Arquivo da tag: Clássico

Hasbro traz de volta os icônicos piões de Beyblade

Com a estreia da série Beyblade Burst, os fãs terão a volta dos esperados piões de batalha

A marca, que virou febre no Brasil no início da década, está de volta nas telinhas e nas lojas de todo o país. De cara nova, Beyblade reestreou no canal Cartoon Network com a série “Beyblade Burst” e, nas prateleiras, com os novos piões e acessórios da Hasbro.

image007.jpg

Mais de 1 milhão de piões foram vendidos no passado e, dessa vez, os fãs terão ainda mais motivos para garantir o seu. Além dos quatro tipos (ataque, defesa, equilíbrio e resistência), são três camadas de customização, possibilitando mais de 5 mil combinações entre as peças!

O grande diferencial da nova linha é que os piões detonam de verdade! Durante a batalha, um pode desmontar o outro em pedaços. Sendo assim, você pode ser o vencedor não apenas sendo o último a parar de girar, mas se destruir seu adversário.

A Hasbro também lançou um aplicativo exclusivo de Beyblade Burst, em que é possível testar os mais variados piões e duelar online com seus adversários.

Os piões estarão disponíveis em todas as lojas do país e os preços variam de R$69,00 a R$399,99

Tectoy anuncia a volta do Pense Bem, um dos brinquedos de maior sucesso da década de 80

Prestes a completar 30 anos de seu lançamento, produto que lembrava um computador da época volta a ser fabricado e já pode ser adquirido em pré-venda por R$269, com exclusividade no site www.tectoy.com.br; o novo Pense Bem tem o mesmo design da versão original, e também já vem com jogos educativos e um livro de atividades

image001 (1).jpg“Muito mais que um brinquedo, quase um computador”. Com esse slogan, o Pense Bem não apenas se tornou o sonho de consumo de milhares de crianças no final da década de 80, como conquistou a família inteira. Agora, o brinquedo da Tectoy que marcou uma geração e, para muitos, foi o primeiro contato com a tecnologia, está de volta. Com design baseado no modelo original, o novo Pense Bem mantém a essência que o consagrou na época: é um brinquedo educativo e lúdico, que por meio de jogos e livros de atividades de perguntas e respostas, estimula o raciocínio e promove o aprendizado de temas que vão de música a história. O novo Pense Bem já está em pré-venda exclusiva pelo site da Tectoy (www.tectoy.com.br) por R$269.

“Relançar o Pense Bem, um dos maiores êxitos da indústria de brinquedos de todos os tempos, foi mais uma forma que encontramos para comemorar os 30 anos da Tectoy e do próprio produto, que completará 30 anos em 2018”, disse Stefano Arnhold, presidente do conselho da Tectoy.

O novo Pense Bem será produzido na fábrica da Tectoy em Manaus e, como no modelo lançado em 1988, já virá com dez jogos embarcados no aparelho, como desafios de matemática e memória, e um “Livro de Atividades Programadas” para testar os conhecimentos em 150 questões de várias áreas do conhecimento.

“A Tectoy lançou o primeiro Pense Bem em um momento que a informática avançava no Brasil. Quase três décadas depois, a vida digital é uma realidade e o Pense Bem é uma alternativa inteligente de diversão e aprendizado fora do mundo virtual”, acrescentou Tomás Diettrich, CEO da Tectoy.

Quem adquirir o Pense Bem ainda na pré-venda terá um desconto de R$30 no valor final do produto, que, quando lançado à pronta entrega, em setembro de 2017, custará R$299.

Com caixa inspirada em sua primeira embalagem, o Pense Bem funciona com uma fonte de alimentação, que acompanha o produto, ou a pilhas.

Mais informações sobre o Pense Bem e outros produtos da Tectoy estão disponíveis em www.tectoy.com.br

