Arquivo da tag: Centro

5 pratos incríveis com bacalhau para provar no Centro de Portugal

Bacalhau é ingrediente típico de Portugal. (Foto: Divulgação)

Tradicional no país, o peixe é item imprescindível na gastronomia da região, que tem até um museu dedicado a ele

O bacalhau é um peixe tipicamente português, estando presente na gastronomia do país inteiro. Mas é no Centro de Portugal que ele ganha seu lugar de honra, principalmente em Ílhavo, cidade que construiu um museu dedicado à sua história e que fica a 100 quilômetros de Porto.

O Museu Marítimo de Ílhavo conta como o peixe foi importante em uma época em que os portugueses passavam por escassez de alimentos. Como o bacalhau passa por um processo de salga e secura, ele durava mais tempo e chegava aos recantos mais longínquos do interior do país. Por isso e pelo fato de a pesca nos mares frios do norte ser perigosa na época, os pescadores de bacalhau eram verdadeiros heróis nacionais.

Com o bacalhau em abundância e outras carnes em falta, não é de se espantar que os portugueses tenham explorado a criatividade e criado centenas de pratos diferentes com o peixe. Listamos abaixo cinco deles para provar no Centro de Portugal, charmosa região que abrange cidades como Coimbra, Aveiro, Viseu e Fátima.

Bacalhau à Lafões

Uma versão do bacalhau empanado e assado em postas, com batatas, ovos cozidos, alho, cebola e, é claro, muito azeite. O melhor lugar para provar esta iguaria é Viseu ou alguma das cidades próximas, já que foi ali que ela surgiu.

Arroz de bacalhau

Este maravilhoso refogado de arroz, bacalhau, azeite, cebola e tomate é um prato cremoso e de dar água na boca. O resultado é absolutamente imperdível!

Caldeirada de Bacalhau

As caldeiradas são tradicionais em Portugal. Nada mais são que um ensopado que leva pão entre os ingredientes. A de bacalhau encanta pelos temperos e sabores, e leva o lombo do peixe, batata, tomate, pimentão, cebola, alho, louro e coentro – e não usa pão no preparo. As caldeiradas de peixe são uma especialidade da cidade de Aveiro.

Bacalhau à Lagareiro

O bacalhau à Lagareiro é cozido no leite e depois assado com azeite, assim como as batatas que são servidas junto.

Bacalhau gratinado

Não há como errar com um peixe delicioso coberto por um molho branco e que fica melhor ainda no forno. Há diversas maneiras de gratinar o bacalhau e todas elas são excelentes. Versões recheadas com batata doce e pão ou espinafres e queijo estão entre as favoritas.

Exposição “Contemporâneo, sempre” no Farol Santander

Por Renata Lakatos e Douglas Alves

A arte contemporânea tem seu quinhão de exímios defensores, assim como uma parcela de críticos severos, mas é, sem dúvida, um dos movimentos artísticos que mais ganhou destaque no Brasil, com nomes de relevância mundial, apreciados ao longo das décadas.

Parte do mau julgamento da arte contemporânea vem da falta de conhecimento já que esse não é, afinal, o movimento mais estudado nas aulas de artes da escola, mas mesmo o mais ferrenho dos críticos sentirá seu coração amolecer ao entrar na exposição “Contemporâneo, sempre”, que acontece no Farol Santander, no centro de São Paulo, até dia 5 de janeiro de 2020.

Arte contemporânea no Farol Santander. (Foto: Renata Lakatos)

Nada de paredes brancas e cara de contemplação; a mostra é dinâmica, para ser vista de diversos ângulos e com muita atenção, mas pode ser apreciada mesmo por aqueles que pouco – ou nada – entendem de arte. As cores, as formas, os desenhos e ângulos te agarram com força e levam para o centro do espaço que não apenas traz uma das obras mais impressionantes da exposição, a pintura “Palimpsestos”, do artista Paulo Almeida, que foi terminada no local e é modificada a cada nova exposição. Tivemos a oportunidade de vê-lo ainda trabalhando e o processo é encantador.

