

Outra novidade é o tour de tirolesa do Parque Olímpico de Utah, com sete paradas e criado especialmente para os que buscam fortes emoções. A quase 50 metros de altura, os corajosos vão cruzar uma área de vistas espetaculares em uma velocidade de mais de 60 km/h. A atração funcionará das 9h às 18h. Entradas e detalhes no linkhttps://utaholympiclegacy.org/.

Ainda durante a temporada de inverno, entre os dias de 24 de janeiro e 3 de fevereiro, acontecerá o Sundance Film Festival, maior e mais importante evento de cinema independente dos Estados Unidos, que une celebridades, cineastas, produtores e cinéfilos, e proporciona uma movimentação única de pré-estreias, tapetes vermelhos, festas e painéis de discussão.

Para os amantes de compras, Park City também é um destino atraente, com 314 lojas e 20 galerias de arte. Uma parada obrigatória é o famoso Tanger Outlet Center, que reúne mais de 65 marcas de diferentes segmentos, como Nike, Tommy Hilfiger e Polo Ralph Lauren. Além disso, os turistas podem encontrar de tudo um pouco nas diversas lojas da Main Street, a principal e mais movimentada rua da cidade. Para completar, há mais de 100 opções de hospedagem para todos os gostos e bolsos, mais de 150 restaurantes e bares de diversas especialidades, duas destilarias e muitos SPAs.

Mais informações podem ser obtidas em www.visitparkcity.comwww.instagram.com/visitparkcity,www.instagram.com/visiteparkcitywww.facebook.com/VisitParkCity e www.facebook.com/VisitParkCityBR.

Quatro famosos hotéis tchecos de quatro famosos arquitetos do século XX

Vários arquitetos famosos deixaram sua marca na República Tcheca na forma de hotéis, vilas e mansões. Conhece nomes como Dušan Jurkovič, Leopold Bauer ou Jan Kotěra? Descubra alguns lugares icônicos que atraem visitantes graças aos conhecidos nomes de seus autores.

  1. Luhačovice e a Casa de Jurkovič

20c31976-003e-40ad-857f-55651d15ea5b

(Foto: Divulgação)

No início do século XX, o arquiteto Dušan Jurkovič imprime em suas construções a influência do estilo modernista e arte popular da Morávia-Valáquia (Valašsko) e da região eslovaca de Kysuce, marcando o caráter do spa lázně Luhačovice. A mais bela obra que está em Luhačovice é o edifício chamado dům Jurkovičův construído em 1902. O hotel está localizado no coração do balneário,  junto à colunata. Na época, não era uma nova obra; começou como a reforma da chamada casa de Jurkovič, do século XVIII. Jurkovič juntou dois edifícios antigos que formam um único conjunto, ao qual ele adicionou um andar e construiu o sótão. O típico da Casa de Jurkovič são as cores e o estilo luxuoso para a época – uma piscina, sauna e restaurante para os clientes. Há outros hotéis spa com assinatura de  Jurkovic que atraem visitantes: o pequeno hotel vilka Chaloupka, o confortável hotel Jestrabi Lázeňský com spa e as duas Villas:  Valaská e Vlastimila Vilas. Jurkovic também é o autor do gazebo Hudebni Altán, do centro de hidroterapia e do balneário Slunecni Lazne.

  1. Jeseník, o sanatório de Priessnitz
7805cf11-77cf-4889-a7b9-34ce7a510f5d
(Foto: Divulgação)

O  Priessnitzovo sanatorium no balneário lázně Jeseník, é obra do arquiteto Leopold Bauer. O edifício, que salta à vista desde longe, se ergue na parte superior do monte onde está o balneário com os arcos de suas varandas, que lembram arcadas palacianas.  Uma fila de colunas e uma imponente escadaria em caracol decoram a entrada. Os interiores estão profusamente estucados e há diversos quadros e fotografias de época. A excelente fama do balneário local se deve ao ar das montanhas Jeseníky, às amplas varandas que convidam a respirar o ar puro e também a pequena torre que serve de mirante. O sanatório é a maior realização arquitetônica de Bauer ainda que, em termos de fama, outros projetos o superam:  a vila de Reissig em Brno e o centro comercial Breda & Weinstein na cidade de Opava.

