Arquivo da tag: Clássico

Roberta Campos lança versão de “Quase Sem Querer” da Legião Urbana

A cantora e compositora Roberta Campos apresenta nas plataformas digitais sua versão para “Quase Sem Querer”, da Legião Urbana. A música, produzida por ela e Rafael Ramos (Pitty, Titãs, Vanguart), foi gravada no estúdio Saxsofunny (São Paulo) com os músicos Michelle Abu (bateria), Pit de Souza (baixo) e Zeca Loureiro (guitarra e vocais). 

Sempre fui apaixonada por Legião Urbana, Renato Russo é um dos meus poetas favoritos. Em 2015 montei um show para homenagear a banda e em especial o Renato, recentemente voltei a fazer apresentação e senti muita vontade de gravar um single. Escolhi essa canção, uma de minhas preferidas, porque fala sobre o amor e o reencontro de uma pessoa com ela mesma por meio desse sentimento. Essa música para mim é leve e fresca por trazer essa mensagem. Assim, quis fazer uma releitura que transparecesse isso”, conta Roberta.

A versão também já tem seu clipe oficial disponível no YouTube. O vídeo foi gravado em estúdio, em clima muito descontraído, com direção de Otavio Sousa.

Anúncios

SHOPPING METRÔ TUCURUVI APRESENTA A PEÇA INFANTIL CHAPEUZINHO VERMELHO NESTE DOMINGO

O espetáculo faz parte do projeto Domingo é Dia de Teatrinho, que traz clássicos infantis para toda a família

O Shopping Metrô Tucuruvi apresenta nesse domingo Chapeuzinho Vermelho em: Uma Surpresa para o Lobo, versão da peça clássica infantil, em uma apresentação feita por com fantoches e bonecos. O espetáculo foi adaptado para que as crianças possam participar dançando, cantando e interagindo com os atores.

“A apresentação dá a sensação que o público está dentro da história, com isso, crianças e adultos se divertem de forma lúdica e interativa, proporcionando diversão e muita fantasia para fechar o final de semana com chave de ouro”, destaca Laís Marques, gerente de Marketing do Shopping Metrô Tucuruvi.

SMT_Chapeuzinho Vermelho_Cia Arte & Manhas.JPG
“Chapeuzinho Vermelho” será exibido no Shopping Metrô Tucuruvi. (Foto: Divulgação)

Chapeuzinho Vermelho é uma menina que adora ir visitar sua avó que mora perto da floresta. Porém, a cada visita, ela é perseguida por um Lobo e acaba vivenciando diversas aventuras na mata. A surpresa vem no final da história. Será que o Lobo é tão malvado quanto parece?

Os espetáculos do Domingo é Dia de Teatrinho são realizados em parceria com a Cia Arte & Manhas e duram cerca de 40 minutos cada. Os lugares são por ordem de chegada, sem necessidade de reserva prévia e a programação é atualizada mês a mês no site www.shoppingmetrotucuruvi.com.br.

Domingo é Dia de Teatrinho no Shopping Metrô Tucuruvi

Chapeuzinho Vermelho em: Uma Surpresa para o Lobo

Data: 13 de maio

Horário: às 16h

Local: Piso 2

Endereço: Av. Dr. Antonio Maria Laet, 566 – Tucuruvi – São Paulo

Gratuito

‘HEY ARNOLD!’ ESTÁ DE VOLTA NA NICKELODEON

Animação faz parte do Abrilíssimo – programação especial que rola tradicionalmente em abril, mês de aniversário da Nick

‘Hey Arnold!’, o programa mais pedido por pais e filhos está de volta na Nick! Como parte do tradicionalAbrilíssimo (programação especial de abril que comemora o aniversário da Nick no Brasil), o canal resgatou os melhores episódios dessa (querida) animação que irão ao ar em dose dupla! É o #TBT Hey Arnold! Fique de olho a partir de quinta-feiradia 05, às 17h, com reprises ao longo do mês.

ViewImage (5).jpg
“Hey Arnold!” volta a Nick. (Foto: Divulgação)

Impossível não conhecer (e se apaixonar por) Arnold! Um dos personagens mais amados da TV, suas aventuras marcaram mais de uma geração de fãs. Na série, o garoto que vive com seus avós, Phil e Gertrude, se diverte muito com seus amigos da vizinhança e é atormentado por Helga.

