Arquivo da tag: DC Comics

Elenco de “Aves de Rapina (Arlequina e sua emancipação fabulosa)” falam sobre o filme, em coletiva

Por Luigi Buratto e Thuane Piccolo

Na quinta-feira, 05 de Dezembro de 2019, a CCXP abriu o seu primeiro dia, com ingressos esgotados, o evento contou com a presença de diversas e ilustres celebridades. Dentre elas, o elenco de “Aves de Rapina”, novo filme produzido pela diretora Cathy Yan, e estrelado por ninguém menos que Margot Robbie, a nossa anti-heroína favorita, a Arlequina. 

O filme mostra a trajetória da Harley Quinn após os acontecimentos de “Esquadrão Suicida”, a suposta separação entre ela e o Coringa e, então, sua emancipação fantabulosa, onde ela tenta descobrir sua própria identidade e acaba conhecendo um grupo de garotas com um mesmo objetivo. 

No dia seguinte, tivemos a oportunidade de participar da coletiva de imprensa, reunindo todo o elenco novamente, produtores e diretora. 

“Me apaixonei pela personagem desde Esquadrão Suicida, e senti que ela merecia ser melhor explorada”, disse Margot Robbie ao ser perguntada sobre o retorno da personagem. 

Durante a coletiva de imprensa com o elenco de Aves de Rapina, a diretora Cathy Yan, e produtores. (Foto: Thuane Piccolo)

Ainda completou “Foi uma honra trabalhar com a roteirista Christina Hodson, ela tem a capacidade de pegar ideias abstratas e dar um jeito de fazê-las acontecerem.”   

A atriz nos conta como foi o processo para dar vida a uma Gotham colorida e animada, mostrada de dia, diferente das versões sombrias da cidade de Bruce Wayne, que estamos acostumados a ver. 

FÃS COMO A GENTE

Quando perguntadas sobre como se sentiam participando desse icônico universo da DC nos cinemas, as atrizes se dividiram em respostas que remetiam suas infâncias, os filmes do Batman, as HQs e antes de tudo, como já eram fãs desse universo. “Eu conheci a Canário Negro pela primeira vez, jogando Injustice 2, no videogame”, disse Jurnee Smollett-Bell, mostrando seu lado nerd, falando sobre sua personagem no filme e como ela se sentiu honrada com o convite para interpretá-la. 

Rosie Perez complementa: “O fato de sermos mulheres fortes, independentes e estarmos arrebentando pela cidade, é a cereja do bolo” 

PREPARAÇÃO FÍSICA 

A diretora contou um pouco sobre como foram feitas as cenas de ação do filme. As atrizes tiveram um treinamento árduo, trabalharam por cinco meses, deixando as cenas muito mais realistas e bem coreografadas. Elas foram instruídas a fazer o máximo de cenas que conseguissem sozinhas, entretanto, o elenco foi auxiliado pela 87 Eleven, uma ótima companhia de dublês, que já trabalhou com grandes filmes como John Wick.  

Rosie comentou “Eu já tenho uma certa idade e no primeiro dia de treinamento, eu senti meu joelho falhar… Fui aconselhada a ser levada para o hospital ou então continuar treinando e fortalecendo meus outros músculos, e me senti inspirada a continuar …foi uma experiência transformadora. Eu estou numa forma física muito melhor do que já estive em 15 anos” 

As atrizes contaram como foi difícil realizar algumas cenas, pois a diretora insistia para que elas gravassem lutas de um a dois minutos ininterruptos e caso alguém errasse, seria necessário que gravar tudo novamente. Jurnee lembrou de uma vez, na qual haviam gravado uma longa cena, várias vezes, e Cathy dizia “Meninas, me perdoem, mas eu vou precisar que vocês gravem mais uma vez” e Margot respondia indignada “Porquêêê?”. A diretora reiterava que fazia as cobranças, pois sabia que as garotas eram capazes de aguentar. 

ÍCONES DE EMPODERAMENTO

De uns tempos pra cá, as mulheres estão cada vez mais se tornando um símbolo de justiça, igualdade e resistência. Nós podemos observar isso através do cinema, quando vemos grandes filmes sendo estrelados  por personagens femininos.