ESPETÁCULO CASTELO RÁ-TIM-BUM – O MUSICAL ESTREIA DIA 9 DE SETEMBRO, NO TEATRO OPUS, EM SÃO PAULO

Castelo Rá-Tim-Bum – O Musical é apresentado por Ministério da Cultura e Brasilprev, empresa líder e especialista em previdência privada, com realização da 4ACT Entretenimento. A adaptação para os palcos é inédita e traz todos os principais personagens da série televisiva da TV Cultura que foi eternizada nos anos 90. O espetáculo estreia dia 9 de setembro no Teatro Opus e os ingressos começam a ser vendidos na quinta-feira, 3 de agosto. No entanto, para os fãs da série que quiserem assistir em primeira mão ao musical, já estão à venda ingressos para as sessões de pré-estreia nos dias 2 e 3 de setembro.
ViewImage.jpg
“Não se trata de mais um musical infantil. Preparamos um espetáculo de grande porte voltado a toda família, com efeitos especiais, orquestra ao vivo e uma história inédita e surpreendente. Castelo Rá-Tim-Bum – O Musical vem para ser um marco na história do teatro musical brasileiro”, explica Ricardo Marques, produtor do musical e presidente da 4Act Entretenimento.
Com direção de Léo Rommano, direção musical de Paulo Nogueira, coreografias de Thiago Jansen e direção artística de Léo Rommano e Ricardo Marques, Castelo Rá-Tim-Bum – O Musical é baseado na série Castelo Rá-Tim-Bum, criada por Cao Hamburger e Flávio de Souza, que estreou em 1994 e foi exibida originalmente até 1997, na TV Cultura, totalizando 90 episódios e um especial. Até hoje, a série é considerada um dos melhores produtos audiovisuais da história da televisão brasileira. “Apoiamos essa iniciativa por acreditar que ela mobilizará toda a família, foco das nossas ações culturais, para um momento de encantamento e diversão. Vivenciar a história do Castelo mais famoso do país trará uma contagiante descoberta para crianças e adolescentes e uma positiva nostalgia aos que acompanharam esse clássico nos anos 90”, comenta Cinthia Spanó, gerente de Comunicação Corporativa e Sustentabilidade da Brasilprev.
Equipe Criativa
Texto Original: JULIANO MARCEANO
Músicas e Letras Inéditas: PAULO OCANHA
Direção: LÉO ROMMANO
Direção Musical: PAULO NOGUEIRA
Coreografia: THIAGO JANSEN
Arranjos e Orquestração: RUBEN DI SOUZA
Assistente de Direção e Diretora Residente: DANI CURY
Assistente de Coreografia: BIA FREITAS
Cenógrafa: MÁRCIA PIRES
Cenógrafa Associada: PAULA DE PAOLI
Figurino: ELIANA LIU
Visagismo: ANTÔNIO VANFILL
Confecção de Bonecos: JÉSUS SÊDA
Designer de Luz: DRIKA MATHEUS
Designer de Luz Associado: ROGÉRIO CÂNDIDO
Designer de Som: BRUNO PINHO
Designer de Som Associado: PAULO ALTAFIM
Programação de Teclados: PAULO ALTAFIM
Direção Artística: LÉO ROMMANO E RICARDO MARQUES
Elenco
Nino: ROBERTO ROCHA
Dr. Victor: RODRIGO MIALLARET
Morgana: ALESSANDRA VERTAMATI
Dr. Abobrinha: IGOR PUSHINOV
Pedro: LIPE VOLPATO
Biba: LAURA CASTRO E KAROL NASCIMENTO
Zequinha: LUIZ HENRIQUE PRUDÊNCIO, HENRY GASPAR E MURILLO MARTINS
Bongô e Flap: GUILHERME LEAL
Etevaldo: PATRICK AMSTALDEN
Celeste: GABRIEL VICENTE
Penélope: MARIA CLARA MANESCO
Caipora: LARISSA LANDIM
Adelaide: ANA ARAÚJO
Patativa: LUCIANA ARTUSI
Patativa: JOYCE COSMO
Mau e Tap: ENRICO VERTA
Godofredo: DANTE ARRUDA
João de Barro e Relógio: EDUARDO LEÃO
Rato e Gato Pintado: EVERTON GRANADO
Zula: LIA CANINEU
Porteiro / Swing: GABRIEL EBLING
Dance Captain / Swing: BIA FREITAS
Produção
Produtor Geral: RICARDO MARQUES
Diretor de Produção: LÉO ROMMANO
Gerente de Produção: MANUELA FIGUEIREDO
Company Manager: GUSTAVO FLÓ
Production Stage Manager: JOÃO SÁ
Stage Managers: EURÍPEDES FRAGA E TATAH CERQUINHO
Assistentes de Produção: GERARDO MATOS, ANA DULCE PACHECO E TAMIRES CÂNDIDO
Financeiro: MAÍRA FREITAS
Sinopse
Nino, um garoto feiticeiro prestes a completar 300 anos, vive em um castelo escondido entre os arranha céus de uma grande cidade. Nesse castelo, Nino tem a companhia de seu tio Victor, feiticeiro e inventor de 3.000 anos, e sua tia avó, também feiticeira, Morgana de 6.000 anos. Além da família de feiticeiros, moram no castelo outras tantas criaturas fantásticas. Apesar de viver em um lugar tão fenomenal, Nino se sentia triste, pois queria ter amigos, ir à escola e brincar na rua como as outras crianças.
Em um dia especial, comemoração de seu aniversário, a tristeza de Nino é interrompida com a chegada de Pedro, Biba e Zequinha, três crianças sem magia, mas com o poder de alegrar a vida do menino feiticeiro.
Tudo está indo muito bem, até que coisas estranhas começam a acontecer. Para salvar o Castelo e todos, Nino terá que provar seu valor e encontrar o caminho da verdadeira magia.

