Arquivo da tag: Galeria Recorte

GALERIA RECORTE APRESENTA “PLANOS POSSÍVEIS”, EXPOSIÇÃO INDIVIDUAL DE LUCAS RAMPAZZO

Série de colagens convida espectador a pensar novas possibilidades de construções arquitetônicas e paisagens urbanas

A Galeria Recorte, espaço multicultural localizado na região do Baixo Augusta, em São Paulo, recebe a exposição “Planos Possíveis”, trabalho mais recentes do designer e artista visual Lucas Rampazzo. A entrada é gratuita e a exposição fica em cartaz até 14 de setembro, na Rua Augusta, 829.

A mostra traz duas séries de colagens que dialogam entre si, instigando o olhar imaginativo sobre o espaço urbano e de convívio. Através de sobras e retalhos geométricos de papel, o artista esboça possibilidades de construções arquitetônicas e paisagens urbanas.

Exposição de Lucas Rampazzo está em cartaz na Galeria Recorte. (Foto: Divulgação)

“A escolha por reutilização de objetos e aproveitamento de material descartado é um convite a construirmos este olhar de transformação e mudança na paisagem urbana a partir do nosso universo imaginário. Seu trabalho nos conduz a olharmos as sutilezas que nos envolve cotidianamente e que, de maneira simples, podemos traçar conexões imaginárias de uma construção concreta do que almejamos como estética para o mundo atual”, afirma Lucas Pexão, curador da exposição.

As formas e figuras compostas a partir de encaixes funcionam como um quebra-cabeça oculto existente na relação forma-objeto dos nossos espaços de convívio. Essas combinações sugerem um esboço de ambientes e espaços arquitetônicos, ora vistos de cima, ora vistos de frente, ora vistos do ponto de quem experimenta o lugar em si. Em conjunto, as obras formam composições visuais entre cor e forma, inerentes ao universo do design gráfico, e também das repetições das formas, dialogando com o universo composicional da música.

Lucas Rampazzo nasceu em Maringá, no Paraná, e vive e trabalha em São Paulo. Em 2011, fez residência artística na cidade de Rotterdam, na Holanda, e já participou de exposições coletivas na galeria Logo, Mezanino e Sé Galeria. Também teve o zine Untitled Polaroids adquirido pelo acervo de publicações do MoMa, em Nova Iorque.

Em 2017, foi convidado para a residência multidisciplinar Re-Uso, na Praça Victor Civita, e, em 2018, para o festival Plana, na Cinemateca do Estado de São Paulo, expondo painéis pintados em grande formato.

Atualmente é reconhecido pela pesquisa e estudos relacionados ao seu trabalho ligado ao design e à música, onde transita por essas linguagens na busca das semelhanças entre o universo sonoro e visual. Ele também assina o projeto gráfico da capa do CD “Convoque seu Buda”, de Criolo.

SERVIÇO

 EXPOSIÇÃO “PLANOS POSSÍVEIS”

Local: Galeria Recorte

Endereço: Rua Augusta, 829, Consolação

Horário para visitação: terças às sextas, das 12h às 21h, e sábados, das 10h às 18h

Visitação até:  14 de setembro de 2019

Entrada Gratuita

Facebook: www.facebook.com/galeriarecorte

Contato: 11 3368-9824 / 98200-0805

GALERIA RECORTE APRESENTA O UNIVERSO FEMININO DE BOMJU COELHO

Única galeria do Brasil especializada em recorte e colagem estreia exposição “Cabeça-Coração”

Galeria Recorte, única galeria de arte especializada em colagem no Brasil, apresenta a exposição “Cabeça-Coração”, que reúne obras analógicas e digitais da artista mineira Bomju Coelho. A exposição, com 14 trabalhos de colagens e vídeos, será inaugurada no dia 09/05. A entrada é gratuita.

Coelho traz para a mostra obras que mesclam elementos gráficos, texturas e corpos garimpados em revistas antigas de moda e viagem, catálogos, livros e autorretratos produzidos pela artista. “Eu vejo uma recombinação de imagens, uma possibilidade de articular o que muitos chamariam de absurdos e sensações”, afirma.

Os trabalhos de Bomju Coelho têm o movimento e a pesquisa com corpo da mulher como temáticas e mostram cores quentes e vibrantes em perfeito equilíbrio imagético. “Criar arte a partir do corpo e suas representações tem uma imensa dimensão política e, como mulher, isso diz respeito a questões particulares e históricas, por isso busco colaborar na construção de uma cultura visual feminista e liberal”, afirma.

