Arquivo da tag: Ambientes

Décor: Versátil, estante vazada fixa ou suspensa se destaca em vários ambientes

Ambientes abertos, leves e fluídos são tendências do mundo décor e as estantes vazadas fixas e suspensas podem ser utilizadas em todos os tipos de projetos.

A Todeschini (www.todeschini.com.br) – uma das maiores empresas de móveis  planejados da América Latina – apostou no Sistema Orga System ao projetar os itens da Coleção Youniverse.

Estante vazada é útil e um objeto de decoração no ambiente. (Foto: Divulgação)

Com a finalidade de aproximar as pessoas ao espaço Gourmet, tornando-o um lugar de experiências entre família e amigos, o Orga System pode ser utilizado no espaço gourmet.

A construção de estantes e prateleiras metálicas vazadas como solução para divisórias de ambientes, estantes fixas à parede ou até mesmo suspensas sobre ilhas de cozinhas, chamam a atenção pela estrutura simplificada. Além de deixar o local elegante e sofisticado.

E com toque  de leveza, a estante também pode ser usada na sala, demarcando o espaço como uma divisória de ambiente moderna e atual.

Arquitetura: cores quentes e contrastes aquecem ambientes no inverno

Arquiteta Juliana Meda apresenta dicas de decoração de interiores para tornar os lares mais aconchegantes na estação mais fria do ano

O inverno começou, e a estação pede aconchego. Preparar a casa para os dias mais frios, deixando os ambientes mais alegres e convidativos, é uma das formas de aquecer o lar. Com tantas interferências tecnológicas, tudo o que lembra o natural vem para ficar na decoração. Mantas de tricô com pontos maiores, uso de tecidos como linho, peles ecológicas e trabalhos personalizados são as apostas da arquiteta Juliana Meda – responsável pelos projetos dos apartamentos decorados da A.Yoshii em Londrina, Curitiba e Maringá. “As texturas naturais, o feito à mão, na hora, em um processo artesanal quebra a onda ‘fabril’ em que vivemos e oferece valor afetivo”, afirma a profissional.

O suede e as peles ecológicas em tons sóbrios são a base da decoração do inverno; o verde das plantas é o contraste para um espaço mais alegre e aquecido, como neste ambiente do Le Reve, da A.Yoshii . (Foto: Divulgação)

Na base da decoração permanecem os tons mais sóbrios, como o cinza, preto e branco, mas a vida pede um contraste: laranja, amarelo ou dourado são exemplos do contraponto, que podem ser aplicados em objetos variados. O verde, com sua predominância por meio de plantas, já está bem estabelecido como ponto alto na decoração. “Outros exemplos de materiais naturais, como a madeira, podem ser explorados. Este material tem diversas colorações, brilhos e tons que dão o destaque que precisamos pra frieza dos acinzentados”, explica Juliana.

Mantas de tricô com pontos maiores aquecem um dos ambientes no Lakeside, empreendimento da A.Yoshii em Londrina. (Foro: Divulgação

Há anos como protagonista de uma decoração sofisticada, o veludo é presente em todas as estações, mas no inverno vem com uma proposta diferente: liso, limpo, com textura de seda. Para Juliana, outros tecidos como suede e tapeçarias nos objetos também aquecem o ambiente. “Não apenas em sofás e cadeiras, mas as almofadas, bandejas ou velas revestidas com tecidos são recursos mais práticos para decorar e transformar”, diz. Mesmo em um estilo minimalista, a cor pode ser a fonte de calor. “Usamos poucas peças, mas peças de grande destaque. Um centro de mesa baixo, cadeira no canto com um design diferente, pilha de livros coloridos e tapete listrado são itens de destaque e dão alegria ao ambiente onde menos é mais”, exemplifica.

Seja como for, o inverno aproxima. A lareira, em ambiente interno ou externo, mesmo em um país tropical, nos transporta a tempos mais simples, onde o importante é a boa conversa e a troca de experiência. “Este convívio é o nosso norte, na arquitetura. Precisamos retomar nossas raízes, a convivência, enfim, tudo o que conseguirmos levar desta essência podemos inserir na decoração. Atualmente, perdemos o contato com as pessoas, o olho no olho, e no inverno temos a possibilidade de reencontro e aproximação, com a gastronomia, o fogo e o calor. Caso não tenha uma lareira construída, é possível utilizar as portáteis, que são bem funcionais”, complementa a arquiteta.

