Arquivo da tag: Amazônia

Cinco experiências incríveis para se fazer na Amazônia nos feriados

A Amazônia é um destino sem igual. Cerca de 60% de todo o território brasileiro é ocupado por este rico e encantador bioma, que se faz presente em oito estados diferentes e abriga a maior e mais diversificada biodiversidade do mundo, com incontáveis espécies. Do Acre ao Mato Grosso, aliás, infinitas possibilidades de passeios e experiências únicas, como essas 5 sugestões, listadas abaixo, surgem como boas opções para os turistas que anseiam em conhecer de perto o coração verde do Brasil.

Veja as dicas:

Trilhas pela mata:

(Foto: Divulgação)

Pode parecer clichê dizer, mas caminhar entre as árvores de um bioma tão rico e único quanto a Amazônia é uma incrível experiência de conexão com a natureza. Observar com atenção todos os detalhes da fauna e da flora também. São mais de 30 mil espécies de plantas e incontáveis espécies de aves, mamíferos, répteis e peixes. Uma vez no local, não deixe de explorar a região durante a noite. As chances de avistar algum animal em busca de alimento, sobretudo os de hábitos noturnos, são bem maiores e a experiência será inesquecível. Mas antes de aventurar, procure um bom guia, certo?

Passeio de canoa:

(Foto: Divulgação)

Contemplar a natureza é uma prática que pode ser feita de diversas maneiras na Amazônia. Desbravar as águas por meio da canoagem é uma delas. Com a vantagem de ser uma prática bem silenciosa, já que não há a presença de motor no bote, a experiência lhe permitirá ouvir o gracioso canto dos pássaros, a correnteza do rio e os mais variados sons da floresta. Isso sem mencionar a possibilidade de avistar algumas espécies de aves e macacos com mais facilidade.

Observe a Amazônia do alto:

(Foto: Divulgação)

Depois de explorar as suas belezas por terra e água, que tal vislumbrar os encantos da Amazônia pelo alto? Na Reserva Privada do Cristalino Lodge, em Alta Floresta, Mato Grosso, é possível apreciar toda a vastidão da floresta à 50 metros de altura, por meio de duas torres de observação. Construídas em aço galvanizado, as estruturas estão posicionadas em diferentes pontos da reserva ecológica e oferecem uma vista de tirar o fôlego, sobretudo ao pôr do sol… 

Tome um banho de rio:

(Foto: Divulgação)

Mergulhar em um revigorante banho de rio, com águas limpas da própria Amazônia, se traduz em uma sensação de pura felicidade. Em algumas regiões, como no sul, entre os meses de julho a novembro, pequenas “praias” e pedras, quase que sob medida, surgem para tornar a experiência ainda mais gostosa, prazerosa e libertadora.

Aulas de Yoga ao ar livre:

(Foto: Divulgação)

Já pensou em praticar yoga ao ar livre e com a floresta Amazônica como cenário? No hotel Cristalino Lodge, isso é possível. Voltado para os amantes da natureza, o empreendimento criou um retiro de yoga que visa restaurar o estado de equilíbrio físico, mental e espiritual dos hóspedes por meio de um profundo contato com a natureza. O programa, que tem duração de 4 noites – 29 de abril a 3 de maio – oferece uma série de atividades de yoga e meditação, no qual os participantes serão convidados a aprofundar-se na sua prática e a sentirem os benefícios da vida em harmonia com a natureza.  

Reservas e informações: (11) 3071-0104, (66) 3521-2221 ou office@cristalinolodge.com.br | http://cristalinolodge.com.br/pt/

Preços a partir de R$ 1.400,00 por pessoa + taxa Fundação Cristalino (R$ 250,00 por pessoa.

