Arquivo da tag: Curiosidades

10 curiosidades sobre o Mar Morto

Localizado no Oriente Médio e alimentado pelo rio Jordão, o Mar Morto é um dos principais atrativos da Jordânia e é famoso por seus benefícios. Descubra agora nove curiosidades sobre uma das paisagens mais espetaculares do mundo:

(Foto: Divulgação)

O ponto mais baixo da Terra

O Mar Morto está localizado a mais de 400 metros abaixo do nível do mar, sendo, portanto, o local mais baixo da Terra.  

Água extremamente salgada

A principal atração do Mar Morto é sua água morna, calmante e extremamente salgada – cerca de dez vezes mais salgada que a água do mar. O alto nível de salinidade, 31,5%, torna praticamente impossível afundar em suas águas, o que garante flutuabilidade.

Filtro natural

O Mar Morto é o lugar mais seguro do mundo para se bronzear. O vapor que sobe da superfície do mar atua como um filtro natural para proteção dos raios UVB, potencialmente prejudiciais à saúde.

Abastece a indústria

As águas do rio Jordão que atingem o Mar Morto são bloqueadas pela terra e não têm para onde correr. Elas evaporam, deixando para trás um denso e rico coquetel de sais e minerais que abastecem a indústria, agricultura e medicina.

Turismo de beleza e saúde

A costa leste jordaniana do Mar Morto desenvolveu-se com o turismo de tratamento de beleza e saúde. Uma série de spas e hotéis se alinha na costa e atrai visitantes de todo o mundo. Laboratórios produzem uma variedade de xampus, sais de banho, hidratantes, removedores de maquiagem, tônicos de pele, dentre outros produtos.

Rico em sais

A água desse importante mar é rica em sais de cloreto de magnésio, sódio, potássio, enxofre, iodo, cálcio e bromo, responsáveis, dentre outros benefícios, por desintoxicar e estimular o metabolismo, equilibrar os níveis de pH e aumentar a proteção das camadas da pele, reduzir inchaço, relaxamento muscular e regular o equilíbrio de água do corpo.

Rico em oxigênio

Devido à alta pressão barométrica, o ar ao redor do Mar Morto é cerca de 8% mais rico em oxigênio do que o nível do mar. Esse ar seco, rico e livre de ácaros faz desta área um refúgio para as pessoas com problemas de insuficiência respiratória.

Tratamentos no Mar Morto

Os benefícios terapêuticos do Mar Morto são conhecidos pelo ser humano há pelo menos dois mil anos. Uma combinação única das condições climáticas e elementos têm sido comprovadas como extremamente benéficas e oferecem tratamentos naturais para doenças crônicas, problemas dermatológicos e condições respiratórias.

Benefícios da lama

A lama do Mar Morto, ou pelloid, é rica em minerais de sedimentos aluviais enriquecida com componentes de sulfeto. Ela mantém bem o calor e pode ser espalhada sobre o corpo para limpar a pele e aliviar dores reumáticas ou ocasionadas por artrites. É possível encontrar uma variedade de máscaras faciais da lama em estabelecimentos em toda a Jordânia ou online.

Espiritualidade

A área ao redor do Mar Morto também tem um significado espiritual para os judeus e cristãos. Acredita-se que este é o lugar onde Deus em primeiro lugar falou com o homem. É a Terra Santa onde Deus deu os seus Dez Mandamentos a Moisés, onde Jó sofreu e foi recompensado por sua fé, onde Jesus foi batizado por João, e onde Jacó lutou com o anjo de Deus. No livro de Gênesis, Deus refere-se ao Vale do Rio Jordão ao redor do Mar Morto, como o “Jardim do Senhor”, e acredita-se ser o local do Jardim do Éden.

Para saber mais sobre a Jordânia, acesse www.visitjordan.com e o site Bureau Mundo, escritório virtual da GVA:www.bureaumundo.com.

WARNER BROS. PICTURES DIVULGA CURIOSIDADES E FOTOS DE SHAZAM!

Filme dirigido por David F. Sandberg e protagonizado por Zachary Levi está em cartaz nos cinemas

A Warner Bros. Pictures divulga curiosidades e novas imagens de Shazam!, filme da DC protagonizado pelo ator Zachary Levi e dirigido por David F. Sandberg (“Annabelle 2 – A Criação do Mal”). O longa estreou na quinta-feira (4/4) e está em cartaz nos cinemas de todo o Brasil.

SHAZAM! está nos cinemas. (Foto: Divulgação)

– O super-herói hoje conhecido como Shazam, alter ego do jovem Billy Batson, apareceu pela primeira vez em 1940 no quadrinho Whiz Comics #2, publicado pela Fawcett Comics, e foi o primeiro super-herói de quadrinhos a ser adaptado para o cinema.

– O ator Zachary Levi, estrela de Shazam!, levava, em média, 20 minutos para vestir a roupa do super-herói.

– Pouco antes do início das filmagens de Shazam! em Toronto, no Canadá, ainda durante a fase de preparação, a temperatura era muito baixa: -15 graus Celsius; e o frio aumentou ainda mais durante a produção.

