Arquivo da tag: CyberPunk2077

Minecraft com RTX é lançado e Cyberpunk 2077 chega com Ray Tracing só nas placas GeForce

(foto: divulgação)

O fim do ano se aproxima trazendo presentões para os gamers equipados com uma placa GeForce. A NVIDIA anuncia hoje quatro novos jogos que receberam um aumento significativo de performance graças ao suporte ao DLSS. Além disso, Minecraft com RTX sai hoje da versão beta e Cyberpunk 2077 chega ainda esta semana com Ray Tracing apenas nas placas GeForce RTX.

Novos jogos com DLSS em dezembro

Movido a RTX Tensor Cores, DLSS é uma nova rede neural de deep learning que aumenta a taxa de atualização de quadros ao mesmo tempo em que gera imagens mais nítidas nos games.

Neste mês CRSED: F.O.AD. (antes chamado de Cuisine Royale) – Moonlight BladeMount & Blade II: Bannerlord, e Scavengers(disponível a partir de hoje em fase de testes) chegam já com suporte ao DLSS, elevando para 30 a relação de títulos com suporte à tecnologia.

Veja como ativar o DLSS aumenta a performance de cada título:

  • CRSED: F.O.A.D.: aumento de performance de até 40%, e qualquer GPU GeForce RTX roda o jogo em 4K e mais de 90 FPS;
  • Moonlight Blade: mais que o dobro da taxa de atualização de quadros, e qualquer GPU GeForce RTX roda o jogo em 4K e mais de 60 FPS;
  • Mount & Blade II: Bannerlord: aumento de performance de 50%, e qualquer GPU GeForce RTX roda o jogo em 4K e mais de 60 FPS;
  • Scavengers: aumento de performance de até 40%, e qualquer GPU GeForce RTX da Série 30 roda o jogo em 4K e mais de 60FPS.

Minecraft agora é oficialmente #RTXON

Hoje o Minecraft com RTX para Windows 10 passa da versão beta para o lançamento oficial.

Minecraft com RTX oferece suporte ao DLSS, assim como Ray Tracing em toda a iluminação. Jogadores de Minecraft com RTX terão acesso a um pacote especial de textura “Physically Based Rendering” em mundos compatíveis, que interage com os efeitos de Ray Tracing para aprimorar ainda mais a experiência. Ligar o DLSS pode mais que dobrar sua taxa de quadros!

Para celebrar o lançamento do Minecraft com RTX, a NVIDIA está lançando dois novos mundos, totalizando o número de mundos RTX oficiais de Minecraft para 15. O mundo Colosseum já está disponível e Dungeon Dash chegará em breve.

Mais detalhes estão disponíveis neste artigo da GeForce.com.

Benchmark integrado em Minecraft com RTX

Além disso, o mundo Portal Pioneers RTX, disponível no Minecraft Marketplace, também oferece um benchmark integrado dentro do jogo. O benchmark é simples de ligar e tem aproximadamente 60 segundos de duração. Você pode usar sua ferramenta de visualização de quadros favorita e capturar dados de desempenho durante o passeio de minecart.

Night City de CYberpunk 2077 ganha vida com DLSS e Ray Tracing

Cyberpunk 2077 também está chegando repleto de tecnologias da NVIDIA, incluindo sombras com Ray Tracing, reflexos, iluminação difusa, iluminação global e oclusão de ambiente, assim como o DLSS.

O Ray Tracing permite gráficos de última geração que tornam o Cyberpunk 2077 muito mais cinematográfico e envolvente. Sombras da luz do sol, iluminação global, iluminação do céu, superfícies emissivas e reflexos parecem incrivelmente realistas.

Com sombras e iluminação realistas e o desempenho adicional de DLSS, nenhuma outra plataforma se compara à experiência de Cyberpunk 2077 em um PC com uma placa GeForce RTX.