Na Amazônia, turismo ecológico e contemplativo sem ser passivo

Conversas com guias nativos e plantio de árvore são atividades sustentáveis propostas aos hóspedes pelo Juma Amazon Lodge

O isolamento geográfico da Amazônia foi importante para que ali se desenvolvesse uma expressiva biodiversidade. Sua fauna e flora, boa parte delas ainda desconhecidas pela ciência, costumam exercer grande fascínio à primeira vista. Contemplativo por natureza, o turismo ecológico é a oportunidade ideal de explorar toda essa plasticidade traduzida em cores e formas. Quando estimula o viajante a ter atitude positiva e de integração respeitosa com o meio ambiente, esse contato se torna ainda mais enriquecedor.

No coração da floresta, o Juma Amazon Lodge oferece aos hóspedes uma vivência plena em matéria de sustentabilidade. Na travessia entre Manaus e o hotel, localizado a 100 km da capital do Amazonas, dois trechos são feitos de barco, o primeiro deles passa pelo famoso encontro dos rios Negro e Solimões. E ninguém melhor que sua gente ribeirinha, conhecedora dos segredos da mata, para explicar o valor da maior floresta tropical do mundo.

Diariamente, as atividades propostas pelo Juma são lideradas por guias nascidos nas comunidades locais. É com eles que os visitantes aprendem a respeito dos processos naturais que regem a vida na Região Norte brasileira. Sabedoria ancestral que ainda ensina como extrair de plantas remédio e alimento. Da pesca de piranha à focagem de jacaré, passando pela visita à Samaúma — a mais alta e mais larga árvore amazônica —, a cada excursão eles têm seus sentidos despertados para novos cheiros, tons, sabores e sons.

E ainda descobrem o que fez do Juma Amazon Lodge sinônimo de hospedagem de alto nível em uma área de natureza intocada. O tour ao redor da propriedade revela as práticas sustentáveis adotadas pelo hotel, entre elas o uso de energia solar, o tratamento de esgoto e a reciclagem de lixo. Com o objetivo de ajudar na preservação da floresta, os hóspedes são convidados a plantar sua árvore. Pequeno gesto de grande valor para as futuras gerações.

A.Brand apresenta coleção Amazônia

Vem do verde e do encontro das águas. Vem dos bichos, da mata fechada, dos mitos, lendas e do povo da floresta. Vem da relva, da selva. Mas não só. Batizada de Amazônia, a nova coleção da A.Brand parte de um resgate. Ao olhar para as nossas raízes e origens, a diretora criativa Aninha Dias concebeu o verão 19 da marca, que surge de uma vontade de olhar para dentro.

O ponto de partida é o encontro das águas dos rios Negro e Solimões, onde nasce no Brasil o rio Amazonas, que dá vida à maior floresta tropical do mundo. As roupas brincam com as riquezas da fauna e da flora e se apropriam de elementos do folclore e artesanato local, como na releitura da cerâmica marajoara. Os bichos da floresta, suas formas e cores, viram estampas alegres como o tucano, a onça e o bicho preguiça, assim como a vegetação, suas folhas e flores.

342762_811848_0223_caruso_a__1__web_.jpg
A.Brand lança coleção inspirada na Amazônia. (Foto: Renan Oliveira)

O resgate aos elementos naturais inspira ainda a escolha de materiais, como linho, palha e algodão. E a seda, sempre uma aposta da marca, imprime a fluidez, garantindo leveza e movimento nas produções. Na cartela de cores, vê-se os tons da floresta, numa paleta que contempla caju, terra, guaraná, açaí, vermelho uirapuru, rosa arara, azul ribeira, azul Xingu, verde floresta, verde graviola, bege oca e palha.

Nos acessórios, cintos de trama, sandálias com estética de cobra e bijoux que simulam madeira e palha, completam a coleção. O resultado é uma tradução em looks e acessórios dos elementos tradicionais do norte brasileiro.

Tudo de maneira cool e divertida, que é o DNA da marca. “A Amazônia é um mundo inteiro de possibilidades. A A.Brand, através da sua coleção, quer chamar a atenção para a importância de respeitar e preservar o maior coração do mundo”, explica Aninha Dias.

A coleção Amazônia completa já pode ser encontrada nas lojas físicas e no e-commerce  da marca.

