Arquivo da tag: Drama

18ª temporada de Grey´s Anatomy ganha data de estreia no Sony Channel

A partir de 25 de janeiro de 2022, os fãs poderão conferir episódios inéditos da série exclusivamente no canal, às terças-feiras, 21h

18ª temporada de Grey’s Anatomy estreia janeiro de 2022 no Sony. (Foto: divulgação)

O Sony Channel anunciou a data mais esperada do ano: a 18ª temporada de Grey´s Anatomy chegará exclusivamente ao canal em 25 de janeiro de 2022. A partir dessa data, os fãs poderão conferir episódios inéditos da nova temporada toda terça-feira, às 21h.

Uma das produções televisivas mais premiadas e assistidas da atualidade, Grey’s Anatomy é transmitida em mais de 250 países, reconhecida recentemente pelo People’s Choice Awards como a série favorita de 2020. No Brasil, de acordo com um levantamento realizado pelo Google Trends, a obra de Shonda Rhimes foi a série mais pesquisada do ano passado.

Grey´s Anatomy retorna ao Sony Channel, casa dos grandes dramas médicos, após um ano difícil em que Meredith Grey (Ellen Pompeo) ficou entre a vida e a morte, enquanto todos no hospital lutavam para salvar vidas em meio a pandemia. No primeiro episódio da nova temporada, Bailey (Chandra Wilson) parece decidida a contratar novos médicos, mas está tendo problemas para encontrar opções viáveis. Owen (Kevin McKidd) e Teddy (Kim Raver) tentam dar o próximo passo em seu noivado, e Meredith tem uma oportunidade surpreendente ao conhecer um médico do passado de sua mãe.

Grey’s Anatomy – 18ª temporada
Classificação indicativa: 14 anos
#GreysNoSony
Terças, às 21h – Episódios inéditos a partir de 25 de janeiro de 2022
Sony Channel nas principais operadoras:
SD – Claro: 133 / SKY: 137 || HD – Claro: 633 / SKY: 537 / Vivo: 91, 847, 641 / Oi: 45

Streaming Watch Brasil disponibiliza a série de drama Your Honor 

Lançado no ano passado, o drama conta com o regresso de Bryan Cranston, ator principal de Breaking Bad

Your Honor chega ao Wathc Brasil. (Foto: Skip Bolen/SHOWTIME)

Lançado em dezembro, a série Your Honor, muito bem avaliada pelos telespectadores, já está disponível no streaming brasileiro Watch Brasil. O lançamento traz, depois de anos, o regresso de Bryan Cranston, o personagem principal e icônico de Breaking Bad. A série gira em torno da história de uma família que vive em Nova Orleans, o pai, Michael Desiato, é juiz e muito respeitado na cidade, e seu filho adolescente, Adam, acaba cometendo um crime sem intenção. Adam atropela uma pessoa e foge da cena do crime, sem prestar socorro ou nenhuma assistência para a vítima. 

Desesperado, o jovem chama seu pai para ajudá-lo e para resolver o ocorrido. Qualquer pai faria de tudo para proteger seu filho, porém, a vítima do acidente é conhecida da família, e para piorar, é o primogênito de um mafioso famoso que vive na cidade. Para resolver, sem que ninguém saiba, o crime do filho, o juiz acaba se envolvendo em uma trama perigosa de mentiras, trapaças, esquemas e perigo. 

A série conta com as atuações de Bryan Cranston, Hunter Doohan, Lilli Kay, Michael Stuhlbarg e Hope Davis e foi criada por Peter Moffat. A primeira temporada já está disponível na Watch Brasil, para assistir basta acessar a plataforma e clicar no conteúdo no site https://watch.tv.br/.

