Arquivo da tag: Argentina

O ROUBO DO SÉCULO ESTREIA EM CINEMAS SELECIONADOS NESTA QUINTA-FEIRA

Produção inédita no Brasil integra calendário de estreias da retomada do setor e entra em cartaz em circuito drive-in e complexos em funcionamento de acordo com liberação de órgãos responsáveis

Longa argentino ‘O Roubo do Século’ estreia nos cinemas e drive-ins. (Foto: divulgação)

Protagonizado por Guillermo Francella (de “O Segredo dos Seus Olhos”) e Diego Peretti (de “O Médico Alemão”), o longa argentino O Roubo do Século, inédito no Brasil, estreia a partir desta quinta-feira (27/8). Com distribuição da Warner Bros. Pictures, a produção baseada em acontecimentos reais está presente no calendário de lançamentos da retomada do setor cinematográfico, e chegará ao público brasileiro, neste primeiro momento, nos municípios de Parauapebas (PA), Alfenas (MG), Manaus (AM) e Várzea Grande (MT), em cinemas com funcionamento liberado nestas cidades, e em Itajubá (MG), Nova Lima (MG), Guarapuava (PR), São Paulo (SP), Brasília (DF) e Barbacena (MG) no formato drive-in. Nas próximas semanas, o longa terá seu circuito de estreia ampliado, à medida que os cinemas reabrirem.

Dirigido por Ariel Winograd (de “Sem Filhos”), O Roubo do Século traz a história de um grupo de ladrões sem precedentes criminais que realizou um dos assaltos a bancos mais famosos da história da Argentina em 2006. Filmado na região metropolitana de Buenos Aires e na província de San Juan, o filme também reúne no elenco Luis Luque, Pablo Rago, Rafael Ferro e Mariano Argento.

Circuito de Estreia no Cinema – A partir de quinta-feira, 27 de agosto

Circuito de Estreia Drive In – A partir de quinta-feira, 27 de agosto

Sobre o filme
Chove torrencialmente e as ruas estão vazias. Araujo se abriga sob a marquise de uma loja fechada. Há poças d’água espalhadas pela avenida. Ele vê um luminoso refletido nesses espelhos formados pela água. Araujo olha para cima e se depara com a fachada do banco Río.

Sexta-feira, 13 de janeiro de 2006. Os atiradores do Grupo Halcón aguardam uma ordem. Mais de 300 policiais posicionados nas redondezas aguardam o comando de seu chefe. Miguel Sileo, o negociador, não tem mais esperança de que Vitette, um dos líderes do bando que invadiu a agência Acassuso do banco Río, dará algum sinal de vida. As pizzas que ele havia exigido já estão frias. Quando o Grupo Halcón é autorizado a invadir o local, eles encontram o inesperado. Armas de brinquedo e uma dúzia de reféns assustados os aguardam do lado de dentro. Não há sinal dos assaltantes. Conforme verificam os reféns para se certificar de que nenhum dos bandidos está disfarçado entre eles, os policiais descobrem que mais da metade dos cofres foi aberta e esvaziada. Pendurado dentro de um cofre, há um bilhete que diz: “Sem armas, sem ressentimentos; entre vizinhos ricos, trata-se somente de dinheiro, não amor”. Vitette, Araujo, De La Torre, Debauza, Marciano e El Paisa sumiram, como se fosse um truque digno de Houdini.

Só há um problema: meses após o roubo, Alicia Di Tulio, esposa de Beto De La Torre, ressentida pela fuga de seu marido com outra mulher para aproveitar sua nova fortuna, denuncia os seis integrantes do bando. Eles são capturados um a um, mas o dinheiro nunca aparece. Seria Alicia um revés em um plano perfeito, ou até isso foi planejado pelo arquiteto do Roubo do Século?

Beba vinho em casa: loja zera frete e dá desconto em todos os vinhos durante isolamento de combate ao coronavírus

(Foto: Divulgação)

Total Vinhos, parceira oficial da importadora TDP Wines, aplicou em todo o portfólio de seu e-commerce desconto de 25% e frete grátis para todo o Brasil. As condições serão mantidas até que a Organização Mundial de Saúde, o Ministério da Saúde e as Secretarias de Saúde liberem as pessoas para retomarem suas rotinas e que elas possam, por exemplo, ir ao supermercado comprar um vinho.

“Queremos apoiar as pessoas nesse momento de concessões para que elas não percam coisas que parecem pequenas, mas que são importantes para muitas, como beber um bom vinho”, resume Tiago Dal Pizzol, CEO da Total Vinhos.

Rótulos de PortugalArgentinaChile e Brasil integram a democrática carta de vinhos da loja, que traz opções de produtos orgânicos, biodinâmicos, vinhos premiados e das mais diferentes personalidades: dos mais estruturados e complexos aos mais fáceis de beber.

