Arquivo da tag: Animais

Cia do Móvel lança bancos de bichinhos

Desenvolvido em parceria com o Ateliê Bloomy Home, coleção possui seis opções

Meigo e funcional. Essa é a proposta da linha de bancos em formato de bichinhos, desenvolvidos pela Cia do Móvel, referência em móveis infantis e juvenis, em parceria com o Ateliê Bloomy Home. A coleção, intitulada Amigos da Floresta, possui seis opções: urso Boo, coelho Peppe, ovelha Lily, leão King, dinossauro Fred e unicórnio Mel. O objetivo é que o objeto seja um móvel e um brinquedo ao mesmo tempo.

Feito em madeira maciça, o banco, que suporta até 150 quilos, possui uma capa de tecido lavável e antialérgico. A proposta é a de um móvel funcional, em que a criança possa brincar e se sentar. “Trata-se de um objeto que faz parte da decoração, que interage não apenas com o ambiente, mas com o dia a dia da criança”, explica Lisiane Zappacosta, do Bloomy Home.

Para a Cia do Móvel, o produto vem para complementar um amplo portfólio no ramo de móveis infantis e juvenis. “Estamos diversificando cada vez mais a nossa oferta de produtos. Estamos trabalhando para sermos cada vez mais parceiros dos pais na escolha do que há de melhor para seus filhos”, finaliza Rodrigo Pinto, diretor comercial da empresa.

Serviço:

Bancos Animais da Floresta

Preço sugerido: R$ 480,00

Onde encontrar: https://www.ciadomovel.com.br/produtos/categoria/amigosdafloresta/

Animal Planet agita as férias do Shopping Metrô Itaquera

Atração inédita fica aberta ao público até o dia 3 de fevereiro e conta com realidade virtual, brincadeiras e réplicas de animais em tamanho real

O Shopping Metrô Itaquera entra na segunda semana do evento temático no Brasil da Animal Planet, canal de entretenimento do mundo animal. A atração inédita, idealizada pela 2a1 Cenografia, uma das principais empresas de cenários interativos para centros empresariais, ficará aberta aos frequentadores do estabelecimento até o dia 3 de fevereiro.

A atração montada na Praça de Eventos, em uma área de 180 m², traz ao público experiências em realidade virtual, como mergulhar no mar em uma gaiola e nadar de perto com o tubarão branco, o animal mais temido dos oceanos.

Animal Planet é atração no Shopping Metrô Itaquera. (Foto: Divulgação)

Outras feras também têm espaço nesta divertida brincadeira, por exemplo, o urso polar. Para cumprir todo o circuito, o público precisa passar pela caverna deste que é um dos maiores mamíferos do planeta. Já para os mais destemidos, o desafio é brincar e fazer carinho num imponente tigre virtual.

Além disso, o espaço conta com o Voo da Águia, onde as pessoas podem voar até a lua em um jogo superdivertido em realidade virtual.

A arena conta ainda, com vídeos culturais e réplicas de animais em tamanho real, por exemplo, o famoso elefante da savana africana, com mais de 3 metros de altura e uma exposição interativa com fatos curiosos do mundo animal.

Serviço

Animal Planet no Shopping Metrô Itaquera

Data: Até 03 de fevereiro

Horário: De segunda-feira a sábado, das 10 às 22 horas, domingos e feriados, das 14 às 20 horas

Local: Praça de Eventos do Shopping Metrô Itaquera (Av. José Pinheiro Borges, Itaquera, em frente à Nike)

Entrada gratuita

Tiffany & Co. apresenta sua nova coleção de joias Save the Wild

Desde o seu lançamento em 2017, a Tiffany continua com sua promessa de 100% de lucros e uma doação total de US$ 4 milhões em apoio à conservação da vida selvagem até janeiro de 2020

A Tiffany & Co. revela sua coleção Tiffany Save the Wild com novos modelos. A coleção expandiu para incluir leões e rinocerontes, além de elefantes, tudo em apoio à Wildlife Conservation Network e seus inovadores fundos de crise para salvar animais selvagens africanos ameaçados de extinção.

