Arquivo da tag: eSports

Investimento de R$1,5 milhão na Tropa dá retorno e conquistas para os sócios

Com 11 títulos conquistados, Tropa já arrecadou R$143 mil em premiações

(Foto: reprodução)

O mercado de games é um dos mais aquecidos dos últimos anos, com a pandemia ele cresceu ainda mais. Com esse aumento, muitas equipes de eSports foram criadas, entre elas umas das mais vencedoras atualmente: a Tropa. Com investimento de R$1,5 milhão, a organização criada em setembro de 2020 é uma das mais vencedoras desde sua fundação. Ela conquistou os títulos Copa NFA, La Copa, Copa Nobru, Champions Cup, PLF 4×4, CPS, Ursinhos Carinhosos, 4×4 Brabas, G&J e Pooh League.

“A Tropa nasceu de um sonho em que eu, os Belgas, Delo e Det tivemos de criar uma equipe competitiva no cenário nacional. O investimento inicial foi alto, mas graças à Deus foi certeiro, com pro-players e profissionais totalmente dedicados a fazerem a organização crescer e estamos conquistando bons resultados. Em um ano, conquistamos títulos internacionais, de emulador e estamos na disputa da LBFF, não tem como falar que o investimento não está tendo retorno”, afirma Luan ClashWar, um dos sócios da Tropa. 

A Tropa, hoje, conta com equipes feminina e masculina, que são consideradas favoritas em todas as competições que entram. Falando em títulos, nos 11 que a organização já conquistou, rendeu uma premiação de R$143 mil. Entre eles, foram oito conquistas do time feminino e três de emuladores.

“As conquistas são muito importantes, pois mostram nossa força para os patrocinadores, mas dividimos os prêmios entre os players, coach e, às vezes, o manager, que recebem todo suporte de educação financeira de cada membro da organização. Além dos nossos parceiros, a monetização é feita com criação de conteúdo, canais do YouTube, redes sociais e livestream na Booyah, plataforma de streamers da Garena. Todo valor conseguido é investido no mercado financeiro de modo que rende, melhorando a receita da organização e mantendo ela sólida. O investimento inicial de R$1,5 milhão ainda não foi devolvido aos sócios, porém essa é menor de nossas preocupações, o que estamos fazendo um trabalho lindo aqui”, afirma Det, sócio e responsável financeiro da Tropa.

Para 2022, a intenção da equipe é aumentar sua sala de troféus, com disputas pontuais de torneios conhecidos pelo público, a Tropa que atropelar e alçar voos mais altos. “2021 está acabando e foi muito bom para gente, mas 2022 será nosso ano e nossa expectativa é poder vencer os maiores torneios e disputar o mundial de Free Fire representando Brasil, isso sim seria um sonho realizado e mostrar que é importante investir em eSports e só precisa ter coragem, como tivemos”, finaliza ClashWar.

HyperX anuncia a skatista norte-americana Minna Stess como embaixadora global da marca

Marca segue aumentado seu elenco de celebridades de lifestyle gamer, agora com a atual campeã do USA Skateboarding National Championship 2021 na categoria Park e integrante mais jovem da Seleção Feminina de Skate dos EUA

Minna Stess . (Foto: divulgação)

A HyperX, equipe da HP Inc. dedicada a periféricos gamer e marca líder em produtos para games e eSports, anuncia a skatista prodígio norte-americana Minna Stess, como nova embaixadora global da marca e aumenta seu estrelado elenco de celebridades de lifestyle gamer. Atual campeã do USA Skateboarding National Championship 2021 na categoria Park, Minna Stess passa a fazer parte do time HyperX Heroes e a usar e promover exclusivamente os periféricos gamer da HyperX, além de participar de ações de marketing da marca, incluindo ativações sociais e a campanha We’re All Gamers.

“Como atleta adolescente e mulher em um esporte dominado por homens, além de amar games, é muito importante fazer parceria com empresas que incentivam a diversidade e a inclusão para todos”, disse Minna. “Estou animada para unir forças com a HyperX e trabalhar em conjunto para quebrar o molde, mudar paradigmas e encorajar mulheres jovens como eu a continuarem correndo atrás de seus sonhos”.

Aos 15 anos, Minna é uma das melhores skatistas do mundo e a mais jovem integrante da Seleção Feminina de Skate dos EUA. Competidora de Park, categoria disputada nas Olimpíadas de Tóquio, Minna já está se preparando para concorrer a um lugar na equipe olímpica norte-americana de 2024. A jovem atleta começou a andar de skate aos cinco anos e disputou seu primeiro torneio, o Pro Women in California Skateboarding, aos 11 anos. Em sua carreira de skatista profissional, venceu a Mystic Skate Cup Ladies Bowl em Praga, na República Tcheca, e ficou em segundo lugar no La Kantera Bowl, na Espanha. Também competiu no XGames e no Dew Tour e, recentemente, conquistou o USA Skateboarding National Championship 2021.