SERVIÇO

 EXPOSIÇÃO “CABEÇA-CORAÇÃO”, BOMJU COELHO

Local: Galeria Recorte

Endereço: Rua Augusta, 829, Consolação

Encerramento: 06 de junho

Horário para visitação: terças às sextas, das 12h às 21h e sábados das 10h às 18h

Entrada Gratuita

Facebook: www.facebook.com/galeriarecorte

Contato: 11 3368-9824 / 98200-0805

“COLA NA RECORTE” REÚNE COLAGENS, ILUSTRAÇÕES, ZINES, MÚSICA E CORTES DE CABELO POR PREÇOS ESPECIAIS

Evento ocorre domingo, em SP, com cortes de cabelo por preços especiais, 
Djs e comidinhas especiais com opção vegana

A Galeria Recorte promove, no dia 5 de maio, a quinta edição do evento “Cola na Recorte”, com diversos artistas independentes apresentando seus trabalhos de colagens, ilustrações e moda. Os cortes de cabelo terão preços especiais (R$ 60 – sem lavagem e sem escova). A feira irá ocorrer das 14h às 19h..

O público ainda poderá conferir o último dia da exposição “Des(catálogo)”, do artista Daniel Lima, que reúne livros que sofreram interferências por meio de tinta, lápis, solventes e técnicas como a monotipia, deixando evidente a sua intenção processual de apagar e reconstruir imagens.

Exposição “Des(catálogo)” . (Foto: Divulgação)

Durante todo o evento, os visitantes poderão adquirir obras e publicações diretamente de quem faz, além de tirar dúvidas e aprender mais sobre os processos de produção com os artistas participantes.

Ainda haverá um troca-troca de colagens, zines, ilustrações e adesivos entre os artistas e visitantes. Às 18h, haverá apresentação do Tráfico, projeto sonoro de Daniel Lima que constrói paisagens sonoras a partir de captações e áudios hackeados, com participação de Blasfemea, de Luisa Leão, uma das idealizadoras e residentes da festa e coletivo DARQ.

“A Galeria Recorte promove o Cola na Recorte desde 2016, como uma forma de viabilizar que diferentes artistas possam expor seus trabalhos autorais em um espaço voltado para a difusão de arte independente”, afirma Anna Gadelha, sócia e idealizadora da Galeria.

A Galeria Recorte é um espaço multicultural que une salão de cabeleireiros, barbearia, café e galeria de arte, a única no Brasil voltada exclusivamente para colagem.

SERVIÇO  “COLA NA RECORTE – QUINTA EDIÇÃO” Local: Galeria Recorte Endereço: Rua Augusta, 829, Consolação Horário de funcionamento: das 14h às 19h Data: 5/5/2019 Facebook: http://www.facebook.com/galeriarecorte Contato: 11 3368-9824 / 98200-0805 Entrada Gratuita

GALERIA RECORTE APRESENTA EXPOSIÇÃO “A LINGUAGEM DO DESEJO”

A Galeria Recorte, espaço multicultural localizado na região do Baixo Augusta, em São Paulo, apresenta a partir de 1° de fevereiro, a exposição “A Linguagem do Desejo”, com obras do colagista Bruno Barnabé. A mostra permanecerá aberta ao público até o dia 17 de março com entrada gratuita.

Divulgação Collage - Uma luta sagrada - Bruno Barnabé - Galeria Recorte - Fevereiro 2018  IMG 2 (1).jpg
Obra exposta na Galeria Recorte. (Foto: Divulgação)

 

Serão apresentadas 24 obras em que o artista utiliza fotos, selos, técnica de monotipia, entre outros elementos, para abordar questões sobre a objetivação e fragmentação do corpo, a crença no pecado original e suas consequências, indicando um percurso que começa na busca individual do artista e termina na deformidade do corpo coletivo. Barnabé traz para a discussão o vazio pornográfico e como isso se reflete na imaginação do expectador.

Nascido em Indaiatuba, no interior paulista, e radicado na cidade de São Paulo desde 2005, Bruno Barnabé materializa suas pesquisas epistemológicas e imagéticas por meio da sobreposição de resíduos gráficos e fotográficos que coleta em suas explorações pelo mundo. “Sinto-me principalmente atraído pelas questões da antropologia da imagem e, assim, procuro pelos resíduos gráficos com potencial simbólico, como fotografias de família, cartões-postais, selos, ilustrações e desenhos para usar nas minhas composições”, afirma.