Links relacionados

Artigo da GeForce.com sobre os 4 novos jogos de dezembro com DLSS:
https://www.nvidia.com/en-us/geforce/news/december-2020-rtx-dlss-game-update

Artigo sobre o lançamento de Minecraft com RTX na GeForce.com:
https://www.nvidia.com/en-us/geforce/news/minecraft-rtx-dlss-official-release

Vídeo RTX de Moonlight Blade:
https://www.youtube.com/watch?v=XAh7x5luPTc

Vídeo de DLSS de Scavengers:
https://youtu.be/5NK5SnOiZcc

Trailer oficial de lançamento de Minecraft com RTX:
https://www.youtube.com/watch?v=D1U1S5GzvJ8

Lançamentos de dezembro: Cyberpunk 2077, Immortals Fenyx Rising e mais

Cyberpunk 2077 finalmente está chegando, marcando o fim de uma espera de quase sete anos por um dos títulos mais aguardados da história dos videogames. E o blockbuster da CD Projekt Red tem a sua versão definitiva no PC com uma placa GeForce, única plataforma a contar com Ray Tracing já no lançamento.

O mês também traz a exploração em um mundo aberto baseado na mitologia grega de Immortals Fenyx Rising, batalhas em turnos da máfia dos anos de proibição de Empire of Sin e a ação “soulslike” de Chronos: Before The Ashes.

Confira a lista de lançamentos do mês para PC e as configurações recomendadas para rodá-los segundo Alexandre Ziebert, gerente de marketing técnico da NVIDIA na América Latina. Vale lembrar que as configurações sugeridas pela NVIDIA podem diferir daquelas anunciadas pelos distribuidores por citarmos os hardwares mais atuais disponíveis no mercado.

Chronos: Before The Ashes – 1º de dezembro

(foto: divulgação)

Configuração recomendada pela NVIDIA: Placa de Vídeo NVIDIA GeForce GTX 1650 Super, Processador AMD FX-8320 (3,5 GHz) ou Intel i5-4690K (3,5 GHz), 8GB de RAM e 8GB de espaço em disco.

Um game atmosférico no estilo “souls” com uma mecânica única de envelhecimento, na qual cada morte significa um ano passado na vida do personagem. Comece a explorar um labirinto como um jovem ágil, e dependa mais da sua sabedoria e magia com o passar dos anos.

Trailer: https://www.youtube.com/watch?v=5UCKZIcehSQ

Empire of Sin – 1º de dezembro

(foto: divulgação)

Configuração recomendada pela NVIDIA: Placa de Vídeo NVIDIA GeForce GTX 1650 Super, Processador Intel Core i5-4460 ou AMD Ryzen 5 3400G, 8GB de RAM e 10GB de espaço em disco.

Jogo de estratégia que permite encarnar o Al Capone que existe em você, conforme domina o submundo da Chicago dos anos 1920 em um gameplay que combina aspectos de RPG com combate tático por turnos ao estilo de X-COM.

Trailer: https://www.youtube.com/watch?v=qNLsLa8pW-E

Immortals Fenyx Rising – 3 de dezembro

(foto: divulgação)

Configuração recomendada pela NVIDIA: Placa de Vídeo NVIDIA GeForce GTX 1650 Super, Processador Intel Core i7-6700 ou AMD Ryzen 7 1700, 8GB de RAM e 28GB de espaço em disco.

Novo game da Ubisoft no qual você encarna um Fenyx com a missão de salvar os deuses gregos da ameaça dos Titãs. O jogo traz ação com diversas armas, habilidades e um rico mundo aberto baseado na mitologia.

Trailer: https://www.youtube.com/watch?v=U4zb1yiFlQo

Cyberpunk 2077 – 10 de dezembro

(foto: divulgação)

Configuração recomendada pela NVIDIA: Placa de Vídeo NVIDIA GeForce RTX 2060, Processador Intel Core i7 4790 ou AMD Ryzen 3 3200G, 16GB de RAM e 70GB de espaço em disco.

Os jogadores finalmente vão poder explorar a Night City de Cyberpunk 2077 com Ray Tracing já no lançamento a partir de uma GeForce RTX 2060, com resolução 1080p. A placa recomendada oficialmente para uma experiência RTX ON é a RTX 3070, que roda o game com gráficos no “ultra” e resolução 1440p. Sem Ray Tracing ativado, o jogo já funciona com gráficos em “alta” e 1080p em uma GTX 1660 SUPER.

Trailer: https://www.youtube.com/watch?v=Efo-YDWnnpw

Gameplay de Cyberpunk 2077 para Xbox é revelado

A CD PROJEKT RED lançou o vídeo de gameplay rodando Cyberpunk 2077 no Xbox One X e no Xbox Series X.

