Arquivo da tag: Aurora Boreal

Noruega é um destino movido pela natureza

A Noruega possui um extenso litoral, com fiordes profundos e estreitas montanhas. No seu interior, encontram-se planaltos e vales montanhosos, que abrigam hospitaleiros noruegueses em vilarejos pitorescos ou em algumas cidades maiores. Os noruegueses fazem parte das suas paisagens e tradições. A natureza os moldou e os fez quem são, ela está sempre presente no cotidiano e cultura local.

Natureza na Noruega é exuberante. (Foto: Divulgação)

A mentalidade e os costumes noruegueses foram formados pela terra e pelas estações do ano. O país se define pelo seu ar fresco, pelo salgado do mar e a riqueza do solo, por isso seus animais e peixes, frutas e legumes têm um gosto fantástico, e estão frescos quando chegam aos pratos. Chefs de cozinha da Noruega levam troféus de competições internacionais usando seus fantásticos produtos e estes produtos são cobiçados pelos melhores restaurantes de todo o mundo. Bergen é uma cidade gastronômica reconhecida pela UNESCO e, em 2020, a cidade de Trondheim sediará a premiação do Guia Michelin para revelações dos Países Nórdicos.

Frutos do mar é o principal ingrediente da culinária norueguesa. (Foto: Divulgação)

Com a variedade das estações do ano, onde o inverno escuro contrasta com o sol eterno do verão e enquanto a primavera traz as flores e derrete a neve e o outono colore as paisagens, o estilo de vida norueguês é inspirado no calendário e a luz. As noites polares são iluminadas pelas espetaculares auroras boreais dançando no céu. Com o sol incessante durante o verão, é possível esquecer do tempo e encher a alma com uma vida social ao ar livre, em festivais e eventos culturais.

Aurora Boreal é um fenômeno que pode ser visto na Noruega. (Foto: Divulgação)

Arte, arquitetura, gastronomia, natureza e cultura podem ser encontradas em qualquer lugar na Noruega, por isso é preciso dedicar algum tempo à visita ao país. É possível viajar de forma sustentável de trem e experimentar algumas das melhores paisagens do mundo. Ou navegar pelos fiordes listados pela UNESCO em balsas que funcionam à bateria. A Noruega é movida pela natureza e seu povo é pioneiro em sustentabilidade.

Para mais informações, acesse www.visitnorway.com.br

3 motivos para visitar Bodø na Noruega

Bodø é uma pequena cidade, com 50 mil habitantes, localizada no norte da Noruega. O município é um dos que mais cresce no país e apresenta uma cena urbana movimentada. O destino pode ser visitado em qualquer época do ano, já que apresenta uma grande variedade de opções turísticas.

Confira abaixo três motivos para visitar Bodø:

Natureza exuberante

Bodø tem uma das mais belas paisagens da Noruega. (Foto: Divulgação)

Bodø é o cenário do maior redemoinho de água do mundo, o Saltstraumen, que é um espetáculo por si só. Além disso, durante o inverno, é possível admirar as auroras boreais do píer da cidade ou, ainda melhor, do monte Rønvikfjellet, bem perto do centro.

Eventos e atividades

Pesca no mais forte redemoinho de águas do mundo é uma das atrações de
Bodø. (Foto: Divulgação)

Em Bodø, é possível se aventurar em um passeio de caiaque sob o sol da meia-noite ou pescar no mais forte redemoinho de águas do mundo. A cadeia de montanhas Børvasstindan também oferece oportunidades tanto para escaladas quanto caminhadas durante o verão, e no inverno se torna o cenário perfeito para o esqui.

Durante o mês de agosto, Bodø é palco para festivais musicais de grande importância, como o “Parkenfestivalen” e o “Nordland Musikkfestuke”, ambos atraindo milhares de pessoas.

Localização privilegiada

Aurora Boreal é a maior atração que pode ser vista de
Bodø. (Foto: Divulgação)

Bodø está situada numa península circundada pela exuberante linha costeira do norte da Noruega e possui um aeroporto, que facilita o acesso à cidade. A partir de lá, é possível visitar facilmente outros destinos incríveis da região como Lofoten ou Tromsø.

