Arquivo da tag: Arvorismo

Cidade de Socorro (SP) marca presença na Adventure Sports Fair

Haverá palestras, atividades especiais e ainda happy hour com música ao vivo e degustações

Socorro, no interior paulista, marcará presença na Adventure Sports Fair, que acontece de 19 a 21 de outubro no centro de exposições São Paulo Expo, zona sul da capital paulista. A estância turística é referência no segmento de aventura por oferecer aos visitantes atividades como rafting, arvorismo, mountain bike, off road e cavalgadas.

Serão realizadas diversas atividades no estande da cidade durante a feira. Na sexta-feira, 19/10, às 17 horas, o projeto de musicalização Bardo Mochileiro fará uma vivência baseada em viagens, música, autoconhecimento e trabalho coletivo através de canções e dinâmicas de grupo que passarão por distintas culturas. Já no sábado, 20/10, Ricardo Bottura, proprietário da RMB Esportes e pesquisador dos efeitos da altitude no comportamento humano, dará uma palestra sobre os benefícios da prática de atividades outdoor.

Além disso, Socorro terá dois representantes na grade oficial de palestras e oficinas da Adventure Sports Fair, ambos com apresentações na sexta-feira, 19/10, às 13 horas. O primeiro é o empresário local Charles Gonçalves, que contará tudo sobre rafting ao público. O segundo é Peter Kronstom, Diretor do Copenhagen Institute for Future Studies Latin America, que falará exclusivamente ao trade de turismo sobre o futuro da natureza, abordando tópicos como o papel dos ambientes naturais, o papel do Brasil para o mundo e as tendências contemporâneas.

No mesmo dia Peter também vai conversar com os visitantes da Adventure Fair no estande de Socorro. Das 16h às 16h30 ele narrará as experiências que viveu na cidade.

Tanto na sexta quanto no sábado, o encerramento da programação contará com degustações de cervejas da marca Ecobier e música ao vivo.

Mais informações sobre Socorro podem ser obtidas em www.socorro.tur.br.

Brotas tem aventura fora d´água, ideal para o outono/inverno

Período é ideal para atividades como caminhada na natureza, tirolesa, off road, ciclismo e a novidade do destino: voo de balão

É outono já com friozinho de inverno! Época de céu azul, com sol brilhando e baixo possibilidade de chuva. Que tal ir para Brotas, famosa por suas cachoeiras e rafting no Rio Jacaré-Pepira? O que nem todos sabem é que o destino turístico também oferece uma série de atividades de aventura fora d´água. Aliás, é a melhor época do ano para atividades como caminhada, arvorismo, tirolesa, queda livre, off road, superbike, ciclismo e a novidade da cidade: balonismo. As próximas datas para passeio de balão são 01 de junho e 07 e 14 de julho. Para as noites, o programa é observar planetas e nebulosas nos potentes telescópios do Centro de Estudos do Universo pois, geralmente, o céu está livre de nuvens.

Arvorismo_Brotas_Créd.Tadeu Fessel.JPG
Brotas tem atividades fora d’água durante o inverno. (Foto: Tadeu Fessel)

Vai muito bem com o friozinho almoçar em sítios e fazendas que usam fogão a lenha e já aproveitar para fazer turismo rural. Várias propriedades abrem suas porteiras aos turistas, que podem passear de charrete, cavalgar, colher fruta no pé, acompanhar a ordenha das vacas, entre outras tarefas rurais. Não é uma novidade para a criançada da cidade, mas que os adultos também adoram? E em várias propriedades de Brotas é possível comprar comidinhas e bebidinhas para levar para casa. Produtores rurais da agricultura familiar produzem, de maneira artesanal, licores, cachaças, doces regionais e compotas variadas, além de processar mel.

Bem neste clima de cultura caipira, Brotas sedia, no dia 10 de junho, um encontro de violeiros, que reunirá expoentes da música sertaneja raiz de todo o Brasil. Alguns meios de hospedagem organizam festas juninas para seus hóspedes. E há operadoras que também fazem passeios, como o de off road, com festa junina. E em julho Brotas realiza o já tradicional Arraiá na Praça, em dois finais de semana: 20 e 21 e 27 e 28. É ou não é um destino que vale muito a pena? Se vier com os amigos, vai ser uma experiência em que o difícil será abrir mão de uma ou outra atração em prol da maioria do

grupo. Se é uma viagem em família, certeza que as crianças vão amar e os pais vão se perguntar porque não tiveram a ideia antes! Então é aproveitar o outono e o inverno, época de pouca chuva e dias são ensolarados e com temperatura agradável, para atividades ao ar livre.