– De acordo com a desenhista de produção, Jennifer Spence, as estátuas representando os Sete Pecados Mortais que residem na Rocha da Eternidade foram esculpidas à mão por artesãos usando como referências de texturas casca de árvore ou pele de elefante para dar a cada Pecado uma aparência única. Spence diz que, para ela, “Eles eram lindos – de uma maneira feia e assustadora!”.

– Para criar as misteriosas luzes vermelhas que emanam dos olhos das estátuas dos Sete Pecados Mortais, o diretor de fotografia, Maxime Alexandre, e sua equipe realizaram inúmeros testes de luz, enfim optando por remover um pequeno pedaço de um medidor de luz e inserir em cada um dos soquetes.

– A produção do filme utilizou vários ônibus diferentes para filmar a cena em que Shazam salva um ônibus da cidade cheio de passageiros caindo de uma ponte. Isso incluiu um veículo que ficou pendurado na borda da ponte e outro que foi cortado ao meio.

5 curiosidades sobre São Francisco que você precisa saber

Golden Gate Bridge

Golden Gate Bridge. (Foto: San Francisco Travel)

A ponte ligando San Francisco ao condado de Marin era considerada impossível de ser construída por conta da forte correnteza e ventos no estreito de Golden Gate. A construção foi iniciada em 1933 e finalizada em 1937. O projeto foi assinado pelo engenheiro Joseph B. Strauss, que não tinha nenhuma experiência com pontes suspensas no currículo, e criou a ponte mais icônica do mundo. 

A ponte tem seis pistas e 2,7km de comprimento e pesa, atualmente, 887.700 toneladas. Perdeu um total de 12.000 toneladas quando o pavimento foi trocado nos anos 1980.  A Golden Gate não é vermelha, apesar de muitos acreditarem que sim. Ela é pintada em International Orange que, na verdade, era a cor do primer para a tinta que viria depois. O tom chama a atenção de navios que passam pela região e se destaca em dias de nevoeiro. 

A famosa ponte foi considerada a mais longa ponte suspensa do mundo até 1964. Atualmente ocupa o nono lugar no ranking.

Biscoitos da sorte

Os biscoitos da sorte foram inventados em San Francisco, não na China. Acredita-se que a primeira vez em que os hoje populares biscoitinhos apareceram tenha sido no final dos anos 1890, início dos anos 1900. Eles foram servidos por Makoto Hagiwara, do Japanese Tea Garden, localizado no Golden Gate Park. Uma das fábricas mais tradicionais dos biscoitos da sorte, a Golden Gate Fortune Cookies Factory é aberta a visitação.   

Bondes

San Francisco stock

A linha F (Market-Wharves) de bondes tem veículos preservados de outras épocas. Os carros são uma mistura de modelos antigos da frota da cidade e de cidades ao redor do mundo. Operado pelo Muni e com apoio da Market Street Railway, uma organização não governamental de fãs de bondes, a linha é considerada uma tradição da cidade. 

A primeira calça jeans

Há mais de 150 anos, a Levi Strauss & Co. criou e patenteou o primeiro par de jeans do mundo – Levi’s®501® – em São Francisco, e seus produtos se tornaram a peça de vestuário mais vendida no mundo. A loja Levi’s®, localizada na 815 Market Street oferece itens icônicos, peças vintage e ofertas exclusivas de produtosQuem tiver interesse em ter um par de Levi’s® personalizadapode passar no taylor shop para criar sua calça exclusiva, um dos únicos dois lugares no mundo onde o lote No.1 de jeans está disponível.

Leões Marinhos no Pier 39

Leões Marinhos. (Foto: San Francisco Travel )

Nem sempre os preguiçosos leões marinhos estiveram esparramados ao sol no Pier 39. De acordo com o The Sea Lion Center of San Francisco, os animais chegaram lá em 1989. A população aumentou depois do terremoto de Loma Prieta, no mesmo ano, quando os barcos foram levados para outros píeres na cidade. Desde então o Píer 39 é a casa dos cerca de mil leões marinhos que ficam pegando um sol nas docas – o número varia de acordo com padrões migratórios. É possível dar uma olhadinha neles ao vivo através da webcam do Pier 39.

Capitã Marvel – Curiosidades

(Foto: Divulgação)

• Anna Boden, que dirige “Capitã Marvel” e seu parceiro de longa data, Ryan Fleck, é a primeira diretora feminina do Universo Cinematográfico Marvel.

• “Capitã Marvel” é o primeiro filme do Universo Cinematográfico Marvel ambientado nos anos 90 e antecede todos os outros filmes da Marvel Studios, exceto o primeiro “Capitão América”.

• “Capitã Marvel” é baseado na série de histórias em quadrinhos da Marvel de mesmo nome, publicada pela primeira vez em 1967. Os cineastas foram atraídos por uma série de histórias em quadrinhos criadas por Kelly Sue DeConnick, cuja interpretação sobre o personagem seria a inspiração geral para o filme.

• Para a produção de “Capitã Marvel” em Los Angeles, vários locais foram utilizados, como a Eastwood Power Station e Shaver Lake em Fresno, bem como os desertos no Vale de Lucerna e Edwards Air Force Base.

