Arquivo da tag: Continuação

CORINGA 2 É CONFIRMADO. MAS SERÁ QUE PRECISAVA?

Joaquin Phoenix voltará ao papel de Coringa. (Foto: Divulgação)

Por Henrique Moita

Nos últimos dias a Warner vem recebendo bastante atenção. Primeiro com o caso já relatado aqui, da petição para que Fernanda Montenegro fizesse parte do elenco de Animais Fantásticos, depois com a notícia de que Coringa conseguiu chegar a 1 bilhão de dólares em bilheteria. Se tornando o primeiro filme para maiores de 18 anos a atingir tal feito. Sendo que o filme nem foi lançado na China, o que torna a marca ainda maior.

Agora, novamente, temos mais um grande notícia envolvendo o palhaço do crime: teremos uma continuação!!!

Sim, foi confirmado que “Coringa 2” irá acontecer e é incrível como uma notícia pode ser tão boa e tão ruim ao mesmo tempo.

Vamos começar pelo porque de eu achar que isso não é uma boa ideia.
Como já dito, o filme é um sucesso sem precedentes, tanto de crítica quanto de público e é nesse ponto que eu fico com medo. Coringa foi um longa muito esperado, pelas críticas que vinha recebendo em diversos festivais de cinema. Ele atendeu e superou as expectativas de muitas pessoas, até porque, sabemos como é delicado essa ligação DC/Warner.

Agora, imagina como vão ser as expectativas em relação a sua continuação e como isso pode acabar frustrando o público se não vier um filme, no mínimo, no mesmo nível do seu antecessor.

Outra coisa que pode se tornar negativa é o fato deles quererem fundir esse universo, com o”já estabelecido” da DC. “Ah, mas eles já falaram que Coringa não tem ligação com esse universo”. Sim, do mesmo jeito que eles já também afirmaram que esse seria um filme solo, sem continuações, logo, podemos esperar de tudo.

Agora vamos às partes que podem ser boas na sua continuação.
Obviamente que a classificação tem que continuar como +18. O primeiro longa, mostrou como que surgiu o Coringa. Agora, o que eles poderiam fazer é mostrar como ele cresceu e se tornou esse palhaço do crime temido por toda uma cidade e na minha opinião, continuando sem a presença do homem-morcego.

Outra coisa que seria interessante é a aparição de outros vilões, afinal, sabemos que Gotham não possuí apenas o Coringa. Isso seria bom até para que fossem feitos filmes individuais de outros vilões do universo do Batman.

Bom mas é isso aí. Parece que a parceria DC/Warner está começando a engrenar, se mantiverem a qualidade, vem coisas muito boas por aí. O que nos resta agora, é apenas torcer.

Trailer e cartaz de ‘Vai Que Cola 2 – O Começo’ dão um gostinho da nova história

COM ESTREIA EM 12 DE SETEMBRO, FILME É DIRIGIDO POR CÉSAR RODRIGUES E CONTA AS ORIGENS DA PENSÃO DA DONA JÔ

Acabam de ser divulgados o cartaz e o trailer de “Vai Que Cola 2 – O Começo”. Eles  revelam um pouco da história de como a turma mais famosa do Méier se conheceu. O longa se passa num ponto anterior ao primeiro filme da franquia e à série de TV do Multishow. A casa de Dona Jô (Catarina Abdalla) não era pensão e ela vivia sozinha com Jéssica (Samantha Schmütz), uma adolescente em fase de prestar vestibular. Já Ferdinando (Marcus Majella) e Máicol (Emiliano d’Avila) ainda sonhavam em vir morar no Rio. Enquanto Terezinha (Cacau Protásio) morava no Morro do Cerol com seu amado Tiziu. A divertida história já tem data para chegar nas telonas: dia 12 de setembro.

Neste segundo filme, o público vai matar a curiosidade e conhecer a figura de Tiziu (Fábio Lago), grande amor da vida de Terezinha, que nunca foi revelada anteriormente. O grupo todo se encontra, justamente, em uma feijoada que Terezinha organiza para o bicheiro. Estão também no elenco do filme Fiorella Mattheis, Silvio Guindane, Érico Brás, Alice Morena, Paulinho Serra, Mary Sheyla, Sergio Mallandro e Marcelo Medici.

