Arquivo da categoria: Turismo

CAMPO BAHIA HOTEL PARTICIPA DO SEGUNDO FESTIVAL DA LAGOSTA COSTA DO DESCOBRIMENTO, BAHIA

Evento surgiu com o objetivo de movimentar o povoado atraindo turistas regionais antes do defeso da lagosta que inicia em dezembro

A praia de Santo André, localizada no distrito de Santa Cruz Cabrália, sul da Bahia, participa entre os dias 7 e 10 de setembro, da 2ª edição do Festival da Lagosta Costa do Descobrimento. O evento traz o melhor da culinária à beira-mar, destacando as últimas tendências no preparo do crustáceo. O Campo Bahia Hotel, além de excelente opção de hospedagem para quem deseja acompanhar o evento, servirá no seu restaurante Caju, deliciosas sugestões de entrada e prato principal.

Lagosta Flambada com cama de alcachofra.JPG
Campo Bahia Hotel participa do Festival da Lagosta, na Bahia. (Foto: Kris Subtil)

O chef de cozinha do hotel, Caio Silva, elaborou um menu especial para o evento. De entrada, Ceviche de Lagosta com leite de côco (R$ 42 ,00) ou Tartine de Lagosta com guacamole baiana (R$ 47,00); como prato principal, Lagosta Flambada com cama de alcachofra e molho de laranja (R$ 93,00) e ainda Salada de Lagosta com rúcula e vinagrete de manga R$ 38,00).

2° Festival da Lagosta Costa do Descobrimento – Reeditado pelo Conselho Municipal de Turismo de Santa Cruz Cabrália, atendendo a demanda de alguns participantes – o evento surgiu em 2016 na Vila de Santo André com o objetivo de movimentar o povoado atraindo turistas regionais antes do defeso da lagosta que inicia em dezembro. Foram dez participantes e a receptividade foi tão positiva que este ano,  por uma solicitação do Conselho de Turismo de Cabrália, expandiu-se para toda a cidade.

Para esta edição, já estão inscritos mais de trinta estabelecimentos. Do Restaurante Caju, no sofisticado Campo Bahia Hotel, na praia de Santo André, onde ficou hospedada a seleção de futebol da Alemanha, campeã da Copa do Mundo, ao Trailer do Pedro na praça da Ponta de Santo Antônio e restaurante Maria Nilza, na praia go Guaiú.

CAMPO BAHIA HOTEL

Avenida Beira Mar, 1885, Santo André

Santa Cruz Cabrália, Bahia

Reservas: (73) 3162-4690 / 0800.880.0550 ou reservations@campobahia.com

12 Hostels socialmente responsáveis pelo mundo

O Hostelworld, site líder de reservas em hostels no mundo, listou 12 hostels que contribuem com ações em prol do planeta e das comunidades locais

O Hostelworld, site líder de reservas em hostels no mundo, listou 12 hostels que contam com projetos especiais e buscam, por meio de ações, contribuir em prol do planeta e suas comunidades locais. Os hóspedes tem a oportunidade de participar das iniciativas dos hostels e com isso adquirir melhor compreensão de questões globais como conservação ambiental, fontes de energia renováveis e desperdício de alimentos. Além disso, os turistas podem trocar tempo e habilidades por refeições orgânicas gratuitas e até diárias nos hostels.

28TowpathOnTheRiverfront_01.jpeg
28 Towpath on the Riverfront oferece contato próximo com a natureza local. (Foto: Divulgação)

O objetivo desses projetos é que os turistas vejam o mundo através das experiências em hostels que fazem a sua parte pelas comunidades locais, seja através da doação de roupas, trabalhos voluntários por uma tarde ou ajudando a natureza em algum, dos muitos, hostels ecológicos do Hostelworld. Confira alguns desses hostels:

28 Towpath on the Riverfront, Elizabeth, África do Sul
O 28 Towpath on the Riverfront apoia as iniciativas da comunidade local de Port Elizabeth, ao longo do Eastern Cape e por toda a África do Sul, o que significa que, entre as aulas de yoga e windsurf do 28 Towpath, os viajantes também podem oferecer seu tempo para participar como voluntários de projetos como musicoterapia, permacultura, artes e programas de educação. O hostel também cuida da natureza: a água do chuveiro é reutilizada para regar bananeiras e mamoeiros do terreno e para ajudar a cultivar o jardim interno.
Preço médio por noite: R$ 38,25 por pessoa
Saiba mais: http://www.brazilian.hostelworld.com/hosteldetails.php/28-Towpath-on-the-Riverfront/Port-Elizabeth/94240

