Arquivo da tag: Egito

CONHEÇA OS PERSONAGENS DE “MORTE NO NILO”, NOVO FILME BASEADO EM ROMANCE DE AGATHA CHRISTIE

O longa da 20th Century Studios estreia nos cinemas em 10 de fevereiro e traz um elenco renomado

Dirigido por Kenneth Branagh e protagonizado por um elenco de destaque, Morte no Nilo chega aos cinemas em 10 de fevereiro. Baseado no romance homônimo de Agatha Christie de 1937, o filme é um suspense sobre o caos emocional e as drásticas consequências de um amor obsessivo.

Em Morte no Nilo, as férias do detetive belga Hércules Poirot (Kenneth Branagh) a bordo de um glamuroso navio a vapor no Egito se transformam em uma terrível procura por um assassino, enquanto a lua-de-mel idílica de um casal perfeito é tragicamente interrompida. Ambientada em uma épica paisagem de vistas arrebatadoras do deserto e as majestosas pirâmides de Gizé, esta história de paixão desenfreada e ciúmes apresenta um grupo cosmopolita de viajantes impecavelmente vestidos, e as reviravoltas inesperadas suficientes para deixar o público inquieto e perplexo até o chocante desfecho.

Para se preparar para a estreia, conheça, abaixo, os personagens do filme, interpretados por grandes nomes:

Hercule Poirot (Kenneth Branagh)

(Foto: divulgação)

Kenneth Branagh interpreta Hercule Poirot, uma das criações mais amadas e mais conhecidas de Agatha Christie. O personagem é um detetive belga perspicaz, autodepreciativo, cavalheiro e gentil, que aproveita as regalias de uma vida socializando em meio à elite.

Bouc (Tom Bateman)

(Foto: divulgação)

Os personagens Euphemia Bouc (Anette Bening) e Bouc (Tom Bateman) em cena de Morte no Nilo

Tom Bateman retorna como o belo, charmoso e bem-humorado Bouc, o braço direito de Hercule Poirot. O ator conta que ficou feliz por reprisar seu papel de “Assassinato no Expresso do Oriente” (2017), e abraçou o enredo emocionante. “Foi muito interessante retornar a ele”, afirma Bateman. “No filme anterior, Bouc não se importava com ninguém além dele mesmo, mas agora ele cresceu e aprendeu a se importar.”

Euphemia Bouc (Annette Bening)

(Foto: divulgação)

Anette Bening dá vida a Euphemia Bouc, mãe de Bouc, uma pintora renomada, que é desdenhosa, cheia de si e superprotetora em relação ao filho. Animada por fazer parte do elenco, Bening se entregou totalmente à personagem no contexto do período em que a história se passa, e sua atitude aparentemente cínica em relação ao amor. “Eu me diverti muito lendo sobre mulheres do período e o mundo boêmio na virada do século”, afirma Bening. “Aprender sobre pintoras do período, e onde Euphemia pode ter treinado e como isso pode ter impactado sua vida romântica foi uma parte muito importante no processo de entender a personagem.”

Linnet Ridgeway (Gal Gadot)

(Foto: divulgação)

A alegre, elegante e podre de rica Linnet Ridgeway, herdeira de uma família conhecida e bem respeitada, é interpretada por Gal Gadot. Confiante e graciosa, a personagem nunca conheceu o amor verdadeiro, e fez diversos inimigos ao longo dos anos por conta de sua riqueza. “Ela é muito autocentrada, mas, ao mesmo tempo, muito compassiva”, afirma Gadot. “Ela está acostumada a ter as coisas do seu jeito, mas é solitária, então ela tem um grande vazio por dentro.”

Simon Doyle (Armie Hammer)

(Foto: divulgação)

Armie Hammer e Gal Gadot como os personagens Simon Doyle e Linnet Ridgeway

Desempregado, porém belo e naturalmente charmoso, Simon Doyle é apaixonado por Jackie de Bellefort, até que ela o introduz à sua amiga de escola Linnet Ridgeway. Armie Hammer é quem dá vida ao personagem, e o ator achou o papel desafiador por se tratar de alguém que passa boa parte do tempo escondendo seu verdadeiro eu. “O quanto você pode mostrar, o quanto pode deixar escapar?”, pondera o ator. “Tem que acertar o equilíbrio; meu personagem precisa ser crível durante toda a história.”