• O mundo que o designer de produção Andy Nicholson trouxe à vida nos arredores de Los Angeles foi “Torfa”. Nicholson e sua equipe foram a mina e pedreira de areia existente em Simi Valley e, com a ajuda de milhares de quilos de areia, transformaram-na em um cenário visualmente dinâmico.

• Para uma das cenas de Los Angeles, os cineastas pegaram um antigo espaço comercial em North Hollywood e construíram uma nova fachada, incluindo um Radio Shack, uma Blockbuster e uma lavanderia a seco. A localização parecia tão autêntica que as pessoas realmente queriam entrar no local, sem perceber que era realmente um set de filmagem!

• Brie Larson, que interpreta Carol Danvers/Capitã Marvel e Lashana Lynch, que interpreta a colega piloto de testes Maria Rambeau, visitaram a Base Aérea de Nellis em Las Vegas para um treinamento e experiências únicas em um jato de combate F-16.

• Brie Larson também conseguiu reunir-se e passar um tempo com a brigadeiro-general Jeannie Marie Leavitt, que se tornou a primeira piloto de caça feminina da Força Aérea dos Estados Unidos em 1993 e foi a primeira mulher a comandar uma ala de combate de combate da USAF.

• A equipe do figurinista Sanja Hays fez oito uniformes de Capitã Marvel para Brie Larson. Para os trajes de super-heroína, o tecido principal é couro com um acabamento azul perolado especial que tem um brilho quando a luz o atinge.

• Os cineastas fizeram testes com vários gatos diferentes para fazer o papel de um personagem felino chamado Goose e acabaram com um gato chamado Reggie. Reggie veio com uma equipe de três outros gatos – Archie, Gonzo e Rizzo – que se especializaram em diferentes truques.

• Para a surpresa de todos, Samuel L. Jackson foi ótimo com os gatos. Ninguém sabia que ele era um amante de gatos!

• Brie Larson levou muito a sério o treinamento para o papel de Capitã Marvel. Durante cinco dias por semana, ela fez de duas a quatro horas de treinamento, combinando boxe, kick-boxing, judô, luta livre e Jiu-Jitsu. A atriz também trabalhou para levantar mais de 100 quilos em halteres, 200 quilos em barras de pesos e até mesmo puxando um jipe ​​na estrada – uma tremenda conquista para uma atriz que nunca tinha feito muito treinos de força!

• Para criar o jovem Nick Fury e o agente Coulson, os cineastas convidaram o supervisor de efeitos visuais Chris Townsend e os artistas do estúdio Lola para transformar os atores de volta às versões dos anos 90 de seus personagens. Foi providencial que tanto Samuel L. Jackson quanto Clark Gregg estejam ótimos para suas respectivas idades reais!

Marco zero nos anos 90

A última década do século passado é o ponto de partida de Capitã Marvel, que mostra como chegamos aos acontecimentos que resultaram nos filmes mais recentes dos Vingadores: Guerra Infinita e Ultimato. Apesar de ter acontecido há tão pouco tempo, os anos 1990 parecem ter se passado há eras atrás, devido às enormes mudanças que aconteceram com a tecnologia.

Cinema

O cinema comercial começa esta década trazendo o cinema de arte para o grande público, quando nomes como Woody Allen, Martin Scorsese e Pedro Almodóvar começam a fazer sucesso em grande escala, abrindo espaço para novatos como Quentin Tarantino, Robert Rodriguez e os irmãos Coen. Os super-heróis da Marvel começam a ganhar espaço na telona, com personagens como Blade, Demolidor e Elektra. O então pequeno estúdio de animação Pixar começa a fazer longas em computação gráfica, revolucionando os desenhos animados – com uma pequena ajuda de Steve Jobs, que havia sido demitido da Apple e começou a ajudar a nova iniciativa. A década termina com George Lucas anunciando algo que os fãs de Star Wars sempre sonharam: uma nova trilogia do universo Jedi. O grande sucesso do fim da década é a adaptação que o diretor dos filmes Exterminador do Futuro – James Cameron -, faz para o naufrágio do navio Titanic. No Brasil, o cinema nacional começa a se reerguer, principalmente a partir de Carlota Joaquina, dirigido por Carla Camurati. A década termina com um filme brasileiro, Central do Brasil, de Walter Salles, disputando o Oscar de melhor filme estrangeiro – e fazendo a eterna Fernanda Montenegro concorrer ao prêmio de melhor atriz.

Música

A década começa com o Nirvana destronando artistas estabelecidos como Guns N’ Roses, Michael Jackson e Madonna, mudando as regras do jogo com um som sujo, pesado e barulhento (ainda que melódico e de fácil assimilação) e trazendo a atitude anticomercial do punk para os holofotes do mainstream – criando assim um subgênero do rock chamado a princípio de rock alternativo. A música eletrônica de grupos como Massive Attack, Portishead, Prodigy e Chemical Brothers começa a ganhar o mundo, fazendo guitarras e violões ficarem em segundo plano. O rap também cresce como força comercial, principalmente a partir do gangsta rap, que cria um cenário em que as costas leste e oeste dos EUA começam a atritar entre si. No Brasil, as rádios são dominadas pelo trio axé music, sertanejo e pagode, que ajudam a alavancar as vendas de um novo jeito de se ouvir música – o compact disc. Embora o CD tenha sido lançado na década de 80, foi a partir dos anos 90 que ele encontrou o grande público e se tornou a principal mídia sonora do mercado, o que fez o Brasil, diferentemente de outros países, encerrar a fabricação de discos de vinil. A descentralização da produção musical também foi outra característica da década por aqui, quando grupos do Recife (Chico Science & Nação Zumbi e Mundo Livre S/A), Belo Horizonte (Pato Fu e Skank), Brasília (Raimundos, Little Quail e Maskavo Roots) e Porto Alegre (Graforreia Xilarmônica e Wander Wildner) começaram a ganhar um espaço que antes pertencia apenas a bandas do Rio de Janeiro e de São Paulo.

