Arquivo da tag: Croácia

6 destinos internacionais baratos e diferentões para passar o réveillon 2020

Países da América do Sul estão entre as opções mais econômicas para passar o ano novo fora do Brasil

Com a chegada das férias do fim do ano, muitas pessoas se programam para passar a virada fora do Brasil e aproveitar o que há de melhor em outras culturas. Mas a alta do dólar pode ser o grande vilão dessas férias. Recentemente a moeda atingiu a marca histórica de R$ 4,25, e pode comprometer os planos de quem vai viajar no réveillon.

Pensando em aliviar para os viajantes, a Câmbio Store, plataforma de moedas estrangeiras, resolveu listar 6 destinos baratos e diferentões para passar o ano novo sem ter que abrir mão de começar 2020 na tão sonhada viagem internacional, confira a seguir. 

  • Buenos Aires – Argentina
(Foto: Divulgação)

A capital argentina é um ótimo lugar para passar o ano novo sem gastar muito. As corretoras de viagens costumam oferecer pacotes promocionais para o destino. O réveillon em Buenos Aires é um dos mais agitados, com fogos de artifícios, músicas, comidas e bebida à vontade. 

A vantagem em passar o réveillon em Buenos Aires é a economia, lá você não gastará muito, pois pode usar a moeda local, o Peso Argentino, que costuma ser mais barato que o dólar. Além disso, também vale a pena levar o real e trocar lá, já que a conversão na argentina é mais barata, mas ainda assim, é bom consultar as corretoras um pouco antes da viagem para não ter nenhuma surpresa com o câmbio atual.

O clima em Buenos Aires é ótimo, a cidade estará praticamente vazia de nativos, que costumam passar a virada nas praias argentinas, assim, a quantidade de turistas é maior, e a chance de encontrar outros brasileiros por lá também.

  • Lisboa – Portugal 
(Foto: Divulgação)

A língua nativa de Lisboa é o português e esse já é um dos motivos para escolher a capital de Portugal como destino para passar o réveillon. Lá existem pontos gratuitos para curtir a festa, como a queima de fogos, que pode ser vista da Praça do comércio e na Torre de Belém. Após a virada, o turista pode aproveitar e curtir o resto da noite no Bairro Alto, lugar onde a agitação é garantida. 

O dólar é aceito na capital portuguesa, mas é recomendável levar euro, que é a moeda oficial de lá. Caso deixe para realizar o câmbio em uma data próxima a viagem, vale realizar uma pesquisa antes para saber quais as corretoras com melhor taxa. Algumas, como a Câmbio Store, já oferecem a opção de parcelar a compra de moeda estrangeira no cartão de crédito, que é mais vantajosa do que o uso do cartão no exterior, e o viajante pode optar o parcelamento do câmbio em até 12 vezes para não passar aperto.

Lisboa é uma linda cidade histórica com opções de lazer para diversos gostos, como museus, praias e parques. Se for passar o ano novo na capital de Portugal, inclua nos passeios o Castelo de São Jorge e uma rápida ida ao teleférico da capital. 

  • Punta Del Este – Uruguai
(Foto: Divulgação)

O litoral do Uruguai não poderia ficar de fora dessa lista. A cidade é tão badalada no réveillon, que para conseguir ingressos nas festas particulares da virada do ano, o turista precisa comprar com antecedência. O charme de Punta del Este são as praias e a famosa escultura de Las Manos, além disso, o preço nos restaurantes, lojas e pontos de lazer é acessível em toda a região. 

A moeda oficial de Punta del Este é o peso uruguaio, mas dólar e real também são aceitos na maioria dos lugares. Além disso, vale a pena usar o cartão de crédito nos restaurantes da cidade, pois existe uma lei no Uruguai que devolve aos turistas 22% das contas de restaurante e locadoras de carro pagas com cartão de crédito, débito ou pré-pago internacional, isso já vale uma economia grande e compensa os 6,38% do IOF brasileiro. Então já sabe, usar o cartão de crédito em Punta del Este só se for para comer ou alugar um carro.

A queima de fogos na cidade é espetacular e atrai turistas do mundo inteiro. Passar o réveillon em Punta del Este é mais barato que ir a capital do Uruguai, a famosa Montevidéu, onde é lotada de turistas e com preços exorbitantes.