Bamboo Eco Hostel, Turim, Itália
O primeiro hostel ecológico da Itália foi o Turin’s Bamboo Eco Hostel, que, no melhor estilo verde, é quase todo construído com materiais reaproveitados e reciclados. Os grafites das paredes funcionam como um lembrete da educação ecológica e da importância de fazer pequenas mudanças, o Quarto Fuchsia foi projetado para celebrar o orgulho LGBT e o café da manhã é um banquete de delícias orgânicas. Conhecer a cidade, observar suas construções e ajudar a queimar as calorias do café da manhã não poderia ser mais fácil com a rede de compartilhamento de bicicletas da cidade, chamada [TO]Bike, com um posto de atendimento na esquina do hostel.
Preço médio por noite: R$ 83,75 por pessoa
Saiba mais: http://www.brazilian.hostelworld.com/hosteldetails.php/Bamboo-Eco-Hostel/Turim/83902

JAM Hostel Barcelona, Barcelona, Espanha
O JAM Hostel Barcelona tem como objetivo contribuir para a promoção do turismo responsável em Barcelona através do seu lema: reduzir, reciclar e reutilizar. Nos bastidores foram instalados modernos sistemas de economia de água e energia, enquanto materiais reciclados foram transformados em obras de arte. O terraço e o jardim do hostel, cheios de espaços para curtir o sol, atraem uma multidão em busca das sessões matinais de yoga e das massagens ayurvédicas. De noite, os turistas podem tomar um refrescante Mojito com hortelã.
Preço médio por noite: R$ 83,75 por pessoa
Saiba mais: http://www.brazilian.hostelworld.com/hosteldetails.php/Jam-Hostel-Barcelona/Barcelona/84819

Pfefferbett Hostel, Berlim, Alemanha
O Hostel Pfefferbett de Berlim, construído em uma antiga cervejaria, faz parte de uma iniciativa municipal que conecta empresas a idosos e pessoas com deficiência que vivem na cidade. Mais de 40% dos funcionários do hostel foram escolhidos através desse programa, e eles atuam na recepção, na limpeza e na cozinha. Para os turistas, o Pfefferbett com certeza faz de tudo para impressionar: o hostel oferece café e chá grátis, um passeio diário também gratuito, aluguel de bicicletas ecológicas, partidas de ping-pong e futebol de mesa, além de seu próprio oásis em forma de jardim, perfeito para relaxar e conhecer novos amigos.
Preço por noite: a partir de R$ 82,52 por pessoa
Saiba mais: http://www.brazilian.hostelworld.com/hosteldetails.php/Pfefferbett-Hostel/Berlim/8999

Fat Cat Travellers Community, Auckland, Nova Zelândia
Aprenda uma nova habilidade, como jardinagem orgânica, construção ecológica ou quem sabe a fazer o seu próprio pão, ou apenas aprenda um pouco mais em uma das diversas oficinas oferecidas pelo hostel. Todos os dias, grandes refeições veganas com os produtos da fazenda orgânica são preparadas para alimentar a todos, quando voluntários e hóspedes do hostel sentam juntos ao redor de uma fogueira para dividir histórias, experiências e músicas. Nada é desperdiçado: os painéis solares alimentam os chuveiros, as sobras de alimentos são usadas em compostagem para o jardim orgânico e até mesmo a máquina de lavar roupas funciona com um pedal de ativação.
Preço médio por noite: R$ 70,62 por pessoa
Saiba mais: http://www.brazilian.hostelworld.com/hosteldetails.php/Fat-Cat-Travellers-Community/Auckland/59212

Grampians Eco YHA, Grampians, Austrália
A arquitetura do Grampians YHA foi projetada para usar água aquecida pelo sol, tanques de água da chuva e reaproveitamento de água, além de técnicas de zoneamento inteligente que utilizam 50% menos energia e geram 50% menos resíduos que um hostel padrão. Cercado pela natureza, os hóspedes desse hostel podem colher ovos orgânicos frescos, além de vegetais, frutas e ervas cultivadas em sua horta orgânica no jardim. Das varandas, podem ser vistos emus, wallabies e cangurus, e os viciados em adrenalina podem curtir caminhadas, trilhas, ciclismo e canoagem, tudo pertinho do hostel.
Preço médio por noite: R$ 45 por pessoa
Saiba mais: http://www.brazilian.hostelworld.com/hosteldetails.php/Grampians-Eco-YHA/Grampians/16573