Réveillon no Círculo Polar Ártico é oferecido pela agência Trains & Tours

O inusitado roteiro, operado pela empresa russa Imperial Russia Train, inclui encontro com o Papai Noel azul e chance de avistar a Aurora Boreal

Que tal comemorar a chegada de 2019 de uma maneira realmente diferente, a bordo de um trem russo que vai até o Círculo Polar Ártico e com chance de ver a Aurora Boreal? Pois essa é a proposta da agência brasileira Trains & Tours, que será realizada de 26 de dezembro a 4 de janeiro em parceria com a companhia ferroviária Imperial Russia Train (IRT).

O roteiro, com duração de 10 dias, começa e termina em Moscou, que nessa época do ano fica toda decorada. As duas primeiras noites são na cidade, onde é possível conhecer grandes atrações como a antiga residência dos czares, a Praça das Catedrais, onde ficam três das mais imponentes da cidade, e, claro, a Praça Vermelha, onde está o Kremlin. Também vale visitar o palácio Kolomenskoe, de madeira, um verdadeiro patrimônio arquitetônico, e participar de uma típica cerimônia do chá, que acompanha as famosas panquecas russas.

Imagem3.jpg
Aurora Boreal é um espetáculo da natureza que pode ser vista Círculo Polar Ártico. (Foto: Divulgação)

O embarque no Imperial Russia Train acontece no terceiro dia, com destino a São Petersburgo, famosa por seus inúmeros monumentos históricos, palácios maravilhosos e lindas pontes. A parada dá direito a uma visita ao Mercado de Natal, entre outras atrações, e também a um jantar com músicas ciganas. Em seguida, os passageiros seguem para Petrozavodsk, cuja população ainda preserva sua cultura e tradições, e depois para Murmansk, o ponto mais ao norte da jornada, já no Círculo Polar Ártico. Lá dá para conhecer memoriais da Segunda Guerra Mundial e, à noite, celebrar o Réveillon com um animado jantar.

Já no primeiro dia do novo ano chega a hora de encontrar com o Papai Noel típico da etnia Saami, nativa da Península Kola, que usa trajes azuis. Ele convidará os visitantes para um almoço e depois explicará tudo sobre a cultura de seu povo e sobre a vida na tundra. O dia termina com um passeio de trenó puxado por renas.

A viagem de volta a Moscou, no oitavo dia, faz uma parada na cidade de Vologda, de significativa herança histórica e cultural, que tem a mesma idade da capital russa e que costumava ser visitada por Pedro, o Grande, e por Ivan, o Terrível. Lá, as crianças poderão se divertir em um workshop de pintura de gingerbreads, doces típicos natalinos. Um roteiro verdadeiramente inesquecível!

Mais informações podem ser obtidas no telefone (11) 4878.1085 ou em https://lufthansacc.com/.

3 passeios que você nunca imaginou que poderia fazer no norte Noruega

A região norte da Noruega é famosa entre os turistas, principalmente pelos fenômenos da aurora boreal e do sol da meia-noite, e também pelos icônicos passeios de trenó, do tradicional povo Sami e muito mais. Além disso, a região oferece diversas opções inusitadas, que poucos conhecem. Confira abaixo três passeios bem diferentes para fazer no norte da Noruega:

Cavalgada na aurora boreal

Cavalgando-na-aurora-boreal-1024x690
(Foto: Divulgação)

No norte da Noruega, existem diversas maneiras inusitadas de experenciar a aurora boral, uma delas é um tour feito a cavalo nas ilhas Lofoten, no vilarejo de Vågan. O lugar é ideal para visualizar o fenômeno já que não tem poluição ou muita iluminação e nem montanhas bloqueando a visão. Até mesmo iniciantes podem participar dessa cavalgada, que pode ser feita individualmente ou em grupo. Mais informações

Dormindo com animais do ártico

Dormindo-com-os-animais-do-ártico-1024x576
(Foto: Divulgação)

O Polar Park é uma atração localizada mais ao norte de todo o mundo. Lá é possível observar a fauna típica do ártico, composta por ursos, linces, lobos, renas, alces e muito mais. Existem lodges no vilarejo de Bardu que oferecem uma experiência única de acomodação, com paredes de vidro que permitem observar os animais que circulam nas proximidades.Mais informações