O longa é uma coprodução Conspiração Filmes, A Fábrica, Universal Pictures International e Globo Filmes e a responsável pela distribuição é a H2O Films. O longa é derivado da série “Vai Que Cola”, exibida pela Multishow, que completa sete temporadas no ar e, no segundo semestre deste ano, ganha uma nova temporada com episódios inéditos.

Sinopse

Antes de Dona Jô ter uma pensão. Antes de Jéssica conhecer Máicol. Assim que Ferdinando desembarcou ao Rio e quando Terezinha ainda vivia com Tiziu… era uma vez “Vai Que Cola 2 – O Começo”. O novo longa da franquia que nasceu como série no Multishow e ganhou as telas dos cinemas reúne toda a turma do Méier para contar como tudo começou. Uma feijoada no Morro do Cerol põe juntos pela primeira vez os personagens que conquistaram o público na TV e no cinema.

Lançamento: 12 de setembro

UMA AVENTURA LEGO 2

Por Henrique Moita

Para quem pensou que Uma Aventura Lego terminaria por ali, trazendo, no máximo, o spin-off LEGO Batman, vem a Warner e nos presenteia com Uma Aventura Lego 2, que continua contando a história de Emmet.

E olha, que surpresa agradável foi esse filme. Para mim, que cresci querendo ter todas as coleções possíveis que a empresa lançava, em especial as do Harry Potter, é uma maravilha ver esses bonequinhos amarelos “criando vida” e vivendo grandes aventuras.

“Uma Aventura Lego 2” chega aos cinemas. (Foto: Reprodução)

A grande diferença desse filme para a franquia da Disney, Toy Story, é que nesse, os bonecos da LEGO até possuem uma certa consciência, porém, a história segue a visão das crianças que estão brincando com os bonecos, mostrando que, quando queremos, nossa imaginação pode criar mundos fantásticos.

Uma Aventura LEGO 2, conta com diversas participações especiais, como Jason Mamoa, dublando o boneco LEGO do Aquaman; Gal Gadot também dá a voz para a Mulher Maravilha e até Bruce Willis dando voz ao boneco LEGO do seu personagem do filme Duro de Matar, John McClane.

Como já deve ter dado para notar, Uma Aventura LEGO 2, conta com diversas piadas e referências maravilhosas a vários filmes da cultura pop. Piadas essas que rendem boas risadas. Muitas crianças, provavelmente, não vão entender essas piadas, mas isso é ótimo para os pais que costumam acompanhar os filhos nas sessões.

Mas o filme não é só feito de piadas e momentos engraçados. Logicamente, esse é o foco do filme, mas as lições e momentos tocantes também estão presentes.

Caso você, assim como eu, tem um irmão mais novo e teve que ceder ou dividir seus brinquedos com ele, você vai se identificar muito com essa história. E como isso afeta o mundo de Emmet e seus amigos LEGO, chegando inclusive a comparar a irmã mais nova como uma raça alienígena que veio e levou os seus amigos para outro lugar, para só depois você descobrir que eles nunca estiveram tão bem na mão de outra pessoa.

 Em resumo, Uma Aventura LEGO 2 é aquele filme perfeito para toda a família. Tanto para as crianças, que obviamente vão adorar verem os LEGOS criando e destruindo as mais diversas coisas com as pecinhas, quanto para os adultos que terão muitas referências e, como sempre, aquelas piadinhas que os produtores colocam só para a gente entender.

Ah, e é claro, o boneco LEGO do Batman rouba a cena sempre que aparece em tela. Batman na tela é garantia de risada.

Creed 2 – Mais pontos positivos do que negativos

Tirando o enredo previsível, continuação do longa de Michael B. Jordan e Sylvester Stallone apresenta aspectos para não tirar os olhos da telona

Por Antonio Lemos

Rocky é uma das franquias de cinema mais queridas pelo público e pela crítica. Para quem é fã e assistia aos filmes durante a infância, os cinco longas contanto a saga de Rocky Balboa (Sylverter Stallone) não sai do nosso imaginário. Ainda teve o sexto, lançado em 2006, quando o “Garanhão Italiano” mostrou para todos que idade não tem diferença ao lutar de igual para igual contra Mason Dixon (Antonio Tarver), onde acabou perdendo por pontos.