Televisão

A principal mudança que aconteceu na televisão durante esta década foi a revitalização dos seriados. Até os anos 80, os seriados eram redundantes e não contavam uma história contínua, apenas circulavam ao redor de um roteiro básico repetido de diversas formas com os mesmos personagens de sempre. A partir da ida do cineasta David Lynch para a televisão isso começou a mudar. Lynch começou a década com o sucesso Twin Peaks, que durou apenas duas temporadas, mas mudou completamente a forma de se fazer TV. A partir de Twin Peaks, seriados como Arquivo X e Buffy – A Caça-Vampiros foram ainda mais além e transformaram a estrutura da TV usando um novo parâmetro que seria abraçado pela emissora HBO a partir da década seguinte, com seriados como Sopranos e The Wire. Estes, por sua vez, instigaram a criação de clássicos modernos como Lost, Breaking Bad e Mad Men – todos de uma certa forma herdeiros das transgressões de Twin Peaks no início da década anterior.

Tecnologia e internet

A internet foi inventada nos anos 60, mas só nos anos 90 deixou de ser exclusiva para um pequeno grupo de nerds e viciados em tecnologia. Foi com a criação primeiro da linguagem world wide web e depois com a popularização dos programas de navegação que as pessoas começaram a visitar a rede, num tempo em que não havia YouTube, Google nem Facebook e o mais próximo que se tinha de uma rede social era o email. Fora da web havia poucas formas de comunicação populares, como o mensageiro instantâneo ICQ e chats de portais de notícia. Celulares e câmeras digitais eram enormes e caros, só quem era muito rico tinha acesso – principalmente no Brasil. O computador pessoal, que já era uma realidade para norte-americanos e europeus, começa a se popularizar na Ásia e na América Latina – e o Brasil veio nesta corrente. Foi nesta década em que o MP3 foi lançado, quase que simultaneamente com o player de música digital mais popular naquele período, o WinAmp. A década terminou com a popularização de um programa de troca de arquivos online chamado Napster, que começaria uma nova era da música gravada ao permitir que qualquer pessoa visitasse – e baixasse – a discoteca de qualquer outra pessoa.

10 curiosidades sobre a nova temporada de Homem-Aranha, da Marvel

No sábado 5, de janeiro às 9h, o canal Disney XD estreou a nova temporada de Homem-Aranha, da Marvel – a série  que remonta às origens do lendário superherói. Na contagem regressiva dos novos episódios, compartilhamos algumas curiosidades sobre o que está por vir para Peter Parker (Homem-Aranha) e os demais personagens da série.

Nova temporada de “Homem-Aranha” já está sendo exibida no Disney XD. (Foto: Divulgação)

1.      Vilões icônicos

A nova temporada de Homem-Aranha, da Marvel conta com a preseça de uma lista incrívei de vilões clássicos. Entre eles estão Adrian Toomes (Abutre), Mystério, O Camaleão, Electro e Jack O’ Lantern (Halloween).

2.      Honrar o legado

Os episódios da nova temporada estão inspirados no trabalho de Dan Slott, reconhecido autor dos quadrinhos da Marvel e responsável por títulos como The Amazing Spider-Man The Superior Spider-Man. Suas histórias foram retomadas pela equipe responsável pelos roteiros da série.

3.      Mais humor

O característico senso de humor de Peter também está presente na nova temporada. A equipe criativa da série gosta muito das piadas e ocorrências do personagem e não hesitou em incorporá-las novamente nos episódios.

4.      Jornalismo moderno

O icônico jornal Clarim Diário, onde Peter Parker trabalha como jornalista, terá protagonismo nos novos episódios da série. Em pleno século XXI, no entanto, será uma plataforma digital em vez impressa.

5.      In memoriam

O episódio da nova temporada intitulado “O retorno de Venom” está dedicado a memória de legendário cartunista da Marvel Steve Ditko, co-criador junto a Stan Lee de Homem-Aranha e Doutor Estranho. Ditko faleceu em julho deste ano aos 90 anos, deixando um grande legado no universo dos quadrinhos.

6.      Não incomode: gênios aprendendo

Sob a direção de Max Modell, Peter Parker seguirá alimentando seu cérebro na escola preparatória Horizon High. A prestigiada academia para mentes brilhantes faz referência a Horizon Labs, a reconhecida companhia de tecnologia de Modell.