Margot nos fala que nunca imaginou que a personagem dela um dia pudesse virar um ícone de luta pelo feminismo, pois a Harley é emocionalmente desequilibrada, e acabou de sair de uma relação tóxica, tão cheia de falhas. 

“É difícil porque eu me sinto responsável por sempre passar uma mensagem positiva para este mundo, em todos os meus projetos, eu sempre tento ser a melhor pessoa que posso, e ao mesmo tempo, temos que nos manter fiéis aos personagens, à nossa história… Então eu ainda não entendo o porque as pessoas se identificam com a personagem, eu sei o porque elas a amam, mas talvez seja justamente por causa das suas imperfeições. E talvez seja exatamente isso que o cinema precisa mostrar com mais frequência, as falhas e imperfeições dos personagens principais”, falou Margot

Perez menciona como foi interpretar sua personagem, a detetive Montoya, em um cenário machista, onde ela precisava se reinventar todos os dias, ser forte e nunca desistir. Por várias vezes, ela era dispensada dos casos, se sentia frágil e injustiçada. Acho que a melhor mensagem sobre o feminismo é justamente o fato dela não desistir, ela continuava indo para o trabalho todos os dias, e então, ela finalmente achou as forças necessárias para se demitir, e fez isso de cabeça erguida. Feminismo não é só sobre as mulheres. É sobre igualdade”

MATERIAL FIEL AS ORIGENS?

Cathy diz que o filme não é totalmente baseado em alguma edição específica dos quadrinhos, porém teve suas inspirações nos Novos 52, e que o grupo Aves de Rapina segue uma linha de roteiro original, sem perder os traços dos personagens.

A diretora e roteiristas tiveram o trabalho de trilhar uma aventura inédita que tivesse sentido nessa nova fase do universo DC e da personalidade de Harley. “A Arlequina é uma anti-heroína, porém ela não é má.” diz Margot Robbie, citando uma de suas HQs favoritas, Blue Eyes, e fazendo relação com sua personagem.

MULHER-MARAVILHA 1984: GAL GADOT E PATTY JENKINS CONTAM SOBRE O FILME

Por Luigi Buratto e Thuane Piccolo

No dia 08 de Dezembro de 2019, na CCXP 2019, foi lançado o trailer oficial do novo filme da Mulher-Maravilha. Os produtores fizeram um ótimo trabalho em manter as informações em sigilo, pois até agora, não foi divulgada nem a sinopse dele.

Nesse mesmo dia a diretora, Patty Jenkins, e a atriz, Gal Gadot, estavam na coletiva de imprensa, da qual tivemos o privilégio de participar, e você pode conferir logo abaixo, os melhores tópicos dessa entrevista.

Sessão de fotos antes da coletiva. (Foto: Thuane Piccolo)

SEGUINDO AS PEGADAS DO PASSADO

Patty Jenkins, a diretora do filme, nos conta como foi diferente realizar o segundo filme, pois não havia mais aquele clima tenso da Primeira Guerra Mundial e ela pode trazer um aspecto mais colorido, vibrante e animado para uma ambientação moderna. “Foi muito divertido fazer essas cenas, onde a Mulher-Maravilha se encontrava num mundo moderno, junto com Steve (Chris Pine), e todos estes maravilhosos vilões…”

“Um dos elementos mais incríveis de poder fazer um filme que se passa nos anos 80, é que tudo é muito autêntico, parece que nós realmente voltamos no tempo. Foi uma ótima escolha de fazer este filme nessa época”, comenta Gal Gadot.

GIRL POWER

Além de ser um ícone feminista, e inspiração de muitas mulheres, Patty nos diz que Diana é uma personagem que luta não somente pelas mulheres, mas assim como Super-Homem, é um símbolo de força e igualdade para todo o mundo. “Ela vive em tempos machistas, onde as mulheres precisam ser protegidas, no entanto ela não precisa disso, pois ela é fodona.”

“Eu sou uma mulher forte, independente, e quando me perguntavam que tipo de papel eu queria interpretar, eu sempre dizia exatamente isso. E é engraçado, porque se você olhar para trás, você não vê muitos filmes assim.”, disse Gal, quando questionada sobre o ícone que a Mulher-Maravilha havia se tornado.

