Arquivo da tag: Books

5 romances de estreia escritos por autores brasileiros

A paixão por romances ultrapassa as barreiras do tempo e espaço. De fato, é difícil resistir a histórias fascinantes, inspiradas ou não em fatos reais. Esta é, aliás, uma das características deste que é um dos mais apreciados e difundidos gêneros literários. Oriundo dos contos épicos, o romance ganhou as mentes e corações em todo o mundo ao unir enredo, ambientação e personagens. 

Para celebrar este gênero tão especial, selecionamos 5 romances de estreia escritos por autores brasileiros. Uma inspiração para você neste Dia Mundial do Livro, comemorado em 23 de abril. Apaixone-se!

(Foto: divulgação)

Já não me sinto só

A atriz, roteirista e agora escritora Maria Flor parte de um fim de relacionamento para abordar a história de uma mulher que repensa o próprio destino. Algumas coincidências entre a autora e a protagonista, Maria, que também é atriz, podem causar a impressão de que se trata de uma autobiografia. Mas não. O livro é uma ficção sobre uma mulher e sua profunda jornada de autoconhecimento – sobre quem foi e quem deseja ser.

(Título: Já não me sinto só | Autora: Maria Flor | Editora: Planeta | 192 páginas | R$41,90 | Onde comprar:  Livraria da Travessa)

(Foto: divulgação)

Luzes do Norte

Embora se reconhecesse como bissexual há alguns anos, a autora Giulianna Domingues aproveita para externalizar na literatura o que ainda não havia exposto na vida real. Ficcional e fantasiosa, Luzes do Norte valoriza o universo LGBT ao apresentar um casal de mulheres imperfeitas e apaixonadas. Dimitria e Aurora são as protagonistas desta história, que traz ainda uma releitura da lenda do lobisomem. 

(Título: Luzes do Norte | Autora: Giulianna Domingues | 349 páginas | R$ 12,90 (eBook) | Onde comprar: Amazon)

(foto: divulgação)

Nunca foi Sonho

Estreia da autora no romance ficcional, Nunca foi Sonho parte da premissa de Leonardo da Vinci de que “tudo que está no plano da realidade já foi sonho um dia”. O enredo narra o romance de Ashley e Jeff, um jovem bonito e inteligente que mora nos Estados Unidos em busca de uma oportunidade de emprego. Os desafios enfrentados por ele no país estrangeiro influenciam o futuro do personagem anos mais tarde, mesmo de volta ao Brasil.

(Título: Nunca foi Sonho | Autora: Lucilene Manhães | Editora: Chiado Books| 178 páginas | R$33,00 Onde comprar: Amazon)

(Foto: divulgação)

D’Angelo – O Viajante de Conca

Um romance de época escrito por Sérgio Giacomelli que mescla história e ficção num cenário de pós-guerra com lindas paisagens da Itália. Embora o enredo principal sejam os encontros e desencontros de Matteo, empresário do ramo da moda, e Valentine, proprietária de um hotel na Costa Amalfitana, a trama vai além de uma história de amor. Temas como empoderamento feminino, parentalidade e pioneirismo  empresarial estão na pauta desta ficção.

(Título: D’Angelo – O Viajante de Conca | Autor: Sérgio Giacomelli  | 294 páginas | R$ 47,20 | Onde comprarAmazon)

(Foto: divulgação)

O segredo de Ivy Collins

Será que o amor vencerá os desígnios da Morte? Como mensageira da Morte, Ivy Collins não deveria guardar nenhuma lembrança de sua passagem como humana. Entretanto, sem nenhuma explicação, nos últimos dois meses suas noites passaram a ser perturbadas por um sonho vívido no qual ela se vê na pele de uma jovem do século 19. Designada para uma missão secreta, Ivy viaja a Madri. Basta colocar os pés na capital da Espanha para que uma estranha sensação de déjà-vu a domine. Tudo fica ainda mais confuso quando conhece Álvaro Serrano, um espanhol sedutor, por quem sente uma conexão imediata. Um thriller romântico marcado por segredos, relíquias, simbolismo, paixões, mistério e a força de um amor que desconhece a barreira do tempo.

(Título: O segredo de Ivy Collins | Autora: Cynthia D. Jonas | 263 páginas | R$ 39.90 | Onde comprarAmazon)

Skeelo estreia plataforma de audiobooks best-sellers

App tem parceria de conteúdo com a Auti Books e traz títulos das maiores editoras do Brasil

Atento as transformações digitais do mercado editorial, o Skeelo, maior plataforma de e-books do Brasil, anuncia o Skeelo Audiobooks. O serviço chega para democratizar ainda mais o acesso à leitura no país.

“A nova plataforma é uma continuidade do Skeelo e-books que em pouco mais de um ano no mercado já transacionou 145 milhões de livros digitais. A extensão do negócio, agora em novo formato, é uma opção a mais de consumo para quem busca grandes livros best-sellers, mas não quer abrir mão da praticidade, comodidade e otimização do tempo, podendo estar na companhia de um bom livro enquanto corre, caminha, dirige ou realiza qualquer outra atividade”, afirma Rafael Lunes, sócio-fundador do Skeelo.

