Arquivo da tag: Gal Gadot

MULHER-MARAVILHA 1984 GANHA ARTE OFICIAL

Arte traz heroína, vivida por Gal Gadot, em novo traje dourado

A Warner Bros. Pictures revelou a primeira arte oficial de Mulher-Maravilha 1984. A arte traz a heroína, vivida por Gal Gadot, em um novo traje dourado. O longa, que será dirigido novamente pela aclamada diretora Patty Jenkins, tem estreia prevista para 4 de junho de 2020 e apresenta uma nova inimiga: a Mulher-Leopardo, interpretada por Kristen Wiig; além de Chris Pine reprisando seu papel como Steve Trevor. O filme também é estrelado por Pedro Pascal.

(Foto: Divulgação)

Charles Roven, Deborah Snyder, Zack Snyder, Patty Jenkins, Stephen Jones e Gal Gadot produzem o filme. Rebecca Roven Oakley, Richard Suckle, Wesley Coller, Geoff Johns e Walter Hamada são os produtores executivos.

Juntando-se ao time nos bastidores estão vários membros da equipe de “Mulher-Maravilha”, incluindo o diretor de fotografia Matthew Jensen, a designer de produção indicada ao Oscar Aline Bonetto (“O Fabuloso Destino de Amélie Poulain”) e a figurinista ganhadora do Oscar Lindy Hemming (“Topsy-Turvy – O Espetáculo”). Já Richard Pearson (“Vôo United 93”), indicado ao Oscar, será o editor do filme.

A produção será filmada em Washington, D.C. e Alexandria (Virgínia), nos EUA, e também em locações no Reino Unido, Espanha e Ilhas Canárias.

Com lançamento previsto para os cinemas brasileiros em 4 de junho de 2020, Mulher-Maravilha 1984 é baseado na personagem criada por William Moulton Marston, aparecendo nos quadrinhos publicados pela DC Entertainment. O filme será distribuído mundialmente pela Warner Bros. Pictures, uma empresa da Warner Bros. Entertainment Company.

DC Comics corrige erros e entrega um filme digno da Liga da Justiça

Por Rodrigo Bocatti

“Batman vs Superman – A Origem da Justiça” recebeu diversas críticas da imprensa e também o trailer entregou MUITA coisa que aconteceria, porém apresentou o Universo Cinematográfico da Dc Comics, mas com muitos erros. “Mulher-Maravilha” veio para concertar o tom dos filmes da editora e nos entregou um belo longa. Mas, diversos fãs e grande parte da imprensa estava com receio da “Liga da Justiça”, que está em exibição nos cinemas, e os trailers mostraram o essencial, sem se estender e guardar as surpresas do longa para as telas.

O filme, no meu ver, acerta em deixar as histórias de origens de Aquaman (Jason Momoa), Flash (Erza Miller) e Cyborgue (Ray Fisher) para seus filmes solos. E eles são apresentados do jeito que foram demonstrados nos trailer, exceto o último, que tem um jeito peculiar de chamar a atenção de Diana (Gal Gadot).

6-coisas-que-queremos-ver-no-filme-da-liga-da-justica_f.png
Maiores heróis da DC Comics chegam aos cinemas. (Foto: Divulgação

“Liga da Justiça” vai direto ao ponto. Logo no começo, Bruce Wayne (Ben Affleck) nota que tem algum problema acontecendo no mundo e logo seus temores são confirmados por Diana. Com isso, já vai buscar os outros integrantes da equipe. O primeiro é o Aquaman, que recusa, mas logo é atacado pelo Lobo da Estepe (Ciarán Hinds) muda de ideia. Flash, que é o alívio cômico, com piadas bem colocadas, aceita logo de cara. Cyborgue entra depois que um membro de sua família é sequestrado por causa das Caixas Maternas.

Com a Liga reunida, os heróis tentam descobrir uma maneira de derrotar o Lobo. E vão enfrenta-lo, com destaque para Mulher-Maravilha na luta, que toma a liderança da equipe e como a mais forte, luta diretamente contra o vilão.

Durante o filme e no fim temos algumas referências do que pode acontecer, uma das insinuações é que a antiga mansão Wayne pode ser o QG da Liga e parece que veremos mais integrantes nos próximos filmes, além claro de um vislumbre de um antigo Lanterna Verde, na primeira vez que Lobo invadiu a terra.