Exposição sempre tem novidades. (Foto: Renata Lakatos)

A exposição tem curadoria de Agnaldo Farias e Ricardo Ribenboim e apresenta um panorama de 70 anos da arte brasileira, reunindo um conjunto significativo de pinturas, esculturas, desenhos, gravuras e fotografias. Do total do acervo, que conta com mais de 2 mil obras, foram selecionados 64 trabalhos, divididos nas categorias Abstração, Retrato e Paisagem. A expografia apresenta um olhar didático para o público, que permite compreender como cada uma de suas vertentes traduz a história da arte no Brasil.

“A exposição foi concebida reunindo em grupos artistas de diversas épocas e variadas técnicas e isso permite ao visitante compreender como cada uma dessas categorias perpassa a história da arte brasileira e da Coleção Santander Brasil. São trabalhos adquiridos no momento em que foram produzidos, e não quando os artistas já eram consagrados, e a compra de suas obras não implicava mais correr riscos. Os jovens artistas sublinham o compromisso da instituição com a ousadia e a experimentação”, explica Agnaldo Farias. Destes, destacam-se Alfredo Volpi, Tomie Ohtake e Burle Marx.

Artes da exposição do Farol pode ser vista até 2020. (Foto: Renata Lakatos)

A mostra conta ainda com um espaço multimídia onde os visitantes podem interagir, a partir de uma projeção na parede, com imagens desconstruídas das obras expostas, alterando formas e cores com seus próprios gestos e movimentos. Há também uma obra representativa de cada uma das categorias destacada em projeto de acessibilidade, em relevos táteis e em alto contraste, além de legendas em braile e áudio descrição.

Quando: de 27/08/2019 a 05/01/2020

Onde: Rua João Brícola, 24 – Centro (entrada acessível pelo nº 32)

Funcionamento: de terça a dominfo, das 9h às 20h

Ingressos: R$ 25,00 (visitação completa ao Farol Santander) disponível pelo site e na bilheteria física no local

http://www.farolsantander.com.br

Mar e montanha no Centro de Portugal

Natureza da região é vasta e variada, garantindo atrações para todos os gostos

Com a chegada do verão no Hemisfério Norte, a natureza de Portugal convida os turistas a conhecer partes diferentes do país. A região do Centro, localizada entre as cidades de Lisboa e Porto, reúne muitas belezas naturais, que vão desde lindas praias no litoral até rios, lagos e montanhas no interior.

Quando o assunto são praias, as opções são inúmeras e surpreendentes. A poucos quilômetros de Aveiro, por exemplo, está a charmosa praia da Costa Nova, que além da areia dourada e do mar, conta com típicas casinhas listradas que garantem fotos lindas, principalmente em dias de sol.

Praia de Nazaré. (Foto: Turismo do Centro de Portugal)

Mais ao sul, em Figueira da Foz, está a Praia da Claridade, com um grande areal e uma luminosidade única que lhe rendeu o título de “Rainha das Praias de Portugal”.

Já nas Berlengas, um arquipélago acessível por barco a partir de Peniche, a 90 quilômetros de Lisboa, está um verdadeiro paraíso natural, com águas verdes cristalinas e grutas impressionantes.

Para os surfistas, uma das principais pedidas é Nazaré, uma cidade litorânea que conta com ondas gigantes em sua Praia do Norte. Não é exagero: o fenômeno do Canhão da Nazaré garante ondas que chegam a 30 metros, tanto que foi lá que o recorde de maior onda surfada no mundo foi batido, em 2017, pelo brasileiro Rodrigo Koxa.

Aldeias do Xisto. (Foto: Turismo do Centro de Portugal)

Peniche, por sua vez, tem vários tipos de ondas diferentes. A Praia dos Supertubos tem ondas perfeitamente tubulares; a Praia do Baleal é grande, oferecendo a possibilidade de não precisar dividir as ondas; já a Lagide tem boas condições para iniciantes no esporte.

Saindo do litoral, o Centro de Portugal também tem outras atrações naturais. A mais imponente delas é a Serra da Estrela, a cadeia de montanhas mais alta da parte continental do país. O cenário já impressiona na chegada: as estradas panorâmicas têm vistas de tirar o fôlego para os vales verdejantes.

