Arquivo da tag: Carne Doce

Carne Doce volta à Casa Natura Musical com show Tônus, sexta, 8 de março

Um dos trabalhos mais provocantes dos últimos tempos produziu umdos shows de maior sucesso de 2018, que agora pode ser revisto na Casa Natura Musical

Na sexta, 8 de março, às 23h, na Casa Natura Musical, a banda Carne Doce apresenta show do álbum Tônus (Natura Musical). Formadapor Salma Jô (voz), Macloys Aquino (guitarras), João Victor Santana (guitarras e sintetizadores) e Aderson Maia (baixo), além do convidado Fred Valle (bateria, da Violins), a banda goiana apresenta um repertório que inclui as novas Comida AmargaBrincadeira,OssosJá Passou e Golpista, além de alguns sucessos dos seus trabalhos anteriores. 

Com CD lançado em julho de 2018, o terceiro álbum de estúdio da carreira da banda sucede o elogiado Princesa, de 2016. Produzido pelo guitarrista João Victor SantanaTônus conta com a colaboração do músico Fernando Almeida Filho (Boogarins) em duas composições. O registro das dez faixas mostra a busca do quinteto pela produção de um material essencialmente intimista, com um cuidado que se reflete na composição dos arranjos e versos. O lançamento em vinil aconteceu em um grande show na casa Natura Musical, em 4 de outubro de 2018, com ingressos esgotados. 

Intimista, Tônus mostra a busca do Carne Doce por novas possibilidades, por Cleber FacchiA vulnerabilidade talvez seja a principal marca do terceiro e mais recente álbum de estúdio do Carne Doce, Tônus. Do momento em que tem início, em Comida Amarga (“Eu cato as sobras / Dos teus sinais / Eu sou a sobra / Junto com as sobras”), passando pela construção de faixas como Nova Nova (“Te deixando apaixonado / Te deixando só a dor / E aí você vai entender / E aí, enfim, se vê em mim”), cada fragmento do registro reflete com naturalidade a entrega e melancólica exposição do eu lírico, conceito que vem sendo aprimorado pelo grupo goiano desde a estreia com o homônimo disco de 2014. 

A diferença em relação aos demais trabalhos da banda, principalmente o último, o provocativo Princesa (2016), está na forma como o grupo parece lidar com menos. Da bateria econômica de Ricardo Machado, passando pelo baixo pontual de Aderson Maia, às guitarras deMacloys Aquino e João Victor Santana, também responsável pelos sintetizadores cósmicos que recheiam o disco, tudo se projeta de forma contida. Movimentos sempre calculados revelam a delicada veste instrumental que protege e cerca os poemas assinados pela vocalista Salma Jô.(…)

Passo seguro em relação aos antigos trabalhos da banda, Tônus mostra o esforço do Carne Doce em se reinventar dentro de estúdio. Em um território sombrio, como um olhar curioso para a própria alma, versos e melodias se entrelaçam sem pressa, revelando as angústias, medos e o isolamento do indivíduo. Trata-se de uma obra guiada pela completa minúcia de seus atos, cuidado que se reflete em cada poema ou fração instrumental e segue até a imagem de capa do disco, uma fotografia intimista produzida em conjunto pelo casal Salma JôMacloys Aquino

