Arquivo da tag: África

Festeje o Réveillon de forma marcante no colorido Marrocos

Roteiro da Françatur pelo mítico país na África inclui virada do ano em Marrakech, pernoite no Saara e visita à histórica Fez

Sinônimo de renovação, o Réveillon marca o encerramento de um ciclo, período ideal para adotar novos planos e, na crença de dias mais prósperos, estabelecer mudanças. Elas podem começar já na escolha de um lugar para festejar a data. Colorido, intrigante e mítico, o Marrocos é dono de paisagens que exercem grande deslumbramento, além de ser um país dotado de energia singular.

Porta de entrada para a África, o país tem uma inegável hospitalidade, que pode ser vivenciada em um programa da operadora Françatur, com oito noites, incluindo a ceia de Ano Novo em Marrakech. Na mais popular das cidades marroquinas, descubra as histórias que rodeiam a praça Djemaa El Fna, agitada confluência de artistas de rua, entre eles encantadores de serpente, mágicos e músicos. O souk, tradicional mercado local, é uma oportunidade de aguçar os sentidos perambulando pela labiríntica Medina, cheia de vielas e becos protegidos por antigas muralhas.

Françatur dá opção para o Réveillon no Marrocos. (Foto: Divulgação)

A identidade arquitetônica é outro traço marcante do Marrocos. Erguida em uma elevação, às margens do Atlântico, a Mesquita Hassan II é a única aberta à visitação de não-muçulmanos. Retrátil, o teto permite que o interior seja banhado pela luz natural. Seu minarete de 210 metros de altura é uma referência visual no horizonte de Casablanca.

A bordo de um veículo 4×4, o roteiro percorre ainda estradas que cortam a cadeia montanhosa do Atlas, a mais alta do Norte da África, antes de chegar a tempo de ver o pôr do sol nas dunas de Merzouga. Luxuosas tendas garantem um confortável pernoite nesta cidade que integra o Deserto do Saara.

Se o artesanato é o que seduz compradores em Azrou, o couro tornou-se um símbolo de Fez. A arte do curtume ainda emprega técnicas medievais nesta cidade imperial, declarada Patrimônio Cultural pela Unesco.

Com a assistência de uma pessoa da equipe da Françatur desde a saída do Brasil, além do acompanhamento durante toda a programação de um guia fluente em português, o programa proposto se encerra em Rabat. Na capital administrativa do Marrocos, estão cartões-postais como o Palácio Real e a Kasbah Oudaya, fortificação do século 12 onde está situado o agradável Jardim Andaluz. 

Mais informações podem ser obtidas no site www.francatur.com.br, nas redes sociais @francaturturismo e nos telefones (11) 3149-3163 ou (21) 2102-2440.

De faraós a sultões, os laços que unem Egito e Turquia

Pirâmides e palácios estão nos roteiros da Françatur, que incluem cruzeiro pelo Rio Nilo e mergulho no Mar Vermelho

Berço da civilização, o Egito é dono de uma tradição histórica singular, cujo legado exerce fascínio em viajantes do mundo todo. Na terra dos antigos faraós, tesouros arqueológicos como as pirâmides de Gizé resistiram ao tempo e às invasões, sobretudo aos quase três séculos de domínio do Império Turco-Otomano, a partir de 1517.

Uma das sete maravilhas do mundo antigo, que ainda existe, as pirâmides Quéops, Quéfren e Miquerinos são parte de um roteiro sagrado de quem visita o Cairo, capital do país. A enigmática Esfinge também está entre os cartões-postais dessa viagem. No Egito, a água cristalina de Hurghada é outro ponto de interesse de turistas, que escolhem essa região de resorts às margens do Mar Vermelho para mergulhar ou relaxar sob o sol.

Françatur tem destinos pela história do Egito. (Foto: Divulgação)

Essas maravilhas egípcias são vistas no roteiro da Françatur dedicado ao país, que inclui ainda um cruzeiro de quatro noites pelo Rio Nilo. Pelo caminho, a embarcação atraca para os viajantes descobrirem outros lugares, como os Templos de Luxor e Karnak. Essa navegação pelo mais extenso e um dos mais emblemáticos rios da humanidade faz parte também do programa da operadora que visita o Egito com a Turquia.