Quer mais, @?  O 21º aniversário da Nickelodeon no Brasil está pra lá de especial! Outra supernovidade é a estreia exclusiva de ‘Hey Arnold! Na Selva – O Filme’, que vai ao ar na última quinta-feira do mês, dia 26, às 17h, para fechar o mês com chave-de-ouro.

Em Hey Arnold! Na Selva – O Filme’, Arnold e sua turma ganham uma viagem para San Lorenzo. Arnold está animado porque finalmente poderá realizar seu maior sonho: encontrar seus pais desaparecidos. O que ninguém esperava era que essa viagem tomasse um rumo diferente. Sua única esperança de voltar pra casa pode estar relacionada ao caminho perigoso que levou ao desaparecimento de seus pais. Como  líder da jornada, Arnold deve se certificar de que ele e seus amigos sobrevivam e consigam voltar em segurança. Será que eles vão conseguir enfrentar essa aventura?

E aí? Pronto pra matar a saudade?

Aqui rolou até uma lágrima ❤

SERVIÇO – RE-ESTREIA ‘HEY ARNOLD!’

Estreia: quinta-feira, 05 de abril, às 17h

Exibição regular: toda quinta-feira, às 17h

SERVIÇO – ESTREIA ‘HEY ARNOLD! NA SELVA – O FILME’

Estreia: quinta-feira, 26 de abril, às 17h

Classificação indicativa: livre

Croasonho anuncia lançamento do Croaburger

Novidade chega à rede nas versões Clássico e Barbecue

A Croasonho, única rede de franquias especializada em croissants recheados do país, traz ao seu cardápio uma combinação inédita e irresistível: a união do Croasonho, uma delícia nacional, com o hambúrguer, uma paixão mundial. O resultado é o Croaburger, que chega em duas versões, o Clássico e o Barbecue.

ViewImage (3)
Croaburger é o lançamento da rede Croasonho. (Foto: Divulgação)

A versão do Croaburger Clássico (R$ 15,90) é composta por um suculento hambúrguer de carne bovina, cheddar, alface, tomate, molho parmesão e batatas chips como acompanhamento no prato. Já a versão Barbecue (R$ 17,90) tem o mesmo hambúrguer bovino, bacon, cheddar, anéis de cebola, além das batatas chips no prato. Recheio perfeito na incomparável massa do Croasonho.

“Foram meses de pesquisa de mercado, de produtos e muito cuidado no desenvolvimento do Croaburger. Estamos convictos que conseguimos unir, com muito sucesso, o que parecia improvável”, disse Eduardo Silva, diretor de marca da Croasonho.

O MÁGICO DE OZ – O MUSICAL

Diretor Billy Bond reinventa mais um clássico para divertir a família. Espetáculo é baseado no livro de Lyman Frank Baum. A atriz Bia Jordão interpreta Dorothy

Depois de passar por Buenos  Aires  e  Santiago do  Chile e servisto por mais de 1 milhão e 500 mil pessoas, omusical  O Mágico de Oz chega com a versão 2018 à capital paulista para temporada a partir de 14 de abril. Recheada de recursos multimidia, a superprodução vai levar crianças e famílias a um mundo de fantasias, em mais uma realização da Black & RedProduções, no Teatro BradescoConfira o serviço completo abaixo.

PALHA LEAO E BAILARINOS .jpg
Teatro Bradesco estreia “O Mágico de Oz”, em abril. (Foto: Paula Canterini)

A direção é do mestre BillyBond, artista italiano considerado um dos mais talentosos diretores de musicais em atividade no Brasil, responsável por produções como After de LugeRentA Bela e A FeraLes Miserables, O Beijo da Mulher Aranha, Pinocchio , Natal Magico, Cinderella, Alice ePeter Pan, entre outras.

No papel de Dorothy está a atriz mirim Bia Jordão (2012 – Musical Galinha Pintadinha – Personagem Maria Fernanda; 2013 – Série Zoo da Zu – Protagonista; 2014 – Musical Menino Maluquinho – Personagem Carol; e 2015 – Cúmplices de um Resgate (SBT) – Julia Vaz). Tem participação especial na série Que Talento, no Disney Channel – Personagem Bia.