No episódio especial do Night City Wire, o estúdio convida os jogadores a conferirem o gameplay do próximo título da CD PROJEKT RED, capturado no Xbox One X, bem como no Xbox Series X por meio do recurso de retrocompatibilidade do console. As cenas mostradas oferecem mais um vislumbre do futuro sombrio em que jogadores poderão mergulhar ao iniciarem sua jornada em Night City em dezembro.

Um vídeo de gameplay do PlayStation também está planejado para ser exibido, com a data a ser revelada em breve por meio dos canais oficiais do jogo.

Cyberpunk 2077 será lançado em 10 de dezembro de 2020 para PC, Xbox One, PlayStation 4 e Stadia. O título também será jogável nos consoles Xbox Series X|S e PlayStation 5. Posteriormente, uma atualização gratuita para Cyberpunk 2077, aproveitando ao máximo o hardware da próxima geração, estará disponível para os proprietários das versões Xbox One e PlayStation 4, respectivamente.

Para mais informações sobre o jogo, siga o Facebook, o Twitter e visite cyberpunk.net.

Embarque no futuro sombrio de Cyberpunk 2077 com o videoclipe do Run The Jewels

A CD PROJEKT RED convida gamers e entusiastas da música a conferir o novo videoclipe da dupla de rap Run The Jewels, inspirado em Cyberpunk 2077.

O vídeo apresenta El-P e Killer Mike, conhecidos como o Run The Jewels (RTJ), tocando a faixa No Save Point – que foi criada especialmente para Cyberpunk 2077 e poderá ser escutada no próprio jogo, bem como na trilha sonora do título. Repleto de elementos, imagens e efeitos do mundo sombrio de Cyberpunk 2077, o vídeo já está disponível no YouTube.

Cyberpunk 2077 será lançado em 10 de dezembro de 2020 para PC, Xbox One, PlayStation 4 e Stadia. O título também será jogável nos consoles Xbox Series X e PlayStation 5. Posteriormente, uma atualização gratuita para Cyberpunk 2077, aproveitando ao máximo o hardware da próxima geração, estará disponível para os proprietários das versões Xbox One e PlayStation 4, respectivamente.

Para mais informações sobre o jogo, siga o Facebook, o Twitter e visite cyberpunk.net .

Cyberpunk 2077 chega ao Stadia em 19 de novembro

‘Cyberpunk 2077’ chega em novembro. (Foto: divulgação)

A CD PROJEKT RED anuncia que a versão para o Stadia do próximo RPG de mundo aberto do estúdio, Cyberpunk 2077, será lançada em 19 de novembro de 2020. 

“Enorme em escala e escopo, Cyberpunk 2077 é nosso jogo mais ambicioso até hoje. É incrível ver quantas pessoas estão ansiosas para jogá-lo, e queremos tornar isso possível para o maior número de jogadores já no dia 19 de novembro, quando o jogo for lançado. A versão para o Stadia permitirá que os jogadores entrem em Night City segundos após o título ser desbloqueado para jogo em todo o mundo, sem a necessidade de nenhum download”, afirma Michał Nowakowski, Vice-Presidente Sênior de Desenvolvimento de Negócios da CD PROJEKT.

“A CD PROJEKT RED é conhecida por desenvolver alguns dos maiores e melhores jogos já criados, e Cyberpunk 2077 com certeza é o título mais esperado dos últimos anos. Temos o prazer de anunciar que ele estará disponível no Stadia em 19 de novembro, o que permitirá que os jogadores o aproveitem em suas telas favoritas e nunca tenham que esperar por um download ou instalação para entrar e explorar as profundezas de Night City”, comenta Shanna Preve, Diretora Geral da Stadia Partnerships.

A disponibilidade de Cyberpunk 2077 no Stadia depende da disponibilidade da plataforma em seu território.

Cyberpunk 2077 será lançado em 19 de novembro de 2020 para PC, Xbox One, PlayStation 4 e Stadia. O título também será jogável nos consoles Xbox Series X e PlayStation 5, quando disponíveis. Posteriormente, uma atualização gratuita para Cyberpunk 2077, aproveitando ao máximo o hardware da próxima geração, estará disponível para os proprietários das versões Xbox One e PlayStation 4, respectivamente.

Para mais informações sobre o jogo, siga o Facebook, o Twitter e visite cyberpunk.net.