  • Dubrovnik – Croácia
(Foto: Divulgação)

A cidade de Dubrovnik possui belíssima arquitetura medieval, foi um dos cenários de gravação da série Game of Thrones e é um dos destinos europeus mais baratos para passar o réveillon., Conta com museus, centros históricos e ótimas praias, mas como o réveillon é início do inverno por lá, pode ser que o tempo não esteja agradável para pegar uma onda, fazendo valer a pena conhecer a parte cultural da cidade.

A moeda oficial de Dubrovnik é a kuna croata, mas o euro também é aceito com facilidade, que você pode levar em espécie ou no cartão pré-pago internacional. 

Essa é a escolha perfeita para quem busca sossego, pois Dubrovnik é um lugar tranquilo e sossegado, mas que ainda assim, oferece uma programação diversificada para quem quer curtir o réveillon, como espetáculos de fogos de artifício, musicais, festivais de gastronomia e etc.

  • Cuba
(Foto: Divulgação)

Fique sabendo que passar o ano novo em qualquer lugar do Caribe será ótima escolha. Ir a Cuba não sai tão caro se compararmos a outros países da américa do norte. A região é afrodisíaca e conta com uma paisagem sem igual, incluindo praias, resorts e atrações turísticas internacionalmente conhecidas, como o centro histórico de Havana Viejas.

Existem dois tipos de moedas que circulam em Cuba, o peso cubano e os pesos conversíveis, mas você pode utilizar euro ou dólar canadense. Atenção, existem medidas no País para a utilização do dólar americano, por isso, se não quiser passar por algum estresse, dê preferência para as moedas oficiais ou euro e dólar canadense.

Dica extra: Leve produtos de higiene, como sabonetes, xampus, cremes dentais, papel higiênico e etc. Além de servir como presentes para os nativos, podem ser utilizados como moeda de troca, principalmente entre camareiros e empregados de hotéis.

Cuba em sua totalidade é charmosa e acolhedora, sem dúvidas, passar o réveillon lá pode trazer muitos benefícios, inclusive para o bolso.

  • Tríplice Fronteira – Argentina, Paraguai e Brasil 
(Foto: Divulgação)

A nossa última sugestão é a mais exótica de todas. Além de ser barata é uma daquelas viagens de matar três coelhos com uma cajadada só. Passar o réveillon na Tríplice Fronteira é uma ótima escolha para quem gosta de aventuras e deseja conhecer diversos lugares diferentes. 

O ponto de chegada é em Foz do Iguaçu no Paraná, lá o turista pode procurar estadia, comidas e visitar pontos turísticos consagrados como as famosas Cataratas. A graça em tudo isso é a possibilidade de dar uma esticadinha de ônibus em Puerto Iguazu na Argentina e na Cidade del Leste no Paraguai.

As três cidades contam com diversas opções de lazer para a virada do ano. Para essa viagem você pode levar o dólar, principalmente para as compras no Paraguai, mas o real também é aceito em algumas regiões. O mais recomendado é levar um pouco de cada moeda em espécie na carteira, assim, você evita problemas, pois o acesso a caixa eletrônico é restrito em alguns pontos das cidades. 

Uma viagem que possibilita de tudo, desde visita a pontos turísticos até compras no Paraguai, e o melhor é que o viajante consegue fazer tudo isso em pouco tempo e gastando pouco. Só é preciso ter um pouco de atenção com a cotação de câmbio para não gastar além do necessário, ninguém quer começar 2020 no vermelho.  

O único ponto negativo de passar o réveillon em alguma cidade da Tríplice Fronteira é que as queimas de fogos só acontecem em eventos fechados, como festas em hotéis, bares e resorts, mas ainda assim dá para aproveitar a vista sem ser na virada do ano, pois o Marco das Três Fronteiras oferece uma das mais belas vistas do pôr do sol. 