Ela contou que teve uma experiência única ao assistir pela primeira vez o filme “Teve uma cena que me tocou muito e eu estava assistindo não como Gal Gadot, a atriz, mas como Gal, a menina que nasceu no subúrbio de Israel. Eu fiquei tão emocionada que comecei a chorar e, chegando em casa, falei para o meu marido: eu sei que você vai adorar o filme, mas quando chegar nessa parte, tenho certeza que não vai te tocar do mesmo jeito que me tocou. Porque você viveu essa emoção a vida toda, sendo um homem, mas eu não e poder agora fazer parte de um trabalho tão grande, é incrível.”

Além de ser uma atriz completa, Gal quando mais jovem já serviu o exército de Israel. Nas forças armadas por dois anos após completar o colegial. Isso serviu como exemplo para compor a personagem, que possui cenas de lutas complexas, e mostrar o quanto ela é dedicada e impecável.

A atriz encerrou o tópico encorajando todas as mulheres a serem fortes e nunca desistirem de seus sonhos e ainda deixa um recado para todas aquelas que já sofreram ou sofrem abusos. Busquem ajuda sempre, seja contando pra sua família, polícia, ou amigos, não lutem sozinhas”.

Patty Jenkins e Gal Gadot na coletiva de imprensa de Mulher Maravilha 1984. (Foto: Luigi Buratto)

PROXIMOS PASSOS

A diretora disse que sempre imaginou uma trilogia para a história da Diana Prince e que já andou discutindo algumas ideias com a Gal, sobre um possível terceiro filme. Claro, muitas dessas ideias só serão implementadas caso MM84 seja um sucesso de bilheteria, mesmo assim, ela se mostra otimista e animada para encerrar seu trabalho de forma magistral.

Citando uma das últimas falas do primeiro filme, Diana diz “Eu ficarei aqui e vou lutar pela humanidade”, e é exatamente isso que podemos esperar nessa sequência.

Patty nos dá um spoiler sobre um novo filme que está produzindo, um spin-off do universo da Mulher-Maravilha, e teremos como personagens principais as Amazonas. Esse não contará com a presença de Gal Gadot, mas Patty afirma que está muito ansiosa para poder mostrar a sua visão destas magníficas guerreiras de Themyscira.

Quando questionada sobre qual outro super-herói ela gostaria de fazer um filme, ela respondeu “Meu segundo herói favorito é o Superman, então, nunca se sabe… Mas eu amo minha Mulher Maravilha”

Gal fala sobre como está sendo a evolução da sua personagem do primeiro filme, onde Diana se mostrava perdida no mundo dos homens, e pouco a pouco foi aprendendo sobre as complexidades humanas, ganhando a confiança deles e se tornando cada vez mais envolvida nesse mundo. Já na continuação, após algumas décadas, ela se vê trabalhando sozinha, nas sombras, sem amigos, pois todos se foram com o passar dos anos, e ela continua ajudando a proteger os seres humanos da melhor forma possível.

MANO A MANO

Gadot se pronuncia sobre a ausência de armas usadas pela Diana no novo filme “Nós nos livramos da espada, pois isso remete à violência e a Diana não precisa disso. Também achamos desnecessário o uso do escudo, pois ela é uma Deusa, super forte e sabe se defender. Ela tem seus braceletes e seu laço e é tudo que ela precisa.

Ou seja, neste novo filme, podemos esperar cenas de ação mais intensas, melhor coreografadas e muito mais corpo à corpo.

Cartaz oficial do novo filme Mulher Maravilha 1984, estréia Junho de 2020. (Foto: Thuane Piccolo)

STEVE TREVOR DE VOLTA?

Após sua possível morte no primeiro filme, Steve Trevor nos deixa apenas uma memória de que o par romântico de Diana se foi. Porém, Patty nos afirma que ele estará de volta, e que esta medida foi premeditada já durante as gravações do primeiro. “Nós temos uma ótima razão para trazer o Steve de volta, e ele é uma parte fundamental para esta sequência. Não o trouxemos apenas porque ele fez sucesso, mas sim pois ele complementa o arco desta nova história”.

Confira abaixo o trailer, que foi lançado com exclusividade na CCXP, durante o painel de MM84.