“A HyperX continua focada em integrar outras indústrias ao universo dos jogos e encorajar diferentes personalidades gamer a se expressarem. Estamos orgulhosos em dar as boas-vindas à Minna como integrante da nossa família de embaixadores”, disse Dustin Illingworth, gerente de marketing de celebridades e atletas da HyperX. “Inspiração para jovens atletas femininas, Minna tem um jeito divertido, humilde e autêntico que complementa perfeitamente o elenco da HyperX, especialmente no desenvolvimento da marca no segmento de lifestyle gamer.”

Como embaixador da marca, Minna Stess exibirá um adesivo da HyperX em seu skate, receberá produtos de todas as linhas da marca para usar em lives com sua comunidade de fãs e terá uma ilustração inspirada em sua personalidade de jogo. Além disso, se junta ao time de ” Heróis HyperX“, formado por esportistas internacionalmente conhecidos, como o jogador de futebol JuJu Smith-Schuster, o jogador de basquete da NBA Gordon Hayward, a jogadora de basquete da WNBA Aerial Powers, o jogador de hóquei no gelo Filip Forsberg, o jogador de futebol da Seleção Inglesa Dele Alli, o piloto de corrida Sage Karam, e o tenista russo Daniil Medvedev, além de mais de 25 influenciadores e streamers. No Brasil, a HyperX patrocina o jogador de futebol da Seleção Brasileira Casemiro, a apresentadora de eSports Nyvi Estephan, o youtuber Pai Também Joga e o streamer YoDa.

Mais informações sobre a HyperX e seus produtos estão disponíveis no site .

Maior torneio de LOL x1 para amadores abre inscrições no Brasil

Red Bull Solo Q inicia oitava edição no País nesta semana com YoDa de embaixador e apresentação especial em meio à final do CBLOL

Xará de brTT, Felipe Gonçalves fatura o título do Red Bull Solo Q, em 2020 (Foto: Bruno Alvarez)

Maior torneio de LOL x1 para amadores, o Red Bull Solo Q está pronto para fazer o login no servidor brasileiro. Desde quarta-feira (1), os fãs de League of Legends podem se inscrever para a oitava edição do campeonato por meio do link https://www.redbull.com/br-pt/event-series/solo-q e irem em busca do título de player-revelação do ‘um contra um’ nacional. De modo especial, ao longo da transmissão da decisão do 2ª etapa do CBLOL, as novidades da temporada serão apresentadas.

“Fico muito feliz por mais uma vez participar como embaixador do Red Bull Solo Q. Estar junto com essa moçada nova e ver a evolução de cada um é muito gratificante. Sinto como se eu estivesse de volta ao competitivo, torcendo e vibrando durante todo o campeonato. Essa oportunidade que a Red Bull oferece para os jovens é única”, diz YoDa, embaixador do evento no Brasil.

Em duelos na Top Lane de Summoner’s Rift, os players terão de encarar as fases eliminatórias para chegar à grande final, que contará com transmissão ao vivo a todo o Brasil, presença de astros do LOL e casters oficiais da Riot Games. Nesta temporada, o Red Bull Solo Q terá seis qualificatórias, com 1.024 vagas cada. Ao longo das semanas, as inscrições para a classificatória daquele período serão abertas. Vale lembrar que, nos últimos anos, os slots foram preenchidos em poucas horas.

Dos mais de 6 mil participantes, 32 avançam aos playoffs. Até essa fase, as disputas serão no formato MD3 (melhor de três jogos). Na sequência, as semifinais colocarão frente a frente quatro players, que encaram a MD5 (melhor de cinco jogos). Os dois melhores avançam à grande final, cujo sistema é MD7 (melhor de sete jogos). O grande vencedor irá faturar o título brasileiro de melhor amador de LOL x1, troféu personalizado e outras premiações especiais.

O modo de jogo do Red Bull Solo Q é o x1, com blind pick. Vence aquele que derrotar os adversários por first blood, creep (minion) score de 100 ou ao destruir a torre do adversário. Em 2021, o Red Bull Solo Q conta com a parceria da Riot Games e apoio da AOC e Steelseries.  

AS LENDAS

O Red Bull Solo Q (conhecido por Red Bull Player One durante seis temporadas) é um torneio mundial de League of Legends criado no Brasil. Desde a primeira edição, grandes nomes do cenário de LOL mostraram suas habilidades em confrontos emocionantes e eletrizantes. Entre os vencedores nacionais, Matheus “Mylon” Borges foi o primeiro, em 2014. Em 2015, YoDa, embaixador da competição, foi derrotado na final por Eidi “esA” Yanagimachi. No ano seguinte, foi a vez de Thiago “TinOwns” Sartori subir ao local mais alto do pódio.

De lá para cá, dois players se tornaram referência: Lucas ‘Gregio’ Vernier, vencedor em 2017 e 2019, e o xará de brTT, Felipe ‘DAT BF’ Gonçalves, campeão brasileiro em 2018 e 2020. Além disso, o Red Bull Solo Q revelou amadores que se tornaram profissionais e destaques por suas equipes, como Victor ‘Vitin’ Ruiz, Júlio César ‘NOsFerus’ Cruz e o próprio Gregio.