Para quem curte atividades ao ar livre, é o lugar perfeito. É possível percorrer cerca de 375 quilômetros de trilhas incríveis a pé ou de bicicleta para ver de perto os picos rochosos, penhascos, rios e pequenos refúgios tranquilos com belíssimas lagoas. Já a adrenalina está garantida com voos de parapente, escaladas, slide, rapel, canoagem, entre outros. E, a 1.993 metros de altitude está o ponto mais alto da montanha, conhecido como Torre.

A Serra da Estrela conta com hotéis excelentes para tornar as férias ainda melhores, como a Casa das Penhas Douradas e a Casa de São Lourenço, que garantem muito conforto e tranquilidade e ainda possuem restaurante e spa.

Embora seja linda no verão, a cadeia de montanhas é um destino para o ano todo. No inverno, seus picos ficam nevados e lá funciona um ótimo centro de esqui.

Também no interior do país, longe do litoral, existem as Aldeias do Xisto, um conjunto de 27 pequenas aldeias espalhadas pela região, cujas construções são feitas de xisto, um tipo de pedra. Esta rota turística esbanja história, com monumentos, construções centenárias e museus, mas é também um lugar para aproveitar a natureza. Há praias fluviais, trilhas para mountain biking, locais para praticar escalada, lagos para canoagem e muito mais. Apesar de serem aldeias pequenas, elas estão preparadas para receber turistas, possuindo excelentes opções de hospedagem e restaurantes.

10 passeios tipicamente paulistanos para fazer no aniversário de São Paulo

No dia 25 de janeiro, a maior cidade do país vai comemorar seu 465º aniversário. Repleta de atrativos culturais, gastronômicos e tantos outros, São Paulo é um dos destinos mais variados do Brasil. Em homenagem à data, o WZ Hotel Jardins selecionou alguns dos melhores passeios para fazer na capital paulista:

São Paulo oferece destinos para todos os gostos. (Foto: Divulgação)

Parque do Ibirapuera

Com mais de 150 hectares, o Ibirapuera é um oásis verde em meio ao concreto de São Paulo. Uma profusão de árvores, lagos, jardins e centros culturais, incluindo pavilhões projetados por Oscar Niemeyer, formam um dos ambientes mais agradáveis da cidade. O local é perfeito para passar o dia, fazer uma caminhada ou andar de bicicleta.

Avenida Paulista

O endereço mais paulistano da cidade, a Avenida Paulista é muito mais do que grandes prédios comerciais. Lojas, shoppings, cinemas, restaurantes e cafés estão por toda a avenida, além de uma alta concentração de centros culturais. Aliás, o circuito cultural da Paulista inclui atrações imperdíveis: MASP, Japan House, IMS (Instituto Moreira Salles), Centro Cultural FIESP, Itaú Cultural, Casa das Rosas, Sesc Paulista e muito mais.

Centro

Com um rico patrimônio que revela a história de São Paulo em cada canto, o centro velho da cidade reúne pontos turísticos como a Praça da Sé, o Theatro Municipal, o Pateo do Collegio (local onde a cidade foi fundada) e o Farol Santander (Edifício Altino Arantes).

Bixiga

Tradicional bairro fundado por imigrantes italianos, o Bixiga abriga uma charmosa arquitetura de sobrados coloridos, as famosas cantinas italianas, a escadaria do Bixiga, festas de rua, feira de antiguidades e vários teatros.

Liberdade

O bairro japonês é o melhor lugar de São Paulo para provar a culinária oriental, seja nos restaurantes ou na Feira da Liberdade, e comprar produtos típicos, de comidinhas a utensílios de cozinha, peças decorativas e cosméticos. As ruas da Liberdade são todas enfeitadas com as tradicionais lanternas vermelhas e os toris japoneses.

Mirantes

São Paulo vista do alto é ainda mais inesquecível. Admirada a partir de um dos mirantes da cidade, a imensidão de prédios por todos os lados é de tirar o fôlego. Para isso, confira os mirantes do Farol Santander, do Terraço Itália, do edifício Copan, do Sesc Paulista, do MAC Ibirapuera e muitos outros.