5 coisas para você aproveitar na ccxp

Por Rodrigo Bocatti

Hoje, oficialmente, serão abertas as portas da CCXP, mas ontem teve o Spoiler Night e o Diversorio estava lá (obrigado Piticas ❤ ) e vai contar tudo para você aproveitar da melhor forma possível a maior comic con do mundo e pela primeira vez TODOS os ingressos estão esgotados.

Estandes

Warner traz ativações da Mulher Maravilha para CCXP. (Foto: Rodrigo Bocatti)

As principais marcas do cinema e de séries estão presentes no evento e elas vem com muitas novidades. Com estandes gigantes e ações interessantes, as filas serão grandes e é uma ótima oportunidade para fazer novos amigos e aproveitar.

A Warner veio com interações com os principais lançamentos de 2020: Mulher Maravilha, Aves de Rapina e Scobby. Além das séries Supernatural e Riverdale. E ainda tem um espaço lindo para quem quiser recordar do seriado FRIENDS e tomar um café no Central Perk. E pela primeira vez, o Cartoon Network está no mesmo espaço que a Warner, com ativações de seus maiores desenhos.

A Netflix veio com uma réplica da entrada do Starcurt Mall (shopping de Stranger Things), onde atores saem de tempo em tempo para dançar de acordo com a época que a série se passa. Além dos figurinos originais da terceira temporada da La Casa de Papel e o trailer de Breaking Bad, onde as pessoas podem tirar fotos com a máscara icônica do seriado. Além dos filmes originais da plataforma de streaming.

A Disney/Marvel trouxe alguns cenários para fotos com em Frozen, Mulan e Star Wars. Além de uma ativação do filme da Viúva Negra que a pessoa pode fazer no estande.

A HBO veio com um circuito para você fazer nas séries originais do canal como Watchmen, Westworld, His Dark Materials e Sopranos. Porém, uma ideia que eles executam é que a pessoa precisa pegar apenas uma fila para poder aproveitar todo circuito.

Mas não deixe de visitar outros estandes que também estão com ativações bem legais e interativas.

Artist’s Alley

Artist’s Alley é o lugar para você encontrar aquela HQ que você busca e conseguir um autógrafo do seu ídolo. (Foto: Rodrigo Bocatti)

Para mim é um dos lugares mais legais de toda CCXP. O Artist’s Alley é um espaço onde mais de 500 artistas estarão reunidos para mostrar seus trabalhos ao público.

Aqui você pode achar aquele artista que você admira, tirar uma foto e pedir um autógrafo e, quem sabe, conseguir um material exclusivo dele na CCXP.

Painéis

A cada ano que passa a organização da CCXP tenta trazer convidados mais especiais e conteúdos exclusivos para os painéis do evento, principalmente o Thunder Cinermark XD, onde são as grandes atrações.

Esse ano já temos confirmados Gal Gadot, Patty Jenkins, Margot Roobie e elenco do filme Aves de Rapina, da DC Comics/Warner, o elenco da nova trilogia de Star Wars, Ryan Reynolds, Kevin Feige, além de outros, mas ainda podemos ter presenças surpresas (como Tom Holland e Jake Gyllenhaal, em 2018), quem sabe o Henry Cavill não apareça no painel da Netflix ou quem sabe a Scarlett Johansson apareça no sábado.

Além dos convidados a CCXP também reserva espaço para pré-lançamentos e esse ano teremos Frozen, no sábado, e possivelmente Esquadrão V, no domingo.

Cosplay

Well Cosplayer é um dos jurados do concurso de cospay esse ano da CCXP. (Foto: Rodrigo Bocatti)

A cada metro que você anda na CCXP você vai encontrar um cosplay que pode ser um dos seus personagens favorito. E no evento existem muitos que vão para se divertir, então é possível que você encontre um na fila de ativação da atração de outro estúdio.

Mas o mais legal é que eles são super atenciosos com todos e adoram tirar fotos (se puder lembre de pegar o nome para depois marcá-los nas redes sociais, é importante para o trabalho deles). Mas lembre-se só toque o cosplay se ele autorizar.

