Arquivo da tag: Coringa

Aves de Rapina: Emancipação Feminina no Cinema

“Aves de Rapina” promete diversão, humor a ação para os fãs. (Foto: Divulgação)

Por Henrique Moita

Que a Warner/DC estão acertando nos seus filmes baseados em quadrinhos não é mais surpresa para ninguém. A única dúvida que sempre fica com o final dos filmes e a falta de informações é: como vai ficar esse universo. Vai ser unificado? Alguém vai assumir o Coringa ou ele ficará apenas como citações? O participação do Flash, de Ezra Miller, no crossover das séries da CW vai ter algum impacto nos cinemas? Veremos algum dia o Snyder cut da Liga da Justiça?

Enquanto essas perguntas ficam em aberto, o que nos resta é apreciar os filmes que estão sendo feitos.

Em “Aves de Rapina”, temos Margot Robbie de volta no papel da Arlequina, após os eventos apresentados em “Esquadrão Suicida”, porém, por mais que os filmes estejam ligados, com até algumas cenas mostradas no filme aparecendo de novo e tendo diversas referências ao longa, para a nossa sorte, a qualidade não poderia ser mais diferente.

Antes, a Warner estava decidida a ter um universo um pouco mais dark em comparação ao UCM, porém o que esse filme mostrou é que ela consegue fazer ambos, inclusive no mesmo longa.

“Aves de Rapina” mistura uma pegada bem mais leve, com muito humor, mas ao mesmo tempo, principalmente nas cenas de luta, conta com takes bem mais fortes. O filme me lembra bem “Deadpool“, tanto pela comicidade quanto pela ação.

E filme de quadrinhos também passa mensagem. Nesse, em específico, mostra o lado das mulheres. Seja pelo fato mais “básico”, como o homem tentando se aproveitar da Arlequina enquanto ela está bêbada, passando pelo fato de pensarem que ela, sem a proteção do Coringa depois que eles se separaram, não teria mais quem pudesse protegê-la, chegando até ao fato de que uma policial que nunca leva os créditos pelo serviço que realiza, ficando esse sempre para o seu chefe. O filme mostra como mulheres podem fazer o mesmo serviço dos homens e, muitas vezes, de maneira bem melhor (alguém surpreso com isso?).

Mas esse é um assunto que ainda terá que ser muito debatido, em diversos outros veículos, porque ainda temos muito a evoluir.

Como sempre, os filmes não podem ser só elogios (a não ser Coringa, talvez). Nesse, acho que faltou um pouco mais do vilão. Não sei, não senti uma graaaande ameaça da parte dele. Por mais que ele se diga muito poderoso em Gotham, e em alguns momentos até mostre esse real poder. Não senti que as heroínas no filme realmente estivessem em apuros pela parte dele. Acho que dava para ser um pouco mais ameaçador.

De resto, gente, é filme baseado nas HQ’s. Não vão esperando um filme digno de Oscar. Ele é bem divertido, com algum drama e muitos momentos cômicos apresentados pela Arlequina. Com toda a certeza vale a pena ir no cinema assistir.

Por fim, “Aves de Rapina: Arlequina e sua Emancipação Fantabulosa” é um bom filme. Warner/DC, continuem nessa pegada que esse universo vai longe.

Trigg lança cartão de crédito da Arlequina

(Foto: Divulgação)

Após sucesso dos cartões do vilão Coringa,  fintech lança o cartão da parceira do vilão mais icônico do mundo de entretenimento

Após o sucesso dos cartões dos herois Batman, Mulher-Maravilha,  Superman e Aquaman (edição limitada), e, mais recentemente, do Coringa, a Trigg e a Warner Bros Consumer Products se unem novamente para trazer o cartão de crédito exclusivo da  Arlequina.

Arlequina, uma maiores vilãs dos quadrinhos, é o sexto personagem a estampar os cartões da Trigg. “Impulsiva, imprevisível, inconsequente com personalidade única, além de um humor divertido, é a receita certa para conquistar todos os fãs de 5 a 70 anos.  Arlequina traz a doçura e a sagacidade que um anti-herói precisa ter. Estamos bem felizes de fazer esse lançamento, fechando a tríade com o super vilão, Coringa, e o herói mais amado do mundo, Batman.”, ressalta Marcela Miranda, Head da Trigg.