Separado geograficamente pelo Mar Mediterrâneo, o Egito foi anexado à Turquia como parte dos planos de expansão dos sultões. Governantes se notabilizaram pelo estilo de vida excêntrico, que deu origem a lugares como o Palácio Topkapi, na cidade de Istambul. O Grand Bazaar é mais um destino obrigatório, com as suas mais de 4.000 lojas ao longo de cerca de 60 ruas cobertas, a fim de apreciar (e comprar) tapetes, joias, tecidos e roupas na cidade turca.

Já o melhor lugar para saber sobre toda a complexidade do passado do país é o Museu das Civilizações da Anatólia, uma das atrações da capital, Ankara. Mas é distante dos luxuosos palácios e da agitação urbana, que está um dos grandes atrativos de uma jornada pela Turquia: o sobrevoo de balão para apreciar o nascer do sol na região da Capadócia.

Os dois programas da Françatur levam o viajante a conhecer cartões-postais e a identificar os fortes laços culturais e religiosos presentes até hoje no Egito e na Turquia. Mais informações podem ser obtidas no site www.francatur.com.br, nas redes sociais @francaturturismo e nos telefones (11) 3149-3163 ou (21) 2102-2440.

Wadi Rum: o vale da aventura na Jordânia

O turismo de aventura se expande em ritmo acelerado na Jordânia e está entre os setores turísticos mais dinâmicos e inovadores da indústria. Várias empresas jordanianas especializadas em ecoturismo oferecem uma combinação de aventura, segurança e conforto que tornam esse tipo de turismo uma experiência emocionante.

O imponente vale Wadi Rum oferece opções para os turistas mais tradicionais, como também permite aos visitantes mais audazes se arriscarem a novos níveis de aventura e resistência, enquanto se aprofundam em maravilhas naturais e atrações culturais únicas do mundo antigo.

Jordânia é um destino para quem gosta de aventuras. (Foto: Divulgação)

Aventureiros que querem ir além do comum podem conhecer o topo da montanha mais alta de Wadi Rum em um passeio de helicóptero ou de dentro de um balão de ar quente a 2000 metros de altitude. Esse tipo de passeio está disponível no período de abril a junho e setembro a dezembro. Para alpinistas experientes existem escaladas que atingem 1800 metros de altura, com diferentes dificuldades em rochas de arenito. Escaladores devem pedir autorização com antecedência no Centro de Visitantes, pois as escaladas são restritas e devem ser acompanhados por um guia beduíno experiente.

Apesar de uma maneira comum de explorar Wadi Rum ser por veículos 4×4, muitas das áreas mais isoladas são inacessíveis a veículos. Camelos, ou cavalos, também são uma opção de locomoção, oferecendo um modo mais autêntico de transporte. Há também a opção de organizar um trekking de mountain bike para explorar o Wadi Rum.

O vale é também um destino ideal para acampar. Campistas podem escolher entre os “acampamentos selvagens” que não tem instalações e os visitantes devem trazer suas próprias barracas e equipamentos, ou o estilo beduíno com todas as comodidades e entretenimento.

Seja escalando, praticando sandbord nas dunas, explorando canyons escondidos ou fazendo uma viagem de balão de ar quente, Wadi Rum é uma combinação perfeita de aventura e natureza, oferecendo vistas panorâmicas de tirar o fôlego.

Para saber mais sobre a Jordânia, acesse www.visitjordan.com e o site Bureau Mundo, escritório virtual da GVA:www.bureaumundo.com.

Belezas e outros fascínios do Egito

Viagens de tirar o fôlego e guardar na memória são oferecidas para o país pela operadora de turismo Françatur

Dono das pirâmides mais famosas e conhecidas do mundo, o Egito está na mira de todos que buscam conhecer de perto um dos lugares mais importantes para a história das civilizações. A operadora de turismo Françatur oferece roteiros de oito e três noites para descobrir, ver e vivenciar tudo de melhor que o país tem a oferecer.