Alguém vai perguntar: vou para Brotas e não vou fazer rafting e aproveitar as cachoeiras, as atividades que tornaram a cidade nacionalmente conhecida? Como é outono, a água está fria sim, mas com uma dose de coragem é perfeitamente possível fazer rafting porque a adrenalina não te deixa sentir frio. E as cachoeiras não são apenas para banho. As trilhas para chegar até elas, explorando trechos de restingas de matas, em trajetos mais suaves ou mais difíceis, observando pássaros e outros animais nas árvores, cortando córregos sobre pequenas pontes, já valem o passeio. Ao se aproximar de uma cachoeira você vai sentir a magia de uma queda d´água, um lugar que vale a contemplação, um momento de introspeção para pensar na natureza e na vida.

Localizada no centro do Estado de São Paulo, a apenas 240 quilômetros da Capital e com acesso pelas melhores rodovias do Brasil, Brotas tem mais de 40 meios de hospedagem entre hotéis, pousadas, hotéis-fazenda e resort, e 60 estabelecimentos gastronômicos. É um destino para viajar com a família, com os amigos e com as crianças. É lugar para descansar, mas também para muita aventura. Um roteiro de três ou quatro dias em Brotas ainda permite uma esticada na vizinhança, como ao Território do Calçados de Jaú (a 54km), um shopping com mais de 200 lojas, a Barra Bonita (a 76km), para um passeio de barco na eclusa do rio Tietê, ou à charmosa Águas de São Pedro (a 52km) para relaxar no spa termal da cidade.

Férias: 8 ideias para fazer com seus filhos no Parque Maeda

Complexo turístico em Itu oferece preço especial durante a semana até 26 de janeiro

Passar um mês inteirinho com os pequenos em casa o dia todo não é missão fácil. A temporada de férias já começou e as crianças precisam correr, brincar e se divertir ao ar livre. É por isso que o Parque Maeda, complexo turístico localizado em Itu, a 75 km de São Paulo, resolveu dar uma forcinha para os pais.

Até o dia 26 de janeiro, o Parque abrirá o lazer todos os dias e oferecerá, de segunda a sexta-feira, desconto no passaporte – pacote que incluiu todas as atrações do parque e o almoço.

DSC05170.JPG
Arvorismo é uma das atividades do Maeda. (Foto: Divulgaçã)

Elaboramos uma lista com 8 atividades imperdíveis que o Maeda oferece para você curtir com as crianças nas férias de verão:

1)    Faça o Circuito de Arvorismo: são nove etapas que terminam em uma tirolesa de 70 metros.

2)    Vá até a Árvore Gigante: Após subir vários degraus, você chega ao mirante construído sobre a copa de uma árvore centenária, a 22 metros de altura. Uma bela paisagem para se admirar!

3)    Curta as piscinas: Quem não gosta de uma piscina no verão? A diversão para as crianças está garantida com os 10 toboáguas e 5 piscinas que o Maeda oferece.

4)    Pare para almoçar: Dentro do Parque há quiosques e lanchonetes espalhados em vários pontos, e um restaurante em sistema self service, incluso para quem adquire o passaporte.

5)    Visite o Jardim Japonês: Cansou de tanta aventura? Tudo bem! O Jardim Japonês é o local ideal para algumas horas de tranquilidade, contemplação e harmonia com a natureza. São 16 mil m² de um paisagismo composto por arbustos, flores e espelhos d’água, além de simbolismos que remetem à cultura japonesa. Lindo!

6)    Faça um tour pelo parque: Para conhecer os principais pontos do Parque Maeda, existe a opção do passeio de trenzinho ou de teleférico de 460 ou 600 metros de extensão.

7)    Vá pescar: O Parque Maeda é referência para os amantes da pesca e não é difícil encontrar peixes que chegam a pesar até 30 kg nos tanques.

8)    Divirta-se: O parque oferece ainda passeios a cavalo, pônei, carruagem e playground. Não tem desculpa para não se divertir.

A entrada para visitar o Maeda é sempre gratuita e o visitante paga apenas pelas atrações que desejar conhecer. Há ainda a opção da compra do passaporte, que dá direito à todas as atrações do Parque e o almoço.

O parque também dispõe de hospedagem na pousada, sendo 50 chalés com capacidade para 7 pessoas, 44 chalés para casal e mais 33 apartamentos com capacidade para 3 pessoas. Cada chalé tem banheiro, tv e frigobar, além de roupas de cama e banho.

Para outras informações sobre o Maeda acesse o site www.parquemaeda.com.br.