Arquivo da tag: Dr. Estranho

EM RITMO DE ESTREIA DE “DOUTOR ESTRANHO NO MULTIVERSO DA LOUCURA”, RELEMBRE A TRAJETÓRIA DO PERSONAGEM NO MCU

A nova produção do Universo Cinematográfico da Marvel (MCU) estreia dia 5 maio exclusivamente nos cinemas

Um dos filmes mais aguardados do ano chega aos cinemas em 5 de maio de 2022. Em Doutor Estranho no Multiverso da Loucura, da Marvel Studios, o MCU desbloqueia o Multiverso e expande seus limites mais do que nunca. Na nova produção, o público viajará para o desconhecido com o Doutor Estranho, que, com a ajuda de antigos e novos aliados místicos, atravessa as realidades alternativas alucinantes e perigosas do Multiverso para enfrentar um novo e misterioso adversário.

Para entrar no clima dessa super estreia, confira abaixo um recap do primeiro filme focado no personagem, a trajetória dele no universo da Marvel e informações sobre a nova produção:

(Foto: divulgação)

DOUTOR ESTRANHO (2016)

O primeiro filme do personagem foi lançado em 2016 e faz parte da fase 3 do MCU. Em Doutor Estranho, o público conhece a história do mundialmente famoso neurocirurgião Dr. Stephen Strange, cuja vida muda para sempre depois que um terrível acidente de carro o priva do uso de suas mãos. Quando a medicina tradicional falha, ele é forçado a procurar cura e esperança em um lugar improvável – um misterioso templo conhecido como Kamar-Taj. Em pouco tempo, Strange – armado com poderes mágicos recém-adquiridos – é forçado a escolher entre retornar à sua vida de fortuna e status ou deixar tudo para trás para defender o mundo como o feiticeiro mais poderoso que existe.

(Foto: divulgação)

A IMPORTÂNCIA DO DOUTOR ESTRANHO PARA O MCU

Nas produções da Marvel Studios é possível notar que o Doutor Estranho é um dos personagens mais poderosos do universo. Ele foi fundamental para ajudar a derrotar Thanos em Vingadores: Ultimato (2019) e teve uma participação importante em Homem-Aranha: Sem Volta Para Casa (2021) relacionada com a abertura do multiverso. Agora, após os eventos do último Homem-Aranha, Doutor Estranho precisará lidar com os problemas do multiverso e com um novo/antigo inimigo.

(Foto: divulgação)

DOUTOR ESTRANHO NO MULTIVERSO DA LOUCURA (2022)

A nova produção do personagem chega exclusivamente aos cinemas no dia 5 de maio. Doutor Estranho no Multiverso da Loucura é estrelado por Benedict Cumberbatch, Chiwetel Ejiofor, Elizabeth Olsen, Benedict Wong, Xochitl Gomez, com Michael Stühlbarg e Rachel McAdams. O filme é dirigido por Sam Raimi, o mesmo diretor da franquia original de Homem-Aranha. Louis D’Esposito, Victoria Alonso, Eric Hauserman Carroll e Jamie Christopher atuam como produtores executivos e Kevin Feige é o produtor. Já o roteiro foi escrito por Michael Waldron.

PRIMEIROR TRAILER E PÔSTER DE DOUTOR ESTRANHO NO MULTIVERSO DA LOUCURA DA MARVEL STUDIOS

ESTREIA DIA 5 DE MAIO NOS CINEMAS DISPONÍVEIS

Marvel Studios apresenta o primeiro trailer e pôster do filme Doutor Estranho no Multiverso da Loucura, uma emocionante viagem pelo Multiverso com o Doutor Estranho, seu amigo Wong e Wanda Maximoff, também conhecida como Feiticeira Escarlate.

(Foto: divulgação)

CRITICA WANDAVISION

Por Henrique Moita

WandaVision chegou para estrear as séries da Marvel. (Foto: divulgação)

Chegou ao fim a primeira série original do Disney+ voltado para o UCM (Universo Cinematográfico da Marvel). Entre erros e acertos (MUITOS mais acertos do que erros), a produção teve uma boa recepção, no geral, recebendo notas cada vez maiores a cada episódio liberado no serviço de streaming, com uma pequena exceção no último . Agora, vamos a nossa avaliação geral da série.

A ideia já era desafiadora e “inovadora”, principalmente pelo fato da Marvel/Disney quererem homenagear as antigas sitcons americanas. Para uma boa parte do público, os episódios iniciais, nesses formatos, não tiveram uma boa receptividade, pois todos estavam esperando logo pela ação da série. Eu, sinceramente, não sei porque, sendo que já tinha sido deixado mais do que claro que era isso que iria acontecer.

Depois que deixamos as homenagens de lado, e passamos a acompanhar um pouco mais da história geral da série, a aprovação dos fãs, começou a crescer e as teorias, passaram a ser cada dia mais mirabolantes, porém muitas delas se tornaram apenas teorias mesmo, pouquíssimas chegaram a se concretizar. Creio que as mais “decepcionantes” para esses criadores, talvez sejam o fato do Mephisto não ter aparecido, sendo que a cada nova pedra na série, muitos imaginaram que se tratava do demônio da Marvel; o fato da amiga super importante da Monica não ser realmente assim tão importante, já que muitos passaram a acreditar que poderia ser até mesmo a Sue Storm, do Quarteto Fantástico, já sendo inserida do UCM; ou a, na MINHA opinião, a mais frustrante de todas: o fato do Fietro, o Fake Pietro, não ser ninguém relevante na história, sendo apenas um morador de Westville que a Agata usou para fingir ser o irmão morto da Wanda.

Chegando no fim, aí sim tivemos o que podemos chamar de produção Marvel, era poder, luta, discussão filosófica para tudo quanto era lado e finalmente tivemos o tão esperado título de Feiticeira Escarlate dada para Wanda.

Família de Wanda foi um dos destaques. (Foto: divulgação)

Se tratando de atuação, o quarteto da família, Elizabeth Olsen, Paul Bettany, Jullian Hilliard e Jett Klyne realmente dão um show, dando destaque principalmente para as crianças, sempre com muito carisma em suas cenas. Evan Peters, para o que foi chamado, também mandou muito bem, uma pena ser apenas um fan-service que, provável e infelizmente, será descartado dos próximos projetos da Marvel.

Essa é a segunda produção pós Vingadores Ultimato e a primeira a realmente mostrar as consequências dos atos do Thanos. Em Homem-Aranha Longe de Casa, foi usado como pano beeeeem de fundo e muito mais explorado em WandaVision e imagino que ainda será mostrado essas consequências em Falcão e o Soldado Invernal que, para quem gosta de ação, parece que terá do começo ao fim.

Agatha Harkness se mostrou uma grande vilão. (foto: divulgação)

Creio que um dos grandes desafios da Marvel, de agora em diante, seja introduzir essas histórias que vão se passar em suas séries, para os filmes, sem que o público que deixou de assistir, por N motivos, deixe de entender. Um exemplo claro é WandaVision, que aparentemente será muito importante em Dr. Estranho no Multiverso da Loucura, mas isso, vamos deixar para avaliar na hora que for lançado, não é mesmo?

Minha avaliação geral da série, seria um 7,5/10. Ela é uma série boa, sim. Mas não vi esse espetáculo todo que muitos ficaram falando e fazendo vídeos sobre. É uma série legal, que terá muita importância no futuro do UCM, mas creio que ficará um pouco confuso colocar as consequências dela, para quem não assistiu, o que pode atrapalhar um pouco.