Confira alguns descontos:

Go Up Espumante Branco: de R$ 64,90 por R$ 48,68

Santa Inés Classic Carménère: de R$ 69,00 por R$ 51,75

Finca La Anita Luna Syrah: de R$ 79,90 por R$ 59,93

Monte Alcantara Alentejo Tinto: de R$ 110,00 por R$ 82,50

Ritual Sauvignon Blanc: de R$ 139,00 por R$ 104,25

Pedra Cancela Eco Friendly: de R$ 145,00 por R$ 108,75

@totalvinhos | www.totalvinhos.com.br

"O Tigre Verón" chega ao final de temporada na TNT Séries

“Tigre Verón” está chegando ao fim na TNT Séries. (Foto: Divulgação)

Último episódio da produção argentina mostra a tentativa de Miguel para salvar o filho

O Tigre Verón, série argentina exibida pela TNT Séries, chega ao fim no dia 23 de março, a partir da meia-noite. A produção acompanha a história de Miguel “O Tigre” Verón: um sindicalista experiente, à frente da UTCA (Sindicato dos Frigoríficos), uma forte organização que se consolidou graças à capacidade de negociação de seu líder.

No penúltimo episódio, Verón descobriu que Tano o traiu, passou informações para Chaquenho e Fabito atirou nele para ganhar pontos com o pai. No derradeiro capítulo, Tigre tira seu filho da cena do crime antes da polícia chegar e deixa seu inimigo sangrando no chão. A promotora Raimundi consegue as fitas de vídeo da casa de Chaquenho e agora pode prender Fabito, mas Tigre não está disposto a deixar isso acontecer e faz uma proposta irrecusável.

A série original da Eltrece, TNT e Cablevisión Flow, produzida pela Polka, tem 12 episódios que são exibidos às segundas-feiras, a partir da meia-noite na TNT Séries.

O ROUBO DO SÉCULO GANHA PRIMEIRO TEASER E ARTE LEGENDADOS

(Foto: Divulgação)

Longa argentino baseado em fatos reais tem estreia prevista para 26 de março

A Warner Bros. Pictures divulga o primeiro teaser e pôster de O Roubo do Século, filme argentino baseado em uma história real e que estreia em 26 de março nos cinemas brasileiros. O longa já levou quase 2 milhões de espectadores aos cinemas da Argentina, consolidando-se como um dos maiores filmes do país.

Dirigido por Ariel Winograd, O Roubo do Século traz a história de um grupo de ladrões sem precedentes criminais que realizou um dos assaltos a bancos mais famosos da história da Argentina em 2006. Filmado na região metropolitana de Buenos Aires e na província de San Juan, o filme conta no elenco com Guillermo Francella, Diego Peretti, Luis Luque, Pablo Rago, Rafael Ferro e Mariano Argento.

Sobre o filme

Chove torrencialmente e as ruas estão vazias. Araujo se abriga sob a marquise de uma loja fechada. Há poças d’água espalhadas pela avenida. Ele vê um luminoso refletido nesses espelhos formados pela água. Araujo olha para cima e se depara com a fachada do banco Río.

Sexta-feira, 13 de janeiro de 2006. Os atiradores do Grupo Halcón aguardam uma ordem. Mais de 300 policiais posicionados nas redondezas aguardam o comando de seu chefe. Miguel Sileo, o negociador, não tem mais esperança de que Vitette, um dos líderes do bando que invadiu a agência Acassuso do banco Río, dará algum sinal de vida. As pizzas que ele havia exigido já estão frias. Quando o Grupo Halcón é autorizado a invadir o local, eles encontram o inesperado. Armas de brinquedo e uma dúzia de reféns assustados os aguardam do lado de dentro. Não há sinal dos assaltantes. Conforme verificam os reféns para se certificar de que nenhum dos bandidos está disfarçado entre eles, os policiais descobrem que mais da metade dos cofres foi aberta e esvaziada. Pendurado dentro de um cofre, há um bilhete que diz: “Sem armas, sem ressentimentos; entre vizinhos ricos, trata-se somente de dinheiro, não amor”. Vitette, Araujo, De La Torre, Debauza, Marciano e El Paisa sumiram, como se fosse um truque digno de Houdini.

Só há um problema: meses após o roubo, Alicia Di Tulio, esposa de Beto De La Torre, ressentida pela fuga de seu marido com outra mulher para aproveitar sua nova fortuna, denuncia os seis integrantes do bando. Eles são capturados um a um, mas o dinheiro nunca aparece. Seria Alicia um revés em um plano perfeito, ou até isso foi planejado pelo arquiteto do Roubo do Século?

Roteiro de 3 dias em El Calafate, na Patagônia Argentina

Com temperaturas agradáveis, dias mais longos e todos os atrativos operando, o verão é considerado um dos melhores períodos para visitar o destino.

