Arquivo da tag: Fãs

GIULIA BE PRESENTEIA FÃS COM NOVA FAIXA: “SE ESSA VIDA FOSSE UM FILME”

Giulia Be lança música inédita. (Foto: Divulgação)

“(Não) Era Amor”, atual single de trabalho, ultrapassa a marca de 6 milhões de streams

Prestes a lançar o primeiro EP da carreira, a cantora Giulia Be presenteia os fãs com mais uma faixa inédita do projeto. “Se Essa Vida Fosse Um Filme” foi composta pela cantora tendo como inspiração o namorado, Kim. Giulia também disponibilizou, nas redes sociais, um vídeo recheado de cenas românticas e de carinho ao lado do namorado.

Apontada como uma das grandes revelações do pop brasileiro no último ano, Giulia Be lançou recentemente o single “(Não) Era Amor”, atual música de trabalho e destaque do primeiro EP da carreira, que tem previsão de lançamento para este semestre. “(Não) Era Amor” já se tornou um hit e ultrapassou a marca de 6 milhões de streams nas plataformas digitais e mais de 6,5 milhões de views no clipe oficial, disponível no YouTube, e inclusive se tornou um filtro no aplicativo Tik Tok. Atualmente, o single ocupa o 146º lugar no Spotify Brasil, a 88ª posição na Apple Music. Em Portugal, onde o single anterior de Giulia, “Menina Solta”, atingiu a primeira posição, “(Não) Era Amor” ocupa o 76º lugar no chart da Deezer.

Ainda sobre “(Não) Era Amor”, a cantora comenta a repercussão positiva que o single tem recebido desde o lançamento e qual sua expectativa ao lançar a faixa. “Muita gente fala que, depois de lançar um primeiro hit, há uma pressão pelo  sucesso do segundo, mas meu objetivo não era esse. Eu quis, mais do que como cantora, mas também compositora, mostrar um lado diferente meu. Acho que fiz exatamente isso! A maioria dos comentários que tenho recebido são sobre a letra e a qualidade da música. Eu estou muito feliz com a recepção das pessoas que estão conhecendo mais do meu trabalho e esse meu lado. Cada música do EP vai mostrar um lado diferente que, espero, no final resulte num lindo trabalho”, comemora Giulia.

Dona de uma voz grave e doce, apesar da ainda pouca idade e a recém iniciada carreira com um som pop progressivo, a artista vem sendo considerada uma aposta da música, graças ao sucesso dos três primeiros singles, lançados em 2019: “Too Bad”, “Chega” e “Menina Solta”. O último, em pouco mais de três meses, chegou ao TOP 10 das mais ouvidas do Brasil no Spotify e continua galgando posições em diversos charts digitais: Virais do Brasil, Virais de Portugal, 50 Mais Tocadas do Brasil, 50 Mais Tocadas de Portugal. Além de atingir a #1 nos charts de Portugal, a faixa figura nos charts Virais em diversos outros países. O sucesso veio impulsionado pela apresentação de Giulia no Palco Sunset do Rock in Rio, onde participou do show do cantor Projota. O sucesso de “Menina Solta” nos países latinos levou a cantora a lançar uma versão em espanhol da faixa, “Chiquita Suelta”, em fevereiro deste ano.

Em 2020, Giulia Be já participou de dois importantes festivais de música no Brasil: Planeta Brasil (Belo Horizonte) e IMusic – que aconteceu em Fortaleza no final de janeiro e onde a cantora se apresentou ao lado de alguns dos mais consagrados artistas brasileiros como Marisa Monte, Zé Ramalho e Paralamas do Sucesso. Neste ano, a cantora ainda sobe ao palco do Rock in Rio Lisboa.

Clash Royale anuncia busca por novo Rei

(Foto: Divulgação)

Rei do game da Supercell abandona o trono e desaparece; jogadores vão indicar novo líder acessando as redes sociais do jogo

O Rei de Clash Royale, game da Supercell para Android e iPhone (iOS), sumiu. Ao que parece, está ocupado com um projeto secreto e deixou o reino inteiro na mão.

Agora, os personagens do jogo saíram em busca de um novo soberano de espírito nobre, que seja amado pelo povo brasileiro. O novo monarca terá o desafio de levantar o moral das tropas, abaladas pelo sumiço de seu líder.

E o novo rei temporário será escolhido com a ajuda da internet. Para ajudar a elegê-lo, os jogadores devem acessar as redes sociais de Clash Royale e indicar nomes de possíveis candidatos ao posto. Que vença o melhor!

CCXP19: painéis da Disney dominam terceiro dia de festival

Auditório Cinemark XD foi um dos lugares mais concorridos no sábado, na CCXP, e sempre permaneceu lotado. (Foto: Vans Bumbeers)

Ryan Reynolds, Joe Keery e elenco de novo filme da saga Star Wars atraem legiões de fãs de todo o país, e “Frozen 2” tem pré-estreia exclusiva no Auditório Cinemark XD

O terceiro dia de CCXP19 reservou muitas emoções e diversão para os fãs do maior festival de cultura pop do planeta. Em um sábado dominado por conteúdos da Disney no Auditório Cinemark XD, o público finalmente teve o esperado encontro com o elenco de “Star Wars: A Ascensão Skywalker” e pôde conferir em primeira mão a estreia de “Frozen 2”. Os fãs também curtiram o painel sobre “Free Guy – Assumindo o Controle” que contou com a presença de Ryan Reynolds e Joe Keery, além de ficarem por dentro das novidades do Disney+ e os próximos lançamentos da Marvel em um painel com ninguém menos do que Kevin Feige. E não faltaram atrações para quem preferiu circular pelos corredores da CCXP19.