ANITTA E ALESSO LANÇAM “IS THAT FOR ME”

Parceria com produtor e DJ sueco teve clipe gravado na Amazônia brasileira

As peças de xadrez espalhadas na última segunda-feira por quatro capitais brasileiras anunciavam que mais um lançamento do projeto “Checkmate” estava por vir. Para outubro, Anitta preparou “Is That for Me”, letra escrita pelo produtor americano Poo Bear, com a música ímpar do produtor e DJ sueco, Alesso. Ambos assinam a produção do single cantado em inglês por Anitta.

#música
“Is That for Me” é dançante e envolvente, com batidas eletrônicas singulares que Anitta experimenta pela primeira vez em sua carreira. “É diferente de tudo que já fiz e estou muito feliz com o resultado da produção de profissionais que amo e admiro. A letra do Poo fala sobre as possibilidades que existem num jogo de sedução, sobre o desejo crescente entre duas pessoas. É intenso. Forte. Eu adorei!”, comemora a cantora.

#amazônia
A Amazônia brasileira foi escolhida como cenário principal do clipe de “Is That for Me”. Duas cidades foram percorridas em dois dias, envolvendo centenas de profissionais e figurantes em uma logística robusta. O vídeo, dirigido por Manuel Nogueira (Conspiração), traz locações que enaltecem a beleza e diversidade da maior floresta do mundo. “Escolhi a Amazônia pelas cores, paisagens deslumbrantes e sua grandiosidade. É um lugar mágico e com uma energia sem igual. Espero assim também chamar a atenção do mundo em relação à preservação ambiental. Fico feliz que o meu trabalho possa mostrar pelo menos um pouco das nossas belezas e cultura”, explica Anitta.

#diretor
O clipe repetiu a mesma equipe de criativos de ‘Will I See You”, primeiro lançamento do projeto “Checkmate”. A Conspiração é responsável pela produção, comandada pelo diretor Manuel Nogueira. “Neste clipe, queríamos muito imprimir uma imagem genuína e grandiosa. Um universo paralelo de ficção dentro da selva, que remixa referências de um Brasil diverso e multicultura de forma criativa. Escolhemos a Amazônia como cenário, trazendo lugares que demonstrem todo o poder que esta região tem. Isso misturado à uma imagem de moda exótica e ousada, traz para o clipe uma sofisticação que só a Anitta tem”, comenta Nogueira.

#moda&beleza
Com o styling de Yasmine Sterea, este clipe traz uma Anitta poderosa e com elementos da natureza. É possível ver a mistura de várias texturas e matérias-primas em um cada look, como por exemplo a aplicação de rendas, palhas, metais, tecidos sintéticos e acessórios exuberantes. Na beleza de Henrique Martins, o destaque vai a sombra azul metálica e o uso de gloss nos olhos. Os looks trazem pele e lábios luminosos. No cabelo, Martins optou por um liso longo com toques dourados e a frente presa e também uma trança a partir de um coque. “Escolhi fazer uma beleza tropical e genuína, que realçasse os traços e conversassem com o styling”, diz Henrique.

Alesso vem com um figurino moderno e com peças desenhadas especialmente para ele, como as capas que o produtor usa no clipe, mescladas a roupas esportivas. “Resolvemos olhar para a beleza de várias culturas pelo Brasil e mostrar um pouco das cores da Amazônia. A floresta tem um significado especial para Anitta e por isso trouxemos essa força no figurino do clipe. A ideia foi criar algo que nos estimulasse. Sem regras e muita energia vital”, comenta Sterea.

#alesso
Alesso é sueco, tem 26 anos e é um dos maiores destaques da cena eletrônica mundial. Considerado um dos 100 melhores DJs do mundo. Anitta conheceu Alesso pessoalmente por meio de amigos e ficou muito feliz com o convite para esta parceria. “Quando recebi o convite aceitei imediatamente. Sempre fui fã da música do Alesso e a letra do Poo era tudo que eu precisava para um próximo single”, comenta a cantora.

#play
Alesso disponibilizou a música em todas as plataformas digitais. O clipe será lançado com exclusividade para os jornalistas brasileiros e liberado no canal do DJ no Youtube.