NOVA TEMPORADA COMPLETA DO DRAMA “IMPUROS” CHEGA COM EXCLUSIVIDADE AO STAR+ EM 31 DE AGOSTO

INDICADA AO PRÊMIO EMMY® INTERNACIONAL PELO PAPEL DO PROTAGONISTA RAPHAEL LOGAN, A FICÇÃO BASEADA EM CASOS REAIS DOS ANOS 90 RETRATA O CRESCIMENTO DO TRÁFICO DE DROGAS NO RIO DE JANEIRO

(Foto: divulgação)

Star+, o novo serviço de streaming da The Walt Disney Company Latin America voltado para o público adulto que chega ao Brasil no dia 31 de agosto, apresenta a terceira temporada de “Impuros”, série dramática de sucesso do selo Star Original Productions, totalmente desenvolvida no Brasil e realizada pela Barry Company.

A nova temporada, que estreia junto com o lançamento da plataforma, é protagonizada por Raphael Logam (Homens), Rui Ricardo Diaz (Lula, filho do Brasil; Rua Augusta; Gonzaga de pai pra filho), Cyria Coentro (Entre Irmãs), Lorena Comparato (Boca de ouro; Homens; Cine Holliúdy), André Gonçalves (Nada a perder), Sergio Malheiros (Alto Astral) e Leandro Firmino (Cidade de Deus); e dá continuidade à história do narcotraficante Evandro do Dendê (Raphael Logam) e do policial Victor Morello (Rui Ricardo Diaz), que enfrentarão novos conflitos pessoais, familiares e criminais no contexto da guerra do tráfico de drogas na América Latina.

Como nas temporadas anteriores, a aclamada série promete cativar os fãs com uma trama envolvente, personagens complexos e emocionantes, abordando questões atuais da região através da ficção.

Dirigida por René Sampaio (Faroeste Caboclo; Eduardo e Monica) e Tomás Portella (4×100), a produção é escrita por Alexandre Fraga, Debora Guimarães, Gabriel Maria, Rafael Spínola, Victor Rodrigues e Tomás Portella e conta com a produção executiva de Romulo Marinho e Juliana Funaro.

O que esperar da nova temporada?

Os dez novos episódios de Impuros, com duração de 45 minutos cada, mostram Evandro e sua família indo para o Paraguai, onde o traficante expande seu negócio vendendo armas para facções criminosas no Brasil, enquanto continua a lutar pela atenção de sua mãe Arlete (Cyria Coentro). Além disso, a filha de Morello vive uma paixão proibida, confrontando o policial com um dilema: autorizar o romance que mantém a filha longe da cocaína ou intervir, usando o namorado como informante para aproximá-lo de seu maior rival. No primeiro episódio da nova temporada, Evandro é encurralado pela polícia em sua casa e é obrigado a proteger sua família e fugir, mas terá que lidar com novos inimigos após a morte da família Urquiza.

Além de marcar o retorno dos personagens de Evandro e Arlete, os novos episódios reúnem o público com Geise (Lorena Comparato), a mulher de Evandro e mãe de seu filho; Salvador (André Gonçalves), eterno rival de Evandro; Wilbert (Sergio Malheiros), o traficante do Morro do Dendê; Afonso (João Vitor Silva, Verdades Secretas), amigo de infância de Evandro e ex-capitão do Segundo Exército sob a identidade de Tabuada; Inês (Karize Brum, A cara do Pai), filha de Morello; Hermes (Peter Brandão, Babilônia), o braço direito de Evandro; Neves (Cesar Troncoso, O Banheiro do Papa) o traficante paraguaio e Pilar (Julieta Zylberberg, Minha Amiga do Parque), a competente policial internacional. A nova temporada, por sua vez, apresenta Navarro (Nicolás Furtado, El Marginal –  O Cara de Fora), um traficante boliviano que representará uma nova grande ameaça para Evandro.

A nova temporada completa de Impuros chega exclusivamente no Star+ como parte de sua robusta oferta de conteúdo original de alta qualidade criado para a América Latina, incluindo histórias localmente relevantes em uma grande variedade de gêneros para o público adulto. A primeira e a segunda temporadas da série também estarão disponíveis na íntegra para todos os assinantes em 31 de agosto.

NEW AMSTERDAM: O QUE ESPERAR DA TERCEIRA TEMPORADA?