Louise Bourget (Rose Leslie)

(Foto: divulgação)

Rose Leslie interpreta Louise Bourget, a criada pessoal de Linnet Ridgeway, a quem é devota. “Louise está muito envolvida na extravagância da coisa toda”, diz a atriz, “mas isso deve ser um pouco doloroso. Ela está curtindo a vida de luxo, querendo se associar a esse grupo, querendo fazer parte do clã. No entanto, Linnet está sempre colocando o dedo na ferida de Louise ao lembrá-la qual seu lugar na hierarquia.”

Jacqueline de Bellefort (Emma Mackey)

(Foto: divulgação)

Gal Gadot (que interpreta Linnet Ridgeway), Emma Mackey (Jacqueline De Bellefort) e Armie Hammer (Simon Doyle) em cena de Morte no Nilo

Emma Mackey é Jacqueline De Bellefort, que é atraente, espirituosa e mais inteligente do que aparenta, graças à sua educação em um internato. Nascida na aristocracia francesa, mas atualmente pobre, ela está perdidamente apaixonada por Simon Doyle. “Mesmo sendo uma mulher independente, forte e resiliente, ela faz tudo por Simon”, diz Mackey. “Jacqueline é movida por seu amor por Simon… sua razão de existir é Simon.”

Salome Otterbourne (Sophie Okonedo)

Sophie Okonedo interpreta Salome Otterbourne, a sensual cantora americana contratada para se apresentar no casamento egípcio de Simon Doyle. “Ela é uma mulher que simplesmente ama a vida”, diz Okonedo. “Ela é muito confiante sobre si mesma e sobre seu corpo.”

Rosalie Otterbourne (Letitia Wright)

A sobrinha de Salome Otterbourne, Rosalie, que administra a carreira de cantora de sua tia, é interpretada por Letitia Wright, uma personagem sofisticada, espirituosa e ambiciosa. A atriz se atraiu pelo papel de Rosalie por causa de sua garra e determinação. “Ela é jovem e ainda assim muito motivada e diligente”, diz Wright. “É muito interessante trazer para a história uma personagem sensata como essa e ver certas situações que derrubam essa confiança.”

Andrew Katchadourian (Ali Fazal)

Andrew Katchadourian é o belo e gentil “primo” e amigo de infância de Linnet Ridgeway, cujo escritório de advocacia lida com todos os assuntos da família Ridgeway. O papel é interpretado por Ali Fazal, que ficou encantado por fazer parte do elenco. “Minha infância foi repleta de livros de Agatha Christie. O ‘Assassinato no Expresso do Oriente’ foi tão impressionante e tão rico.”

(Foto: divulgação)

Os personagens Andrew Katchadourian (Ali Fazal), Rosalie Otterbourne (Letitia Wright) e Salome Otterbourne (Sophie Okonedo)

Linus Windlesham (Russell Brand)

Russell Brand é Linus Windlesham, um médico aristocrático, gentil e obcecado pela saúde. Ele já foi noivo de Linnet Ridgeway e deseja fazer o bem no mundo. O ator optou por focar “no calor e na integridade do personagem”, buscando autenticidade no papel, abraçando pesquisas sobre a medicina dos anos 1930.

Morte No Nilo estreia exclusivamente nos cinemas em 10 de fevereiro.

De faraós a sultões, os laços que unem Egito e Turquia

Pirâmides e palácios estão nos roteiros da Françatur, que incluem cruzeiro pelo Rio Nilo e mergulho no Mar Vermelho

Berço da civilização, o Egito é dono de uma tradição histórica singular, cujo legado exerce fascínio em viajantes do mundo todo. Na terra dos antigos faraós, tesouros arqueológicos como as pirâmides de Gizé resistiram ao tempo e às invasões, sobretudo aos quase três séculos de domínio do Império Turco-Otomano, a partir de 1517.

Uma das sete maravilhas do mundo antigo, que ainda existe, as pirâmides Quéops, Quéfren e Miquerinos são parte de um roteiro sagrado de quem visita o Cairo, capital do país. A enigmática Esfinge também está entre os cartões-postais dessa viagem. No Egito, a água cristalina de Hurghada é outro ponto de interesse de turistas, que escolhem essa região de resorts às margens do Mar Vermelho para mergulhar ou relaxar sob o sol.