Compras

Riachuelo é uma das lojas que estão com produtos da cultura pop. (Foto: Rodrigo Bocatti(

Quer lugar melhor do que comprar produtos nerd do que a CCXP?? Com diversas lojas especializadas em produtos da cultura pop, como camisetas, canecas, funko e action figures, é bom levar um dinheiro para poder comprar uma lembrança do evento. E algumas lojas também oferecem ativações que podem se tornar descontos.

Trigg lança cartão de crédito da Arlequina

(Foto: Divulgação)

Após sucesso dos cartões do vilão Coringa,  fintech lança o cartão da parceira do vilão mais icônico do mundo de entretenimento

Após o sucesso dos cartões dos herois Batman, Mulher-Maravilha,  Superman e Aquaman (edição limitada), e, mais recentemente, do Coringa, a Trigg e a Warner Bros Consumer Products se unem novamente para trazer o cartão de crédito exclusivo da  Arlequina.

Arlequina, uma maiores vilãs dos quadrinhos, é o sexto personagem a estampar os cartões da Trigg. “Impulsiva, imprevisível, inconsequente com personalidade única, além de um humor divertido, é a receita certa para conquistar todos os fãs de 5 a 70 anos.  Arlequina traz a doçura e a sagacidade que um anti-herói precisa ter. Estamos bem felizes de fazer esse lançamento, fechando a tríade com o super vilão, Coringa, e o herói mais amado do mundo, Batman.”, ressalta Marcela Miranda, Head da Trigg.

“Estamos muito felizes com a parceria com a Trigg pois conquistar o coração de qualquer fã é sempre um desafio enorme, dado que o nível de exigência desse público é muito alto com qualquer tema relacionado a um personagem. O sucesso, quase que imediato, dos cartões Trigg & DC foi o melhor termômetro para comprovar que fizemos uma ótima lição de casa e também para termos certeza de que manter esse padrão nos novos lançamentos é a melhor estratégia para podermos oferecer experiências inesquecíveis aos nossos consumidores!”, comenta Igor Reis, Diretor de Marketing, Retail & Themed Entertainment da Warner Bros.

Novos e futuros clientes Trigg têm, agora, a opção de escolher entre sete artes, sendo as duas cores originais, grafite ou verde, e os cinco modelos com personagens DC. Para aqueles que já são clientes Trigg, o cartão geek pode ser solicitado na Store do App. Lembrando que é possível manter mais de um cartão ativo. 

Acompanhando o universo geek, a Trigg é o cartão de crédito oficial das próximas três edições da CCXP. Clientes Trigg descontos de 20% nas seguintes lojas: Loja Oficial CCXP, Harry Potter Store, Omelete Store, Chiaroscuro e na assinatura do Omelete Box, tanto nas lojas físicas dentro da CCXP quanto online. Todos os clientes também possuem benefícios especiais Visa, por ser a bandeira exclusiva do cartão Trigg.  

CORINGA 2 É CONFIRMADO. MAS SERÁ QUE PRECISAVA?

Joaquin Phoenix voltará ao papel de Coringa. (Foto: Divulgação)

Por Henrique Moita

Nos últimos dias a Warner vem recebendo bastante atenção. Primeiro com o caso já relatado aqui, da petição para que Fernanda Montenegro fizesse parte do elenco de Animais Fantásticos, depois com a notícia de que Coringa conseguiu chegar a 1 bilhão de dólares em bilheteria. Se tornando o primeiro filme para maiores de 18 anos a atingir tal feito. Sendo que o filme nem foi lançado na China, o que torna a marca ainda maior.

Agora, novamente, temos mais um grande notícia envolvendo o palhaço do crime: teremos uma continuação!!!

Sim, foi confirmado que “Coringa 2” irá acontecer e é incrível como uma notícia pode ser tão boa e tão ruim ao mesmo tempo.

Vamos começar pelo porque de eu achar que isso não é uma boa ideia.
Como já dito, o filme é um sucesso sem precedentes, tanto de crítica quanto de público e é nesse ponto que eu fico com medo. Coringa foi um longa muito esperado, pelas críticas que vinha recebendo em diversos festivais de cinema. Ele atendeu e superou as expectativas de muitas pessoas, até porque, sabemos como é delicado essa ligação DC/Warner.