7.      Garotas empoderadas

Gwen e Anya, as personagens femeninas com protagonismo na série, se verão mais determinadas e poderosas que nunca na nova temporada de Homem-Aranha, da Marvel. Combinando seus estudos em Horizon High com suas aventuras como superheroínas, demostrarão que são capazes de alcançar tudo o que se propõem ao fazer o bem.

8.      I Love New York

A cidade de Nova York segue como protagonista da série. Uma vez mais, haverão cenas de pura adrenalina em alguns de seus lugares mais famosos. Uma dica? Homem-Aranha enfrentará Jack O’Lantern na ponte do Brooklyn.

9.      Tia incondicional

A querida Tia May também é parte essencial dos novos episódios de Homem-Aranha, da Marvel. Novamente, nos momentos bons ou ruins, ela estará por perto para acompanhar seu sobrino Peter e dar o apoio que necesita nesta nova etapa de estudante na Horizon High… especialmente quando uma nova ameaça põe em cheque a vida pessoal de Homem-Aranha.

10.  Sou seu fã

Por último, uma curiosidade sobre a equipe por tras da série. Tanto os executivos da Marvel como os integrantes da equipe criativa, que trabalha diariamente nos episódios confessam ser fanáticos por Homem-Aranha. Todos amam o superherói e sonham continuar criando histórias para ele nos próximos anos.

A nova temporada de Homem-Aranha, da Marvel será exibida aos sábados e domingos às 9h no Disney XD.

Cinco curiosidades sobre o Alentejo

Região mais autêntica de Portugal guarda muitas surpresas

Conhecida como a região mais autêntica de Portugal, o Alentejo surpreende os turistas. Além dos belos cenários, vinhos deliciosos e hotéis sem igual, suas cidades e vilas abrigam curiosidades que vão desde o segredo para a carne de porco perfeita ao motivo que levou o céu local a receber um prêmio. Veja abaixo:

Observacao de Estrelas - Monsaraz - Turismo do Alentejo _ Crédito Divulgação Reserva Dark Sky Alqueva.jpg
Céu de Alentejo é um dos mais belo da Europa. (Foto: Reserva Dark Sky Alqueva)

1. Bolota alentejana
Você verá muitas azinheiras pelos campos do Alentejo, árvores que podem chegar a dez metros de altura e que têm frutos ovais e marrons, conhecidos como bolotas. São as tais bolotas que alimentam o porco alentejano, servido em praticamente todas as mesas da região. O resultado é uma carne comprovadamente mais saudável que a do porco tradicional, com menos gordura, calorias e colesterol.

2. Carnes de caça
O cardápio tradicional brasileiro inclui muita carne, mas elas não são muito variadas, girando em torno de gado, frango e peixe. No Alentejo, a dieta é bem diferente, garantindo a oportunidade de o viajante provar outros tipos, como carne de javali, veado, lebre, pato ou perdiz.

3. Céu premiado
Talvez você nunca tenha visto o céu receber prêmios, mas a região do lago Alqueva foi o primeiro destino do mundo a ter a certificação Starlight Tourism Destination da UNESCO, que atesta a sua qualidade para observação de estrelas. Esqueça a poluição luminosa e aproveite a oportunidade de viajar pelo universo sem nem precisar de um telescópio. E ainda dá para fazer isso enquanto passeia de barco, a cavalo ou em um piquenique à luz do luar.

4. Alqueva
O Alqueva é uma atração importante do Alentejo, com 250 quilômetros quadrados e muitos pontos de interesse, como os castelos de Juromenha, Alandroal, Terena, Monsaraz e Portel na margem direita e Mourão e Moura na margem esquerda. A curiosidade é que o grande lago é artificial e foi construído sobre o rio Guadiana, tendo alterado significativamente a paisagem local.

5. Pêra-Manca
O Alentejo é famoso por seus vinhos, que estão entre os melhores do mundo. Mas o Pêra-Manca é absolutamente icônico, tendo recebido diversos prêmios ao longo dos anos. A edição de 2011 é considerada a melhor safra portuguesa do século, contando até mesmo com um selo de segurança desenvolvido pela Casa da Moeda de Portugal.

‘O Doutrinador’ ganha novos cartazes criados por renomados quadrinistas brasileiros

FILME SOBRE O ANTI-HERÓI QUE CAÇA CORRUPTOS CHEGA AOS CINEMAS EM 20 DE SETEMBRO

Talentosos artistas do quadrinho nacional, reconhecidos no Brasil e internacionalmente, felizes com a visibilidade e a oportunidade de crescimento que a área encontra no novo longa produzido pela Paris Entretenimento, celebram a chegada de “O Doutrinador” aos cinemas e à TV com a criação de cartazes alternativos. A inspiração veio do pôster oficial, que destaca o vigilante brasileiro com sua máscara de olhos vermelhos e a frase “a corrupção criou seu maior inimigo”. O filme estreia em 20 de setembro nos cinemas, enquanto a série de TV será exibida pelo canal Space em 2019.