Nas cenas pós-créditos (existem duas), na primeira temos uma corrida que lembra os quadrinhos, e é uma continuação de uma piada do fim do longa. Na segunda, e a mais importante, vemos Lex Luthor (Jesse Eisenberg) recebendo o Exterminador (Joe Manganiello) e deixa entender que podemos ter a Sociedade Secreta de Supervilões.

O filme é muito bom. Fãs e quem for ao cinema apenas para se divertir não vão se arrepender. Tomara que a DC e a Warner continuem nessa linha os próximos filmes.

Mulher-Maravilha chega ao serviço de streaming Looke

Distribuído pela Warner Bros. Pictures, traz a primeira super-heroína dos quadrinhos no quarto filme do Universo Estendido DC 

Sucesso de bilheteria global com mais de US$ 820 milhões arrecadados e considerada a melhor produção da DC Comics nos últimos anos, Mulher-Maravilha, chega ao serviço de streaming de vídeo on demand Looke. O filme já está disponível como lançamento para aluguel ou compra digital, por R$ 9,99 e R$ 49,99, respectivamente.

wonder_woman_main.jpg
“Mulher-Maravilha” estreia no Looke. (Foto: Divulgação)

A trama traz a história da Diana Prince (Gal Gadot), treinada desde sua infância para ser uma guerreira imbatível. Reconhecida como a princesa das Amazonas, nunca havia deixado a ilha paradisíaca onde viviam, até o momento em que o piloto Steve Trevo (Cris Pine) se acidenta e cai próximo ao local.

Diana descobre que uma guerra sem precedentes está acontecendo no mundo e decide deixar seu lar a fim de interromper o conflito. Durante sua participação no combate, percebe o alcance de seus poderes e sua verdadeira missão no planeta Terra.

Com direção de Patty Jankins, estão presentes no filme além de Gal Gadot e Cris Pine os atores Connie Nielsen, Danny Huston, David Thewlis, Elena Anaya, Lucy Davis e Robin Wright Penn.

MULHER-MARAVILHA MANTÉM LIDERANÇA NAS BILHETERIAS E JÁ É O TERCEIRO MAIOR FILME DE TODOS OS TEMPOS DA WARNER BROS. NO BRASIL

O primeiro filme solo da super-heroína da DC nos cinemas segue em primeiro lugar nas bilheterias e já foi visto por mais de 5,6 milhões de brasileiros

 Mulher-Maravilha, longa dirigido por Patty Jenkins, mantém a liderança das bilheterias brasileiras em sua quarta semana em cartaz e tornou-se o terceiro maior filme da distribuidora no país, atrás apenas de “Batman vs Superman: A Origem da Justiça” e “Esquadrão Suicida”.

No total, o longa já arrecadou mais de R$89,6 milhões desde sua estreia e foi visto por mais de 5,6 milhões de pessoas no país. Junto com Estados Unidos (1º) e China (2º), o Brasil agora ocupa o pódio dos três melhores resultados do filme no mundo.

mulher-maravilha-filme_1
Mulher-Maravilha continua liderança as bilheterias dos cinemas. (Foto: Divulgação)

Sobre o filme

Gal Gadot retorna como a personagem-título do épico de ação e aventura Mulher-Maravilha, dirigido por Patty Jenkins (“Monster: Desejo Assassino”, série da AMC “The Killing”). Unindo-se a Gadot no elenco internacional estão Chris Pine (filmes “Star Trek”), Robin Wright (“Millennium: Os Homens que Não Amavam as Mulheres”, série da Netflix “House of Cards”), Danny Huston (“Fúria de Titãs”, “X-Men Origens: Wolverine”), David Thewlis (filmes “Harry Potter”, “A Teoria de Tudo”), Connie Nielsen (série da Fox “The Following”, “Gladiador”), Elena Anaya (“A Pele que Habito”), Ewen Bremner (“Êxodo: Deuses e Reis”, “Expresso do Amanhã”), Lucy Davis (“Todo Mundo Quase Morto”, série de TV “Better Things”), Lisa Loven Kongsli (“Ashes in the Snow”), Eugene Brave Rock (série de TV “Hell on Wheels”) e Saïd Taghmaoui (“Trapaça”).