Como parte do compromisso contínuo da Tiffany com a sustentabilidade e conservação, 100% dos lucros da Coleção Tiffany Save the Wild apoiarão a proteção das respectivas espécies ameaçadas de extinção: o elefante, o rinoceronte e o leão. A Tiffany & Co. é particularmente dedicada ao bem-estar do continente africano, onde obtém muitos dos diamantes e pedras preciosas e operam oficinas de lapidação e polimento de diamante.

347637_830389_tiffany_save_the_wild_r__2.985__cada__web_.jpg
Tiffany lança coleção de animais. (Foto: Divulgação)

Depois de lançar a coleção em 2017 como parte da campanha #KnotOnMyPlanet, a Tiffany já mais que dobrou seu compromisso original, com US$ 2 milhões arrecadados a partir de abril de 2018 para apoiar os melhores investimentos em redução da demanda de combate à caça, combate ao tráfico e marfim . Como resultado, o Fundo de Crise de Elefantes da Rede de Conservação da Vida Selvagem, junto com seus parceiros, fez lobby com sucesso pelo fechamento do comércio doméstico de marfim na China e em Hong Kong. A Tiffany se compromete ainda com uma doação mínima adicional de US$ 2 milhões até 31 de janeiro de 2020. Com esses novos encantos, a Tiffany continua seus esforços para aumentar a conscientização pública e contribuir com os recursos financeiros necessários para proteger a fauna ameaçada e seus ecossistemas ameaçados.

“Por mais de 180 anos, a Tiffany & Co. tem se inspirado na beleza do mundo natural – por isso, acreditamos que temos um imperativo moral para protegê-lo”, disse Anisa Kamadoli Costa, diretora de sustentabilidade da Tiffany & Co. “ Por isso, estamos especialmente entusiasmados por poder dar o nosso apoio aos esforços de conservação da vida selvagem através do importante trabalho da Wildlife Conservation Network ”.

De proteção ao ecossistemas marinhos do mundo a realocação de rinocerontes negros para portos seguros em Botsuana, Tiffany tem sido uma defensora de longa data da conservação da vida selvagem em todo o mundo. Em colaboração com a Aliança de Tráfico de Animais Selvagens dos EUA em 2016, a marca juntou-se a uma coligação de 16 empresas que estão empenhadas em impedir a procura de produtos ilegais da vida selvagem.

Desde a sua criação em 2000, a Tiffany & Co. Foundation concedeu mais de US$ 70 milhões em subsídios focados em esforços de conservação, incluindo conservação de corais e marinhos, e mineração responsável. A missão da Fundação de preservar as paisagens e marinhas mais valorizadas do mundo alinha-se perfeitamente com o compromisso complementar da Tiffany com a conservação. Com a Save the Wild Collection, a Tiffany & Co. está criando novos financiamentos significativos através de suas vendas de produtos corporativos para criar um futuro positivo para espécies ameaçadas de extinção.

“Com mais da metade da vida selvagem perdida nos últimos 50 anos e menos de 1% da filantropia para conservar o mundo natural, o planeta precisa da liderança criativa e insuperável da Tiffany & Co.”,  disse o Dr. Jeffrey Parrish, vice presidente de Conservação na Wildlife Conservation Network. “Estamos orgulhosos de garantir que 100% do apoio da Tiffany vá para as melhores ideias de qualquer instituição para salvar essas espécies”.

Disponível em prata de lei e ouro rosa 18k, os mais novos encantos da Coleção Tiffany Save the Wild podem ser comprados nas lojas e online a partir de outubro de 2018. Uma edição especial do broche de diamante elefante estará disponível apenas na loja principal da Fifth Avenue.