Exibido exclusivamente no STAR Life, no Brasil, os novos episódios vão ao ar às quartas-feiras no canal. Na nova temporada, Dr. Max Goodwin e sua equipe precisam enfrentar os desafios da pandemia, de suas vidas pessoais e do sistema de saúde dos EUA

New Amsterdam, (Foto: divulgação)

No último dia 11 de agosto, o STAR Life estreou com exclusividade no Brasil os dois primeiros episódios da terceira temporada do drama médico “New Amsterdam”. Com exibição semanal às quartas-feiras, às 22h30, a série continua acompanhando o brilhante e encantador Dr. Max Goodwin (Ryan Eggold, Blacklist), que luta para romper as velhas estruturas e voltar a atenção aos pacientes, enquanto tenta equilibrar sua vida profissional e pessoal.

A nova temporada conta com 14 episódios, em que vemos a dedicação de Max e sua equipe em consertar o sistema de saúde quebrado. Entretanto, todos os planos são colocados à prova em meio aos desafio únicos e esmagadores de uma pandemia global. Porém, não importa os obstáculos que enfrentem, estes médicos heróis permanecem esperançosos e comprometidos em revolucionar a área da saúde, um paciente por vez.

Confira abaixo temas que serão abordados na nova temporada!

CUIDADO! O TEXTO ABAIXO TEM SPOILERS

New Amsterdam (Foto: divulgação)

COVID-19 E O SISTEMA DE SAÚDE

A pandemia de Covid-19 é um dos temas que permeiam e tem grande impacto na nova temporada de “New Amsterdam”. Durante os episódios da série vemos o impacto da pandemia no primeiro hospital público dos Estados Unidos, tanto na vida dos pacientes quanto dos médico que ali trabalham. Além da pandemia, os médicos têm que enfrentar a desigualdade do sistema de saúde americano que afeta a vida da população mais precária. 

ROMANCE
Uma principal incógnita buscada pelos fãs é se Max e a Dra. Helen Sharpe (Freema Agyeman) finalmente ficarão juntos. Existe uma química entre eles desde a primeira temporada, só que sempre existiu empecilhos para que o romance acontecesse. Agora, com a chegada do Dr. Cassian (Daniel Dae Kim ) há especulações de que um clima poderá rolar entre o novo médico e Helen. Será que mais uma vez o casal formado por Max e Sharpe não irá acontecer?

VIDA PESSOAL E PROFISSIONAL

Nos novos episódios, Max tenta se recuperar da recente morte de sua esposa, enquanto tem que balancear suas responsabilidades como pai solteiro e diretor do hospital. Os outros médicos do hospital também terão que balancear sua vida pessoal e profissional, já que Lauren Bloom (Janet Montgomery) reencontra com sua mãe, Iggy Frome (Tyler Labine) luta para aceitar sua imagem, Vijay Kapoor (Anupam Kher) ganha um neto.

NÃO AO RACISMO

Outro tema (importantíssimo, diga-se de passagem) que foi retratado na nova temporada de “New Amsterdam” é o racismo. Em um dos novos episódios, Max fará de tudo para acabar com qualquer atitude racista dentro do hospital.

STAR LIFE APRESENTA EXCLUSIVAMENTE A TERCEIRA TEMPORADA DE “NEW AMSTERDAM”

A nova temporada estreou na quarta-feira, 11 de agosto, às 22h30 com episódio duplo, no canal. Nos novos episódios, Dr. Max Goodwin e sua inspiradora equipe voltam para revolucionar o sistema de saúde, enfrentando os impressionantes desafios de uma pandemia

(Foto: divulgação)

Na quarta-feira, 11 de agosto, às 22h30 chegou ao STAR Life a terceira temporada de New Amsterdam com episódio duplo de estreia. O drama emocional inspirado no hospital público mais antigo dos Estados Unidos acompanha o novo diretor médico da instituição, o brilhante e encantador Dr. Max Goodwin (Ryan Eggold, Blacklist), que chega para romper com as velhas estruturas e voltar a atenção aos pacientes, enquanto tenta equilibrar sua vida e superar seus demônios pessoais.

