Arquivo da tag: Filme

FOX FILM DO BRASIL DIVULGA PRIMEIRO TRAILER DE “DEPOIS DAQUELA MONTANHA”

Perdidos após um trágico acidente de avião, dois estranhos precisam forjar uma conexão para sobreviver aos elementos extremos de uma remota montanha coberta de neve. Quando percebem que a ajuda não está vindo, eles embarcam em uma terrível viagem através de centenas de quilômetros de deserto, empurrando um ao outro para suportar essas condições, e uma atração inesperada surge entre eles. O filme é dirigido pelo indicado ao Oscar Hany Abu-Asad e estrelado por Kate Winslet (vencedora do Oscar) e Idris Elba.

Diretor: Hany Abu-Asad
Elenco: Kate Winsler, Idris Elba

Depois Daquela Montanha tem estreia prevista para Novembro de 2017.

Canal Brasil exibe o inédito “Trem Trilhos Trump” nesta sexta-feira dia 20

Americanos discutem a eleição de Donald Trump à presidência americana. Filme vai ao ar no dia da posse do novo presidente

A eleição do presidente norte-americano é tema do filme inédito “Trem Trilhos Trump”, de Luís Nachbin, que o Canal Brasil exibe na próxima sexta, dia 20, às 21h, com exclusividade. O filme vai ao ar no mesmo dia da posse de Donald Trump. O documentarista cruzou os Estados Unidos em um trem e entrevistou pessoas comuns para saber suas visões sobre o processo eleitoral e seus candidatos. Foram 6.500 km de trilhos e quatro dias de viagem. Pela janela, há deserto, montanhas nevadas e pequenas cidades. Dentro dos vagões, são 13 entrevistados que revelam seus sonhos, angústias e diferentes visões sobre o que está por vir.

yyeq5dABF0259.jpg
Canal Brasil estreia “Trem Trump Trilhos”, nesta sexta-feira. (Foto: Divulgação)

Os vagões do trem a cruzar o país são o cenário para as entrevistas realizadas pelo diretor em sua tentativa de compreender o sentimento do povo americano sobre a eleição. Votantes do candidato republicano ratificam suporte às ideias dele de austeridade em questões imigratórias, ao discurso contra o terrorismo e à manutenção do direito ao porte de armas. Simpatizantes democratas manifestam receio ao tratamento de negros e homossexuais, e repudiam o machismo das falas do empresário. Gravando livremente, o cineasta revela as esperanças e os medos com relação ao homem que vai guiar a “terra da liberdade”.

Até o Último Homem, de Mel Gibson, ganha pôster oficial

O drama tem estreia prevista para o dia 5 de janeiro de 2017 nos cinemas brasileiros

"Até o Último Homem", com direção de Mel Gibson, ganha primeiro pôster. (Foto: Divulgação)
“Até o Último Homem”, com direção de Mel Gibson, ganha primeiro pôster. (Foto: Divulgação)

Dirigido por Mel Gibson (Coração Valente), o longa Até o Último Homem (Hacksaw Ridge, EUA, Austrália, 2016), com lançamento previsto para o dia 5 de janeiro de 2017 nos cinemas brasileiros pela Diamond Films Brasil, ganha pôster oficial. O filme, baseado em uma história real, acontece durante a Segunda Guerra Mundial e tem como protagonista o médico do exército Desmond T. Doss (Andrew Garfield, A Rede Social) que se recusa a pegar em uma arma e matar pessoas. Assim, durante a Batalha de Okinawa, ele trabalha na ala médica e salva mais de 75 homens. A postura ganha repercussão e o médico recebe uma Medalha de Honra do Congresso, tornando-se o primeiro Opositor Consciente da história norte-americana.

O drama traz também no elenco Teresa Palmer (Meu Namorado é um Zumbi), Sam Worthington (Avatar), Vince Vaughn (De Repente Pai), Luke Bracey (O Melhor de Mim), Rachel Griffiths (Ela dança. Eu danço), Ryan Corr (Promessas de Guerra) e Hugo Weaving (Matrix). O roteiro é da experiente dupla Andrew Knight (Promessas de Guerra) e Robert Schenkkan (O Americano Tranquilo).