CALENDÁRIO

Datas das qualificatórias: 1 (11 e 12/09), 2 (18 e 19/09), 3 (25 e 26/09), 4 (02 e 03/10), 5 (09 e 10/10) e 6 (16 e 17/10)

Playoffs: 23/10

Final brasileira: 20/11

Link para inscrições: https://www.redbull.com/br-pt/event-series/solo-q

RAZER ANUNCIA INVITATIONAL – LATAM, A PRÓXIMA PARADA DE SUA SÉRIE DE TORNEIOS DE ESPORTS ABERTA AO PÚBLICO

Este ano, competição amplia o alcance na América Latina e terá pela primeira vez um torneio exclusivamente feminino de CS:GO

(Foto: divulgação)

A Razer, marca líder mundial em estilo de vida para gamers, acaba de anunciar a segunda edição do Razer Invitational – LATAM. Diferente das competições tradicionais de esportes eletrônicos, o Razer Invitational é um evento on-line aberto a todos que quiserem testar suas habilidades e coragem em um palco internacional, dando a novos talentos a chance de se destacar no cenário competitivo.

Impulsionado pelo sucesso global do Razer Invitational Series e pela paixão dos gamers da América Latina, o torneio volta à região maior e melhor do que nunca. Este ano, além de Brasil, Argentina, Chile, México, Paraguai e Uruguai, que participaram da edição de 2020, Colômbia e Peru entram na disputa. A ampliação permitirá que ainda mais jogadores latinos tenham acesso a este novo e inclusivo modelo de torneio de eSports e coloquem seus talentos em jogo em uma grande celebração regional do cenário de games competitivos.

Outras novidades deste ano são os torneios de Free Fire e o feminino de CS:GO, que se juntam à já conhecida competição de CS:GO. Devido ao tamanho e escala do Razer Invitational – LATAM, ele será subdividido em três regiões: Brasil, LATAM Norte (Colômbia, México e Peru) e LATAM Sul (Argentina, Chile, Paraguai e Uruguai). As equipes de cada região se enfrentarão por um prêmio total de US$ 15 mil, incluindo valores em dinheiro e em produtos Razer. As rodadas de qualificação começarão em 8 de setembro e poderão ser disputadas por jogadores de todos os níveis, enquanto as finais estão programadas para acontecer entre 1 e 3 de outubro.

“Os torneios do Razer Invitational rodaram o mundo em 2020, conquistando os corações dos jogadores e atraindo a atenção de milhões de pessoas. O que começou como uma iniciativa de base, para ajudar a construir nossa comunidade, hoje podemos dizer que é uma competição extremamente esperada e competitiva. O campeonato se tornou um verdadeiro registro da incrível jornada dos esportes eletrônicos e estamos felizes por trazer o Razer Invitational de volta à América Latina, oferecendo um espaço único e de de alto nível para que os jogadores da região transmitam seus espíritos e paixão pelos jogos competitivos”, disse Flo Gutierrez, diretor global de eSports da Razer

Razer Invitational – LATAM 2021 promete gameplay de alto nível

A América Latina é uma região cheia de potencial e talentos desconhecidos e viu a popularidade dos esportes eletrônicos crescer exponencialmente nos últimos anos. Com o Razer Invitational – LATAM, jogadores de toda a região poderão competir e representar com orgulho suas equipes e países em um evento totalmente virtual. Esta não é apenas uma oportunidade incrível para os gamers aparecerem, mas um caminho para iniciar carreiras profissionais nos eSports.

O Razer Invitational – LATAM será tão divertido para os jogadores quanto para o público, e, por isso, a Razer oferecerá uma experiência completa de transmissão nas principais plataformas on-line com streams de alta qualidade e em idiomas locais. Os fãs poderão desfrutar de todas as jogadas em tempo real e acompanhar cada detalhe das partidas nos canais da Razer no YouTube BooyahFacebook TikTok Twitch . No Brasil, as coberturas dos torneios de CS:GO acontecerão no YouTube, Facebook, TikTok e Twitch, enquanto as de Free Fire poderão ser vistas no YouTube, Booyah, Facebook e TikTok.

As transmissões ficarão ainda mais completas com distribuições de brindes, momentos de interação com a audiência e participações especiais de grandes influenciadores regionais, como os brasileiros Alexandre “Gaules” Borba, segundo streamer mais assistido do mundo na Twitch em 2020 e ícone da comunidade de CS: GO, e Bruno “Nobru” Goes, um dos jogadores profissionais de Free Fire mais conhecidos do Brasil e MVP da Free Fire World Series 2019.

Um torneio verdadeiramente único de eSports
A temporada 2020 do Razer Invitational foi um grande sucesso encantando fãs da Europa, Américas e Sudeste Asiático, e contou com a participação de 22 países e quase 60.000 atletas, que disputaram partidas em alto nível nas principais modalidades dos esportes eletrônicos. O público também respondeu em grande estilo e as partidas foram vistas por mais de 25 milhões de espectadores. Para a Razer, o segredo do sucesso desta competição está na ausência de barreiras dentro das comunidades de eSports em todo o mundo e na oportunidade de levar ao público em geral a emoção e paixão que os esportes eletrônicos proporcionam.