Agora, imagina como vão ser as expectativas em relação a sua continuação e como isso pode acabar frustrando o público se não vier um filme, no mínimo, no mesmo nível do seu antecessor.

Outra coisa que pode se tornar negativa é o fato deles quererem fundir esse universo, com o”já estabelecido” da DC. “Ah, mas eles já falaram que Coringa não tem ligação com esse universo”. Sim, do mesmo jeito que eles já também afirmaram que esse seria um filme solo, sem continuações, logo, podemos esperar de tudo.

Agora vamos às partes que podem ser boas na sua continuação.
Obviamente que a classificação tem que continuar como +18. O primeiro longa, mostrou como que surgiu o Coringa. Agora, o que eles poderiam fazer é mostrar como ele cresceu e se tornou esse palhaço do crime temido por toda uma cidade e na minha opinião, continuando sem a presença do homem-morcego.

Outra coisa que seria interessante é a aparição de outros vilões, afinal, sabemos que Gotham não possuí apenas o Coringa. Isso seria bom até para que fossem feitos filmes individuais de outros vilões do universo do Batman.

Bom mas é isso aí. Parece que a parceria DC/Warner está começando a engrenar, se mantiverem a qualidade, vem coisas muito boas por aí. O que nos resta agora, é apenas torcer.

Rafael Grampá e Frank Miller conversam sobre “The Dark Knight Returns: The Golden Child” na CCXP19

Rafael Grampá e Frank Miller falarão sobre o Batman, em painel, na CCXP. (Foto: Divulgação)

Pela primeira vez no Artists’ Alley, quadrinista brasileiro estará todos os dias no festival. Painel da DC sobre a continuação de O Cavaleiro das Trevas acontece no domingo (8)

 O quadrinista e diretor Rafael Grampá fará sua estreia no Artists’ Alley da CCXP19 – que acontece entre 5 e 8 de dezembro, no São Paulo Expo. Vencedor do Eisner Awards, prêmio considerado o Oscar dos quadrinhos, o artista participa todos os dias do festival e chega para integrar o time de convidados das celebrações do aniversário de 80 anos do Batman. No domingo (8), Grampá estará junto com a lenda vida, Frank Miller, no painel da DC para um bate-papo sobre “The Dark Knight Returns: The Golden Child”. Os dois trabalharam juntos na HQ que dá continuação a saga “O Cavaleiro das Trevas” e tem lançamento previsto para o dia 11 de dezembro, nos EUA.

Rafael Grampá já criou histórias em quadrinhos para as principais editoras do mundo como a Marvel, a DC Comics, a Vertigo e a Dark House, além de ser o fundador do estúdio de storytelling multiplataforma Handquarters. O artista também é autor da premiada Graphic Novel “Mesmo Delivery”, eleita pela revista norte-americana Wizard como o melhor lançamento de 2008 e vencedora do Troféu HQ Mix de 2019, na categoria “Melhor Edição Especial Nacional”. Grampá também fará parte de outras atividades relacionadas aos 80 anos do Batman que serão anunciadas em breve.

Em sua 6ª edição, a CCXP será palco novamente do maior Artists’ Alley do Hemisfério Sul com mais de 500 quadrinistas já anunciados. O espaço é o queridinho dos fãs e vai receber artistas consagrados no Brasil e no mundo. Entre os brasileiros estão nomes como LAERTE, Mike Deodato, Germana Viana, Rebeca Prado, Ju Loyola, André Dahmer, Robson Rocha, Jun Sugiyama e Alexandre Carvalho. Já os estrangeiros são Neal Adams, Joëlle Jones, Frank Quitely, Eduardo Risso e Charlie Adlard, entre outros.

Os ingressos para o maior festival de cultura pop do planeta ainda estão disponíveis pelo site www.ccxp.com.br.

