Arquivo da tag: França

Arte e elegância no verão parisiense

O cinco-estrelas Le Cinq Codet oferece pacote com passes de museus e uma oferta que dá uma diária de cortesia a cada quatro

A reluzente cúpula de Les Invalides se reflete sobre a fachada de linhas retas do hotel Le Cinq Codet. Passado e presente vis-à-vis, feliz encontro em uma Paris dos sonhos para quem aprecia arquitetura e arte. É verão na Europa, um convite a viver a cidade em sua plenitude, com uma hospedagem, ao mesmo tempo, elegante e ultramoderna. A época do ano e a localização privilegiada do empreendimento são ideais para aproveitar o pacote cultural com passes de museus ou a Summer Offer, promoção com uma diária de cortesia a cada quatro.

Localizado próximo aos museus D’Orsay e Rodin, o Le Cinq Codet está no 7º arrondissement, mesma região da Torre Eiffel. A caminhada pela Rive Gauche se torna ainda mais interessante com a atmosfera do verão e a curta distância de obras-primas, como as dançarinas de Degas ou O Pensador de Rodin. A cinco minutos de carro do hotel fica Saint-Germain-des-Prés, bairro conhecido por sua ligação com artistas e intelectuais.

Suíte Le Dôme. (Foto: Divulgação)

A efervescência cultural de Paris é fonte de inspiração para Jean Phillipe Nuel, o designer por trás da concepção das 67 acomodações do cinco-estrelas. Entre fotos e pinturas, a opção pelo ecletismo se traduz em uma decoração que remete a uma coleção de arte. No Le Cinq Codet, a hospedagem é também uma experiência contemplativa, dentro e fora das acomodações. De linhas geométricas, o edifício art déco, ocupado anteriormente por uma companhia telefônica, guarda hoje o requinte do hotel.

Para se encantar com o melhor da arte em passeios pela cidade, os hóspedes podem aproveitar que as entradas de museus do programa Discover The Left Bank, do Le Cinq Codet, valem para dois dias. Com uma diária para duas pessoas, o pacote cultural dá direito a café da manhã em estilo buffet e acesso a jacuzzi e hammam.

Se a ideia for desfrutar da capital francesa por mais tempo, o Le Cinq Codet faz uma excelente promoção de verão no período de 14 de julho a 30 de agosto. Na Summer Offer, os viajantes se hospedam por quatro noites, mas pagam apenas três. Sobra mais tempo também para relaxar no spa com solarium, no restaurante ou no terraço com um drink ao som de jazz.

O Hotel Le Cinq Codet é representado no Brasil pela Key Partners (www.keypartners.com), de Sylvia Leimann. Mais informações no site www.le5codet.com.

Gastronomia creole: as comidas típicas de Seychelles

Como reflexo da grande diversidade de culturas e pessoas que povoam as Ilhas Seychelles, a gastronomia do arquipélago apresenta as sutilezas e nuances da culinária francesa, o exotismo dos pratos indianos e os sabores picantes do Oriente.

Os pratos de frutos do mar são predominantes na culinária local, por conta de sua localização no Oceano Índico. O pouco transporte necessário faz com que os alimentos sejam sempre frescos, sendo que muitas vezes são encontrados diretamente em uma horta ou um barco de pesca.

Comidas típicas das Ilhas Seychelles. (Foto: Six Senses Zil Pasyon)

Peixe grelhado ou polvo coberto com molho de pimentões, gengibre e alho são os favoritos nacionais, assim como uma variedade de curries deliciosos preparados com leite de coco e inovadores bolinhos feitos com frutas locais, comopapaya e maçã dourada. A variedade de preparos e ingredientes é vasta. Só de pimentões há dez tipos diferentes, cada um indicado para um tipo de prato.

Um prato bem típico da cozinha creole é um puchero com salsa de chile. Mesmo os acostumados com o sabor picante devem ter cuidado com este prato, pois a pimenta destas ilhas recebe o apelido de “fogo infernal” e é bem forte. Também são servidos pratos de carne e aves aromatizados com especiarias do país.