Sem aceitar um “não” como resposta, o Dr. Goodwin deverá mudar o status quo e mostrar que não parará por nada, e junto com sua inspiradora equipe de médicos e enfermeiras, tentará romper a burocracia do estabelecimento e sacudi-la por completo, para fornecer o melhor atendimento possível aos pacientes e, assim, restaurar a glória e dar uma nova vida a este hospital único.

Na terceira temporada, composta por 14 episódios, a dedicação de Max e sua equipe em consertar o sistema de saúde quebrado é posta à prova em meio aos desafio únicos e esmagadores de uma pandemia global. Porém, não importa os obstáculos que enfrentem, estes médicos heróis permanecem esperançosos e comprometidos em revolucionar a área da saúde, um paciente por vez.

Enquanto isso, a equipe de Max também deverá passar por suas próprias jornadas pessoais: as mudanças profissionais de Helen Sharpe (Freema Agyeman, Law & Order), o reencontro de Lauren Bloom (Janet Montgomery, Salem) com sua mãe, a saída de Floyd Reynolds (Jocko Sims, Masters of Sex), a luta de Iggy Frome (Tyler Labine, Deadbeat) para aceitar sua imagem e a chegada do neto de Vijgy Kappor (Anupam Kher, Silver Linings).

Além disso, o Dr. Goodwin deve suportar a tristeza pela recente morte de sua esposa, suas responsabilidades como pai solteiro e a doença que ainda vagueia no seu espelho retrovisor. “Como posso ajudar?” não é apenas o bordão de Max, é sua razão de viver, e enquanto ele estiver ajudando os outros, ele poderá encontrar esperança nos lugares mais desolados.

New Amsterdam é inspirada nas memórias do Dr. Eric Manheimer Doze Pacientes: Vida e Morte no Hospital Bellevue e seus 15 anos como diretor médico do hospital. Peter Horton e David Schulner são os produtores executivos da série ao lado de Michael Slovis, David Foster, Aaron Ginsburg e Shaun Cassidy.

“ONDE ESTÁ MEU CORAÇÃO” É UMA DAS PRINCIPAIS ESTREIAS DO STREAMING NACIONAL EM 2021

Letícia Colin, Fábio Assunção e Mariana Lima são os grandes destaques da produção do Globoplay

Por Guilherme Melo

(Foto: divulgação)

O drama de Amanda (Letícia Colin), jovem médica que se torna dependente química, é o ponto central de “Onde Está Meu Coração”. Gravada em 2019, a série teve seu lançamento adiado por causa da pandemia do novo coronavírus e foi lançada pelo Globoplay em maio deste ano.

A produção marca a estreia de Letícia Colin no streaming, em um papel complexo e cheio de nuances, após trabalhos interessantes na televisão. Em “Chamas da Vida” (Record TV), a atriz chamou atenção como Vivi, jovem que sofreu abuso sexual de um pedófilo. Na Globo, já em papéis adultos, se destacou em produções como “Novo Mundo”, “Nada Será Como Antes”, “Segundo Sol” e “Cine Holliúdy”.

Escrita por George Moura e Sergio Goldenberg, a série promove o reencontro de Fábio Assunção e Mariana Lima, 25 anos após viverem um casal de grande sucesso nos anos 90, em “O Rei do Gado” (TV Globo). Eles interpretam David e Sofia, os pais de Amanda, que fazem de tudo para afastar a filha das drogas. A produção explora a dura decisão de internar uma dependente química contra a sua vontade, os altos de baixos desse tipo tratamento, além dos erros e acertos promovidos por pai e mãe ao longo do processo, sempre com a intenção de ajudar a filha. Ao mesmo tempo, o casal busca salvar o casamento em crise e resolver pendências do passado.

(Foto: divulgação)

Daniel de Oliveira (o eterno Cazuza dos cinemas) é outro destaque do elenco. Ele vive Miguel, o marido de Amanda. Os dois vivem uma relação intensa e a família dela faz de tudo para que o casal se separe, tendo em vista que foi Miguel quem apresentou o universo das drogas para ela. Este é mais um grande personagem vivido por Daniel Oliveira, que já coleciona uma longa lista de sucessos na TV e no Cinema.

