Arquivo da tag: Britânica

OUÇA “ALL I AM”, NOVO SINGLE DE JESS GLYNNE

Positiva e celebrando a amizade, a faixa chega para reforçar mundialmente o nome da cantora eleita como única mulher britânica sete vezes número um nas paradas do Reino Unido

Depois do sucesso do mais recente single “I´ll Be There” e de uma rápida passagem pelo Brasil, a cantora britânia Jess Glynne divulga sua mais nova música de trabalho “All I Am”, já disponível em todas as plataformas digitais. A música promete videoclipe inédito em breve.

6ab2a808-7c0a-4390-a692-8a6be54a2a30.jpg

Em todos os sentidos possíveis, “All I Am” chega para celebrar a amizade, carregada de alegria e exalando positividade, o que reforça a popularidade de Jess pelo mundo.

“All I Am” é a sequência mais brilhante e ousada de “I´ll Be There”, que foi o primeiro single da história de “Always In Between” se posicionando diretamente como número um e tornando Jess a única mulher britânica a conseguir alcançar sete vezes a primeira posição nas paradas do Reino Unido em 2018.

O feito foi marcado pelas faixas solo “Hold My Hand” e “Don’t Be So Hard on Yourself” e pelas parcerias “Rather Be”, com Clean Bandit, “My Love”, com Route 94, “Not Letting Go”, com Tinie Tempah, e “These Days” com Rudimental.

OUÇA AGORA “NO SHAME”, NOVO ÁLBUM DE LILY ALLEN

Muito aguardado, o quarto álbum da carreira é o mais pessoal e introspectivo da cantora

A cantora britânica Lily Allen mata a curiosidade dos fãs ao liberar, em todas as plataformas digitais, o tão aguardado álbum “No Shame”, quarto da carreita. Já aquecido com a liberação de “Lost My Mind”, seu atual single, “Trigger Bang” ft. Guggs e “Three”, este é o projeto, como antecipado, mais introspectivo e pessoal da artista. A versão digital do álbum deve chegar em breve a todas as lojas físicas.

3d5be57c-15e7-49ea-bd19-46cdb89254ba.jpg
; Lily Allen lança álbum “No Shame”. (Foto: Divulgação)

Para a criação de “No Shame”, Lily Allen trabalhou diretamente em parceria com Fryars, Mark Ronson, Vampire Weekend´s Ezra Koening, Burna Boy, P2J e Cass Lowe. Como a cantora mesmo disse, o objetivo para a composição deste projeto é de que ele fosse o mais verdadeiro e fiel possível. “Eu acredito que nós, seres humanos, trabalhamos alguns conflitos falando sobre eles e fazer música significa isso para mim. É dividir com o público coisas que você espera que vão se conectar à eles, e não apenas algo que passará desapercebido. Eu acho que somos liderados por forças exteriores no que diz respeito à maneira em que nos expressamos hoje em dia, acredito que temos muito medo do que pode voltar pra nós. Por isso, voltei ao início, à quando eu me sentia muito mais livre”, completou.