Françatur tem destinos pela história do Egito. (Foto: Divulgação)

Essas maravilhas egípcias são vistas no roteiro da Françatur dedicado ao país, que inclui ainda um cruzeiro de quatro noites pelo Rio Nilo. Pelo caminho, a embarcação atraca para os viajantes descobrirem outros lugares, como os Templos de Luxor e Karnak. Essa navegação pelo mais extenso e um dos mais emblemáticos rios da humanidade faz parte também do programa da operadora que visita o Egito com a Turquia.

Separado geograficamente pelo Mar Mediterrâneo, o Egito foi anexado à Turquia como parte dos planos de expansão dos sultões. Governantes se notabilizaram pelo estilo de vida excêntrico, que deu origem a lugares como o Palácio Topkapi, na cidade de Istambul. O Grand Bazaar é mais um destino obrigatório, com as suas mais de 4.000 lojas ao longo de cerca de 60 ruas cobertas, a fim de apreciar (e comprar) tapetes, joias, tecidos e roupas na cidade turca.

Já o melhor lugar para saber sobre toda a complexidade do passado do país é o Museu das Civilizações da Anatólia, uma das atrações da capital, Ankara. Mas é distante dos luxuosos palácios e da agitação urbana, que está um dos grandes atrativos de uma jornada pela Turquia: o sobrevoo de balão para apreciar o nascer do sol na região da Capadócia.

Os dois programas da Françatur levam o viajante a conhecer cartões-postais e a identificar os fortes laços culturais e religiosos presentes até hoje no Egito e na Turquia. Mais informações podem ser obtidas no site www.francatur.com.br, nas redes sociais @francaturturismo e nos telefones (11) 3149-3163 ou (21) 2102-2440.

Museu Egípcio Itinerante passará por Curitiba

Mais de 400 peças serão expostas entre os dias 17 e 26 de maio na Feiarte – Feira Internacional do Artesanato

Entre os dias 17 e 26 de maio, além de aproveitar uma das maiores feiras de artesanato do sul do país, a Feiarte – Feira Internacional de Artesanato, curitibanos e turistas poderão visitar uma atração especial: o Museu Egípcio Itinerante, que desembarca em Curitiba com espaço inédito no evento.

A exposição conta com mais de 400 peças e artefatos que contam a história de uma das civilizações mais antigas do mundo. Uma ótima oportunidade para quem quer mergulhar nesse universo e conhecer um pouco mais sobre o assunto.

Serão dez dias de evento, com mais de 180 expositores de 15 países com os mais variados estilos e as mais variadas tradições. Além disso, os visitantes contam com espaço gastronômico, espaço kids e mais de 15 oficinas de artesanato durante o evento.

Feiarte – Feira Internacional de Artesanato, acontece entre os dias 17 a 26 de maio, de segunda à sábado, das 14h às 22h e aos domingos das 14h às 21h, no Expo Barigui (Rua Batista Ganz, 430 – Santo Inacio). As entradas custam R$12 (inteira) e R$6 (meia-entrada); a primeira hora de evento terá sempre entrada gratuita. Para mais informações, acessewww.feiartepr.com.br ou as páginas oficiais do evento no Facebook (www.facebook.com/feirafeiarte ) ou Instagram (www.instagram.com/feirafeiarte).

Belezas e outros fascínios do Egito

Viagens de tirar o fôlego e guardar na memória são oferecidas para o país pela operadora de turismo Françatur

Dono das pirâmides mais famosas e conhecidas do mundo, o Egito está na mira de todos que buscam conhecer de perto um dos lugares mais importantes para a história das civilizações. A operadora de turismo Françatur oferece roteiros de oito e três noites para descobrir, ver e vivenciar tudo de melhor que o país tem a oferecer.

Além das belezas naturais e das pirâmides, há templos para se extasiar em diversas cidades egípcias, incluindo a capital, Cairo. As esfinges e o Rio Nilo, o mais importante do continente africano e um dos maiores do mundo, são outros pontos altos, assim como shows de luzes e museus que contam a história do período dos faraós.