Além das belezas naturais e das pirâmides, há templos para se extasiar em diversas cidades egípcias, incluindo a capital, Cairo. As esfinges e o Rio Nilo, o mais importante do continente africano e um dos maiores do mundo, são outros pontos altos, assim como shows de luzes e museus que contam a história do período dos faraós.

Para quem quer explorar tudo o que a cidade do Cairo tem para oferecer, o roteiro “Cairo Fascinante” é perfeito. Em quatro dias, fazem parte da programação passeios pelos pontos mais famosos e requisitados da capital, como a necrópole de Gizé, onde estão as pirâmides Keops, Kefren e Micerinos, além de visitas à Esfinge e ao Templo do Vale.

Já para os que estão mais interessados em viagens mais longas e que ultrapassem as fronteiras do Cairo, há o roteiro “Cairo com Cruzeiro”, que contempla navegações pelas águas que foram o principal meio de transporte para mercadorias e pessoas no início das civilizações. Na programação também estão passeios nas cidades de Assuão, Kom Ombo, Edfu, Esna e Luxor com visitas a templos simbólicos e que criam a possibilidade de uma imersão real na cultura e história locais.

Os roteiros da Françatur incluem hospedagem com café da manhã, traslados e passeios. Mais informações podem ser obtidas no site www.francatur.com.br, nas redes sociais @francaturturismo ou nos telefones (11) 3149-3163 ou (21) 2102-2440.

3 lugares que vão te surpreender

Existem lugares pelo mundo que quebram paradigmas e estereótipos. Alguns o fazem de maneira cultural ou social. Porém outros fazem isso na sua paisagem. Separamos hoje três lugares que temos certeza que ao pensar nestes destinos não são essas paisagens que vem à mente.

Praia na Noruega

(Foto: Divulgação)

Como o país está localizado no norte da Europa, o primeiro pensamento que vem às nossas mentes ao pensar no destino naturalmente é frio e neve, entre outras coisas relacionadas. Certo? Pois é aí que você se engana.

A cidade de Kristiansand é considerada a capital do sul do país e é um dos destinos preferidos dos noruegueses durante o verão. Trata-se de uma verdadeira cidade praiana da Noruega, por isso, além de apreciar toda a vida cultural e gastronômica do local, torna-se obrigatório um passeio pelas praias. Pertinho do centro da cidade está Bystranda, uma praia de areia clara e mar calmo, ideal para a prática de stand up paddle ou uma tarde em família.

Mergulho na Jordânia

(Foto: Divulgação)

Egito e Israel são famosos por seus mergulhos no Mar Vermelho, o que de certa forma já é um tipo de quebra de paradigma para os desavisados que pensam em países do Oriente Médio apenas como desertos e afins. Entretanto, a Jordânia mesmo não tendo uma larga costa como outros destinos também oferece, em grande estilo, mergulhos no lendário  Mar Vermelho.

Aqaba é a junção de todas as coisas boas que a Jordânia tem para oferecer. Inclui uma  história fascinante, excelentes hotéis, atividades e locais para compras. É também um ótimo local para ficar se você planeja visitar o Wadi Rum.  Os passeios de um dia podem ser facilmente organizados e, como a distância é curta, você terá mais tempo para conhecer o local.

Esqui no Líbano

(Foto: Divulgação)

Assim como a Jordânia e os outros países do Oriente Médio, o Líbano carrega o rótulo de país desértico. O que é um tremendo engano. O destino oferece ao turista opções desde praias a florestas. Além disso também possui locais onde é possível esquiar. Isso mesmo.

Cedars, Faraya e Laklouk são três das principais cidades que dispõe das montanhas nevadas e resorts para prática do esporte.

Esquecemos de algum local? Envie sua dica e também sua história, faça parte dos Amigos Lugares Pelo Mundo.

5 destinos fascinantes e imperdíveis no Marrocos

Agência Abreu lista o que não pode faltar no roteiro por esse incrível país africano

O Marrocos segue conquistando o coração dos brasileiros com o seu charme que é um caldeirão de cultura oriental, africana e europeia. Segundo a Abreu, especialista em levar turistas aos melhores destinos ao redor do globo, a procura pelo país tem aumentado gradualmente nos últimos anos, tendência que se mantém neste princípio de 2019.