Arquiteta revela dicas de decoração para ambientes pequenos

Cor, móveis e objetos são chave para a otimização dos ambientes

Atualmente a maioria dos novos apartamentos são de estrutura pequena em um todo, isso acontece devido a mudança de vida e cotidiano da população.
Apesar dos ambientes pequenos, existe a possibilidade de realizar ótimas decorações e aproveitamento de espaço.

“Muitas vezes, ao se deparar com o local, o morador tem vontade de inserir muitas coisas e não aproveitar o que temos, por isso é importante a presença de um profissional para auxiliar no projeto”, indica a arquiteta Elaine Benedetti.

image001.jpg
Arquiteta Elaine Benedetti dá dicas para decorar ambientes pequenos. (Foto: Divulgação)

De acordo com Elaine, a escolha das cores nos ambientes é de suma importância. “Usar tons claros nas paredes e pisos colabora para uma armonia e extensão do local”. Apesar disso, a dica para quem gosta de tons mais coloridos, é usá-los nos objetos de decoração, “Enfeites, almofadas e itens que podem destacar o ambiente e até mesmo serem substituídos em determinados momentos são peças chaves também”, ressalta.

Além da cor, outro ponto é investir em ambientes integrados, que possibilitam uma melhor utilização do espaço e otimizam o mesmo. Isso inclui peças que colaboram, como a utilização de espelhos, que também propõe a ampliação dos cômodos.

 A utilização de móveis muito grandes também pode barrar a locomoção e amplitude do imóvel. “A dica é investir em móveis funcionais que ocupam menos espaço, são funcionais e ainda colaboram para o aconchego e modernidade”, revela a arquiteta.

“Vale ressaltar que sempre é possível investir no seu sonho de decoração, mas com as orientações adequadas, o local pode ficar muito melhor aproveitado do que se imaginava”, finaliza a arquiteta.

Arquiteta Carmem Avila ensina como utilizar diferentes tons de madeiras em um ambiente

A profissional destaca o seu uso tanto para ambientes residenciais, como corporativos

A madeira é conhecida por agregar conforto aos ambientes e continua a ser um dos elementos muito utilizado na decoração de interiores. Versátil e clássico, a madeira pode escurecer ou iluminar um ambiente, trazer um clima moderno ou rústico, além de apresentar tons e texturas diferentes.

barao_itapetininga13.JPG
Carmen Avila ensina como utilizar a madeira nos ambientes. (Foto: Divulgação)

Para Carmem Avila, do escritório Carmem Avila Arquitetura, não é necessário optar por apenas um tipo específico de madeira no décor. Acostumada a realizar a mescla em seus projetos – tanto comerciais, corporativos ou residenciais, a arquiteta ressalta a necessidade de trazer um olhar atento para a combinação e seguir algumas precauções visando não sobrecarregar os ambientes. A seguir, as dicas elencadas por ela para trabalhar o mix com esse importante elemento da natureza.

·         Evite o excesso de texturas

 “Para um ambiente onde a madeira estará presente em grande escala é importante dosar as texturas com elementos de superfícies neutras e uniformes” explica Carmen. 

·         Composição piso e paredes

A arquiteta explica que é possível trazer a harmonia para a utilização da madeira tanto no piso como também nas paredes. Para equilibrar a composição, o segredo é pensar em paredes ou outras superfícies lisas. “Por exemplo, um piso de tacos em palito Ipê e uma das paredes também no mesmo material, podem ser acompanhados por superfícies brancas ou off-white”, destaca.

·         Madeira na cozinha

A aplicação de madeira na marcenaria da cozinha deve ser combinadas com o piso neutro e bancadas uniformes. “Inox, pedras sintéticas ou Corian são materiais que harmonizam com o elemento. Dessa forma, nada impede trazer para a cozinha banquetas de madeira em outro tom, pois as grandes superfícies já equilibram as texturas”, acrescenta Carmem.