Passeio em caverna

Explorar-uma-caverna-1024x681
(Foto: Divulgação)

Na região norte da Noruega existem diversas cavernas, de todas as formas e tamanhos. Algumas são tão estreitas que é preciso se espremer para passar por elas, já outras são enormes e possuem até mesmo pequenas cachoeiras e lagos repletos de peixes dentro delas. Não é aconselhado aos turistas fazer este tipo de passeio sozinho, mas existem muitos guias treinados, prontos para levar grupos para essas aventuras. Os distritos de Salten e Helgeland são ideais para essa atividade. Mais informações

Rael lança clipe de “Aurora Boreal” com participação da atriz Pathy de Jesus

A música “Aurora Boreal”, sucesso do cantor e compositor Rael, acaba de ganhar um videoclipe inspirado pela belíssima letra, que fala simultaneamente de um relacionamento amoroso e do fenômeno polar. “Quisemos trazer uma aurora boreal através de um quarto futurístico, uma coisa bem high-tec, como se paredes fossem telas gigantes reproduzindo imagens da aurora e fazendo um paralelo com a era digital que vivemos” – conta Rael.

Dirigido por Rodrigo Zanchini, o clipe conta com a presença da atriz e DJ paulistana Pathy de Jesus, que interpreta o papel principal.

Aurora Boreal é uma das faixas do último álbum de estúdio de Rael, “Coisas do Meu Imaginário” (Laboratório Fantasma/Natura Musical). Um dos lançamentos mais celebrados do rap nacional em 2016, o disco foi indicado ao 18º Grammy Latino, na categoria “Melhor Álbum de Música Urbana” e garantiu a Rael o Prêmio da Música Brasileira como “Melhor Cantor”, em 2017.

Rotas Turísticas Nacionais da Noruega

Pegar a estrada na Noruega é uma experiência diferente de qualquer outra. O país abriga diversas rodovias icônicas como a Atlantic Road e a Trollstigen, que chamam atenção pela sua beleza única. O cenário também contribui para tornar esses percursos ainda mais incríveis, com paisagens que vão desde montanhas, cachoeiras, fiordes e até geleiras.

Havøysund-Crédito-Jarle-Wæhler.jpg
Noruega tem imagens belíssimas para os turistas apreciarem. (Foto: Jarle Waehler)

Desse potencial surgiu a iniciativa de se criar as 18 Rotas Turísticas Nacionais da Noruega, que podem ser atravessadas de carro, motorhome, moto, bicicleta ou qualquer outro meio de transporte. As surpresas que essas rotas apresentam pelo caminho garantem que qualquer um desses trajetos sejam inesquecíveis.

5 atrações naturais imperdíveis na Noruega

A natureza é sem dúvida o principal atrativo turístico da Noruega. O país foi abençoado com cenários e fenômenos estonteantes, que deixam qualquer visitante maravilhado. Existem diferentes formas de curtir todas essas atrações naturais, que vão desde a simples admiração até as aventuras mais radicais.

Confira abaixo cinco experiências naturais que você precisa viver na Noruega:

Fiordes

fiordes

O grande diferencial dos fiordes da Noruega é que eles são facilmente acessados e contam com uma estrutura turística impecável. Existem mais de mil fiordes no país, porém os mais icônicos se encontram na costa oeste – como o Geiranger e Nærøy  (Patrimônios da Humanidade da UNESCO) e o Sogne (maior e mais profundo da Noruega). Às margens dos fiordes se encontram vilarejos muito charmosos, com um povo hospitaleiro e uma hotelaria histórica que mostra toda a tradição norueguesa.  As opções de atividades nesses lugares são praticamente infinitas, incluindo cruzeiros, trilhas, ciclismo, canoagem, caiaque, escalada e muito mais. Mais informações

Montanhas

montanhas

Uma das paisagens mais fotografadas da Noruega são suas montanhas. Para os experientes, existem muitos pontos ideais para a escalada, como o vale de Romsdalen – conhecido como o coração alpino da Noruega -, que atrai escaladores do mundo inteiro. Outra opção para explorar as montanhas do país é fazer uma trilha, alcançando os mirantes mais incríveis. Algumas das trilhas mais conhecidas são a de Pulpit Rock (foto), Trolltunga e Kjerag, todas localizadas na região dos fiordes. Mais informações