Outra iguaria que pode ser encontrada na culinária seychellois é “la daube” que é feito de fruta-pão, banana, inhame e mandioca.

Alguns restaurantes são especializados em comida indiana, chinesa ou italiana e muitos apresentam pratos internacionais e especializados.

Para mais informações sobre Seychelles, acesse www.visiteseychelles.com e o site Bureau Mundo, escritório virtual da GVA: www.bureaumundo.com.

Hotel na França oferece atividades para explorar as deslumbrantes paisagens da Provence

O cinco estrelas Château de Fonscolombe está localizado em um parque de nove hectares com trilhas cênicas

Durante o planejamento de uma viagem, o hotel é tão importante quanto o destino. Na Europa, por exemplo, o local precisa transmitir a essência do país escolhido, oferecendo atividades que permitam uma autêntica experiência ao turista. É o caso do luxuoso cinco estrelas Château de Fonscolombe, onde os hóspedes têm à disposição um parque de nove hectares no vilarejo de Le Puy-Sainte-Réparade, localizado no coração da Provence, na França, a apenas 20 minutos de Aix-en-Provence.

Vista do Château de Fonscolombe . (Foto: Divulgação)

As famosas paisagens da região, como os campos roxos de lavanda e os vinhedos, podem ser observadas ao caminhar pela área externa do hotel, sem a necessidade de deslocar-se por grandes distâncias. É possível realizar um passeio pela horta e por trilhas que abrigam mais de 180 espécies de flora, incluindo árvores centenárias. Também dá para fazer um tour de bicicleta ou um piquenique nos lindíssimos jardins.

O empreendimento possui, ainda, uma área para praticar petanca, tradicional jogo francês, uma pista de cooper e uma piscina aquecida, que fica em um cenário decorado com fontes e estátuas antigas.

Atividades relacionadas ao vinho são outro destaque no Château de Fonscolombe graças à tradição da Provence. Os brancos, tintos e rosés, produzidos com uvas da propriedade, entre eles o Chardonnay e o Cabernet Sauvignon, ganham um sabor fino e frutado devido ao clima mediterrâneo. A melhor pedida é andar pelas plantações e conhecer como as safras são produzidas.

Já em sua parte interna, a biblioteca oferece tranquilidade para ler um bom livro enquanto o salão de jogos tem diversão para toda família, com bilhar, baralho, gamão e damas. Para as crianças há uma sala especial com pebolim e desenhos para colorir.

Vale mencionar que o concierge do hotel está à disposição dos hóspedes para planejar passeios exclusivos pela região da Provence, como exposições de arte em Aix-en-Provence, festivais de ópera epara conhecer as belezas naturais da Côte D’Azur, também conhecida como Riviera Francesa.

O Château de Fonscolombe é representado no Brasil pela empresa Key Partners, de Sylvia Leimann. Mais informações podem ser obtidas em www.keypartners.com.br e www.fonscolombe.fr.

4 das paisagens mais incríveis do mundo

O Planeta Terra está repleto de paisagens de tirar o fôlego. Veja abaixo uma seleção de algumas vistas incríveis ao redor do mundo:

Trolltunga na Noruega

(Foto: Divulgação)

A Noruega é rodeada por uma natureza incrível, isso é inegável. Na região dos fiordes, os visitantes podem entrar em contato direto com essa energia que vibra pelo país. O caminho por algumas das trilhas pode ser longo, mas as vistas deslumbrantes fazem valer a pena. O ponto conhecido como Trolltunga é um exemplo. O local leva este nome por causa da cumprida formação rochosa (Trolltunga quer dizer “língua do troll”), que permite que os mais aventureiros se sintam imersos na paisagem. Para chegar até lá é preciso encarar uma trilha de 22km no total. O ideal é sair cedinho pela manhã e prestar atenção no clima.Mais informações