Twentytu Hi-Tech Hostel, Barcelona, Espanha
O Twentytu Hi-Tech Hostel ganhou um prêmio de turismo sustentável por seu design e foi o primeiro hostel de Barcelona a ganhar a qualificação máxima em eficiência energética. Os hóspedes do hostel colaboram ao usar água, energia e calor reciclados em todo o prédio. Até o check-in com autoatendimento reduz o gasto de papel e energia de uma mesa de recepção tradicional. O hostel conta com uma vista deslumbrantes de seu terraço e passeios de bicicleta pela cidade.
Preço médio por noite: R$ 72,42 por pessoa
Saiba mais: http://www.brazilian.hostelworld.com/hosteldetails.php/Twentytu-Hi-Tech-Hostel/Barcelona/63807

Planet Traveler Hostel, Toronto, Canadá
O Planet Traveler leva sua responsabilidade ambiental muito a sério e usa técnicas modernas para reduzir a emissão de carbono, o uso de energia e o impacto geral do hostel no ambiente. A prova disso pode ser vista nos medidores inteligentes de energia espalhados pelo hostel, exibindo como os recursos podem ser recuperados. O Planet Traveler ainda ganha muitos pontos com suas vistas deslumbrantes do horizonte de Toronto, um bar no terraço, um lounge super aconchegante e atividades diárias. Não há pressa para explorar cada cantinho de Toronto, já que o café da manhã é servido até 13h, e alguns dos museus e galerias mais legais da cidade ficam a poucos minutos de distância.
Preço médio por noite: R$ 86,77 por pessoa
Saiba mais: http://www.brazilian.hostelworld.com/hosteldetails.php/Planet-Traveler-Hostel/Toronto/48151

Chicago Getaway Hostel, Chicago, Estados Unidos
Da lavanderia ao lobby, o objetivo do Chicago Getaway Hostel é se manter o mais verde possível. Por todo o hostel você vai perceber a aura ecológica, com as louças reaproveitáveis da cozinha, as cestas de lixo reciclável em todos os quartos, dormitórios com sistema inteligente de economia de energia e cartões reutilizáveis. Um café da manhã americano típico com waffle e cereais dão início a um dia cheio de atividades dentro e fora do hostel, como pub crawls, churrascos com música ao vivo e noites de filmes com pipoca na sala de TV do hostel.
Preço médio por noite: R$ 77,95 por pessoa
Saiba mais: http://www.brazilian.hostelworld.com/hosteldetails.php/Chicago-Getaway-Hostel/Chicago/1804

The Local NYC, Nova York, Estados Unidos
Pode abandonar os guias de Nova York quando chegar no The Local, já que a equipe do hostel produz seus próprios guias com tudo o que tem de legal na vizinhança do Queens, te salvando das armadilhas para turistas e levando direto ao coração de uma das comunidades mais artísticas da Big Apple. Desde as melhores delícias veganas até o melhor lugar para ver a Maratona de Nova York, o guia é todo online e com muitas dicas de programas grátis. Você também não pode perder os drinques servidos no bar. Depois, vá até o terraço para ver o sol se pôr no icônico horizonte de Nova York, ou relaxe curtindo um filme.
Preço médio por noite: R$ 135,10 por pessoa
Saiba mais: http://www.brazilian.hostelworld.com/hosteldetails.php/The-Local-NYC/Nova-York/76281

Shelter City e Shelter Jordan, Amsterdã, Holanda
Dirigidos por voluntários cristãos de todo o mundo, os dois hostels Shelter de Amsterdã são propriedades sem fins lucrativos que oferecem uma experiência diferente de hospedagem. Localizado no coração do bairro histórico da Luz Vermelha (Red Light District), o Shelter é um refúgio de tranquilidade no meio da agitação da cidade. Os viajantes que buscam por um lugar calmo para refletir durante um passeio e outro podem participar de noites de jogos, meditação bíblica, sessões de microfone aberto, caminhadas pela cidade, noites de filme e degustações da culinária local.
Preço por noite: a partir de R$ 81,72 por pessoa
Saiba mais: http://www.brazilian.hostelworld.com/hosteldetails.php/Shelter-City/Amsterda/6251
http://www.brazilian.hostelworld.com/hosteldetails.php/Shelter-Jordan/Amsterda/643

Luz en el Cielo Eco Hostel, Montezuma, Costa Rica
A floresta tropical da Costa Rica oferece algumas das paisagens naturais mais preservadas dos caminhos dos mochileiros, e neste lugar da cidade de Montezuma os viajantes são convidados a dormir com o som das ondas e acordar com os macacos brincando nas árvores. O Luz en el Cielo é seu lar no meio da selva. Comece o dia com um café da manhã com alimentos orgânicos locais. Depois, conheça uma cachoeira perfeita para o Instagram, a vida selvagem preservada, as melhores praias para surfe da Costa Rica e um parque nacional, tudo a uma curta distância de carro do hostel.
Preço médio por noite: R$56,43 por pessoa
Saiba mais: http://www.brazilian.hostelworld.com/hosteldetails.php/Luz-en-el-Cielo-Eco-B-and-B-Hostel/Montezuma/50633

Festa do Vinho na República Tcheca.