Inscreva-se agora:
Os jogadores brasileiros interessados em participar do Razer Invitational – LATAM podem se inscrever gratuitamente até o dia 7 de setembro nos seguintes links:

– CS:GO
– CS:GO Feminino
– Free Fire

Para mais informações sobre o Razer Invitational – LATAM, visite https://razer.com/razer-invitational/latam ou Facebook.com/ TeamR a zer .

Equipe de Free Fire da Tropa conquista a Pro League Feminina

Com menos de um mês de criação, time feminino já acumula cinco títulos e mais de R$20 mil em premiação

Equipe feminina da Tropa. (Foto: Renanfest)

Não é segredo para ninguém que o Free Fire é um dos maiores games da atualidade, com mais de meio bilhão de downloads. Torneios do jogo atrai grande público que acompanha as partidas online e equipes treinam firme para conquistar taças e angariar fãs. Há um mês o cenário feminino ganhou mais um time: a Tropa que mesmo com pouco tempo de criação já conquistou a Pro League Feminina, em 1/8, um dos principais torneios do fenômeno mundial.

“Já jogávamos juntas há quase dois anos, mas estamos na Tropa há pouco mais de um mês e conseguimos ótimos resultados até agora e vamos em busca de mais títulos”, comemorou MikaX (Micaela Roani Leite Barbosa), capitã da Tropa, que compõem a equipe ao lado de Julia (Julia Yukari Yamamoto Cardoso), Niix (Nicole Lisboa Lima), Karol (Vanessa Carolaine de Lucena da Silva) e DudaZN (Maria Eduarda Pereira Zamboni Cardoso) e já conquistaram os troféus da NFA, Pro League, Talents LBR e Camplota, acumulando mais de R$ 20 mil em premiações.

Troféu da Pro League Feminina. (Foto: Renanfest)

A equipe feminina nasceu com o objetivo de dar visibilidade para as mulheres que jogam Free Fire mas que não conseguem ter espaço em times por falta de oportunidade. “Sabemos que muitas garotas gostariam de chegar aonde chegamos, mas o que posso dizer é para não desistir, que do mesmo jeito que entramos na Tropa, elas podem conquistar um lugar em uma equipe é só continuar treinando firme”, afirmou MikaX.

Com apenas dez meses, a Tropa já acumula mais de 770 mil seguidores no Instagram, 1 milhão de inscritos no YouTube e a equipe masculina conquistou a Copa NFA, apenas um mês após sua formação. “As equipes da Tropa estão em pleno desenvolvimento, não temos nem um ano de organização e já chegamos em um patamar muito alto. Isso deixa a gente muito feliz e demonstra que acertamos na escolha dos jogadores e jogadoras. Acredito que muitos títulos estão reservados para gente no futuro. Queremos ser referência de Free Fire no Brasil”, afirmou Delo Amendola, sócio da Tropa.

Hoje o QG da Tropa é uma mansão em Alphaville (São Paulo) onde os jogadores moram, treinam e gravam conteúdos para as redes sociais da equipe.

Loading TV anuncia apresentadores

Novo canal multiplataforma com foco em cultura pop, e-Sports e games terá Barbara Gutierrez,Chandy Teixeira, Claudio Prandone, Clayton Ferreira, Fabio Gomes, Fernanda Pineda, Jefferson Kayo, Mariana Ayrez, Takeshi Oyama e Thais Matsufugi como apresentadores

(Foto: divulgação)

Após anunciada como novo canal multiplataforma de entretenimento, a Loading chamou a atenção do público que sentia falta de um espaço dedicado a universos como cultura pop, séries, games, esports e animes. Agora, a startup confirmou os apresentadores e editores chefe dos três principais programas autorais: Multiverso (voltado para a cultura pop), Mais Geek (voltado para a cultura oriental) e MetaGaming (voltado para games e esports).

O Multiverso vai tratar dos grandes nomes da cultura pop ocidental, abordando temas e passando informações relevantes sobre heróis, quadrinhos, filmes, séries e desenhos bastante amados pelo público. Para apresentar esse quadro, o canal conta com Fernanda Pineda, apresentadora experiente na cobertura de cultura pop, com passagens por veículos como UOL e AdoroCinema, além de ter trabalhado em projetos especiais do FOX Channel; Fabio Gomes, ator, roteirista, jornalista e apresentador com passagens pelo Omelete e jornal Lance; e Mariana Ayrez, apresentadora com ampla experiência nas áreas de games com passagens pelo portal Baixaki Jogos (atualmente Voxel), canal oficial do Xbox e canal pessoal no YouTube. O editor-chefe do programa será o Claudio Prandoni, ex editor da Omelete, com passagem pela UOL e ESPN.