No Artists’ Alley by Bruttal, a diversidade marcou presença. Dentre os mais de 500 artistas que expõem suas criações, 82 apresentam obras com temática LGBTQI+ e sete quadrinistas são trans. Jocosa, mais conhecida como The Joco, tem 20 anos e é de Belo Horizonte (MG). A artista participa pela primeira vez do festival. “É importante que a gente trabalhe aqui, lado a lado, mostrando que a diversidade está presente em todos os lugares. É fundamental olhar o trabalho de todos os artistas com muito carinho e incentivar o público”, avaliou.

Para quem preferiu se divertir à moda antiga, a arena Board Games by Hershey’s Mais              foi parada certa. Recheada com 30 tipos de jogos de tabuleiro da Galápagos Jogos, o espaço já recebeu milhares pessoas interessadas em conhecer um pouco mais desse universo e relembrar os clássicos dos board games. Ali, na fila, a diversão também estava garantida, já que era possível jogar “Dobble”, um jogo de cartas, enquanto esperava a vez de sentar à mesa. Ao longo do dia, mais de 2.100 partidas aconteceram. Dentro da arena, os jogos “Jingle Speed” e “The Resistance” foram os mais disputados entre o público.

Estrelas e novidades da Disney no Cinemark XD

Nem mesmo o clima congelante de “Frozen 2” conseguiu foi páreo para o calor humano no Auditório Cinemark XD. Lotado por fãs, o espaço recebeu a pré-estreia do filme – com lançamento marcado para 2 de janeiro – emocionando o público e levando muitos fãs às lágrimas. O clima foi às alturas quando os diretores subiram ao palco e foram ovacionados pelos presentes. Os vencedores do Oscar de Melhor Animação por “Frozen”, Chris Buck e Peter Del Vecho, contaram histórias de bastidores e do desenvolvimento da nova aventura de Anna e Elsa.

Ainda no universo das animações, Dan Scanlon mostrou trechos de “Dois Irmãos: Uma Jornada Fantástica” – que estreia no dia 5 de março –, enquanto, no painel de “Um Espião Animal”, o público pode conferir a cena que mostra a transformação do agente secreto em um pombo, com as participações de Nick Bruno e Troy Quane. Os fãs do estúdio também puderam conhecer um pouco mais sobre os bastidores da criação “Star Wars: Galaxy’s Edge”, área temática de Star Wars nos parques da Disney, por meio do conteúdo apresentado por Scott Trowbridge.

A programação deste sábado no Auditório Cinemark XD contou também com o bate-papo entre os atores Ryan Reynolds e Joe Keery, junto do diretor Shawn Levy. Reynolds parecia não acreditar na empolgação do público e sorria a cada vez que era interrompido pelos gritos dos fãs. Ele ainda surpreendeu ao dizer que “Free Guy – Assumindo o Controle” foi o filme que ele mais gostou de fazer em sua carreira. Outro elenco aguardado que subiu ao palco hoje foi o de “Star Wars: A Ascensão Skywalker”. Com uma afinidade visível aos olhos do público, o diretor J. J. Abrams e os atores Daisy Ridley, John Boyega e Oscar Isaac falaram sobre suas cenas preferidas e o que mais os emocionou nas filmagens, além de uma breve homenagem à saudosa Carrie Fisher.

No painel da Marvel, um dos mais aguardados da CCXP19, a participação do produtor e presidente da Marvel Studios, Kevin Feige, presenteou quem estava no Auditório Cinemark XD com conteúdos exclusivos. O teaser de “Eternos” foi visto pelos fãs brasileiros com exclusividade antes de ser lançado mundialmente, assim como trechos especiais de “Viúva Negra”, estrelado por Scarlett Johansson e com estreia marcada para abril. O todo-poderoso da Marvel ainda adiantou que algumas produções do Disney+ devem ficar prontas no fim de 2020, quando a plataforma chega ao Brasil.

Grandes nomes dos quadrinhos, TV e games

Maurício de Sousa participou de painel no auditório Ultra e fez a alegria dos fãs. (Foto: Marcelo Paixão)

A programação do Auditório Ultra começou com a presença cativante de Mauricio de Sousa. O criador da Turma da Mônica relembrou sua trajetória, que teve início com a publicação de uma tirinha estrelada pelos os personagens Bidu e Franjinha, em 1959. “Em seis anos, eu estava em 400 jornais no Brasil, e mais ninguém alcançou esse número”, contou. Na sequência, o público conferiu um bate-papo sobre o filme “Jaspion”, ainda sem data de estreia, com participação do diretor Rodrigo Bernardo, que contou os desafios da produção. À tarde, foi a vez do MMO “World of Warcraft”, com a autora Christie Golden, que falou sobre o processo criativo do game e suas obras literárias, além de declarar que adoraria escrever para a série “Loki”, do Disney+.

Os quadrinistas da Chiaroscuro Studios também tiveram uma participação no festival para falar sobre a produção de HQs brasileiras de super-heróis. Em seguida, o universo do terror e suas possibilidades, mesclando drama e outros estilos, foram debatidas por Takashi Shimizu, diretor do filme “O Grito”. Com a sala lotada, a presença de dubladores do anime “Dragon Ball” levantou a plateia, que vibrou com a atuação de seus personagens favoritos e comemorou os 35 anos da franquia japonesa. O penúltimo painel foi conduzido por cinco artistas que trabalharam em histórias do Homem-Morcego, incluindo Frank Miller e Neal Adams, para celebrar os 80 anos do personagem. “Batman não é um super-herói. O Batman é você em sua melhor versão. Por isso, as pessoas gostam tanto de ler as histórias dele”, afirmou Adams.

Da ilustração à animação

Quem passou pelo Auditório Prime teve a oportunidade de participar da masterclass da ilustradora norte-americana Jöelle Jones – a primeira mulher a desenhar duas edições seguidas da série principal do Batman. “Me concentro no caminho e nos pequenos detalhes antes de projetar o final”, contou a artista ao falar sobre seu processo de criação. No painel seguinte, o quadrinista argentino Eduardo Risso, conhecido pela obra “Noite das Trevas: uma história real do Batman”, explicou composição e narração gráfica de seus trabalhos.