3 passeios que você nunca imaginou que poderia fazer no norte Noruega

A região norte da Noruega é famosa entre os turistas, principalmente pelos fenômenos da aurora boreal e do sol da meia-noite, e também pelos icônicos passeios de trenó, do tradicional povo Sami e muito mais. Além disso, a região oferece diversas opções inusitadas, que poucos conhecem. Confira abaixo três passeios bem diferentes para fazer no norte da Noruega:

Cavalgada na aurora boreal

Cavalgando-na-aurora-boreal-1024x690
(Foto: Divulgação)

No norte da Noruega, existem diversas maneiras inusitadas de experenciar a aurora boral, uma delas é um tour feito a cavalo nas ilhas Lofoten, no vilarejo de Vågan. O lugar é ideal para visualizar o fenômeno já que não tem poluição ou muita iluminação e nem montanhas bloqueando a visão. Até mesmo iniciantes podem participar dessa cavalgada, que pode ser feita individualmente ou em grupo. Mais informações

Dormindo com animais do ártico

Dormindo-com-os-animais-do-ártico-1024x576
(Foto: Divulgação)

O Polar Park é uma atração localizada mais ao norte de todo o mundo. Lá é possível observar a fauna típica do ártico, composta por ursos, linces, lobos, renas, alces e muito mais. Existem lodges no vilarejo de Bardu que oferecem uma experiência única de acomodação, com paredes de vidro que permitem observar os animais que circulam nas proximidades.Mais informações

Passeio em caverna

Explorar-uma-caverna-1024x681
(Foto: Divulgação)

Na região norte da Noruega existem diversas cavernas, de todas as formas e tamanhos. Algumas são tão estreitas que é preciso se espremer para passar por elas, já outras são enormes e possuem até mesmo pequenas cachoeiras e lagos repletos de peixes dentro delas. Não é aconselhado aos turistas fazer este tipo de passeio sozinho, mas existem muitos guias treinados, prontos para levar grupos para essas aventuras. Os distritos de Salten e Helgeland são ideais para essa atividade. Mais informações

NAT GEO WILD APRESENTA OS ANIMAIS MAIS FASCINANTES DOS OCEANOS NA PRODUÇÃO ORIGINAL “PELOS MARES DO MUNDO”, COM LAWRENCE WAHBA

Série percorre 20 países para mostrar o comportamento e desfazer mitos sobre tubarões, raias, baleias, golfinhos, polvos e alerta sobre a ameaça aos recifes de coral

No sábado, 21 de Janeiro, às 21 horas, o NAT GEO Wild estreia a nova série “Pelos Mares do Mundo”, uma produção original FOX Networks Group Brasil e Canal Azul, apresentada por Lawrence Wahba, ganhador do Emmy Awards 2013 com o programa do National Geographic, “América Selvagem” (Untamed America). Última fronteira a ser explorada no planeta, o mar guarda muitos mistérios e sempre aciona a imaginação humana. Relatos de antigos marinheiros, como o do polvo com braços imensos, capazes de agarrar barcos, ainda circulam entre navegadores. “Qual o verdadeiro tamanho de um polvo gigante? A que profundidade eles vivem?”, são alguns dos questionamentos respondidos ao longo da série.

Sem título.jpg
Lawrence Wahba nada como gigantes dos mares em novo programa do Nat Geo Wild. (Foto: Divulgação)

Para Zico Goes, Diretor de Conteúdo da FNG Brasil “É incrível a oportunidade de trazer para o Nat Geo Wild o apuro técnico e estético que sempre marcaram a carreira de Lawrence Wahba. Uma combinação perfeita para um canal apaixonado pela vida selvagem e pela

Nos últimos cinco anos, Wahba percorreu paisagens submarinas em 20 países, capturando imagens incríveis de 45 locações. Para produzir os cinco episódios da série, ele ainda utiliza seu vasto acervo de mais de duas décadas de gravações. Em um dos episódios de “Pelos Mares do Mundo” o protagonista é o tubarão, considerado por muitos como o “monstro assassino” dos oceanos. Wahba discorda desse título, já que após fazer mais de mil mergulhos ao lado deles, tem propriedade para questionar quem é o verdadeiro monstro. “Anualmente, o homem mata por volta de 100 milhões de tubarões para utilizar suas nadadeiras, colocando mais de 76 espécies em risco de extinção”, contrapõe o apresentador.