Cyberpunk 2077 terá suporte a Ray Tracing e NVIDIA DLSS 2.0 no lançamento

(Foto: Divulgação)

Com um enredo envolvente, jogabilidade expansiva em mundo aberto e gráficos impressionantes, Cyberpunk 2077 tem tudo para ser um marco na história dos videogames. A NVIDIA revela que Cyberpunk 2077 terá suporte a sua tecnologia DLSS 2.0, que aprimora o desempenho e a qualidade gráfica, e detalha como o jogo usará o Ray Tracing.

Os jogadores encontrarão os seguintes recursos de Ray Tracing em Cyberpunk 2077 já no lançamento:

  • Oclusão ambiental por Ray Tracing – A oclusão ambiental é uma técnica de sombreamento e renderização usada para calcular a exposição de cada ponto de uma cena à iluminação ambiente. O resultado é um efeito de sombreamento difuso, que escurece as áreas fechadas e protegidas e aprimora o tom geral da imagem renderizada. Em Cyberpunk 2077, a oclusão ambiental por Ray Tracing também pode ser usada com iluminação local para aproximar os efeitos locais de sombra onde as sombras não aparecem.
     
  • Iluminação difusa por Ray Tracing – Essa técnica é usada para capturar o brilho do céu, bem como a iluminação emissiva de várias superfícies, o que é difícil de obter com as técnicas tradicionais de renderização.
     
  • Reflexos por Ray Tracing – Em Cyberpunk 2077, os reflexos por Ray Tracing são usados em todas as superfícies e podem rastrear feixes de luz por vários quilômetros. Eles estão presentes em objetos opacos e transparentes para simular a maneira como a luz reflete de superfícies brilhantes e metálicas. Isso inclui espelhos naturais lisos, como vidros de janelas, e também superfícies mais ásperas, como metal escovado. Diferentemente das técnicas de “screen space”, que podem refletir apenas o que está na tela, o Ray Tracing incorpora toda a cena ao redor do personagem e pode representar com precisão objetos fora da visão da câmera.
     
  • Sombras por Ray Tracing – Cyberpunk 2077 apresentará sombras direcionais do sol e da lua. Essas sombras buscam ser fisicamente precisas e até mesmo levar em conta a dispersão da luz nas nuvens. As sombras podem ser aprimoradas na versão final para oferecer suporte a outros tipos de fontes de luz quando necessário.

O Ray tracing e o NVIDIA DLSS 2.0 deverão estar disponíveis no lançamento em 19 de novembro de 2020.

Cyberpunk 2077 é um dos jogos mais esperados de todos os tempos”, disse Jason Paul, vice-presidente de marketing da plataforma GeForce da NVIDIA. “Combinando a incrível capacidade de contar histórias e a impressionante arte da CD PROJEKT RED, o Ray Tracing com RTX e o NVIDIA DLSS 2.0 ajudam a tornar Cyberpunk 2077 um dos jogos obrigatórios de 2020.”

CD PROJEKT RED, STUDIO TRIGGER E NETFLIX SE UNEM PARA PRODUZIR O ANIME CYBERPUNK: EDGERUNNERS

(Foto: Divulgação)

A CD PROJEKT RED, o Studio Trigger e a Netflix anunciam a nova série original de anime CYBERPUNK: EDGERUNNERS ambientada no mesmo universo do jogo, Cyberpunk 2077. A série estreia em 2022.

CYBERPUNK: EDGERUNNERS conta uma história independente de 10 episódios sobre um garoto de rua tentando sobreviver em uma cidade do futuro obcecada por tecnologia e modificações corporais. Tendo tudo a perder, ele escolhe permanecer vivo, tornando-se um edgerunner – um fora da lei mercenário, também conhecido como cyberpunk.

A CD PROJEKT RED, empresa por trás do jogo Cyberpunk 2077, está produzindo a série, com uma equipe criativa formada por talentos de The Witcher 3: Wild Hunt e Cyberpunk 2077. A equipe da CD PROJEKT RED vem trabalhando nesta nova série desde 2018.

A aclamada empresa de animação com sede no Japão, Studio Trigger, será o estúdio de animação da série e dará vida ao mundo de Cyberpunk com seu estilo vibrante e exclusivo. Hiroyuki Imaishi (Gurren Lagann, Kill la Kill, Promare) dirigirá a série, juntamente com o diretor assistente Masahiko Otsuka (Gurren Lagann, Promare) e o diretor criativo Hiromi Wakabayashi (Kill la Kill). O design dos personagens será liderado por Yoh Yoshinari (Little Witch Academia, BNA: Brand New Animal) e Yuto Kaneko (Little Witch Academia) e o roteiro será adaptado por Yoshiki Usa (SSSS.GRIDMAN, Promare) e Masahiko Otsuka (Gurren Lagann, Kill la Kill, Promare).