Mercado Municipal

Localizado na região da Rua 25 de Março, o Mercadão, como é mais conhecido, exibe uma bela arquitetura em estilo art déco, além de uma grande variedade de frutas, queijos, temperos e muito mais. Não deixe de provar o pastel de bacalhau ou o famoso sanduíche de mortadela.

Vila Madalena

Conhecido como o bairro boêmio de São Paulo, a Vila Madalena é cheia de barzinhos. Mas vale curtir o bairro também de dia, quando é mais tranquilo. Há vários restaurantes, cafés descolados e lojinhas. Outro ponto imperdível é o Beco do Batman – todo grafitado, é como uma galeria a céu aberto.

Oscar Freire

São Paulo é uma cidade perfeita para fazer compras. Um dos endereços mais famosos para isso é a Rua Oscar Freire, onde estão lojas de renomadas grifes nacionais e internacionais. A região também é bem arborizada e segura, muito agradável para um passeio a pé, e repleta de restaurantes e confeitarias.

Vida noturna

A vida noturna de São Paulo é muito agitada, com várias baladas e barzinhos. Para isso, locais como a Vila Madalena, o Itaim Bibi, a Vila Olímpia e a região da Rua Augusta são ideais. A cidade também é conhecida pelos serviços abertos 24h por dia, como padarias, lanchonetes e até academias.

Onde ficar: WZ Hotel Jardins

Com design moderno, o WZ Hotel Jardins é um marco arquitetônico em São Paulo, com sua fachada exclusiva com luzes LED coloridas, já premiada internacionalmente. O hotel está localizado em uma das áreas mais nobres da cidade: nos Jardins, ao lado da Rua Oscar Freire. Além disso, a estação Oscar Freire do metrô fica a poucos passos do hotel, facilitando o deslocamento de seus hóspedes aos principais pontos de interesse da cidade.

O WZ Hotel Jardins oferece quartos amplos e confortáveis, restaurante de culinária contemporânea, cafeteria própria, bar, café da manhã completo, wi-fi gratuito e estacionamento no local. No entorno do hotel, estão lojas das principais grifes da moda e restaurantes que oferecem o melhor da gastronomia paulistana. O hotel também fica a poucos quilômetros do Aeroporto de Congonhas.

Avenida Rebouças, 955 – entre Rua Oscar Freire e Alameda Lorena

Telefones: (11) 3069-0000 / 0800-129422

6 bairros essenciais em um city-tour por Buenos Aires!

Rivalidade futebolística a parte, Buenos Aires é simplesmente encantadora. Dona de bairros marcantes, gastronomia vibrante e uma vida noturna pra lá de muy caliente, a capital argentina é cativante, fabulosa e cheia de atrativos para os turistas em qualquer estação do ano.

Perder-se pelas belas e arborizadas ruas de Buenos Aires, aliás, é uma divertida e prazerosa opção de passeio a se fazer. Desbravar os icônicos bairros da capital argentina também. Mas antes de sair caminhando, seja na sua primeira ou em outras visitas, é preciso saber o que encontrar por lá, não é mesmo?

Veja aqui um pouco mais sobre os principais bairros de Buenos Aires:

  • Plaza de Mayo
A Casa Rosada, a sede da Presidência Argentina. (Foto: Divulgação – Pestana Hotel Group)

A melhor maneira de desbravar Buenos Aires é a pé. E uma ótima maneira de começar é por meio do bairro Plaza de Mayo, que é o centro histórico e político da capital argentina. A região abriga alguns dos pontos turísticos mais importantes da metrópole, como a Casa Rosada, a sede da Presidência Argentina, a Igreja Catedral Metropolitana e o El Cabildo, uma importante construção onde foi declarada a Revolução de Maio de 1810.

  • Centro
Calle Florida, em Buenos Aires. (Foto: Divulgação – Pestana Hotel Group)

O centro também é um ótimo bairro para longas caminhadas, principalmente durante o dia, quando o clima boêmio ainda não se instaurou pela região. Hospedar-se por ali, aliás, pode ser uma excelente ideia. A região é bem atendida pelo metrô e oferece uma grande variedade de hotéis com bom custo benefício, como o Pestana Buenos Aires, que fica pertinho da Avenida 9 de Julio. Destaque para a Calle Florida, que é uma das mais movimentadas da cidade e possuí centenas de lojas de souvenirs, restaurantes e bares. Ao lado, a Plaza San Martín, uma das maiores de toda a capital.