“Esquadrão Suicida” muda tom dos filmes da DC Comics, mas ainda peca em alguns aspectos

Por Antonio Lemos e Rodrigo Bocatti

 Quando “X-Men: Apocalypse” estreou, eis que apareceu o trailer de “Esquadrão Suicida”. A vontade em assisti-lo foi grande e por conta das cenas de ação e a trilha sonora. Aquilo despertou a minha curiosidade e tive que fazer uma promessa: eu tenho que assistir este filme, pois tem tudo para ser um dos melhores do ano.

Eis que chegou o grande dia, porém, o longa não superou as expectativas. Pelo contrário, deu aquela atropelada na trama dos vilões e as cenas de ação ficaram bem arrastadas. A trilha sonora foi fantástica indo de Creedence Clearwater Revival até Eminem e terminando com a clássica canção do Queen Bohemian Rhapsody”, mas o espaço aqui é para falar do filme e não de música.

"Esquadrão Suicida" muda o tom dos filme da DC Comics, mas não convence com narrativa óbvia. (Foto: Divulgação)
“Esquadrão Suicida” muda o tom dos filme da DC Comics, mas não convence com narrativa óbvia. (Foto: Divulgação)

A primeira meia-hora do filme mostra Amanda Waller (Viola Davis) preocupada em ter um grupo de vilões para salvar a cidade, e, consequentemente o mundo, após a morte do Superman. Ela dirige a Argus, uma agência secreta do governo chamado e cria uma força tarefa ‘suicida’ de super-vilões. O governo norte-americano recruta um grupo de criminosos, formado por Pistoleiro (Will Smith), Arlequina (Margot Robbie), Capitão Bumerangue (Jai Courtney), Crocodilo (Adewale Akinnuoye-Agbaje), Magia (Cara Delevigne), Diablo (Jay Hernandez) e Amarra (Adam Blech) para missões especiais. E Waller não dá ponto sem nó, ela convoca um dos melhores homens que os EUA possui na linha de frente para comandar a missão, Rick Flag (Joe Kinnaman) com sua protetora Katana (Karen Fukuhara). E os vilões são obrigados naquele negócio de “obedece ou morre” em troca de penas mais curtas.

Como a maioria dos vilões/heróis são desconhecidos do público que não acompanha a história em quadrinhos, o longa os apresentou até de certa forma atropelando os flashbacks dos considerados principais e dando um gostinho do Flash (Erza Miller) em cena. Isso tudo fruto das várias refilmagens que o longa foi submetido, por isso, uma “queimada de largada” ao jogar tanta informação de cada um em curto intervalo de tempo.

O destaque para o filme fica para a atuação de Margot Robbie e a sua Arlequina. A atriz encarnou a verdadeira Arlequina e a construção da personagem foi um dos pontos altos, já que ela fez os fãs deliraram com a roupa clássica em que ela foi apresentada na série animada e seu relacionamento com o Coringa (Jared Leto).

Após a atuação de Heath Ledger como o Palhaço do crime em “Batman – O Cavaleiro das Trevas”, ficamos com a imagem dele na cabeça. E muitos fãs ficaram ressabiados com a atuação de Leto, porém o ator foi muito bem no papel e tem tudo para evoluir nos próximos filmes da DC Comics e promete ter uma relação interessante com a Arlequina e com o Batman (Bem Affleck), que tem rápidas aparições no longa.

Outra relação bem construída é entre o Pistoleiro e Rick Flag. Apesar de a liderança ser do soldado, fica claro que Will Smith rouba cena e assume o papel frente a equipe. Os diálogos entre eles são intensos e cheios de ironia, um querendo provocar o outro, mas fica claro que para o bem maior eles se entendem.

Por tudo que era esperado, o filme deixou um pouco a desejar, deixando uma sensação de que David Ayer poderia aproveitar melhor os vilões, dando um final bem burocrático e esperado. O tom do filme mudou depois da recepção da “Batman vs Superman – A Origem da Justiça”, e a DC fez o filme ter um pouco mais de humor e consegue isso naturalmente, mas em alguns momentos é forçado.