A franquia continuou com o personagem sendo apresentado como treinador em Creed: Nascido para Lutare continua na bela sequência, com lançamento programado para o dia 24 de janeiro, com personagens maduros e base sólida para uma eventual continuação. Assim, esta pessoa que vos escreve e fã de Balboa resolveu listar pontos positivos e negativos, saindo um pouco de fazer a resenha e deixando no ar alguns spoilers (já adianto, não foi fácil escolher).

Lutas de “Creed 2” são um dos pontos altos do filme. (Foto: Divulgação)

Michael B. Jordan & Tessa Thompson

Para começar a conversa, outra vez a dupla Michael B. Jordan e Tessa Thompson mostraram uma bela química, e que os papéis de Adonis Johnson e Bianca caíram no colo. O personagem de B. Jordan emociona com palavras, dores e vontade de construir o seu legado, espantando todos os fantasmas da morte do seu pai Apollo Creed (Carl Weathers). Já Tessa mostra a capacidade da personagem de enfrentar suas limitações físicas e seguir lutando pelo seu sonho. Outro grande ponto da atuação da atriz está na apresentação de Adonis na luta final contra Viktor Drago (Florian Munteanu). Diante do Estádio Luzhniki – palco da abertura e encerramento da última Copa do Mundo – lotado e um cenário totalmente hostil, ela aparece como um ponto de luz, interpreta uma canção de arrepiar em tom desafiador e acompanha seu marido até o ringue.

Trilha sonora

O segundo ponto positivo deste longa fica por conta da trilha sonora. A mistura do rap e da black music com o tema clássico do Rocky é sensacional. Juntar o novo com o clássico às vezes preocupa o pessoal mais antigo, mas ouvir “Gonna Fly Now” no ápice do filme faz o nosso coração saltar e o derramamento de lágrimas é inevitável. Ótimo gosto e o tema clássico do ‘Garanhão Italiano’ continua sendo atual mesmo com mais de quatro décadas de existência.

As atuações de Sylverster Stallone e Dolph Lundgren

Se as atuações de Michael B. Jordan e Tessa Thompson são dignos de Oscar (isso deixo para os especialistas), o que dizer de Sylverster Stallone e Dolph Lundgren? Mais de trinta anos depois, Rocky Balboa e Ivan Drago se encontram após a épica luta em Moscou, no qual o ‘Garanhão Italiano’ sai vencedor, enquanto Drago é escorraçado da Rússia e passa a viver na Ucrânia. O personagem de Stallone sobrevive ao câncer, porém, está em conflito consigo mesmo sobre se reconciliar com seu filho e conhecer seu neto. Balboa segue nos emocionando com suas palavras e brilha sem ofuscar o protagonista. Já Lundgren recria o icônico Drago tentando reescrever o passado e mudar o presente com o filho Viktor. Seu personagem está frustrado, deprimido, derrotado e cheio de raiva. Seu filho carrega os mesmos sentimentos do pai, e ao mesmo tempo, perturbado pela gana de Ivan em reerguer o nome da família após aquele Natal de 1985. Ver os quatro (Rocky, Adonis, Ivan e Viktor) em cima do ringue um encarando o outro é de arrepiar até o último fio de cabelo. Dá a impressão de que teríamos duas lutas no mesmo espaço e uma faísca viraria explosão naquele barril de pólvora.

Lutas

Desde o seu primeiro confronto, que valia a chave de seu Mustang, até a batalha épica em Moscou, o diretor Steven Caple Jr. acerta em cheio em dar bastante realidade, fazendo com que o telespectador fique com os olhos grudados na tela, sem querer perder sequer um detalhe. Tirando a luta em que Adonis vence e recupera o seu carro, o primeiro confronto contra Viktor mostra o russo com fome de vitória e como ele é uma máquina de dar socos (na vida real, o ator que interpreta Viktor é pugilista profissional). No embate final, em solo europeu, Johnson é outro lutador, resiste a vários golpes – como Balboa resistia – e seu final é digno de um protagonista que agarrou com unhas e dentes o papel de dar continuidade ao legado de Stallone, além de dar sequência ao seu próprio. Sem dúvidas é uma das lutas mais épicas do cinema.

Mensagem do filme

Para fechar, o filme deixa uma mensagem. Se na saga de Stallone, o recado transmitido era “Não importa o quanto você bate, mas sim o quanto aguenta apanhar e continuar. O quanto pode suportar e seguir em frente.”, em Creed II a mensagem é simples e clara: “Não importa o quão poderoso é seu adversário e quantas vezes você é jogado na lona, é preciso ficar de pé frente as adversidades e vencê-las a todo o custo, nem que essa vitória venha a base de grandes sacrifícios.”. Adonis buscava a luta perfeita para honrar a morte de seu pai e construir o seu legado. E conseguiu.