11 parques nacionais de tirar o fôlego

Abreu lista locais de impressionantes belezas naturais para conhecer pelo mundo

Cenários deslumbrantes espalham-se por todo o mundo, e talvez os mais incríveis sejam aqueles totalmente naturais. Florestas com rios caudalosos, vales entre montanhas nevadas com lagos profundos, penhascos e formações rochosas, vulcões e desertos encantam os viajantes, principalmente por serem tão diferentes dos horizontes de cidade com os quais muitos deles estão acostumados.

Os patrimônios naturais mais importantes de cada país acabam se tornando uma área protegida, e muitos são transformados em parques nacionais, o que significa que os turistas são mais que bem-vindos. A Abreu, especialista em levar viajantes aos melhores destinos ao redor do globo, recomenda alguns parques nacionais imperdíveis para conhecer em diferentes países.

Parque Nacional Fiordland – Nova Zelândia
Situado na Ilha Sul da Nova Zelândia, reúne montanhas nevadas, florestas, fiordes, lagos, rios e cachoeiras. Com mais de 1,2 milhão de hectares, oferece opções de passeios para qualquer amante da natureza. Quem curte explorar os lugares com os próprios pés pode percorrer algumas das trilhas que cortam o parque; já quem prefere passeios tranquilos e confortáveis pode fazer um cruzeiro por algum dos lagos; também é possível andar de caiaque, desbravar cavernas, pescar e até acampar.

Parque Nacional de Serengeti – Tanzânia
Este verdadeiro santuário de vida selvagem fica na Tanzânia, perto da fronteira com o Quênia. É um dos destinos de preferência para safáris na África, com ótima estrutura para turismo. Com tranquilidade e segurança, é possível ver de perto elefantes, gnus, leopardos, gazelas, macacos, hienas, girafas e inúmeras outras espécies. A geografia local inclui infinitas planícies, savanas, bosques e florestas.

Parque Nacional Kruger – África do Sul
Milhares de quilômetros ao sul do Serengeti está o Parque Nacional Kruger, com quase dois milhões de hectares e mais de 800 espécies de animais, incluindo mamíferos, pássaros, répteis, anfíbios e peixes. Com alojamentos que vão desde campings até lodges luxuosos, o Kruger é outra opção muito popular para a realização de safáris.

Parque Nacional dos Lagos de Plitvice – Croácia
Este parque é uma das principais atrações da Croácia. Fica a 130 quilômetros da capital, Zagreb, e possui 16 lagos conectados por uma série de cascatas em meio a uma floresta habitada por cervos, ursos, lobos e javalis. A cachoeira mais alta tem 70 metros de altura, mas todo o passeio pelo parque garante cenários tão bonitos que nem parecem reais.

Parque Nacional da Chapada Diamantina – Brasil
São muitas as belezas naturais do Brasil, mas a Chapada Diamantina, na Bahia, é a escolha da Abreu no quesito parques nacionais, visivelmente mais tropical que Plitvice, por exemplo. A 400 quilômetros de Salvador, tem grutas, cachoeiras, cânions, poços de água cristalina e morros, onde se pode nadar, fazer trilhas, escaladas e rapel e aproveitar pores do sol inesquecíveis.

Parque Nacional Torres del Paine – Chile
Imponentes montanhas, geleiras, bosques virgens e lagos azul-turquesa fazem os visitantes se sentirem muito pequenos em meio a tanta imensidão em Torres del Paine. Considerada a oitava maravilha do mundo, apresenta uma paisagem cinematográfica que, durante o verão, conta com 17 horas de luz, e é possível ver condores, raposas e outros animais.

Parque Nacional Galápagos – Equador
As Ilhas Galápagos ficam em meio ao Oceano Pacífico, a cerca de 1.000 quilômetros da costa do Equador. São um arquipélago com 58 ilhas vulcânicas com espécies de animais exóticas, como tartarugas-gigantes, iguanas-marinhas e pinguins-de-Galápagos. Um verdadeiro paraíso da natureza, é um destino intenso, que há mais de um século inspirou o naturalista Charles Darwin a criar a Teoria da Evolução.

Parque Nacional Banff – Canadá
O mais antigo parque nacional do Canadá fica nas Montanhas Rochosas, uma importante cordilheira da América do Norte. Além das montanhas, seu território tem geleiras, florestas de pinheiros, picos nevados e lagos cristalinos. O cenário é impressionante, e as atividades pelo parque incluem trilhas dos mais diversos níveis de dificuldade, canoagem, pesca, passeios de barco, escalada, entre outros.