“A Bela e a Fera – O Espetáculo Musical” será apresentado no Grande Auditório do Anhembi, em São Paulo

O musical inova na estrutura e na montagem da releitura do conto clássico, usando a integração dos personagens com o cenário. A apresentação será no sábado, 29 de julho, às 20h, no Grande Auditório do Anhembi. Ingressos já à venda.

Um dos maiores clássicos de animação do cinema chega aos palcos em um espetáculo com mais de 30 atores, com músicos de orquestra ao vivo e uso da tecnologia para interagir personagens e cenário. A apresentação será no sábado, 29 de julho, às 20h, no Grande Auditório do Anhembi (Av. Olavo Fontoura, 1209, Santana).

Os ingressos, todos com cadeira numerada, podem ser adquiridos no site www.ticketbrasil.com.br. Os preços variam de R$ 40,00 a R$ 180,00 (VIP com direito a foto com os personagens no final). Dividida em dois atos, a apresentação tem uma hora e meia de duração.

imagem_release_1001750.jpg
‘A Bela e a Fera’ se apresentam dia 29, em São Paulo. (Foto: Divulgação)

Sobre o espetáculo
O conto de fadas, escrito pelos Irmãos Grimm (Jacob e Wilhelm) em 1812,  traz a estória de amor entre uma linda e inteligente jovem (Bela) e um príncipe que foi enfeitiçado e transformado em Fera. Bela vive em um vilarejo francês com seu pai, que é capturado e aprisionado pela Fera em seu castelo. A jovem consegue localizá-lo e se oferece para ficar no lugar dele. Sua bondade a faz enxergar o lado humano da Fera, por quem se apaixona perdidamente, quebrando o feitiço.

Mesmo a estória sendo já bastante conhecida, o musical inova e surpreende o público ao fazer uma releitura do clássico com o uso de tecnologia para a criação dos cenários. As projeções em vídeo, por exemplo, criam ilusões de ótica no cenário e ajuda na performance dos personagens.

Elenco e figurinos
Com uma estrutura grandiosa de equipe e cenário, o musical encanta o público de todas as idades. O elenco conta com mais de 30 atores, bailarinos e cantores e músicos de orquestra ao vivo. O destaque é a atriz Flávia Mengar, intérprete da Bela, protagonista de outros importantes trabalhos teatrais, como a Dorothy, de “O Mágico de Oz”, e a Ariel, de “A Pequena Sereia”.

São mais de 200 diferentes figurinos, assinados por Bruno de Oliveira, um dos mais respeitados profissionais brasileiros, inclusive por ter sido o responsável por vestir os artistas que participaram do show de abertura da Copa do Mundo, em 2014. A direção é de Bruno Rizzo, conhecido por outros importantes trabalhos como “Aladim” e “Broadway Nights”.

A turnê pretende percorrer pelo menos 30 grandes cidades brasileiras, como São Paulo, Rio de Janeiro, Recife, Salvador, Goiânia, Brasília, Ribeirão Preto, Paulínia, Londrina, Maringá, Maceió, Joao Pessoa, Joinville, São José do Rio Preto, Sorocaba, Porto Alegre, Florianópolis, Natal, Fortaleza, Belo Horizonte e Juiz de Fora, entre outras.