O espetáculo transporta para o palco a obra de Lyman Frank Baum, de 1900, criador de um dos mais populares livros escritos na literatura americana infantil. Trata-se da história de Dorothy e seu cãozinho Totó, que são levados por um terrível ciclone de uma fazenda no Kansas, nos Estados Unidos, até a Terra de Oz. Uma terra mágica e distante, além do arco-íris.

Superprodução
Com diálogos e músicas cantadas em português, criadas especialmente para esta versão, o muscial é rico em efeitos especiais, como o vento produzido por ventiladores de grandes dimensões que fazem os espectadoresse sentirem como a menina Dorothy, dentro de um furacão. Entre os recursos cênicos que transportam o espectador para o interior da cena, destaque para o gelo seco, telões de led de altíssima  resolução e projeção de  mapping, além de  equipamentos em 4D.Usados para envolver e encantar a plateia, o musical tem ainda efeitos especiais que simulam chuva, folhas  secas de papoulas caindo sobre os espectadores, além do perfume das flores e outros aromas da floresta.

A produção do musical conta com 200 profissionais, entre eles 40 atores e técnicos. O espetáculo reúne mais de 80 figurinos, trocas de cenários, cinco toneladas de equipamentos, pirotecnia e outros efeitos visuais.

A História

Dorothyé uma garotinha que mora em uma fazenda no Kansas, Interior dos EUA. Sempre ao lado de seu cachorrinho Totó, ela vive com os tios Emily e Henry. Um dia, um tornado leva Dorothy e Totó para uma terra mágica e distante, além do arco-íris: a Terra de Oz.

Em Oz, Dorothy conhece o Homem de Lata, o Espantalho e o Leão. Eles ficam amigos e saem em busca do grande Mágico de Oz para realizar seus desejos e ajudar Dorothy a voltar para casa. E, como em todos os contos, neste também há um vilão (ou melhor, vilã): a Bruxa Má, que tenta impedir a volta para casa. A mensagem da história, aliás, é esta: não existe lugar melhor que nossa casa.

A história de Dorothy encanta crianças do mundo todo há décadas. O primeiro a contá-la foi o escritor L. Frank Baum, autor do livro O Mágico de Oz. Baum certamente não esperava que seu livro fosse se tornar um dos filmes de maior sucesso de todos os tempos. Feito nos Estados Unidos em 1939, imortalizou Dorothy na figura da atriz Judy Garland.

A famosa aventura da garota Dorothy e seu cachorro Totó, uma das histórias mais lembradas no imaginário de adultos e crianças, atravessa uma forte onda de renascimento em todo o mundo. Provas deste revival são a notícia do investimento de mais de US$ 860 milhões na criação de um parque temático em Kansas/EUA e ainda a recente regravação da música-tema SomewhereovertheRainbow, por artistas como o guitarrista Eric Clapton, Ariana Grande, MatthewMorrison e GwynethPaltrow.

O Mágico de OZ

O Mágico de Oz foi considerado o melhor filme familiar de todos os tempos pelo AmericanFilmInstitute. A Secretaria Municipal de Educação da cidade de São Paulo criou recentemente o “Programa O Mágico de Oz”, que prevê a criação de comissões de prevenção à violência nas escolas, usando a dramatização da peça. O livro infantil O Mágico de Oz teve mais de 3 milhões de exemplares vendidos no Brasil nos últimos quatro anos. O espetáculo O Mágico de Oz foi premiado como o melhor musical de 2003.

FICHA TÉCNICA

Adaptação: Billy Bond e Lilio Alonso

Diretor geral de dramaturgia: Billy Bond, Andrew Mettine

Direção de Cena : Marcio Yacoff

Elenco:

Dorothy – Bia Jordão

Mágico de Oz – Felipe Tavolaro

Espantalho – Ítalo Rodrigues

Homem de Lata – Alvinho de Pádua

Leão – Márcio Yáccof

Glinda – Nicole Rosemberg

Bruxa Malvada / Gultch – Carol Bezerra

Tio Henry – Caio Viana

Tia Emmy – Titzi Oliveira

Porteiro – Marcos Antonelli

Crianças:

Munchkins / Papoula/ Esmeraldas/ Soldados: Ana Júlia Souza, Catarina Young, John Young, Marianna Santos, Queren Raquel, Sidinho Simplicio, Tita Stoll, Vittorio Galisteu