O artista pernambucano Thony Silas, que já ilustrou HQs da Marvel e DC Comics como “Batman Beyond”, “Liga da Justiça” e “Venom”, fez uma versão em que o anti-herói das HQs criado por Luciano Cunha pode ser visto como uma espécie de “caça-vampiros”, combatendo aqueles que sugam o país. Já o mineiro Ig Guará Barros, que entre vários trabalhos já desenhou para as HQs da DC Comics “Batman” e “Smallville”, acrescentou um detalhe junto à emblemática máscara do vigilante: sangue escorrendo do Congresso Nacional. Por sua vez, Marcelo Costa – paranaense radicado em São Paulo que já realizou um projeto especial para o Capitão Feio, personagem da Maurício de Souza Produções, e desenhou para a série cult “Zombie Tramp”, de Dan Mendoza – colocou o Doutrinador no meio da multidão.

A ação entre os artistas foi capitaneada pelo estúdio Chiaroscuro, que administra a carreira de vários dos principais talentos da indústria de quadrinhos e convidou os três para fazer essa homenagem a “O Doutrinador”. A arte do cartaz oficial do filme é de autoria do estúdio Ana França Design, que já criou mais de 100 pôsters para o cinema brasileiro.

O artista pernambucano Thony Silas, que já ilustrou HQs da Marvel e DC Comics como “Batman Beyond”, “Liga da Justiça” e “Venom”, fez uma versão em que o anti-herói das HQs criado por Luciano Cunha pode ser visto como uma espécie de “caça-vampiros”, combatendo aqueles que sugam o país. Já o mineiro Ig Guará Barros, que entre vários trabalhos já desenhou para as HQs da DC Comics “Batman” e “Smallville”, acrescentou um detalhe junto à emblemática máscara do vigilante: sangue escorrendo do Congresso Nacional. Por sua vez, Marcelo Costa – paranaense radicado em São Paulo que já realizou um projeto especial para o Capitão Feio, personagem da Maurício de Souza Produções, e desenhou para a série cult “Zombie Tramp”, de Dan Mendoza – colocou o Doutrinador no meio da multidão.

A ação entre os artistas foi capitaneada pelo estúdio Chiaroscuro, que administra a carreira de vários dos principais talentos da indústria de quadrinhos e convidou os  três para fazer essa homenagem a “O Doutrinador”. A arte do cartaz oficial do filme é de autoria do estúdio Ana França Design, que já criou mais de 100 pôsters para o cinema brasileiro.

“O Doutrinador” – Sinopse

“O Doutrinador” é um anti-herói no melhor estilo dos vigilantes dos quadrinhos. O Doutrinador é Miguel, um agente federal altamente treinado que vive num Brasil cujo governo foi sequestrado por uma quadrilha de políticos e empresários. Uma tragédia pessoal o leva a eleger a corrupção endêmica brasileira como sua maior inimiga. E ele começa a se vingar da elite política brasileira em pleno período de eleições presidenciais, numa cruzada sem volta contra a corrupção.

Ficha Técnica
Direção: Gustavo Bonafé
Roteiro: Mirna Nogueira, LG Bayão, Rodrigo Lages, Denis Nielsen, Guilherme Siman, Gabriel Wainer e Luciano Cunha
Produção: Marcio Fraccaroli, Sandi Adamiu, Bruno Wainer
Produção Executiva: Renata Rezende
Direção de Fotografia: Rodrigo Carvalho
Produtora de elenco: Renata Kalman
Diretor de Arte: Marghe Pennacchi
Figurinista: Flavia Lhacer
Montador: Federico Brioni e Sabrina Wilkins

Elenco
Kiko Pissolato (Miguel)
Samuel de Assis (Edu)
Tainá Medina (Nina)
Marília Gabriela (Ministra Marta Regina)
Eduardo Moscovis (Sandro Correa)
Helena Ranaldi (Julia Machado)
Natália Lage (Isabela)
Natallia Rodrigues (Penélope)
Tuca Andrada (Delegado Siqueira)
Gustavo Vaz (Anterinho)
Carlos Betão (Antero Gomes)
Nicolas Trevijano (Diogo)
Eduardo Chagas (Oliveira)

10 fatos curiosos sobre Hot Wheels

A famosa marca de carrinhos acaba de completar 50 anos. Descubra 10 fatos históricos de Hot Wheels, uma das maiores “fabricantes automobilísticas” do mundo!

ViewImage (3).jpg
HotWheels comemora 50 anos. (Foto: Divulgação)

1 – Os primeiros carros da história de Hot Wheels que foram vendidos são os da coleção “SWEET 16”. Os carrinhos fizeram sua estreia na Feira Internacional de Brinquedos em 1968.

2 – Hot Wheels já desenvolveu mais de 20.000 modelos de veículos, tornando-se uma das maiores “fabricantes automobilísticas” do mundo.

3 – O “Rear-Loader Beach Bomb” de 1969 é o considerado o “Santo Graal dos Carros Hot Wheels”, avaliado em aproximadamente US$ 150.000,00. Até onde se sabe, existem apenas 40 modelos desse no mundo, uma raridade.

4 – Uma das primeiras parcerias de Hot Wheels foi com a gigante automotiva General Motors e marca, Chevrolet®. Juntos, Hot Wheels e Chevrolet® lançaram o primeiro Corvette® die-cast – o único carro lançado anualmente por Hot Wheels desde sua origem.