Parque Nacional do Grand Canyon – Estados Unidos
Os Estados Unidos são muito lembrados por seus centros urbanos e cosmopolitas, com arranha-céus espelhados e avenidas largas, mas a Abreu explica que, na verdade, o país tem muitas belezas naturais também. O Grand Canyon é uma das mais famosas: surpreendente e arrebatador, o cânion tem 1,6 quilômetro de profundidade e 16 quilômetros de largura, por onde serpenteia o rio Colorado.

Parque Nacional de Yosemite – Estados Unidos
Também nos Estados Unidos, a 260 quilômetros de São Francisco, o Yosemite é visitado por mais de 4 milhões de pessoas todo ano, que se encantam com suas quedas d’água, vales profundos, árvores gigantescas e picos de granito. É lá que fica a cachoeira mais alta do continente, com 740 metros.

Parque Nacional de Yellowstone – Estados Unidos
Foi o primeiro parque nacional dos Estados Unidos, localizado na região Oeste do país. Sua paisagem é bem diferentes dos outros dois parques norte-americanos citados nesta lista, já que conta com impressionantes termas e gêiseres, além de lagos de águas transparentes, desfiladeiros, pradarias e cachoeiras. Há inúmeras trilhas e é possível ver animais como bisões, alces e ursos.

7 destinos sensacionais para quem busca o melhor da praia e da montanha

Na hora de escolher o destino ideal para uma viagem, muitos enfrentam o mesmo dilema: uma praia paradisíaca e deserta ou uma vista de perder o fôlego nas montanhas? Para aqueles que preferem pegar um bronze a fazer uma trilha nas montanhas, vocês não estão sozinhos. Aliás, 78% dos viajantes brasileiros pretendem viajar para a praia em 2019. Em comparação, 70% dizem que estar nas montanhas é fator importante na hora de escolher um destino*. Com isso em mente, a Booking.com — líder digital no mercado de viagens, que conecta viajantes a opções incríveis de hospedagem, experiências imperdíveis e opções descomplicadas de transporte — pesquisou mais de 29 milhões de anúncios em mais de 153.000 destinos para identificar alguns dos lugares mais espetaculares que unem praia e montanha. Com florestas tropicais exuberantes, imensas cordilheiras, água cristalina e quilômetros de praia, os viajantes poderão aproveitar o melhor dos dois mundos em suas próximas férias.

Soufrière, St. Lucia, Pequenas Antilhas

(Foto: Divulgação)

Se você busca um destino paradisíaco que combina praias dignas de curtidas no Instagram com trilhas na exuberante floresta tropical, basta visitar St. Lucia, praticamente um éden no Caribe. Depois de mergulhar nas águas azul-turquesa, os aventureiros podem fazer uma caminhada revigorante pelo Gros Piton, um dos picos vulcânicos da ilha considerado Patrimônio Mundial da UNESCO. A aventura começa na vila de Fond Gens Libre e, de lá, são cerca de 2 horas (ida) para chegar ao cume do pico, a aproximadamente 800 metros do nível do mar. A vista panorâmica e exclusiva vale todo o esforço!

Onde ficar: Villas com piscina privativa — assim é o Sugar Beach, A Viceroy Resort. Localizado nas areias branquinhas de Sugar Beach, onde ao norte desponta o imponente Petit Piton, esse é o lugar ideal para várias fotos inesquecíveis das férias. Após um dia explorando tudo o que a ilha tem a oferecer, você poderá descansar no Temazcal, uma sauna em uma cúpula ao ar livre inspirada na tradicional cultura mesoamericana.

Ítaca, Grécia

(Foto: Divulgação)

A pequena e intocada ilha de Ítaca é famosa por ser lar de Odisseu, herói da famosa Odisséia de Homero. Ao contrário dos destinos mais movimentados e procurados da Grécia, essa ilha é calma e tem belas praias de pedrinhas com água azul-turquesa, além de charmosas vilas históricas que se espalham pelas montanhas. É fácil explorar Ítaca de carro, pois ela é uma ilha relativamente pequena. Há várias rotas a fazer, como a de Vathy a Stavros, com parada obrigatória em Anogi e Exogi para que o visitante possa conhecer o estilo de vida das comunidades locais. Deixe a curiosidade te levar, pois independentemente do lugar que decidir explorar, você terá como recompensa uma vista sensacional.