  1. Ratboř  e o Hotel Chateau Kotěra
d0ede47b-1728-4b92-b934-72cc53a35299
(Foto: Divulgação)

Entre 1911 e 1913, o arquiteto Jan Kotěra construía perto da cidade de Kolín o “último palácio da Boêmia”. Na verdade, era a vila da família Mandelík e, naquela época, constituía uma luxuosa casa moderna, lembrando as antigas residências aristocráticas. Recentemente, a vila tornou-se o neoclássico Hotel Chateau Kotěra. Apenas uma fração do mobiliário original foi preservada, mas a atmosfera dos tempos antigos está presente na coleção de móveis, polida até o último detalhe, projetada pelos arquitetos Jan Kotěra, Josef Gočár e outros artistas do início do século XX.

  1. A zona Kokořínsko e o hotel Rezidence Liběchov
188209a4-546e-4c94-8309-3cf2ec2efe0f
(Foto: Divulgação)

A residência de Liběchov, que parece um pequeno palácio, é agora um hotel art déco. Está situado perto do castelo Kokořín, a cerca de dez quilómetros da cidade de Mělník. No ano de 1920, o fabricante praguense Moučka encomendou a construção de uma vila para sua esposa, como residência de verão, segundo o projeto do arquiteto Josef Lauerman. Hoje em dia é um hotel de luxo com wellness e, obviamente, o estilo art déco prevalece tanto no exterior como no interior. Dispõe de acomodações em doze quartos originais, cada quarto é de cor diferente, mas todos têm um terraço com uma bela vista das montanhas da Boêmia Central (České středohoří) e alguns têm acesso direto ao jardim.

Descubra mais #DestinoTchequia #Tchequia100

www.midestioneschequia.com
www.czechtourism.com

Vida noturna animada na Ilha da Madeira

Visto como tranquilo, destino também oferece intensa programação para quem quer curtir a noite

A Ilha da Madeira é um verdadeiro refúgio em meio ao Oceano Atlântico. Esse destino português é famoso principalmente por suas paisagens de tirar o fôlego, que vão desde mar de água cristalina de um azul incrível até florestas, grutas, montanhas e piscinas naturais, além de uma gastronomia inesquecível e vinhos deliciosos.

Se tudo isso te faz pensar em um destino tranquilo, pense de novo. Os fins de semana da Madeira têm muito agito a oferecer, e nem estamos falando das inúmeras aventuras que se pode viver por lá durante o dia.

Zona Velha do Funchal1©Francisco Correia.jpg
Ilha da Madeira tem vida noturna ativa. (Foto: Francisco Correia)

Para ter uma noite bem diferente das que se tem no Brasil, basta ir até o cassino da Ilha e tentar a sorte no jogo. Os caça-níqueis são apenas uma das opções; para os mais ousados, há blackjack, roleta, pôquer e ponto e banca, sempre acompanhados de um bom drinque. Mas a noite no Casino da Madeira não termina nas apostas, já que ele conta também com um bar e uma balada, o Copacabana, que é palco de noites muito animadas.

Para curtir como um madeirense, vale a pena ir aos bares e baladas de Funchal. O Moynihan’s e o Hole in One, por exemplo, são pubs irlandeses que garantem muita cerveja; perto deste último, o TRAP Music Bar tem DJ e música ao vivo, além de um bar no terraço; por sua vez, o Mini Eco Bar é cosmopolita e sofisticado, investindo em bons DJs a cada noite, e a Living Room é dedicada à música eletrônica.

Na Zona Velha da cidade, onde se pode apreciar o fascinante projeto das Portas Pintadas, está o Vintage, tão divertido que chega a ser concorrido, e a Venda Velha, lugar certo para provar a tradicional poncha, drink feito com aguardente, mel e limão. Não muito longe dali está o Barreirinha Bar Café, spot perfeito para ver o pôr do sol e continuar noite adentro.

Na área do porto de Funchal também estão alguns ótimos locais, como o Marginal, um pequeno bar com música alternativa onde se pode dançar muito, o Jam, onde tocam todos os hits, e o Vespas, que atrai muita gente jovem por ser a mais famosa balada do destino.