Por isso, a agência separou os cinco destinos mais fascinantes do Marrocos e que não podem faltar no roteiro de viagem dos brasileiros.

Marrakech

(Foto: Turismo do Marrocos)


É uma cidade que mistura bem o tradicional e o contemporâneo, garantindo sensações incomparáveis aos visitantes. De um lado, cores brilhantes, aromas orientais, passeios em carruagem e riquezas arquitetônicas. Do outro, avenidas amplas, boutiques de luxo e locais festivos. A Abreu sugere visitas ao verdadeiro oásis que é o Jardim Majorelle e à Mesquita Koutoubia.

Casablanca

(Foto: Turismo do Marrocos)


Palmeiras contornando avenidas largas, praias maravilhosas e uma cidade efervescente: poderia ser um destino tropical, mas estamos falando de Casablanca. Combinando modernidade com bairros antigos, heranças muçulmanas e árabes e vestígios coloniais, é uma cidade múltipla e apaixonante. Seu cartão de visitas é a Mesquita Hassan II, a segunda maior do mundo.

Fez

(Foto: Turismo do Marrocos)


Fez tem uma atmosfera única, que irradia mais de treze séculos de história. Sua medina é lendária, assim como as madraças, belíssimas escolas de estudos islâmicos. Um de seus pontos turísticos mais icônicos é a fonte Nejjarine. Segundo a Abreu, é um bom ponto de partida para explorar Volubilis, o mais extenso sítio arqueológico romano no Marrocos.

Rabat

(Foto: Turismo do Marrocos)


O litoral da capital marroquina é só um dos motivos para visitar esta cidade, que também conta com muitos espaços verdes e cultura de sobra, com obras de arte decorando ruas e praças. O imponente Palácio Real é rodeado por uma enorme muralha e possui um vasto pátio, colégio, mesquita e edifícios do governo.

Meknès

(Foto: Turismo do Marrocos)


Esta cidade é um verdadeiro museu a céu aberto, com muitas surpresas para os visitantes. Com construções consideradas Patrimônio da Humanidade da UNESCO, como a medina e os vestígios do palácio real, o destino tem uma das principais obras hispano-mouriscas do mundo: a porta Bab Mansour, na praça El Hedime. Outros pontos impressionantes são o Estábulo Real, que chegou a abrigar 12 mil cavalos, e o Mellah, antigo bairro judeu.

A Abreu tem diversos pacotes para o Marrocos a partir de US$ 729. O circuito “Cidades Imperiais”, com todos os destinos citados acima, tem saídas exclusivas do Rio de Janeiro e São Paulo. Para mais informações, acessewww.abreutur.com.br ou entre em contato com seu agente de viagens.

Imersão cultural pelas coloridas cidades do Marrocos

A operadora Françatur cria roteiros sob medida que percorrem todos os cantos de Marrakech, Fez, Chefchaouen e Casablanca

Visitar o Marrocos é uma experiência avassaladora aos sentidos. Primeiro, pela riqueza de seus sons, cores e sabores. Depois, pela paisagem natural. E, não menos importante, pelas referências históricas e culturais presentes em cada canto. Por isso, a operadora Françatur oferece pacotes de 9 ou 10 dias que passam por diversas cidades e atrações deste país no norte da África.

Para uma viagem aos destinos mais populares, o roteiro Grand Tour do Marrocos é ideal. Ele começa por Marrakech e logo desembarca na pulsante Praça Jemaa el-Fna, declarada Patrimônio da Humanidade. Os turistas têm a chance de percorrer a “Cidade Vermelha” em carruagens tradicionais de 200 anos e chegar aos Jardins da Menara e ao Palácio Bahia, assim como experimentar o Hammam, casa dos tradicionais banhos turcos. Para aprender mais sobre a sopa de favas, o couscous, o tagine e o chá de menta, há aulas de culinária em casas locais. Em Fez, dá para se perder e testar as habilidades de negociação nos souks, os agitados mercados em forma de labirinto da medina local, a maior cidade medieval do mundo islâmico ainda viva. A Mesquita de Qarawiyyin e o bairro dos curtidores também são paradas obrigatórias.

