Arquivo da tag: Entre a Luz e a Escuridão

6 motivos para começar a ler hoje mesmo a trilogia "Sob a Luz"

(Foto: Divulgação)

Com uma história intensa, eletrizante e cheia de reviravoltas, esta coleção pode ser a opção perfeita para quem busca adrenalina e emoção no mundo da literatura

A raça humana não é mais a mesma, novas espécies surgiram, e agora é cada um por si. Intrigas, complôs, opressão, romance e cenas de ação marcam a narrativa da trilogia “Sob a Luz”, de Ana Beatriz Brandão. Com os primeiros lançamentos – Sob a Luz da Escuridão e Entre a Luz e a Escuridão –, publicados pela Editora Verus, do Grupo Editorial Record, a autora entusiasmou os apaixonados por livros de fantasia, garantindo fortes emoções.

Nesta distopia, a trama se desenvolve com o seguinte plano de fundo: a humanidade foi levada ao caos depois que um ditador começou a busca por uma raça perfeita. Após 50 anos de guerras e massacres, grupos de resistência foram criados e conquistam o objetivo de destituí-lo do poder.

A partir dali, pessoas da elite da sociedade fundam o Instituto Leonard Travis Goyle (LTG), em homenagem ao ditador que passou a determinar as regras. Com a radiação das bombas nucleares, algumas pessoas tiveram alterações no DNA, dando início a uma nova espécie com poderes especiais, os metacromos.

Uma história de tirar o fôlego, não é mesmo? Mas existem outros seis bons motivos para virar fã da série e começar a ler os livros da trilogia hoje mesmo! Confira:

1. Um mundo distópico

Se você gosta de séries como “3%” e “Westworld”, e livros como “Jogos Vorazes” e “Admirável Mundo Novo”, com certeza, vai amar ler estas obras. É o desafio de viver em um mundo de caos que prende a atenção na história do início ao fim. A destruição da Terra começa com Leonard Travis Goyle, que originou todas as guerras do futuro e dizimou nações em busca de uma raça perfeita. Após conseguir tirar o ditador do poder, o problema continuou com a criação do instituto de Goyle, que continuou a definir as regras da sociedade.

  1. Poderes especiais

Lollipop e Jazz são sobreviventes metacromos, com poderes especiais, e elas entram para um grupo de resistência liderado por Evan e seu discípulo Sam. Lolli tem o poder da telecinese (habilidade de mover coisas com a mente); Evan, vampiro milenar, é telepata e controla a mente das pessoas; Jazz e Sam dominam o fogo. E o instituto? Caça os metacromos para realizar experiências, sem compaixão ou humanidade.

  1. Muita ação

A cena é desastrosa, e o caos de um mundo pós-apocalíptico foi implantado. Além das dúvidas sobre as próprias origens, os personagens precisam usar os próprios poderes para, literalmente, lutar contra os opressores e garantir a sobrevivência. Além disso, a narrativa mantém viva a fama da autora de “George R. R. Martin brasileira”, por matar muitos personagens. Por isso, prepare-se: mortes inesperadas vão acontecer.

  1. Amor em meio ao caos

A raça humana até pode estar bem diferente, com medo e mais agressiva, mas a amizade e o amor, com pitada de romance, não deixam de existir. Inclusive estes sentimentos se tornam ainda mais fortes com a união dos personagens, e é exatamente isso que deixa os dias pela sobrevivência menos difíceis.

  1. Proximidade com a realidade?

“Qualquer relação com a realidade é mera coincidência.” Será mesmo? Ao longo da trama, é possível associar algumas características abordadas na narrativa que estão muito presentes na realidade do mundo: a força da amizade e do amor, a intolerância governamental, que vem acontecendo em muitos países, junto com o uso do poder para oprimir os mais fracos.

  1. Envolvimento com os personagens

Você vai ficar tão imerso nos livros de Ana Beatriz que, provavelmente, começará a pensar como seus personagens. Lollipop é muito forte e não tem medo de lutar em prol de um mundo melhor, sempre ao lado dos amigos e das pessoas em quem confia. Apesar de ter tido a memória apagada, tem uma visão clara do que acontece no mundo e busca sempre fazer o melhor pela mudança.

Ana Beatriz Brandão promete não só uma boa história, mas também, por meio dos livros, mudar a visão que temos de mundo a cada página escrita. Escritora best-seller – com o Livro O Menino do Cachecol Vermelho, tem apenas 20 anos de idade e uma bagagem de seis títulos com seu nome.

O terceiro livro da trilogia já tem nome, A Luz na Escuridão, e será lançado em 2020, com a promessa de um final emocionante e inesperado. Vale a pena aguardar!

Enquanto a continuação da saga não chega às livrarias, você pode conferir os primeiros dois volumes nos links: https://amzn.to/2M1XZkw e http://bit.ly/entre-a-luz.

Ficha Técnica:
Título: Entre a Luz e a Escuridão
Editora: Verus
Gênero: Fantasia
Idioma: Português
ISBN-10: 850130316X
ISBN-13: 978-8501303165
Tamanho: 16 x 23
Preço: R$ 34,90