Geleiras

geleiras

As geleiras da Noruega são verdadeiras maravilhas da natureza. Na região dos fiordes, está Jostedalsbreen, a maior geleira da Europa, que cobre mais de 400km2 e atinge uma espessura de 600m. Com o auxílio de guias experientes e equipamento adequado para garantir a segurança, a experiência de caminhar no gelo pode ser uma experiência inesquecível. Também é possível fazer escaladas e, em algumas geleiras, como Tystigbreen e Folgefonna, existem centros de esqui de verão. Mais informações

Aurora Boreal

aurora-boreal

Não existem palavras para descrever a experiência de admirar as luzes dançantes da aurora boreal na Noruega. O diferencial de observar o fenômeno no país é, mais uma vez, a facilidade de acesso e a estrutura turística completa, que permite que os viajantes embarquem nessa aventura com todo o conforto. As maiores chances de presenciar a aurora boreal acontecem no inverno, entre os meses de dezembro e março, na região norte da Noruega. A cidade de Tromsø merece destaque e passou a ser conhecida como “capital da aurora boreal”. Mas para quem quer levar a experiência além das cidades, existem diversas excursões inusitadas para ir à caça do fenômeno, como um passeio de snowmobile ou de trenó. Mais informações

Sol da Meia-Noite

sol-da-meia-noite

Durante os meses de verão, por conta da rotação da terra em relação ao sol, o norte da Noruega fica o dia todo iluminado. Muitas pessoas vão até destinos acima do círculo polar ártico, como o cabo norte (ponto mais setentrional da Europa) para observar o sol que não se põe no horizonte, um verdadeiro espetáculo. As ilhas Svalbard também podem ser um destino ideal para presenciar o fenômeno, já que por lá o sol não se põe entre os meses de abril e agosto. Durante este período, acontecem diversos eventos pela madrugada, com destaque para a Maratona do Sol da Meia-Noite e os torneios de golfe. Mais informações

 

 

10 dicas para fazer uma viagem econômica para a Noruega

Muitos sonham em viajar para a Noruega e conhecer seus belíssimos fiordes ou ter a experiência de ver a aurora boreal, mas com um orçamento limitado parece quase impossível, não é? Bom, não necessariamente. Com planejamento e pesquisa é possível fazer uma viagem mais econômica para o destino e ainda assim viver momentos igualmente inesquecíveis.

Confira 10 dicas que podem te ajudar a economizar em uma viagem para a Noruega:

1.    Curta muito a natureza

image035

Não é à toa que o slogan da Noruega é “Movida pela natureza”, afinal essa é a atração principal do destino. E sabe qual é a melhor parte disso? Admirar os fiordes e cachoeiras, fazer trilhas, ver uma geleira de perto ou experienciar a aurora boreal, tudo isso é de graça! A natureza está lá de portas abertas para proporcionar aos visitantes experiências incríveis.

2.    Compre comida nos supermercados

image036

Para economizar um pouquinho mais, a dica é se aventurar pelos supermercados e lojinhas de alimentos noruegueses. Além de ser possível experimentar a gastronomia e as marcas de alimentos locais, ainda é uma opção bem mais econômica do que fazer todas as refeições em restaurantes. Ah, e não precisa se preocupar em comprar água engarrafada, a água das torneiras é potável e perfeita para o consumo em toda a Noruega!

3.    Não deixe de pesquisar os meios de transporte

image037

A Noruega tem uma logística incrível para os turistas, por isso é possível se deslocar pelo território de barco, trem, ônibus, avião, carros alugados e várias outras opções. Eles ainda estão construindo estradas específicas para ciclistas em todo o país. Por isso, é importante pesquisar todas as possibilidades que se encaixam no seu roteiro para ver qual oferece o melhor preço. Vale a pena também sempre comprar as passagens com antecedência e ficar de olho para promoções.

4.    Que tal acampar?

image038

Já imaginou passar a noite cercado pelos cenários naturais incríveis da Noruega? Acampar é com certeza uma aventura, que pode ser feita de forma totalmente gratuita. Não existem taxas para se alocar em áreas de camping na Noruega, basta ficar atento às regras sobre o direito de acesso. Claro que o país também oferece outras opções de hospedagem econômicas para os menos aventureiros, são vários os hostels e pequenas pousadas.

