Arquivo da tag: Diversidade

Gastronomia creole: as comidas típicas de Seychelles

Como reflexo da grande diversidade de culturas e pessoas que povoam as Ilhas Seychelles, a gastronomia do arquipélago apresenta as sutilezas e nuances da culinária francesa, o exotismo dos pratos indianos e os sabores picantes do Oriente.

Os pratos de frutos do mar são predominantes na culinária local, por conta de sua localização no Oceano Índico. O pouco transporte necessário faz com que os alimentos sejam sempre frescos, sendo que muitas vezes são encontrados diretamente em uma horta ou um barco de pesca.

Comidas típicas das Ilhas Seychelles. (Foto: Six Senses Zil Pasyon)

Peixe grelhado ou polvo coberto com molho de pimentões, gengibre e alho são os favoritos nacionais, assim como uma variedade de curries deliciosos preparados com leite de coco e inovadores bolinhos feitos com frutas locais, comopapaya e maçã dourada. A variedade de preparos e ingredientes é vasta. Só de pimentões há dez tipos diferentes, cada um indicado para um tipo de prato.

Um prato bem típico da cozinha creole é um puchero com salsa de chile. Mesmo os acostumados com o sabor picante devem ter cuidado com este prato, pois a pimenta destas ilhas recebe o apelido de “fogo infernal” e é bem forte. Também são servidos pratos de carne e aves aromatizados com especiarias do país.

Outra iguaria que pode ser encontrada na culinária seychellois é “la daube” que é feito de fruta-pão, banana, inhame e mandioca.

Alguns restaurantes são especializados em comida indiana, chinesa ou italiana e muitos apresentam pratos internacionais e especializados.

Para mais informações sobre Seychelles, acesse www.visiteseychelles.com e o site Bureau Mundo, escritório virtual da GVA: www.bureaumundo.com.

Sete vezes em que a cultura pop apoiou a causa LGBT

No próximo domingo, dia 03 de junho, acontece uma das maiores manifestações mundiais em prol da diversidade: a Parada do Orgulho LGBT de São Paulo. E o pessoal do site Omelete preparou uma lista para relembrar sete acontecimentos da cultura pop que apoiaram a causa.

Confira:

1 – Casamento homoafetivo nos quadrinhos

O primeiro super-herói abertamente homossexual dos quadrinhos, o Estrela Polar, apareceu na edição 51 de Os Surpreendentes X-men se casando com o seu namorado Kyle. Na HQ, eles se uniram em grande estilo em pleno Central Park, em Nova York, onde o casamento entre pessoas do mesmo gênero foi legalizado no mesmo ano, 2012.

img (1)
(Foto: Divulgação)

2 – Graphic Novel apoia vítimas de ataque homofóbico

Na noite do dia 12 de junho de 2016, o americano Omar Mateen, que disse agir em nome do grupo terrorista Estado Islâmico, entrou armado com um fuzil e uma pistola automática na boate LGBT Pulse, localizada em Orlando, nos Estados Unidos, e fez 49 vítimas, no que foi considerado o maior ataque a tiros da história do país. Meses depois, o quadrinista Marc Andreyko produziu a graphic novel Love is Love, com o objetivo de levantar fundos para as famílias das vítimasO projeto foi premiado pelo Eisner Awards 2017 na categoria Melhor Antologia e estima-se que a obra arrecadou mais 200 mil dólares.

img (2)
(Foto: Divulgação)

3 – Sense8 na Parada de São Paulo

A série Sense8 (Netflix) foi cancelada, mas vai deixar um legado muito importante para a comunidade LGBT. A produção, que contava com personagens gays, lésbicas, bissexuais e transexuais, trouxe todo o elenco principal para a Parada do Orgulho LGBT de São Paulo em 2016, onde gravou algumas cenas e participou ativamente do protesto pelos direitos da comunidade. Além, é claro, de levar o público ao delírio.

img (3)
(Foto: Divulgação)

4 – Ian McKellen e a representatividade gay no cinema

O ator Ian McKellen, que viveu o Magneto em vários filmes da franquia doX-Men e Gandalf de Senhor dos Anéis, se assumiu gay publicamente há 30 anos e desde então se tornou um ativista pela representatividade LGBT em Hollywood. Recentemente, o ator fez declarações polêmicas em relação ao filme Animais Fantásticos: Os Crimes de Grindelwaldsobre o personagem Dumbledore (Jude Law) não ser explicitamente gay no filme. Na declaração ele disse: …”Homens gays não existem (para Hollywood). ‘Deuses e Monstros’, eu acho, foi o início de Hollywood admitir que há gays, mesmo que metade de Hollywood seja gay”,criticou ele. Ele também disse em entrevista que deseja ver um James Bond gay e acha que produções do gênero de super-heróis deveriam ter personagens LGBT.

img (4)
(Foto: Divulgação)

5 – Oscar de Melhor Filme para Moonlight

Moonlight, dirigido por Barry Jenkins, foi o primeiro filme com um protagonista explicitamente gay a abocanhar a estatueta máxima da premiação em 2017. Dividido em infância, adolescência e fase adulta, o filme conta a história de um homem chamado Chiron (Alex R. Hibbert, Ashton Sanders e Trevante Rhodes) e seu processo de reconhecimento da própria sexualidade enquanto enfrenta paralelamente problemas ligados à segregação racial. Filmes sobre histórias LGBT chegaram a ser indicados à categoria, como Clube de Compras DallasMilk – A Voz da Igualdade ou O Segredo de Brokeback Mountain, mas historicamente se restringiram a ganhar categorias como Direção, Roteiro Adaptado ou, principalmente, prêmios de atuação para atores heterossexuais que assumiram personagens LGBT.