Munchkins/ Soldados/ Papoulas / Esmeraldas : Achila Félix, Carla Reis, Caio Viana, Fernanda Perfeito, Gabrielle Maia, Joy Domingoz, Larissa Lia, Marcos Antonelli, Mayla  Betti, Newton Yamassaki, Paula Canterini, Paula Perillo, Tayanne Zandonato, Titzi Marques, William Santana

Bebês de Colo/ Papoulas/ Esmeraldas: Mônica Gross, Márcia Freire

Direção de Produção: Andréa  Oliveira

Assistentes de Produção: Cecília Young, Paula Canterini, Luana Marthin e Ítalo Rodrigues

Coreografia: Ítalo Rodrigues

Direção Vocal: Thiago Lemmos

Direção Musical: Bond e Villa

Designer de som: Paul Gregor Tancrew

Designer de luz: Paul Stewart

Figurinos: Carlos Alberto Gardin

Realização de Figurinos: Anna Cristina Cafaro Driscoll, Benedita Calistro, Hilda de Oliveira, Israel Alves.

Camareiras de Figurinos: Meire Serra, Naya Teixeira, Dilu Carvalho

Cenários e Adereços: Silvio Galvão

Transporte de Figurino: Amilton Rodrigues de Carvalho e Caio Bragha

Makes e Caracterização : João Bocalletto

Perucas e postiços: Inês Sakai, Eurico Sakai

Efeitos especiais: Gabriele Fantine

Filmes e animações: George Feller e Lucas Médici

Mappings: Nicolas Duce

Fotos: Henrique Tarricone e Chico Audi

Diretor técnico: Ângelo Meireles

Técnico de Som/Video/Mics– Thiago Rocha

Operador de Mapping: Kenny Canterini

Técnico de Luz: Guilherme Mantelatto

Led: The Led

Contra RegrasLeandro Silva, Eduardo Libanio, Ermilton de Oliveira, Diego Pauloto, Lucas Lima, Marcelo Mariano, Jefferson Silva

Talento Animal: Jayro Motta Fagundes

Classificação: Livre

Duração aprox.: 105min

SERVIÇO

O MÁGICO DE OZ – O MUSICAL

Estreia: 14 de abril

Sessões confirmadas: 14/04 (às 15h30) e 15/04 (às 15h)
Teatro Bradesco (Rua Palestra Itália, 500 / 3º piso – Bourbon Shopping São Paulo)

www.teatrobradesco.com.br

 INGRESSOS

Setor

Valor

Meia-entrada

Frisa 3º andar

R$ 50,00

R$ 25,00

Frisa 2º andar

R$ 60,00

R$ 30,00

Balcão Nobre

R$ 60,00

R$ 30,00

Frisa 1º andar

R$ 80,00

R$ 40,00

Plateia (O a W)

R$ 100,00

R$ 50,00

Plateia (A a N)

R$ 140,00

R$ 70,00

Camarote

R$ 150,00

R$ 75,00

– 50% de desconto para Clientes Bradesco e guichê exclusivo na bilheteria doTeatro. Desconto limitado a quatro ingressos por sessão para titulares dos cartões de crédito e débito (exceto cartão pessoa jurídica Bradescard). Limitado a quatro ingressos por sessão para o titular e cota de 240 ingressos por sessão;

– 40% de desconto para cartões Zaffari Card e Bourbon Card, na compra de até dois ingressos por titular. Vendas apenas na bilheteria do Teatro;

– 20%de desconto para clientes, funcionários e acionistas da Rede MERCURE/ACCOR, limitados a 50 ingressos por sessão, dois por CPF.

* Descontos não cumulativos com meia entrada e outras promoções, limitado até 200 ingressos de cada sessão/espetáculo.

** Política de venda de ingressos com desconto: as compras poderão ser realizadas nos canais de vendas oficiais físicos, mediante apresentação de documentos que comprovem a condição de beneficiário. Nas compras realizadas pelo site e/ou call center, a comprovação deverá ser feita no ato da retirada do ingresso na bilheteria e no acesso à casa de espetáculo.

*** A lei da meia-entrada mudou: agora o benefício é destinado a 40% dos ingressos disponíveis para venda por apresentação. Veja abaixo quem têm direito a meia-entrada e os tipos de comprovações oficiais em São Paulo:

– IDOSOS (com idade igual ou superior a 60 anos) mediante apresentação de documento de identidade oficial com foto.