A representatividade LGBTQI+ nos quadrinhos, muito percebida no Artists’ Alley deste ano, também foi tema de painel com Lorelay Fox. “A dica que dou para quem ainda não se sente representado é se representar por si só”, comenta. Já a nova plataforma de quadrinhos do Omelete, a Bruttal, foi apresentada de forma irreverente pelos artistas Felipe Portugal, Raoni Marques, Thiago M. Martins e Yuri Moras. O Auditório Prime também foi palco de conversas sobre “Dungeons & Dragons” e as novidades sobre os próximos lançamentos da Galápagos Jogos, bate-papo sobre o jornal “O Pasquim” – com Francisco Ucha, Duayer, Ricky Goodwin e Ricardo Leite –, a presença da primeira YouTuber brasileira de animação, AnyMalu, e um painel sobre as técnicas e o modelo de negócio dos Webtoons, as webcomics sul-coreanas publicadas online.

Disputas acirradas de eSports

A Oi Game Arena trouxe conteúdo inédito para o festival: a Copa Team Fight Tactics CCXP. Foram quatro partidas disputadas por os oito convidados, distribuidos entre streamers, jogadores profissionais e influencers. O campeão foi Leomane, seguido por Milt (2º lugar) e Ken Harusame (3º lugar). Dentre os participantes também estava presente MiiT, treinador do time de League of Legends da PaiN Gaming.

Empoderamento, música, esporte e talk show

O protagonismo feminino entrou em pauta no Creators Stage durante a tarde deste sábado. Com a participação especial de Mônica Sousa, Camila Achutti, Karina Dauch e Maia Malu, Paulo Silveira mediou um bate-papo sobre o “Change The Game”, iniciativa que incentiva e premia mulheres do mundo dos jogos e programação. “Me sentia incomodada com a falta de representatividade nesse meio. Os meninos falavam que não era meu lugar, então decidi criar o meu próprio jogo”, conta a estudante Isabela Fernandes, de Belo Horizonte (MG), uma das vencedoras do concurso.

O palco teve ainda uma apresentação e quiz musical da dupla Rolandinho e Bruno Bock, do canal Pipocando, e a banda NerdStones, que tocou músicas de “Game of Thrones”, “Friends”, “La Casa de Papel” e “De Volta para o Futuro”. A estudante paulistana Beatriz Sueco, 15 anos, conta que ver o Pipocando ao vivo foi um dos melhores momentos do festival. “Acompanho o canal deles desde o começo, e fiquei muito emocionada em vê-los tão de perto”, disse.

O canal “Ilha de Barbados” e o YouTuber Felipe Castanhari discutiram assuntos como relacionamentos e cotidiano. Depois, foi a vez do time do jornalismo esportivo da Globo tomar conta em um painel sobre os Jogos Olímpicos de Tóquio em 2020 e o aumento do número de mulheres nas delegações esportivas brasileiras. Dentre os atletas medalhistas, estavam Daiane dos Santos, Diego Hypólito, Claudinei Quirino, Fabi Alvim, Flávio Canto e Lars Grael, que subiram ao palco para contar como representaram o Brasil nos jogos olímpicos.

Por fim, apresentador, ator e comediante Fábio Porchat dividiu o palco com Otaviano Costa, Tati Lopes e Fernanda Paes Leme para a gravação do programa “Que história é essa, Porchat?. Guilherme dos Santos, 29 anos, esteve no festival especialmente para ver Porchat e conta que gosta muito do programa original: “Vim neste palco só pra ver esse quadro e estou muito feliz”, finaliza.

Com ingressos esgotados, primeiro dia da CCXP19 reuniu fãs em busca das novidades da cultura pop

Margot Robbie, de Aves de Rapina, foi o grande nome de Hollywood nesta quinta-feira, 5. Junto com o elenco do filme, encontro totalmente feminino no auditório Cinemark XD deixou fãs alvoroçados

 A abertura de portas da CCXP19 foi um momento de grande expectativa dos fãs que compareceram em peso e lotaram o maior festival de cultura pop do mundo. Os ingressos esgotados já reforçavam a espera do público pela sexta edição do evento e a fila do lado de fora dos portões deram o tom do que a organização do evento pode aguardar para estes dias de muita festa… contagem regressiva, cosplayers e uma corrida para garantir os melhores lugares nos auditórios e acessos aos espaços que permaneceram lotados durante todo o dia.

Entre painéis, exibições de filmes, experiências sensoriais, sessões de fotos e autógrafos, performances, campeonatos de games e muito mais, algumas pessoas se destacavam. O casal de namorados Tais Lisboa, 23, e Kaique Monteiro, 18, ambos de São Paulo, veio fantasiado de Arlequina e Joker. “Vim pela exposição dos 80 anos do Batman e gostaria de acompanhar um dos painéis. Mas também temos a expectativa de encontrar as celebridades”, disse Tais. Já a aposentada Denise Duarte, 52, acompanha a CCXP há três anos e revela que a emoção de estar no evento é indescritível. “Virei aos quatro dias e em dois virei de cosplayer, a secretária da Mulher Maravilha e a Professora Sprout, de Harry Potter”, afirma lembrando que esta edição já superou suas expectativas por trazer artistas que estão no elenco de Star Wars.