El Calafate, na Patagônia Argentina, é conhecida como a capital nacional dos glaciares – as enormes geleiras formadas há anos graças ao acúmulo de neve na região. Não à toa, já que é a cidade mais próxima do famoso Parque  Nacional Los Glaciares, de 726.927 hectares.

Funcionando como base para exploração desse destino, o local conta com boa estrutura de hospedagem e alimentação, além de ser ponto de partida dos principais passeios regionais.

Para desfrutar o melhor que El Calafate tem a oferecer, a Brasileiros em Ushuaia, agência especializada na região patagônica, que já atendeu mais de 150 mil brasileiros nesses destinos nos últimos seis anos e terá, em breve, sua próxima unidade na cidade, indica um roteiro de três dias. Confira:

1º dia: Perito Moreno

(Foto: Divulgação)

O glaciar mais famoso da Argentina fica a apenas 80 quilômetros de El Calafate. Considerado como uma das reservas de água doce mais importantes do mundo, o cartão-postal local chama a atenção por suas dimensões – que diferente de outras geleiras continuam a aumentar, ano a ano -, pela cor azul forte e pela facilidade de acesso.

Perito Moreno pode ser visitado por meio das inúmeras passarelas dispostas dentro do Parque Nacional Los Glaciares. São cinco quilômetros de caminhos que oferecem vistas de diversos ângulos, inclusive dos fenômenos naturais de rompimento de gelo – que ocorrem quando a pressão da água fura a resistência do gelo.

Já quem prefere ficar mais próximo do atrativo natural pode optar por um roteiro de navegação, ou, ainda, caminhar sobre o gigante de gelo em um circuito de mini trekking, onde será possível observar rupturas, lagoas e até cavernas de gelo.

2º dia: Estância Cristina

(Foto: Divulgação)

Depois de conhecer o atrativo mais famoso da região, vale a pena desbravar uma de suas estâncias mais bonitas. A Estância Cristina, também localizada dentro do parque nacional, a noroeste do Lago Argentino, é o único lugar, em terra, de onde se pode apreciar o Glaciar Upsala – o terceiro maior da América do Sul.

Fundada em 1914, a fazenda é um excelente local para conhecer as paisagens que integram icebergs e montanhas. Com acesso exclusivo via navegação, o local preserva o clima rústico patagônico.

Além disso, oferece belas vistas do lago Guillermo, do Campo de Gelo Continental Patagônico Sul e do Rio Caterina. Um roteiro de 4×4 inclui, ainda, visita ao engenho, capela e casa principal da estância, assim como o museu que conta a história do local.

3º dia: Cerro Frias

(Foto: Divulgação)

Com um cenário totalmente diferente dos glaciares, o Cerro Frias, a 22 quilômetros de El Calafate, oferece uma verdadeira experiência de montanha, incluindo atividades como trekking, cavalgadas, roteiro 4×4 e tirolesa.

O local tem vistas panorâmicas de atrações como: Los Glaciares, Torres de Paine, no Chile, e Fitz Roy, em El Chaltén. Além disso, oferece oportunidades de observar de perto fauna e flora típicas, com florestas de langes, estepes e animais como condores e guanacos – da família das lhamas e alpacas.

bariloche inaugura três hotéis para o verão: Hampton by Hilton, Villa Beluno e Selina Bariloche

Novas propriedades contam com opções para os mais variados estilos de hóspedes

A cidade de Bariloche começa o ano com algumas novidades. A principal notícia é a abertura oficial de três hotéis – Hampton by Hilton, Villa Belluno e Selina Bariloche – todos em solo argentino. A novidade faz a região, reconhecida por sua beleza e uma das mais amada pelos brasileiros, ser cada vez mais um dos maiores destinos na América Latina para se visitar durante a temporada de verão.

Hilton inaugura seu primeiro hotel em Bariloche

(Foto: Divulgação)

Hampton by Hilton, a marca Hilton líder na categoria Upper Midscale, conhecida por seu compromisso em fornecer acomodações de alta qualidade, serviço incomparável ao hóspede e comodidades de valor agregado, abriu seu hotel em Bariloche. Com 105 quartos, integra o vasto portfólio da empresa global de aproximadamente 150 hotéis e resorts em 23 países e territórios da região do Caribe e da América Latina.

“Estamos empolgados em receber viajantes a negócios ou lazer em nossos quartos contemporâneos, confortáveis e funcionais, com vistas panorâmicas para esta cidade diversificada, que faz parte do ranking dos 20 melhores destinos para visitar em 2020 da revista Forbes”, disse Gaston Mourrut, gerente geral do Hampton by Hilton Bariloche.

Localizado nas proximidades dos Andes, oferece as melhores vistas em todos os seus quartos, principalmente para o lago Nahuel Huapi, com suas águas glaciais e paisagem de tirar o fôlego, tornando-se um dos lugares mais atraentes da Patagônia.