Anse Source d´Argent em Seychelles

(Foto: Shutterstock)

As praias das Ilhas Seychelles, no Oceano Índico, estão entre as mais bonitas do mundo. Anse Source d´Argent, na ilha de La Digue, é uma das mais famosas do país, por ser dona de uma paisagem inconfundível. As águas cristalinas e areia branca são rodeadas por enormes pedras graníticas e o verde vibrante das florestas. O passeio até a praia é obrigatório em qualquer roteiro de viagem para as Ilhas Seychelles. Para chegar lá, é preciso pagar uma pequena taxa de entrada para o L´Union State, um patrimônio nacional onde há plantações de baunilha e muitas tartarugas gigantes. Mais informações

Wadi Rum na Jordânia

(Foto: Jordan Tourism Board)

Também conhecido como Vale da Lua, o Wadi Rum é um deserto na Jordânia com formações rochosas impressionantes, que foram esculpidas pelo vento e condições meteorológicas. As rochas chegam a uma altura de 1750 metros e são um convite para os montanhistas explorarem o local. É possível também fazer tours guiados de 4X4 ou de camelo, para conhecer os principais pontos do Wadi Rum, passeios de balão e também se hospedar em uma tenda beduína e experimentar comidas típicas da Jordânia. Mais informações

Rochedo de Mônaco

(Foto: Shutterstock)

Mônaco é um país bem cosmopolita, mas nem por isso deixa a desejar em suas paisagens. Um dos bairros do país é seu imponente rochedo, onde estão localizadas algumas das principais atrações turísticas, como o Palácio do Príncipe, a catedral e o Museu Oceanográfico. A vista para o rochedo impressiona e rende belas fotos. Passear pelas vielas simpáticas do bairro também é um ótimo passeio. Mais informações

Para saber mais sobre os destinos, acesse o Bureau Mundo, escritório virtual da GVA: www.bureaumundo.com




6 estações de esqui para aproveitar o melhor da temporada de neve no hemisfério norte!

Enquanto no hemisfério sul – e especialmente aqui no Brasil – estamos no auge do verão, as estações de esqui mais charmosas e famosas do hemisfério norte já estão cobertas de neve e repletas de atrativos para a alta temporada. E para os apaixonados por esportes de inverno, iniciantes ou não, já é hora de se programar e aproveitar o que há de melhor e mais exclusivo em termos de esqui e snowboard.

Pensando nisso, a Interpoint Viagens e Turismo, agência de viagens especializada em viagens de luxo e experiências de esportes de inverno, selecionou 6 estações de esqui imperdíveis na Europa e nos Estados Unidos.

  • Lech, Arlberg – Áustria
(Foto: Divulgação)

No oeste da Áustria, na região de Arlberg, a simpática cidade de Lech surge como um dos melhores destinos para a prática de esqui no mundo. Com a vantagem de ser um dos picos mais nevados de toda a Europa, Lech oferece cerca de 340 quilômetros de pistas para todos os níveis de dificuldade e é o único lugar de toda a Áustria para a prática de Heli Ski – modalidade na qual permite acesso a pontos de neve virgem por meio de um helicóptero. Outra grande vantagem que o vilarejo dispõe é a proximidade dos chalés com as pistas, evitando longos deslocamentos por meio de teleféricos.

  • Snowmass, Aspen – USA
(Foto: Divulgação)

Em solo norte-americano, no estado do Colorado, situa-se um dos complexos de esqui mais balados do país. Com mais de 12 km² de pistas, declives, snowparks e halfpipes, o pico mais alto da montanha está a incríveis 3.813 metros e conta com o mais longo ski lift vertical dos Estados Unidos. A região também oferece uma grande variedade de condomínios e hotéis de alto padrão e reúne ruas com grifes internacionais, galerias de arte, cafés aconchegantes, bares, pubs e restaurantes e vida noturna pra lá de agitada. 