O vinho da República Tcheca está entre os melhores do mundo. Que tal viver a atmosfera da vindima?

Se o seu rosto se ilumina  cada vez que alguém menciona a palavra vinho,  sua época favorita do ano na República Tcheca é o início do outono. O tempo da colheita da uva representa o pico da temporada para os amantes do vinho. Em regiões produtoras de vinho, muitas vezes acompanham este evento divertido festivais medievais e mercados. E como a República Tcheca tem muitas regiões vinícolas, aqui estão vários exemplos onde desfrutar a vindima tcheca.

ViewImage (1).jpg
República Tcheca realiza “Festa do Vinho”. (Foto: Divulgação)
  1. Vindima na Morávia

Provavelmente a Morávia do Sul é a região vinícola mais conhecida da República Tcheca.  E ainda tem a sua própria casta com o nome da região de seu nascimento, Palava, uma área especial em vários aspectos. Protegida pela UNESCO como tendo um ecossistema único, é protegida por especialistas em vinho como um lugar especial para o cultivo de uvas. Um dos seus centros históricos é a cidade de Mikulov, onde vindima será de 8 a  10 de setembro de 2017.

Recentemente a vindima de  Znojmo também se tornou um popular evento cultural, onde a diversão e atmosfera jovial da Morávia do Sul preenchem todo o centro histórico da cidade. Parte do vintage Znojmo, que será realizado de 15-17 setembro 2017, incluirá, como todos os anos, a parada real, uma série de concertos, eventos familiares, experiências culinárias e, claro, vinho em cada esquina.

  1. Celebrações ao vinho em Praga

A Boêmia do oeste  não está muito atrás em relação à tradição vinícola da República Tcheca. Tem  importantes primazias. Como exemplo, os vinhedos do Castelo de Praga, entre os mais antigos do mundo. Mesmo aqui, a colheita é organizada todos os anos.  A vintage do  Castelo de Praga  representa o pico da temporada já que  o excelente vinho, boa comida e alegria alimentam a atmosfera única do Castelo de Praga. Este ano, será realizado de 09-10 setembro de 2017.

Além disso, a tradição vinícola de Praga não termina aqui. Até mesmo uma de suas áreas é chamada Vinohrady (vinhedos). E não é por acaso que a próxima vindima terá lugar aqui. Praga, especificamente o Parque Grébovka em 16 e 17 de Setembro 2017, é certeza de diversão e excelentes vistas.

3. Vindimas da Boêmia

A vindima também acontece, todos os aos num dos mas belos castelos da  República Tcheca, o Castelo de Karlštejn. Mas este ano será especial porque vai reinar no castelo o espírito de Carlos IV e seu tempo. Este monarca iluminado fundou o castelo e o 700º aniversário do seu  nascimento é festejado aqui . E seu nome pode ser brindado  de 30 setembro – 10 outubro de 2017.
       4. O que não se pode perder?

Seja qual for a festa de vindima escolhida, não se pode deixar de provar a especialidade tcheca, servida, de acordo com as leis tchecas, unicamente de 1º de setembro a 30 de novembro e elaborada exclusivamente com uvas tchecas.

Seu nome é “burčák”, um mosto parcialmente fermentado que contem uma proporção perfeita  de álcool e açúcar. Porém cuidado! O  burčák é muito sedutor e depois de um copo, virá outro e mais outro…

 

       5. Continuará…

Caso não possa vir para uma festa de vindima, não se desespere. Em novembro haverá outros eventos relacionados com vinhos, como o festival de São Martinho, que começa dia 11 de  novembro. Além dos locais acima mencionados, outras cidades como Cesky Krumlov ou Kutná Hora também protagonizam essas  festas.

 

Verão Romântico na República Tcheca!