Para quem quer explorar tudo o que a cidade do Cairo tem para oferecer, o roteiro “Cairo Fascinante” é perfeito. Em quatro dias, fazem parte da programação passeios pelos pontos mais famosos e requisitados da capital, como a necrópole de Gizé, onde estão as pirâmides Keops, Kefren e Micerinos, além de visitas à Esfinge e ao Templo do Vale.

Já para os que estão mais interessados em viagens mais longas e que ultrapassem as fronteiras do Cairo, há o roteiro “Cairo com Cruzeiro”, que contempla navegações pelas águas que foram o principal meio de transporte para mercadorias e pessoas no início das civilizações. Na programação também estão passeios nas cidades de Assuão, Kom Ombo, Edfu, Esna e Luxor com visitas a templos simbólicos e que criam a possibilidade de uma imersão real na cultura e história locais.

Os roteiros da Françatur incluem hospedagem com café da manhã, traslados e passeios. Mais informações podem ser obtidas no site www.francatur.com.br, nas redes sociais @francaturturismo ou nos telefones (11) 3149-3163 ou (21) 2102-2440.

3 desertos pelo mundo para se conhecer

Ao contrário do que muita gente imagina, os desertos são lugares que guardam paisagens exuberantes. E para provar, a plataforma colaborativa Lugares Pelo Mundo separou três desertos que são belíssimos cenários e ótimos destinos para aventureiros e amantes da natureza. Confira:

Namíbia

_nambia_HerryB on Visual hunt.jpg
(Foto: Divulgação)

Acredita-se que esse seja o deserto mais antigo do mundo. Ocupa parte da Angola, Namíbia e África do Sul.  Está protegido por uma série de Parques Nacionais, Áreas de Recreação e Áreas Diamantadas Protegidas.

Um dele é o Parque Nacional Namib-Naukluft. Lá está localizado o Sossusvlei, local onde é possível  encontrar as icônicas dunas vermelhas gigantes. Suas dunas sobem até quase 400 metros – algumas das mais altas do mundo. Se revelam um espetáculo à parte durante o nascer e pôr do sol, e atraem entusiastas da fotografia de todo o mundo. Os visitantes podem também escalar ‘Big Daddy’, uma das dunas mais altas de Sossusvlei.

A parte sul do deserto é extremamente seca, o guelengue-do-deserto é o único  grande mamífero que habita o local. E lá também se encontra uma das plantas mais notáveis do mundo. Conhecidas como fósseis vivos,  a Welwitschia são as folhas mais longevas de qualquer membro do reino vegetal, estima-se que as maiores possuem cerca de 2.500 anos de idade.

Saara

saara.jpg
(Foto: Divulgação)

É considerado o terceiro maior deserto do mundo, isso pois a Antártida e o Ártico são considerados desertos. Ocupa os países:  Argélia, Chade, Egito, Líbia, Mali, Mauritânia, Marrocos, Níger, Saara Ocidental, Sudão e Tunísia.

Marraquexe e Agadir são cidades de entrada pelo Marrocos para safáris no deserto. O Egito também é famoso por seus passeios e oásis, como: Bahariya Oasis, Dakhla Oasis, Farafra Oasis, Kharga Oasis e Siwa Oasis.

A Tunísia oferece vários tipos de passeios pelo deserto, como Cânions e Oásis, “The Grand Erg”, Região do Douz e vilas tradicionais. Os outros países também fazem safaris pelo deserto, e possuem locais famosos, e importantes como é o caso do Vale M’zab, da Argélia, que é considerado Patrimônio Mundial pela UNESCO.

Atacama

the-atacama-desert-2832866_1920.jpg
(Foto: Divulgação)

Localizado no norte do Chile, o Deserto do Atacama reserva muitas surpresas para o visitante. É um destino para toda família!  São gêiseres, praias e vales. E inúmeras paisagens incríveis.

Além disso oferecem ainda o chamado “astroturismo”, são observatórios astronômicos abertos em que é possível ver constelações inteiras. São várias cidades que é possível se visitar no norte do país, que fazem parte ou estão próximas ao deserto, como: Arica, Alto El Loa, Iquique, San Pedro de Atacama, Antofagasta, Vale de Copiapó, Limarí, La Serena, Vale del Huasco e Vale del Elqui.