Françatur tem pacotes para o Marrocos. (Foto: Divulgação)

Entre outras atrações, o roteiro Beleza do Marrocos com Cidade Azul inclui a famosa Casablanca, a capital Rabat e a portuária Tanger. Passa pela única Chefchaouen, conhecida como “Pérola Azul” ou paraíso dos fotógrafos devido à cor de suas ruas e construções, e segue por Volubilis, cidade romana repleta de ruínas e portas monumentais, que são clássicos da arquitetura do país. A viagem continua pelas estradas das Montanhas dos Atlas, onde é possível passar uma noite no deserto em Erfoud, fazer um tour de dromedário, andar de quadriciclo ou praticar sandboard no limite do Saara. Em Ouarzazate, pausa para conhecer Kasbah de Taourirt, antiga residência do pachá de Marrakech, e Ait Benhaddou, cidade com construções fortificadas feitas de barro. Ali, foram filmados longas como “A Múmia” e “Gladiador” e os sets podem ser visitados. Ainda na região, veja de perto fósseis de animais de 150 milhões de anos no Museu do Dinossauro e relaxe nos rios e na sombra das palmeiras do oásis Fint.

Todos os roteiros contemplam hospedagem em excelentes hotéis. Mais informações no sitewww.francatur.com.br ou nos telefones (21) 2102-2440 e (11) 3149-3163.

Além de paisagens cênicas, África do Sul oferece um mix de atividades turísticas

Safáris, trilhas em montanhas, compras, vinícolas e aventura estão entre as opções

A África do Sul reúne uma das maiores diversidades de fauna e flora. Safáris, praias paradisíacas, montanhas e cânions se encontram em paisagens de cartão postal. Vinícolas, compras e esportes de aventura também fazem parte do mix de atividades locais. Com roteiros de sete dias, a operadora Françatur oferece visitas guiadas aos pontos mais exuberantes deste destino.

Desembarcar no país e não fazer um safári é impensável. O Parque Nacional Kruger é uma autêntica reserva de 20 mil km² onde os turistas têm a possibilidade de avistar em seu habitat natural os “Big 5”. Ainda na região de Mpumalanga, fica o Blyde River Canyon, terceiro maior cânion do mundo.

A capital Joanesburgo concentra aspectos culturais e históricos, com parada obrigatória no Museu do Apartheid. Para compras, vale a visita ao Sandton City, o maior shopping do continente africano. No Lion and Rhino Park, os turistas podem alimentar girafas e caminhar por uma caverna subterrânea. Na primavera, a paisagem é colorida pelos milhares de jacarandás em Parkwood e Pretória.

África do Sul reúne diversas opções aventureiras. (Foto: Divulgação)

Já na efervescente Cidade de Cabo, subir de teleférico até a Table Mountain é uma ótima opção para se ter uma vista panorâmica da cidade. Os mais radicais e fãs de aventura, podem descer de rapel esta montanha, ou ainda fazer a trilha até o Signal Hill, de onde costumam saltar de parapente. No jardim botânico Kirstenbosch é possível caminhar entre as copas de árvores centenárias. Para relaxar, Camps Bay é uma boa dica. Considerada a praia mais badalada da Cidade do Cabo, possui uma ótima estrutura para o turista. Um local ideal para se admirar o pôr do sol. Não podemos esquecer do complexo V&A Waterfront, que reúne lojas, restaurantes e um aquário, e pode ser visitado caminhando ou por um cruzeiro pelo canal.

Partindo de Cape Town, os visitantes chegam ao Cabo da Boa Esperança, pela Peakman’s Peak Drive, estrada à beira-mar com vistas cênicas. No caminho fica a Boulders Beach, lar de pinguins e local estratégico para prática de snorkel. Já Gansbaai é ponto de parada para mergulho com tubarões brancos. A região abriga também o mais famoso circuito de produção de vinhos do país, que tem a uva Pinotage como referência. As cidades de Stellenbosh, Paarle e Franschhoeck são as mais populares com visitas guiadas, ofertas gastronômicas e a uma vista privilegiada das montanhas.