A trilha sonora será composta por Akira Yamaoka (série Silent Hill).

“Estamos muito contentes em finalmente revelar que estamos trabalhando em um anime no mundo Cyberpunk”, afirma Adam Badowski, Diretor de Cyberpunk 2077 e Head de Estúdio da CD PROJEKT RED. “Devoramos quase toda a ficção cyberpunk existente para assistir, ler e jogar; é um gênero que deixa muito espaço para a criatividade e teve uma influência tão forte sobre nós. CYBERPUNK: EDGERUNNERS é a nossa carta de amor ao estilo cyberpunk como um todo e às histórias contadas de forma animada.”

“Nós da TRIGGER estamos muito animados em trabalhar com a CD PROJEKT RED para criar uma nova história no mundo do tão esperado Cyberpunk 2077. É um enorme desafio adaptar esse universo em um anime, mas estamos ansiosos para enfrentá-lo”, comenta Masahiko Otsuka, CEO do Studio TRIGGER. O diretor Hiroyuki Imaishi acrescenta: “Sempre amei o gênero cyberpunk, mas sempre achei difícil criá-lo como um trabalho original. É por isso que estou muito entusiasmado por trabalhar com a CD PROJEKT RED neste projeto. Não será fácil agradar aos fãs de jogos e de anime, mas adoro um desafio e estou ansioso pela produção. Faremos o possível para atender e superar as expectativas.”

Cyberpunk 2077 — novo trailer revelado

A CD PROJEKT RED lançou o mais recente trailer de Cyberpunk 2077, seu próximo RPG de ação e aventura em mundo aberto.

O trailer apresenta novas imagens do mundo, dos personagens, da história e da ação de Cyberpunk 2077. Ele dá aos jogadores uma nova visão do cenário de futuro sombrio que é Night City e o início da carreira mercenária de V – fora da lei ambicioso e com melhorias cibernéticas que os jogadores vivenciarão este ano.

Cyberpunk 2077 será lançado em 19 de novembro de 2020 para PC, Xbox One e PlayStation 4, com a versão do Google Stadia programada para ser lançada no mesmo ano. O título também será jogável nos consoles Xbox Series X e PlayStation 5, quando disponíveis. Posteriormente, uma atualização gratuita para Cyberpunk 2077, aproveitando ao máximo o hardware da próxima geração, estará disponível para os proprietários das versões Xbox One e PlayStation 4, respectivamente.

A Netflix também lançará uma série animada inspirada no jogo, mas ainda não data de estreia.

Para mais informações sobre o jogo, siga o Facebook, o Twitter e visite cyberpunk.net.  

Cyberpunk 2077 — Revelação de gameplay e mensagem do Diretor do jogo

A CD PROJEKT RED, criadora da série de jogos The Witcher e GWENT, estão orgulhosos em apresentar a primeira gravação de gameplay de seu próximo RPG de mundo aberto — Cyberpunk 2077.

“O que estamos apresentando hoje foi gravado a partir de um jogo em pleno desenvolvimento”, comenta Adam Badowski, Diretor do jogo Cyberpunk 2077 e Head do estúdio da CD PROJEKT RED. “Como vários dos recursos e mecânicas na versão atual do Cyberpunk 2077 provavelmente serão modificados, tínhamos decidido mostrar este vídeo apenas para a imprensa. Elementos como combate armado (em termos visuais e da influência de atributos de RPG), netrunning, física veicular ou a interface do jogo estão basicamente em fase de testes, e nós estávamos apreensivos com a ideia de um compromisso público com qualquer design em particular. Animações com falhas, expressões faciais de personagens em desenvolvimento, versões iniciais de localizações – tudo isso nos fez hesitar em lançar o que vocês estão prestes a ver”.

“No entanto, nós também sabemos bem que vocês querem ver o que a mídia já viu”, adiciona Badowski. “E, mesmo não sendo o mesmo jogo que vocês verão no lançamento, ainda assim decidimos compartilhar esses 48 minutos de vídeo com vocês. É assim que está Cyberpunk 2077 hoje. Conte para nós o que achou!”