“Estamos muito felizes com a parceria com a Trigg pois conquistar o coração de qualquer fã é sempre um desafio enorme, dado que o nível de exigência desse público é muito alto com qualquer tema relacionado a um personagem. O sucesso, quase que imediato, dos cartões Trigg & DC foi o melhor termômetro para comprovar que fizemos uma ótima lição de casa e também para termos certeza de que manter esse padrão nos novos lançamentos é a melhor estratégia para podermos oferecer experiências inesquecíveis aos nossos consumidores!”, comenta Igor Reis, Diretor de Marketing, Retail & Themed Entertainment da Warner Bros.

Novos e futuros clientes Trigg têm, agora, a opção de escolher entre sete artes, sendo as duas cores originais, grafite ou verde, e os cinco modelos com personagens DC. Para aqueles que já são clientes Trigg, o cartão geek pode ser solicitado na Store do App. Lembrando que é possível manter mais de um cartão ativo. 

Acompanhando o universo geek, a Trigg é o cartão de crédito oficial das próximas três edições da CCXP. Clientes Trigg descontos de 20% nas seguintes lojas: Loja Oficial CCXP, Harry Potter Store, Omelete Store, Chiaroscuro e na assinatura do Omelete Box, tanto nas lojas físicas dentro da CCXP quanto online. Todos os clientes também possuem benefícios especiais Visa, por ser a bandeira exclusiva do cartão Trigg.  

CORINGA 2 É CONFIRMADO. MAS SERÁ QUE PRECISAVA?

Joaquin Phoenix voltará ao papel de Coringa. (Foto: Divulgação)

Por Henrique Moita

Nos últimos dias a Warner vem recebendo bastante atenção. Primeiro com o caso já relatado aqui, da petição para que Fernanda Montenegro fizesse parte do elenco de Animais Fantásticos, depois com a notícia de que Coringa conseguiu chegar a 1 bilhão de dólares em bilheteria. Se tornando o primeiro filme para maiores de 18 anos a atingir tal feito. Sendo que o filme nem foi lançado na China, o que torna a marca ainda maior.

Agora, novamente, temos mais um grande notícia envolvendo o palhaço do crime: teremos uma continuação!!!

Sim, foi confirmado que “Coringa 2” irá acontecer e é incrível como uma notícia pode ser tão boa e tão ruim ao mesmo tempo.

Vamos começar pelo porque de eu achar que isso não é uma boa ideia.
Como já dito, o filme é um sucesso sem precedentes, tanto de crítica quanto de público e é nesse ponto que eu fico com medo. Coringa foi um longa muito esperado, pelas críticas que vinha recebendo em diversos festivais de cinema. Ele atendeu e superou as expectativas de muitas pessoas, até porque, sabemos como é delicado essa ligação DC/Warner.

Agora, imagina como vão ser as expectativas em relação a sua continuação e como isso pode acabar frustrando o público se não vier um filme, no mínimo, no mesmo nível do seu antecessor.

Outra coisa que pode se tornar negativa é o fato deles quererem fundir esse universo, com o”já estabelecido” da DC. “Ah, mas eles já falaram que Coringa não tem ligação com esse universo”. Sim, do mesmo jeito que eles já também afirmaram que esse seria um filme solo, sem continuações, logo, podemos esperar de tudo.

Agora vamos às partes que podem ser boas na sua continuação.
Obviamente que a classificação tem que continuar como +18. O primeiro longa, mostrou como que surgiu o Coringa. Agora, o que eles poderiam fazer é mostrar como ele cresceu e se tornou esse palhaço do crime temido por toda uma cidade e na minha opinião, continuando sem a presença do homem-morcego.

Outra coisa que seria interessante é a aparição de outros vilões, afinal, sabemos que Gotham não possuí apenas o Coringa. Isso seria bom até para que fossem feitos filmes individuais de outros vilões do universo do Batman.

Bom mas é isso aí. Parece que a parceria DC/Warner está começando a engrenar, se mantiverem a qualidade, vem coisas muito boas por aí. O que nos resta agora, é apenas torcer.