Serviço:
A Bela e a Fera – O Espetáculo Musical
Data: sábado, 29 de Julho
Local: Grande Auditório do Anhembi (Av. Olavo Fontoura, 1209, Santana)
Horário: 20h
Ingressos: Plateia VIP – R$ 180,00 (inteira) e R$ 90,00 (meia) – VIP com direito a foto com os personagens no final
Plateia Diamante – R$ 150,00 (inteira) e R$ 75,00 (meia)
Plateia Ouro esquerda – R$ 120,00 (inteira) e R$ 60,00 (meia)
Plateia Ouro direita – R$ 120,00 (inteira) e R$ 60,00 (meia)
Mezanino Prata – R$ 100,00 (inteira) e R$ 50,00 (meia)
Mezanino Bronze – R$ 80,00 (inteira) e R$ 40,00 (meia)
Vendas Online pelo http://www.ticketbrasil.com.br

BELA ADORMECIDA

Após bem-sucedida temporada no Teatro Opus, o musical que traz Adriane Galisteu no papel principal ao lado do filho Vittorio, acaba de confirmar apresentações no Teatro Bradesco

Todo mundo tem seu clássico preferido e a história da Bela Adormecida está entre uma das mais adoradas mundo afora. Esta nova adaptação do conto de Charles Perrault colocará a vilã Maléfica para cantar e encantar espectadores de todas as idades.
Com direção do italiano Billy Bond, o musical infantil Bela Adormecida é fruto da adaptação do famoso conto de fadas homônimo e conta a história da princesa Aurora (Bela Adormecida), que em sua festa de batizado acaba sendo vítima de uma terrível maldição proferida por Maléfica, a rainha do mal.
ViewImage (1).jpg
Adriane Galisteu é a Malévola, em Bela Adormecida, no Teatro Bradesco. (Foto: Bianca Tatamiya)
Com realização da Black & Red Produções, o espetáculo que estreou no novíssimo Teatro Opus, em São Paulo, será apresentado, nos dias 7 e 8 de outubroàs 15h, noTeatro Bradesco. Ingressos já à venda na bilheteria do Teatro, pelo site da Ingresso Rápido (www.ingressorapido.com.br) e pontos autorizados. Confira o serviço completo abaixo.
Adriane Galisteu é a protagonista da produção. No papel de Maléfica, ela trará uma nova imagem ao estereótipo típico dos personagens dos contos de fadas que, geralmente, são antiquados e carrancudos. Galisteu interpreta uma vilã muito mais jovial, elegante, majestosa e até com certa luz própria. Outra novidade é que a atriz contracena com seu filho Vittorio Galisteu. Vittorio, de seis anos, interpreta o papel do Príncipe Felipe Criança. Essa foi uma maneira encontrada por Galisteu para inicia-lo no mundo das artes cênicas e também para estar mais perto do filho enquanto trabalha.
Bela Adormecida também nos presenteia com personagens carismáticos e sequências incríveis, a começar pela abertura, que se destaca pela riqueza dos cenários e, principalmente, pelos belíssimos efeitos especiais. Efeitos, estes, que podem ser vistos durante toda a apresentação, como, por exemplo, na transformação de Maléficaem Dragão, a luta entre o Príncipe Felipe e o Dragão, a mudança de cores do vestido da Bela Adormecida, atores contracenando com desenhos animados, entre outros. Além disso, o público poderá experimentar interações, como cheiros e sensações de chuva e neve na plateia. O musical possui, no total, seis cenários reais e virtuais, todos minuciosamente elaborados e construídos.
As fadas FloraFauna e Primavera, protetoras de Aurora, são personagens que prometem encantar e cativar a audiência do teatro. Este trio de irmãs renderá cenas mágicas durante o musical, como, por exemplo, um desastre provocado e que se torna a surpresa do aniversário da princesa adormecida. As três personagens conduzem, praticamente, a história toda durante o musical.
Carlos Gardin ficou responsável pelos figurinos do espetáculo. Ele criou e produziu 180 peças para dar vida a este mundo de fantasia cheio de glamour. Os 40 personagens que aparecem em cena serão representados por 22 atrizes e atores, que se revezam em diferentes papéis. Confira elenco completo:
A trilha sonora é outro elemento que merece destaque. A música-tema é de composição do grande compositor russo Piotr Ilich Tchaikovsky (O Lago dos Cisnes) e as trilhas tema dos personagens Bela, FelipeMaléfica e Fadas foram especialmente compostas para o musical pela dupla VILABOND. As composições conseguem proporcionar uma maior emoção e intensidade às cenas românticas, cômicas ou de maior ação.
Bela Adormecida pode ser considerada uma verdadeira reunião de vários elementos típicos presentes nos contos de fadas: princesas amaldiçoadas, combates mortais, castelos, reis, fadas, dragões, entre outros. Além de ser um conto mundialmente conhecido. Apesar de sua história ser bem conhecida, ela consegue prender a nossa atenção e nos deixar verdadeiramente encantados, tamanha a magia e graciosidade presentes na produção.
Realização: Black&Red Produções
Duração: 110 min
Faixa etária: Livre
BELA ADORMECIDA
Dias 7 e 8 de outubro
Sábado e domingo, às 15h
Teatro Bradesco (Rua Palestra Itália, 500 / 3º piso – Bourbon Shopping São Paulo)

