Arquivo da tag: Gabi Brandão

Gabi Brandão mescla estilos e dispensa rótulos em seu primeiro trabalho autoral “Clock”

Álbum já está disponível nas plataformas digitais

Quando a carioca radicada em São Paulo, Gabi Brandão, decidiu lançar seu primeiro álbum autoral, foi a paixão pela música que norteou a escolha do repertório de “Clock”. O disco de onze faixas passeia por uma despretensiosa mistura de estilos que buscam influência nas obras de Stevie Wonder, Aretha Franklin, Florence and the Machine e na música brasileira dando um ar pop-soul ao trabalho, lançado apenas em versão digital em junho desse ano.

image.png
Gabi Brandão lança primeiro álbum. (Foto: Caio Brandão)

Ao 28 anos, a intimidade de Gabi com a música vem de longa data. A cantora passou dez anos estudando canto, frequentou aulas de piano e teoria musical no Conservatório Souza Lima (SP) e integrou diversas bandas especializadas em eventos como a Fitz.  Antes de se juntar a André Freitas para a produção do álbum, se apresentou em bares de Madri e nas ruas de Dublin, e cantou em uma igreja no Missouri e em casamentos judaicos.

Muito dessa experiência aparece em seu disco de estreia. Dançante, “Clock” é repleto de canções (todas compostas por Gabi) sobre períodos marcantes da vida da cantora dando espaço a temas como traição, empoderamento e depressão. “O nome do disco – relógio em inglês –  faz referência às fases pelas quais passei, a pressa, toda a ansiedade para o lançamento. Tempos em que quis desistir. As canções foram surgindo em um momento de desabafo com o violão e o papel” explica.

“As flores virão”, “Recomeço” e “Por onde Vai”, refletem um período de depressão enfrentado pela cantora em 2014. Já “Garotinha”, debocha do rótulo de fragilidade e incapacidade atribuído às mulheres com um discurso bastante atual sobre o papel da mulher na sociedade. O amor e os relacionamentos são apresentados por diferente ângulos nas baladas “Um minuto de você” e “Te deixo a solidão”

Com timbres, arranjos e melodias inspirados em artistas como Daft Punk, Michael Jackson e Beyonce, o álbum lista ainda “Tanto quanto você” que traz arranjos a lá anos 60 e quase ficou fora do disco. “Passos de Areia” que conta com a participação do irmão mais velho da cantora Bruno Brandão. Além da participação de Bruno, os pais da cantora ganham uma homenagem em “Lembranças”.

“Admita” e “Eu, Meu, Só pra mim” completam o disco que levou três anos para ser produzido passando por fases distintas antes da finalização. “Não imaginava que daria tanto trabalho gravar um disco. No geral, a vida me trouxe um presente, um propósito. Ver como o disco reage com as pessoas, como elas se identificam com as letras é indescritível. Parece que encontrei a minha verdade. O que tenho que fazer aqui neste planeta” completa a cantora

“Clock” já está disponível nas plataformas digitais. Para conhecer o trabalho da Gabi, é só dar o play.