A localização é perfeita para explorar as montanhas próximas ou fazer caminhadas pelo mais antigo parque nacional da Argentina. O hotel oferece fácil acesso ao aeroporto de San Carlos de Bariloche e paisagens de incrível beleza, como a Ilha Victoria, a Floresta Arrayanes e o centro de esqui Cerro Catedral durante o inverno.

O Hampton by Hilton Bariloche apresenta as opções de acomodação mais modernas e cuidadosamente projetadas com recursos exclusivos, incluindo sistema de injeção de ar tratado, tecnologia Cisco Meraki para sua rede WiFi, dois elevadores panorâmicos com vista para o lago, um sistema de isolamento acústico de celulose e estrutura anti-incêndio segundo a norma americana NFPA.

Os hóspedes também podem desfrutar de cozinha tradicional argentina no café-bistrô do hotel com vista para o Lago Nahuel Huapi.

Villa Beluno Bariloche é o novo hotel cinco estrelas da cidade

(Foto: Divulgação)

O hotel Villa Beluno Bariloche tem quatorze quartos, está bem localizado na Península de San Pedro e oferece hospedaria com vistas panorâmicas exclusivas do Lago Nahuel Huapi, uma das mais espetaculares para as montanhas e a Ilha Victoria.

O Villa Beluno também oferece uma infraestrutura impressionante, com janelas do chão ao teto em um átrio perfeito. As quatorze suítes exclusivas recriam uma casa luxuosa, com os melhores serviços que uma rede hoteleira oferece. Além disso, o serviço de zeladoria cuida de todos os detalhes para os hóspedes, desde as louças e copos originais trazidos de Portugal e Itália, até as estátuas de mármore branco e as xícaras Christian Lacroix e Oscar de La Renta que apresentam assinatura do universo fashion.

Para os clientes mais exigentes, vale mencionar que todos os quartos têm um design extraordinário, o que os torna extremamente confortáveis e funcionais, com enormes janelas que tem vista para uma paisagem ímpar, sala de estar com mesa, poltronas e vestiário em estilo francês, além de banheiros espaçosos com banheiras no estilo clássico e um impressionante terraço da varanda que tem uma grande variedade de árvores e flores de cerejeira.

O hotel possui uma grande piscina aquecida, academia para atividades básicas, spa com tratamentos diferenciados e saunas. Outro detalhe importante para quem busca alimentação diferenciada. A gastronomia do hotel combina o melhor da culinária argentina, francesa e italiana, além de poder desfrutar de um pomar hidropônico, único na Argentina, para o cultivo de vegetais usados na culinária e consumo das refeições.

https://www.villabeluno.com/home

A rede de hotéis Selina chegou a Bariloche

(Foto: Divulgação)

Localizada a menos de um quilômetro do Centro Cívico, e com acesso direto ao Cerro Catedral, o Selina Bariloche possui 4.800 m2 cobertos e 56 quartos (privativos e compartilhados), restaurante, chocolate, cowork, Selina Home compartilhado (sala de cinema, biblioteca e cozinha), Wellness Center (área de spa, piscina e academia) e lojas. Para os viajantes que buscam mais privacidade ou viajam em grandes grupos, existem apartamentos loft-cabine e motorhome.

O hotel faz parte da rede hoteleira que já tem unidades em Buenos Aires e Córdoba. Com o objetivo de oferecer a viajantes de qualquer geração do mundo uma maneira diferente de viajar, viver e trabalhar, o Selina comemora sua chegada à cidade de Bariloche.

O hotel Selina Bariloche foi considerado uma experiência holística para os habitantes locais, viajantes de todas as gerações e fãs de esportes. Cada espaço do local é uma oportunidade de provar a comida local, relaxar, trabalhar remotamente e aproveitar a vida na natureza após um longo dia de esqui.

O Hotel Selina Bariloche é uma das marcas de hotéis que mais cresce no mundo, combinando acomodações boutique com coworking, recreação, bem-estar e experiências locais. Fundada na América Latina em 2015, cada propriedade Selina foi projetada em colaboração com artistas, designers e artesãos locais. Atualmente, a rede Selina opera 48 localizações na América Latina e Europa e cresce em média uma nova propriedade a cada semana. A empresa também planeja expandir nos Estados Unidos e na Ásia, visando 100 locais e 100.000 camas até 2022 em todo o mundo.

Para mais informações sobre Selina, visite http://www.selina.com ou @selina no Instagram ou Facebook.

Para obter mais informações, acesse o site:

https://www.barilocheturismo.gob.ar

Informações sobre esses e outros passeios de Bariloche, acesse o site: https://www.barilocheturismo.gob.ar/br/home

6 destinos internacionais baratos e diferentões para passar o réveillon 2020

Países da América do Sul estão entre as opções mais econômicas para passar o ano novo fora do Brasil

Com a chegada das férias do fim do ano, muitas pessoas se programam para passar a virada fora do Brasil e aproveitar o que há de melhor em outras culturas. Mas a alta do dólar pode ser o grande vilão dessas férias. Recentemente a moeda atingiu a marca histórica de R$ 4,25, e pode comprometer os planos de quem vai viajar no réveillon.