  • Courchevel, França
(Foto: Divulgação)

No velho continente, há a icônica estação de Courchevel, uma das mais luxuosas e badaladas do mundo. Separada por vilarejos nomeados de acordo com a sua altitude, a região, que é a mais alta, faz parte do complexo Les 3 Vallés, que consiste na junção das três maiores estações do destino – Courchevel, Méribel e Val Thorens -, para tornar-se a maior área esquiável interligada do mundo.

  • Crans Montana, Suíça
(Foto: Divulgação)

Do outro lado dos Alpes, na Suíça, em um vasto planalto, está situado o complexo de Crans Montana. Composto da junção de duas estações de esqui, as quais formam o maior resort do país, o local agrada tanto os esquiadores principiantes quanto os mais experientes. 

  • Jackson Hole, Wyoming – USA
(Foto: Divulgação)

Aproveite o espírito do Velho Oeste no ski resort Jackson Hole: música country, fachadas de madeira, natureza intocada, paisagens alucinantes. Para quem sabe esquiar, o lugar oferece uma mistura de terrenos verticais e intermediários para aperfeiçoar qualquer tipo de manobra de ski ou snowboard. A estação de ski também tem ótima infraestrutura para crianças e iniciantes. Destaque para passeios em trenós puxados por cachorros, excursões em cross-country para os vizinhos Parque Nacional de Yosemite e National Elk Refuge, com seus grandes paredões e a possibilidade de vista de alces e búfalos.

  • Mammoth, Califórnia – USA
(Foto: Divulgação)

Mammoth Mountain é, inquestionavelmente, uma das melhores montanhas para esqui alpino do mundo. Com 3.500 acres de áreas esquiáveis e 3.369 metros de altura, a região recebe, em média, mais de 9 metros de neve anualmente e é muito procurada por todos os estilos de esquiadores. Escolha entre os grandes bumps ou os enormes bowls, caso tenha experiência. Para os iniciantes, há quilômetros de pistas demarcadas que rendem muita diversão. 

Para mais informações sobre pacotes e destinos:
Interpoint Viagens e Turismo
Tel: +55 11 3087-9400
www.interpoint.com.br 

3 spas incríveis para visitar pelo mundo

Viagens são um conjunto de experiências de todos os tipos: das gastronômicas às culturais, esportivas ou de bem-estar. Destinos, hotéis, restaurantes e outras empresas da indústria turística estão sempre se renovando e procurando novas formas de atrair o público. Os spas, por exemplo, oferecem cardápios de tratamentos diferenciados, com rituais de povos nativos, utilizando ingredientes orgânicos naturais ou focando em novas tecnologias. Abaixo, uma seleção de spas inusitados ao redor do mundo:

Four Seasons – Seychelles

ei
(Foto: Four Seasons Seychelles)

Um dos tratamentos favoritos dos hóspedes do sofisticado Four Seasons Seychelles é o Coco de Mer, nome homônimo a um dos símbolos do arquipélago africano. O coco é a maior e mais pesada semente do mundo, que cresce naturalmente apenas nas ilhas de Praslin – especialmente na reserva Vallée de Mai – e na Curieuse. O Four Seasons Seychelles descreve seu ritual como um tributo aos contos de amor inspirados pelo Coco de Mer ao longo do tempo. Com 150 minutos, o tratamento começa com uma esfoliação corporal revigorante de maracujá e Coco de Mer, além de um body wrap de palmito e caviar. Então, é feita uma massagem com creme de Coco de Mer, seguida de um banho floral relaxante com canela, mel e leite de coco. Por fim, uma loção corporal de maracujá e Coco de Mer deixam a pele luminescente e macia. A linda paisagem da baía e um drink refrescante completam a experiência. Mais informações

Thermes Marins Monte-Carlo – Mônaco

ei (1)
(Foto: © MONTE-CARLO Société des Bains de Mer)