2019 começa com shows imperdíveis na Casa Natura MusicalO grande sucesso dos eventos de pré-Carnaval 2018 na Casa Natura Musical tem sido ainda maior em 2019, com ensaios de grandes blocos e shows muito especiais, tendo começado com o Bloco Pagu com Marina Lima (19 de janeiro), Duda Beat e o seu CarnaBeat Apaixonado (24 de janeiro), o ensaio geral do Bloco Ritaleena (25 de janeiro), bloco Calor da Rua com francisco, el hombre (02 de fevereiro), Diogo Nogueira no show Munduê (08 de fevereiro), Confraria do Pasmado (09 de fevereiro), seguindo com  Bloco Casa Comigo, com o show São Paulo Ama Carnaval! (16 de fevereiro), Baile da Revanche com Bruna Caram e Marina de la Riva (21 de fevereiro), Baile de Carnaval da Margareth Menezes (22 de fevereiro), o bloco A Espetacular Charanga do França (27 de fevereiro), com Thiago França, e, para toda a família, o Bloco Beatles Para Crianças (17 de fevereiro). Outros grandes shows também já estão com ingressos à venda, como mais uma edição do projeto Frequências com Luedji Luna e Giovani Cidreira (15 de fevereiro), Carne Doce com o show Tônus (8 de março), Tuyo e convidadas (15 de março), Gal Costa gravando seu segundo DVD na Casa Natura Musical, no show de A Pele do Futuro, considerado pela crítica como um dos melhores discos de 2018 (22 e 23 de março), Pretinho da Serrinha convida Maria Rita (28 de março) e Lenine, com o show Lenine Em Trânsito (30 de março).

Carne DoceShow: TônusQuando: sexta, 8 de março, às 23hAbertura da Casa: 21h30Ingressos:Meia-entrada para todos os lotes e setoresPista: R$ 40 (lote 1), R$ 50 (lote 2) e R$ 60 (lote 3)Bistrô Superior: R$ 120Camarote: R$ 120Lotação para este show: 710 lugaresClassificação etária: 12 anos (menor de 12 acompanhado pelos pais ou responsáveis)Casa Natura MusicalRua Artur de Azevedo, 2134, Pinheiros, São Paulo, tel: (011) 3031-4143Ingressos sem taxa de conveniência na bilheteria da Casa Ingressos podem ser pagos com dinheiro, cartões de crédito e débitoHorário da bilheteria: de terça a sábado, das 12h às 20h. Segundas e domingos, quando houver show. Em dias de espetáculo, a bilheteria fecha mais tarde, até uma hora após o início da apresentação.Vendas de ingressos: EventimVendas para pessoas com deficiência: 4003-6860www.eventim.com.brwww.casanaturamusical.com.brhttps://www.facebook.com/CasaNaturaMusicalhttps://www.instagram.com/casanaturamusical/www.twitter.com/casanaturamus

Banda goiana Carne Doce entra em estúdio para gravar seu segundo disco

Ainda sem título, o novo álbum está sendo gravado no Red Bull Studio, em São Paulo

Os goianos do Carne Doce já estão em estúdio para gravar o sucessor de Carne Doce (2014), seu bem-sucedido álbum de estreia. Os trabalhos irão até o final do mês, no Red Bull Studio São Paulo.

Carne Doce começa a gravar novo álbum. (Foto: Divulgação)
Carne Doce começa a gravar novo álbum. (Foto: Divulgação)

Ao contrário do álbum homônimo, que foi gravado com apenas dois meses de banda, este sugere maior amadurecimento do grupo. “Nossa estreia foi afoita. Estamos mais criteriosos com nossa sonoridade”, garante o guitarrista Macloys Aquino, que divide o frontline da banda com sua esposa, Salma Jô. O que não significa que a qualidade musical do primeiro deixe a desejar: Carne Doce foi um dos discos independentes mais elogiados pela crítica especializada no ano do seu lançamento.

O grupo liderado pelo casal é conhecido pela carga político-social de suas letras, abordada no passado em faixas como  “Preto Negro”, “Passivo” e “Sertão Urbano”. Característica que se mantém no álbum inédito: “Salma, que escreve as letras, continua bastante inqiueta quanto a temas sociais”, diz Macloys. “[Neste álbum] Há uma tentativa de exploração do regional, da cultura goiana, mas o mais forte devem ser as músicas que falam de feminismo, individualismo, egoísmo, intimidade, poder”, finaliza.

O novo álbum, de 11 faixas, tem sua estreia prevista para julho ou agosto, ainda neste ano.