Pensando em aliviar para os viajantes, a Câmbio Store, plataforma de moedas estrangeiras, resolveu listar 6 destinos baratos e diferentões para passar o ano novo sem ter que abrir mão de começar 2020 na tão sonhada viagem internacional, confira a seguir. 

  • Buenos Aires – Argentina
(Foto: Divulgação)

A capital argentina é um ótimo lugar para passar o ano novo sem gastar muito. As corretoras de viagens costumam oferecer pacotes promocionais para o destino. O réveillon em Buenos Aires é um dos mais agitados, com fogos de artifícios, músicas, comidas e bebida à vontade. 

A vantagem em passar o réveillon em Buenos Aires é a economia, lá você não gastará muito, pois pode usar a moeda local, o Peso Argentino, que costuma ser mais barato que o dólar. Além disso, também vale a pena levar o real e trocar lá, já que a conversão na argentina é mais barata, mas ainda assim, é bom consultar as corretoras um pouco antes da viagem para não ter nenhuma surpresa com o câmbio atual.

O clima em Buenos Aires é ótimo, a cidade estará praticamente vazia de nativos, que costumam passar a virada nas praias argentinas, assim, a quantidade de turistas é maior, e a chance de encontrar outros brasileiros por lá também.

  • Lisboa – Portugal 
(Foto: Divulgação)

A língua nativa de Lisboa é o português e esse já é um dos motivos para escolher a capital de Portugal como destino para passar o réveillon. Lá existem pontos gratuitos para curtir a festa, como a queima de fogos, que pode ser vista da Praça do comércio e na Torre de Belém. Após a virada, o turista pode aproveitar e curtir o resto da noite no Bairro Alto, lugar onde a agitação é garantida. 

O dólar é aceito na capital portuguesa, mas é recomendável levar euro, que é a moeda oficial de lá. Caso deixe para realizar o câmbio em uma data próxima a viagem, vale realizar uma pesquisa antes para saber quais as corretoras com melhor taxa. Algumas, como a Câmbio Store, já oferecem a opção de parcelar a compra de moeda estrangeira no cartão de crédito, que é mais vantajosa do que o uso do cartão no exterior, e o viajante pode optar o parcelamento do câmbio em até 12 vezes para não passar aperto.

Lisboa é uma linda cidade histórica com opções de lazer para diversos gostos, como museus, praias e parques. Se for passar o ano novo na capital de Portugal, inclua nos passeios o Castelo de São Jorge e uma rápida ida ao teleférico da capital. 

  • Punta Del Este – Uruguai
(Foto: Divulgação)

O litoral do Uruguai não poderia ficar de fora dessa lista. A cidade é tão badalada no réveillon, que para conseguir ingressos nas festas particulares da virada do ano, o turista precisa comprar com antecedência. O charme de Punta del Este são as praias e a famosa escultura de Las Manos, além disso, o preço nos restaurantes, lojas e pontos de lazer é acessível em toda a região. 

A moeda oficial de Punta del Este é o peso uruguaio, mas dólar e real também são aceitos na maioria dos lugares. Além disso, vale a pena usar o cartão de crédito nos restaurantes da cidade, pois existe uma lei no Uruguai que devolve aos turistas 22% das contas de restaurante e locadoras de carro pagas com cartão de crédito, débito ou pré-pago internacional, isso já vale uma economia grande e compensa os 6,38% do IOF brasileiro. Então já sabe, usar o cartão de crédito em Punta del Este só se for para comer ou alugar um carro.

A queima de fogos na cidade é espetacular e atrai turistas do mundo inteiro. Passar o réveillon em Punta del Este é mais barato que ir a capital do Uruguai, a famosa Montevidéu, onde é lotada de turistas e com preços exorbitantes.

  • Dubrovnik – Croácia
(Foto: Divulgação)

A cidade de Dubrovnik possui belíssima arquitetura medieval, foi um dos cenários de gravação da série Game of Thrones e é um dos destinos europeus mais baratos para passar o réveillon., Conta com museus, centros históricos e ótimas praias, mas como o réveillon é início do inverno por lá, pode ser que o tempo não esteja agradável para pegar uma onda, fazendo valer a pena conhecer a parte cultural da cidade.

A moeda oficial de Dubrovnik é a kuna croata, mas o euro também é aceito com facilidade, que você pode levar em espécie ou no cartão pré-pago internacional. 

Essa é a escolha perfeita para quem busca sossego, pois Dubrovnik é um lugar tranquilo e sossegado, mas que ainda assim, oferece uma programação diversificada para quem quer curtir o réveillon, como espetáculos de fogos de artifício, musicais, festivais de gastronomia e etc.