O Thermes Marins Monte-Carlo é um dos principais spas de Mônaco. Com tratamentos que aliam tecnologia e produtos sofisticados, o local oferece uma experiência inusitada de bem-estar para quem visita o principado. A Crioterapia é um tratamento para corajosos e curiosos. Indicada para esportistas, por acelerar a recuperação muscular, ela também ajuda a prevenir o envelhecimento da pele, reduzir stress e melhorar sintomas do jet lag. O tratamento consiste em duas câmaras com temperaturas baixíssimas: a primeira com -60°, que serve para aclimatar o corpo em alguns segundos, e a segunda com -110 °C, onde a pessoa permanece por até três minutos. Quem faz o tratamento usa apenas roupa de banho e proteções para as extremidades corporais, como luvas e máscara. Mais informações

Vulkana – Noruega

ei (2)
(Foto: Divulgação)

Vulkana é um navio de pescaria de pequeno porte convertido em spa, localizado no centro do porto da cidade de Tromsø, no norte da Noruega. O incrível navio  já é uma atração inusitada por si só, mas a sua estrutura também oferece uma experiência de relaxamento, bem-estar e tranquilidade. Diversos passeios estão disponíveis em diferentes épocas do ano, e eles vão desde um pacote de três horas incluindo almoço, para quem tem pouco tempo, até expedições para observação de baleias orcas. E a cereja no topo do bolo são as vistas inacreditáveis para fenômenos como a aurora boreal e o sol da meia-noite que acontecem no local. Mais informações

INGRID GUIMARÃES VOLTA AOS CINEMAS PARA MOSTRAR QUE A TERCEIRA VEZ É SEMPRE MELHOR

“De Pernas Pro Ar 3” ganha teaser exclusivo e estreia em 11 de abril de 2019

A Paris Filmes acaba de divulgar o trailer teaser do aguardado ‘De Pernas Pro Ar 3’, terceiro filme da franquia estrelada por Ingrid Guimarães no papel da workaholic Alice Segretto, empresária de sucesso no ramo de Sex Shop, que estreia dia 11 de abril de 2019. A produção, que já levou mais de 8 milhões de espectadores aos cinemas, agora é  dirigida por Julia Rezende

O vídeo traz trechos da nova aventura da protagonista, que, após conquistar NY, aterrissa em Paris com sua Sexy Delícia.  Com o ritmo frenético dos negócios, a empresária percebe que perdeu muito tempo longe da família, os filhos cresceram sem que ela acompanhasse e, então, toma uma decisão radical: entregar o comando da Sexy Delícia para sua mãe, Marion (Denise Weinberg). O que ela não esperava é que fosse surgir uma concorrente a altura, com uma invenção tecnológica capaz de revolucionar o mercado e, pior, roubar o coração de seu filho, Paulinho (Eduardo Mello). Diante deste cenário, Alice se desdobra para não perder seu posto e, de quebra, tenta reverter sua ausência com Clarinha (Duda Batista), sua caçula, e o marido João (Bruno Garcia). Tudo isso, é claro, deixando sua vida ‘De Pernas Pro Ar’.

O filme, com cenas rodadas na Avenida Champs-Élysées, às margens do Rio Sena,no Jardim de Luxemburgo, Pont Neuf, Bateau Mouche, entre outros, tem roteiro de Marcelo Saback, René Belmonte e Ingrid Guimarães, com produção da Morena Filmes, coprodução da Globo Filmes e do Telecine e distribuição da Paris Filmes/Downtown Filmes.

SINOPSE:

Em ‘De Pernas Pro Ar 3’, Alice Segretto, a emblemática personagem de Ingrid Guimarães, está mais agitada do que nunca. O sucesso de sua rede de lojas Sexy Delícia leva a empresária a um tour pelo mundo. Trabalhando sem parar, Alice percebe que não tem conseguido acompanhar sua família, que também cresceu. O conflito se instala: como conciliar essa vida insana com a sua família? Impetuosa, Alice toma uma decisão inusitada. Decide se aposentar e entregar o comando dos negócios para sua mãe. Mas quando surge uma competidora com potencial para roubar a cena, a vida de Alice fica mais uma vez de pernas pro ar.