No ar, perfume de violetas, árvores florescendo com todas as cores e ninguém mais precisa de agasalhos, botas e luvas. O verão chegou para a alegria dos apaixonados.  Passeios por parques e jardins floridos, excursões às montanhas ou vistas a encantadores monumentos são alguns exemplos do que fazer  na  Tchéquia. E não apenas em casal, porque, ainda que não se viaje em casal, no verão, com certeza , Praga é de se apaixonar . Vem se  apaixonar com a gente!

ViewImage (1)
(Foto: Divulgação)

Kroměříž e Lednice, tesouros da UNESCO

Na Cidade de Kroměříž ficam os famosos jardins que figuram na   Lista da UNESCO. O Jardim das Flores (Květná zahrada de estilo italiano que ocupa 16 hectares de terreno) está cheio de figuras míticas da antiguidade. Apaixonados gostam da Colunata com fontes e  também do eco que permite que as palavras doces sussurradas numa das suas extremidades possam ser  nitidamente ouvidas na extremidade oposta. É a referência ao trágico destino de Eco, a ninfa da montanha mitológica que se apaixonou por um belo rapaz chamado Narciso. No entanto, este amava apenas a si mesmo e Eco, desesperada, sofreu tanto até que apenas sua voz permaneceu na mata, nos precipícios e nos Jardins Kroměříž que repete o que os outros dizem.

ViewImage (2)
(Foto: Divulgação)

© Ladislav Renner

O amor floresce no complexo de  Lednicko-valtický areál, considerado um exemplo de paisagem cultural, o mais  extenso de Europa  que também figura na Lista da UNESCO. Os dois palácios de Lednice e Valtice são rodeados por parques, jardins, lagos com nenúfares e prados com obras arquitetônicas originais. Aqui é possível fazer caminhadas ou andar de bicicleta ou fazer um passeio de barco para chegar à curiosa torre ou à ruína do castelo de João.

Romantismo com sabor de adrenalina

Se você e seu parceiro não se emocionam com um jardim florido, e se não sabem imaginar um fim de semana sem adrenalina, a República Tcheca tem o que você procura. Numa viagem ao sul da Boêmia podem experimentar emoções na cidade de Sušice no Offpark Sušice, que oferece o melhor na região de Šumava:  saltos de paraquedas, parede de escalada e paintball, ou ainda saltar 14 metros de altura acima do rio Otava.

ViewImage (3)
(Foto: Divulgação)

O Parque de adrenalina em Dolni Morava apresenta especialidade atraente, o Duplo balanço: um balanço gigante para duas pessoas localizado a 13 metros de altura. Se ainda assim achar que não tem bastante emoção, a sugestão é o  Power Fan, um salto de 13 metros de altura e com um potente ventilador para abranda  a queda livre.

Nas montanhas Jeseníky fica o parque de corda, onde na aldeia de Česká Ves u Jeseníku pode-se desfrutar de paintball ou estado de ausência de gravidade e outros esportes de adrenalina. E caso já tenha vivido muitas emoções e perigos,  relaxe com um passeio através da paisagem desse local protegido.

Praga e seus jardins

Em Praga, onde há tantas possibilidades, muitas vezes é difícil escolher para onde ir, o que fazer ou o que comer. Além de passear pelo majestoso Castelo de Praga, pelas ruas estreitas da pitoresca Malá Strana ou nos recantos de praças e pracinhas  da cidade velha de Staré Mesto, em Praga, a melhor idéia é ir para um passeio pelos parques e jardins Praga e apreciar o perfume das flores, o ar fresco e vistas panorâmicas da capital.

ViewImage (4)
(Foto: Divulgação)

A visita a Praga ficará ainda mais agradável se alugar um barco ou pedalinho. Locais de aluguel ficam na beira rio, em   Smetanovo nábřeží perto do  Teatro Nacional ou na ilha de   e Kampa.

Inverno na praia com conforto e sofisticação

Cambury Beach Hotel oferece piscina aquecida, suíte com banheira e sauna, sossego e vista privilegiada. Tudo isso com tarifas de baixa temporada, 25% mais baratas

Curtir o inverno na praia pode ser surpreendente. Ainda mais se o destino escolhido for Cambury, uma das mais belas praias de São Sebastião, litoral norte de São Paulo. O Cambury Beach Hotel (http://www.camburyhotel.com.br/) está localizado próximo aos restaurantes mais badalados da região e do comércio local, além de estar em frente ao mar e cercado pela exuberante mata Atlântica.