Ponto negativo: enredo previsível

Depois de apresentar tantos pontos positivos (difícil escolher cinco), qual seria o lado negativo de Creed II? Falar que não tem seria coisa de fã, mas esta pessoa que vos escreve aponta um (se os especialistas tiverem outros pontos negativos, é só falar): o enredo previsível. Não digo no sentido de Adonis vencer a “revanche” contra Drago em Moscou, mas pela história ser a versão repaginada de Rocky IV. Desde a chegada russa aos EUA, o desafio pelo staff de Drago contra Adonis, passando pela primeira luta em solo americano até a última na capital russa, a história se repete como fora em 1985, a exceção fica pelo fato do protagonista não morrer, e sim, ficar gravemente ferido. Em Rocky IV, Apollo morre no 2º round. Mesmo assim, é um filme que vale muito a pena assistir, com muitas referências e a emoção será inevitável.

Teremos Creed 3?

Depois em que Adonis derrota Drago, ficou no ar se há fôlego para o terceiro filme. Acredito que tenha pelo fato do diretor Steven Caple Jr. ter acertado em cheio nessa continuidade, e também, pelo fato do próprio Adonis começar a construir o seu legado. Porém, fica a pergunta: com ou sem Rocky Balboa?

As últimas cenas mostraram que Balboa aos poucos vai sair de cena quando diz para Adonis curtir a sua conquista, enquanto ele fica fora do ringue, e o monólogo do protagonista no túmulo de Apollo. Na sequência, aparece Rocky conquistando o seu objetivo: rever o filho e seu neto com uma mala na mão e a sua tradicional bolinha de borracha. Além disso, o próprio Sylvester Stallone declarou que estaria pronto para gravar o Creed 3 e depois disso sairia de cena, aposentando o personagem, assim como fez com Rambo.

Como será essa “despedida”? A ‘batata quente’ está nas mãos de Caple Jr. e uma das especulações para o terceiro filme é o possível retorno de Clubber Lang, interpretado por Mr. T em Rocky III (1982).

Bertrand Brasil lança “Anjos partidos”, sequência de “Carbono alterado”

image003 (1).jpgEm “Carbono alterado”, livro de estreia de Richard Morgan, a vida eterna é uma realidade comercializada de forma banal por grandes corporações que dominam o comércio de “capas”, nova denominação para os corpos. Em pleno século XXV, a humanidade está espalhada por toda a galáxia e o avanço da tecnologia permite o armazenamento de memórias como forma de backup da consciência. Com o investimento certo, qualquer pessoa pode ter uma “capa” reserva e fazer o download de suas lembranças em um novo corpo em caso de morte.

Takeshi Kovacs, investigador particular, ex-agente secreto, cumpria uma pena por seus crimes até ser reinserido em outra capa e forçado a aceitar uma proposta: descobrir quem assassinou – ou será que foi suicídio? – o último corpo de Laurens Bancroft, poderoso magnata que teve os últimos momentos na vida anterior apagados.

Se em “Carbono alterado” Kovacs vai atrás de respostas, em “Anjos partidos”, segundo livro da série, ele está de volta para ser aquilo que foi treinado: um soldado. Contratado como mercenário, seu dever é ajudar o governo a reprimir uma violenta revolução civil no planeta Sanction IV.

Kovacs, no entanto, não está do lado de ninguém além do seu próprio. Então, quando um piloto desertor lhe faz uma oferta lucrativa, ele não hesita em abandonar o campo de batalha e embarcar em uma traiçoeira caça ao tesouro. Tudo o que o separa de seu objetivo, uma antiga nave alienígena, são uma cidade banhada em radiação, nanotecnologia assassina e quaisquer surpresas que a civilização marciana possa ter deixado para trás.

Ambientada trinta anos após o primeiro livro, a narrativa se mantém fiel a temas como: corrupção, banalidade da vida humana e os perigosos avanços tecnológicos que transformam o homem em verdadeiras máquinas. Em “Anjos partidos”, o cyberpunk revivido em “Carbono alterado” ganha contornos mais destacados de uma ficção futurista.