“Maria e o caso das gravuras desaparecidas”: o futuro de João e Maria após a história dos Irmãos Grimm

image004.jpgAnos se passaram após aquele dia na floresta em que João e Maria foram induzidos a entrar na casa feita de doces da bruxa. Mas o reflexo desta experiência de “quase serem assados” ainda acompanha os irmãos. Por isso, João divide a sua vida entre uma ida à taberna e a permanência na cozinha. Por outro lado, apesar de não conseguir ficar muito tempo sem guloseimas, Maria, agora com 35 anos, seguiu em frente e tornou-se uma reconhecida detetive particular.

Quando algumas gravuras do famoso Albrecht Dürer desaparecem do apartamento do herdeiro do pintor, Maria é procurada para solucionar este mistério. A recompensa pode ser generosa, o que faz a detetive viajar às pressas para Nuremberg com seu irmão, promovido a ajudante.

Mas em meio a um festival gastronômico que promete movimentar toda a cidade, com um anfitrião expansivo demais e duendes ranzinzas, Maria precisará usar toda a sua inteligência para descobrir a verdade, já que nem tudo em Nuremberg é o que parece.

P.J. Brackston é o pseudônimo de Paula Brackston, autora de “A filha da feiticeira” e “A feiticeira do inverno”, ambos publicados pela Bertrand Brasil. “Maria e o caso das gravuras desaparecidas” chega às livrarias em julho.

P.J Brackston é mestre em Escrita Criativa pela Universidade Lancaster. Foi agente de viagens, secretária, professora de inglês e até pastora de cabras antes de se tornar escritora. P.J vive nas montanhas do País de Gales com seus filhos.

A Bela e a Fera chega à plataforma de streaming de vídeo para locação

Looke, plataforma brasileira de streaming de vídeos on demand, liberou para aluguel em seu serviço a mais recente adaptação live-action produzida pela Walt Disney Pictures, A Bela e a Fera.

a-bela-e-a-fera
“A Bela e a Fera” chega para o Lookie. (Foto: Divulgação)

Com o objetivo de recriar a versão animada de 1991, o novo longa traz atores renomados e ótima produção gráfica para trama. A história segue semelhante, Bela mora em uma pequena aldeia francesa e tem o pai capturado por uma Fera.

Em um ato de coragem, decide trocar de lugar com ele e viver com a besta em seu estranho castelo. Lá, ela conhece objetos mágicos e descobre que a Fera precisa de amor para voltar a ser humano.

O romance musical tem direção de Bill Condon e apresenta atores consagrados, como Emma Watson, Emma Thompson e Ewan McGregor.

O filme está disponível para locação como pré-lançamento por RS 16,99.

Imagens de apoio podem ser baixadas neste link.

Ficha técnica

A Bela e a Fera

Direção: Bill Condon.

Estrelando: Audra McDonald, Dan Stevens, Emma Thompson, Emma Watson, Ewan McGregor, Josh Gad, Kevin Kline e Luke Evans.

Idade indicada: 10 anos.