Ingressos CCXP

3º lote – de 1º de agosto até 4 de dezembro

Quinta-feira: R$ 240,00 (inteira), R$ 120,00 (meia) e R$ 140,00 (ingresso social).
Sexta-feira: R$ 300,00 (inteira), R$ 150,00 (meia) e R$ 170,00 (ingresso social).
Sábado: (ESGOTADO)
Domingo: R$ 440,00 (inteira), R$ 220,00 (meia) e R$ 240,00 (ingresso social).
4 dias: (ESGOTADO)
Epic: R$ 1.500,00
Full: (ESGOTADO)
Unlock (evento voltado para profissionais do mercado de entretenimento): R$ 2.000,00

CCXP19
Datas: de 5 a 8 de dezembro de 2019
Local: São Paulo Expo (Rodovia dos Imigrantes, km 1,5, Água Funda, São Paulo – SP)

SHOPPING GRANJA VIANNA TRAZ EXPOSIÇÃO INÉDITA DO FILME CORINGA PARA COTIA

Com grandes expectativas de público, acervo sobre o longa possui 20 fotos exclusivas, com making off, trailer, cenas e imagens dos bastidores

Coringa, um dos grandes vilões das histórias em quadrinhos retorna às telas de cinema do Shopping Granja Vianna. Para comemorar a estreia do tão aguardado filme, o shopping center traz uma exposição inédita na região com cenas do longafotos dos bastidores, cenas cortadas, trailer e making off.

Coringa é um dos filmes mais comentados nos últimos meses e a expectativa para sua estreia é grande! Por isso, trouxemos a exposição para a nossa região com o objetivo de tornar ainda mais completa a experiência de quem for vim assistir ao filme conosco”, diz Caroline Alves, gerente de Marketing do Shopping Granja Vianna.

Exposição do Coringa está no Shopping Granja Vianna. (Foto: Divulgação)

A exposição conta com 20 imagens exclusivas sobre o drama vivido por Joaquin Phoenix. Coringa apresenta a história de Arthur Fleck, um homem com problemas mentais que lida diariamente com o preconceito e a hostilidade das pessoas ao seu redor. Após ser demitido da agência de talentos em que trabalhava como palhaço, Fleck reage mal à agressividade de três homens em pleno metrô e os mata. Os assassinatos iniciam um movimento popular contra a elite de Gotham City, da qual Thomas Wayne é seu maior representante. A exposição chega ao shopping center no Piso L2, em frente ao Bradesco enquanto o filme estiver em cartaz.

Exposição Coringa no Shopping Granja Vianna
Data: 4 de outubro
Horário: de segunda-feira a sábado, das 10h às 22h, e de domingo e feriado, das 14h às 20h
Local: Piso L2
Endereço: Rodovia Raposo Tavares, km 23,5
Gratuito

Chiaroscuro Studios lança o Grande Almanaque dos Super-Heróis Brasileiros 2019

Uma enciclopédia dos grandes heróis das HQs brasileiras reimaginados pelos maiores quadrinistas do país está em pré-venda no Catarse.me

Quer saber tudo sobre os super-heróis brasileiros? Então, chegou a hora. A Chiaroscuro Studios, uma das maiores agências de representação de quadrinistas do mundo e cofundadora da CCXP Comic Con Experience, acaba de lançar o Grande Almanaque dos super-heróis brasileiros. O livro traz mais de 200 dos principais heróis das histórias em quadrinhos do Brasil, apresentados em verbetes explicativos com informações sobre os personagens e seus criadores. Os textos e a pesquisa são do quadrinista e editor Franco de Rosa.

Chiaroscuro Studios lança almanaque dos Super-Heróis. (Foto: Divulgação)

A enciclopédia traz também novos designs criados pelos artistas da Chiaroscuro Studios para 57 desses super-heróis. Acostumados a trabalhar com os maiores personagens da DC Comics, Marvel Comics e de outras das maiores editoras de quadrinhos do mundo, os artistas da agência investiram seu talento para reimaginar e atualizar os principais super-heróis brasileiros de todos os tempos.

quarto Yearbook da agência de quadrinistas foi criado para apresentar trabalhos inéditos dos artistas do estúdio seguindo um tema único. As edições anteriores, em 2016, 2017 (Dias de Horror) e 2018 (Lendas), também contaram com pré-venda pelo Catarse e figuram entre os projetos com maior arrecadação na categoria Quadrinhos da plataforma.