Para os que reconheceram o nome, Mais Geek é um canal no YouTube voltado para a cultura oriental. Agora, a Loading será a nova casa da produção, comandada pelo expert em cultura pop e oriental Takeshi Oyama, editor-chefe e apresentador. Ele se junta ao CXO Anderson Abraços, como mais um nome de grande relevância entre os fandoms e produtores de conteúdo dentro da programação da plataforma. Também está no time a apresentadora Thais Matsufugi, ex-apresentadora do Inside Xbox e Voxel, que conta com uma grande comunidade de fãs em seu canal próprio no YouTube. Eles vão comandar o programa ao lado dos atuais apresentadores, Clayton Ferreira e Jefferson Kayo.

Já o MetaGaming vai cobrir o outro grande pilar da Loading: games e esports. Nele, os fãs poderão acompanhar os ídolos e times de esports de perto, assistir a entrevistas, análises aprofundadas das partidas e jogadas da semana, etc. Para os criadores da plataforma, esse pilar é muito importante, pois são escassos os programas que abordam o tema com relevância e consistência. Outro ponto forte do programa são os apresentadores Barbara Gutierrez e Chandy Teixeira. Ambos especialistas em esports, Barbara chega do IGN/MGG, onde era editora chefe e Chandy apresentador/jornalista ex-Rede Globo. O editor chefe do programa é o Vicenzzo Vicchiatti, ex-manager de grandes equipes da modalidade no Brasil.

A Loading é uma startup criada pelo grupo de investimentos detentor da Kalunga e Spiral, liderado por José Roberto Garcia e Paulo Sérgio Garcia, e que adquiriu a estrutura e rede de transmissão da MTV Brasil, em 2014. O canal terá programação 24/7, com streaming nas plataformas digitais e transmissão na TV aberta e na TV a cabo, criando múltiplos pontos de contato com um público de alta demanda, que ainda não se vê representado atualmente.

Razer anuncia maior torneio regional de eSports da América Latina

Após o sucesso do Razer Invitational – Sudeste Asiático, competição caminha para outras regiões convocando competidores de eSports a representarem seus países, a começar pelo Razer Invitational – América Latina; inscrições começam em 2 de novembro

(Foto: divulgação)

Após o sucesso do primeiro Razer Invitational, realizado no Sudeste Asiático em julho de 2020, a Razer, marca líder global em estilo de vida gamer, expande a competição de eSports, anuncia o Razer Invitational – América Latina e segue firme na missão de consolidar uma plataforma inclusiva de competições para jogadores de esportes eletrônicos de todos os níveis, de amadores a profissionais, que poderão competir e ainda representar seus países.

“Com o Razer Invitational – Sudeste Asiático, recebemos enorme apoio de dez países, que participaram com mais de 500 times e 3.500 atletas”, disse Zuber Mohammed, diretor de Marketing da Razer. Agora estamos expandindo o Razer Invitational a outras regiões do planeta para dar a mesma oportunidade a jogadores amadores e profissionais, descobrir mais talentos individuais e incutir em cada um o sentimento de orgulho de representarem suas nações em torneios de eSports”.

Impulsionando os eSports na América Latina às alturas

Com rica diversidade cultural e rápido crescimento no mercado de games, a América Latina está repleta de talentosos jogadores de esportes eletrônicos ainda não descobertos. Com o Razer Invitational – América Latina, a Razer pretende oferecer mais oportunidades para os atletas da região competirem, além de trabalhar lado a lado com a comunidade e desenvolvedores de jogos.

Previsto para ser o maior torneio regional do ano, o Razer Invitational – América Latina reunirá seis países: Argentina, Brasil, Chile, México, Paraguai e Uruguai. As competições serão realizadas em quatro das mais populares modalidades da região: Counter-Strike: Global Offensive (CS:GO), Mobile Legends: Bang Bang (MLBB), PlayerUnknown’s Battlegrounds Mobile (PUBGM) e League of Legends, só para o Brasil.

A Razer também tem como objetivo proporcionar uma grande experiência para o público on-line e vai realizar streams de alta qualidade em idiomas locais para os fãs aproveitarem as partidas ao máximo e curtirem cada jogada dos talentosos competidores da região. A audiência também pode esperar por partidas em alto nível das seleções de cada país pelas lives transmitidas nos canais sociais da Razer, tanto no Facebook quanto na Twitch . Mais informações sobre como assistir serão reveladas em breve.

As inscrições para as três categorias do Razer Invitational – América Latina comum a todos os países começam em 2 de novembro de 2020 e as qualificatórias serão disputadas a partir de 28 de novembro, com playoffs acontecendo entre 3 e 20 de dezembro. Já as qualificatórias de League of Legends, exclusivas para o Brasil, acontecem em 21 e 22 de novembro seguidas dos playoffs de 27 a 29 de novembro. O torneio será disputado totalmente on-line.

Informações sobre inscrições e agendamentos para as qualificatórias serão postadas no site oficial do Razer Invitational – América Latina: http://www.razer.com/razer-invitational/latam.

Razer Invitational: Um torneio como nenhum outro

A Razer é uma das principais marcas de eSports do mundo e há uma década tem a missão de consolidar os esportes eletrônicos como um esporte de fato. Com ligas profissionais à frente de todo ecossistema dos eSports, é necessário oferecer oportunidades iguais a atletas de outros níveis de jogo e encoraja-los a participar de torneios e ganhar experiência em competições de larga escala.