Além das imagens impressionantes e da narração informal, abordando aspectos científicos como se conduzissem uma conversa com o espectador, os episódios utilizam recursos gráficos para fixar informações relevantes. Um aparato de alta tecnologia, como o pequeno submarino que permite alcançar mais de 500 metros de profundidade, é utilizado quando Wahba vai em busca de uma rara espécie de polvo das profundezas. Seja qual for o tamanho de um cefalópode (do grego: cabeça com pés), ele pode ser bem mais inteligente do que se pode supor.

Os mares da América, da Oceania e as águas do Pantanal brasileiro são visitados por Wahba para investigar se as raias são, de fato, animais agressivos. Após a morte do apresentador de TV e naturalista australiano Steve Irwin, em 2006, o noticiário internacional anunciou que o coração de Irwin foi atingido pelo ferrão do animal. Depois nadar lado a lado dos mais diversos tipos de raias com ferrão, mesmo as temidas raias de água doce no Brasil, a conclusão de Wahba é surpreendente e revelada em “Pelos Mares do Mundo”.

Entre os mais inteligentes e intrigantes animais dos mares, golfinhos e baleias surgem como seres que impressionam por conseguir “se comunicar com os humanos”. Em Laguna, Sul do Brasil, os golfinhos-nariz-de-garrafa até trabalham em sintonia com pescadores, pastoreando tainhas na pesca com tarrafa. No episódio da série sobre recifes de coral, Wahba mostra as espécies deste animal marinho como símbolo de ecossistema equilibrado e indicador da saúde dos oceanos. E no programa é possível compreender a interconexão delicada deste universo: a pesca predatória, em larga escala, diminui a população de tubarões. E sem tubarões em quantidade e diversidade ideais, a saúde dos corais é afetada, ameaçando verdadeiras cidades submarinas, que cobrem 1% dos oceanos e abrigam ¼ de todas as espécies marinhas.

“Pelos Mares do Mundo” é a nova série do NAT GEO Wild, com estreia em 21 de Janeiro, às 21 horas. O programa tem 5 episódios de 30 minutos cada e é uma produção original da FOX Networks Group Brasil e Canal Azul, apresentada por Lawrence Wahba.

Aquário de São Paulo é uma ótima opção para aproveitar as férias na capital

Por Gabriela Zaniratto e Rodrigo Bocatti

Quando se fala em férias de verão logo se pensa em curtir praia ou piscina, porém muitas pessoas irão ficar em São Paulo e os pais têm que criar alternativas para passeios com as crianças. O Aquário de São Paulo é uma boa opção para os pequenos em janeiro.

Localizada próximo à estação Santos-Imigrantes, da linha 2 – Verde do Metrô, o Aquário reúne diversas espécies do universo aquático do Brasil e do mundo. Passando pelos corredores, os visitantes podem ver espécies de jacarés, peixes, arraias e moreias. A decoração do local chama a atenção de todos e promove uma verdadeira viagem ao fundo do mar. A cenografia é composta por partes submarinos, barco pirata e muitas outras boas surpresas.

20161217_144811
Cenografia de submarino faz parte da decoração do Aquário de São Paulo. (Foto: Gabriela Zaniratto)

Seguindo pelo caminho você se depara com uma ponte, onde no lago abaixo existem grande e lindas carpas, que colorem o ambiente. Uma pequena cor antes de ver o rei dos mares.

20161217_145401
Tubarões prendem a atenção de todos. (Foto: Gabriela Zaniratto)

Com a sensação de estarmos dentro de um submarino, e em um dos maiores tanques do Aquário, é possível avistar algumas espécies de tubarões, que pelo design da cabine, faz com que alguns passem literalmente por cima das cabeças. As crianças ficam fascinadas com o tamanhos dos animais e é uma diversão para toda a família.

Passando a fascinação pelos tubarões é hora de se divertir um pouco com os pinguins, que vez ou outra fazem a festa dos visitantes, com exibições espontâneas. Mas mesmo sem mergulhos eles são fofos e é indispensável vê-los e se admirar com essas aves aquáticas.

Após a primeira parte da visitação é possível aproveitar o almoço dentro do próprio Aquário, que oferece lanches ou comidas, para ter energias para continuar o passeio. E poder ver o único peixe-boi presente no local, em meio a diversos peixes e no tanque do lado tem o show particular das focas, que divertem os visitantes, assim como a lontra e o tamanduá – o aquário apoia o Projeto Tamanduá.