img (5)
(Foto: Divulgação)

6 – RuPaul’s Drag Race e a popularização da arte drag

Em sua 10ª temporada, além dos três especiais All Stars, o reality show comandado por RuPaul foi, ano a ano, se consolidando como um fenômeno de audiência da televisão e da internet. A estreia da 9ª temporada, por exemplo, foi assistida nos EUA por quase 1 milhão de pessoas e mais de uma centena dedrag queens já passaram pela atração. A competição levou aos mais diversos públicos uma forma de expressão artística que, apesar de amparada em raízes muito antigas, foi criada pela comunidade LGBT como forma de subverter noções ligadas à masculinidade e à heteronormatividade compulsória.

img (6)
(Foto: Divulgação)

7 – Personagem gay entre os cinco X-Men originais

Em 2015, na edição #40 da All-New X-Men, a versão mais jovem do Homem de Gelo, um dos cinco primeiros alunos do Professor Xavier, assumiu ser gay. O personagem foi enviado para o presente junto dos outros quatro companheiros originais (Ciclope, Fera, Anjo e Jean Grey) e a novidade, é claro, influenciou na vida do Bobby Drake adulto, que nunca havia revelado sua orientação sexual. Após a novidade, o personagem mais velho ganhou sua publicação solo – a primeira da Marvel centrada em um personagem LGBT – e deu seu primeiro beijo em outro homem na edição #6 de Homem de Gelo.

img (7)
(Foto: Divulgação)

Ativista pela diversidade nos quadrinhos, Gail Simone confirma presença na CCXP 2017

Quadrinista norte-americana participa da quarta edição do evento, que acontece de 7 a 10 de dezembro em São Paulo

CCXP – Comic Con Experience (www.ccxp.com.br), que se tornou a maior comic con do planeta em 2016 ao reunir um público recorde de 196 mil pessoas, recebe a escritora norte-americana Gail Simone na quarta edição do evento, que acontece de 7 a 10 de dezembro no São Paulo Expo. Ela participará de apresentações especiais e encontros com os fãs na quinta (7) e no domingo (10) em atividades que serão divulgadas em breve.

Gail Simone é uma artista premiada de quadrinhos e animações conhecida pelo seu ativismo pela diversidade, especialmente ao trabalhar com personagens femininos, como sua participação na revista da Mulher Maravilha. Com seu blog Women In Refrigerators, é considerada uma das mais influentes mulheres na indústria, criando histórias sobre representatividade e equidade.

img (1).jpg
Gail Simone confirma presença na CCXP. (Foto: Divulgação)

Seu trabalho próprio inclui as séries Clean Room Crosswind, aclamadas pela crítica, e no mundo de animações trabalhou com Tomb RaiderJustice League Unlimited e o filme de animação Wonder Woman. Gail trabalhou ainda em outros títulos importantes de editoras internacionais, como Birds of PreySimpsons,Secret SixWelcome to TranquilityThe All-New AtomDeadpool, Red Sonja e Batgirl.

CCXP – Comic Con Experience (www.ccxp.com.br), que reuniu 196 mil pessoas em 2016 e bateu o recorde de público em comic cons no mundo, terá sua quarta edição entre 7 e 1o de dezembro de 2017 no São Paulo Expo e espera receber mais de 220 mil visitantes. Os ingressos de sábado (9/12) e o pacote para os quatro dias já estão esgotados. Os ingressos para quinta, sexta, domingo, Full Experience, Unlock e Epic Experience estão à venda pelo site com preços a partir de R$ 99,99

Coleção de joias personalizáveis explora a beleza e diversidade da flora e elementos naturais

Com lançamento no dia 28 de abril de 2016, a coleção “A Flora” assinada por Léia Sgro tem tiragem limitada

Léia Sgro lança nova coleção de joias. (Foto: Divulgação)
Léia Sgro lança nova coleção de joias. (Foto: Divulgação)

A junção de dois processos diferentes não poderia ser mais fiel a uma coleção inspirada na beleza da diversidade natural. Léia Sgro trabalha suas peças com a técnica do molde em cera e montagem artesanal, que resulta em anéis, colares e brincos com personalidade única. Flores, folhas, gotas de água e a presença da madeira dão o tom da coleção “A Flora” por Léia Sgro.

Para compor uma linha tão diversa foi necessária uma sinergia e compreensão das técnicas de forma individual, que deu a designer a capacidade de fundi-las com perfeição.

“A Flora” por Léia Sgro é inspirada na diversidade e elementos da natureza. Para chegar ao resultado final foi necessário um estudo de formas, materiais a serem utilizados e posteriormente opções de customização para definir as características e estilo de cada item. Após esse processo, as peças foram destinadas a aplicação da técnica que imprimiria o conceito da criação.

Léia Sgro lança nova coleção de joias. (Foto: Divulgação)
Léia Sgro lança nova coleção de joias. (Foto: Divulgação)

Serão 18 modelos personalizáveis e de tiragem limitada. Quem os adquirir, terá a oportunidade de escolher a pedra e o banho, o que torna o modelo um acessório com identidade própria. Seguindo o conceito de “see now, buy now” – tão presente no calendário dos desfiles de moda atuais, a coleção estará disponível para compra no próprio lançamento e nas redes (fanpage no Facebook e site) da designer.

O coquetel de lançamento da coleção será na Acierno marca com 50 anos de tradição, que reúne o melhor do lifestyle italiano, de mobiliários, artigos de moda e gastronomia em Pinheiros.  Durante o lançamento, será sorteada uma peça da coleção entre os convidados presentes.