– ESTUDANTES mediante apresentação da Carteira de Identificação Estudantil (CIE) nacionalmente padronizada, em modelo único, emitida pela ANPG, UNE, UBES, entidades estaduais e municipais, Diretórios Centrais dos Estudantes, Centros e Diretórios Acadêmicos. Mais informações:

www.documentodoestudante.com.br
– PESSOAS COM DEFICIÊNCIA E ACOMPANHANTES mediante apresentação do cartão de Benefício de Prestação Continuada da Assistência Social da Pessoa com Deficiência ou de documento emitido pelo Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), que ateste a aposentadoria de acordo com os critérios estabelecidos na Lei Complementar nº 142, de 8 de maio de 2013. No momento de apresentação, esses documentos deverão estar acompanhados de documento de identidade oficial com foto.

– JOVENS PERTENCENTES A FAMÍLIAS DE BAIXA RENDA (com idades entre 15 e 29 anos) mediante apresentação da Carteira de Identidade Jovem que será emitida pela Secretaria Nacional de Juventude a partir de 31 de março de 2016, acompanhada de documento de identidade oficial com foto.

– JOVENS COM ATÉ 15 ANOS mediante apresentação de documento de identidade oficial com foto.

– DIRETORES, COORDENADORES PEDAGÓGICOS, SUPERVISORES E TITULARES DE CARGOS DO QUADRO DE APOIO DAS ESCOLAS DAS REDES ESTADUAL E MUNICIPAIS mediante apresentação de carteira funcional emitida pela Secretaria da Educação de São Paulo ou holerite acompanhado de documento oficial com foto.

– PROFESSORES DA REDE PÚBLICA ESTADUAL E DAS REDES MUNICIPAIS DE ENSINO mediante apresentação de carteira funcional emitida pela Secretaria da Educação de São Paulo ou holerite acompanhado de documento oficial com foto.

**** Caso os documentos necessários não sejam apresentados ou não comprovem a condição

do beneficiário no momento da compra e retirada dos ingressos ou acesso ao teatro, será exigido o pagamento do complemento do valor do ingresso.

ATENÇÃO: Não será permitida a entrada após o início do espetáculo.

 

Capacidade: 1.457 pessoas

Acesso para deficientes

 

Estacionamento:

Isento até 15 minutos

Compras no Záffari acima de R$ 40,00 = 3h de isenção

Self: Primeiras 2 horas = R$ 12,00

Hora adicional = R$ 2,00

Valet Parking: 1ª hora = R$ 16,00

Hora adicional = R$ 10,00

Motos: Primeiras 2 horas = R$ 10,00

Hora adicional = R$ 2,00

 

CANAIS DE VENDAS OFICIAIS:
uhuu.com

Bilheteria Teatro Bradesco: Rua Palestra Itália, 500 / 3º piso – Bourbon Shopping São Paulo Horário de funcionamento: Domingo a Quinta das 12h às 20h, Sexta e Sábado das 12h às 22h.

“DOMINGO É DIA DE TEATRINHO” TRAZ OS PERSONAGENS DOS CLÁSSICOS INFANTIS PARA O SHOPPING METRÔ TUCURUVI

O projeto teve início em janeiro deste ano e já reuniu mais de mil crianças em quatro apresentações gratuitas no shopping center

Os passeios em família no Shopping Metrô Tucuruvi estão ainda mais especiais com os espetáculos do projeto “Domingo é Dia de Teatrinho”, realizado em parceria com a Cia Arte & Manhas. As histórias de Alice no País das Maravilhas, A Cigarra e a Formiga e O Mágico de Oz dão vida ao universo literário com fantoches, cenários interativos, fantasias coloridas e muita música na programação de fevereiro.

SMT_Cia Arte & Manhas_A Cigarra e a Formiga.jpg
Shopping Metrô Tucuruvi apresenta peças infantis em fevereiro. (Foto: Divulgação)

“O projeto tem sido um sucesso e traz diversão para toda a família. As crianças ficam encantadas ao interagirem com seus personagens preferidos, enquanto os pais resgatam suas próprias lembranças em uma experiência emocionante”, detalha Laís Marques, gerente de Marketing do Shopping Metrô Tucuruvi.