O app, que surge com uma parceria estratégica de fornecimento de conteúdo com a Auti Books e tem acordo direto com outros grandes grupos editoriais brasileiros, traz no seu DNA o mesmo diferencial do Skeelo com um acervo formado pelos principais títulos das maiores editoras do Brasil, garantindo ao ouvinte um catálogo de qualidade e altamente selecionado. “A parceria com a Auti Books, assim como com as grandes editoras do mercado editorial fortalece a decisão de investir na mesma mecânica de sucesso experimentada para os e-books, fornecendo agora os livros no formato de áudio, aumentando ainda mais a democratização e inclusão do consumo de grandes obras literárias”, complementa Lunes.

O Skeelo Audiobooks está disponível para as plataformas iOS e Android, além de permitir completa interação com dispositivos Apple Watch, CarPlay e Android Auto.

Ao baixar o aplicativo e se cadastrar, o usuário já encontra de forma simples e intuitiva uma espécie de “clube do audiobook” com as opções de títulos recomendados mensalmente pela plataforma, que podem ser trocados por outra opção do acervo dentro de uma data limite onde o audiobook então é cedido de forma definitiva e passa a integrar a estante virtual e particular do usuário. A cada 30 dias o assinante recebe uma nova recomendação de best-seller para enriquecer cada vez mais a sua biblioteca digital. “Acreditamos na parceria com o Skeelo para atuarmos juntos e fortes na evolução do mercado de consumo de audiobooks, que já se encontra bem mais desenvolvido nos EUA e Europa e que tem enorme potencial no Brasil, atuando por meio de grandes marcas, buscando novos consumidores e, congregando em torno desta estratégia, os principais grupos editorias do nosso país”, explica Claudio Gandelmann, sócio e CEO da Auti Books.

O novo serviço tem como público alvo as grandes marcas prestadoras de serviços que tenham interesse em disponibilizar os conteúdos como forma de agregar um valor adicionado aos serviços já prestados, buscando diferenciação e satisfação dos seus clientes. A primeira parceria já foi firmada com a empresa Sem Parar, que disponibiliza para cada usuário do serviço um audiobook por mês para ouvir o livro no carro, por exemplo.

Com o aumento significativo dos adeptos da leitura digital e por áudio, o Skeelo enxerga um mercado promissor. “Entendemos que existe uma longa jornada de transformação digital do gigantesco acervo de livros físicos para formatos eletrônicos, mas teremos num futuro muito breve uma distribuição mais democrática e abrangente, formando uma nova massa de apreciadores de livros que até então não existia para o mercado editorial”, finaliza Lunes.

Heroína: todo mundo precisa de ajuda

Romance da escritora Nana Lees aborda temas como drogas, feminismo, abusos e depressão em enredo profundo sobre saúde mental

Heroína (substantivo feminino):

  1. Mulher de grande coragem, dotada de sentimentos nobres e sublimes.
  2. Droga apiode, com propriedades analgésicas e narcóticas e que causa elevada dependência química.
(Foto: divulgação)

O lançamento da escritora Nana Lees reúne as duas definições de heroína em um enredo profundo sobre dores, lutas e saúde mental. A partir dos narradores personagens, os leitores de Heroína são apresentados a um internato de elite onde jovens considerados rebeldes fingem que recebem educação, enquanto, na verdade, aprendem todos os esquemas do mundo adulto.

Os grandes personagens narradores dessa história são Helen e Otávio. Ela é filha de um grande líder da indústria bélica… ele é herdeiro de um legado imenso da indústria de narcóticos. O ponto alto da trama é quando Helen, vítima de ansiedade e com princípio de depressão, toma a iniciativa de ajudar uma pessoa muito querida – a rotina de aparências começa a desmoronar quando se enrosca com Otávio, amigo de infância.

“A despeito do fato de nos conhecermos desde que eu tinha uns cinco anos, talvez menos, nós conversávamos pouco. O mais comum eram nossos olhares, um jeito cúmplice de dialogar em meio ao caos que nos rodeava e ao qual não poderíamos combater sozinhos. […] Mas tudo mudou anos depois, quando a vida começou a ficar mais pesada e segredos se tornaram comuns. Desde então, Otávio seguiu um caminho diferente do meu nesse aspecto, tornando-se um oposto, enquanto eu me fechava cada vez mais.Por mais que os problemas familiares tivessem nos separado, nos transformado, os anos que se passaram não cortaram aquele elo criado a duras penas lá na infância.”
(Heróina, pág. 13)

Preocupada em revelar a personalidade única de cada personagem, Nana detalha as descrições físicas e emocionais de cada um. O foco é sempre nos problemas psicológicos que assolam o mundo, mas que a maioria ignora.