5.    Viaje na baixa temporada

image039

Assim como em todos os outros destinos turísticos, os preços na Noruega sobem durante a alta temporada. Por isso, aqueles que desejam fazer uma viagem mais econômica devem priorizar os meses de menos movimento. Para as atrações de verão, a alta temporada na Noruega vai de junho a agosto, já para as atrações de inverno é melhor evitar o período de dezembro e janeiro. Viajar na baixa temporada ainda te dá o privilégio de ver as belíssimas cores de outono ou de primavera.

6.    É possível pegar carona

image040

A Noruega é um dos países mais seguros do mundo, por isso alguns turistas decidem se aventurar e pegar caronas nas estradas do destino. A prática é comum principalmente nas áreas rurais, onde os caroneiros amarram uma bandeira da Noruega na mochila para sinalizar que estão precisando de transporte. Para planejar as viagens de carona existe até um grupo no Facebook, onde as pessoas trocam informações e se conectam para combinar as viagens.

7.    Pergunte aos locais

image041

Na dúvida, a melhor opção é sempre conversar com a população local, essa vai ser sua maior fonte de informação para achar as alternativas mais baratas da cidade. Se você não fala norueguês, não precisa se preocupar, mais de 90% dos noruegueses são fluentes em inglês, além de serem super simpáticos e prestativos. Os centros de informações turísticas também são preparados para orientar viajantes com todos os tipos de dúvida, por isso vale a visita.

8.    Um city pass pode ser uma boa opção

image042

Cidades como Oslo e Bergen disponibilizam um city pass que dá direito a entrada de forma muito mais econômica na maioria dos museus e a qualquer transporte público, além de oferecer descontos em diversos estabelecimentos e serviços. O Oslo Pass e oBergen Card estão disponíveis para períodos de 24h, 48h ou 72h.

 9.    Não se esqueça da sua carteirinha de estudante

image043

Para os estudantes sempre vale a pena pesquisar para fazer uma carteirinha internacional. As empresas que oferecem esses documentos normalmente têm um lista de lugares que oferecem descontos para estudantes em cada país, o que pode ser uma boa forma de economizar durante uma viagem para a Noruega.

 10. Pesquise as atrações gratuitas

image044

Existe uma infinidade de opções de atrações turísticas incríveis e totalmente gratuitas na Noruega, por isso vale a pena pesquisar antes da viagem. Alguns exemplos são o Parque de Esculturas Vigeland, em Oslo, e as casinhas coloridas do Bryggen, patrimônio mundial da UNESCO, em Bergen.

​Conheça um Canadá que você nunca viu

O Canadá é um dos destinos mais requisitados para quem quer aprender inglês ou curtir o inverno. Mas este país da América do Norte esconde grandes aventuras e paraísos pouco noticiados. A Costa Brava Viagens e Eventos, junto com a Signature, preparou dicas para você explorar o lado exótico canadense, seja andando de caiaque para observar ursos polares ou petiscando e bebericando com Aurora Boreal de fundo.

Em Quebec, durma em um Hotel de Gelo

Em Quebec, durante os meses de dezembro a abril, durante o inverno, a parada obrigatória é o Hotel de Gelo. Inteiramente construído de gelo, os visitantes podem conhecer ou se hospedar no local e viver intensamente o inverno. Para os esportistas, a cidade conta também com um parque de diversões de inverno, onde mais de 42 tobogãs, pistas de neve e muitas emoções aguardam os visitantes, o Valcartier.

O frio também oferece uma paisagem única. De Quebec você pode ir até Niágara Falls. Em algumas datas as Cataratas do Niágara ficam congeladas. O sol transforma o local em um espetáculo fantástico pelos reflexos produzidos no gelo.