Barnabé encontrou a colagem em 2005, período em que frequentou a Associação dos Amigos do Museu de Arte Moderna (AAMAM) e conheceu integrantes do movimento surrealista paulistano. Estudou gravura e desenho experimental em Londres, onde descobriu a monotipia. De volta ao Brasil, estudou com o artista, pensador e poeta Sergio Franceschi Lima, considerado o maior especialista em surrealismo em nosso país. Com trabalhos publicados em diversos periódicos nacionais e internacionais, Barnabé já expôs individualmente em 2017, na Biblioteca Central Cesar Lattes da Unicamp, em Campinas.

ARTISTA VISUAL MÁRIO DE ALENCAR LANÇA EXPOSIÇÃO “TRANSITORIEDADE ATEMPORAL” EM SP

Trabalhos do paranaense estarão expostos na Galeria Recorte até 02 de setembro

A Galeria Recorte, espaço multicultural de São Paulo, apresenta a partir de 14 de julho, sexta-feira, até 02 de setembro, a exposição do artista visual paranaense Mário de Alencar. Intitulada “Transitoriedade Atemporal”, a mostra é composta por 13 obras feitas com a técnica de colagem de papel sobre papel e aquarelo-colagens, criadas por meio da apropriação de imagens de revistas, enciclopédias e catálogos de roupas, retratando um momento em que muito acontece, mas nada muda, exatamente como nos dias atuais.

divulgação oficina Mário de Alencar (2).png
Mário de Alencar apresenta exposição na Galeria Recorte. (Foto: Divulgação)

Alencar vive e trabalha em Curitiba e já teve ilustrações publicadas em renomados jornais de todo o Brasil, além de sua forte relação na cena underground. O artista também é conhecido por suas participações em filmes de curta metragem, com colorização, e por ter desenvolvido diversas capas de disco para bandas como por exemplo, Ratos de Porão e Ruído por MM, dentre outros.

Após a abertura da exposição, Alencar irá ministrar uma oficina de colagem, na própria Galeria Recorte, intitulada “Pseudo ciência da colagem”, nos dias 15 e 16 de julho, das 15h às 19h. O valor cobrado pela oficina será de R$ 120,00.

AGENDA

 

EXPOSIÇÃO “TRANSITORIEDADE ATEMPORAL”, de MÁRIO DE ALENCAR

De 14 de julho a 02 de setembro – Abertura às 19h

De terça à sexta, das 12h às 21h, e sábado, das 11h às 18h

Entrada gratuita

OFICINA “PSEUDO CIÊNCIA DA COLAGEM”, COM MÁRIO DE ALENCAR

De 15 e 16 de julho das 15h às 19h

Valor R$120,00

Mais informações no contato@galeriarecorte.com.br

GALERIA RECORTE – Rua Augusta, 829 – São Paulo

Site: www.galeriarecorte.com.br – Facebook:www.facebook.com/galeriarecorte

Telefone: (11) 3368-9824/ (11) 98200-0805

GALERIA RECORTE PROMOVE “SOLTE SUA FERA #2 – O FERVO TAMBÉM É LUTA”

Esquenta para a 21ª Parada do Orgulho LGBT traz a participação especial do Bloco Minhoqueens

A Galeria Recorte promove no dia 17 de junho, das 18h00 às 22h00, a segunda edição da festa “Solte sua Fera #2 – O fervo também é luta”. O evento é um esquenta para a 21ª Parada do Orgulho LGBT, que acontece no dia 18 de junho, na Avenida Paulista. Este ano, a edição da festa terá a participação do bloco Minhoqueens, considerado o primeiro bloco de Drag Queens do país.

WhatsApp Image 2017-06-16 at 14.40.55.jpeg
Galeria Recorte realiza nova edição da festa “Solte Sua Fera”. (Foto: Divulgação)

Ao longo das quatro horas de evento, a Recorte receberá os DJ Will Medeiros e Alex Sudati, além da apresentação do bloco Minhoqueens. “A frase ‘o fervo também é luta’ estampou alguns dos cartazes levados às várias manifestações realizadas neste ano em defesa dos direitos não só da comunidade LGBTQIA+, mas de todos os brasileiros. E nosso objetivo neste ‘Solte sua Fera 2’ é justamente lembrar dessa luta, mas de uma forma divertida”, afirma Anna Gadelha, proprietária da Galeria Recorte.