  • Cuba
(Foto: Divulgação)

Fique sabendo que passar o ano novo em qualquer lugar do Caribe será ótima escolha. Ir a Cuba não sai tão caro se compararmos a outros países da américa do norte. A região é afrodisíaca e conta com uma paisagem sem igual, incluindo praias, resorts e atrações turísticas internacionalmente conhecidas, como o centro histórico de Havana Viejas.

Existem dois tipos de moedas que circulam em Cuba, o peso cubano e os pesos conversíveis, mas você pode utilizar euro ou dólar canadense. Atenção, existem medidas no País para a utilização do dólar americano, por isso, se não quiser passar por algum estresse, dê preferência para as moedas oficiais ou euro e dólar canadense.

Dica extra: Leve produtos de higiene, como sabonetes, xampus, cremes dentais, papel higiênico e etc. Além de servir como presentes para os nativos, podem ser utilizados como moeda de troca, principalmente entre camareiros e empregados de hotéis.

Cuba em sua totalidade é charmosa e acolhedora, sem dúvidas, passar o réveillon lá pode trazer muitos benefícios, inclusive para o bolso.

  • Tríplice Fronteira – Argentina, Paraguai e Brasil 
(Foto: Divulgação)

A nossa última sugestão é a mais exótica de todas. Além de ser barata é uma daquelas viagens de matar três coelhos com uma cajadada só. Passar o réveillon na Tríplice Fronteira é uma ótima escolha para quem gosta de aventuras e deseja conhecer diversos lugares diferentes. 

O ponto de chegada é em Foz do Iguaçu no Paraná, lá o turista pode procurar estadia, comidas e visitar pontos turísticos consagrados como as famosas Cataratas. A graça em tudo isso é a possibilidade de dar uma esticadinha de ônibus em Puerto Iguazu na Argentina e na Cidade del Leste no Paraguai.

As três cidades contam com diversas opções de lazer para a virada do ano. Para essa viagem você pode levar o dólar, principalmente para as compras no Paraguai, mas o real também é aceito em algumas regiões. O mais recomendado é levar um pouco de cada moeda em espécie na carteira, assim, você evita problemas, pois o acesso a caixa eletrônico é restrito em alguns pontos das cidades. 

Uma viagem que possibilita de tudo, desde visita a pontos turísticos até compras no Paraguai, e o melhor é que o viajante consegue fazer tudo isso em pouco tempo e gastando pouco. Só é preciso ter um pouco de atenção com a cotação de câmbio para não gastar além do necessário, ninguém quer começar 2020 no vermelho.  

O único ponto negativo de passar o réveillon em alguma cidade da Tríplice Fronteira é que as queimas de fogos só acontecem em eventos fechados, como festas em hotéis, bares e resorts, mas ainda assim dá para aproveitar a vista sem ser na virada do ano, pois o Marco das Três Fronteiras oferece uma das mais belas vistas do pôr do sol. 

A ODISSEIA DOS TONTOS GANHA PRIMEIRO TRAILER LEGENDADO

Estrelado pelo argentino Ricardo Darin, o longa tem estreia prevista para 31 de outubro nos cinemas brasileiros

A Warner Bros. Pictures divulga o primeiro trailer legendado e pôster de A Odisseia dos Tontos, filme argentino dirigido por Sebastián Borensztein e protagonizado por Ricardo Darin que, pela primeira vez, atua ao lado de seu filho Chino Darin nos cinemas. Representante da Argentina no Oscar 2020, o longa conta a história de um grupo de amigos e vizinhos que organizam um minucioso plano para recuperar suas economias perdidas após serem vítimas de uma fraude.

O elenco ainda inclui Luis Brandoni, Verónica Llinás, Daniel Aráoz, Carlos Belloso, Marco Antonio Caponi, Rita Cortese e Andrés Parra.

Cinco hotéis-boutique de Buenos Aires que você precisa conhecer

Com mais de 73 mil hotéis de 3 a 5 estrelas, a Cidade das Paixões tem opções de hospedagem para todos os gostos. No entanto, uma grande parte dos turistas escolhe as propostas mais do tipo hotel-boutique

Em uma cidade tão grande e com tanto movimento quanto Buenos Aires, cada vez mais turistas optam por se hospedar em espaços que lhes dão mais atenção e permitem que eles vivam uma experiência única e, digamos, mais porteña na capital argentina. De acordo com a Entidade de Turismo de Buenos Aires, a cidade tem mais de 73.000 hotéis, por isso escolhemos estas 5 opções de hotéis-boutique para o turista se surpreender e se apaixonar:

