Arquivo da tag: Fatos Reais

Luta Por Justiça – Uma Eterna Luta

Michael B. Jordan e Jamie Foxx em novo lançamento da Warner. (Foto: Divulgação)

Por Henrique Moita

Primeiramente, gostaria de dizer que filmes como esse, baseado em fatos reais, deveria ser proibido e ao mesmo tempo exaltado e muito mais divulgado.

Proibido, pois sabemos que será algo que irá aflorar muito as nossas emoções, com histórias pra lá de comoventes.

“Luta por Justiça” começa se passando no ano de 1987 e termina no ano de 1993, e nele acompanhamos a história de Walter McMillian para conseguir provar sua inocência em um crime que não cometeu.

E por mais que esse filme se passe a quase 30 anos, ele não poderia ser mais atual, o que chega a ser triste. Tudo por conta de algo que, por mais incrível que possa parecer, ainda está muito infiltrado em diversos lugares: o racismo.

Em “Luta Por Justiça” podemos ver como muitos policiais, ainda mais em estados conservadores dos Estados Unidos, não pensavam duas vezes antes de apontar um negro como culpado em diversos crimes, por mais que não se tivesse nenhuma prova conclusiva em relação a isso, simplesmente, por serem negros. E só com isso, já dá para notar o fato dele ser ainda muito atual, já que..bem…isso não mudou muito nesse tempo.

Em questão de interpretação, não é muito difícil de imaginar que ela seja a mais autêntica possível, tanto Jamie Foxx (Walter McMillian) quanto Michael B. Jordan (seu advogado Bryan Stevenson) passam uma verdade absurda no sofrimento dos dois personagens, afinal, é muito provável que ele já tenham passado por algum tipo de descriminação ao longo de suas vidas.

Por fim, fico um pouco chateado que esse filme não será um daqueles que terá uma graaaande repercussão, mas aqui, sugiro que todos vão ao cinema, por se tratar de uma história emocionante, do começo ao fim e ainda mais para que todos possamos ver, mais uma vez, como negros sofriam e ainda sofrem muito com a descriminação.

LUTA POR JUSTIÇA GANHA PRIMEIRo TRAILER

Longa estrelado por Michael B. Jordan, Jamie Foxx e Brie Larson tem estreia prevista para 27 de fevereiro de 2020

A Warner Bros Pictures divulga o primeiro trailer de Luta Por Justiça, filme dirigido pelo premiado Destin Daniel Cretton e que conta com um elenco de peso com Michael B. Jordan e os vencedores do Oscar Jamie Foxx e Brie Larson. Baseado em fatos reais, o longa mostra a história do jovem advogado Bryan Stevenson que lutou e criou um centro jurídico no Alabama para defender presos condenados ao corredor da morte.

Sobre o filme

Michael B. Jordan (“Pantera Negra”, “Creed: Nascido Para Lutar”, “Creed II”) e os vencedores do Oscar Jamie Foxx (“Em Ritmo de Fuga”, “Django Livre”) e Brie Larson (“O Quarto de Jack”, “O Castelo de Vidro”, “Capitã Marvel”) estrelam Luta Por Justiça, um drama inspirador que traz às telas uma das histórias mais importantes de nosso tempo.

O premiado cineasta Destin Daniel Cretton (“O Castelo de Vidro”, “Short Term 12”) dirigiu o filme a partir de um roteiro que ele coescreveu, baseado no premiado livro de Bryan Stevenson.

Uma história verídica impactante e instigante, Luta Por Justiça acompanha o jovem advogado Bryan Stevenson (Jordan) e sua luta célebre por justiça. Após se formar em Harvard, Bryan poderia ter optado por um emprego com um bom salário. Ao invés disso, ele vai ao Alabama para defender pessoas que foram condenadas injustamente sem contar com representação adequada, onde terá o apoio da advogada local Eva Ansley (Larson). Um de seus primeiros – e mais polêmicos – casos é o de Walter McMillian (Foxx) que, em 1987, foi condenado à morte pelo assassinato chocante de uma jovem de 18 anos, apesar das evidências que apontavam sua inocência e o fato de que o único depoimento contra ele veio de um criminoso com motivos para mentir. Nos anos que se seguem, Bryan se envolve em um labirinto de manobras legais e políticas, além de racismo, à medida que luta por Walter e outros como ele, contra todas as adversidades – e o sistema.

O elenco principal também inclui Rob Morgan (“Mudbound – Lágrimas Sobre o Mississippi”) como Herbert Richardson, outro prisioneiro que aguarda seu destino no corredor da morte; Tim Blake Nelson (“Wormwood”) como Ralph Myers, cujo depoimento determinante contra Walter McMillian é colocado em dúvida; Rafe Spall como Tommy Chapman, o promotor de justiça que está lutando para manter a condenação e a sentença de Walter; O’Shea Jackson Jr. (“Straight Outta Compton – A História do N.W.A.”) como Anthony Ray Hinton, outro condenado à morte injustamente, cujo caso é assumido por Bryan; e Karan Kendrick (“O Ódio que Você Semeia”) como a esposa de Walter, Minnie McMillian, que apoia seu marido.