A cidade de São Paulo também é protagonista da série. Sua arquitetura é explorada de forma muito especial, apresentando um olhar único da capital paulista. Há também cenas gravadas na cidade de Santos.

(Foto: divulgação)

A trilha sonora também merece elogios. Canções de Nina Simone, Despache Mode, Gal Gosta, Tim Maia, Nick Cave And The Bad Seeds, Jards Macalé, Nação Zumbi e Leonard Cohen estão entre os hits escolhidos pra embalar a história.

Se você é fã de produções do gênero dramático, meu conselho é parar tudo o que está fazendo (ou assistindo) e maratonar “Onde Está Meu Coração”. E não se esqueça de deixar um lenço ao lado, porque um cisco pode cair em seu olho em vários momentos de cada episódio!

(Foto: divulgação)

“UM MILHÃO DE COISAS” NOS FAZ REFLETIR SOBRE A RELAÇÃO COM A FAMÍLIA E OS AMIGOS

Série se passa na cidade de Boston, nos tempos atuais, e mostra um grupo de amigos tentando lidar com uma perda

Por Guilherme Melo

Um Milhão de Coisas está disponível no Globoplay. (Foto: divulgação)

O suicídio de Jonathan Dixon (Ron Livingston) faz a vida de um grupo de amigos virar de ponta-cabeça. Na visão de todos, ele vivia um casamento perfeito, tinha filhos lindos, era bem-sucedido nos negócios e considerado um entusiasta pela vida. Mas nem tudo é o que parece!

“Um Milhão de Coisas” é o título brasileiro da série do canal americano ABC “A Million Little Things”, no Brasil disponível no catálogo do Globoplay. A série conta com três temporadas e a quarta já foi confirmada. É um drama, mas se prepare também pra momentos de suspense. Afinal de contas, todo mundo quer saber o que levou Jonathan Dixon a se matar, e cada episódio constrói um pedaço deste quebra-cabeça. A produção destaca pequenas coisas que deixamos de lado em nossa rotina, mas que definem o sentido de nossas vidas.

Delilah (Stéphanie Szostak) é a viúva de Jonathan e vive um romance escondido com um de seus melhores amigos, o Eddie (David Giuntoli). Ela precisa superar e entender junto com os filhos o suicídio do marido, resolver o relacionamento com o amante, entre outros conflitos que surgem ao longo da história.

“Um Milhão de Coisas” também se aprofunda nos conflitos de cada integrante do grupo. Maggie (Allison Miller) acaba de se curar de um câncer de mama, mas descobre que ele voltou e decide não se tratar. Já o Gary (James Roday) se apaixona pela primeira vez e, olha só, justo pela Maggie que, de acordo com os médicos, tem apenas um ano de vida. Rome (Romany Malco) busca o sucesso profissional e luta contra a depressão, com apoio da esposa Regina (Christina Moses), que encara o desafio de abrir um segundo restaurante, depois de falir o anterior. Enquanto isso, a Katherine (Grace Park) tenta se dividir entre o trabalho como advogada e a família, sem saber que o marido Eddie vive um relacionamento extraconjugal com a amiga Delilah. Por fim, temos o Eddie, que precisa resolver questões em aberto com a esposa e a amante, enquanto tenta retomar a carreira de músico.

Esse mosaico de sentimentos, descobertas e conflitor é o grande charme da série, ao lado da diversidade presente no elenco. “Um Milhão de Coisas” entrega bons dialógicos e situações, sem falar nas excelentes atuações. Se você é fã de séries dramáticas e bem escritas, em dois ou três episódios já vai se sentir parte daquele grupo de amigos e se emocionar com cada momento especial dessa deliciosa produção.