SHOPPING GRANJA VIANNA TRAZ EXPOSIÇÃO INÉDITA DO FILME CORINGA PARA COTIA

Com grandes expectativas de público, acervo sobre o longa possui 20 fotos exclusivas, com making off, trailer, cenas e imagens dos bastidores

Coringa, um dos grandes vilões das histórias em quadrinhos retorna às telas de cinema do Shopping Granja Vianna. Para comemorar a estreia do tão aguardado filme, o shopping center traz uma exposição inédita na região com cenas do longafotos dos bastidores, cenas cortadas, trailer e making off.

Coringa é um dos filmes mais comentados nos últimos meses e a expectativa para sua estreia é grande! Por isso, trouxemos a exposição para a nossa região com o objetivo de tornar ainda mais completa a experiência de quem for vim assistir ao filme conosco”, diz Caroline Alves, gerente de Marketing do Shopping Granja Vianna.

Exposição do Coringa está no Shopping Granja Vianna. (Foto: Divulgação)

A exposição conta com 20 imagens exclusivas sobre o drama vivido por Joaquin Phoenix. Coringa apresenta a história de Arthur Fleck, um homem com problemas mentais que lida diariamente com o preconceito e a hostilidade das pessoas ao seu redor. Após ser demitido da agência de talentos em que trabalhava como palhaço, Fleck reage mal à agressividade de três homens em pleno metrô e os mata. Os assassinatos iniciam um movimento popular contra a elite de Gotham City, da qual Thomas Wayne é seu maior representante. A exposição chega ao shopping center no Piso L2, em frente ao Bradesco enquanto o filme estiver em cartaz.

Exposição Coringa no Shopping Granja Vianna
Data: 4 de outubro
Horário: de segunda-feira a sábado, das 10h às 22h, e de domingo e feriado, das 14h às 20h
Local: Piso L2
Endereço: Rodovia Raposo Tavares, km 23,5
Gratuito

Finalmente temos O Coringa

Por Henrique Moita

O TEXTO PODE CONTER SPOILERS

Sim, é isso mesmo que você leu no título. Depois de um Coringa memorável do Heath Ledger, mas que vamos concordar, não chega a ser um Coringa de verdade, com todo o seu pensamento anarquista, mas ainda assim, sendo uma excelente atuação; e depois de um outro, também memorável, mas de uma maneira não tão boa, do Jared Leto, finalmente podemos falar que temos “O Coringa” que todos esperávamos, o tão aguardado e tão elogiado Coringa de Joaquin Phoenix.

Eu digo isso por um simples motivo, o Coringa é um personagem que é “apenas” louco e que não se importa com as consequências dos seus atos e mata simplesmente porque quer e “pode” fazer isso.
Porém, pode ser que você se saia um pouco frustrado do cinema. Tudo isso porque esse filme é aquele velha história de origem, porém diferente, por se tratar do vilão, sem mostrar o seu principal antagonista, o Batman. Então ele é aquele longa no qual você fica esperando ele finalmente se tornar o Coringa, sendo que isso só acontece bem no fim. Antes disso vemos todas as consequências que levaram ele a se tornar um dos terrores de Gotham. Mas o filme mostra também que ele já não era uma pessoa normal, já apresentava sinais de loucura ao longo dos anos, mas que muitas vezes passam desapercebidas.

Joaquin Phoenix entrega um Coringa brilhante. (Foto: Divulgação)

Uma coisa a se elogiar, e muito, é a atuação de Joaquin Phoenix e a amostra de como ele se entregou, emagrecendo tanto que chega a ficar até meio esquelético. Ele nos entrega um Coringa perturbado, que até queria ser bom e fazer o bem, mas a cidade e as pessoas com a qual ele convivia não facilitaram as coisas.

Por fim, Coringa é sim tudo que você já ouviu, as partes boas e as partes ruins (que, pelo que eu vi, chegam a ser boas para quem é o personagem principal do filme). Mas vamos com calma. Ganhar o Oscar, como muitos apontam como favorito, acho muito difícil, mas pode sobrar uma premiação para Phoenix, com toda certeza. Dessa vez, sendo realmente merecida.