5 – Hot Wheels, junto com o famoso joalheiro Jason of Beverly Hills, criou um modelo die-cast incrustado de joias para celebrar o quarto bilionésimo carro vendido pela marca. O carro demorou mais de 600 horas para ficar pronto e atualmente está no cofre de Hot Wheels, por questões de segurança.

6 – Em 2013 é colocado à venda o primeiro carro em escala real de Hot Wheels,  o Chevrolet Camaro* SS Hot Wheels Special Edition 2013.

7 – Hot Wheels tem uma garagem com 20 carros de verdade que representam a história da marca. Ela fica em El Segundo, na Califórnia, e ficou famosa por ter alguns dos melhores carros customizados do mundo. A frota possui versões em tamanho real de carros die-cast de Hot Wheels.

8 – O piloto brasileiro de F1, Felipe Massa, fechou uma parceria com Hot Wheels e lançou, em 2012, um modelo de carrinho exclusivo com sua assinatura, o Hot Wheels Eagle Massa.

9 – Hot Wheels escolheu a cor laranja para as pistas porque as crianças eram atraídas por cores chamativas. A cor permanece a mesma pelos últimos 50 anos.

10 – Mais de 6 bilhões de Hot Wheels foram fabricados desde 1968.

CONFIRA NÚMEROS E CURIOSIDADES DE JOGADOR N°1

Dirigido por Spielberg, longa está em cartaz nos cinemas brasileiros

A Warner Bros. Pictures divulga números e curiosidades sobre o longa Jogador Nº1, dirigido por Steven Spielberg e estrelado por Tye Sheridan, Olivia Cooke, Mark Rylance e Ben Mendelsohn. O filme segue em cartaz nos cinemas brasileiros. Confira abaixo:

jogador-numero-1
“Jogador Nº1” está em cartaz nos cinemas. (Foto: Divulgação)

1º       … longa-metragem ambientado em um universo virtual do diretor que mudou o jogo e cujos filmes revolucionários transformaram as bilheterias, reformularam a cultura, conquistaram Oscars e inspiraram gerações de criadores… incluindo o autor e co-roteirista de Jogador Nº1, Ernest Cline.

1º       … livro de Ernest Cline, cuja história prevê um futuro imerso na cultura pop dos anos 80. Publicado em 2011, Jogador Nº1tornou-se um fenômeno mundial, impresso em 58 países e traduzido para 37 idiomas. Para Cline, ver sua visão ganhar vida através dos olhos do icônico cineasta que ajudou a moldá-la é, “mais do que um sonho tornado realidade – não é nem mesmo um sonho que eu ousaria ter sonhado”.

2        … produções foram feitas: uma filmada no estúdio da Warner Bros. em Leavesden, Inglaterra, que ampliou as fronteiras das tecnologias de produção de filmes digitais; a outra é um filme em live action tradicional filmado em sets e locações reais em todo o Reino Unido – perfeitamente costurado por Spielberg e sua equipe para levar o público em um passeio selvagem para o futuro de Jogador Nº1.

2        … versões do mesmo personagem foram feitas pelo jovem elenco – uma de carne e osso e outra digital – que se unem nos dois mundos para se tornar o grupo de heróis improváveis conhecidos como Os Cinco do Topo:

·         Tye Sheridan como Wade Watts, um tímido solitário cujo avatar, Parzival, é tudo o que ele deseja ser;

·         Olivia Cooke como Samantha (também conhecida como Art3mis no jogo), uma lenda do OASIS que é tão destemida como sua versão digital;

·         Lena Waithe como a melhor amiga de Parzival, Aech, meio-homem, meio-máquina e durona tanto na vida real quanto no OASIS – apenas de um gênero diferente – como Helen;

·         Win Morisaki como o tímido Toshiro (também conhecido como Daito), um poderoso e altamente letal guerreiro samurai no OASIS;

·         Philip Zhao como Sho, um mestre das artes marciais chinês que na vida real é um sarcástico garoto de 11 anos chamado Zhou.

3º       … filme mais difícil que Spielberg já fez, de acordo com ele mesmo, depois dos sucessos lendários ‘Tubarão’ e ‘O Resgate do Soldado Ryan’ – todos difíceis pelo mesmo motivo: o desafio de criar uma experiência cinematográfica que pareça palpavelmente real para o público – colocando-os no barco de pesca Orca nas praias de Amity Island, na linha de fogo de Omaha Beach, e atravessando uma maravilha digital que confunde a linha entre o real e a vida digital.

6        … torres nas Pilhas de Columbus foram construídas a partir de 60 trailers transportados para Leavesden, depois empilhados camada por camada em uma espinha dorsal de vigas de aço pesadas em uma colaboração entre o departamento de arte de Stockhausen, liderado pelo diretor sênior de arte Stuart Rose, e as equipes de efeitos especiais e acrobacias. Uma vez que Spielberg e seu elenco e equipe finalizaram as sequências nas Pilhas no enorme set – tão grande que podia ser visto da autoestrada M25 – os artistas da Digital Domain aumentaram e expandiram em 10 vezes a paisagem urbana decadente vista no filme.