Elogiado por Stephen King, ‘Meu amor absoluto’ e sua heroína inesquecível chegam ao Brasil

Com uma linguagem marcante em um ambiente natural e feroz, Meu amor absoluto (Verus), de Gabriel Tallent, é uma leitura profunda e comovente contada com urgência e marca a estreia de um novo e extraordinário escritor. Best-seller do New York Times, a história tem tudo para arrebatar os leitores e as leitoras brasileiras

(Foto: divulgação)

Muito elogiado e merecedor de destaque na imprensa internacional à época de seu lançamento, Meu Amor Absoluto traz novamente um conflito antigo da literatura, o drama de amadurecer, mas narrado por Gabriel Tallent, escritor nascido no Novo México e criado por duas mães, o que poderia ser um clichê reproduzido ganha ares de novidade e originalidade. É o que destaca a crítica, por exemplo, do The Times. Para ser bem objetivo, Meu amor absoluto é uma leitura brilhante, imersiva e arrebatadora sobre a luta de uma garota por sua própria alma. A leitura fluida e arrebatora de Tallent nos conduz pelas páginas a descobrir não só os caminhos de Turtle, a protagonista, mas também uma ambiciosa personagem da literatura: uma nova heroína, por assim dizer, de sua geração.

Turtle Alveston é uma sobrevivente. Aos catorze anos, ela perambula pela floresta ao longo da costa norte da Califórnia. Os riachos, as poças e as ilhas rochosas são seus refúgios e seus esconderijos. Mas, enquanto seu mundo físico é amplo, seu mundo pessoal é pequeno e traiçoeiro: desde a morte de sua mãe, Turtle vive isolada, com seu pai, Martin, que a tortura e ao mesmo tempo a ama. Sua existência social se resume ao ensino médio (onde ela afasta qualquer pessoa, estudante ou professor, que possa se interessar por sua vida) e ao seu pai.

Então Turtle conhece Jacob, um garoto do ensino médio que conta piadas, vive em uma casa grande e limpa e olha para Turtle como se ela fosse o nascer do sol. E, pela primeira vez, o mundo começa a entrar em foco: sua vida com Martin não é segura.

Motivada por suas primeiras amizade real e paixão adolescente, Turtle começa a imaginar uma fuga, usando as habilidades de sobrevivência que seu pai se dedicou a ensiná-la. O que se segue é uma história angustiante de bravura e redenção. Com os crescentes atos de coragem física e emocional de Turtle, o leitor assiste, angustiado, a luta da adolescente para se tornar seu próprio herói — e, no processo, se torna nosso também.

SOBRE O AUTOR

Gabriel Tallent nasceu no Novo México e foi criado na costa de Mendocino por duas mães. Estudou na Universidade de Willamette em 2010 e, após a graduação, passou duas temporadas liderando equipes de trilha para jovens no interior do noroeste do Pacífico. Tallent vive em Salt Lake City.

MEU AMOR ABSOLUTO

Gabriel Tallent

Título original: My absolute Darling

Tradução: Cecília Carmargo Bartalotti

Páginas: 378

Preço: R$54,90

Verus Editora | Grupo Editorial Record

Netflix apresenta o trailer oficial da segunda temporada de ‘Quem Matou Sara?’

O caminho da vingança tem sempre dois túmulos. Quem realmente era Sara?

O passado sempre volta. Há 18 anos, a morte de Sara mudou o destino de Alex Guzmán e da família Lazcano. Agora, em seu plano de vingança, Alex vai precisar ter cuidado, pois há segredos que estão fora de seu controle – saber quem realmente era Sara é apenas o começo.

Quem Matou Sara?, a série de drama e mistério que alcançou 55 milhões de assinantes em sua primeira temporada, retorna no dia 19 de maio, só na Netflix.

Segunda temporada do sucesso “Quem Matou Sara” estreia em maio. (Foro: divulgação)

A segunda temporada conta com os atores Manolo Cardona, Carolina Miranda, Ginés García Millán, Claudia Ramírez, Eugenio Siller e Alejandro Nones e também com as atuações de Matías Novoa, Daniel Giménez Cacho, Martín Saracho, Antonio de la Vega, Ximena Lamadrid, Leo Deluglio, Andrés Baida, Ana Lucía Domínguez, Polo Morín, Luis Roberto Guzmán, Fátima Molina, Ela Velden, Héctor Jiménez, Marco Zapata e Litzy Domínguez, entre outros. Sob a direção de David “Leche” Ruiz, Alfonso Pineda e Carlos Bolado, com o roteiro de José Ignacio Valenzuela e a produção de Juan Uruchurtu para Perro Azul. 
 

