Arquivo da tag: DLSS

NVIDIA anuncia as GPUs GeForce RTX 3050 Ti e RTX 3050 para notebooks

Novas GPUs tornam mais acessíveis – e portáteis – do que nunca os visuais com Ray Tracing e a melhoria de performance proporcionada pelo DLSS

(Foto: divulgação)

NVIDIA anunciou diversos novos laptops com GPUs GeForce RTX, que oferecem Ray Tracing em tempo real e DLSS movido a IA, para dezenas de milhões de jogadores e criadores de todo o mundo com preços sugeridos a partir de US$ 799. Ainda não há informações de preço ou disponibilidade no Brasil.

Diversos desses notebooks estão equipados com as novas GPUs GeForce RTX 3050 Ti e 3050, trazendo a arquitetura NVIDIA Ampere com Ray Tracing e Tensor Cores dedicados, para um público mais amplo do que nunca. Todos os notebooks gamer com os novos processadores Intel Core de 11ª geração Série H serão equipados com GeForce RTX Série 30.

“Com esse anúncio, agora existem mais de 140 modelos de notebooks com GPUs GeForce RTX Série 30, e cinco vezes mais laptops RTX Série 30 com menos de 18 mm de espessura em comparação com a geração anterior,” disse Mark Aevermann, diretor de gerenciamento de produtos para laptops da NVIDIA.

Oferecendo desempenho excepcional em designs finos e elegantes, os novos laptops RTX são duas vezes mais rápidos que os sistemas da geração anterior, proporcionando uma jogabilidade constante de 60 quadros por segundo a 1080p em títulos populares como Minecraft RTX e Call of Duty: Black Ops Cold War.

NVIDIA Reflex leva os eSports de baixa latência para laptops

Os novos laptops GeForce RTX 3050 Ti possuem portabilidade e poder de sobra para jogos competitivos. Eles podem fornecer mais de 144 FPS e latência de sistema abaixo de 25ms em títulos como OverwatchRainbow Six Siege e Valorant, graças ao NVIDIA Reflex. Sete dos 10 jogos de tiro mais jogados têm suporte ao Reflex. A tecnologia é compatível com toda a linha GeForce RTX Série 30.

Novos efeitos de IA para conferência e stream no NVIDIA Broadcast

Todos os notebooks GeForce RTX Série 30 incluem suporte ao NVIDIA Broadcast, aplicativo que transforma o laptop em um estúdio completo. O Broadcast possui diversos efeitos de IA, como remoção de eco de sala e de ruído dos vídeos, capaz até de eliminar sons de gatos, cães e insetos. Esses efeitos, juntamente com o fundo virtual e o enquadramento automático, agora podem ser usados simultaneamente, oferecendo mais controle e qualidade sobre áudio e vídeo.

Performance aumenta até 70% em CoD: Warzone e CoD: Modern Warfare com a chegada do DLSS

Fãs de shooter com uma GPU GeForce RTX notarão um grande aumento de performance com a chegada do suporte ao NVIDIA DLSS nos blockbusters da Activision Call of Duty: Warzone e Call of Duty: Modern Warfare.

Com DLSS perfomance de CoD Warzone aumenta muito. (Foto: divulgação)

Com DLSS habilitado, o aumento de performance chega a 70% em 4K, que pode ser usado para ter mais FPS ou para jogar em resoluções maiores, oferecendo mais detalhes a alvos distantes. A tecnologia está disponível em todos os modos de jogo, podendo ser usada também junto com os efeitos de Ray Tracing, nos modos compatíveis.

Além de chegar ao Call of Duty Warzone, recentemente, o DLSS foi disponibilizado em Mortal Shell e Naraka: Bladepoint.

Aclamado RPG de ação da Cold Symmetry, Mortal Shell recebeu uma grande atualização, no dia 15 de abril, que trouxe Ray Tracing e DLSS para gamers com uma GeForce RTX. O desempenho aumenta em até 130% em 4K no jogo com DLSS habilitado.

Naraka: Bladepoint, da 24 Entertainment, é um aguardado Battle Royale focado em combate corpo-a-corpo que ganhou suporte ao DLSS durante o beta fechado lançado recentemente. O resultado foi um aumento de desempenho de até 60% em 4K. Graças ao DLSS, todos os jogadores com uma GeForce RTX Série 30 podem rodar o jogo em mais de 60 FPS e com configurações máximas em 4K.

A lista de games com DLSS não para de crescer

Os DLSS já chegou a vários outros jogos este ano, incluindo o título da People Can Fly e Square Enix Outriders, que foi lançado no dia 1º de abril já com a tecnologia, que aumenta as taxas de quadros em até 73% em 4K.

A integração com DLSS também está se tornando mais simples para desenvolvedores de jogos após o lançamento do plugin Unreal Engine 4, que permite implementar o DLSS aos seus títulos com menos de um dia de trabalho. Na semana passada, o Unity anunciou que o DLSS será adicionado à engine até o final do ano.