·         Composição piso de madeira e móveis de madeira natural

A arquiteta sempre aposta e considera interesse esse tipo de combinação, pois a diversidade de tons da madeira valoriza a leitura do ambiente entre as diferenças das espécies. “Neste caso, é importante que tapetes, estofados, almofadas, papéis de parede ou os objetos decorativos sejam de uma única cor e com pouca ou nenhuma estampa”, indica.

·         Madeira maciça e imitações de madeira

Atenção na mistura de madeiras maciças com imitações. “É importante tomar esse cuidado, pois muitas vezes, a madeira natural pode desvalorizar a peça industrial e vice-versa”, alerta a profissional.

 

Por fim, tenha em mãos amostras dos materiais que pretende instalar em um mesmo ambiente. “Esse recurso facilita a definição dos demais elementos do espaço”, finaliza Carmem.

Aser Decor sugere papeis de parede diferenciados para todos os tipos de ambientes

Variações de cores, texturas e estampas podem criar um visual moderno, tradicional, aconchegante ou espaçoso

Os papeis de parede são tendências e excelentes alternativas para aqueles que pretendem mudar a decoração da casa sem gastar muito. Existe uma variedade de opções que vão dos mais clássicos ao despojado, dentre eles estão os desenhos geométricos, neutros, com flores, listras e estampas de animais.

Papel de parede quarto.jpg
Aser Decor sugere papeis de parede para os mais variados ambientes. (Foto: Divulgação)

Segundo Daniel Palhares, proprietário da Aser Decor, diferente do que muitas pessoas pensam, os papeis de parede não estão restritos apenas as salas e living, também estão presentes na cozinha, quarto e até no lavabo. “ Para decorar um ambiente devemos levar em conta o gosto do proprietário da casa, mas não basta apenas gostar do designer, é preciso pensar no tamanho do local, móveis e decoração que irão compor o espaço”, afirma.

A escolha do papel de parede também faz toda a diferença, alguns modelos fazem com que os cômodos pareçam maiores ou menores, mais ou menos iluminados. As variações de cores, texturas e estampas podem criar um visual moderno, tradicional, aconchegante ou espaçoso.

Além das vantagens estéticas e econômicas, a instalação do papel de parede é simples e não deixa cheiro e nem resíduos na casa. “Depois de aplicado permanece perfeito por mais de cinco anos, uma duração maior que de algumas tintas”, ressalta o empresário.

Os papeis de paredes custam podem ser adquiridos pelo site http://www.aserdecor.com.br ou pessoalmente na loja  da Aser Decor,  localizada na Av.  Pompeia, 887, São Paulo, de segunda a sexta-feira, das 9 às 19hrs, e aos sábados das 9 às 14hrs.

Ambientes compactos pedem soluções para fazer a área render.

A Duravit possui uma variedade de itens que ajudam nessa missão

Banheiros com metragens reduzidas também podem ser confortáveis e belos. Para isso, basta adotar algumas práticas simples que vão otimizar cada centímetro, a exemplo do uso de prateleiras na vertical. Para auxiliar com mais soluções a Duravit reuniu algumas dicas que vão fazer toda a diferença na hora de construir ou reformar.

Cores neutras

(Foto: Divulgação)
(Foto: Divulgação)

O uso de cores claras, como o branco, reforça a iluminação e traz a sensação de amplitude ao ambiente. Além disso, revela os cuidados com a higiene do local. Não significa que o uso de tons mais fortes seja proibido, mas é preciso tomar cuidado para não sobrecarregar o visual.  O colorido é sempre bem-vindo nos detalhes, capazes de valorizar e alegrar a decoração.

Móveis auxiliares

(Foto: Divulgação)
(Foto: Divulgação)

Eles colaboram com a organização e a otimização de qualquer ambiente. Prateleiras na vertical são as melhores opções para aproveitar o espaço. ”Caso prefira armários, opte pelos modelos suspensos, fixados na parede, pois facilitam a limpeza e dão a impressão de um banheiro maior”, comenta Sergio Alarcon, diretor da Duravit do Brasil.

Louças sanitárias

(Foto: Divulgação)
(Foto: Divulgação)

Essenciais para qualquer estilo de banheiro, as cubas e as bacias merecem atenção especial em lugares com a metragem reduzida. “Para as cubas, a dica é adotar os modelos de semi-encaixe, já que necessitam de bancadas menores. Também vale optar pelas versões de canto, que aproveitam melhor os espaços”, explica Sergio Alarcon.