Dos longas de heróis que assisti neste ano, fica em 4º ou talvez em 5º no meu top-5. Bem que tentou bater “Guerra Civil”; “X-Men: Apocalypse” e “Deadpool”, mas faltou oxigênio para subir um ou dois degraus. Se serve de consolo, pelo menos pode se contentar em ser (pelo menos na minha visão), um pouquinho melhor do que “Batman vs Superman”.

 

Raça, filme sobre o lendário corredor Jesse Owens, ganha trailer legendado‏

O longa, estrelado por Stephan James, Jeremy Irons e William Hurt, estreia no dia 16 de junho no Brasil

Mais que uma busca por medalhas e recordes, o filme Raça (Race, Canadá/2016), drama que conta a trajetória de Jesse Owens – um dos maiores atletas da história revelado nos Jogos Olímpicos de 1936, em Berlim, Alemanha – ganha o seu primeiro trailer legendado (link abaixo). O longa biográfico, dirigido por Stephen Hopkins (Colheita do Mal) e estrelado por Stephan James (Selma: Uma Luta Pela Igualdade), chega aos cinemas brasileiros no dia 16 de junho.

Raça, revela a luta de um homem para tornar-se uma lenda olímpica em meio ao racismo que prevalecia nos tempos de depressão no Estados Unidos. Jesse Owens (Stephan James), ao ingressar na carreira de atleta, carrega o fardo das expectativas da família, tensões na Universidade do Estado de Ohio onde estuda, e seus próprios altos padrões para competição. Com o apoio do treinador Larry Snyder (Jason Sudeikis, de Dormindo com Outras Pessoas), ele vai buscar se tornar o maior atleta da história ao participar dos Jogos Olímpicos de 1936.  No entanto, os desafios só aumentam ao se deparar com Adolf Hitler e sua visão de supremacia ariana na Alemanha, sede do evento.

O longa-metragem, que aborda temas sobre determinação, tolerância e amizade, também conta com a participação dos vencedores do Oscar Jeremy Irons (O Reverso da Fortuna,Batman x Superman: A Origem da Justiça) e William Hurt (Capitão América: Guerra Civil).

Jesse Owens, nascido em 1913 em Oakville, Alabama, conquistou quatro medalhas de ouro nos Jogos Olímpicos na Alemanha: 100 e 200 metros rasos, no salto em distância e no revezamento 4×100 metros. Owens faleceu em 1980 e teve seu nome destacado no Hall da Fama da Associação Internacional de Atletismo (IAAF).

Contrato Vitalício: primeiro trailer do filme do grupo Porta dos Fundos!

Por Minha Série

Um projeto brasileiro de sucesso que nasceu para o YouTube agora aposta no cinema. O grupo do canal de humor Porta dos Fundos divulgou o primeiro trailer da estreia da equipe nas telonas: o filme Contrato Vitalício.

Na história, Miguel (Gregorio Duvivier) e Rodrigo (Fabio Porchat), são premiados em um festival de cinema e assinam um contrato para um novo filme. Miguel então desaparece e só ressurge dez anos depois, barbudo e cheio de ideias malucas sobre alienígenas — que ele pretende colocar em um novo filme com o amigo.

Praticamente todo o elenco do canal está presente, nem que seja para fazer uma ponta. O longa-metragem terá ainda várias participações especiais, sendo que no trailer vemos Marília Gabriela, Anitta (mesmo que só em áudio) e até Jovem Nerd, que aparece sendo abatido durante um breve segundo no vídeo.

O “Porta dos Fundos” é um dos canais brasileiros de maior sucesso no YouTube, acumulando mais de 11,6 milhões de inscritos e ultrapassando as 2,3 bilhões de visualizações nas esquetes de humor. Recentemente, o grupo esteve ainda mais em evidência após se envolver com política: um vídeo foi criticado por brincar com o trabalho da Polícia Federal em investigações como a Lava-Jato, enquanto outro satiriza os comentaristas de internet que acusam o grupo de receber dinheiro do governo.

Contrato Vitalício estreia em 30 de junho nos cinemas brasileiros.