O hotel oferece para seus hóspedes piscina térmica coberta, com cascata e hidromassagem, sauna, salão de jogos e brinquedoteca, o que garante a diversão de adultos e crianças.

cambury 2.jpg
Cambury Beach Hotel possibilita apreciar uma praia em pleno inverno. (Foto: Divulgação)

Entre os quartos do hotel, é possível reservar uma exclusiva suíte com 45 m² que possui uma hidromassagem privativa, cercada por vidros, onde é possível visualizar o oceano e a natureza desfrutando de um banho relaxante. Outra unidade do hotel apresenta uma sauna privativa, além do conforto de uma suíte de 60 m².

“Durante os dias frios, o sol predomina, deixando Cambury ainda mais bonita. A praia está quase vazia, o que é ótimo para a prática de esportes e para as crianças se divertirem”, comenta Uri Kellmann, diretor operacional da Rede Beach.

         No inverno, as tarifas da rede hoteleira estão cerca de 25% mais baratas. No Cambury Beach Hotel é possível aproveitar um final de semana com preços a partir de R$ 590,00 a diária, para o casal, com café da manhã incluso. Com este valor, a presença de uma criança de até cinco anos é cortesia.

O Castelo o de Praga pronto para o verão

O monumento mais visitado da República Tcheca  se prepara para receber a seus visitantes no verão.   Veja o que  há  no maior  castelo medieval da Europa!

O lugar onde o tempo parou

O ponto mais importante do Castelo de Praga é a catedral de St. Vito. Ao entrar a sensação de estar em um lugar onde o tempo parou. Interior lindamente decorado por mestres medievais é perfeitamente iluminado pela luz do sol, que entra através das janelas com vitrais. Uma das janelas mais apreciadas é de Alfons Mucha, um dos mais importantes pintores modernistas tchecos. Também faz parte da catedral sepulturas com os restos de importantes governantes e santos tchecos. Aqui pode ser visto o túmulo de São Venceslau – o patrono da República Tcheca, de São João Nepomuceno, mas também dos imperadores Carlos IV e Rodolfo II. Imperdível é o mosaico do Juízo Final, acima da Porta Dourada, e a subida à torre principal, que oferece uma das mais belas vistas de Praga, a cidade das cem torres.

ViewImage (1).jpg
Castelo de Praga oferece programação especial para o verão europeu. (Foto: Divulgação)

Casinhas de contos de fadas
A visita ao Castelo de Praga não seria completa sem visitar a Rua do Ouro. Esta adorável ruela ao lado da muralha, é adoravelmente  pitoresca com casinhas muito coloridas. Segundo a lenda eram habitadas por alquimistas que trabalhavam para o imperador Rodolfo II, que desejava descobrir a poção mágica da juventude, assim como a Pedra do Sábio. Não deixe  de visitar a casa de  número 22, onde  viveu e  escreveu Franz Kafka, um dos mais famosos escritores de Praga.

Gótico, barroco, renascimento…
Um passeio pelo Castelo de Praga é como uma revisão dos manuais de arquitetura. Em algumas horas, é possível visitar a basílica românica de São Jorge com a sua mística interior, o gótico Palácio Real,  os amplos pátios barrocos, o  palácio renascentista da rainha Anna e a estufa ultramoderna nos jardins reais. Finalmente, o Castelo de Praga mantém algo para todos. Basta ir e perder-se na história de um dos monumentos mais significativos da República Tcheca.

Tiziano e Barbie debaixo do mesmo teto
Verdadeiros tesouros estão guardados dentro do Castelo de Praga. É possível escolher entre uma série de museus e exposições realizadas aqui durante todo o ano. Quer ver com seus próprios olhos as obras de grandes mestres como Tiziano o Rubens? Então visite a Galeria de Arte do Castelo de Praga. Se você vai junto com os seus filhos, não se esqueça de visitar o Museu do Brinquedo. A visita ao Castelo de Praga pode culminar em um de seus belos jardins, atravessando a fosso dos cervos ou indo para o bairro mágico de Nový Svet, perto da Praça do  Loreto onde, em casinhas coloridas,  ficam estúdios de importantes  artistas Praga .

Festa do Vinho é um dos maiores eventos da Ilha da Madeira

Alta gastronomia, bebidas nobres e apresentações musicais encantam os turistas

Não é segredo que os vinhos portugueses são famosos em todo o mundo, mas na Ilha da Madeira a tradição ganha vida na Festa do Vinho, que este ano acontece entre 27 de agosto a 10 de setembro. A data coincide com as vindimas, época de colheita das uvas.