Para conquistar uma atmosfera moderna ao banheiro e garantir a higiene redobrada, a Duravit oferece uma lista vasta de bacias suspensas, e ainda conta com modelos Compact, que favorecem na questão de amplitude de espaço. Com apenas 48 cm de avanço, a peça é montada na parede deixando a circulação mais fluida. Ela também facilita a limpeza do piso. Mas se optar por modelos convencionais, a Duravit disponibiliza alguns modelos que se encaixam perfeitamente em áreas reduzidas, a exemplo da linha D-Code, com 56 cm, e a Starck, com 58 cm.

Espelhos 

(Foto: Divulgação)
(Foto: Divulgação)

Não é segredo nenhum que os espelhos são ótimos aliados quando se tratam de ambientes compactos. No banheiro, além de trazer a sensação de amplitude, eles garantem a funcionalidade na hora de se arrumar, fazer a barba ou se maquiar. Dependendo do local, os espelhos podem ocupar um pequeno espaço ou mesmo a parede inteira. “É preciso tomar alguns cuidados na hora de escolher os espelhos, como evitar que fiquem próximos da luz, já que o reflexo pode causar incômodo e até quebrar o efeito de amplitude”, explica Sergio. Há também os espelhos com armário embutido em que a economia de espaço é ainda maior.

Ana Bartira apresenta dicas de como deixar a casa mais aconchegante no inverno

Para dar as boas vindas ao friozinho é essencial realizar o planejamento adequado para todos os cômodos da residência

O inverno chegou com tudo nesse ano e mais do que um chocolate quente para se aquecer, é necessário preparar a casa para recebê-lo e ficar aconchegante. São diversas opções na hora de decorar os ambientes, podendo apostar em diversos tecidos como, os mais grossos, tricôs, pele sintética ou camurça.

“Uma lareira pode tornar o ambiente muito mais quentinho e sofisticado, mas para quem não tem não se preocupe, pois é somente uma questão de saber como utilizar os detalhes para realizar uma decoração inovadora e transformar a casa para que fique bela e quente, como o uso de tapetes, mobiliários, cortinas e acessórios de veludo, ou até mesmo a troca do revestimento do piso frio pelo de madeira”, afirma a arquiteta Ana Bartira.

Ana Bartira dá dicas para deixa o ambiente mais aconchegante no inverno. (Foto: Divulgação)
Ana Bartira dá dicas para deixa o ambiente mais aconchegante no inverno. (Foto: Divulgação)

Para os amantes do clima de frio e que querem unir a sensação de aconchego à personalização da casa podem iniciar com a utilização de lâmpadas amareladas que transmitem a impressão de calor. Outra alternativa é escolher tapetes grandes que completem toda a área, assim como, apostar em edredons grossos e com cores vibrantes para o quarto. As almofadas também se tornam importantes acessórios, pois além de decorar, elas podem ser de tecidos quentinhos.

Se a intenção é modificar completamente a casa é possível optar por pisos e mobiliários com revestimentos de madeira que são mais quentes dos que os de porcelanato, por exemplo, e ainda atribuem um toque rústico ao ambiente. Desde a sala de estar, cozinha, banheiro e quarto, todos os cômodos podem ser customizados para receber o frio de braços abertos proporcionando o conforto e o capricho na decoração.

Lepri participa da CASA COR São Paulo 2016

A Lepri – Finas Cerâmicas Rústicas, pioneira na produção de pisos e revestimentos cerâmicos sustentáveis, participará da CASA COR São Paulo 2016, a mais completa mostra de arquitetura, decoração e paisagismo das Américas. Durante os dias 17 de maio a 10 de julho, no Jockey Club de São Paulo (Av. Lineu de Paula Machado, 775 – Cidade Jardim), o público poderá conferir os revestimentos da Lepri que estarão em diversos ambientes da mostra.