O festival reúne diversas áreas do universo da cultura pop. Uma delas é a oportunidade de artistas exporem seus trabalhos para o público apaixonado pelo mundo dos games, filmes de super-heróis e quadrinhos no Artists’ Alley. Cainã Fontes, 24 anos, é ilustrador e designer e está pela primeira vez se aventurando no espaço. Trouxe, entre outros trabalhos, um quadrinho feito por sua amiga Amanda Martinelli e ilustrado por ele. Fontes contou que já participou de outras edições e já no primeiro dia o evento teve suas expectativas superadas. “Só de estar na CCXP já é um grande passo para a carreira de todos os artistas que estão aqui”, comentou. Hayu Marca, quadrinho feito por ele e sua amiga, é protagonizado por uma personagem transexual. O projeto visa doar metade do valor arrecadado no festival para a Casa Sem Preconceitos, localizada em Campinas, que dá apoio e auxílio à comunidade transexual.

Palco Creators dá espaço às vozes da internet

Com muita interação, o humorista Rafa Cortes e a youtuber do canal Depois das Onze, Gabi Fernandes, fizeram a abertura do palco Creators by Trigg. Os apresentadores anunciaram um show de ilusionismo com Henry Vargas e Klaus Duraes, que transformam as representações do clássico Houdini em brincadeiras com o público. “Aqui na CCXP todos os mundos se encontram. Se pudesse escolher, em qual estaria?”, questiona Klaus. O ilusionista chamou uma das participantes para abrir uma caixa com as respostas dentro. A estudante Isabella Dutra, de Minas Gerais, foi a escolhida. A jovem de 18 anos achou tudo impressionante. “Eu esperava algo diferente e eles conseguiram superar todas as minhas expectativas. Fiquei muito nervosa no palco, mas estou amando tudo”.

Esta é a segunda vez que a CCXP organiza o Creators Stage. A ideia é gerar espaço para conteúdos espontâneos de influenciadores e personalidades televisivas. “Neste ano, trouxemos mais conteúdo de bandas que também estão no meio digital e de influenciadores”, explica Roberto Fabri, curador do espaço. Outro destaque foi a acessibilidade. O palco contou com um intérprete para traduzir todo o conteúdo para libras. Predominantemente tomado por youtubers e figuras da internet, o palco usou o lançamento do clipe Feelings, do feat Zeeba, Le Bid e Pontifexx, para debater como as redes impactam a vida do jovem, a conexão entre o real e o virtual. “A letra de feelings, que tem um contexto de amor e boas vibrações, norteou todo o clipe”, comenta Le Dib sobre a produção. O DJ Pontifexx conta que as gravações foram ao encontro da letra, pois eles literalmente se desligaram do universo virtual para se sincronizarem. “Para estar com seus amigos e sua família, você precisa estar presente. É impressionante como as redes sociais te distraem do que é real. No clipe tivemos a oportunidade de ver como estes momentos são necessários”, comenta Pontifexx.

Não foram só figuras da internet que marcaram presença no palco Creators. O ator Duda Nagle mediou um bate-papo com dois dublês famosos: Bobby Holand Hanton – Thor, Capitão América e 007 – e Renan Medeiros, que fez o filme brasileiro Aldo. “Queremos trazer esta cultura da ação do cinema e promover mais dublês no Brasil”, conta Nagle. Durante o papo, eles explicaram, no entanto, que o grande desafio é tornar a profissão segura mesmo nas cenas mais intensas.

Uma das atrações mais esperadas da noite e que animou o público, foi a presença dos irmãos Castro, do famoso canal do YouTube Castro Brothers. Com a ajuda da plateia, o elenco improvisou a apresentação com palavras aleatórias e fizeram inúmeros trocadilhos reproduzindo o quadro de maior sucesso do canal e quem risse primeiro perdia o jogo. Para fechar a primeira noite, a banda Far From Alaska deu um show de rock n’ roll com seu repertório mais aclamado.

Quadrinhos, técnicas de desenho e homenagens marcam o Auditório Prime

O Auditório Prime, terceiro maior da CCXP19, recebeu o quadrinista gaúcho Rafael Albuquerque, desenhista exclusivo da DC Comics, para uma masterclass da técnica aguada, parecida com a aquarela, mas à base de água. O artista mostrou como desenhar o Batman, um dos personagens mais icônicos dos quadrinhos. Em seguida, foi a vez de Laerte e Rafael Coutinho, dois dos mais respeitados artistas do país, subirem ao palco para conversar sobre a relação dos quadrinhos com a política. Num bate-papo descontraído, eles responderam perguntas sobre o papel do humor enquanto formador de opinião, como os memes falam sobre política e a participação das redes sociais no processo de inclusão. Depois de mais de uma hora de troca de ideias com a plateia, Laerte e Rafael deixaram o auditório aplaudidos de pé.

André Dahmer, um dos principais desenhistas do país e criador da tirinha Malvados, teve uma conversa cheia de humor com o público sobre como a internet está interferindo na sociedade. Depois, o músico Chorão foi homenageado em um dos momentos mais esperados, no bate-papo com João Gordo, Sarah Oliveira, Hugo Prata e Felipe Novaes sobre o filme “Chorão – Marginal Alado”. Eles contaram histórias do eterno vocalista da banda Charlie Brown Jr. e falaram sobre as emoções que sentiram durante as gravações.

Andreza Delgado, Leo Hwan, Jefferson Costa e Debs fecharam o dia no Auditório Prime conversando com o público sobre a representatividade em toda cultura pop. Os convidados falaram e responderam perguntas sobre preconceito contra negros, asiáticos e mulheres no universo geek. Isabela, de 25 anos, formada em Relações Públicas, foi até o painel porque se sentiu representada. “Eu como mulher, fã de cultura pop e bissexual, senti total sinergia com o tema. É muito importante falarmos disso, porque não é algo muito pautado na cultura pop.”

Campeonatos universitários animam a Oi Game Arena na CCXP

Nesta quinta-feira, na Oi Game Arena, numa disputa individual, universitários da AAA Vulcano e da INSPER MadFox se enfrentaram em busca do título de campões do Clash Royale no TUES (Torneio Universitário de E-sports). O representante da AAA Vulcano, Randall, e o da INSPER MadFox, Hindenburg, fizeram um belíssimo confronto. Com uma disputa acirrada do começo ao fim, Randall se sagrou bicampeão de Clash Royale no TUES, por 2×1.