A segunda temporada estreia dia 19 de maio, só na Netflix

SÉRIE DRAMÁTICA DA HBO ‘THE NEVERS’ ESTREIA EM 11 DE ABRIL

The Nevers estreia dia 11 de abril na HBO. (Foto: divulgação)

A primeira temporada da série dramática da HBO THE NEVERS estreia sua primeira parte, composta de seis episódios, no domingo, dia 11 de abril, às 22h. A segunda parte, com outros seis episódios, estreará em data ainda a ser anunciada. A série será exibida pela HBO e estará disponível via streaming na HBO GO .

Agosto, 1896. A Londres da Era Vitoriana é profundamente abalada por um fenômeno sobrenatural que dá a certas pessoas, a maioria mulheres, habilidades excepcionais, que vão de encantadoras a perturbadoras. Independentemente do tipo de poder, todo mundo que passa a fazer parte desse grupo corre sérios perigos. Cabe à Amalia True (Laura Donnelly), uma viúva misteriosa e impulsiva, junto à Penance Adair (Ann Skelly), uma jovem inventora brilhante, proteger e abrigar esses “órfãos” habilidosos. Para isso, terão que enfrentar forças brutais determinadas a aniquilar sua espécie.

LEIA MAIS:

Além delas, o elenco conta com:

• Olivia Williams (O Escritor Fantasma) como Lavinia Bidlow, a benfeitora rica que financia o orfanato de Amalia para os marginalizados, também conhecidos como “Touched” (Tocados).

• James Norton (Adoráveis Mulheres) como Hugo Swann, o rico e irreverente proprietário de um bordel.

• Tom Riley (Da Vinci’s Demons) como Augustus “Augie” Bidlow, o doce e desajeitado irmão mais novo de Lavinia, que guarda um segredo.

• Pip Torrens (The Crown) como Lord Gilbert Massen, um alto funcionário do governo que lidera uma cruzada contra as heroínas.

• Ben Chaplin (Além da Linha Vermelha) como o Inspetor Frank Mundi, que está dividido entre suas obrigações policiais e seus princípios morais.

• O indicado ao Emmy® Denis O’Hare (American Horror Story) como Edmund Hague, um médico perturbado que busca descobrir de onde vêm esses poderes.

• Amy Manson (Once Upon a Time) como a sanguinária assassina Maladie, que sente prazer com a dor.

• Rochelle Neil (O Exterminador do FuturoDestino Sombrio) como a incendiária Annie “Bonfire” Carby, uma das integrantes da heterogênea gangue de Maladie.

• Zackary Momoh (Seven Seconds) como o médico do orfanato Horatio Cousens, tocado com o poder da cura.

• Eleanor Tomlinson (O Ilusionista) como Mary Brighton, uma artista resiliente que luta pelo sonho de cantar nos palcos.

• Elizabeth Berrington (Na Mira do Chefe) como Lucy Best, uma pessoa esperta e com capacidade de adaptação, cujo alto-astral e senso de humor rápido ocultam sua dor de um passado trágico.

• Anna Devlin (Todo o Dinheiro do Mundo) como Primrose Chattoway, que com 3 metros de altura e um espírito sonhador, quer ser uma garota comum, sem chamar a atenção.

• Kiran Sonia Sawar (PURE, da HBO MAX) como Harriet Kaur, uma jovem escocesa praticante do siquismo (religião indiana) que pretende ser advogada e está decidida a levar a vida que planejou.

• Viola Prettejohn (The Witcher) como Myrtle Haplisch, uma garota de classe média cuja família não consegue entendê-la, literalmente, já que ela não se comunica mais em nenhuma linguagem que eles compreendam.