Festa do VInho em Funchal (4)_Créditos - Turismo da Madeira.jpg
Ilha da Madera recebe nova edição da tradicional Festa do Vinho. (Foto: Divulgação)

Toda a ilha fica em festa, mas é Funchal que se transforma na “Vila do Vinho”, onde visitantes e moradores podem degustar as especiarias direto dos produtores locais e ainda saber mais sobre a produção da bebida e as tendências do mercado. Ainda no centro da capital, é possível saborear a gastronomia única da Ilha da Madeira, com pratos típicos harmonizados com os vinhos locais.

O evento, que acontece anualmente, possui uma agenda diversificada que agrada aqueles que querem aproveitar a festa com a família ou amigos, e também os que desejam aprender mais sobre a arte vinícola da Madeira. Um dos momentos mais esperados do evento é a Festa das Vindimas, que acontece no Estreito de Câmara de Lobos, em uma típica quinta madeirense. No local, é realizada a Vindima ao Vivo, onde os participantes podem vivenciar a experiência da colheita e em seguida da pisa das uvas.

Apresentações musicais também marcam presença na Festa do Vinho 2017, com diversas bandas tradicionais e artistas de outros estilos. A comemoração celebra o folclore e as antigas tradições vinícolas, com performances teatrais pelas ruas de Funchal e um desfile especial, que reconta a história do vinho na Madeira, celebrando a cultura vinícola da região.

Destinos de inverno: vinícola em SC aquece turistas com lareira e degustação de vinhos

Inverno começou e reservas para conhecer o terroir da Villaggio Grando podem ser feitas através do site

Há pouco mais de 330 km de Curitiba, nos campos de altitude catarinenses, nascem os vinhos da Villaggio Grando. E é nesse refúgio que várias famílias e casais apaixonados vão para curtir o melhor que o inverno pode oferecer.  Não importa o caminho, a dica é aproveitar: as belas paisagens do terroir encantam os olhos com sua natureza intocável que, em tempos de geada, proporciona uma vista indescritível. Esse é um dos motivos pelos quais nem os 750 km de distância entre a vinícola e São Paulo atrapalham a visita dos paulistas.  Cerca de 10 mil turistas de todo Brasil, inclusive os de Florianópolis, que estão a apenas 450 km do terroir, se encantam com a arquitetura e charme da fazenda.

ViewImage.jpg
Visita a vinícolas e degustação de vinhos são atrações em Santa Catarina. (Foto: Divulgação0

Tão rico em terra quanto em beleza, o planalto com características ímpares de solo e clima abriga um vinhedo de qualidade única, que traz em suas uvas o sabor indescritível dos vinhos e espumantes produzidos alo. Tintos, brancos, rosés e espumantes começaram a ser desenvolvidos com a vinda das primeiras mudas da França, que foram implantadas em 1998 pelo fundador Mauricio Carlos Grando, para produzir as que melhor se adaptaram à região. Hoje o vinhedo tem cerca de 45 hectares e produz uma média de 260 mil garrafas por ano.

As temperaturas baixíssimas, que chegam até -10º, tornam o passeio pelos os vinhedos e pela sala de barricas um convite para acompanhar o processo de Produção e se apaixonar pelo mundo dos vinhos. “Após o passeio, guiado por profissionais, a dica é descansar e aproveitar a vista deslumbrante proporcionada pelas paredes de vidro do lounge de degustação”, indica o diretor Guilherme Grando. Nessa hora o prazer está em provar cinco tipos de vinho, além de um espumante, servidos com porções de queijos e copa. Para completar, a lareira e o piano de cauda estão sempre prontos para alegrar e aquecer o coração dos visitantes, que podem agendar o passeio para até 30 pessoas.

Eternizar a alegria é um dos propósitos da vinícola. Por isso a Villaggio Grando tem prazer em receber seus clientes para ensaios, gravações e casamentos. “Muitas noivas aproveitam para levar a elegância e beleza do inverno para o seu casamento”, completa Grando. Além do cenário deslumbrante, ainda há a opção de personalizar seu vinho: seja colocando seu rótulo num dos vinhos da casa ou até mesmo escolhendo das uvas ao rótulo.

Tours para explorar a ilha de Barbados

Barbados é uma ilha de dimensões pequenas, mas repleta de atrações, eventos e festivais, além das belas paisagens. Há várias formas de explorá-la, por exemplo alugando um carro (lembrando que a mão de direção é inglesa) para visitar as praias e o interior, se aventurando em um ônibus local regado a música e diversão ou contratando um tour com uma empresa especializada.