Já as disputas entre equipes começaram com o embate entre TECMACK – Universidade Presbiteriana Mackenzie e a Universidade Positivo CAPYBARAS. Com seis representantes em cada time, alguns jogadores comentaram um pouco de sua experiência de jogar dentro da CCXP. Isabela Burrato, “Isinha”, como é conhecida a atleta do time da CAPYBARAS, relatou sobre o sentimento de estar competindo no evento. “Dá um friozinho na barriga pela quantidade de gente assistindo e o tamanho do palco. É uma experiência surreal”.

Na competição, o TECMACK derrotou o CAPYBARAS por 7×5 e 7×1 e se sagrou campeão do Rainbow Six Siege no TUES. Apesar da derrota, Eduardo Felisberto, o “Yuriza1” da CAPYBARAS, também falou sobre a chance de competir na CCXP19. “É uma oportunidade incrível. Muito bacana a iniciativa da CCXP de trazer a universidade aqui para dentro. Para nós, vira o melhor evento do ano”, comentou o atleta.

Na última competição da noite, League of Legends, o Falkol Storm, da UFABC, derrotou por 2×1 o DAEG Mackenzie e sagrou-se tricampeão da CCXP e hexacampeão da TUES.

Trajetória e novidades no Auditório Ultra

O auditório Ultra recebeu os quadrinistas do Stout Club que falaram sobre a trajetória do selo e a importância da HQ Mondo Estranho para eles. Entre os próximos projetos do grupo está uma parceria com a plataforma de streaming ComiXology para a produção de quatro títulos 100% feitos por brasileiros. Trabalhando com grandes nomes do cenário mundial como Grant Morrison e Mark Millar, o segundo a subir no palco foi Frank Quitely. Ele revisitou suas principais obras e comentou sobre a oportunidade de desenhar personagens da DC Comics. O artista ainda falou sobre sua nova série na Netflix, Jupiter’s Legacy.

Para fechar o dia, a dona das estátuas e colecionáveis mais cobiçadas da CCXP, a Iron Studios mostrou dioramas e comentou o processo de criação de peças que envolvem personagens da Marvel, Thundercats e Harry Potter. Em uma votação com o público para escolher qual será o colecionável produzido pela Iron Studios para a próxima edição da CCXP, os argumentos de um menino de nove anos definiram que Killer Croc, o Crocodilo inimigo do universo Batman da DC Comics, será o personagem trabalhado. A empresa apresentou ainda projetos envolvendo Mortal Kombat, God of War e Stan Lee.

Auditório Cinemark XD é um dos espaços mais disputados

As duas primeiras pessoas da fila para o auditório Cinemark XD, o mais concorrido do festival, estavam empolgadas. Amanda dos Santos Aragão, 23, estagiária de Letras, planejava passar o dia inteiro dentro do espaço para não perder seu lugar nos painéis do dia. Thais Oliveira Matos, 23, publicitária, contou que elas chegaram às 9h nos portões da CCXP. Foram direto para a fila do auditório. As duas esperavam ver o painel da Warner, programado para as 20h, com as estrelas do novo filme Aves de Rapina, entre elas a vencedora do Oscar de melhor atriz, Margot Robbie.

A abertura do auditório Cinemark aconteceu de modo especial com a presença de Cao Hamburger falando sobre os 25 anos do Castelo Rá-Tim-Bum. Cao contou que foram produzidos dois programas antes de chegar ao formato final apresentado. Na época da estreia, houve a procura por canais internacionais querendo comprar os direitos globais da história criada, porém não houve negociação. Marcelo Forlani conduziu o painel resgatando vários momentos marcantes do programa, que faz parte da cultura pop nacional. O momento mais emocionante foi o clipe da música do banho, cantada pelo ratinho de stop-motion e acompanhada por todos os presentes.

Em um segundo momento, André Marques foi chamado para trocar de lugar com Forlani e apresentar o novo projeto de Cao Hamburger, a série A5 five – spin-off da temporada de 2017 de Malhação Viva as Diferenças, que estreará pela plataforma de streaming Globoplay. As protagonistas se juntaram aos dois no palco para explicar as diferenças entre os formatos de série e novela. A nova história se passa com um salto de seis anos na história original e já conta com 12 episódios gravados, com estreia para 2020 e uma segunda temporada já confirmada.

Os painéis Rei Leão: Dando Vida à Savana e Homem-Aranha: Desbravando o Aranhaverso trouxeram os incríveis Julien Bolbach e Pav Grochola, respectivamente, para falar sobre os efeitos visuais para a criação dessas duas superproduções. Bolbach, especialista em efeitos especiais disse que O Rei Leão só foi possível depois de aprimorarem várias técnicas de Mogli. Já Grochola, supervisor da divisão de animações da Sony, se orgulha das novas técnicas desenvolvidas para o Aranhaverso e pede que os fãs continuem apoiando iniciativas inovadoras.

Os painéis mostraram várias etapas da animação dos personagens, do cenário, bem como várias técnicas que foram criadas ao longo do processo, para a finalização dos filmes.

Takashi Shimizu, diretor que fez história nos filmes de terror com O Grito, participou de um painel de arrepiar. Shimizu dirigiu as versões originais japonesas do filme Ju-On (1 e 2), e contou que foi uma surpresa quando os produtores americanos o chamaram para dirigir a versão que fez sucesso mundial em 2004, ficando em primeiro lugar por duas semanas nos EUA. O diretor, que veio pela primeira vez ao Brasil, compartilhou, entre risadas, um fato pessoal curioso. Ele não consegue ver sangue e passa mal até ao fazer exames. Quando perguntado sobre como é seu processo criativo, Shimizu explicou que usa muito de seus medos de criança para se inspirar. Explicou que foi uma criança muito medrosa e começou a usar, em seus filmes, todas os pensamentos que o assustavam no seu imaginário.