O Razer Invitational foi desenvolvido a partir de uma visão de equidade, diversidade e inclusão, e tem como meta dar essa esperada e necessária experiência competitiva a uma nova geração de atletas de eSports, ao mesmo tempo em que provoca uma sensação de conquista e orgulho naqueles que irão representar seus países.

O Razer Invitational foi criado em 2020 e realizado pela primeira vez no sudeste asiático em julho, após a bem sucedida estreia dos eSports como um esporte oficial e premiado da 30ª edição do SEA Games 2019.

Para mais informações sobre o Razer Invitational – América Latina, acesse www.razer.com/razer-invitational/latam ou a página do Facebook da Razer.

PUBG MOBILE entra em uma nova era com a chegada da versão 1.0

O battle royale que se tornou fenômeno em todo o mundo anuncia também o PUBG MOBILE Global Championship, megaevento com prêmio total de US$ 2 milhões

Versão 1.0 chega ao PUBG Mobile. (Foto: divulgação)

PUBG MOBILE anuncia chegada da Versão 1.0, uma gigantesca atualização que marca a chegada de uma era inteiramente nova ao battle royale. Além disso, também foram anunciados detalhes do maior evento mundial de eSports eletrônicos mobile: o PUBG MOBILE Global Championship (PMGC).

Desde seu lançamento em 2018, PUBG MOBILE alcançou mais de 600 milhões de downloads e 50 milhões de jogadores ativos diários. Para a Versão 1.0, que chega em 8 de setembro aos celulares, o jogo foi inteiramente reformulado, trazendo melhorias como um aumento de FPS de até 30%; e diminuição de lag de até 65%.

As atualizações nos sistemas de iluminação e na qualidade das texturas dão mais vida à vegetação, ao céu e à água. Os modelos e a qualidade da textura também foram aprimorados para fornecer uma sensação mais realista e experiência de alta qualidade. Efeitos sonoros, partículas, fumaça, rajadas de ar, flashes de tiros também foram aprimorados.

PUBG MOBILE World League (PMWL)

Junto com a revelação da Versão 1.0, o cenário de eSports do PUBG MOBILE também está subindo de nível com o anúncio de que o PUBG MOBILE World League (PMWL) e o World Championship serão combinados em um evento épico: o PUBG MOBILE Global Championship (PMGC).

A Temporada Zero do PMGC começa no final de novembro e as principais equipes profissionais de todas as regiões, incluindo Américas, Europa, Sul da Ásia, Sudeste Asiático, Oriente Médio, China, se enfrentarão em uma batalha para coroar os Campeões Globais na disputa por US$ 2 milhões em premiação. A Qualcomm Technologies, líder mundial em inovação de tecnologia sem fio e força motriz por trás do desenvolvimento, lançamento e expansão de 5G e inovação em jogos para celulares, é a patrocinadora oficial do PMGC.

“Após o sucesso do PUBG MOBILE World League Season Zero, sabíamos que tínhamos que ter uma ideia que elevaria ainda mais o nível e criaria algo verdadeiramente extraordinário para fechar o primeiro ano de nosso novo programa de esportes eletrônicos”, disse James Yang , Diretor da PUBG MOBILE Global Esports. “O ano de 2020 tem sido um grande desafio para todos, e esperamos trazer positividade e encorajamento para o mundo por meio de jogos e esportes eletrônicos. Queríamos convidar mais regiões do que nunca para criar um evento espetacular e altamente competitivo para os jogadores e a comunidade desfrutarem ao redor do mundo ”.

Os jogadores do PUBG MOBILE podem aproveitar o Midas Buy, um canal oficial de compra de Unknown Cash e Passes de Temporada. O Midas Buy traz um bônus de UC em qualquer compra e agora aceita diversas formas de pagamento como boleto, cartão de crédito, débito e transferência bancária, tudo com segurança garantida pelo Hype Games, um serviço da Level Up.

PUBG MOBILE pode ser baixado gratuitamente na App Store e Google Play. Para mais informações, visite os canais oficiais de PUBG MOBILEno FacebookTwitter e YouTube.

Razer estabelece novo padrão de headsets para eSports com o BlackShark V2

Equipado com os novos drivers Razer TriForce Titanium de 50mm, microfone HyperClear Cardioid e tecnologia avançada de cancelamento de ruído passivo, periférico é otimizado para os novos perfis de áudio para games THX Spatial e chega ao Brasil em setembro

Razer apresenta o headset Blackshark V2. (Foto: divulgação)

A Razer, marca líder mundial em estilo de vida para gamers, anuncia o Razer Blackshark V2, o mais avançado headset gamer para eSports do mercado. Projetado e desenvolvido em parceria com alguns dos principais jogadores profissionais de esportes eletrônicos do mundo, o Razer BlackShark V2 conta os novos drivers Razer TriForce Titanium de 50mm, microfone Razer HyperClear Cardioid, placa de som USB, tecnologia de cancelamento de ruído passivo e recursos otimizados para os novos perfis de áudio para gameTHX Spatial. O periférico chega ao mercado brasileiro em setembro.