Antes de tornar-se Mulher-Maravilha, ela era Diana, princesa das Amazonas e treinada para ser uma guerreira invencível. Diana descobre que um grande conflito assola o mundo quando um piloto americano cai com seu avião nas areias da costa. Convencida de que é capaz de vencer a ameaça de destruição, Diana deixa a ilha. Lutando lado a lado com homens numa guerra que pretende acabar de vez com todas as guerras, ela vai descobrir todos os seus poderes… e seu verdadeiro destino.

Patty Jenkins dirige o longa a partir do roteiro de Allan Heinberg, história de Zack Snyder & Allan Heinberg e Jason Fuchs, baseada nos personagens da DC. Mulher-Maravilha é uma criação de William Moulton Marston.

O filme é produzido por Charles Roven, Deborah Snyder, Zack Snyder e Richard Suckle, com Stephen Jones, Geoff Jones, Jon Berg, Wesley Coller e Rebecca Steel Roven como produtores executivos.

Juntando-se a Jenkins nos bastidores estão o diretor de fotografia Matthew Jensen (“Poder Sem Limites”, “Quarteto Fantástico”, série da HBO “Game of Thrones”), a designer de produção indicada ao Oscar Aline Bonetto (“O Fabuloso Destino de Amélie Poulain”, “Eterno Amor”, “Peter Pan”), o editor vencedor do Oscar Martin Walsh (“Chicago”, “Operação Sombra – Jack Ryan”, “V de Vingança”), e a figurinista vencedora do Oscar Lindy Hemming (trilogia “O Cavaleiro das Trevas”, “Topsy-Turvy – O Espetáculo”).  A trilha sonora é composta por Rupert Gregson-Williams (“Até o Último Homem”, “A Lenda de Tarzan”).

A Warner Bros. Pictures apresenta, em parceria com a Tencent Pictures e a Wanda Pictures, Mulher-Maravilha, uma produção da Atlas Entertainment/Cruel and Unusual. Em cartaz nos cinemas brasileiros, o longa é distribuído pela Warner Bros. Pictures, uma empresa da Warner Bros. Entertainment.

CONFIRA NÚMEROS E CURIOSIDADES DO SUCESSO MULHER-MARAVILHA

Estrelado por Gal Gadot e com direção de Patty Jenkins, primeiro filme solo da super-heroína da DC nos cinemas é sucesso nas bilheterias mundiais

Embalada pelo enorme sucesso nas bilheterias mundiais, a Warner Bros. Pictures divulga números e curiosidades sobre o longa Mulher-Maravilha, dirigido por Patty Jenkins e estrelado por Gal Gadot, e que está em cartaz nos cinemas brasileiros. Confira abaixo:

mulher-maravilha-filme_1
Veja algumas curiosidades da produção de “Mulher-Maravilha”. (Foto: Divulgação)

1º   filme protagonizado pela Mulher-Maravilha na lendária história de 75 anos da super-heroína, e a primeira aventura cinematográfica estrelada por uma mulher nesta era moderna dos super-heróis.

2º filme em que Gal Gadot estrela como Diana, a Mulher-Maravilha, cuja estreia em “Batman vs Superman: A Origem da Justiça” preparou o terreno para que a épica história de suas origens fosse finalmente levada para a telona na superprodução Mulher-Maravilha.

5 finalistas chegaram à reta final para o papel de Mulher-Maravilha/Diana entre centenas de atrizes que fizeram testes para “Batman vs Superman: A Origem da Justiça”, mas apenas uma representou o poder inato e o espírito compassivo da heroína: Gal Gadot.

5 jogos de armadura da Mulher-Maravilha foram confeccionados para o filme com um material que parece antigo e rígido, mas é moderno e flexível o suficiente para permitir acrobacias, além de ter juntas de expansão na região do peitoral para auxiliar nos movimentos.

6 meses de intensivo treinamento de campo foram necessários para que o especialista Mark Twight transformasse mais de 30 atrizes em autênticas Amazonas guerreiras.

9 meses de treinamento de Gal Gadot com Ruda Vrba, a treinadora física do elenco, e Damon Caro, o coordenador de dublês da produção, para que a atriz estivesse perfeita e em forma para interpretar o poder natural, a coragem e a graça da Mulher-Maravilha.

