Arquivo da tag: Entrevista

ENTREVISTA MICHAEL B. JORDAN, TESSA THOMPSON E FLORIAN MUNTEANU

Por Henrique Moita

Graças a Warner, nós do Diversório, tivemos a oportunidade de participar de uma mesa redonda com os atores principais da franquia Creed, Michael B. Jordan (Adonis Creed), Tessa Thompson (Bianca) e Florian Munteanu (Viktor Drago). Todos nos receberam muito bem, foram muito simpáticos e fizeram questão de expressar todo o carinho que eles têm pelos fãs brasileiros, que de acordo com eles mesmo, são os melhores e mais calorosos do mundo.

Michael, falou um pouco do seu personagem e como era carregar o legado de uma franquia de sucesso, como foi a franquia estrelada por Sylvester Stallone, Rocky. De acordo com o ator, fazer esse segundo filme, foi um pouco mais “fácil” do que o primeiro, pois no anterior ainda tinha um certo peso, por se tratar de um spin-off de um grande sucesso. Ele também falou que essa franquia não tenta competir com a franquia original, pois ela tem sua própria história para ser contada.

Um fato muito interessante sobre esse filme é que os atores, tanto Michael quanto Florian, deixaram claro que eles não consideram o personagem de Florian, Viktor, um “vilão”. Eles o consideram mais como um antagonista e em certo ponto, ambos acham que a personagem deveria ter ganho a luta final, por acreditarem que ele tinha motivos “melhores” para querer a vitória do que o próprio Adonis

Michael B. Jordan e Tessa Thompson participaram de mesa redonda sobre “Creed”. (Foto: Divulgação)

 Para os atores inclusive, era algo que está se tornando recorrente, mas não de uma maneira ruim, em algumas produções atuais, onde o filme não possui um vilão propriamente dito, mas sim um antagonista que, ao passar as suas ideias, chegam a fazer o público até se questionar se o que eles estão pensando e tramando está totalmente errado, como o personagem interpretado pelo próprio Michael B. Jordan, Killmonger, no filme Pantera Negra.

Para Florian, ainda assim o longa foi um pouco mais “difícil” de ser realizado, pelo mesmo motivo citado por Michael: ele era o “cara novo” no filme. Para ele, era o primeiro, então ele ainda tinha esse peso nas costas para carregar. Ainda mais interpretando um filme de um personagem tão icônico como Ivan Drago, interpretado por Dolph Lundgren.

Florian também falou que estava realizando um sonho em poder estar no Brasil, pois ele cresceu ouvindo o seu pai falando do país, principalmente sobre futebol e que ele esperava, assim como Michael em poder voltar o mais rápido possível, de preferência, sem essa “correria” que foi a primeira vez, já que eles estavam aqui para o painel da Warner, na CCXP.

 Tessa veio separada dos dois atores principais e foi também uma agradável surpresa para todos nós. Ela mesma tinha surgido de surpresa na própria CCXP no painel do novo filme do MIB, o qual ela protagonizará junto com Chris Hemsworth.

Na rodada de perguntas direcionadas a ela, Tessa falou que gostava muito da sua personagem na franquia de Creed, Bianca, e falou o quanto é importante para as mulheres que as atrizes estão interpretando cada vez mais personagens marcantes em grandes produções e que mesmo quando o foco da história não são elas, como é o caso de Creed, a história delas chega a ser tão interessante quanto a do personagem principal.

  Todos os atores falaram que gostariam de poder transformar Creed em uma franquia tão boa quanto foi Rocky, mas que obviamente, por questões contratuais eles não podiam revelar se veremos Michael e companhia voltando as telas para nos mostrar mais da história de Adonis.

Pessoalmente, acho que se continuassem com a história, a Warner estaria fazendo mais um fanservice. Mas como já me tornei um grande fã dessa franquia, espero que meu “service” seja atendido e que possamos voltar a ver mais desses incríveis personagens. Inclusive, quem sabe, mostrando mais da ligação criada por Adonis e Viktor.