Todos os destinos contemplam hospedagem em excelentes hotéis, com opção de quartos amplos para acomodar famílias. Mais informações no site www.francatur.com.br, nos telefones (21) 2102-2440 e (11) 3149-3163 ou nas redes sociais @francaturturismo.

Sobre a Françatur

No mercado de turismo desde 1996, a Françatur é especializada em França, mas também comercializa roteiros a outros países da Europa, África, Oriente Médio e América Latina, sejam individuais (personalizados) ou em grupo. Há ainda viagens temáticas como de lua de mel, luxo, enologia, gastronomia, esportes, família e religião.

Luxuoso hotel sul-africano mistura romantismo e total conexão com a natureza

Selati Camp, um dos lodges do hotel de safári Sabi Sabi Private Game Reserve, é conhecido por proporcionar uma experiência de luxo e romantismo incomparável em meio à savana sul-africana. Recentemente o espaço passou por uma reforma que, incorporando as texturas, cheiros e sons do meio ambiente que o cerca, só fortaleceu o clima do lodge: o de um tempo no qual a vida era um pouco menos turbulenta e complicada, algo mais próximo de um sonho.

As suítes ultra-luxuosas do lodge foram reformadas recentemente e a reação dos hóspedes foi a melhor possível. A decoração imaginativa, o conforto das acomodações, o silêncio e a privacidade de cada espaço estão encantando a todos. Agora, com um novo deck de observação, um “lounge externo e varanda” reformados, e áreas de recepção e loja remodeladas, o Selati Camp está em toda sua glória.

Este slideshow necessita de JavaScript.

O novo deck de observação é um espaço elegante que, em forma de círculo, evoca um senso de simetria e a paz do ciclo natural da vida. Elegantes cortinas de musselina estão presas a suas espessas vigas de madeira, criando uma moldura que não atrapalha a observação dos animais. Em lugar de destaque no centro do deck está um magnífico tapete persa, sobre o qual chama atenção uma mesa esculpida que, com topo de madeira manchada e acabamentos em metal, é quase uma obra de arte. Alguns conjuntos de mesas e cadeiras de madeira feitas à mão fazem com que a locação seja perfeita para um jantar diferenciado e, para completar, poltronas confortáveis e cheias de almofadas, acompanhadas de apoios de pés em várias alturas, são uma tentação irresistível para quem quer relaxar e admirar a natureza em seu mais lindo estado.

Os já existentes “lounge externo e varanda” foram reformados com o clima romântico em mente – como sempre – e exemplificam muito bem o que seria “descansar com estilo”. Além dos sofás de madeira bem estofados, das poltronas e cadeiras cobertas por tecidos do Malawi, nessa área chamam atenção os candeeiros artesanais, criados por artesãos rurais, pendurados acima de fascinantes obras de arte, livros, pequenos objetos de couro, e memorabilias interessantes que decoram o espaço luminoso e luxuoso.

Caso o sol da savana sul-africana bata mais forte, a incrível piscina do Selati Camp, cercada por espreguiçadeiras luxuosas, está logo ao lado.

Uma área de recepção novinha também faz parte das mudanças. O espaço caloroso e amigável onde os hóspedes são recebidos está tomado por uma miríade de pinturas intrigantes e esculturas que adornam suas paredes e mesas, anunciando o estilo do lodge logo na entrada. Algumas das obras em metal expostas no espaço são diferentes tipos de moedas usados antigamente em algumas culturas africanas, como os “bastões de fogo”, que parecem galhos secos de madeira, mas na verdade são feitos de metal. Merece um olhar mais próximo também o cristal no lindo carrinho de bebidas.

O espaço que anteriormente abrigava a recepção foi transformado em uma loja estilo boutique, perfeita caso os hóspedes sintam vontade de fazer umas comprinhas. Na loja “The Trading Post” encontram desde roupas legais pro safari, até belos chapéus ou presentes para pessoas queridas.