Grande Almanaque dos super-heróis brasileiros poderá ser encontrado em versão digital ou capa dura e é um projeto oficial que conta com o apoio dos criadores dos personagens e de seus herdeiros, sendo item obrigatório na biblioteca de todos os fãs de histórias em quadrinhos e de cultura pop! O Almanaque terá 140 páginas, em capa dura e impressão em couchê fosco 150g, no tamanho de 21 cm x 31 cm, com o mesmo formato, tamanho e acabamento dos Yearbooks 2016, 2017 e 2018. O livro será em Português, com uma versão em Inglês somente em formato digital.

“O Brasil tem uma grande história de super-heróis. São centenas de personagens que viveram suas aventuras nas revistas em quadrinhos e nos jornais, passando também à TV, ao cinema e chegando a serem publicados em outros países, porém muitos deles foram esquecidos ao longo do tempo. O almanaque é uma forma que encontramos de apresentar esses personagens e seus criadores às novas gerações, para resgatar e documentar uma parte importante dos nossos quadrinhos e da cultura pop brasileira”, afirma Joe Prado fundador da Chiaroscuro Studios.

Onde encontrar o Grande Almanaque dos super-heróis brasileiros? O livro está em pré-venda no site https://www.catarse.me/superheroisbrasileiros#about Os preços variam de R$25,00 a R$550,00, desde livro em PDF (português e inglês) por email até livro impresso em capa dura + 20 autógrafos + sketch original de ROBSON ROCHA. Somente o livro em capa dura está R$90,00. Tudo por ser comprado em até 6x no cartão crédito.

AVES DE RAPINA GANHA PRIMEIRO TRAILER

Filme que conta com o regresso da personagem Arlequina tem estreia prevista para 6 de fevereiro de 2020

A Warner Bros. divulga as primeiras cenas e artes de Aves de Rapina (Arlequina e sua Emancipação Fantabulosa), longa estrelado pela indicada ao Oscar Margot Robbie, novamente no papel de Arlequina, que ainda conta com Ewan McGregor, Mary Elizabeth Winstead, Jurnee Smollett-Bell, Rosie Perez e Chris Messina.

Dirigido por Cathy Yan, o filme traz Arlequina depois do rompimento com o Coringa buscando um novo início, sua emancipação na cidade de Gotham junto com outras companheiras.

Sobre o filme

Em Aves de Rapina (Arlequina e sua Emancipação Fantabulosa), da Warner Bros. Pictures, Margot Robbie (“Eu, Tonya”) retorna como Arlequina, ao lado de Mary Elizabeth Winstead (“10 Cloverfield Lane”, “Fargo”) como Caçadora; Jurnee Smollett-Bell (série da HBO “True Blood”) como Canário Negro; Rosie Perez (“Fearless”, “A Escolha Perfeita 2”) como Renee Montoya; Chris Messina (“Argo”, “Objetos Cortantes”) como Victor Zsasz; e Ewan McGregor (em breve em “Doutor Sono” e nos filmes da franquia “Trainspotting”) como Roman Sionis. A novata Ella Jay Basco também estrela como Cassandra “Cass” Cain em seu primeiro filme.

Dirigido por Cathy Yan (“Dead Pig”) com base no roteiro de Christina Hodson (“Bumblebee”), o filme é baseado nos personagens da DC. Robbie também produz o longo ao lado de Bryan Unkeless e Sue Kroll. Os produtores executivos são Walter Hamada, Galen Vaisman, Geoff Johns, David Ayer e Hans Ritter.

Junto com Yan nos bastidores está o time criativo composto pelo diretor de fotografia Matthew Libatique (“Nasce Uma Estrela”, “Venom”); o designer de produção K.K. Barrett (“Ela”); os editores Jay Cassidy (“Trapaça”, “O Lado Bom da Vida”) e Evan Schiff (“John Wick Capítulo 2 e 3”); e a figurinista Erin Benach (“Nasce Uma Estrela”). A música é de Daniel Pemberton (“Homem-Aranha: no Aranhaverso”).

Warner Bros. Pictures apresenta uma produção de LuckyChap/Clubhouse Production, Kroll & Co. Entertainment, Aves de Rapina (Arlequina e sua Emancipação Fantabulosa). Previsto para estrear em 6 fevereiro de 2020, o filme é distribuído pela Warner Bros. Pictures.