  • Recoleta
Livraria El Ateneo, na Recoleta. (Foto: Divulgação – Pestana Hotel Group) 

Para quem gosta de andar, o belíssimo bairro da Recoleta, repleto de árvores e prédios de inspiração madrilenho-parisiense, é quase que obrigatório. A região, inclusive, conta com diversas lojas, bancos e livrarias ideais para se perder durante uma manhã. A livraria El Ateneo, que fica num antigo teatro com mais de 100 anos de história, é um dos destaques do bairro. Ela é considerada uma das mais bonitas do mundo. Por ali também há o famoso Cemitério da Recoleta, onde está enterrada Evita Perón, o Museu Nacional de Belas Artes, a Igreja Nossa Senhora de Pilar e a grande escultura de aço em forma de flor que abre e fecha suas pétalas dependendo da hora do dia, o Monumento Floralis Genérica.

  • Palermo
El Rosedal Rose Park em Bosques de Palermo. (Foto: Divulgação – Pestana Hotel Group) 

Jovem e descolado, Palermo é o maior e mais tradicional bairro de Buenos Aires e é dividido em duas partes: Palermo Soho e Palermo Hollywood. Mas apesar dessa subdivisão, a nomenclatura não é utilizada com frequência. Pra quem gosta de agito, Palermo é o local certo. A região possuí uma grande variedade de bares e restaurantes e é o epicentro da vida noturna de toda a capital. O Bosque Palermo, que tem mais de 80 hectares e a Plaza Serrano, também são pontos de interesse a se visitar na região, que é muito boa para compras. As melhores outlets da cidade estão na Avenida Córdoba.

  • La Boca
La Boca. (Foto:  Divulgação – Pestana Hotel Group) 

O River Plate que nos desculpe, mas uma visita a La Boca, bairro onde está situado o estádio do Boca Juniors e a inconfundível e colorida rua de Caminito é essencial. Ambos são importantes pontos turísticos da cidade e, por conta da proximidade, podem ser feitos em um único dia. Em La Bombonera é possível visitar o museu do Boca, contemplar os troféus, visitar os vestiários e olhar o gramado bem pertinho. Já na atração turística mais visitada de Buenos Aires, o Caminito, o importante é sair bem na foto e postar nas redes sociais enquanto se toma uma cerveja ou vinho no bar mais próximo. 

  • San Telmo
Feirinha em San Telmo. (Foto: Divulgação – Pestana Hotel Group)

Já em San Telmo, um dos bairros mais charmosos e antigos de Buenos Aires, a dica é passear com calma e sem pressa. As ruas de paralelepípedo, os bares e restaurantes locais, assim como as lojinhas, barraquinhas e livrarias dão um toque de cidade do interior ao bairro. Aos domingos, uma boa pedida é visitar a feirinha de antiguidades, que começa na Praça Dorrego e vai até a Casa Rosada. Outro hit do bairro é a estátua da Mafalda, na esquina das ruas Chile e Defensa, que é bastante concorrida para fotos entre os turistas. #Olhaaselfie! 😉

Bar Brahma Centro terá programação especial para o Réveillon

Amplo e decorado com inspirações temáticas, o clima alto-astral é propício para quem gosta de dançar e beber com os amigos. No próximo dia 31, o Bar Brahma, que fica na esquina entre as avenidas Ipiranga e São João, promete muita animação para festejar 2019.

Bar Brahma prepara Réveillon especial. (Foto: Divulgação)

Quem for aproveitar a chegada de 2019 no Brahma, vai contar com sofisticado cardápio, decoração temática e shows exclusivos. Os pacotes são fechados, com serviço all inclusive: entrada, prato principal e sobremesa, além de chopp Brahma e destilados premium

A festa acontecerá no dia 31 de dezembro a partir das 20h30. Os presentes se divertirão também com música ao vivo e queima de fogos a meia noite.