Selati Camp é conhecido por seu silêncio e beleza, pelas árvores majestosas que acompanham o leito do rio Msuthlu, antigas sentinelas que se levantaram e protegem a área a eras. Sob a sombra de seus enormes galhos, viajantes aventureiros, recém-casados, ou até aqueles que buscam ficar sozinhos encontram uma verdadeira utopia. As suítes majestosas, e agora a adição e renovação de espaços tão especiais fundem-se perfeitamente ao espírito histórico do Selati Camp: uma experiência vintage clássica e um destino inesquecível para os de coração romântico.

Seychelles para quem ama aventuras

Com praias de areia branca rodeadas por pedras de granito e banhadas por águas cor de esmeralda, a maioria das pessoas acredita que Seychelles é um destino apenas para lua de mel ou para quem procura férias exclusivamente românticas. Poucos sabem que o arquipélago também oferece inúmeras experiências esportivas e de aventura que não existem em nenhum outro lugar. Seychelles é um playground para os aventureiros. O receptivo local Perfect Safaris recomenda alguns passeios e atividades para quem estiver visitando o país.

Mahé

blog
(Foto: Divulgação)

Mahé é a maior ilha de Seychelles, com praias de areia branca, florestas exuberantes e montanhas. É um verdadeiro paraíso tropical. Além das costas, há muitos naufrágios que ficam sob as águas cristalinas e desempenham um papel importante na história das ilhas. Mergulhar no destino combina a emoção e a intriga do mergulho em naufrágios com as fascinantes formas de vida marinha que habitam o local. A Silhouette Island, a apenas 25 minutos de barco de Mahé, atrai mergulhadores que desejam desfrutar de uma experiência única enquanto investigam as embarcações afundadas.

Quem se hospeda no luxuoso Constance Ephélia Resort, em Mahé, pode se aventurar em uma tirolesa ou uma escalada em rochas de granito de 18 metros de altura. Outra ótima opção de acomodação para quem gosta de esportes incomuns é o Avani Seychelles Resort & Spa.

Praslin

blog2
(Foto: Divulgação)

A ilha de Praslin, situada a aproximadamente 45 km à nordeste de Mahé, é a segunda maior ilha de Seychelles e a melhor escolha para quem prefere uma viagem mais tranquila em comparação com a movimentada e populosa Mahé. Um passeio imperdível é o Patrimônio Mundial da UNESCO Vallée de Mai, uma floresta onde nasce o raro Coco de Mer.

De pescaria com equipamentos leves à pesca em alto mar e de passeios curtos de meio dia a excursões privativas de um dia inteiro, Praslin é o destino de pesca dos sonhos. No resort Paradise Sun, a equipe auxilia na escolha da melhor empresa para as excursões. Além disso, o chef do hotel prepara o peixe para o jantar, de acordo com as preferências do hóspede.

Para jogadores de golfe, é possível desfrutar de um jogo no único campo do arquipélago. Este campo de golfe premiado de 18 buracos localiza-se no resort Constance Lémuria Seychelles e oferece vistas deslumbrantes de três praias.

La Digue

blog3
(Foto: Marcelo Rabelo)

Apesar da ilha concentrar a terceira maior população de Seychelles, La Digue é um refúgio do resto do mundo, onde as pessoas parecem viver em um tempo e ritmo diferentes. Com suas estradas de terra perfeitas para ciclismo, é possível percorrer facilmente a ilha em um dia.

O sofisticado Domaine de L’Orangeraie Resort & Spa é o local perfeito para relaxar na praia ou explorar a ilha de bicicleta. É a base ideal para recém-casados ​​ou para férias em família.

Seychelles é um destino inesquecível para qualquer experiência na natureza. Os viajantes podem desde fazer um mergulho com snorkel em um parque marinho e visitar o Vallée de Mai até observar papagaios-pretos ao deslizar nas copas das árvores com a tirolesa e explorar a descontraída La Digue de bicicleta. Quem está planejando uma viagem para o destino pode contatar a Perfect Safaris, um receptivo local que faz roteiros personalizados nas Ilhas Seychelles e é considerado um das principais especialistas em viagens para a África e para as ilhas do Oceano Índico.