• Ella Smith (Ray & Liz) como Désireé Blodgett, uma prostituta com um poder que lhe traz problemas e um filho de 6 anos que não fala.

• Vinnie Heaven como Nimble Jack, um jovem ladrão libertino e charmoso, especialista em arrombamentos e invasões.

• Nick Frost (Todo Mundo Quase Morto) como o temido criminoso Declan “Beggar King” Orrun.

Sinopses dos episódios:

Episódio 1: “Pilot” | Estreia: domingo, 11 de abril, às 22h

Estreia da série. Londres, 1899. Três anos depois que um fenômeno inexplicável de repente as dotou de habilidades extraordinárias, Amalia True (Laura Donnelly) e Penance Adair (Ann Skelly) trabalham para proteger sua espécie de uma antipatia profunda e generalizada. Enquanto isso, o inspetor de polícia Frank Mundi (Ben Chaplin) investiga uma série de assassinatos cometidos por uma serial killer perigosa e supostamente pertencente ao grupo dos “Touched” (Tocados), chamada Maladie (Amy Manson).

Roteiro e direção de Joss Whedon.

Episódio 2: “Exposure” | Estreia: domingo, 18 de abril, às 22h

Com a cidade abalada pela atuação de Maladie (Amy Manson), Mundi (Ben Chaplin) assume pessoalmente a missão de localizá-la, ao mesmo tempo em que Amalia (Laura Donnelly) começa sua própria investigação. Enquanto isso, a benfeitora Lavinia Bidlow (Olivia Williams) tenta desestigmatizar os “Touched” (Tocados) em um evento social, Hugo Swann (James Norton) recruta o irmão mais novo de Lavinia, Augie (Tom Riley), para ajudar a monetizar seu empreendimento ilícito; e o perigoso médico (Denis O’Hare) realiza uma série de experimentos.

Roteiro de Jane Espenson; direção de Joss Whedon.

Episódio 3: “Ignition” | Estreia: domingo, 25 de abril, às 22h

Penance (Ann Skelly) cria um amplificador para espalhar a música de esperança de Mary (Eleanor Tomlinson) pela cidade – mas primeiro Mary precisa encontrar sua voz. Com o aumento dos riscos para o seu grupo, Amalia (Laura Donnelly) propõe um aliado inesperado e quer expandir a atuação do Orfanato. Swann (James Norton) envolve cada vez mais Augie (Tom Riley) e Mundi (Ben Chaplin) em seus negócios.

Roteiro de Kevin Lau; direção de David Semel.

Episódio 4: “Undertaking” | Estreia: domingo, 2 de maio, às 22h

Enquanto Mundi (Ben Chaplin) luta por justiça, Amalia (Laura Donnelly) e seus conselheiros de confiança fazem uma lista de potenciais inimigos. Harriet (Kiran Sonia Sawar), Primrose (Anna Devlin) e os outros Órfãos procuram decifrar uma mensagem. Depois Amalia (Donnelly) revela uma ameaça inesperada.

Roteiro de Madhuri Shekar; direção de David Semel.

Episódio 5: “Hanged” | Estreia: domingo, 9 de maio, às 22h

Enquanto a cidade está em ebulição com a expectativa de uma execução pendente, Penance (Ann Skelly) enfrenta um dilema porque não concorda moralmente com o plano de Amalia (Laura Donnelly). Com as duas mulheres em uma encruzilhada, os Órfãos devem decidir a quem vão seguir.

Roteiro de Melissa Iqbal; direção de Joss Whedon.

Episódio 6: “True” (Fim da primeira parte) | Estreia: domingo, 16 de maio, às 22h

Depois que a história da origem de Amalia (Laura Donnelly) é revelada, uma reunião muito esperada consolida a missão dos Órfãos.

Roteiro de Jane Espenson; direção de Zetna Fuentes.

A primeira parte de THE NEVERS na temporada de estreia tem produção executiva de Joss Whedon, Bernadette Caulfield, Ilene S. Landress, Doug Petrie, Jane Espenson e Philippa Goslett. Acoprodução executiva é de Daniel S. Kaminsky.