CORINGA GANHA NOVO TRAILER

Com data de estreia para 3 de outubro, longa tem Todd Phillips na direção e Joaquin Phoenix como protagonista

A Warner Bros. Pictures divulga o novo e aguardado trailer de Coringa, filme dirigido por Todd Phillips e estrelado pelo indicado ao Oscar Joaquin Phoenix no papel-título ao lado do vencedor do Oscar Robert De Niro, Zazie Beetz e Frances Conroy.

Sobre o filme

Coringa, do diretor Todd Phillips, é uma história original e fictícia sobre o icônico vilão nunca antes vista no cinema. A versão de Phillips sobre Arthur Fleck, interpretado de maneira memorável por Joaquin Phoenix, mostra um homem lutando para se integrar à sociedade despedaçada de Gotham. Trabalhando como palhaço durante o dia, ele tenta a sorte como comediante de stand-up à noite… mas descobre que a piada é sempre ele mesmo. Preso em uma existência cíclica, oscilando entre a realidade e a loucura, Arthur toma uma decisão equivocada que causa uma reação em cadeia, com consequências cada vez mais graves e letais, nesta exploração ousada do personagem.

Phoenix, três vezes indicado ao Oscar (“O Mestre”, “Johnny & June”, “Gladiador”), estrela no papel-título, ao lado do vencedor do Oscar Robert De Niro (“Touro Indomável”, “O Poderoso Chefão 2”). O filme também é estrelado por Zazie Beetz (“Deadpool 2”), Frances Conroy (da série de TV “American Horror Story”, da série da Hulu “Castle Rock”, Brett Cullen (“42 – A História De Uma Lenda”, da série da Netflix “Narcos”), Glenn Fleshler (das séries de TV “Billions” e “Barry”), Bill Camp (“Operação Red Sparrow”, “A Grande Jogada”), Shea Whigham (“O Primeiro Homem”, “Kong: A Ilha da Caveira”), Marc Maron (das séries de TV “Maron” e “GLOW”), Douglas Hodge (“Operação Red Sparrow”, da série de TV “Penny Dreadful”), Josh Pais (do inédito “Brooklyn Sem Pai Nem Mãe”, “Despedida em Grande Estilo”) e Leigh Gill (da série da HBO “Game of Thrones”).

O indicado ao Oscar Phillips (“Borat – O Segundo Melhor Repórter do Glorioso País Cazaquistão Viaja à América”, trilogia “Se Beber, Não Case!”) dirige o filme a partir de um roteiro que ele coescreveu com o roteirista indicado ao Oscar Scott Silver (“O Vencedor”), com base nos personagens da DC. O filme foi produzido por Phillips e o indicado ao Oscar Bradley Cooper (“Nasce uma Estrela”, “Sniper Americano”), através da produtora Joint Effort; e a indicada ao Oscar Emma Tillinger Koskoff (“O Lobo de Wall Street”).

Os produtores executivos foram Michael E. Uslan, Walter Hamada, Aaron L. Gilbert, Joseph Garner, Richard Baratta e Bruce Berman.

Nos bastidores, Phillips contou com o diretor de fotografia Lawrence Sher (“Godzilla II: Rei dos Monstros”, trilogia “Se Beber, Não Case!”), o design de produção Mark Friedberg (“Se a Rua Beale Falasse”, “Selma – Uma Luta pela Igualdade”), o editor Jeff Groth (“Cães De Guerra”, “Se Beber, Não Case! Parte III”) e o figurinista vencedor do Oscar Mark Bridges (“Trama Fantasma”, “O Artista”). A música foi composta por Hildur Guðnadóttir (da série da HBO “Chernobyl”, “Sicario: Dia do Soldado”).

A Warner Bros. Pictures apresenta, em associação com a Village Roadshow Pictures e a BRON Creative,Coringa, uma produção da Joint Effort, um filme de Todd Phillips. O filme estreia nos cinemas brasileiros em 3 de outubro de 2019 e será distribuído mundialmente pela Warner Bros. Pictures.