Duração: 126 minutos (2h 06 minutos)

VOD – R$ 16,99

Livro clássico do polonês Stanislaw Lem volta às prateleiras em edição pela Aleph

Após passar anos esgotado, Solaris, romance de ficção científica escrito em 1961 pelo polonês Stanislaw Lem, volta às livrarias em maio. A obra chega ao leitor em uma edição caprichada: texto traduzido por Eneida Favre direto do polonês e um projeto gráfico luxuoso, com capa dura. O livro passa a integrar o catálogo da Aleph de obras importantes da ficção científica que inspiraram sucessos do cinema, ao lado de Laranja Mecânica2001: Uma Odisseia no EspaçoO Planeta dos MacacosEu Sou a LendaJurassic Park, entre outros.

f9ac56bb-7d4d-46cd-946a-d795d6142f19

O texto de Lem tornou-se um marco no gênero ao tratar de assuntos delicados, como traumas pessoais, inteligência humana e ciência, com uma grande carga emocional e psicológica envolvida. Ao longo das páginas, o autor conseguiu imaginar cenários vivos com maestria, descrever os empecilhos da comunicação com espécies alienígenas, retratar como a condição humana pode ser incapaz de lidar com o novo e o inexplorado sem causar destruição, e ainda levantar discussões: o amor é uma projeção? Qual o lugar da humanidade no universo? Até que ponto as memórias formam uma identidade? E o autor tece esses assuntos com uma escrita inteligente e irônica, um dos grandes trunfos da obra.

Solaris recebeu três adaptações cinematográficas. O primeiro filme foi gravado em 1968, na Rússia, porém não teve tanta repercussão. Já em 1972, foi lançada a versão mais reconhecida, dirigida por Andrei Tarkovski, que tornou-se um clássico cult e venceu o Grand Prix no Festival de Cannes, umas das categorias mais importantes do evento. Sua versão hollywoodiana, lançada em 2002 e estrelada por George Clooney, teve relativo sucesso de público – gerou cerca de 9 milhões de dólares em sua estreia –mas não agradou muito o autor, que criticou o erotismo do filme:

“Na minha compreensão, o livro não é dedicado aos problemas eróticos das pessoas no espaço… Como autor de Solaris, vou me permitir ser repetitivo, eu só queria criar a visão de um encontro humano com algo que certamente existe, de uma maneira poderosa, mas que não pode ser reduzido a conceitos, ideias ou imagens humanas. É por isso que o livro foi intitulado Solaris e não Amor no Espaço.

A TRAMA 

O livro traz a história do cientista Kris Kelvin, psicólogo que vai ao planeta Solaris para estudar um oceano vivo – e possivelmente inteligente – que cobre a sua superfície. Mas ao chegar na estação espacial, Kelvin encontra colegas de trabalho hostis e amedrontados. Logo ele descobre que esses respeitados cientistas estão sendo perturbados por estranhas aparições, que também começam a afetar sua própria percepção. O que ele vê são suas memórias mais obscuras e reprimidas, materializadas por obra de alguma misteriosa força atuante no planeta.

REI ARTHUR: A LENDA DA ESPADA GANHA NOVAS ARTES

Com direção de Guy Ritchie, longa estreia nos cinemas brasileiros em 18 de maio

 A Warner Bros. Pictures divulga novas artes de Rei Arthur: A Lenda da Espada, longa dirigido por Guy Ritchie. Os materiais destacam o ator Djimon Hounsou, que faz o personagem Bedivere, e Charlie Hunnam, protagonista do filme no papel de Arthur.

Sobre o filme

O aclamado cineasta Guy Ritchie leva seu estilo dinâmico para a épica aventura de ação e fantasia Rei Arthur: A Lenda da Espada. Com Charlie Hunnam no papel principal, o filme é uma tomada iconoclasta do clássico mito da espada Excalibur, traçando a jornada de Arthur das ruas para o trono.

Quando o pai do jovem Arthur é assassinado, Vortigern (Jude Law), seu tio, se apodera da coroa. Sem ter o que é seu por direito de nascimento e sem ideia de quem realmente é, Arthur cresce do jeito mais difícil nos becos da cidade. Mas, assim que ele remove a espada da pedra, sua vida muda completamente e ele é forçado a descobrir seu verdadeiro legado… goste ou não.

Estrelando com Charlie Hunnam (série da Fox “Sons of Anarchy”) e o indicado ao Oscar Jude Law (“Cold Mountain”, “O Talentoso Ripley”) estão Astrid Bergès-Frisbey (“Piratas do Caribe 4: Navegando em Águas Misteriosas”) como Mage; o também indicado ao Oscar Djimon Hounsou (“Diamante de Sangue”, “Terra de Sonhos”) como Bedivere; Aidan Gillen (série da HBO “Game of Thrones”) como Goosefat Bill; e Eric Bana (“Star Trek”) como o pai de Arthur, o Rei Uther Pendragon.