Para quem busca alto desempenho em partidas competitivas, clareza de som e recursos de comunicação são fundamentais. Ouvir cada mínimo sinal de áudio e conversar sem ruídos com os companheiros durante as partidas fazem a diferença, especialmente em torneios. Para o headset Razer BlackShark V2, a Razer desenvolveu um driver de áudio de 50 mm totalmente novo que, em conjunto com o também novo microfone de ajustes personalizáveis e fones de ouvido com cancelamento de ruído passivo, oferece áudio extremamente limpo e máxima imersão com alta qualidade sonora.

“Junto com jogadores profissionais, identificamos os principais pontos em que os headsets voltados para eSports precisavam ser aprimorados: áudio posicional, clareza de comunicação e cancelamento de ruído”, disse Alvin Cheung, vice-presidente sênior da unidade de negócios em periféricos da Razer. “Ao aprimorar esses três recursos e implementar as soluções no BlackShark V2, criamos um headset formidável que, com os novos perfis de jogo THX, se tornou imbatível”.

Drivers ajustáveis para excelência nos eSports

O TriForce Titanium, novo driver de 50 mm desenvolvido e patenteado pela Razer, conta com diafragmas revestidos de titânio em um design exclusivo e de última geração. Capaz de separar as frequências de áudio para ajuste individual de graves, médios e agudos, proporciona uma experiência poderosa aos usuários do Razer BlackShark V2. Com diversas opções de personalização e a tecnologia de áudio THX Spatial, uma solução avançada que proporciona máxima precisão de reprodução sonora em fontes estéreo 5.1 e 7.1, o resultado é um campo sonoro de 360 graus adaptado aos ouvidos de cada jogador.

O THX Spatial torna a localização de inimigos muito mais fácil dentro dos jogos e permite ao jogador escapar das ameaças adversárias com a verdadeira vantagem competitiva já conhecida dos produtos da Razer.

Comunicação sem interferência

Manter uma boa comunicação no calor das batalhas é a chave para as vitórias, por isso o BlackShark V2 conta com o novo microfone cardióide Hyper Clear com placa de som USB da Razer. Refinado para uma área de captura de voz mais direcionada e com design exclusivo, elimina ruídos vindos de trás e dos lados do usuário dando clareza para a conversa.

Já a placa de som USB adicional oferece controles avançados para ajustes mais personalizados, como Mic Boost, Voice Gate, Normalização de Volume, Equalizador de Microfone e Redução de Ruído Ambiente, entre outros.

Elimine o ruído, aumente o conforto

Os recursos avançados de cancelamento de ruído passivo do BlackShark V2 se dão pelo design fechado dos fones de ouvido ovais, que são envoltos por uma almofada de espuma macia de alta qualidade e forro de couro sintético aveludado, proporcionando uma vedação consistente do som.

Para máximo conforto, as almofadas do fone também minimizam o acúmulo de calor e a transpiração, mesmo em partidas longas e intensas. Além disso, o arco de cabeça acolchoado tem estrutura leve de aço inoxidável, design flexível e extremamente durável.

Testado por profissionais

O Team Razer, divisão de esportes eletrônicos da Razer, trabalha com muitos dos melhores jogadores profissionais do mundo para desenvolver periféricos de alto desempenho que elevem os padrões dos equipamentos disponíveis no mercado e coloquem as disputas no patamar máximo. Desde o início do desenvolvimento do BlackShark V2, o Team Razer engajou vários atletas do mundo dos eSports para testarem o headset e darem seus feedbacks, usados para aprimorar ainda mais o design e recursos do novo periférico.”Testamos o protótipo do Razer BlackShark V2 e rapidamente nos convencemos de suas vantagens para games competitivos”, disse Tal “Fly” Aizik, da Evil Geniuses. “Após usar o novo headset em várias partidas durante o treinamento, posso afirmar que é muito confortável e tem excelente qualidade de som e microfone. Ele realmente me permitiu focar apenas no meu jogo.”

Perfis de jogos THX

Os novos perfis de jogos THX tornam as experiências nos games ainda mais imersivas. Certificados pelos desenvolvedores dos jogos, permitem aos jogadores desfrutarem dos sons de seus títulos preferidos da maneira como realmente deveriam, com muito realismo e envolvimento. Os perfis podem ser usados em dois modos: o THX Environmental, para um som mais fiel à vida real, eTHX Competitive, com ênfase na consciência espacial e eventos do jogo, ideal para localizar os inimigos.

Dezoito dos principais jogos multiplayer e competitivos já têm suporte aos novos perfis THX, como Apex Legends, Counter-Strike: Global Offensive, Valorant e Call of Duty: Modern Warfare, entre outros, e mais títulos vão entrar nessa lista nos próximos meses.

Compatibilidade multiplataforma

Com conector de 3,5 mm, o Razer BlackShark V2 é compatível com qualquer dispositivo com essa entrada, como PC, Mac, PS4, Xbox One, Nintendo Switch e inúmeros dispositivos móveis. Já a placa de som USB adicional é compatível apenas com PCs com sistema operacional Windows 10.