Serviço:

Casino da Madeira (Av. do Infante, 9004-513 – Funchal)
Moynihan’s Irish Bar (R. Imperatriz D. Amelia, 101 – Funchal)
Hole in One (Estrada Monumental, 238 A – Funchal)
Mini Eco Bar (R. da Alfândega, 3 – Funchal)
Living Room (Travessa dos Varadouros, 4 – Funchal)
Marginal (Av. Sá Carneiro, 3 – Funchal)
Vespas (Av. Sá Carneiro, 7 – Funchal)

Dez vinhos para provar durante as vindimas do Alentejo

Região portuguesa é notória produtora da bebida e garante rótulos de muita qualidade

É tempo de vindimas no Alentejo, a região mais autêntica de Portugal. É no mês de setembro que os produtores do excelente vinho local colhem as uvas e dão início a um processo que resulta em algumas das melhores bebidas do mundo. Nesta época, o destino fica cheio de programações exclusivas, que vão desde a colheita até a pisa das uvas.

Tudo é feito com muito carinho e alegria, até porque o período das vindimas é um momento de festa para aqueles que cuidaram das vinhas o ano todo. E que tal aproveitar esta fase para provar alguns dos rótulos alentejanos? Listamos dez deles abaixo.

Prova de Vinhos 2 - Herdade dos Grous - Credito Turismo do Alentejo.JPG
Alentejo também é conhecida por seus vinhos. (Foto: Divulgação)

Malhadinha
É o mais famoso rótulo da Herdade da Malhadinha Nova, que nasceu com o sonho de produzir o melhor vinho do mundo. Se ainda não chegaram lá, estão perto, e o Malhadinha tinto é prova disso: feito a partir de diversas castas, apresenta um aroma complexo de paladar cheio.

Torre de Palma
Em Monforte, o Torre de Palma mostra que é possível, sim, ser muito bom em várias coisas. É um hotel de primeira linha, que oferece muita qualidade e conforto aos seus hóspedes, mas também é o orgulhoso produtor de vinhos inesquecíveis, sejam eles tintos ou brancos.

Torre
O Esporão é um respeitado produtor de vinhos, que está entre os mais conhecidos da região alentejana, e o Torre é um de seus rótulos tintos, memorável, icônico e muito original. Feito com uvas colhidas manualmente e envelhecidas em barricas de madeira francesa, garante um sabor único.

Equinócio
Um branco de personalidade, o Equinócio é uma bebida que encanta ainda mais quando se conhece onde e como ele foi criado: o Cabeças do Reguengo. É uma propriedade fascinante, empenhada em fazer slow wines. Esta quinta familiar recupera o sistema agrícola tradicional e aposta nos elementos da natureza.

Invisível
O Invisível é um dos projetos originais da Ervideira. A curiosidade é que ele consiste em um vinho branco feito com uvas tintas. Isso é possível pois utilizam apenas a “lágrima” da uva, gotas de suco que se tiram da mesma sem esmagá-la nem usar a casca. Impossível não ficar curioso para provar.

Monte dos Amigos
Fáceis de beber, os vinhos Monte dos Amigos foram desenvolvidos pela Casa Relvas para celebrar a amizade. Tinto, branco ou rosé são perfeitos para acompanhar uma roda de conversa com aquelas companhias queridas.

Monsaraz
Este rótulo da CARMIM conta com diversas variações de tinto. Se o clássico é macio e redondo, o Monsaraz Millennium tem taninos firmes e final de prova prolongado. O Reserva, por sua vez, é amplo e profundo, enquanto o Cabernet Sauvignon é potente e fresco. São inúmeras opções para agradar qualquer enófilo.

Arché
Este não é um vinho, mas uma aguardente vínica, produzida pela Herdade do Sobroso. Feita com destilação lenta e harmoniosa e envelhecida durante mais de 10 anos em barricas de carvalho francês, tem alto teor alcoólico, aroma de vinho e notas de especiarias.

Herdade dos Grous Moon Harvested
Esta edição nasce da aplicação de conhecimentos ancestrais, que dizem que os ciclos da lua interagem com o desenvolvimento das plantas. Por isso, suas uvas foram colhidas manualmente na fase lunar mais adequada, resultando em uma bebida de cor rubi profunda e sabor rico.

Marquês de Borba Branco
Para preservar a frescura, as uvas são colhidas de manhã cedo e vão direto para pequenas caixas, começando assim a produção de um vinho branco de acidez bem marcada e casada, desenvolvido pela adega João Portugal Pramos.