JORDAN VOGT-ROBERTS E ELENCO FALAM SOBRE KONG: A ILHA DA CAVEIRA EM NOVO VÍDEO

Longa com Tom Hiddleston, Samuel L. Jackson e Brie Larson está em cartaz nos cinemas brasileiros

 A Warner Bros. Pictures divulga novo vídeo de Kong: A Ilha da Caveira. O diretor Jordan Vogt-Roberts e parte do elenco falam sobre a grandiosidade e fúria de Kong.

Sobre o filme

Os produtores de “Godzilla” recriaram as origens de um dos mais poderosos monstros mitológicos em Kong: A Ilha da Caveira, da Warner Bros. Pictures, Legendary Pictures e Tencent Pictures.  

Esta aventura fascinante e original do diretor Jordan Vogt-Roberts (“Os Reis do Verão”) conta a história de uma diversa equipe de cientistas, soldados e aventureiros que se unem para explorar uma ilha mítica e intocada no oceano Pacífico, tão bela quanto perigosa. Longe de tudo e todos que podem os ajudar, a equipe se aventura no território do poderoso Kong, dando início à maior das lutas entre o homem e a natureza. Quando sua missão de descoberta se transforma em uma missão de sobrevivência, a equipe deve lutar para escapar de um paraíso primitivo ao qual a humanidade não pertence.

Em 2017, todos saúdam o Rei.

Kong: A Ilha da Caveira é estrelado por Tom Hiddleston (“Os Vingadores”, “Thor: O Mundo Sombrio”), Samuel L. Jackson (indicado ao Oscar por “Pulp Fiction – Tempo de Violência”, “Vingadores: Era de Ultron), John Goodman (“Transformers: A Era da Extinção”, “Argo”), a vencedora do Oscar Brie Larson (“O Quarto de Jack”, “Descompensada”), Jing Tian (“Em Nome da Lei”), Toby Kebbell (“Planeta dos Macacos: O Confronto”), John Ortiz (“Steve Jobs”), Corey Hawkins (“Straight Outta Compton – A História do N.W.A.”), Jason Mitchell (“Straight Outta Compton – A História do N.W.A.”), Shea Whigham (“O Lobo de Wall Street”), Thomas Mann (“Eu, Você e a Garota que Vai Morrer”), com Terry Notary (“Planeta dos Macacos: O Confronto”) e John C. Reilly (“Guardiões da Galáxia”, indicado ao Oscar por “Chicago”). 

Vogt-Roberts dirigiu o filme a partir de um roteiro de Dan Gilroy, Max Borenstein e Derek Connolly, com história de John Gatins. Kong: A Ilha da Caveira é produzido por Thomas Tull, Mary Parent, Jon Jashni e Alex Garcia. Os produtores executivos são Eric McLeod e Edward Cheng.

A equipe de criação nos bastidores incluiu o diretor de fotografia Larry Fong (“Batman vs Superman – A Origem da Justiça”), o designer de produção Stefan Dechant (supervisor de direção de arte em “Bravura Indômita”, “Avatar”), o editor indicado ao Oscar Richard Pearson (“Voo United 93”, “Protegendo o Inimigo”, “A Supremacia Bourne”), a figurinista Mary Vogt (dos filmes “Homens de Preto”) e o compositor Henry Jackman (“Capitão América: Guerra Civil”). A equipe também incluiu o supervisor de maquiagem vencedor do Oscar Bill Corso (“Desventuras em Série, Star Wars – O Despertar da Força”) e o coordenador de dublês George Cottle (“Interstelar”, “Batman – O Cavaleiro das Trevas Ressurge”). A tarefa de dar vida ao Kong coube à Industrial Light & Magic, com o supervisor de efeitos visuais duas vezes vencedor do Oscar Stephen Rosenbaum (“Avatar”, “Forrest Gump – O Contador de História”).