Informações completas:

 www.totalacesso.com/evento/reveillon_bar_brahma_2019

SERVIÇOS:

Data: 31 de Dezembro de 2018.
Horário: Das 20h30 às 4h30.
Local: Bar Brahma.
Endereço: Avenida São João, 677 – Centro / SP.
Telefone: 11 2039-1250
Serviço de Valet: R$ 25,00 (Terceirizado).
Classificação: Menores de 18 anos, apenas acompanhados pelo responsável.

MENU:

Entradas:
– Presunto cru e queijos brie e ementhal
– Pastas de azeitona preta e de salmão defumado
– Pães italiano, crostata e focaccia
– Pasteizinhos mistos
– Hackepeter do Bar Léo
– Mini bolinho de carne
– Bolinho de bacalhau

Buffet
Mesa de frutas e Saladas:

– Folhas verdes com figos caramelados e gorgonzola
– Salpicão de frango
– Caprese
– Quiche de alho poró
– Salada de endívias e avocado com salmão curado
– Tabule de quinoa
– Ceviche
  Quentes:
– Peito de peru ao molho de tangerina
– Rosbife de mignon com molho roti
– Tender caramelado
– Penne ao Mare
– Cuscuz de camarão
– Bacalhau com natas
– Arroz com lentilhas
– Arroz com champanhe e amêndoas laminadas com raspas de limão siciliano
– Farofa de banana da terra
– Batatas bravas
– Purê de castanha portuguesa

Sobremesas:
– Mousse de chocolate meio amargo com morangos
– Cheesecake de frutas silvestres
-Strudel de maçã com chantilly
– Pudim de leite condensado
Bebidas:
– Chopp Brahma
– Caipirinha
– Refrigerante
– Água
– Suco Natural
– Espumante na virada
– Whisky 8 anos
– Whisky 12 anos*
– Vodka Importada*
– Energético*

*Bebidas inclusas apenas no Lounge Bar Brahma.

ATRAÇÕES MUSICAIS:

LOUNGE BAR BRAHMA
Super Banda e Dj Serginho – Hits Nac/Internac/Festa

ESQUINA
Banda Jack Rabbit – Versões/POP/Rock /Clássicos

VARANDA
Dona Duda Ribeiro e Banda – Samba de Raiz

CIRCULANTE
Bateria de Escola de Samba – Carnaval

VALORES:

Salão Principal, Esquina ou Varanda:
R$ 600

Lounge Bar Brahma:
R$ 650,00 


Com sistema de comanda individual.

ENTRADA PARA CRIANÇAS

Crianças:
– até 5 anos não pagam.*
– de 6 a 12 anos pagam 50% do valor por pessoa do lote normal.

*Após efetuar sua compra é necessário entrar em contato com nossa Central de Atendimento para cadastramento e adequação de acomodação nas mesas.

As maravilhas do Centro de Portugal no inverno

Diversas atividades inesquecíveis aguardam quem deseja visitar a região nesta época do ano

Situado entre o norte e Lisboa, o Centro de Portugal encanta os visitantes por ser incrivelmente heterogêneo e possuir um inverno extremamente ameno, o que possibilita o turismo durante o ano inteiro.

Bacalhau Domes de Sá _ Créditos Divulgação .jpg
Gastronomia portuguesa é uma das melhores do mundo. (Foto: Divulgação)

Muitos dizem que o inverno é uma das melhores épocas para se visitar a região, pois os lugares estão mais vazios e dificilmente é preciso enfrentar filas para conhecer as principais atrações turísticas, o que pode otimizar bastante o tempo de viagem.

Durante os meses de baixa temporada, é possível conhecer os lugares em um ritmo diferente, permitindo que se tenha uma ideia melhor de como é a vida cotidiana ali.

Separamos algumas dicas de roteiro que ilustram porque o inverno do Centro de Portugal é um dos melhores do mundo:

Gastronomia

Dizem que viajar e comer é a combinação perfeita para o inverno, e esse destino português é o ideal para quem procura explorar localidades únicas e provar iguarias inesquecíveis.