Especificações técnicas do Razer Blackshark V2

Fones de ouvido
● Frequência de resposta: 12 Hz – 28 kHz
● Impedância: 32 Ω @ 1 kHz● Sensibilidade (@ 1 kHz): 100dBSPL / mW, 1KHz● Driver Dinâmico Personalizado de 50mm● Diâmetro interno da concha: 6,5 x 4,0 cm● Tipo de conexão: 3,5 mm + placa de som USB● Tipo de conexão: 3,5 mm + placa de som USB● Comprimento do cabo: 1,8 m● Peso aproximado: 262g● Conchas almofadadas ovais espuma de alta qualidadeMicrofone
● Frequência de resposta: 100Hz-10KHz
● Relação sinal-ruído: 60dB● Sensibilidade (@ 1kHz): -42dB V / Pa, 1KHz● Padrão de captura unidirecionalControles no fone de ouvido no headset
● Volume
● Botão Mutar/ desmutar
Uso do áudio
● Dispositivos com conector de áudio de 3,5 mm● Com placa de som USB em dispositivos com entrada USB
O Razer Blackshark V2 chega ao mercado brasileiro com o preço sugerido de R$ 999,00.

Razer BlackShark V2 X, o headset de entrada para eSports

A Razer também vai lançar o BlackShark V2 X, uma versão básica do BlackShark V2 que mantém muitos dos recursos de alta performance mas não conta com titânio nos drivers Razer TriForce 50mm e tem um único conector de 3,5 mm, ao invés da placa de som USB adicional. Já o microfone Cardioid HyperClear e a tecnologia de cancelamento de ruído passivo avançada também estão presenters no BlackShark V2, que pesa apenas 240g e é compatível com múltiplas plataformas.

Assim como o Razer Blackshark V2, o Razer Blackshark V2 X chega ao mercado brasileiro em setembro. Seu preço sugerido é de R$ 599,00.

Para mais informações sobre o Razer Blackshark V2 e o Razer Blackshark V2 X, acesse: http://www.razer.com/gaming-headsets/razer-blackshark-v2

BGS Day acontece em 31 de julho, com superlive de 8 horas e atrações internacionais, influenciadores e personalidades dos eSports

Shota Nakama e Charles Martinet são alguns dos destaques do encontro, que terá as tradicionais atrações da Brasil Game Show, como BGS Talks e BGS Meet & Greet, cosplays, gameplays, jogos indies e novidades das principais empresas do universo gamer

BGS Day acontece dia 31 de julho. (Foto: Divulgação)

Convidados internacionais, influenciadores, cosplayers, gameplays, jogos, unboxing de acessórios, lançamentos, promoções e muito mais. Tudo do universo dos games e tudo online. Este ano, os milhares de visitantes da Brasil Game Show não estarão fisicamente reunidos no Expo Center Norte, mas poderão participar de uma superlive e entrar no clima da maior feira de games da América Latina. A programação do BGS Day começa na sexta-feira, 31 de julho, a partir das 13h, com a participação do produtor musical Shota Nakama, criador da Video Game Orchestra, e de Charles Martinet, dublador de Mario, famoso personagem da Nintendo, entre outras atrações que serão reveladas nos próximos dias. O BGS Day será transmitido pelos canais oficiais da Brasil Game Show no YouTube, Twitch e Facebook.

“Nossa intenção é manter a interação com os fãs durante o ano, minimizar a distância entre o público e a indústria e, por algumas horas, sintonizar toda a comunidade gamer numa corrente positiva, animada e disposta a se divertir, ainda que virtualmente”, explica Marcelo Tavares, fundador e CEO da Brasil Game Show.

Convidados internacionais, BGS Talks e eSports

O produtor musical Shota Nakama e Charles Martinet, o carismático dublador de Mario, estão entre as atrações do primeiro BGS Day. Já conhecido do público brasileiro após participar de duas edições do evento, o criador da Video Game Orchestra, que mistura hits dos games, banda de rock e orquestra, vai revelar curiosidades de sua trajetória, enquanto Martinet participará do BGS Talks, painel com grandes nomes da indústria que a BGS promove desde 2017. Na superlive também vai rolar um bate-papo sobre esportes eletrônicos e tudo o que rola no cenário competitivo.

Cosplayers

Para quem está com saudades de incorporar o personagem favorito do universo dos games, o BGS Day terá atrações especiais voltadas aos cosplayers.

BGS Indie

Estúdios independentes sempre têm vez na BGS e no BGS Day não será diferente. Durante a superlive, o jornalista Cleber Marques, do Warpzone, receberá o os fundadores do OxeLiz Games Studio, o casal Elizabete (a Liz de OxeLiz) e Edilson Vasconcelos de Melo Jr., para um bate-papo sobre os desafios do desenvolvimento de jogos independentes e sobre INhabited Stations, game de simulação de cidades e sociedades.

Todas as informações do BGS Day estarão disponíveis no site da Brasil Game Show: https://www.brasilgameshow.com.br/bgs-day/