Trem da Neve pelas Montanhas Rochosas

rocky-mountains-1440081_baixa

Um tour que não pode ficar de fora do seu passeio é ir até as Montanhas Rochosas. Você pode embarcar no trem, estilo anos 50, chamado Via Rail. Ele vai de Vancouver até Jasper em uma viagem com paisagens deslumbrantes do começo ao fim e em vagões confortáveis com vista panorâmica. Chegando em Jasper, você pode caminhar na base do cânion por sobre o gelo e observar as paredes de gelo além das belezas dos mais de 10.000 anos de erosão. Saindo de Jasper, a melhor pedida é trafegar pela Icefield Parkway, uma das mais belas estradas do mundo, até Lake Louise passando por picos cobertos de neve, cachoeiras congeladas e vales graciosos. Ao final da tarde aconselhamos um passeio de carruagem às margens do Lake Louise.

Trenó de Cachorros e Pesca no Gelo

Você já viu muitas vezes em filmes cachorros puxando trenós, mas é no Canadá que você poderá vivenciar esta experiência na prática. Conhecido como Dogsledding, o esporte é bastante difundido no país e pode ser feito em cidades como Vancouver, Toronto, Niágara, Ottawa, Quebec ou Montreal.

Outra experiência é o Ice Fishing. No rigoroso inverno local, você irá se deparar com diversos lagos congelados por todo o país. Patinar neles é uma dica radical, mas para aqueles que gostam de uma atividade mais tranquila é a hora de uma boa pesca no gelo. A cidade de Lake Simcoe, pertinho de Toronto, é considerada a capital de ice fishing do Canadá.

Espetáculo da Aurora Boreal

c120022_062rr_baixa

Existe mesmo. O fenômeno acontece nas regiões mais frias do mundo, normalmente no fim da tarde e começo da noite. É possível ver no céu luzes coloridas e brilhantes, geralmente avermelhadas e esverdeadas, dançando e formando um espetáculo único.

Em Winterhorse, uma linda cidade formada pela corrida do ouro, você pode desfrutar da Aurora Boreal acompanhado de um belo petisco com bebidas e comidas locais.

Este evento mágico da natureza pode ser apreciado no Canadá desde setembro até março, sendo que nas escuras noites de inverno costumam aparecer com mais intensidade.

Ursos bem perto

c070017_05rr_baixa

Mas se você é ainda mais aventureiro, a pedida é desvendar a parte selvagem do Canadá. O país conta com sete espécies de ursos, entre eles os famosos ursos polares. Em Columbia Britânica, Nunavut e Ontario, por exemplo, você pode chegar bem perto deles para observar e fotografar estes ferozes animais em seu habitat natural.

Para quem não se contentar e quiser ainda mais adrenalina, é possível alugar e passear de caiaques pelos rios onde, nas suas margens, os ursos se alimentam e caminham tranquilamente. Não há nenhum outro lugar para se ver de tão perto esses gigantes da natureza.

Canadá é sinônimo de esportes de inverno

Não tem como pensar no Canadá e não falar em esquiar. Dentre as principais estações de esqui do Canadá, destacamos Whistler, a maior e melhor da América do Norte, segundo os especialistas no assunto. Alguns motivos fazem dela o local ideal para sua viagem: a vila toda desenhada para pedestres facilita o acesso às pistas, bares e restaurantes, não sendo necessárias grandes caminhadas em nenhum momento; as mais de 200 pistas de esqui e snowboard que contemplam todos os níveis de profissionais e amadores no esporte; as temperaturas amenas, já que fica quase no nível do mar; e a grande oferta de restaurantes e atividades para os dias de descanso.

No Canadá, além de esquiar convencionalmente, você pode também curtir em alta velocidade um jetski de neve, conhecido como Snowmoblie. Somente em Ontario, você pode curtir mais de 33 mil quilômetros de trilhas específicas para a adrenalina do Snowmobile.

Piscinas e descanso até no frio

Para aqueles que preferem um pouco menos de aventura e mais tranquilidade, a pedida é o Nordik Spa, localizado em Ottawa. Este é o maior Spa da América do Norte e conta com piscinas ao ar livre, saunas, piscinas infinitas, restaurantes, além de espaços para banhos e massagens. Mesmo no inverno é possível desfrutar deste pequeno paraíso das águas, já que as piscinas são aquecidas. Você também pode se hospedar por lá em uma das cabanas situadas dentro da floresta. Uma experiência única para quem busca o frio relaxante, ao invés dos esportes radicais do gelo.