A pluralidade do Centro de Portugal se reflete nos sabores que vão do mar às montanhas. Na costa, frutos do mar são os ingredientes principais de ensopados que não podem faltar em um jantar tradicional. O bacalhau, carro-chefe da gastronomia lusitana, também tem seu apreço nesta região, com seu lugar de honra em Ílhavo. O leitão à Bairrada, a vitela assada à moda de Lafões e os queijos amanteigados que aguçam os sentidos são apenas alguns destaques do seu leque de delícias.

Aldeias Históricas

As 12 Aldeias Históricas da região foram parte fundamental das defesas portuguesas nos tempos antigos e possuem uma grande ligação com a história do Brasil, como no caso de Belmonte, onde nasceu Pedro Álvares Cabral. Hoje, elas são um atrativo fascinante para uma verdadeira viagem no tempo.

Serra da Estrela

A Serra da Estrela é a cadeia montanhosa com a maior altitude de Portugal Continental, e encanta os turistas com suas belezas naturais, pequenos vilarejos históricos, gastronomia sem igual e parques que ostentam paisagens de tirar o fôlego. Porém, seu grande diferencial está no fato de abrigar a única estação de esqui do país.

A Estância de Ski – Serra da Estrela está situada em um dos pontos mais altos do país, onde a temperatura pode chegar a 20ºC negativos no inverno. As ofertas de atividades são variadas, fazendo a alegria tanto das famílias em uma viagem de lazer, quanto dos atletas profissionais que buscam desafiar seus limites.

Rotas do Vinho

Quem não gosta de degustar um bom vinho em dias frios? Com seus cenários inesquecíveis e patrimônio histórico sem igual, o Centro de Portugal oferece experiências exclusivas para os amantes dos vinhos. Aventure-se pelos roteiros vinícolas na Rota da Vinha e do Vinho do Oeste, a Bairrada ou a famosa região do Dão, onde se produz vinhos desde o século XII, realizando uma genuína experiência portuguesa.

Fuentes Restaurante completa 64 anos de tradição

Um dos restaurantes mais antigos da cidade de São Paulo, o conhecido Fuentes comandado pela 3º geração da família do Sr. Severino Fernandez Fuentes, que fugiu da ditadura Franquista, deixando a Espanha na década de 50, mantém a tradição até hoje e completa no próximo mês (julho) 64 anos de existência.

Localizado na região do Centro, o Fuentes Restaurante se destaca pela diversidade de pratos fartos e sabor caseiro, reproduzindo com maestria a típica gastronomia e cultura espanhola. O ambiente aconchegante, recebe diariamente frequentadores fiéis que se dividem em um longo salão com capacidade para até 150 pessoas.

imagem_release_980629.jpg
Fuentes Restaurante completa 64 anos. (Foto: Divulgação)

O cardápio possui opções saborosas, preparados na hora que servem até quatro pessoas, como a sugestão da casa, a clássica Paella Valenciana elaborada com arroz, mexilhão, vôngole, lula, camarão, frango, bacon, ovos, açafrão, pimentão e temperos da família, que decora a mesa a cada pedido com as cores e disposição dos ingredientes variados.

Para aguçar ainda mais o paladar dos exigentes clientes, outras iguarias bem servidas também chamam a atenção, como a Caldeirada, o Bacalhau à Espanhola, o Arroz de Marajá, conhecido como “Paella Marinheira” e o Espaguete à Marinheira. Carnes, peixes e aves também fazem parte do menu, porém em porções menores para até duas pessoas.

Para acompanhar as delícias do Espanhol Fuentes, os vinhos e a refrescante “sangria” são as bebidas mais pedidas durante seis décadas. O restaurante funciona durante o dia (somente para o almoço), exceto em datas especiais que acontece a “Noite Espanhola” com apresentação de dança típica.

Informações de Serviço
Endereço: Rua do Seminário, 149 – Centro
Telefone: 11 3228.1680
Funcionamento: De segunda a quarta-feira, das 11h às 15h30 / quinta e sexta-feira, das 11h às 15h30 / sábado e domingo, das 11h às 16h.
Lotação máxima: 150 lugares.
Aceita todos os cartões de débito e crédito.
Não aceita cheques.
Possui ar condicionado.
Não possui acesso para cadeirante.