38 locações em dois países – Reino Unido e Itália – para as quais a diretora de Mulher-Maravilha, Patty Jenkins, “arrastou” o elenco e a equipe de produção para registrar a ação e o drama do filme em cenários autênticos na Costa Amalfitana, em Happy Village, na comuna de Matera e no Castel del Monte, na Itália; e em Victoria House, Australia House, Sicilian Avenue, no Museu Britânico e no Tilbury Fort, no Reino Unido.

75º aniversário da heroína mais popular e mais conhecida em todo o mundo, o mais duradouro símbolo de igualdade, poder e honestidade, é celebrado agora com o primeiro filme-solo da Mulher-Maravilha.

1918 foi o ano em que começou a épica aventura central de Mulher-Maravilha, quando Diana e Steve Trevor unem forças para prevenir uma guerra sem fim em que milhões de pessoas vão morrer.

1970s década em que a série de televisão “Mulher-Maravilha” e o desenho animado dos “SuperAmigos” encantaram uma criança chamada Patty Jenkins e lhe deram a inspiração para o sonho de dirigir o primeiro blockbuster internacional protagonizado pela heroína.

2004 foi o ano em que Gal Gadot representou seu país natal, Israel, no concurso Miss Universo. Ela também serviu por dois anos nas Forças de Defesa de Israel.

MULHER-MARAVILHA BATE A CONCORRÊNCIA NA BILHETERIA MUNDIAL E BRASILEIRA

O primeiro filme solo da super-heroína da DC nos cinemas abre em primeiro lugar nas bilheterias, arrecadando US$223 milhões mundialmente

Mulher-Maravilha provou sua força como uma das maiores super-heroínas do mundo nas telonas e também na incrível bilheteria do final de semana de estreia. Ultrapassando a concorrência, o longa dirigido por Patty Jenkins arrecadou US$223 milhões no mundo todo até o momento. O anúncio foi feito por Sue Kroll, Presidente de Marketing e Distribuição Mundial da Warner Bros. Pictures.

mulher-maravilha-filme_1
“Mulher-Maravilha” estreou quebrando recordes. (Foto: Divulgação)

A impressionante marca mundial faz de Mulher-Maravilha o filme de uma super-heroína com a maior estreia de todos os tempos, além de ser a maior abertura para um filme de super-herói no mês de junho e a maior abertura de um filme da Warner Bros. Pictures para este mesmo mês. Com a classificação “Fresh” de 93% no Rotten Tomatoes, o filme também é um dos filmes de super-heróis mais bem avaliados de todos os tempos, e a nota A no CinemaScore mostra que o público concorda.

Nos EUA, o filme arrecadou US$100,5 milhões e se tornou o filme dirigido por uma mulher com a maior estreia na história dos Estados Unidos. Nos outros 55 mercados em que abriu, incluindo China, Reino Unido, Rússia, Itália, México e Brasil, o longa obteve um total de US$122,5 milhões. Em outros mercados importantes, como França, Alemanha, Japão e Espanha, o filme ainda irá estrear.

No Brasil, Mulher-Maravilha liderou as bilheterias do fim de semana e é maior estreia da Warner Bros. Pictures do ano. O resultado acumulado, de quarta a domingo, soma mais de R$ 25 milhões em bilheteria e 1,4 milhão de público até o momento.

Ao fazer o anúncio, Kroll afirmou: “Estamos incrivelmente orgulhosos de Mulher-Maravilha e emocionados com o retorno de críticos e espectadores de todo o planeta. Esse é um filme perfeito para os tempos atuais; esperançoso e inspirador, assim como uma aventura extremamente divertida – que transcende o gênero. Patty Jenkins, seu elenco e equipe excepcionais – liderados pela incomparável Gal Gadot – entregaram um filme que é verdadeiro para a incrível heroína. Nós parabenizamos a todos os envolvidos por trazer para as telonas esse tremendo sucesso”.

MULHER MARAVILHA É O MELHOR FILME DA DC COMICS

Por Gabriela Fonseca e Henrique Moita

Parece que a Warner reaprendeu como fazer um bom filme de super-heróis. Depois do sucesso que foi a trilogia do Batman, de Christopher Nolan, a parceria entre DC Comics e Warner Bros estava deixando muito a desejar em suas adaptações, com muitas críticas dos fãs. Mas finalmente eles voltaram a acertar com Mulher Maravilha.

mulher-maravilha-filme_1.jpg
Gal Gadot agrada aos fãs como Princesa Diana. (Foto: Divulgação)

O filme é muito bom, não é à toa que está recebendo tantos elogios. Ele conta a história da princesa Diana (Gal Gadot), da sua participação na primeira guerra mundial e de sua busca por Ares, o Deus Grego da Guerra.