Lepri está presente na Casa Cor 2016.  (Foto: Divulgação)
Lepri está presente na Casa Cor 2016. (Foto: Divulgação)

No espaço da CASA AQUA, os arquitetos Rodrigo Mindlin Loeb e Caio Dotto desafiaram o olhar sobre as questões sustentáveis e a necessidade de refletirmos sobre a utilização consciente de recursos dentro das casas. Para revestir os pisos e as paredes do banheiro e da cozinha do ambiente projetado, os arquitetos utilizaram o revestimento Invecchiatto, na cor Paglia, no formato 11,5 x 11,5 cm. Por ser fabricado com materiais naturais e possuir acabamento envelhecido e bordas arredondadas, este revestimento ecológico proporciona uma agradável sensação térmica, tanto no verão quanto no inverno, e também ao tato. Aplicado em assentamento diagonal, ele proporciona profundidade ao ambiente, podendo ser aplicado em áreas internas e externas.

O Café Deli Deola, projetado pela arquiteta Idália Daudt, é inspirado nos grandes e modernos cafés e bistrôs das cidades de Paris, Londres e Nova York. O espaço é amplo e integra as áreas internas com o ambiente externo, tornando-o mais iluminado soba incidência da luz solar. Nas paredes, foi utilizado o revestimento Brick Natura, que reproduz a aparência de tijolos de demolição, com veios ressaltados, na cor Cappuccino – desenvolvido a partir de uma nova técnica de reaproveitamento de rejeitos de mineração, nesse caso da lama da barragem de Fundão da cidade de Mariana, em Minas Gerais, medindo7 x 26 cm, com 1 cm de espessura.

Lepri está presente na Casa Cor 2016.  (Foto: Divulgação)
Lepri está presente na Casa Cor 2016. (Foto: Divulgação)

A restauração do Restaurante do Jockey, que será operado pelo Badebec, foi projetado pela arquiteta Bárbara Jalles, que uniu a usabilidade do espaço já existente com o requinte da CASA COR. Para compor a entrada do ambiente, a arquiteta escolheu o revestimento em novo formato, lançado na Expo Revestir 2016, o Brick Contemporâneo – inspirado nos tijolos ingleses e norte-americanos, nas cores Nagoya e Notte, no formato 7 x 46 cm, com 1cm de espessura. Os pisos da varanda e do restaurante foram revestidos com o Brick Anticatto na cor Nero, que possui uma textura lisa com bordas de acabamento arredondadas pelo processo de envelhecimento, medindo 7 x 23 cm. Para a área ao redor da piscina anexa ao Restaurante, o mesmo revestimento Brick Contemporâneo, na cor Torrone White, foi utilizado em dois formatos 7 x 23 cm e 7 x 46 cm, ambos com 1 cm de espessura em assentamento escama de peixe – aplicado em todo o projeto. “Os revestimentos estão harmonizados aos elementos do projeto, mantendo a rusticidade e a elegância presente nos mobiliários e nas misturas de texturas como madeira, vidro e aço corten”, comenta Bárbara Jalles.

Para o espaço da Garagem Renault, projetado pela arquiteta Ana Maria Vieira Santos, o revestimento escolhido para os pisos do ambiente foi o Brick Contemporâneo, na cor Nagoya, medindo 7 x 46 cm com 1cm de espessura. Indicado para pisos e paredes de áreas internas ou externas, o revestimento é resistente e de fácil aplicação.

Lepri – Finas Cerâmicas Rústicas na Casa Cor São Paulo 2016
Datas e horários
: de 17 de maio a 10 de julho, de terça a quinta, das 12h às 21h; sexta, sábado e feriados, das 12h às 21h30 e aos domingos, das 12h às 20h.
Local: Jockey Club de São Paulo – Av. Lineu de Paula Machado, 1.075 –  Cidade Jardim – São Paulo
Ingresso: R$ 26 a R$ 150

Panvel Casa lança nova fragrância

Linha Âmbar oferece sensação de harmonia e relaxamento aos ambientes

Um produto relacionado a um ambiente energizado que ajude a oferecer uma sensação de harmonia e de relaxamento. Esta é a proposta na Panvel Casa Âmbar, que chega para compor a linha da rede lançada no final do ano passado.