Aposte nos bodies em todas as estações

Peça coringa em diversas ocasiões, o body caiu nas graças das brasileiras e hoje vai muito além de uma peça de lingerie. Incorporada aos looks noturnos, também pode compor produções do dia a dia com camisas, jeans ou saias de alfaiataria, sem esquecer da sensualidade que ele traz em momentos especiais.

Como alternativa às lingeries tradicionais, Liebe desenvolveu peças que saem do comum e contam com um apelo fashion. Com rendas, transparências, sem ou mangas curtas e longas, há opções em diversas cores, como os tradicionais preto e branco, além do bordô e azul, para agradar a todas as mulheres.

Todas as peças já estão disponíveis nas lojas físicas e no e-commerce da marca.  

CORINGA GANHA PRIMEIRO TRAILER E ARTE

Todd Phillips dirige história de origem do personagem estrelando Joaquin Phoenix e Robert De Niro

A Warner Bros. Pictures divulgou as primeiras cenas de Coringa, longa estrelado pelo indicado ao Oscar Joaquin Phoenix (imagem abaixo) no papel-título ao lado do vencedor do Oscar Robert De Niro, e com direção, produção e participação no roteiro do também indicado ao Oscar, Todd Phillips. Também foi divulgada a primeira arte do filme.

Coringa é centrado no icônico arqui-inimigo e traz uma história original e independente nunca antes vista nos cinemas. A visão de Phillips sobre Arthur Fleck (Phoenix), um homem desprezado pela sociedade, não é apenas um corajoso estudo de personagem, mas também um conto de advertência mais amplo.

O filme também é estrelado por Zazie Beetz (“Deadpool 2”), Frances Conroy (série de TV “American Horror Story”, série da Hulu “Castle Rock”), Marc Maron (séries de TV “Maron” e “GLOW”), Bill Camp (“Operação Red Sparrow”, “A Grande Jogada”), Glenn Fleshler (séries de TV “Billions” e “Barry”), Shea Whigham (“O Primeiro Homem”, “Kong: A Ilha da Caveira”), Brett Cullen (“42 – A História De Uma Lenda”, série da Netflix “Narcos”), Douglas Hodge (“Operação Red Sparrow”, série de TV “Penny Dreadful”) e Josh Pais (do inédito “Motherless Brooklyn”, “Despedida em Grande Estilo”).

Phillips (da trilogia “Se Beber, Não Case!”) dirige o filme a partir de um roteiro que ele coescreveu com Scott Silver (“O Vencedor”), baseado nos personagens da DC. O filme é produzido por Phillips e Bradley Cooper, através de sua produtora, Joint Effort, e Emma Tillinger Koskoff. Os produtores executivos são Walter Hamada, Michael E. Uslan, Aaron L. Gilbert, Joseph Garner, Richard Baratta e Bruce Berman.

Nos bastidores, somam-se a Phillips o diretor de fotografia Lawrence Sher (do inédito “Godzilla II: Rei dos Monstros”, trilogia “Se Beber, Não Case!”), o desenhista de produção Mark Friedberg (“Selma – Uma Luta pela Igualdade”, “O Espetacular Homem-Aranha 2 – A Ameaça de Electro”), o editor Jeff Groth (“Cães De Guerra”, “Se Beber, Não Case! Parte III”) e o figurinista vencedor do Oscar Mark Bridges (“Trama Fantasma”, “O Artista”).

Uma apresentação da Warner Bros. Pictures em associação com a Village Roadshow Pictures e a BRON Creative, uma produção da Joint Effort, um filme de Todd Phillips, Coringa tem estreia prevista para 3 de outubro de 2019 e será distribuído mundialmente pela Warner Bros. Pictures.

COMEÇAM AS FILMAGENS DE CORINGA, DA WARNER BROS. PICTURES

Todd Phillips dirige história de origem do personagem estrelando Joaquin Phoenix e Robert De Niro

Começaram as filmagens de Coringa, da Warner Bros. Pictures, estrelando o indicado ao Oscar Joaquin Phoenix (imagem abaixo) no papel-título ao lado do vencedor do Oscar Robert De Niro, e com direção, produção e participação no roteiro do também indicado ao Oscar, Todd Phillips.