9        … veículos icônicos entre os muitos que se acidentam na Nova York hiper-estilizada durante o trailer do filme – o DeLorean de Parzival; a moto de Kaneda, do anime ‘Akira’, pilotada pela Art3mis; e Aech ao volante do caminhão-monstro Bigfoot em uma corrida virtual com lendas como o Interceptor de ‘Mad Max’, o Mach 5 de ‘Speed Racer’, o Plymouth Fury 1959 do filme ‘Christine – O Carro Assassino’, a van de ‘Esquadrão Classe A’, o carro de F1 de ‘Pole Position’ e o Batmóvel de 1966.

13      … semanas foram necessárias para completar a fotografia principal no Jogador Nº1, com o elenco e a equipe capturando as cenas do OASIS em Leavesden antes de filmar a parte de live action em Birmingham, Londres e Sun Park, Surrey.

14      … meses após a gravação de Jogador Nº1, Tye Sheridan finalmente conseguiu ver Parzival renderizado enquanto estava no palco com seu companheiro de elenco Simon Pegg, dando aos fãs brasileiros uma prévia do filme na Comic Con Experience em São Paulo.

19      … anos depois de fazer sua inesquecível estreia no clássico de animação homônimo de Brad Bird, o Gigante de Ferro retorna à tela grande para unir-se aos Cinco do Topo na épica batalha final de Jogador Nº1.

80%    … das referências da cultura pop no roteiro foram liberadas para aparecer em Jogador Nº1, abrindo caminho para uma colisão épica de ícones como King Kong, Coringa, Mobile Suit Gundam, Gandalf, Chucky, Freddy Krueger, Lara Croft, Duke Nukem, o Master Chief de ‘Halo’, as avestruzes de ‘Joust’, Dizzy Wallin de ‘Gears of War’, Chun-Li, Blanka, Sagot e Ryu de ‘Street Fighter’, e muitos, muitos mais – um feito incrível realizado pelo supervisor de projetos especiais do filme, Deidre Backs.

CONFIRA NÚMEROS E CURIOSIDADES DO SUCESSO MULHER-MARAVILHA

Estrelado por Gal Gadot e com direção de Patty Jenkins, primeiro filme solo da super-heroína da DC nos cinemas é sucesso nas bilheterias mundiais

Embalada pelo enorme sucesso nas bilheterias mundiais, a Warner Bros. Pictures divulga números e curiosidades sobre o longa Mulher-Maravilha, dirigido por Patty Jenkins e estrelado por Gal Gadot, e que está em cartaz nos cinemas brasileiros. Confira abaixo:

mulher-maravilha-filme_1
Veja algumas curiosidades da produção de “Mulher-Maravilha”. (Foto: Divulgação)

1º   filme protagonizado pela Mulher-Maravilha na lendária história de 75 anos da super-heroína, e a primeira aventura cinematográfica estrelada por uma mulher nesta era moderna dos super-heróis.

2º filme em que Gal Gadot estrela como Diana, a Mulher-Maravilha, cuja estreia em “Batman vs Superman: A Origem da Justiça” preparou o terreno para que a épica história de suas origens fosse finalmente levada para a telona na superprodução Mulher-Maravilha.

5 finalistas chegaram à reta final para o papel de Mulher-Maravilha/Diana entre centenas de atrizes que fizeram testes para “Batman vs Superman: A Origem da Justiça”, mas apenas uma representou o poder inato e o espírito compassivo da heroína: Gal Gadot.

5 jogos de armadura da Mulher-Maravilha foram confeccionados para o filme com um material que parece antigo e rígido, mas é moderno e flexível o suficiente para permitir acrobacias, além de ter juntas de expansão na região do peitoral para auxiliar nos movimentos.

6 meses de intensivo treinamento de campo foram necessários para que o especialista Mark Twight transformasse mais de 30 atrizes em autênticas Amazonas guerreiras.

9 meses de treinamento de Gal Gadot com Ruda Vrba, a treinadora física do elenco, e Damon Caro, o coordenador de dublês da produção, para que a atriz estivesse perfeita e em forma para interpretar o poder natural, a coragem e a graça da Mulher-Maravilha.

38 locações em dois países – Reino Unido e Itália – para as quais a diretora de Mulher-Maravilha, Patty Jenkins, “arrastou” o elenco e a equipe de produção para registrar a ação e o drama do filme em cenários autênticos na Costa Amalfitana, em Happy Village, na comuna de Matera e no Castel del Monte, na Itália; e em Victoria House, Australia House, Sicilian Avenue, no Museu Britânico e no Tilbury Fort, no Reino Unido.

75º aniversário da heroína mais popular e mais conhecida em todo o mundo, o mais duradouro símbolo de igualdade, poder e honestidade, é celebrado agora com o primeiro filme-solo da Mulher-Maravilha.

1918 foi o ano em que começou a épica aventura central de Mulher-Maravilha, quando Diana e Steve Trevor unem forças para prevenir uma guerra sem fim em que milhões de pessoas vão morrer.

1970s década em que a série de televisão “Mulher-Maravilha” e o desenho animado dos “SuperAmigos” encantaram uma criança chamada Patty Jenkins e lhe deram a inspiração para o sonho de dirigir o primeiro blockbuster internacional protagonizado pela heroína.

2004 foi o ano em que Gal Gadot representou seu país natal, Israel, no concurso Miss Universo. Ela também serviu por dois anos nas Forças de Defesa de Israel.