O painel da Riot Games trouxe muitas novidades para os fãs de League of Legends. Depois de celebrar uma década do famoso jogo multiplayer, a empresa desenvolveu uma nova vertente chamada Riot Forge que, em parceria com vários produtores, está criando novos modos de jogar e explorar a aventura. O foco agora é lançar mais jogos single player e aumentar o storytelling para várias plataformas e contar a sequência da história, após todos esses anos.

Um dos painéis mais esperados desta quinta-feira foi o Batman 80 anos. A abertura da Banda Leela contou com as músicas tema do personagem por toda a história, enquanto imagens dos filmes, séries e desenhos mais marcantes passavam na tela. Foi um início espetacular para um painel importantíssimo, já que o Homem-Morcego é justamente o homenageado desta edição do festival. Neal Adams tomou conta da narrativa, trazendo muito de sua experiência e brilhantismo para a conversa. Rafael Grampá, que está produzindo uma nova história do Batman junto com o gênio Frank Miller, faz parte da atual geração de quadrinistas brasileiros que estão ganhando o cenário internacional. Mikel Janín, conhecido pela controversa história onde Batman “se casa” com Mulher-Gato, tentou definir o famoso herói como uma pessoa comprometida com sua promessa. “O Batman não pode ser feliz e ser Batman ao mesmo tempo”, declarou. Frank Quitely garante que, mesmo depois de 80 anos, sempre haverá um jeito novo de interpretar a história do herói. “Batman é um personagem que sempre vai existir”, finalizou.

O painel mais animado da quinta-feira foi, sem dúvidas, o da Warner. Aves de Rapina juntou as protagonistas e a diretora em uma conversa animada com Marimoon. A primeira frase que Margot Robbie resumiu o painel inteiro: “You guys are insane!” ou “Vocês são insanos!”, já que a animação demonstrada por todos, mesmo no fim do dia, foi enorme. A gritaria atingiu altos níveis quando a cena de abertura e um teaser exclusivos foram apresentados para o auditório lotado. Com o discurso forte de empoderamento feminino, o filme estreia no começo de 2020 e promete muita ação com atuações marcantes.

CCXP19  

Datas: 5 a 8 de dezembro de 2019   

Local: São Paulo Expo (Rodovia dos Imigrantes, km 1,5, Água Funda, São Paulo – SP)  
Ingressos: ESGOTADOS

Horários: quinta-feira e sexta-feira, das 12h às 21h; sábado, das 11h às 21h; e domingo, das 11h às 20h.

CASA WARNER BY FRIENDS GANHA MAIS UMA SEMANA E IRÁ ATÉ O DIA 13 DE OUTUBRO

Ingressos para a semana extra estarão à venda a partir desta quinta;
veja também fotos inéditas dos ambientes

Os fãs pediram e a Casa Warner by Friends terá mais uma semana! Os ingressos para o período entre os dias 7 a 13 de outubro estão à venda no site www.casawarner.com.br desde quinta, dia 12 de setembro, ao meio-dia.

Além da grande homenagem em dois de seus andares à série Friends, que comemora 25 anos de sua estreia na TV, a Casa Warner by Friends terá também ambientes e ativações das séries favoritas do canal: Riverdale, com o bote do Passeio de Cheryl e Jason no Rio Sweetwater ancorado no Boulevard da Praça Pamplona e com o La Bonne Nuit Speakeasy, o bar de Veronica, também no nível do Boulevard, após a recepção e lobby da Casa.

No andar Térreo, os heróis da Warner Channel estarão muito bem representados com The Flash e Supergirl, cujas salas especiais terão cenários para fotos com o pouso da Supergirl e a sala simulando a passagem do Flash pelo local.

Os Potterhead podem também se preparar para ótimos momentos na entrada secreta da Plataforma 9 ¾, e os fãs de Young Sheldon e The Big Bang Theory poderão visitar o cenário do berço de muitas das manias de Sheldon – o display da marca Bazinga e a fachada da King Kong Comics. A Loja Warner estará também no térreo, com os melhores artigos e objetos das suas séries preferidas à venda.

FRIENDS – 25 ANOS MUITO ESPECIAIS

O primeiro e o segundo andares reservam as surpresas que os fãs de Friends tanto esperam. No primeiro andar, ela: uma réplica do icônico Central Perk, que terá o mais famoso dos sofás de toda Nova York, com cafés especiais e uma surpresinha de Phoebe.

Ao lado, na Janela do Apartamento de Monica e Rachel, você poderá tirar a clássica foto dos amigos olhando atônitos para o Ugly Naked Guy. Um pouco mais à frente, o visitante poderá se tornar uma das duas criações artísticas mais famosas de Friends: Gladys e Glyniss – e logo ao lado, seguirá passos no chão para reproduzir a impagável Dança Geller. Ainda no primeiro andar, uma instalação com as Frases Mais Famosas da Série vai garantir aqueles stories incríveis – com áudios originais acompanhando a experiência.

Na escada que leva ao segundo andar, o luminoso Pivot! relembra um dos grandes momentos da série. No Apartamento de Joey e Chandler vista a Cabeça de Peru e tenha uma surpresa ao chegar à mesa de pebolim. Nenhuma lembrança de Joey está completa sem o display do batom Ichiban, onde o visitante poderá utilizar o mesmo batom icônico do comercial do Joey.

Junte seus amigos na Porta do Apartamento de Monica e Rachel para uma das fotos mais imitadas de todos os tempos. Se preferir, entre no apartamento deslizando com maestria a bordo da Estátua de Cachorro.