A entrada para o evento será uma peça de roupa feminina ou produtos de higiene pessoal que serão doados ao Centro de Acolhida para Mulheres Travestis e Transexuais ‘Florescer’. Criado em 2016 pela Prefeitura de São Paulo, o espaço promove a reinserção social dessa população, com um trabalho de atendimento humanizado.

Além das atrações, “Solte sua Fera” terá um cardápio especial elaborado pelo pessoal do Lá de Casa, no Café Recorte.

AGENDA

EVENTO SOLTE SUA FERA #2 – O FERVO TAMBÉM É LUTA”

Dias 17 de junho das 18h00 às 22h00

Rua Augusta, 829 – São Paulo

PROIBIDA A ENTREDA DE MENORES DE 18 ANOS

ARTISTA ALEMÃO EXPÕE TRABALHOS DE COLAGEM INSPIRADOS NA “BOCA DO LIXO” DE SÃO PAULO

“Pedacinhos Resgatados do Chão” traz a atmosfera sexual do centro da capital paulista na visão de Florian Foerster

A Galeria Recorte recebe a partir de 5 de Maio sua primeira exposição internacional, intitulada “Pedacinhos Resgatados do Chão”, do artista alemão Florian Foerster. A mostra é composta por obras de arte originadas de papelão, papel de seda e tinta a óleo, com o objetivo de criar imagens sensuais, reais ou imaginárias, com corpos solitários ou entrelaçados que se insinuam em meio ao cenário da chamada “Boca do Lixo”, na região central de São Paulo, onde desenvolveu sua pesquisa durante visitas permanentes à cidade desde a década de 1990. Parte das obras dessa série (“Body Fragment”) já foi exposta na Galeria Display, em Londres, mas para essa mostra na Galeria Recorte o artista apresentará trabalhos inéditos.

obra Florian.jpg
Florian Foerster apresenta suas obras na Galeria Recorte. (Foto: Divulgação)

Nascido em Ondeburg, na Alemanha, Florian Foerster estudou arte em Manchester, na Inglaterra, e apaixonou-se por São Paulo ao fazer uma oficina de gravura no museu Lasar Segall. Desde então já apresentou exposições solo de seus trabalhos na Galeria Sunge, em Berlin; Liverpool School of Architecture, em Liverpool, e Goethe Institute, em Manchester, ambas cidades inglesas; entre outras localidades.

“Fiquei fascinado ao conhecer a São João, o Anhangabaú, por volta de 1994. Os clubes, as casas de show, a atmosfera sensual que não existe mais. Aquela parte da cidade tem uma influência muito grande sobre o meu trabalho”, afirma Florian. “O nome da exposição revela que em meio às várias camadas que compõem a minha obra há fragmentos que recolhi do chão”, completa o artista.

São Paulo também está presente na série ‘Fragments-SP’, com colagens feitas a partir de papelões, papéis variados e retalhos de suas gravuras e desenhos, em uma espécie de releitura das memórias coletadas dos lugares que conquistaram o artista alemão na capital paulista. A exposição das duas séries, com cerca de 20 obras, fica em cartaz até 24 de Junho, com entrada franca e é indicada para maiores de 14 anos.

AGENDA

EXPOSIÇÃO “PEDACINHOS RESGATADOS DO CHÃO” de FLORIAN FOERSTER

De 05 de maio a 24 de junho – Abertura 05 de maio às 19h

Indicado para maiores de 14 anos

GALERIA RECORTE – Rua Augusta, 829 – São Paulo

Site: www.galeriarecorte.com.br – Facebook: www.facebook.com/galeriarecorte

Telefone: (11) 3368-9824/ (11) 98200-0805

GALERIA RECORTE PROMOVE “RESISTARTE” COM DIFERENTES ATRAÇÕES PARA CELEBAR E REFLETIR A LUTA DAS MULHERES

Comandado também por mulheres, o evento será composto de shows, rodas de conversa, exposição de arte e performances

A Galeria Recorte, salão de cabeleireiro e espaço multicultural na Rua Augusta, em São Paulo, promove a primeira edição do ResistARTE com diferentes atrações, todas lideradas por mulheres. Neste momento em que tanto se fala do empoderamento feminino e da luta pela equidade de gêneros, o salão promove o evento nos dias 7, 9, 10 e 11 de março, criando um espaço de reflexão sobre o tema e em comemoração ao Dia Internacional da Mulher.