Para levar o público à misteriosa Ilha da Caveira, o diretor Jordan Vogt-Roberts, seu elenco e equipe filmaram em três continentes durante seis meses, capturando as paisagens principais na ilha de Oahu, Havaí – onde as filmagens começaram – na Costa Dourada da Austrália e, por fim, no Vietnã, com filmagens realizadas em diversas locações, algumas das quais nunca antes vistas em filme.

A Warner Bros. Pictures/Legendary Pictures e a Tencent Pictures apresentam Kong: A Ilha da Caveira, uma produção da Legendary Pictures Production, um filme de Jordan Vogt-Roberts. O filme, que está em cartaz nos cinemas brasileiros, foi lançado em 2D e 3D, em salas selecionadas; e IMAX pela Warner Bros. Pictures, uma empresa da Warner Bros. Entertainment.

J.K. ROWLING FALA SOBRE NEWT SCAMANDER EM NOVO VÍDEO DE ANIMAIS FANTÁSTICOS E ONDE HABITAM

David Yates dirige o filme com lançamento previsto para 17 de novembro de 2016

A Warner Bros. Pictures divulga um novo vídeo (link abaixo) de Animais Fantásticos e Onde Habitam, aventura que se passa no Mundo Bruxo™ criado nos best-sellers “Harry Potter”. A escritora e roteirista do filme J.K. Rowling fala sobre a essência e construção do personagem Newt Scamander e porque ele pode ser considerado um novo herói para uma nova era. Eddie Redmayne, que interpreta Newt, também comenta sobre a história de seu personagem.

Animais Fantásticos e Onde Habitam é uma nova aventura que nos leva de volta ao Mundo Bruxo™ criado por J.K. Rowling.

O vencedor do Oscar Eddie Redmayne (“A Teoria de Tudo”) interpreta o personagem principal, o bruxo magizoologista Newt Scamander, sob a direção de David Yates, que comandou os últimos quatro filmes da saga “Harry Potter”.

Animais Fantásticos e Onde Habitam começa em 1926, quando Newt Scamander acabara de concluir uma exploração mundial para encontrar e documentar uma extraordinária variedade de criaturas mágicas. Chegando em Nova York para uma breve escala, ele poderia ter passado por ali sem qualquer incidente… se não fosse por um Não-Maj (o nome americano para “Trouxa”) chamado Jacob, uma maleta mágica extraviada, e a fuga de alguns dos animais fantásticos de Newt, que poderiam causar problemas para os mundos dos bruxos e o dos Não-Maj.

Animais Fantásticos e Onde Habitam também é estrelado por Katherine Waterston (“Vício Inerente”) como Tina; o vencedor do Tony Award, Dan Fogler (“The 25th Annual Putnam County Spelling Bee”) como Jacob; Alison Sudol (“Dig”, “Transparent”) como a irmã de Tina, Queenie; Ezra Miller (“Descompensada”) como Credence; a duas vezes indicada ao Oscar Samantha Morton (“Terra dos Sonhos”, “Poucas e Boas”) como Mary Lou; o vencedor do Oscar Jon Voight (“Amargo Regresso”, série de TV “Ray Donovan”) como Sr. Henry Shaw; Ron Perlman (filmes “Hellboy”) como Gnarlack; Carmen Ejogo (“Selma – Uma Luta Pela Igualdade”) como Seraphina;  Jenn Murray (“Brooklyn”) como Chastity; a jovem estreante Faith Wood-Blagrove como Modesty; e Colin Farrell (“True Detective”) como Percival Graves.

O filme marca a estreia de J.K. Rowling como roteirista, cujos amados livros sobre Harry Potter foram adaptados para a franquia de cinema com a maior bilheteria de todos os tempos. Seu roteiro foi inspirado no livro Animais Fantásticos e Onde Habitam de Hogwarts, escrito por seu personagem Newt Scamander.