Onde ficar: Este histórico moinho foi transformado em um único apartamento que combina tradição com um toque de modernidade. Depois de um dia caminhando pela praia e explorando as charmosas vilas nas montanhas, você pode curtir uma taça do vinho local no espaçoso terraço privativo, enquanto contempla o pôr do sol sobre o mar Jônico.

Makarska, Croácia

(Foto: Divulgação)

Localizada ao longo da Costa da Dalmácia, entre Split e Dubrovnik, a pitoresca cidade portuária de Makarska encanta com suas florestas perfumadas de pinheiros, falésias acidentadas e as águas do mar Adriático em tons turquesa. Como a cidade é pequena, o visitante pode explorá-la a pé ou de bicicleta. Agora, se você tem espírito aventureiro e quer ir além, é possível ir de carro à Montanha Biokovo, a segunda mais alta da Croácia, e ter a oportunidade de contemplar a linda vista da densa floresta que se estende pelas águas cristalinas.

Onde ficar: A apenas alguns minutos do Farol de St. Peter, no centro de Makarska, o Apartments Beso tem vista fantástica do porto. Pense na cena: você fazendo uma refeição caseirinha na varanda enquanto contempla os barcos navegando nas águas cristalinas do porto.

Kauai, Havaí

(Foto: Divulgação)

Conhecida também como “Ilha Jardim”, a ilha de Kauai é um verdadeiro paraíso tropical, com penhascos vertiginosos, florestas tropicais exuberantes e quilômetros de praias douradas. Embora seja muito tentador apenas relaxar e contemplar toda a beleza da ilha (o que, definitivamente, você também deve fazer), vale muito a pena alugar um carro para explorar as atrativas cidades costeiras, as praias secretas e as famosas cachoeiras de Kauai. Para ir da ponta da Costa Norte (Haena) até a Ponta Oeste (Polihale), o viajante leva apenas 3 horas, e esse trajeto panorâmico leva o visitante a um dos trechos mais extensos de areia branquinha da ilha. Para aqueles que buscam uma vista realmente espetacular, recomendamos uma visita ao Parque Estadual de Koke’e, de cenário jurássico e com vegetação que se estende por falésias avermelhadas. Lá, faça uma das 7 trilhas ou pegue a estrada até o Mirante Kalalau para ter uma vista sensacional e incomparável de toda a costa.

Onde ficar: Se você busca um refúgio onde possa jantar à luz do luar ouvindo as ondas, então o Kauai Shores Hotel, localizado em Kappa e de frente para o mar, é o lugar ideal. Para quebrar essa tranquilidade com um pouco de aventura, considere reservar um passeio de helicóptero e tenha uma vista da maravilhosa paisagem vulcânica das ilhas.

Sabah, Bornéu, Malásia

(Foto: Divulgação)

Bornéu é a terceira maior ilha do mundo e se estende por 3 países. Além disso, metade do seu território é coberto por florestas, sendo o paraíso perfeito para os amantes da natureza graças à diversidade da flora e fauna. O Monte Kinabalu, pico mais alto da Malásia, fica na extremidade norte da ilha e no estado de Sabah, um destino de férias espetacular e muito procurado por suas florestas tropicais e extensas praias.

Onde ficar: Localizado em uma reserva natural em frente ao Mar da China Meridional, o Shangri-La’s Rasa Ria Resort & Spaproporciona uma vista espetacular das praias cristalinas da região, das florestas e das imponentes montanhas. Seja fazendo um cruzeiro relaxante pelo Rio Kinabatangan ou uma trilha pela floresta, independentemente do seu ritmo, não faltarão opções.