Após simular uma verdadeira ponte aérea, é hora de entrar em terras africanas e australianas. Podemos ver lêmures, suricatos, morcegos, macacos colobus e cangurus, além de animais pouco conhecidos dos brasileiros, como a equidina, um mamífero que bota ovos que foi uma das mascotes das Olimpíadas de Sidney, em 2000.

O vombate é um animalzinho muito fofo. Ele lembra uma raposa e um coala, pelo seu jeito e sua pelugem. Porém, a grande atração atualmente é o casal de Coalas, Billy e Julie (únicos da espécie em exposição no Brasil), que fazem a alegria de todos, pelo seu jeito fofinho de ser. Apesar de dormirem muito, ao final da tarde é hora de saborearem seus galhos de eucaliptos e os visitantes podem acompanhar a refeição.

20161217_162714
Coala em seu momento de alimentação. (Foto: Gabriela Zaniratto)

Outra atração que chama bastante a atenção são os ursos polares, um casal que faz toda uma performance para os visitantes e podem ser vistos também no subsolo do aquário, por onde é possível acompanhá-los quando estão embaixo d’água.

Os shows dos leões marinhos também são disputados por quem visita o ambiente. Há uma interação entre tratadores e os animais, que se exibem e fazem muitas gracinhas em troca de petiscos.

Fazendo uma avaliação final, o Aquário de São Paulo é um roteiro para toda família, onde as crianças e adultos ficam maravilhados com tantas espécies em exibição. A diversão rola solta lá dentro e as crianças ficam felizes e saem com os olhos brilhando de felicidade, além de muito mais conhecimento e consciência sobre o mundo animal.

Aquário de São Paulo

Endereço: Rua Huet Bacelar, 407 – Ipiranga

Horários de funcionamento: 9h às 19h.

Bilheteria e entrada permitida até às 17h

Preço: crianças de 3 a 12 anos – R$ 50

Ingresso adulto – R$ 80,00

Ingresso melhor idade/professor* – R$ 40,00

Site: http://www.aquariodesp.com.br/

Telefone: (11) 2273 – 5500

*Válido para professores/pedagogos de Educação infantil, Ensino fundamental I e II, Ensino Médio e Curso Superior que ESTÃO EM ATIVIDADE e com IDENTIFICAÇÃO FUNCIONAL E HOLERITE

Diversão: sandálias da coleção ‘Meus Bichinhos’ são aposta certeira para o alto-verão 2017

diversao_r29%2c90_sac-0800-6422600_ref-di4048-sapoPaixão absoluta entre o público infantil, os pets sempre conquistam um lugar especial ao lado das crianças. E para representar essa relação de carinho e amizade, a Diversão Calçados aposta em uma linha de sandálias como parte da coleção ‘Meus Bichinhos’.

Perfeitos para as temperaturas intensas do verão brasileiro, os modelos surgem em quatro opções diferenciadas, estampadas por animais que vão desde os selvagens até os domésticos: gato, sapo, cachorro e tigre. Os detalhes ornam com tonalidades de off-white, rosa, verde, nude, caramelo e preto. Desenvolvidas em materiais leves e flexíveis, as sandálias possuem numeração do 18 ao 24.

AQUÁRIO DE SP RECEBE COALAS

Rigorosas exigências, como o plantio de diversas espécies de eucaliptos, foram seguidas à risca, concedendo ao complexo a oportunidade de cuidar dessas espécies

O casal de coalas Princesa Julie e Rei Billy vieram do zoológico Darling Downs Zoo, na Austrália e desembarcaram no Aquário de São Paulo rumo a um objetivo extremamente importante: chamar a atenção do público para a necessidade de conservar os ambientes naturais, em especial as florestas.