O filme é produzido por Gil Netter, duas vezes indicado ao Oscar (“As Aventuras de Pi”, “Um Sonho Possível”); Asher Goldstein (“Short Term 12”) e Michael B. Jordan. Os produtores executivos são Bryan Stevenson, Mike Drake, Niija Kuykendall, Gabriel Hammond, Daniel Hammond, Scott Budnick, Jeff Skoll e Charles D. King.

Cretton coescreveu o roteiro com Andrew Lanham (“O Castelo de Vidro”), com base no livro de Stevenson Just Mercy: A Story of Justice and Redemption. Publicado em 2014 pela Spiegel & Grau, o livro figura entre os mais vendidos do The New York Times há mais de 150 semanas e foi eleito um dos melhores do ano por várias publicações importantes, incluindo a revista TIME. Pelo livro, Stevenson também ganhou uma Medalha de Excelência Andrew Carnegie, um NAACP Image Award e o Dayton Literary Peace Prize na categoria de não ficção.

A equipe de Cretton nos bastidores inclui o diretor de fotografia Brett Pawlak, a desenhista de produção Sharon Seymour, o editor Nat Sanders e o compositor P. West, que colaboraram com o diretor anteriormente em “O Castelo de Vidro”. Soma-se a eles a figurinista Francine Jamison-Tanchuck (“Detroit em Rebelião”, “Roman J. Israel”)

A Warner Bros. Pictures apresenta, em associação com a Endeavor Content/One Community/Participant Media/Macro, Luta Por Justiça, uma produção de Gil Netter e da Outlier Society. Com lançamento no Brasil previsto para 27 de fevereiro de 2020, Luta Por Justiça será distribuído mundialmente pela Warner Bros. Pictures.

Bertrand Brasil lança “O urso”, thriller narrado por uma criança

Baseado em fatos reais,  livro conta a história de uma família atacada por um urso em um parque no Canadá onde só os filhos sobrevivem

image004.jpgNo início da década de 1990 o parque Algonquin, noroeste de Toronto, ficou marcado pelo assassinato de um casal que acampava em uma de suas ilhas. Um urso-negro os atacou sem motivo aparente e o caso ganhou grandes proporções. Naquela época, Claire Cameron trabalhava no parque e pôde acompanhar de perto as teorias que envolveram o ataque. Na nota da autora, inserida logo no inicio do livro, ela esclarece que não houve culpados, “o casal estava simplesmente no lugar errado, na hora errada”, mas o episódio serviu de inspiração para que, anos depois, ela escrevesse “O urso”, uma história sobre perda, luto e sobrevivência.

Baseado nas memórias e pesquisas de Claire, o livro é narrado em primeira pessoa por Anna, de cinco anos. Ela e o irmão mais novo conseguem sobreviver ao ataque de um urso após o pai trancá-los em um compartimento de comida. Os adultos não tem a mesma sorte. Quando acorda no dia seguinte, Anna acredita que seu pai fugiu por estar chateado, afinal, só poderia ser esse o significado dos gritos que ele deu durante a noite. A mãe, encontrada muito machucada entre os arbustos da reserva, consegue usar suas últimas forças para instruir Anna a sair da ilha e promete encontrá-la “quando for a hora”.

O que se segue é uma experiência de provação vividamente retratada pela autora. Anna terá que lidar com a fome, a chuva, o isolamento na floresta e a ausência dos pais para guiá-la. A seu favor está a sua imaginação, o amor pela sua família e uma dose de esperança de ainda reencontrar os pais. Anna conduz os leitores através da sua visão inocente do mundo, cheia de autenticidade.

“O urso” chega às livrarias este mês pela Bertrand Brasil.

Claire Cameron é escritora e jornalista canadense. Trabalhou como instrutora no Parque Algonquin de Ontário e para a Outward Bound. Hoje vive em Toronto com o marido e os dois filhos. Saiba mais em: www.claire-cameron.com.

‘Todo o Dinheiro do Mundo’ chega aos cinemas brasileiros em fevereiro

NOVO FILME DE RIDLEY SCOTT SERÁ DISTRIBUÍDO PELA DIAMOND FILMS NO BRASIL 

“Todo o Dinheiro do Mundo”, novo longa-metragem do cineasta Ridley Scott, chega aos cinemas brasileiros em 1º de fevereiro de 2018, com distribuição da Diamond Films. No elenco principal estão os atores Michelle Williams, Mark Wahlberg, Christopher Plummer e Charlie PlummerCharlie Plummer.

ViewImage (2).jpg

Assinado por David Scarpa, o roteiro é inspirado na história do sequestro do adolescente John Paul Getty III (Charlie Plummer), neto do magnata americano do petróleo John Paul Getty (interpretado por Christopher Plummer), que aconteceu na Itália em 1973. A trama narra as tentativas desesperadas de sua devota mãe (papel de Michelle Williams) em convencer o patriarca da família a pagar a grande quantia exigida para oresgate. Quando ele recusa, ela tenta influenciá-lo, enquanto os sequestradores de seu filho se tornam cada vez mais inflexíveis e brutais. Oroteiro é inspirado em eventos históricos. Porém, algumas cenas, diálogos e personagens são fictícios.