Durante os quatro dias, a Recorte criará um espaço de diálogo e troca de informações sobre temas ligados a questões de gênero, raciais e LBGT, violência contra a mulher, equiparação de direitos, padrões estéticos e o retrato da mulher na mídia. Entre as atrações confirmadas estão o Coletivo Piscina, as atrizes Nina Santos, Valquíria Rosa, Agathá Hills, a banda Dizzy Queens, a cantora Milkee, entre outras.

Galeria Recorte5_divulgação.JPG
Galeria Recorte irá homenagear o Dia Internacional da Mulher. (Foto: Divulgação)

Escolhidos de maneira estratégica, os dias de realização do evento coincidem com a Marcha Mundial das Mulheres, que acontece na Praça da Sé, em celebração ao 8 de março. “Estamos vivendo um momento muito difícil, cercadas de ódio e ameaças, por isso, resolvemos reunir várias mulheres para que elas possam expor seus trabalhos, suas ideias e ao mesmo tempo refletir sobre o que pode ser feito para mudar essa situação”, afirma Anna Gadelha, sócia e proprietária da Galeria Recorte.

Para completar a programação, o Café Recorte trará um cardápio especial para o ResistARTE voltado para a saúde da mulher, com ingredientes como grão de bico, cardamono, brotos e cacau que minimizam os efeitos das alterações hormonais nas diversas fases da vida. A saciedade – física e emocional – virá cheia de sabor.

Confira a programação completa:

Dia 07 de março, a partir das 19h00

· Abertura da exposição “Há algo aqui”, organizada pelo Coletivo Piscina, plataforma criada pelas artistas Paula Franchi, Nataly Callai e Ana Luiza Fortes para reunir e mostrar o trabalho de mulheres artistas. Nessa exposição, focada em trabalhos de colagem, trará trabalhos das artistas Ana Hortides, Anaïs Karenin, Colla GG, Gabriela Sánchez, Isadora Fernandes, Juliana Coelho, Laíza Ferreira, Maíra Ishida, Mariana Destro e Singh Bean. Dá só uma olhada: http://cargocollective.com/piscina.

· Perfomance ‘Empresto meus Ouvidos’, com a atriz Nina Santos, do Vagão Coletivo. Nina vai convidar o público falar e só ela irá ouvir sobre tudo que lhe vier à mente, desde denúncias, anúncios, fatos importantes ou amenidades. A performer adverte: “estamos em um momento que quase ninguém mais ouve ninguém”.

Dia 9 de março, a partir das 19h00

· Roda de conversa sobre desconstrução dos padrões de beleza. A atriz e educadora Valquíria Rosa e a editora de vídeos Thaís Mayume vão trocar ideias sobre como e porquê as mulheres devem se libertar das amarras do bela, recatada e do lar.

Dia 10 de março, a partir das 19h00

·  Perfomance com a atriz Agathá Hills. A artevista T de 23 anos vai trazer um pouco da poesia e da arte ‘nascida e cultivada no gueto’ para a Galeria Recorte. Atualmente no espetáculo Periferida, que conta as histórias de um menino gay que decide virar drag queen e de uma travesti. Agathá usa a arte como forma de lutar pela liberdade e segurança do povo T.

 

Dia 11 de março, a partir das 18h00

Shows:

·  MILKEE – A cantora paulistana feminista Milkee junta o hip hop com referências do rap. https://www.facebook.com/milkeeoficial/

·  DIZZY QUEEN e a banda Corazones Muertos farão um tributo para Joan Jett, ícone feminino e uma das fundadoras da banda The Runaways. https://www.facebook.com/dizzyqueenrock?fref=ts

· MOITA é uma banda punk e hardcore feminista de São Paulo que discute temas como gênero, política, cidade, racismo, lesbofobia, luta antifascista e feminista.https://www.facebook.com/moitaband/

AGENDA

EVENTO “RESISTARTE”

Dias 7, 9 e 10 de março a partir das 19h00 e no dia 11, sábado, a partir das 18h00

Rua Augusta, 829 – São Paulo

GALERIA RECORTE APRESENTA A EXPOSIÇÃO “[partir]” DE LIDIA BRANCHER

Com trabalhos minimalistas, cortes sinuosos e até composições complexas, a artista explora diferentes extremos da técnica de colagem

A Galeria Recorte promove a primeira exposição individual da artista plástica Lidia Brancher utilizando somente técnicas de recorte e colagem. Intitulada “[partir]”, a mostra começa a ser exibida no dia 08 de dezembro, com duração até 28 de janeiro. Conhecida por seus desenhos, gravuras e intervenções urbanas, a artista gaúcha explora a colagem como uma pesquisa paralela e constante em sua trajetória.