“Carbono alterado” foi adaptado pela Netflix. A série, que estreou em fevereiro e atraiu mais de seis milhões de expectadores em sua estreia, já foi renovada para a segunda temporada. A história foi adaptada pela roteirista e produtora Laeta Kalogridis, de Ilha do Medo, e tem Joel Kinnaman, de Esquadrão Suicida, no papel do protagonista.

Richard Morgan é autor de diversos livros de ficção científica e fantasia. Foi tutor do departamento de língua inglesa na Strathclyde University antes de sua carreira de escritor deslanchar. Fluente em espanhol, já morou em Madrid, Instambul, Ancara, Londres e Glasgow. Atualmente vive no Reino Unido com a esposa e o filho.

DESCENDENTES 2 ESTREIA NO DIA 20 DE AGOSTO COM UMA PROGRAMAÇÃO ESPECIAL NO DISNEY CHANNEL E DISNEY XD

Após sucesso estrondoso nos Estados Unidos, o novo filme do Disney Channel será transmitido no Brasil simultaneamente nos dois canais de televisão

‘Descendentes 2’ finalmente tedata e hora de estreiadomingo, 20 de Agosto às 20h30 (Brasil), o filme será transmitido em toda a América Latina simultaneamente nos canais Disney Channel e Disney XD. A produção, que é muito aguardada pelos fãs, é a sequência deDescendentes, a história que apresentou aos telespectadores o reino de Auradon e a Ilha dos Perdidoslugar em que os filhos dos vilões mais icônicos da Disney vivemEm Descendentes 2 as aventuras desses personagens familiares continuam, enquanto novos e carismáticos vilões são introduzidos na história.

 

image004 (1).jpg
‘Descendentes 2’ estreia dia 20 de agosto nos canais Disney. (Foto: Divulgação)

A trama é a continuação de Descendentes, sucesso global e que conta como os filhos adolescentes dos vilões mais malvados da Disney (Mal, Evie, Carlos e Jay) tentam encontrar o seu lugar no reino idílico de Auradon. Quando a pressão por ser uma figura perfeita da realeza oprime Mal, ela retorna às suas raízes malvadas, na Ilha dos Perdidos, onde sua arquiinimiga Uma (a filha de Úrsula), se autodeclarou rainha da deteriorada ilha. Uma, ainda ressentida por não ter sido escolhida por Ben para ir à escola de Auradon com os outros filhos dos vilões, incita seu bando de piratas, que inclui Harry, o filho do Capitão Gancho, e Gil, filho de Gaston – para quebrar a barreira que separa a Ilha dos Perdidos de Auradon, e assim libertar todos os vilões presos de uma vez e para sempre.

O aguardado lançamento tem sido acompanhado com grandes expectativas também em diferentes plataformas digitais, onde os fãs já estão comentando a chegada da sequência através da trilha sonora do filme, imagens, vídeo-clipes e outros conteúdos. No YouTube, os vídeos de Descendentes 2 no canal DisneyMusicVEVO atingiu mais de 150 milhões de visualizações, sendo que 7 milhões são apenas dos novos vídeos que foram publicados na noite deestreia nos Estados Unidos. O filme estreou no último dia 21 de julho e atingiu um total de 21 milhões de espectadores, em transmissões simultâneas pelos canais Disney Channel, Disney XD, ABC, Freeform, Lifetime e Lifetime Movies. No Disney Channel norte-americanoDescendentes 2 foi a estreia de maior audiência no segmento de jovens e crianças na televisão a cabo desde o lançamento dDescendentes em agosto de 2015. (*)

Nas redes sociais, a campanha da estreia norte-americana foi a mais bem sucedida na história do Disney Channel atingindo 185 milhões de visualizações, 108 milhões de impressões e 16,3 milhões de interações. No Twitter, a hashtag #Descendants2 ficou classificada em primeiro lugar nos trending topics mundiais.

A música é um elemento essencial em Descendentes 2‘. A trilha sonora do filme foi número 1 no iTunes em 24 de julho e agora está disponível em formato digital para ouvir via Spotify e também para baixar em grandes lojas digitais. O álbum lançado pela Walt Disney Records tem seis canções originais (como “Ways To Be Wicked” e “What’s My Name”), bem como versões de “Kiss the Girl” e “Poor Unfortunate Souls” do clássico animado da Disney Pequena Sereia; além de três canções originais da série de curtas de animação ‘DescendentesMundo de Vilões’: ”Better Together”, “Evil” e “Rather Be With You“.