No filme, vemos duas etapas da vida de Diana, a primeira delas na ilha de Tesmiscira, ainda criança e depois ela já adulta, terminando o seu treinamento como guerreira amazona. A segunda se passa no “mundo dos homens”, no qual ela vê pela primeira vez todo todos os maquinários e coisas que ela nunca tinha visto. O filme se desenrola com ela ajudando os soldados britânicos da primeira guerra mundial.

O filme, como dito anteriormente é muito bom, sabendo aproveitar muito bem da atuação e como colocar o humor na hora certa e sem nenhum tipo de excesso.

Se a parceria Warner/DC mantiver o mesmo nível (algo bem difícil de se fazer, mas não impossível), podemos ter finalmente a concorrência DC/MARVEL em alta nos cinemas.

Ah, e mais uma coisa, você que está acostumado com as cenas pós-créditos dos filmes na Marvel, não precisa ficar esperando, pois os filmes da DC parece que não irão seguir a mesma tendência.

MULHER-MARAVILHA GANHA NOVO TRAILER

Sob direção de Patty Jenkins, Gal Gadot estrela primeiro filme da Princesa Amazona da DC como protagonista

A Warner Bros. Pictures divulga novos materiais de Mulher-Maravilha, que tem estreia marcada para 1º de junho de 2017 no Brasil. O trailer, versões dublada e legendada destaca Gal Gadot no papel de Mulher-Maravilha/Diana Prince.

ARTES DE MULHER-MARAVILHA DESTACAM QUALIDADES DA PROTAGONISTA

Sob direção de Patty Jenkins, Gal Gadot estrela primeiro filme da Princesa Amazona da DC como protagonista

A Warner Bros. Pictures divulga as artes mais recentes de Mulher-Maravilha, que tem estreia prevista para 1º de junho de 2017 no Brasil. As imagens mostram a heroína representando o Poder, a Coragem e a Maravilha.

Mulher-Maravilha chegará às salas de cinema do Brasil em 1º de junho de 2017, quando Gal Gadot retorna como a personagem-título do épico de ação e aventura dirigido por Patty Jenkins (“Monster: Desejo Assassino”, série da AMC “The Killing”). Unindo-se a Gadot no elenco internacional estão Chris Pine (filmes “Star Trek”), Connie Nielsen (série da Fox “The Following”, “Gladiador”), Robin Wright (“Millennium: Os Homens que Não Amavam as Mulheres”, série da Netflix “House of Cards”), David Thewlis (filmes “Harry Potter”, “A Teoria de Tudo”), Danny Huston (“Fúria de Titãs”, “X-Men Origens: Wolverine”), Elena Anaya (“A Pele que Habito”), Ewen Bremner (“Êxodo: Deuses e Reis”, “Expresso do Amanhã”), e Saïd Taghmaoui (“Trapaça”).

Antes de tornar-se Mulher-Maravilha, ela era Diana, princesa das Amazonas, treinada para ser uma guerreira invencível. Criada numa isolada ilha paradisíaca, Diana descobre que um grande conflito assola o mundo quando um piloto americano cai com seu avião nas areias da costa. Convencida de que é capaz de vencer a ameaça de destruição, Diana deixa a ilha. Lutando lado a lado com homens numa guerra que pretende acabar de vez com todas as guerras, ela vai descobrir todos os seus poderes… e seu verdadeiro destino.

Patty Jenkins dirige o longa a partir do roteiro de Allan Heinberg e Geoff Johns & Patty Jenkins, história de Zack Snyder & Allan Heinberg, baseada nos personagens da DC Entertainment. Mulher-Maravilha é uma criação de William Moulton Marston.

O filme é produzido por Charles Roven, Zack Snyder, Deborah Snyder e Richard Suckle, com Rebecca Roven, Stephen Jones, Wesley Coller e Geoff Johns como produtores executivos.