Do Sagrado.jpg
Obras de Lídias estarão expostas na Galeria Recorte. (Foto: Divulgação)

Nesta exposição, Lidia reúne trabalhos minimalistas, com apenas um corte sinuoso e um deslocamento, até composições complexas, orientadas pelo desenho. Com curadoria de Lucas Ribeiro, a artista aborda relações entre mãe e filho, entre o homem e a natureza e entre o terreno e o espiritual.
Multicultural, a Galeria Recorte se inspira nos lugares híbridos de Nova York e Barcelona, e é o primeiro espaço da cidade de São Paulo voltado exclusivamente para obras que utilizam a técnica de colagem.
SERVIÇO
Exposição “[partir]”
Local: Galeria Recorte
Endereço: Rua Augusta, 829, Consolação
Horário de funcionamento: Terça a sexta, das 12h às 21h; e sábado, das 11h às 18h
Visitação: de 08/12/2016 até 28/01/2017
Entrada: grátis
Telefone para contato: (11) 3368-9824 / 98200-0805

EXPOSIÇÃO EM SP MOSTRA COLAGENS INSPIRADAS NA INFLUÊNCIA DA MÚSICA NAS ARTES VISUAIS

A Galeria Recorte realiza a exposição ‘Todas as Brisas’, do artista plástico e guitarrista Lê Almeida. A mostra reúne 29 colagens do carioca de 32 anos inspiradas na influência da música no interesse das pessoas pelas artes visuais, quer seja pela apreciação de capas de discos ou pelo trabalho de personalidades da cena pop internacional que atuam de forma paralela com música e artes plásticas.

Galeria Recorte inaugura exposição do artista plástico Lê Almeida. (Foto: Divulgação)
Galeria Recorte inaugura exposição do artista plástico Lê Almeida. (Foto: Divulgação) 

Único espaço especializado na arte de recorte e colagem em São Paulo, a Galeria Recorte tem como objetivo dar visibilidade a esse tipo de arte que está em ebulição em cidades como Nova York, Londres, Berlin e Barcelona. O espaço acompanha a produção de artistas como Thais Rivoire, Lidia Brancher, Fernando Denti, Lucas Cabu, André Bergamin, Florian Foerster entre outros.
Sons de praia
A exposição, que tem curadoria de Ana Dienstmann, abrange trabalhos feitos com base no quarto e mais recente álbum de Lê Almeida. “Eu já tinha terminado de gravar o disco, mas não havia criado as artes para ele. Os trabalhos foram produzidos pela vibe de ‘sons de praia’ “, revela o artista. E é isso que se pode observar ao visitar a galeria: paisagens e situações que dialogam com um lugar estranhamente familiar, onde praias, nuvens, sol e outros elementos se mostram acolhedores, mas que também beiram o surrealismo e são a porta de entrada para todas as brisas mais inconscientes.
Lê Almeida pode ser considerado um exemplo de artista que cria para duas vertentes criativas distintas – a música e as artes plásticas. A mistura acontece tanto pelo interesse em arte ter sido gerado por encartes de álbuns de bandas como ‘Guided by Voices’ ou ‘Pavement’, quanto por, atualmente, ter uma produção criativa coesa, conjuntamente nas artes visuais, com a colagem, e na música, com sua guitarra distorcida. Ele conta que o início dessa fusão de seus interesses por arte e música aconteceu em função da necessidade de divulgar os próprios projetos musicais e os de sua gravadora, a ‘Transfusão Noise Records’.
Os trabalhos expostos na Galeria Recorte abrangem colagens que, nos primórdios, limitavam-se ao ambiente digital. Isso porque Almeida diz que não conseguia se desprender dos livros e revistas que possuía, então ele escaneava as imagens e criava as artes e colagens no computador. A partir de 2011, porém, o desapego finalmente aconteceu e as obras passaram a ser físicas, permitindo uma nova leitura para as imagens, que deixaram de ser cartazes e informativos de shows para se tornarem obras com reflexões mais subjetivas.