ELENCO:

ALICE – Ingrid Guimarães

JOÃO – Bruno Garcia

MARION – Denise Weinberg

LEONA – Samya Pascotto

PAULINHO – Eduardo Melo

CLARINHA – Duda Batista

ROSA – Cristina Pereira

JEAN NICOLLETE – Vicent Mangado

ELISEU DUARTE – Stepan Nercessian

MARTA – Claudia Mauro

MARCELA – Maria Paula

 

FICHA TÉCNICA:

Direção: Julia Rezende

Produção: Mariza Leão

Roteiro: Marcelo Saback, Rene Belmonte e Ingrid Guimarães

Direção de Fotografia: Dante Belluti

Direção de Arte: Fabiana Egrejas

Montagem: Maria Rezende, EDT

Produção de Elenco: Marcela Altberg

Trilha Sonora original: Zé Ricardo

Produtor Associado: Carlos Diegues, Marcio Fraccaroli e Bruno Wainer

Produção: Morena Filmes

Coprodução: Globo Filmes, Telecine e Paris Entretenimento

Investimento: BB DTVM

 

Estrasburgo, a capital dos ‘winstubs’ alsacianos

Ancestrais de pousadas e bares de vinho, os acolhedores ‘winstubs’ refletem a tradição gastronômica e de hospitalidade alsacianas, desde sempre presentes em Estrasburgo

Falassem as pedras, e muito teriam a contar aquelas utilizadas nos idos de 1260, para a construção da fantástica Catedral Gótica de Estrasburgo – cidade alsaciana localizada às margens do Reno, na divisa com a Alemanha. Por exemplo, no ano de 1450, a pouca distancia da imponente catedral, Johannes Gutenberg criou o primeiro sistema de impressão com caracteres móveis – o prelo. É possível imaginá-lo saltitante, dirigindo-se a um winstub para comemorar.

Nos dias atuais, aqueles que “inventarem” visitar a bela Estrasburgo poderão vivenciar a experiência das tradicionais comemorações alsacianas, em especial, no bairro La Petite France, famoso ponto turístico com casas em estilo enxaimel, debruçadas sobre as águas dos inúmeros canais que atravessam este recanto singular.  Além dos winstubs, bons restaurantes e brasseries são encontrados no La Petite France.

ViewImage (2).jpg
Estrasburgo, na França, é um dos destinos mais belos da Europa. (Foto: Divulgação)

Em Estrasburgo, os winstubs alsacianos – ancestrais de pousadas e bares de vinho datam do início da construção da Catedral Gótica, em 1262. Hoje, são restaurantes nos quais o acolhimento é a atmosfera que prevalece. Geralmente, o pé direito da construção é baixo – o que contribui para a sensação de intimidade. A decoração é rústica, composta por objetos que fazem parte do cotidiano alsaciano; as mesas de madeira, no geral, são cobertas por toalhas de tecido em xadrez vermelho; e os preços, razoáveis.

Um winstub alsaciano serve especialidades regionais desta porção da França que se destaca pela gastronomia. Alguns exemplos: sauerkraut (repolho fermentado, com diferentes complementos); baeckeoffe (mistura de carne bovina, de ovelha e de porco, marinada em vinho branco, levemente cozida juntamente com batatas e cebolas); bretzel (ou pretzel, tipo de pão em formato de nó, doce ou salgado); tarte flambée (fina massa coberta com bacon, creme de nata e cebola, cozida ao forno de lenha, semelhante à pizza). Outra iguaria servida nos winstubs é o kougelhopf, bolo que pode ser doce – com passas ao rum, para saborear na sobremesa; ou salgado – com bacon e nozes, para aperitivo.