Na América Latina, a estreia de Descendentes 2 vem com outra novidade para os fãs: durante a transmissão, será exibido o primeiro trailer de Enrolados Novamente, a nova série animada estrelada por Rapunzel, que em breve estará na tela do Disney Channel.

* Fonte: Nielsen Media Research *

Trama misteriosa de Colleen Hoover e Tarryn Fisher ganha continuação

 Na segunda parte da trilogia “Nunca jamais”, o casal de adolescentes Charlie e Silas continua tentando entender o porquê da perda constante de memória

image004.jpgNeste segundo livro da trilogia “Nunca jamais”, o casal Charlie e Silas vai descobrir que a perda de memória que os acometeu é ainda mais complicada do que pensavam. No primeiro título da trama, lançado pela Galera no ano passado, eles esqueceram de todo o passado de repente, sem qualquer explicação: não sabiam mais quem eram seus melhores amigos, os nomes dos irmãos e pais, o que fizeram na semana passada, ou mesmo quem eram.  Juntos, começaram a tentar desvendar o mistério.

Mas agora, na segunda parte da história, Silas acorda e mais uma vez não se lembra de nada: a perda de memória é cíclica. Ele encontra uma carta escrita por eles mesmos nos dias anteriores, e segue a investigação a partir daí. Mas há um problema: Charlie está desaparecida. E, quando acorda, ela se vê presa em um lugar parecido com um quarto de hospital – ou de um manicômio.

Enquanto tenta encontrar Charlie, Silas acaba descobrindo bem mais sobre seu passado e os segredos que envolvem as famílias dos dois. Ele vai correr contra o relógio para que eles consigam estar juntos da próxima vez que suas lembranças forem apagadas.

“Nunca jamais” une o conhecido estilo romântico da best-seller Colleen Hoover às histórias de suspense da autora Tarryn Fisher, e chega às livrarias em fevereiro pela Galera.

 

 

Colleen Hoover é autora das séries “Métrica” e “Sem esperança”. O livro “O lado feio do amor” teve seus direitos vendidos para o cinema, e está em fase de produção. Vive no Texas com o marido e seus três filhos. Tarryn Fisher é autora best-seller do New York Times e do USA Today. Mora em Washington com os filhos.

DESCENDENTES 2 :: Primeira Foto

DESCENDENTES 2 (Foto: Disney Channel/Bob D'Amico/Craig Sjodin)
DESCENDENTES 2 (Foto: Disney Channel/Bob D’Amico/Craig Sjodin)

A história é a continuação de Descendentes, sucesso global e que conta como os filhos adolescentes dos vilões mais malvados da Disney (Mal, Evie, Carlos e Jay) tentam encontrar o seu lugar no reino idílico de Auradon. Quando a pressão por ser uma figura perfeita da realeza oprime Mal, ela retorna às suas raízes malvadas, na Ilha dos Perdidos, onde sua arqui inimiga Uma (a filha de Úrsula), se auto declarou rainha da deteriorada ilha. Uma, ainda ressentida por não ter sido escolhida por Ben para ir à escola de Auradon com os outros filhos dos vilões, incita seu bando de piratas, que inclui Harry, o filho do Capitão Gancho, e Gil, filho de Gaston – para quebrar a barreira que separa a Ilha dos Perdidos de Auradon, e assim libertar todos os vilões presos de uma vez e para sempre.

Segundo livro da série de Sarah J. Maas traz uma protagonista ainda mais poderosa

Em “Corte de névoa e fúria”, Feyre é uma Grã-Feérica, mas isso não deixa sua vida mais fácil

Sarah J. Maas lança segundo livro, pela Editora Galera. (Foto: Divulgação)
Sarah J. Maas lança segundo livro, pela Editora Galera. (Foto: Divulgação)

Em “Corte de espinhos e rosas”, livro de estreia desta nova série de Sarah J. Maas, a protagonista Feyre chegou a morrer nos braços da vilã Amarantha, mas renasceu, agora como Grã-Feérica, graças aos poderes combinados dos setes senhores das cortes do mundo feérico. “Corte de névoa e fúria”, a sequência da história, chega às livrarias em setembro para mostrar como Feyre seguiu a vida, depois de quebrar a maldição que castigava o povo de Tamlin, seu amado.