Guy Ritchie (“O Agente da U.N.C.L.E.”, filmes “Sherlock Holmes”) dirigiu o filme a partir do roteiro de Joby Harold (“Awake – A Vida Por Um Fio”) e Guy Ritchie & Lionel Wigram, e história de David Dobkin (“O Juiz”) e Joby Harold. O filme é produzido pelo ganhador do Oscar Akiva Goldsman (“Uma Mente Brilhante”, “Eu Sou a Lenda”), Joby Harold, Tory Tunnell (“Awake – A Vida Por Um Fio”, “Caminhos Opostos”), e os produtores de “O Agente da U.N.C.L.E.” e “Sherlock Holmes” Steve Clark-Hall, Guy Ritchie e Lionel Wigram. David Dobkin e Bruce Berman são os produtores executivos.

O time criativo de Guy Ritchie por trás das câmeras inclui o diretor de fotografia duas vezes indicado ao Oscar John Mathieson (“Gladiador”, “O Fantasma da Ópera”), a designer de produção também indicada ao Oscar Gemma Jackson (“Em Busca da Terra do Nunca”), o editor James Herbert (“O Agente da U.N.C.L.E.”, “No Limite do Amanhã”), a figurinista Annie Symons (da minissérie “Great Expectations”), a designer de maquiagem e cabelo Christine Blundell (“Sr. Turner”, filmes “Sherlock Holmes”), e o supervisor de efeitos visuais indicado ao Oscar Nick Davis (“Batman: O Cavaleiro das Trevas”). A música é de Daniel Pemberton (“O Agente da U.N.C.L.E.”).

A Warner Bros. Pictures apresenta, em associação com a Village Roadshow Pictures, uma produção da Weed Road/Safehouse Pictures e Ritchie/Wigram Production, um filme de Guy Ritchie, Rei Arthur: A Lenda da Espada. Com estreia prevista para 18 de maio de 2017 no Brasil, o filme será distribuído pela Warner Bros. Pictures, uma empresa da Warner Bros. Entertainment, e em territórios selecionados pela Village Roadshow Pictures.

Star Wars: FORCE COLLECTION comemora o Dia Star Wars com o relançamento do minijogo Contra

Jogo inspirado no clássico título Contra tem Han Solo como protagonista e oferece cartas 5 estrelas como prêmio

A Konami Digital Entertainment, Inc., anuncia que o minijogo Contra volta para o popular game para smartphones Star Wars™: Force Collection. Bem a tempo para o Dia Star Wars™, 4 de maio, os jogadores receberão a versão retrô  Operation: Going Solo, uma aventura de quatro fases com corridas e tiros, estrelada por Han Solo.

Durante um período limitado, todos os jogadores do Star Wars™: Force Collection poderão jogar o game inspirado no Contra original, levando Han Solo e sua infalível pistola pelas florestas de Endor e outras instalações bem protegidas do Império. Além disso, os jogadores ganharão prêmios especiais por jogar. Os prêmios incluem cartas 5 estrelas ou do lado negro da força, que também podem ser utilizadas num evento “Elite Operatives” (Operadores de elite) realizado simultaneamente com o game para qualquer jogador que queira desafiar suas estratégias de formação.

image006.jpg
Konami lança jogo de Star Wars baseado no clássico Contra. (Foto: Divulgação)

Novas cartas 5 estrelas também chegam ao Star Wars™: Force Collection com os favoritos Finn e Capitão Phasma de Star Wars: The Force Awakens™. Ambos serão uma força a considerar no baralho de qualquer jogador. Outras cartas 5 estrelas chegarão ao Star Wars™: Force Collection nas próximas semanas e incluem Lor San Tekka e um flametrooper.

Star Wars™: Force Collection é um jogo de batalha de cartas que acontece dentro do universo de Star Wars. Os jogadores controlam mais de 500 heróis, vilões e veículos, inclusive Darth Vader e Luke Skywalker. Crie seu próprio baralho com temíveis formações de combate e enfrente rivais de todo o mundo em batalhas entre Legiões realizadas em tempo real.

Star Wars™: Force Collection já está disponível na iTunes App Store para iPad®, iPhone® e iPod touch®, e no Google Play para dispositivos Android™. Para informações adicionais, acesse www.starwars.com/games-apps/star-wars-force-collection.