Panvel Casa lança nova fragrância. (Foto: Divulgação)
Panvel Casa lança nova fragrância. (Foto: Divulgação)

Disponíveis em difusor de aromas, home spray (para perfumar ambientes) e sachê perfumado (pode ser usado em closets, automóveis e bolsas), a linha tem como característica principal a fragrância amadeirada, com notas de sândalo, musk e baunilha mescladas com o toque imponente do âmbar. O design de suas embalagens misturou as cores acastanhado e os tons característicos da pedra âmbar, conhecida misticamente por estar em harmonia com as energias da terra.  A novidade também é uma ótima opção de presente.

Os produtos da linha Panvel Casa Ambar são encontrados nas mais de 350 lojas da Panvel no RS, SC, Curitiba e Londrina e na loja online panvel.com, com entrega em todo o País.

 

Conheça melhor os produtos da linha

– Panvel Casa Âmbar com aroma agradável e elegante, proporciona sensação de bem-estar e harmonia ao ambiente. Seu odor amadeirado mescla notas de sândalo, musk e baunilha com o toque imponente do âmbar, tornando-se uma fragrância ideal para perfumar a casa.

– Panvel Casa Bambu possui um aroma agradável e moderno, equilibrado entre folhas verdes com o toque cítrico do bambu e notas de musk. A mistura ajuda a deixar o lar com ar mais alegre e intenso, com uma atmosfera leve e refrescante

As várias facetas das estantes

Elas se modernizaram e estão se tornando cada vez mais versáteis. O uso criativo das estantes em projetos de interiores mostra que as possibilidades são infinitas

Quando falamos em estantes, o primeiro pensamento que vem à cabeça é: um móvel para colocar livros e expor adornos. Porém, a criatividade de designers e arquitetos mostra que é possível ir além. As estantes estão cada vez mais modernas, criativas e versáteis.

Ao invés de criar um jardim vertical, a designer Melina Mundim preferiu dispor os vasos de plantas na estante dando uma nova função ao móvel. (Foto: Rodrigo Tozzi)
Ao invés de criar um jardim vertical, a designer Melina Mundim preferiu dispor os vasos de plantas na estante dando uma nova função ao móvel. (Foto: Rodrigo Tozzi)

Um ótimo exemplo disso é o uso totalmente novo que a designer de interiores Melina Mundim deu para a estante de u living que projetou: o móvel foi utilizado para exibir vasos de plantas.  “O design limpo da estante conversa muito bem com o ambiente. As estantes, se bem trabalhadas, podem ser ícones do espaço. Com um design interessante, ela chama bastante atenção”, avalia Melina.

Já o arquiteto Junior Piacesi, inovou ao criar uma estante assimétrica e com iluminação. Neste caso, a estante foi o elemento surpresa do projeto, mas ele ressalta as várias outras funções do móvel no ambiente. “Todo projeto de arquitetura tem que ter uma pegada de surpresa. As estantes têm várias funcionalidades e podem ser inseridas em vários espaços. Elas podem ser utilizadas para dividir os ambientes, como um quarto do casal integrado a uma antessala do quarto, por exemplo. Ou ser colocada em toda a parede de um corredor. A estante te convida a utilizar aquele espaço”.

Com a colocação de lâmpadas na estante, Júnior Piacessi deu função também de lustre ao móvel. (Foto: Gustavo Xavier)
Com a colocação de lâmpadas na estante, Júnior Piacessi deu função também de lustre ao móvel. (Foto: Gustavo Xavier)

Já para quem tem dúvidas sobre quais materiais utilizar na marcenaria da estante, Melina dá dicas: “Laca é a melhor opção já que a maioria é em madeira. As estantes de ferro oxidado são muito bem-vindas na decoração também. Dependendo da estante, pode ser toda espelhada. Tudo varia de acordo com a decoração do ambiente”.

Assim como a função no ambiente e o material utilizado, pode variar também os elementos inseridos na estante. “A iluminação e o paisagismo são complementos da estante, assim como livros, adornos, lembranças de viagens, vai depender da função que você escolher para a sua estante. Madeira, vidro, MDF e metal são comumente usados para criar as estantes e, a partir daí, podem receber a criatividade de cada um”, resume Junior Piacesi, evidenciando que criatividade é a palavra chave para valorizar o uso deste elemento no décor.