As famílias podem descobrir as curiosidades do País das Maravilhas com a Alice, o Gato Risonho, a Rainha de Copas e o Chapeleiro Maluco no dia 11 de fevereiro. No domingo seguinte, dia 18, A Cigarra e a Formiga ganham uma nova versão ao disputar por um cargo na Diretoria dos Insetos. No dia 25, Dorothy e seu cachorro Totó encontram novos amigos em O Mágico de Oz.

Cada apresentação do projeto “Domingo é Dia de Teatrinho” dura cerca de 40 minutos, no Piso 2. Os lugares são por ordem de chegada, sem necessidade de reserva prévia. Mais informações sobre as peças estão disponíveis no site www.shoppingmetrotucuruvi.com.br.

Domingo é Dia de Teatrinho no Shopping Metrô Tucuruvi

Alice no País das Maravilhas

Data: 11 de fevereiro

A Cigarra e a Formiga

Data: 18 de fevereiro

O Mágico de Oz

Data: 25 de fevereiro

Horário: todas as apresentações acontecem às 16h

Local: Piso 2

Endereço: Av. Dr Antonio Maria Laet, 566 – Tucuruvi – São Paulo

Valor: gratuito

Pica-Pau: O Filme chega ao streaming de vídeo

Longa-metragem internacional conta com Thaila Ayala e está disponível como pré-lançamento no Looke

Looke, plataforma brasileira de streaming de vídeos on demand, adicionou ao seu catálogo a mais recente produção para os cinemas da franquia infantil da Universal Pictures, Pica-Pau: O Filme. Com R$ 21 milhões em arrecadação nas bilheterias brasileiras, o live-action está disponível no serviço para aluguel e compra digital por R$ 16,99 e R$ 34,99, respectivamente.

thumb_pica-pau-o-filme.jpg

Na trama o travesso Pica-Pau está envolvido em mais uma nova e insana briga por território. Seus inimigos desta vez são dois vigaristas, Lance Walters (Timothy Omundson) e sua namorada Vanessa (Thaila Ayala). Com a necessidade imediata de dinheiro, eles estão determinados a construir uma mansão luxuosa na floresta e lucrar com sua venda. Contudo, o que não esperavam é que Pica-Pau mora no terreno e irá atormentá-los até desistirem desse plano.

Dirigido por Alex Zamm, a versão para as telonas conta com a atriz brasileira Thaila Ayala e também Adrian Glynn McMorran, Chelsea Miller, Graham Verchere, Jakob Davies, Jordana Largy, Scott McNeil e Timothy Omundson.

“Mogli – O Livro da Selva” estreia no Teatro Folha

A história do menino que é criado por uma família de lobos é recontada com inspiração no teatro oriental

“Mogli – O Livro da Selva” é uma adaptação de Fabio Brandi Torres para a obra de Rudyard Kipling, que narra a história e as aventuras vividas por um menino criado por lobos. A encenação dirigida por Eduardo Leão bebe na fonte do teatro oriental e no universo mágico indiano. A estreia acontece dia 03 de fevereiro.

Mogli_divulga_o4.jpg
Adaptação de Mogli, para o teatro, estreia dia 03 de fevereiro. (Foto: Eduardo Leão)

Com movimentos de animais inspirados em “Rei Leão” e “Cats”, a história de “Mogli – O Livro da Selva” não abre mão do humor  e apresenta a agilidade vista nas animações Disney. A produção da montagem escolheu os atores mirinsChico Sanches de Melo e Pedro Estevam – que estreiam no teatro, ambos com 8 anos de idade – para se revezarem no papel principal. Com a  inclusão dos atores mirins, a encenação busca a autenticidade do olhar de criança.

O diretor Eduardo Leão diz que o processo de criação da montagem contou com a espontaneidade dos atores mirins e a vontade de jogar, típica da faixa etária deles. “Além da disposição para o jogo lúdico, a diferença de tamanho entre os atores adultos e crianças reforça a leitura de que Mogli é um menino pequeno num ambiente hostil, que é a floresta”.

A encenação faz referência ao teatro oriental, o que é revelado principalmente pelas músicas criadas especialmente para o espetáculo por André Abujamra, e nos figurinos desenhados por Olintho Malaquias. “Também trabalhei com o elenco detalhes da atuação. Atores fazem personagens animais em pé, com movimentações, posturas e energias que lembram a vida selvagem. Mas nunca fazem animais em quatro patas”, detalha o diretor.