3 passeios que você nunca imaginou que poderia fazer no norte Noruega

A região norte da Noruega é famosa entre os turistas, principalmente pelos fenômenos da aurora boreal e do sol da meia-noite, e também pelos icônicos passeios de trenó, do tradicional povo Sami e muito mais. Além disso, a região oferece diversas opções inusitadas, que poucos conhecem. Confira abaixo três passeios bem diferentes para fazer no norte da Noruega:

Cavalgada na aurora boreal

Cavalgando-na-aurora-boreal-1024x690
(Foto: Divulgação)

No norte da Noruega, existem diversas maneiras inusitadas de experenciar a aurora boral, uma delas é um tour feito a cavalo nas ilhas Lofoten, no vilarejo de Vågan. O lugar é ideal para visualizar o fenômeno já que não tem poluição ou muita iluminação e nem montanhas bloqueando a visão. Até mesmo iniciantes podem participar dessa cavalgada, que pode ser feita individualmente ou em grupo. Mais informações

Dormindo com animais do ártico

Dormindo-com-os-animais-do-ártico-1024x576
(Foto: Divulgação)

O Polar Park é uma atração localizada mais ao norte de todo o mundo. Lá é possível observar a fauna típica do ártico, composta por ursos, linces, lobos, renas, alces e muito mais. Existem lodges no vilarejo de Bardu que oferecem uma experiência única de acomodação, com paredes de vidro que permitem observar os animais que circulam nas proximidades.Mais informações

Passeio em caverna

Explorar-uma-caverna-1024x681
(Foto: Divulgação)

Na região norte da Noruega existem diversas cavernas, de todas as formas e tamanhos. Algumas são tão estreitas que é preciso se espremer para passar por elas, já outras são enormes e possuem até mesmo pequenas cachoeiras e lagos repletos de peixes dentro delas. Não é aconselhado aos turistas fazer este tipo de passeio sozinho, mas existem muitos guias treinados, prontos para levar grupos para essas aventuras. Os distritos de Salten e Helgeland são ideais para essa atividade. Mais informações

Viagens que as crianças amam

Agência Abreu dá dicas para pais que estão programando a próxima viagem

O segundo semestre está recheado de feriados, e nada melhor que aproveitar essas ocasiões para levar a família para alguns dias de descanso e diversão. Para quem consegue, também vale a pena esticar alguns dias e transformar a oportunidade em miniférias para poder curtir as crianças ao máximo!

A Abreu, especialista em levar turistas aos melhores destinos ao redor do globo, deu a dica dos destinos que as crianças mais amam para facilitar a vida dos pais que estão planejando a próxima viagem.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Para começar, os pequenos geralmente adoram piscina e praia. Mas esses dois elementos, por si só, não garantem as férias felizes. Para que elas tenham muitas opções do que fazer, o melhor é ir a um destino com boa infraestrutura para recebê-las.

Um resort all-inclusive no Nordeste, por exemplo, é uma ótima pedida. A maioria deles tem não apenas a piscina infantil, mas sim um espaço dedicado a crianças com monitores, onde eles podem brincar e fazer amigos, fácil acesso a praia com guarda-sóis e espreguiçadeiras e infinitas atividades especialmente criadas para elas.

Outra boa ideia é o Rio Quente, complexo de hotéis localizado em Goiás, próximo a Caldas Novas, onde estão vários balneários de águas cálidas. São sete opções diferentes de hospedagem, todas com altíssimo nível de qualidade e prontas para acolher muito bem os hóspedes mais novos. Além do parque aquático, há um ecoparque, uma praia artificial de águas quentes, rafting, escolinha de surfe, quadras de areia, entre outros.

E falando em parque, eis aí outra coisa que faz a cabeça das crianças: parques de diversões. E, aqui no Brasil, o mais tradicional deles é o Beto Carrero, que fica ao lado de Penha, em Santa Catarina. Lá, há atrações o suficiente para mais de um dia de viagem, como espetáculos, brinquedos radicais e zoológico. Além disso, o parque está a menos de 30 minutos de Balneário Camboriú, que tem praias incríveis e é uma excelente pedida para o tour em família.

Por fim, a Disney não poderia ficar de fora dessa lista. O lugar mais feliz do mundo encanta crianças e adultos com um universo único de possibilidades de diversão. Esse destino pede férias mais longas, mas vale cada segundo!