INSPIRADO EM FATOS, MATEUS SOLANO INTERPRETA UM JUIZ FEDERAL OBSTINADO EM FAZER JUSTIÇA NO FILME “EM NOME DA LEI”

Longa do diretor Sergio Rezende conta a história do idealista Vitor, um jovem magistrado que enfrenta a máfia e a corrupção do poder público na fronteira do Brasil com o Paraguai

Estrelado por Mateus Solano e livremente inspirado em histórias reais, o thriller “Em Nome da Lei” chega aos cinemas no dia 21 de abril. Vitor torna-se um símbolo na luta pela justiça quando arrisca a vida ao mandar prender criminosos e confiscar bilhões de reais da máfia que impera há décadas na fronteira do Brasil com o Paraguai. Para o ator, “a coisa mais importante no Vitor é a sede de justiça”.

“Em Nome da Lei”, de Sergio Rezende (Salve Geral), joga luz na discussão sobre ética e moral em todas as esferas da sociedade brasileira e a corrupção que mina as instituições do país “Eu me interesso mais pelo outro, pela sociedade, do que por mim, ou minha história. Para mim, um filme pessoal não é falar do meu pai ou da minha família, mas sobre o meu mundo”, ressalta o diretor.

Na trama, um jovem juiz da cidade grande chega a uma pequena região da fronteira disposto a desmontar o esquema de contrabando e o tráfico de drogas que impera no local, controlado pelo mafioso Gomez (Chico Diaz). Ele conta com a colaboração da jovem Procuradora de Justiça Alice (Paolla Oliveira) e da equipe do policial federal Elton (Eduardo Galvão), mas terá que arriscar a própria vida para desbaratar uma organização que opera há décadas na região com a conivência do poder público. A produção consumiu sete semanas de filmagens em Dourados, no Mato Grosso do Sul, e mobilizou cerca de 700 pessoas, entre equipe e extras.

ELENCO – PERSONAGENS
Mateus Solano – Vitor
Paolla Oliveira – Alice
Chico Diaz – Gomez
Eduardo Galvão – Elton
Emilio Dantas– Hermano
Silvio Guindane– Cebolinha
Paulo Reis – Desembargador Silveira
Roberto Biringelli – General Ramirez

FICHA TÉCNICA
Direção – Sergio Rezende
Produção – Mariza Leão e Erica Iootty
Produtor Associado – Carlos Diegues
Roteiro – Sergio Rezende e Rafael Dragaud
Direção de Fotografia – Nonato Estrela
Direção de Arte – Fabiana Egrejas
Trilha Sonora Original – Pedro Bromfman
Montagem – Maria Rezende, EDT.
Produção Executiva – Camila Medina
Figurino – Mel Akerman
Maquiagem – Martín Macias Trujillo
Som Direto – Felipe Machado
Edição de Som – Waldir Xavier
Mixagem – Rodrigo Noronha
Produção de Elenco – Marcela Altberg

Creed: Nascido para lutar mantêm os altos e baixos característicos da saga de Rocky Balboa

Por Lílian Pacheco

Adonis Johnson (B.Jordan) era um garoto que vivia em um orfanato de Los Angeles. Quando o jovem agrediu um colega da instituição que havia criticado sua mãe foi levado para solitária e lá recebeu a visita da madrasta Mary Anne (Phylicia Rashad). Ela queria cuidar da educação do garoto que nem chegou a conhecer o pai que faleceu antes dele nascer e o levou para a casa.

Johnson era filho da relação que o famoso lutador de boxe Apollo Creed teve fora do casamento. Com a criação de Mary, o rapaz estudou e foi promovido na empresa de finanças que trabalhava, mas Adonis pediu demissão, porque queria seguir a carreira de lutador. A madrasta que o criou ficou decepcionada, já que não queria que ele passasse pelo mesmo sofrimento do pai.