Viciada em mangás, Nana Lees criou em Heroína um novo mundo para expressar suas próprias ideias – sempre com um lado reflexivo e um tanto bem humorado.

Ficha Técnica:
Título
: Heróina
Autor: Nana Lees
ISIN: B081NTX267
Páginas: 805 páginas
Formato: e-book
Preço: R$ 1,99
Link de venda:  https://amzn.to/2ZtzzZw

Sinopse: Em um internato de elite, situado no meio de campos verdes e nada mais, jovens considerados rebeldes passam a maior parte do tempo fingindo que recebem educação enquanto, na verdade, aprendem todos os esquemas do mundo adulto a sua própria maneira: fugindo de seus problemas através de dinheiro e influência.

Helen é uma dessas internas, filha de um grande líder da indústria bélica, cercada pelo poder e toda a conveniência que advém dele. No entanto, acometida pela ansiedade e um princípio de depressão, Helen se culpa por tudo o que tem e não consegue decidir o que fazer com a própria vida, bancada com o extermínio de muitas outras pessoas.

Fazendo do seu físico uma carapaça, se protege das expectativas alheias, da falsidade que a rodeia, enquanto tenta se encontrar em seu próprio mundo “perfeito”, por vezes se sentindo inadequada, em outras se sentindo ingrata.
Mas quando toma a iniciativa de ajudar uma pessoa que é muito querida para ela, sua rotina de aparências começa a sair dos eixos, enlaçando sua existência com a do temido Otávio Lichere, herdeiro de um legado imenso da indústria de narcóticos.

Garota Chocrível: o diário de uma adolescente dos anos 80

Conheça uma época sem wi-fi e divirta-se com as paquerinhas, o walkman e as brincadeiras ao ar livre de quase 40 anos atrás no lançamento autobiográfico de Márcia Marques

(Foto: Divulgação)

Eu – Diário de uma garota Chocrível conecta a realidade dos anos 80 com os adolescentes do novo milênio por meio da tecnologia. No e-book e aplicativo da Série Chocrível, o público moderninho mergulha em uma época sem internet e no auge de grandes nomes da música nacional e internacional. A obra é resultado da reunião dos diários da adolescência de Márcia Marques, escritora da obra e criadora da Série Chocrível.

Desde a separação dos pais durante a infância até os conflitos e desafios de uma garota na adolescência, Maia de Oliver, protagonista da história, narra sua trajetória em busca do próprio destino e do “feliz para sempre” dos contos de fadas. Com as amigas Vic e Carol, Maia enfrenta as paqueras, o primeiro beijo, o desafio do vestibular e a dor da morte.

“Estou atordoada com toda a conversa sobre o meu futuro, e me assusto mais ainda quando ele me fala da morte.
– É isso mesmo, filha – falou.
– Um dia seu pai não vai estar mais aqui, e você com seus irmãos darão continuidade às empresas – continuou falando.
Levei um choque de REALIDADE.
Não posso nem imaginar nada disso.
– Venha tomar conta do que é seu. A escolinha não é sua – ele insistiu.
– Você tem que pensar no futuro, um dia ele chega – continuou falando.” (Eu – Diário de uma garota Chocrível, pág.364 e 365)

Além da lições aprendidas pela protagonista, a obra apresenta um dicionário maranhês que auxilia na compreensão da história e enriquece o vocabulário do leitor. Já o aplicativo de realidade aumentada propõe um álbum de figurinhas virtual, entretenimento clássico da época.

Eu – Diário de uma garota Chocrível é dedicado a adolescentes curiosos sobre a cultura dos anos 80 ou para os adultos saudosistas daquela geração. Além da diversão garantia, a obra deixa a inspiração para que, no futuro, diários da década de 2020 sejam também ponto de partida para novas produções nostálgicas como é a Série Chocrível.

 Ficha Técnica:
Título
: Eu – Diário de uma garota Chocrível
Autor: Márcia Marques
ISIN: B083THJBR7
Páginas: 346
Preço: R$19,79
Link de venda:  https://amzn.to/3ddNaYD

Sinopse: Maia de Oliver é uma garota comum com uma história incomum. É sonhadora e adora a vida que leva. Vive feliz com a família numa pequena cidade cercada de amigos, onde semeou seus maiores sonhos. A separação dos pais deixa marcas que só se manifestariam anos mais tarde, onde busca respostas sobre a decisão da mãe em deixá-la para trás. Desde então, passa a morar com o pai e conta com o apoio de sua nova mulher para realizar muitas aventuras na adolescência. Até que tudo desmorona de novo. Entre os momentos difíceis, ela encontra na escola verdadeiras amizades e uma forma de se expressar através da dança, um sonho distante dos planos traçados para sua vida. Vic e Carol, suas melhores amigas, compartilham momentos mágicos e muito divertidos nessa história apaixonante, onde Maia conhece seu paquera oficial e fica sem saída com um beijo roubado. Seu diário, o confidente, guarda todos os seus segredos e os sentimentos mais profundos quando ela se depara com o fim de seu mundo.