O filme reúne diversas pessoas envolvidas nos longas de “Harry Potter”, como os produtores David Heyman, J.K. Rowling, Steve Kloves e Lionel Wigram.

Colaborando com Yates nos bastidores de filmagem estão o diretor de fotografia ganhador do Oscar Philippe Rousselot (“Nada é Para Sempre”, filmes “Sherlock Holmes”), o designer de produção três vezes vencedor do Oscar Stuart Craig (“O Paciente Inglês”, “Ligações Perigosas”, “Gandhi”, filmes “Harry Potter”), a figurinista três vezes ganhadora do Oscar Colleen Atwood (“Chicago”, “Memórias de uma Gueixa”, “Alice no País das Maravilhas”), o supervisor de efeitos visuais ganhador do Oscar Tim Burke (“Gladiador”, filmes “Harry Potter”), o indicado ao Oscar Christian Manz (“Harry Potter e as Relíquias da Morte – Parte 1”) também como supervisor de efeitos especiais, e o editor que colabora com Yates há muito tempo, Mark Day (os últimos quatro filmes “Harry Potter”).

Animais Fantásticos e Onde Habitam foi filmado nos estúdios Leavesden da Warner Bros., na Inglaterra, que foi a casa dos filmes de “Harry Potter” por uma década. Parte das cenas foram filmadas em Liverpool, também na Inglaterra.

A Warner Bros. Pictures programa o lançamento de Animais Fantásticos e Onde Habitam em 2D, 3D e IMAX para 17de novembro de 2016 no Brasil.

Gerard Butler fala sobre a produção de Invasão a Londres

Ator e produtor do filme explica sobre a sequência de Invasão a Casa Branca e porque escolheu a capital britânica como cenário para este thriller de ação

Invasão a Londres (London Has Fallen, EUA/Inglaterra, 2015), sequência do sucesso Invasão a Casa Branca (Olympus Has Fallen, EUA, 2013), tem a produção de Gerard Butler, que também volta a dar vida ao personagem Mike Banning, chefe do serviço secreto dos Estados Unidos. Confira no link abaixo entrevista com o ator.

Butler explica que o sucesso de Invasão a Casa Branca pode ser creditado aos elementos clássicos do filme de ação. “É como estar de volta aos anos 80, com títulos como Máquina Mortífera e Duro de Matar. As pessoas gostam muito”, diz.

O ator também comenta sobre a escolha da capital britânica para a sequência. “Quando decidi participar de Invasão a Londres pensei: para onde vamos? O grande desafio era esse. Então eu pensei: isso pode ser incrível! Um filme desses em Londres!”, explica, animado.

Invasão a Londres, que chega aos cinemas de todo o Brasil no dia 7 de abril, em cópias dubladas e legendadas, começa sua trama com a notícia da morte do Primeiro Ministro britânico. Seu funeral, obviamente, é um evento obrigatório para os principais líderes do mundo e cercado pelo maior e melhor sistema de segurança do planeta.

No entanto, para a surpresa de todos, um grandioso esquema terrorista se inicia no evento, com o assassinato de líderes mundiais e a espantosa destruição de grandes monumentos da capital inglesa, como Hyde Park, Catedral de St. Paul e Abadia de Westminster. Na sequência, o autor do atentado se apresenta e promete um terrível futuro a outras grandes capitais, caso não seja entregue a ele a custódia do presidente dos Estados Unidos, Benjamin Asher (Eckhart).

Apenas três pessoas têm esperança de interromper a tragédia: Asher, Mike Banning (Gerard Butler), chefe do serviço secreto e uma agente do MI-6, Serviço Secreto britânico, que não confia em absolutamente ninguém. Enquanto isso, na Casa Branca, o vice-presidente Trumbull (Morgan Freeman) corre contra o tempo junto de seus consultores mais experientes para dar ao grupo preso em Londres suporte e alternativas para sobreviver às terríveis ameaças.