Ao lado, a Cozinha da Monica será o cenário da Loja exclusiva de Friends – 25 Anos! E, quem sabe, você também poderá encontrar algumas das melhores receitas já feitas em todas as temporadas.

SERVIÇO:CASA WARNER BY FRIENDS
Ingressos à venda para os dias 7 a 13 de outubro a partir de 12 de setembro em www.casawarner.com.brData: 18 de setembro a 13 de outubro
Horário: 10h30 às 20h30
Local: Rua Pamplona, 145 – Bela Vista – São Paulo – SP

BandUP tem coleção exclusiva para fãs de Aquaman

Líder no segmento de licenciamento, empresa criou e comercializa linha de produtos oficiais da DC Comics com personagens do novo filme

Desde que estreou nos cinemas brasileiros, no último dia 13, a nova superprodução Aquaman vem batendo recordes de bilheteria por aqui e em outros países. Baseado no personagem homônimo da DC Comics, distribuído pela Warner Bros. Pictures, o filme é o sexto filme do Universo Estendido DC.

Dirigido por James Wan, com um roteiro de Will Beall, a partir de uma história de Wan e Geoff Johns, o filme mostra a jornada do semi atlante, Arthur Curry (Jason Momoa), na companhia dos seus aliados Mera (Amber Heard) e Vulko (Willem Dafoe), para encontrar o tridente do rei, uma arma mítica capaz de controlar os sete mares e enfrentar Orm (Patrick Wilson), meio-irmão de Arthur que pretende derrubá-lo e tomar o trono de Atlântida.

Para quem já conferiu ou vai assistir Aquaman, a BandUPcriou diversos produtos oficiais com os personagens do filme e itens com um toque retrô para os fãs do super herói que surgiu há mais de 70 anos. A coleção é composta por camisetas masculinas e femininas, canecas, copos, almofadas e boné que já estão à venda na BandUP Store(www.bandup.com.br). Confira!

FORCE FRIDAY II MARCADA PARA 1º DE SETEMBRO DE 2017

Começou a contagem regressiva para o lançamento dos produtos de “Star Wars: The Last Jedi”

A Disney e a Lucasfilm anunciaram a Force Friday II, um evento global para os fãs celebrarem o lançamento de todos os novos produtos inspirados no aguardadíssimo “Star Wars: The Last Jedi”. Brinquedos, colecionáveis, livros, itens de vestuário e muito mais começarão a ser vendidos a partir das 00h01 do dia 1º de setembro de 2017, com lojas no mundo todo ficando abertas para dedicar um final de semana inteirinho a uma incrível celebração de Star Wars.

image006.jpg

“O evento Force Friday de 2015 foi realmente único, unindo fãs de cinco continentes em uma celebração global sem precedentes de Star Wars”, declarou Jimmy Pitaro, presidente da Disney Consumer Products and Interactive Media. “Estamos muito felizes em confirmar que a Force Friday está de volta para ‘The Last Jedi’ – os planos para o evento deste ano são “top secret”, mas esperem algo com as devidas dimensões globais, épico e compatível com toda a empolgação em torno do próximo episódio da Saga Star Wars”.

Os fãs de Star Wars no mundo todo participaram da Force Friday em 2015, com centenas de milhares deles aparecendo nas lojas à meia noite para serem os primeiros a colocar as mãos nos produtos de “Star Wars: O Despertar da Força”. Os brinquedos foram revelados em um evento de unboxing transmitido ao vivo que durou 18 horas e abrangeu 15 cidades em 12 países, atraindo milhões de visualizações no YouTube. Os fãs foram para as redes sociais compartilhar suas experiências, o que gerou mais 620.000 posts usando a hashtag #ForceFriday em apenas 24 horas e aproximadamente 3 bilhões de impressões no Twitter sobre o evento.

“Star Wars: O Despertar da Força” é o filme de maior bilheteria de todos os tempos nos EUA e esse sucesso refletiu no varejo. A NPD relatou que Star Warsfoi o brinquedo mais comprado nos EUA em 2016 e que durante a semana da Force Friday, $1 de cada $11 dólares gastos em brinquedos foi em um brinquedo de Star Wars. A popularidade do filme também levou Star Wars à lista dos “top ten” tanto para meninas quanto para meninos pela primeira vez em 2015.

Hoje também está sendo revelado uma primeira mostra das embalagens dos produtos de “Star Wars: O Último Jedi”, que apresenta uma heroína no papel principal, Rey, junto com Poe Dameron e Finn. O trio de diferentes heróis vai estar em uma das embalagens de Star Wars, a partir de 1 de setembro de 2017.

Os fãs podem ficar ligados acessando StarWars.com para mais detalhes sobre os eventos da Force Friday II, e seguir as discussões nas redes sociais usando a hashtag #ForceFridayII.

 

Comic Com Experience comemora cultura pop

Por Rodrigo Bocatti

Entre os dias 1 e 4 de dezembro aconteceu em São Paulo a maior convenção de nerds e geeks da América Latina, quiçá do mundo, no São Paulo Expo, a Comic Con Experience. A feira teve início em 2014 e desde então vem crescendo a cada ano.

Realizada durante quatro dias, ela trouxe empresas como a Warner, Marvel, Disney, Netflix, HBO, Paramount, Paris Films, entre outros. E cada ano que passa esse número aumenta e cada vez mais eles trazem novidades. E em seus painéis mostraram conteúdos exclusivos e próximos lançamentos. E tanto o Auditório Cinemark, Prime e Ultra ficaram lotado os quatro dias, pois não faltava programação para os fãs.

São Paulo, dezembro de 2016. Cobertura do evento CCXP 2016 no São Paulo EXPO. Foto: Carolina Vianna.
Fãs da cultura nerd se reuniram durante a CCXP. (Foto: Carolina Vianna)

A 20th Century Fox levou um circuito para prática do Le Parkour e uma plataforma para o Salto da Fé, tudo para promover o filme “Assassin’s Creed”. O estúdio também reservou uma parte do seu stand para os fãs mandarem alguns recados para Hugh Jackman, que interpretará pele última vez o mutante Wolverine, em “Logan” e a cena clássica de Negan em “The Walking Dead”.