"Creed: Nascido para lutar" é uma continuação de Rock Balboa. (Foto: Divulgação)
“Creed: Nascido para lutar” é uma continuação de Rocky Balboa. (Foto: Divulgação)

A rivalidade de Rocky Balboa (Sylvester Stallone) e Apollo Creed nos ringues não atrapalhava a amizade dos dois. Adonis sabia de todas as histórias da dupla e se mudou para Filadélfia para convencer Balboa a treiná-lo. Inicialmente, ele rejeitou a proposta de Johnson, mas acabou aceitando o desafio.

Nas lutas, Adonis era reconhecido pelo sobrenome da mãe. Ele não queria que ninguém soubesse que era filho de Apollo Creed para não ser comparado ao pai e criar a própria história no boxe mundial. Quando a identidade do rapaz foi à tona, ele teve que adotar o sobrenome Creed para poder enfrentar o campeão “Pretty” Ricky Conlan interpretado por Tony Bellew, lutador na vida real.

As cenas divertidas de Stallone e a introdução de fortes personagens femininas fizeram com que o sétimo filme da franquia não se tornasse mais um drama do gênero em que um famoso lutador treina um jovem que tem o sonho de ser reconhecido no esporte. A estreia do filme acontece nesta quinta-feira, 14 de janeiro.

 

Novo trailer de Esquadrão Suicida e vídeo de Mulher-Maravilha já têm data!

Por Minha Série

Um novo trailer de Esquadrão Suicida e um primeiro vídeo oficial da Mulher-Maravilha serão transmitidos na rede americana CW na terça, dia 19 de janeiro, à 0h30 de terça para quarta, no horário de Brasília (21h30 no fuso horário da costa leste americana).

Novo trailer de "Esquadrão Suicida" será divulgado no dia 19 de janeiro. (Foto: Divulgação)
Novo trailer de “Esquadrão Suicida” será divulgado no dia 19 de janeiro. (Foto: Divulgação)

Neste especial de meia hora, chamado DC Films Presents: Dawn of the Justice League, os fãs verão cenas dos bastidores de filmes da DC (espera-se que de Batman vs Superman), além de um novo trailer de Esquadrão Suicida, com lançamento marcado para agosto, e um breve vídeo do filme da Mulher-Maravilha, que será lançado em junho de 2017. O primeiro trailer do grupo de supervilões da DC foi liberado oficialmente apenas em julho, a contragosto da Warner, depois de ter vazado da Comic-Con.

O especial de filmes da DC vem depois de um especial dedicado a Legends of Tomorrow, também de meia hora de duração, no qual serão mostradas entrevistas e detalhes sobre a nova série, que é um spin-off de Arrow e The Flash. Legends of Tomorrow estreia duas noites depois, no dia 21 de janeiro, na televisão americana.

E você, está mais ansioso por qual nova produção da DC: os filmes Esquadrão Suicida, Mulher-Maravilha ou a nova série Legends of Tomorrow?

Deadpool – Liberado novo trailer oficial do filme!

Por Legião dos Heróis

Deadpool é facilmente um dos filmes mais aguardados do próximo ano! Todos os trailers, vídeos, promos e TV spots já provam que o filme será incrível, isso, sem falar da campanha de marketing é algo inovador, já que 99% dela vem das mãos de Ryan Reynolds, o protagonista do filme! Agora, temos um novo trailer, afinal, que melhor maneira de passar o natal do que ao lado de Deadpool?

O novo trailer possui algumas divertidas e animadoras cenas; provando, mais uma vez, que Deadpool será um fantástico filme de quadrinhos e se manterá extremamente fiel a personalidade do herói nas HQs!

Baseado no menos convencional anti-herói da Marvel Comics,Deadpool contará a história de origem do ex-Agente das Forças Especiais, Wade Wilson. Após ser cobaia em um experimento ilegal, recebe incríveis poderes de regeneração e adota o alter ego de Deadpool. Armado com suas novas habilidades e um senso de humor sombrio e deturpado, Deadpool está a procura do homem que quase destruiu sua vida.

Dirigido por Tim Miller e estrelado por Ryan Reynolds (Wade Wilson), o filme também conta com Morena Baccarin (Vanessa Carlysle), T.J. Miller (Fuinha), Ed Skrein (Ajax), Stefan Kapicic (Colossus) e Brianna Hildebrand (Negasoinc Teenage Warhead).