Mônaco investe na gastronomia orgânica

A gastronomia é uma experiência à parte em Mônaco. Combinando restaurantes estrelados, cozinhas internacionais e quitutes próprios, o principado oferece deliciosos roteiros gastronômicos obrigatórios aos viajantes. Os alimentos orgânicos e refeições saudáveis, inclusive, estão marcando uma presença cada vez maior nos estabelecimentos monegascos. O Elsa, por exemplo, é o primeiro restaurante 100% orgânico a ganhar uma estrela Michelin, cuja filosofia culinária celebra o essencial e a simplicidade. Localizado dentro do hotel Monte-Carlo Beach, o local conseguiu tal reconhecimento depois de uma pesquisa extensa sobre os melhores ingredientes orgânicos, que resultou em uma parceria com 15 produtores locais, e seu processo delicado de cozimento. O que originou-se daí foi uma gastronomia saudável, colorida e que respeita os ciclos da natureza. O menu é composto de excelentes azeites de oliva, pães de farinha orgânica preparados no local duas vezes ao dia, carne branca, aves e cordeiro de fazendas orgânicas, além de peixes, vegetais frescos e frutas sazonais. Até mesmo os vinhos que harmonizam com os deliciosos pratos da casa são orgânicos.

sbm_bh_restaurant_elsa_dish_0024.jpg
Gastronomia orgânica é destaque em Mônaco. (Foto: © MONTE-CARLO Société des Bains de Mer)

O chef Paolo Sari, que comanda a cozinha do Elsa, é um grande incentivador da gastronomia orgânica. Rigoroso ao selecionar seus ingredientes, faz questão de saber a origem de cada um, oferecendo uma cozinha transparente ao público. Ele foi o responsável pela organização do Festival Orgânico de Mônaco, cuja segunda edição ocorreu em outubro de 2017. Durante os quatro dias de evento, o público foi convidado a descobrir novos produtos e práticas ecológicas, participando de um mercado orgânico de produtores locais, competição de inovações ecológicas, demonstrações e jantares de gala. O evento também envolveu as crianças monegascas, que cozinharam ao lado de chefs do principado e participaram de concursos culinários e competições esportivas.

Outra empresa que vem ajudando a desenvolver a cena dos orgânicos no principado é a Terre de Monaco. A start-up, criada pela empreendedora Jessica Sbaraglia, desenvolve hortas orgânicas nos tetos, sacadas e terraços dos imóveis do principado. O serviço é oferecido tanto para pessoas físicas quanto hotéis, restaurantes e outras organizações. Foram tantas adesões que Mônaco é hoje um dos maiores empreendimentos agrícolas urbanos privados do mundo e muitos restaurantes já utilizam ingredientes desses jardins orgânicos em seus cardápios, como o Blue Bay, restaurante estrelado do hotel Monte-Carlo Bay.

Há vários outros restaurantes que têm uma proposta de comida saudável no Principado. O Eqvita, que tem o tenista Novak Djokovic como um dos sócios, oferece um menu praticamente vegano, com exceção dos ovos orgânicos servidos no café da manhã, sem glutén, lactose nem açúcar refinado. O local promove a conexão com o que é bom, com a natureza, com nossos corpos e com as outras pessoas e acredita no poder dos ingredientes naturais para energizar e fortalecer. O menu sazonal é composto de ingredientes locais frescos e muitos produtos são feitos na casa, como os pães, compotas, chutneys, molhos, leites e queijos veganos. Já o Organic Detox Bar é especializado em sucos funcionais que ajudam diversas funções do corpo e oferece programas detox para purificar o organismo. O L’Inattendu e o Eat Juice são outros exemplos que oferecem raw food, comidas orgânicas e menus veganos. Para quem gosta de cerveja, a Brasserie de Mônaco é uma cervejaria que produz as bebidas com ingredientes orgânicos e é excelente para um happy hour.