Juntando-se a Jenkins nos bastidores estão o diretor de fotografia Matthew Jensen (“Poder Sem Limites”, “Quarteto Fantástico”, série da HBO “Game of Thrones”), a designer de produção indicada ao Oscar Aline Bonetto (“O Fabuloso Destino de Amélie Poulain”, “Eterno Amor”, “Peter Pan”), o editor vencedor do Oscar Martin Walsh (“Chicago”, “Operação Sombra – Jack Ryan”, “V de Vingança”), e a figurinista vencedora do Oscar Lindy Hemming (trilogia “O Cavaleiro das Trevas”, “Topsy-Turvy – O Espetáculo”).

A Warner Bros. Pictures apresenta Mulher-Maravilha, em associação com RatPac-Dune Entertainment, uma produção da Atlas Entertainment/Cruel and Unusual. O filme tem estreia prevista para 1º de junho de 2017 no Brasil e será distribuído pela Warner Bros. Pictures, uma empresa da Warner Bros. Entertainment.

MULHER-MARAVILHA GANHA NOVO TRAILER EM VERSÕES LEGENDADA E DUBLADA

Sob direção de Patty Jenkins, Gal Gadot estrela primeiro filme da Princesa Amazona da DC como protagonista

A Warner Bros. Pictures divulga o novo trailer nas versões legendada e dublada de Mulher-Maravilha, que tem estreia prevista para 1º de junho de 2017 no Brasil. Com novos detalhes da história, o vídeo mostra o lar de origem da heroína e outras amazonas.

Mulher-Maravilha chegará às salas de cinema do Brasil em 1º de junho de 2017, quando Gal Gadot retorna como a personagem-título do épico de ação e aventura dirigido por Patty Jenkins (“Monster: Desejo Assassino”, série da AMC “The Killing”). Unindo-se a Gadot no elenco internacional estão Chris Pine (filmes “Star Trek”), Connie Nielsen (série da Fox “The Following”, “Gladiador”), Robin Wright (“Millennium: Os Homens que Não Amavam as Mulheres”, série da Netflix “House of Cards”), David Thewlis (filmes “Harry Potter”, “A Teoria de Tudo”), Danny Huston (“Fúria de Titãs”, “X-Men Origens: Wolverine”), Elena Anaya (“A Pele que Habito”), Ewen Bremner (“Êxodo: Deuses e Reis”, “Expresso do Amanhã”), e Saïd Taghmaoui (“Trapaça”).

Antes de tornar-se Mulher-Maravilha, ela era Diana, princesa das Amazonas, treinada para ser uma guerreira invencível. Criada numa isolada ilha paradisíaca, Diana descobre que um grande conflito assola o mundo quando um piloto americano cai com seu avião nas areias da costa. Convencida de que é capaz de vencer a ameaça de destruição, Diana deixa a ilha. Lutando lado a lado com homens numa guerra que pretende acabar de vez com todas as guerras, ela vai descobrir todos os seus poderes… e seu verdadeiro destino.

Patty Jenkins dirige o longa a partir do roteiro de Allan Heinberg e Geoff Johns & Patty Jenkins, história de Zack Snyder & Allan Heinberg, baseada nos personagens da DC Entertainment. Mulher-Maravilha é uma criação de William Moulton Marston.

O filme é produzido por Charles Roven, Zack Snyder, Deborah Snyder e Richard Suckle, com Rebecca Roven, Stephen Jones, Wesley Coller e Geoff Johns como produtores executivos.

Juntando-se a Jenkins nos bastidores estão o diretor de fotografia Matthew Jensen (“Poder Sem Limites”, “Quarteto Fantástico”, série da HBO “Game of Thrones”), a designer de produção indicada ao Oscar Aline Bonetto (“O Fabuloso Destino de Amélie Poulain”, “Eterno Amor”, “Peter Pan”), o editor vencedor do Oscar Martin Walsh (“Chicago”, “Operação Sombra – Jack Ryan”, “V de Vingança”), e a figurinista vencedora do Oscar Lindy Hemming (trilogia “O Cavaleiro das Trevas”, “Topsy-Turvy – O Espetáculo”).

A Warner Bros. Pictures apresenta Mulher-Maravilha, em associação com RatPac-Dune Entertainment, uma produção da Atlas Entertainment/Cruel and Unusual. O filme tem estreia prevista para 1º de junho de 2017 no Brasil e será distribuído pela Warner Bros. Pictures, uma empresa da Warner Bros. Entertainment.