Barbados-Tours-baixa.jpg
Barbados oferece diversas opções de tours. (Foto: Divulgação)

Há várias opções de passeios focados em diferentes interesses e com diversas durações. É possível, por exemplo, conhecer as costas leste e oeste da ilha além de seu interior, passando por locais simbólicos para a história do país, parar para admirar e tirar fotos de vistas incríveis do litoral barbadiano, passar por jardins botânicos e provar uma comida típica bajan em um casarão colonial de mais de 300 anos de existência.

Muitas empresas oferecem tanto tours com itinerários fixos quanto roteiros que podem ser customizados ao gosto do viajante. A empresa Emmanuel Tours, por exemplo, oferece um passeio que combina a caverna Harrison´s Cave, imperdível e localizada no centro da ilha, com a destilaria de rum mais antiga do mundo ainda em funcionamento chamada Mount Gay Rum, incluindo um almoço em um restaurante local.

Outra empresa muito conhecida é a Island Safari que oferece várias opções para explorar diversas áreas de Barbados, como um tour de aventura que prioriza a costa leste da ilha. Os itinerários disponíveis são bem detalhados e o viajante sabe exatamente por quais pontos o carro vai passar e onde haverá paradas para foto e descanso. Há também o safári customizado privativo ideal para famílias e grupos de amigos que querem planejar seu próprio roteiro e incluir os pontos que achem mais interessantes. Além disso, há passeios de barco com paradas para snorkel com tartarugas marinhas e locais de naufrágio.

Já a empresa Glory Tour tem passeios mais específicos, como um tour para quem adora críquete (um dos principais esportes da ilha), na fábrica da principal cerveja de Barbados chamada Banks, em uma fábrica de chocolate chamada Agapey, para quem gosta de natureza ou até mesmo alguns tours teatrais na George Washington House ou durante a noite no distrito histórico de Garrison.

Há várias empresas que oferecem passeios na ilha e o viajante pode escolher muitos itinerários e locais diferentes para conhecer durante a viagem.

Para chegar em Barbados, a companhia aérea Avianca oferece dois voos semanais, às quartas-feiras e aos sábados, com conexão em Bogotá, na Colômbia.

 

Para saber mais sobre o destino, acesse www.visitebarbados.com.

Ilhas curiosas localizadas na Noruega

A geografia do território da Noruega é toda cortada pelo mar, por isso em sua costa existem diversos fiordes e ilhas que foram formadas. Algumas ilhas como Svalbard e Lofoten são mais conhecidas pelos viajantes, mas existem outras dezenas que podem ser destinos bem curiosos de viagem. Confira:

A bucólica ilha de Grip

Grip (1)
(Foto: Divulgação)

A ilha de Grip consiste no menor município de toda a Noruega. Apenas algumas dezenas de pessoas moram no local, que é privilegiado com uma belíssima paisagem. As casinhas de madeira coloridas completam o cenário dessa incrível vila de pescadores. O local pode ser visitado de barco, a partir da cidade de Kristiansund.

Ilha Frøya e seus safáris

Frøya (1)
(Foto: Divulgação)

Na ilha de Frøya existem alguns safáris bem curiosos, um deles é dedicado à observação de focas. Existem diversas espécies de focas nas regiões costeiras da ilha, algumas delas são mais ariscas e se afastam com medo da proximidade humana, mas outras são amigáveis e permitem que os viajantes cheguem bem perto.

As premiadas Ilhas Vega

Vega (1)
(Foto: Divulgação)

As Ilhas Vega são um dos locais na Noruega que ganharam o certificado de Destino Sustentável, um selo de qualidade conferido a todos os destinos com êxito em ações de redução do impacto ambiental causado pelo turismo. Não bastasse isso, o arquipélago logo ao sul do Círculo Ártico também foi reconhecido como Patrimônio Mundial da UNESCO em 2004.

Merdø, a ilha sem carros

Merdø (2)
(Foto: Divulgação)

Próxima ao vilarejo de Arendal está a pequena ilha de Merdø, que possui charmosas casinhas de madeiras e ruas estreitas, por onde não circulam nenhum carro. O local é ideal para um passeio de um dia, incluindo uma caminhada na praia, um piquenique e uma visita ao museu do local.

Ilha Senja e suas orcas

Senja-baixa
(Foto: Divulgação)

A ilha Senja é a segunda maior da Noruega e está localizada acima do Círculo Polar Ártico, sendo conectada ao continente através de uma ponte. Lá, o maior destaque turístico são os passeios e safáris para observações das orcas, icônicas baleias que vivem nas águas geladas da região.