A cena orgânica de Mônaco não para de crescer. Há cada vez mais restaurantes e eventos relacionados à causa no principado. Além de oferecer uma comida mais saudável, a experiência é deliciosa e permite uma conexão maior com a natureza e seus ciclos.

5 atividades aquáticas para se divertir no verão em Mônaco

O Principado de Mônaco tem uma localização privilegiada na Europa já que está à beira do Mar Mediterrâneo. Além de proporcionar um clima de balneário e uma paisagem marcante, estar tão próximo ao mar permite uma oferta de várias atividades e experiências aquáticas no destino, que podem ser vivenciadas pelos viajantes durante o verão europeu.

Além dos dois portos, cartões-postais do país com centenas de iates de todos os tamanhos atracados, há também três praias para aproveitar nos meses mais quentes do ano. A praia de Larvotto é a única pública e fica localizada mais ao leste do bairro de Monte-Carlo. O hotel Le Méridien Beach Plaza fica bem próximo dali e tem uma pequena e charmosa faixa de areia onde promove eventos para seus hóspedes, como um cinema ao ar livre. Já o hotel Monte-Carlo Beach, único hotel de temporada do destino e que fecha durante o inverno, também tem sua praia privativa e um beach club cheio de atividades. Quem se hospeda no local ou é hóspede do Hermitage Monte-Carlo e do Hôtel de Paris, hotéis do grupo Société des Bains de Mer, tem acesso gratuito ao clube. Quem quer apenas passar o dia e aproveitar toda a estrutura do beach club pode comprar pacotes diários que podem incluir, além do acesso, almoço em dos restaurante do hotel, tratamentos no spa e esportes aquáticos.

São muitas atividades, portanto, não deixe de incluir alguns dias no principado ao planejar seu roteiro para a Europa durante o verão. Veja abaixo uma lista de cinco atrações aquáticas para curtir no Monte-Carlo Beach Club durante uma viagem para Mônaco:

Parasailing: O parasailing é uma atividade que pode ser praticada por uma a três pessoas ao mesmo tempo. Os participantes são presos a um paraquedas, que é puxado por um barco, e levantam voo sobre o Mar Mediterrâneo. A vista é incrível e é uma experiência deliciosa pra fazer no principado.

Monte-Carlo Beach - Sports Nautiques
Parasailing. (Foto: Societé des Bains de Mer)

Flyboarding: uma experiência emocionante nas alturas que faz o participante voar sobre as águas graças a um sistema de turbina fixado em seus pés, que soltam jatos d’água, e é acompanhado de um jet ski. A atividade é supervisionada por instrutores qualificados.

Monte-Carlo Beach - Sports Nautiques
 Flyboarding. (Foto: Societé des Bains de Mer)

Jet ski: o aluguel de jet ski é uma das opções para quem quer explorar o Mar Mediterrâneo em alta velocidade. Para uma ou duas pessoas, o passeio tem duração de 20 ou 30 minutos. O Monte-Carlo Beach Club também oferece uma excursão de 1h30 de jet ski pela riviera acompanhada de um instrutor, que sai de Mônaco e vai até Saint-Jean-Cap-Ferrat.

Monte-Carlo Beach - Sports Nautiques
Jet Ski. (Foto: Societé des Bains de Mer)

Aluguel de barco: mediante uma reserva feita no dia anterior, é possível alugar um barco para explorar o Mediterrâneo ou a costa da riviera. Com capacidade para 2 a 6 pessoas, o barco está disponível entre 9h30 e 12h todos os dias.

Monte-Carlo Beach - Vues Extérieures
Aluguel de barcos. (Foto: Societé des Bains de Mer)

Esqui aquático – a clássica atividade aquática pode ser praticada a partir dos quatro anos de idade. Um barco puxa a pessoa que faz manobras utilizando um esqui nos pés. Os iniciantes são acompanhados de um instrutor.

Monte-Carlo Beach - Sports Nautiques
Esqui aquático. (Foto: Societé des Bains de Mer)