NVIDIA DLSS chega ao Nioh 2 e Mount & Blade II: Bannerlord; NVIDIA anuncia novos descontos de notebooks

(foto: divulgação)

Nesta semana chegou ao Rainbow Six Siege o Reflex, tecnologia da NVIDIA que reduz enormemente a latência do sistema; já Nioh 2 Mount & Blade II: Bannerlord receberam suporte ao DLSS. Além disso, ficou mais fácil do que nunca para desenvolvedores implementarem o DLSS e Reflex na Unreal Engine.

NVIDIA Brasil também está mostrando as melhores promoções do momento de notebooks equipados com placas GeForce, que possuem poder de processamento tanto para o trabalho, estudo e aplicações gráficas – e, claro, para encarar os mais recentes games.

Nioh 2: The Complete Edition e Mount & Blade II: Bannerlord ficam mais rápidos!

Nioh 2: The Complete Edition e Mount & Blade II: Bannerlord entram na lista de jogos com suporte ao NVIDIA DLSS.

Habilitar DLSS em Nioh 2 pode acelerar as taxas de atualização de quadros em até 58%, permitindo que todos os jogadores com uma GeForce RTX joguem em mais de 60 FPS o tempo todo.

Em Mount & Blade II: Bannerlord, o NVIDIA DLSS pode acelerar o desempenho em até 50% em 4K, permitindo 60 FPS em todas as GPUs GeForce RTX.

Jogadores de Rainbow Six Siege com uma GeForce recebem ajuda na mira

Se nos esportes o equipamento certo pode ajudar os competidores a atingir seu potencial máximo, os games competitivos não são exceção: melhores GPUs, monitores, periféricos e um bom software podem levar à melhorias de uma fração de segundo na seleção de alvos, o que pode ser a diferença entre a vitória ou derrota.

Jogadores de Rainbow Six Siege com uma GPU GeForce Série 10 ou mais recente agora podem baixar o servidor de teste público, executar a versão Vulkan e testar o NVIDIA Reflex antes de chegar ao jogo principal. Basta acessar o menu de opções de exibição e habilitar NVIDIA Reflex Low Latency.

Para ajudar os jogadores competitivos a medir e otimizar a latência do sistema de ponta a ponta, foi criado o NVIDIA Reflex Latency Analyzer. Usando hardware e software embutidos em monitores e mouses, a latência do sistema agora pode ser facilmente medida, permitindo que você otimize sua configuração para a melhor resposta.

NVIDIA DLSS e Reflex ficam mais fáceis de incluir na de Unreal Engine

E ambas essas tecnologias poderosas ficaram mais simples de serem implementadas nos jogos criados na Unreal Engine 4. Os desenvolvedores podem acessar o DLSS como um plugin para o Unreal Engine 4.26, enquanto o Reflex agora está disponível como um recurso na linha principal do motor gráfico.

Novo GeForce Game Ready Driver melhora performance de CoD: Black Ops – Cold War e leva Reflex a Destiny 2

‘Call of Dutt: Black Ops Cold War’ ganha mais performance com nova placa GeForce Game Ready Driver. (Foto: divulgação)

A experiência de jogar um shooter aclamado de próxima geração com gráficos incríveis estará disponível para jogadores com uma GeForce em Call of Duty: Black Ops – Cold War, graças ao suporte a Ray Tracing e de tecnologias exclusivas da NVIDIA como DLSS e Reflex. E, assim como sempre acontece quando um grande título chega ao PC, quem tem placa de vídeo GeForce pode contar com a otimização via Game Ready Driver no dia do lançamento.

Vale lembrar que quem adquirir uma GeForce RTX 3080 ou GeForce RTX 3090 dos fabricantes autorizados até 10 de dezembro vai ganhar gratuitamente o jogo.

Além de proporcionar a melhor experiência para Assassin ‘s Creed Valhalla e Godfall, o driver também disponibiliza o NVIDIA Reflex em Destiny 2. Agora, o jogo co-op da Bungie conta com um aumento na velocidade de resposta que pode chegar a até 49%. O driver também valida quatro novos monitores compatíveis com G-SYNC.

Quatro novos monitores compatíveis com G-SYNC

No programa de compatibilidade com G-SYNC, a NVIDIA trabalha junto com os fabricantes de monitores para validar a experiência nos aparelhos compatíveis com o protocolo AdaptiveSync. Aqueles que passam são certificados como “Compatível com G-SYNC”. Para uma lista completa de monitores compatíveis com G-SYNC, clique aqui.

Os novos monitores validados são Acer CP3271U V, Asus XG27AQ, MSI MAG274QR e Xiaomi Mi 245 HF, dando aos jogadores ainda mais opções para reprodução de jogos em alta qualidade.