Aquário de São Paulo recebe casal de coalas. (Foto: Divulgação)
Aquário de São Paulo recebe casal de coalas. (Foto: Divulgação)

Há 4 anos, o Aquário de São Paulo iniciou as conversas com o governo australiano para viabilizar a vinda desses animais, símbolo da Austrália, para o Brasil. Uma extensa documentação contendo todas as condições para receber as espécies foi apresentada ao governo australiano, desde estrutura, equipes, rotinas de manejo, cuidados com os animais, projetos de conservação e educação ambiental e até mesmo a construção do recinto – desenvolvido de acordo com as normas para atender as necessidades da espécie – foram pré-requisitos para a aprovação.

Seguindo as exigências do governo australiano, o Aquário de São Paulo ainda enviou para a Austrália dois biólogos e uma veterinária, integrantes de sua equipe técnica, para aprimorar seus conhecimentos e obter intenso treinamento para o manejo da espécie.

A dieta alimentar da Princesa Julie e do Rei Billy também entrou nas exigências. Em 2014, teve início a plantação de eucaliptos para garantir o fornecimento de alimento, contando ainda com uma lista das espécies de eucaliptos específicas da preferência dos coalas e que podem variar ao longo do tempo. Tudo para garantir a qualidade de vida dos animais. A plantação conta com o apoio do IPEF, Instituto de Pesquisas e Estudos Florestais.

Conscientização

O Aquário de São Paulo, considerado uma referência na manutenção e manejo de animais e com conceituados projetos de conservação, acredita que a presença e o carisma dos coalas conseguem transmitir, sensibilizar e conscientizar o público, alertando sobre os problemas de desflorestamento e perda de habitat, pois esses animais dependem exclusivamente das florestas tanto para se alimentarem quanto para viverem.

Puppy Look é novo aplicativo para universo pet

Reunindo todos os serviços e produtos do segmento, o aplicativo possibilita a criação de um perfil do pet 

O Puppy Look é um aplicativo gratuito voltado para todo o mercado de produtos e serviços pet.  Inteiramente desenvolvido por brasileiros, o app diferencia-se por possibilitar a criação de um perfil para o pet do usuário, com informações que irão auxiliar o dono a lembrar dos dias para tosa, banho e vacinas, além de facilitar a busca por hotéis para animais, passeadores de cães e serviços em alta, como o lar temporário, no qual uma pessoa oferece a própria casa para ficar temporariamente com um bichinho por um valor combinado.
O aplicativo foi criado pela startup Smart Moving Mobile e, conforme o CEO Pierre Muto, a ideia é disponibilizar uma plataforma de conveniência completa para animais domésticos. “Todos que participaram do desenvolvimento do projeto gostam muito de animais”, comenta Muto. “Pensamos na praticidade de aplicativos para serviços e chegamos à conclusão de que era necessário criar um marketplace exclusivo para eles, onde também fosse possível oferecer um ambiente colaborativo para os donos dos pets.”

Smart Moving Mobile lança aplicativo voltado para os pets. (Foto: Divulgação)
Smart Moving Mobile lança aplicativo voltado para os pets. (Foto: Divulgação)

Além da possibilidade de fazer um perfil para o pet, a cada compra ou contratação de serviços feita pelo aplicativo será doado R$ 1,00 para uma ONG que cuide de animais abandonados. A primeira ONG registrada para recebimento dessas doações é a Focinho Abandonado. Posteriormente, a empresa desenvolvedora do app fará uma pesquisa para definir outras ONGs adequadas para receberem  as doações.
Enquanto outras empresas ainda investem na web, a Puppy Look optou por apostar na tendência mobile first, ou seja, priorizar smartphones e tablets disponibilizando a solução para plataformas iOS e Android. “O futuro do e-commerce será mobile”, avalia Muto. “É possível observar uma tendência de migração completa para o mobile e, consequentemente, para a utilização de aplicativos, por isso optamos por essa estratégia. Além disso, considero este o melhor caminho para conquistar o mercado de e-commerce para animais domésticos no mundo todo.”
Atualmente o Brasil é o segundo maior mercado pet, atrás apenas dos Estados Unidos.  Em 2014, o setor cresceu 8% e alcançou um faturamento de R$ 16,7 bilhões. Neste ano, a estimativa é que o mercado movimente R$ 17,9 bilhões, valor equivalente ao faturamento dos eletrodomésticos de linha branca.