Fabio Zanon se apresenta na Biblioteca Mario de Andrade

Hoje, Fabio Zanon se apresenta na Biblioteca Mário de Andrade, a partir das 20hs. A entrada é gratuita e será o último recital desse ano.

O violonista que já se apresentou nos mais renomados palcos internacionais fecha o ano em São Paulo tocando Holborne, Britten, Granados, Bobrowicz e Mignone. ‘Sempre convivi com colegas que estudavam instrumentos de orquestra, e desde muito pequeno o repertório sinfônico foi a coisa mais importante da minha vida. O violão não é uma curiosidade, um caso especial: ele é uma das principais vias de acesso à música clássica, explica Zanon.

fabio-zanon-eduardo-sardinha-guitarcoop--0145.jpg

Fabio Zanon é um dos artistas mais celebrados no cenário internacional do violão clássico. Formado pela Escola da Comunicação e Artes da USP, Fábio Zanon completou sua formação na Royal Academy of Music, em Londres e onde dá aulas como professor visitante. Considerado um dos maiores violonistas brasileiros de todos os tempos e um dos mais influentes da atualidade, o músico já tocou em mais de 40 países, tendo acumulado também diversos prêmios, como é o caso do primeiro lugar no 30º concurso “Francisco Tárrega”, na Espanha.

Zanon é um artista que rompe as barreiras do violão, atuando também como maestro, escritor, comunicador, professor e produtor cultural. Seu CD mais recente, O Violão Romântico (The Romantic Guitar), acaba de ser lançado pela GuitarCoop. Este é seu primeiro lançamento pelo selo. O lançamento aconteceu em São Paulo, RJ, Porto Alegre e segue pelas cidades brasileiras e pelos palcos internacionais.

SERVIÇO:

Biblioteca Mário de Andrade –  Instrumental – Fábio Zanon

Rua da Consolação, 94 – Centro

Telefone: (11) 3775-0002

Dia: 29, terça-feira, às 20h

Local: Auditório

ENTRADA GRATUITA – Chegar uma hora antes para retirar o convite.

55SP GALERIA VAI PARA RUA E APRESENTA O PROJETO SEQUÊNCIA DE SOM

Sob curadoria de Julia Morelli, evento gratuito no centro de São Paulo unirá arte, moda e música

 A 55SP Galeria promove neste sábado, 22 de outubro, às 11 horas, o festival gratuito “Sequência de Som”. O projeto, que tem produção das curadoras Julia Morelli e Carla Ribeiro, ocupará as ruas do bairro da Santa Cecilia, na capital paulista, para proporcionar aos visitantes uma experiência interativa entre arte, moda e música. Com a sonorização feita pelos DJs Magal e Mimi, o evento também contará com venda de discos de vinyl.

Dj Magal estará no evento da 55SP Galeria. (Foto: Divulgação)
Dj Magal estará no evento da 55SP Galeria. (Foto: Divulgação)

Considerado o passado, o presente e o futuro da música eletrônica no Brasil, DJ Magal tem mais de três décadas dedicadas à profissão. Carismático e desenvolto, Magal tem suas bases construídas sob os estilos pós-punk, synth-pop, industrial, EBM e acid house. Já Mimi carrega em sua bagagem mais de 20 anos de carreira como DJ acompanhados da interminável paixão por Música e Discos de Vinyl. Com o lema “Mostre-me seus discos e direi quem tu és”, o profissional que também é proprietário daShow me your case estará vendendo parte do seu vasto acervo durante o evento.

“Queremos ocupar a rua! Nossa localização nos obriga a pensar em urbanismo. Hoje em nosso bairro estamos cercados de uma grande miscigenação de restaurantes, lojas, galerias, entre outros serviços, e por isso temos convicção que um evento assim pode trazer uma experiência única e muito interativa entre as pessoas”, comenta Julia Morelli, uma das curadoras do evento.

 SERVIÇO

SEQUÊNCIA DE SOM

22/10/2016 – 11 horas até 17 horas

Franca – Para todas as idades

Local: Pair Concept Store + 55SP Galeria

Endereço: Rua Barão de Tatuí, 195 – Vila Buarque – Centro – São Paulo – SP