MIO BUENOS AIRES

Não são só os grandes hotéis, de grandes redes internacionais, que têm luxo. Este hotel-boutique, Mio Buenos Aires, de 5 estrelas e localizado na Avenida Quintana, no coração da Recoleta, também impressiona pela suntuosidade nos detalhes. Com um design arrojado e obras de arte, e também a mais alta tecnologia, ele traz um serviço sofisticado sem perder de vista o bem-estar dos clientes. Uma experiência relaxante que não é concluída até que você passe pelo exclusivo 8th Spa Recoleta, localizado em uma área privativa do Mio Buenos Aires. www.miobuenosaires.com

HUB PORTEÑO                                   

Na região da Recoleta, que é conhecida por seus opulentos hotéis luxuosos, este petit-hotel com 11 suítes oferece a elegância do velho mundo em um tamanho mais íntimo. Além disso, conta com uma equipe que conhece bastante a cidade e está sempre pronta para te sugerir uma experiência única em Buenos Aires. Seria muito fácil pensar, ao chegar ao Hub Porteño, que se está no lugar errado. Não há um letreiro ou cartaz anunciando a presença do hotel, apenas um elegante porteiro que te dá as boas vindas, te assegura que está no lugar correto e te convida a entrar para o hall do hotel, todo coberto com mármore branco e iluminado por telas do tipo vitrais. www.hubporteno.com

VAIN HOTEL

No Vain Boutique Hotel você vai se sentir na Buenos Aires do início do século XX, em contraste com toques de design de vanguarda, onde cada detalhe foi cuidadosamente pensado para que o hóspede tenha uma experiência única. Todos os ambientes do Vain são diferentes, mas eles têm em comum a arquitetura original do prédio, móveis clássicos e modernos; e acima de tudo, o design até o último detalhe. www.vainhotel.com

LEGADO MÍTICO

Não é totalmente necessário encher-se de livros para conhecer em profundidade a história contemporânea da Argentina. Também no coração de Palermo Velho encontramos este hotel bastante original cujos quartos são inspirados no universo de personagens históricos como Che Guevara, Evita Perón, Borges ou Mafalda. Uma ideia temática que combina tradição com um toque de vanguarda sem esquecer de sua proposta luxuosa e exclusiva. Uma viagem histórica sem dúvida bastante diferente. www.legadomitico.com

NUSS BUENOS AIRES

O Nuss Buenos Aires Soho abriu suas portas há 9 anos no coração de Palermo Soho, em uma das esquinas mais emblemáticos da região, entre a El Salvador e a Borges. Um antigo convento de estilo espanhol com mais de 100 anos, remodelado para se tornar uma opção de acomodação bastante requintada em Buenos Aires. Hoje oferece 22 quartos espaçosos e bem iluminados, sala de equipamentos e sauna. www.nusshotel.com

Mais informações: https://turismo.buenosaires.gob.ar/br

8 roteiros para curtir o melhor de Bariloche

Graças à sua exuberante natureza, que alia montanhas nevadas com lagos de diversas cores e bosques milenares, Bariloche, localizada na Patagônia Argentina, é um dos destinos mais buscados pelos brasileiros. Segundo estudo realizado pela Decolar, a cidade argentina chegou à sexta posição no ranking de destinos de inverno mais desejados pelos viajantes do Brasil. Isso representa um aumento de 38% nas viagens de brasileiros a Bariloche.

Seja para praticar esportes de neve ou curtir as atividades de ecoturismo, o lugar oferece uma enorme variedade de pacotes e programas que atendem a todos os tipos de turistas, desde os jovens viajando em grupos de amigos, até casais e famílias com crianças.

A Brasileiros em Ushuaia, agência especializada em destinos da Patagônia Argentina, que se consolidou na famosa “Cidade do Fim do Mundo”, iniciou recentemente sua operação em Bariloche e oferece roteiros diversos para conhecer o lugar com toda a assistência de viagem feita pela equipe da operadora.

A seguir, listamos 8 passeios que a agência oferece para curtir o melhor da cidade situada no Parque Nacional Nahuel Huapi, junto à Cordilheira dos Andes. Confira:

Circuito Chico

O programa começa em São Carlos de Bariloche e percorre 60 quilômetros passando por diversos pontos de interesse na Costa do Lago Nahuel Huapi, como Playa Bonita, Cerro Campanario e seu teleférico que chega ao topo com 1050 metros de altura, os lagos Nahuel Huapi e Perito Moreno, a lagoa El Trebol, penínsulas de San Pedro e Llao Llao, Ilha Victoria, e os montes Otto, López, Goye e Catedral e Bariloche.

O circuito passa ainda pelo Puerto Pañuelo, de onde partem os barcos para Isla Victoria e Bosque de Arrayanes. Mais adiante são observados campos de golfe, a ponte Angostura sobre o rio de mesmo nome, que liga os lagos Moreno e Nahuel Huapi e depois Lopez Bay.

Ao longo desse trajeto, o turista encontra várias casas de chá, restaurantes, churrascarias e cervejarias, onde pode degustar as delícias da gastronomia regional, e várias lojas onde se encontram velas, tecidos, cerâmicas, objetos de madeira, artigos de couro, entre outros.