Apesar do final feliz, as coisas não andam exatamente um mar de rosas na vida da protagonista. Seu coração permanece humano e, assim, ela se culpa e se tortura pelos feéricos que foi obrigada a matar durante todo o embate com Amarantha. Além disso, ela agora precisa cumprir o trato feito com Rhys, o senhor da Corte Noturna. Enquanto se esforça para reestruturar a vida ao lado de Tamlin na Corte Primaveril, ela aos poucos começa a perceber que é ao lado de Rhys que se sente mais completa.

Com o coração dividido, ela agora é mais poderosa do que nunca, e vai ser peça essencial de uma guerra que se aproxima. Mais grave do que Amarantha, este novo mal ameaça não apenas o mundo dos feéricos, mas também a vila dos humanos e a proteção da muralha.

Nesta série, Sarah J. Maas se inspira livremente no clássico “A bela e a fera”, com a diferença de ter criado uma protagonista feminina forte, poderosa e independente. Ela fez o mesmo em sua saga anterior, “Trono de vidro”, onde narra a jornada da assassina e heroína Celaena – com breves inspirações na história de Cinderela.

Sarah J. Maas escreveu a série “Trono de vidro”, sucesso mundial e best-seller do New York Times. Os quatro primeiros títulos já foram publicados no Brasil pela Galera. Frequentemente citados em listas de melhores livros young adults e associados a discussões sobre feminismo,os livros  têm como protagonista e heroína a assassina Celaena. “Trono de vidro” teve ainda seus direitos comprados por um estúdio e deve se transformar numa série de TV em breve.

COMEÇAM AS FILMAGENS DE ANNABELLE 2, O ESPERADO LONGA DA NEW LINE CINEMA

O time do diretor de “Quando As Luzes Se Apagam” David F. Sandberg se une aos produtores James Wan e Peter Safran para trazer a boneca mortal de volta a vida

Ela está de volta! Começaram as filmagens de Annabelle 2, da New Line Cinema, com David F. Sandberg (do inédito “Quando As Luzes Se Apagam”) dirigindo a sequência do grande sucesso de 2014 “Annabelle”, que arrecadou assustadores US$ 257 milhões durante seu período de exibição nos cinemas. O novo filme é mais uma produção de Peter Safran e James Wan, que fizeram uma eficaz parceria nos filmes “Invocação do Mal”.

Em Annabelle 2, anos após a trágica morte de sua filha, um criador de bonecas e sua esposa recebem em sua casa uma freira e várias meninas de um orfanato que foi fechado, e elas rapidamente se tornam alvo de Annabelle, a boneca possuída e uma das criações do anfitrião.

O filme é estrelado por Stephanie Sigman (“007 Contra Spectre”), Talitha Bateman (“A 5ª Onda”), Lulu Wilson (o inédito “Ouija 2”, “Livrai-nos do Mal”), Philippa Anne Coulthard (“Jogos do Apocalipse”), Grace Fulton (“Terra de Ninguém”), Lou Lou Safran (“A Escolha”), Samara Lee (“Foxcatcher – Uma História que Chocou o Mundo”, “O  Último Caçador de Bruxas”), Tayler Buck em seu primeiro longa-metragem, com Anthony LaPaglia (série de TV “Without a Trace”) e Miranda Otto (Série de TV “Homeland”, trilogia “O Senhor dos Anéis”).

New Line Cinema confirma começo das filmagens de "Annabelle 2". (Foto: Divulgação)
New Line Cinema confirma começo das filmagens de “Annabelle 2”. (Foto: Divulgação)

Sandberg dirige a partir do roteiro de Gary Dauberman, que também escreveu “Annabelle”. As filmagens acontecem em Los Angeles.

Colaborando com Sandberg nos bastidores está sua equipe de “Quando As Luzes Se Apagam”: a designer de produção Jennifer Spence e editor Michel Aller, juntaram-se ao diretor de fotografia Maxime Alexandre (“Do Outro Lado da Porta”) e a figurinista Leah Butler (“Atividade Paranormal 3 & 4”).

Com lançamento no Brasil previsto para 18 de maio de 2017, Annabelle 2 é uma apresentação New Line Cinema e uma produção Atomic Monster/Safran Company. O filme será distribuído pela Warner Bros. Pictures, uma empresa Warner Bros. Entertainment Company.