Baía das Ilhas, Nova Zelândia

(Foto: Divulgação)

Formada por mais de 140 ilhas subtropicais ao longo da costa da Ilha do Norte da Nova Zelândia, a Baía das Ilhas é um paraíso que reúne praias inexploradas e paisagens vulcânicas de tirar o fôlego. Com diversas florestas exuberantes, baías desertas e uma rica história, esse destino não vai te deixar entediado. Ter um carro na Baía das Ilhas é muito útil e permite explorar mais lugares. Independentemente de onde a sua curiosidade te levar, Kerikeri é parada obrigatória, pois lá você vai encontrar a casa mais antiga da Nova Zelândia, a Mission House, também chamada de Kemp House. Para quem curte caminhar, vale muito a pena fazer um passeio ao longo da margem do rio Kerikeri até Wharepuke e Rainbow Falls.

Onde ficar: Localizado em Paihia, próximo à Floresta Opua e com uma vista incrível da baía, o Craicor Boutique Apartments está literalmente rodeado de verde, o que proporciona momentos de refúgio e tranquilidade para descansar, rejuvenescer e curtir bons momentos com a família ou os amigos.

Paraty, Brasil

(Foto: Divulgação)

Localizada entre Rio de Janeiro e São Paulo, Paraty é linda e um dos refúgios menos explorados do Brasil. A cidade tem uma arquitetura característica, que data dos séculos XVII e XVIII, e foi uma cidade portuária da época da corrida do ouro no Brasil. As praias da região têm como pano de fundo a densa floresta que cobre os picos das montanhas. Pitoresca, Paraty foi feita para caminhar e está repleta de casas multicoloridas, lojinhas administradas por simpáticos moradores locais e igrejas antigas. Depois de passar um dia na praia e explorar as ruas de paralelepípedos, o visitante pode fechar o dia com chave de ouro com uma dose de cachaça e outras delícias da culinária brasileira em um dos diversos cafés espalhados pelo centrinho.

Onde ficar: Localizada em um charmoso vilarejo de pescadores a apenas alguns minutos do centrinho de Paraty, a Casa Mar Paraty é uma pousada moderna que fica perto da Prainha e das montanhas da região. Depois de recarregar as baterias com uma caminhada pela floresta tropical, o visitante poderá relaxar na piscina de borda infinita e ter uma vista fantástica da Baía da Ilha Grande.

_________

*Pesquisa encomendada pela Booking.com e conduzida de forma independente com 53.492 entrevistados em 31 mercados. Para participar dessa pesquisa, os participantes deveriam ter mais de 18 anos, terem viajado pelo menos uma vez nos últimos 12 meses e serem responsáveis pela decisão ou estarem envolvidos no processo de tomada de decisão da viagem. A pesquisa foi respondida on-line e realizada entre 16 de outubro e 12 de novembro de 2018.

Omelete visita cenários reais de Game of Thrones em nova série exclusiva

Episódios foram gravados em locações na Croácia e Irlanda

 Os fãs de Game of Thrones aguardam pelo dia 14 de abril, data de estreia da última temporada da série exibida pela HBO. O Omelete, claro, não poderia ficar de fora deste momento tão importante para a cultura pop mundial. A equipe do portal desembarcou nas locações dos Sete Reinos de Westeros para gravar um especial sobre a série, que fará um resumo de todas as temporadas de Game of Thrones, em oito episódios de 25 minutos cada.  O primeiro episódio vai ao ar em 18 de março. 

Série especial de GOT estreará segunda-feira no Omelete. (Foto: Divulgação)

A nova temporada do Omelete Series, que já abordou temas como Batman e o Cavaleiro das TrevasGod of WarVingadores, Capitã Marvel, etc., será comandada por Thiago Romariz, e irá explorar as sete temporadas de GOT. “Passamos pela Croácia e Irlanda para mostrar não só as locações, mas também relembrar a trajetória dos personagens principais e todos os temas que a série discutiu ao longo destes anos. Queremos fazer um overview que será um baita aquecimento para quem está ansioso pela estreia da última temporada”, adianta o head de conteúdo do Omelete.

O especial de Game of Thrones será também patrocinado pela NET, que deve exibir os episódios em seus canais. Segundo o diretor de conteúdo da NET, Alessandro Maluf “Game of Thrones é um fenômeno mundial e uma das séries mais acessadas no NOW. Como sempre levamos o melhor do entretenimento para os nossos clientes, não poderíamos deixá-los de fora desse Especial”, comenta.