Puerto Blest e Cascada de Los Cantaros

Esse roteiro de navegação se destaca por mostrar as águas verdes, selva e cachoeiras de Bariloche. Percorrendo o braço Blest, com águas esverdeadas do lago Nahuel Huapi, o roteiro oferece uma experiência inesquecível.

Durante o percurso, avista-se a Ilha Sentinela, onde estão os restos mortais de Perito Moreno, patrono dos parques nacionais argentinos. Além do Puerto Cántaros, que oferece uma verdadeira experiência na selva valdiviana até chegar à nascente da cachoeira, no lago Cántaros, onde pode-se apreciar um pinheiro-larício milenar de mais de 1500 anos.

Ao chegar a Puerto Blest, é possível continuar a viagem de ônibus até Puerto Alegre, há apenas 3 km de distância, para navegar pelas águas verdes do Lago Frias, chegando bem perto da fronteira com a República do Chile.

Isla Victoria e Bosque de Los Arrayanes

Esse passeio de barco navega pelas águas azuis do Nahuel até Puerto Anchorena, na ilha Victoria, onde o visitante encontra uma flora fértil com espécies de um visual indescritível. Ali existem diversas trilhas marcadas para passeios.

O roteiro também passa pela península de Quetrihue, onde está o icônico e único bosque de arrayanes, arbustos cor de açafrão com flores brancas. O cenário é mágico!

Outro destaque do passeio é a praia do Toro, onde se pode observar as pinturas rupestres feitas pelos primeiros habitantes do lugar, tudo em uma esplêndida praia de areia vulcânica.

Cerro Tronador e Ventisquero Negro

A rota atravessa parte dos lagos Gutiérrez e Mascardi até se unir à estrada Provincial 82. O Tronador, o monte mais alto dos arredores de Bariloche, possui sete geleiras.

No caminho, há ainda alguns mirantes para observar os imponentes dos montes Bonete e Cresta de Gallo, além da praia de areia escura do lago Mascardi.

Para chegar ao Cerro, passa-se pela ponte sobre o rio Manso até chegar a Pampa Linda, um bom lugar para almoçar. É possível observar ainda o Glaciar Manso, mais conhecido como Ventisquero Negro, uma geleira que desce do Tronador e que se destaca pela cor escura.

El Bolsón e Lago Puelo

O El Bolsón é um povoado a sudoeste da província de Río Negro, localizado em um vale fértil do rio Quemquemtreu, ao pé do Monte Piltriquitron. Para chegar até o lugar, o roteiro contorna os lagos Gutiérrez e Mascardi, além do rio Guillelmo e atravessa a Pampa del Toro e o Canãdón de la Mosca.

Uma das maiores atrações da cidade é a Feira Artesanal, que acontece na plaza Pagano, em pleno centro. A feira reúne, em suas 300 bancas, um mundo de cerâmica, lã, madeira, couro, metais, flores secas, doces, legumes frescos e tudo feito por artesãos e produtores da região. É imperdível para fazer boas compras!

Villa La Angostura e Cerro Bayo

Vizinha de Bariloche, Villa La Angostura está cercada pelo árido estepe patagônico. O roteiro passa por extensas fazendas a oeste até chegar ao braço Huemul. Ali, os bosques de ciprestes começam a aparecer lentamente para depois dar lugar à floresta úmida.

Villa la Angostura é um lugar único, localizado na costa norte do Lago Nahuel Huapi. Durante o passeio pela região, é possível visitar o porto, o El Mesidor, a lagoa Selva Triste e a capela La Asunción. O destaque para os aventureiros é o Cerro Bayo, centro de esqui local com alto padrão de atendimento e pistas com diversos níveis de dificuldade.

San Martin de los Andes

O programa cobre a jornada de 352 quilômetros pelos Parques Nacionais Nahuel Huapi e Lanín. Com uma paisagem exuberante, que abriga inclusive a Rota dos Sete Lagos – Espejo, Correntoso, Escondido, Villarino, Falkner, Machónico e Lácar -, essa cidade é tranquila e também oferece experiências incríveis.

Graças à exuberante natureza presente entre San Martin e Bariloche, a cinematográfica estrada rende boas fotos! Lá também é possível praticar esportes de neve.

Cerro Catedral

No Cerro Catedral é possível viver uma das melhores experiências de esqui da América do Sul. Para os experts, existem pistas com mais de dois quilômetros de extensão, com desníveis de até 500 metros. E para os iniciantes, há pistas de excelente qualidade e que garantem emoção compatível, inclusive com instrutores.

Os que não pretendem esquiar podem ficar na bem estruturada Vila Catedral, ao pé da montanha, saboreando um chocolate quente e observando os movimentos das várias lojas, hotéis e restaurantes, além das casas que lembram uma aldeia alpina.

Mais informações: www.brasileirosemushuaia.com.br