Coringa é centrado no icônico arqui-inimigo e traz uma história original e independente nunca antes vista nos cinemas. A visão de Phillips sobre Arthur Fleck (Phoenix), um homem desprezado pela sociedade, não é apenas um corajoso estudo de personagem, mas também um conto de advertência mais amplo.

cdn_strip_205162_0_full.jpg
Joaquin Phoenix inicia as filmagens de “Coringa”. (Foto: Divulgação)

O elenco do filme também conta com Zazie Beetz (“Deadpool 2”), Bill Camp (“Operação Red Sparrow”, “A Grande Jogada”), Frances Conroy (série de TV “American Horror Story”, série do Hulu “Castle Rock”), Brett Cullen (“42 – A História de uma Lenda”, série da Netflix “Narcos”), Glenn Fleshler (séries de TV “Billions”, “Barry”), Douglas Hodge (“Operação Red Sparrow”, série de TV “Penny Dreadful”), Marc Maron (séries de TV “Maron”, “GLOW”), Josh Pais (ainda inédito “Motherless Brooklyn”, “Despedida Em Grande Estilo”) e Shea Whigham (ainda inédito “O Primeiro Homem”, “Kong: Ilha da Caveira”).

Phillips (trilogia “Se Beber, Não Case!”) dirige a partir de um roteiro coescrito por ele e Scott Silver (“O Vencedor”), baseado nos personagens da DC. O filme está sendo produzido por Phillips e Bradley Cooper sob a bandeira da Joint Effort, e Emma Tillinger Koskoff. A produção executiva fica a cargo de Richard Baratta, Michel Uslan, Joseph Garner e Bruce Berman.

Por trás das câmeras, Phillips conta com o diretor de fotografia Lawrence Sher (ainda inédito “Godzilla II – Rei dos Monstros”, trilogia “Se Beber, Não Case!”), o designer de produção Mark Friedberg (“Selma: Uma Luta Pela Igualdade”, “O Espetacular Homem-Aranha 2: A Ameaça de Electro”), o editor Jeff Groth (“Cães de Guerra”, “Se Beber, Não Case! Parte III”) e o figurinista ganhador do Oscar Mark Bridges (“Trama Fantasma”, “O Artista”).

Uma apresentação da Warner Bros. Pictures, em associação com a Village Roadshow Pictures e com a BRON Creative, uma produção Joint Effort, Coringa tem estreia prevista para 3 de outubro de 2019 e será distribuído internacionalmente pela Warner Bros. Pictures.

Fan Box DC Comics de fevereiro traz produtos oficiais e exclusivos do Joker

Mestre da improvisação e gênio do crime, o Joker é um dos personagens mais adorados e odiados entre os fãs da DC Comics e, em fevereiro, o vilão será o tema da Fan Box, programa oficial de assinaturas da DC.

Criado em 1940, por Jerry Robinson, é conhecido como o Príncipe Palhaço e seu humor sádico e doentio tem algumas das melhores frases do universo DC como: “Nós deixamos de procurar os monstros embaixo de nossas camas quando percebemos que eles estão dentro de nós.”

image.png

Arqui-inimigo do Batman, usa seu vasto conhecimento em química para criar armas letais, como o Gás do Riso, que ao ser inalado deixa sua vítima com a pele branca e o sorriso histérico como o do vilão. Mesmo sem ter poderes sobre-humanos, Joker é uma ameaça que desafia até o time de super-heróis da Liga da Justiça.

A Fan Box DC Comics é o primeiro programa oficial do mundo de assinaturas dos Heróis da DC e proporciona aos fãs experiências únicas todos os meses. Os assinantes recebem uma super caixa customizada com produtos especialmente criados em séries limitadas, que só podem ser encontrados por quem fez a assinatura.

Além das experiências e produtos exclusivos, o programa proporciona uma economia de 30% a 50% nos produtos adquiridos através da Fan Box. Também não é necessária a fidelização e o fã pode escolher entre três tipos de plano: mensal, semestral e anual.

As assinaturas para a caixa do Joker estarão disponíveis até 31 de janeiro e devem ser feitas pelo sitehttp://www.fanboxdccomics.com.br.