A Warner/DC Comics apresentou os uniformes oficiais das séries “The Flash”, “Arrow” e “Sueprgirl”, além dos figurinos originais de “Animais Fantásticos e Onde Habitam” e a boneca Annabelle.

Fotos: Rodrigo Bocatti

A Disney/Marvel por sua vez apresentou o uniforme de Thor, no próximo filme do Deus Trovão, “Rogue One: Uma História Star Wars” e “Piratas do Caribe: A Vingança de Salazar”.

A HBO trouxe conteúdo de “Game Of Thrones” e “Westworld”. A Sony estava com cenários de “Homem-Aranha”. E teve mais coisas nos estúdios, que não dá para enumerar aqui, pois foram tantas novidade, que os visitantes não sabiam para onde olhar e quais visitar.

A área de Artists Alley cresceu durante os anos e hoje é a maior área de artistas independentes entre todas as Comic Cons do mundo. E lá você poderia conhecer seu artista favorito e conhecer novos trabalhos e conversar com outros. E os Cosplays também se destacaram esse ano, com trajes bem feitos e idênticos aos seus personagens favoritos.

2016_comicon_phcarolinavianna__cvg4057
Artists Alley da CCXP é a maior dentre as Comic Cons do mundo. (Foto: Carolina Vianna)

Em 2016, a CCXP inaugurou o Anime Experience, dedicada a cultura japonês de animes. A maior atração da feira estava nesse espaço, com as 12 armaduras douradas de Cavaleiros do Zodíaco, em tamanho real, e pela primeira vez fora do Japão. Além de outras atrações da nova área, que fez sucesso.

ccxp_2016_toys_695
Armaduras de ouro dos Cavaleiros do Zodíaco, em tamanho real, foram exibidas na Comic Con Experience. (Foto: Gabriel Colombara)

Fotos: Henrique Moita

Esse ano, a CCXP atraiu fãs de todas as partes do Brasil e dos países vizinhos e acredito que ano que vem será maior e melhor, pois a organização vem se superando a cada ano. O que nos resta é aguardar mais um ano, para novamente nos emocionarmos e superarmos nossas expectativas e conhecer as próximas novidades dos nossos estúdios preferidos.

Cosplays.

Foto: Henrique Moita e Rodrigo Bocatti

Fotos: Henrique Moita e Rodrigo Bocatti

DISNEY E GOOGLE OFERECEM AOS FÃS EXTRAORDINÁRIAS EXPERIÊNCIAS INTERATIVAS PARA CELEBRAR STAR WARS: O DESPERTAR DA FORÇA

Awaken the Force Within possibilita que fãs de todo o mundo escolham entre o Lado da Luz e o Lado Sombrio no aplicativo imersivo do Google Transformations

A Disney anunciou hoje, em uma colaboração sem precedentes com o Google, que os fãs de Star Wars terão a oportunidade de participar das experiências imersivas —Awaken the Force Within e Google Cardboard Virtual Reality— em celebração a Star Wars: O Despertar da Força da Lucasfilm.

O programa global Awaken the Force Within começa hoje e os fãs que visitarem google.com/starwars podem escolher o Lado Sombrio ou o Lado da Luz para o próximo lançamento Star Wars: O Despertar da Força. Seus aplicativos Google favoritos serão transformados para refletir o lado que eles escolheram. Experiências especiais foram desenvolvidas para Android Wear Watches, Google Calendar, Chrome, Chromecast, Gmail, Google Maps, Google Now, Waze e YouTube com recursos adicionais que os fãs descobrirão nas Caixas de Entrada do Gmail, Google Translate e Google Search.

Disney e Google se unem para promover uma experiência aos fãs de Star Wars. (Foto: Divulgação)
Disney e Google se unem para promover uma experiência aos fãs de Star Wars. (Foto: Divulgação)

Em 2 de dezembro chega uma nova experiência de realidade virtual desenvolvida junto com Google e Verizon. Esta apresentará a inédita experiência seriada Google Cardboard Virtual Reality (VR) que combina uma história envolvente a conteúdos exclusivos nunca vistos antes, que conecta diretamente o lançamento de Star Wars: O Despertar da Força à mais avançada tecnologia de realidade virtual.

O ILMxLAB, o laboratório de entretenimento imersivo da Lucasfilm, Industrial Light & Magic e Skywalker Sound, criou o conteúdo de realidade virtual para o Google Cardboard VR Experience utilizando um grupo de especialistas em efeitos especiais, design e arte.

A experiência Google Cardboard Virtual Reality será lançada através do aplicativo oficial de Star Wars e estará disponível para dispositivos Android e iOS.

Quatro designs exclusivos do Google Cardboard com imagens populares de Star Wars também estarão disponíveis exclusivamente nas lojas Verizon a partir de 2 de dezembro.

SOBRE O FILME:

A Lucasfilm e o visionário diretor J.J. Abrams se unem para levar você de volta a uma galáxia muito, muito distante com o retorno de Star Wars às telas dos cinemas com o filmeStar Wars: O Despertar da Força da Lucasfilm.

O filme é estrelado por Harrison Ford, Mark Hamill, Carrie Fisher, Adam Driver, Daisy Ridley, John Boyega, Oscar Isaac, Lupita Nyong’o, Andy Serkis, Domhnall Gleeson, Anthony Daniels, Peter Mayhew e Max Von Sydow. Kathleen Kennedy, J.J. Abrams e Bryan Burk são os produtores e Tommy Harper e Jason McGatlin são os produtores executivos. O roteiro é de Lawrence Kasdan & J.J. Abrams e Michael Arndt.