Arquivo da tag: Geek

CCXP Cruise leva maior evento de cultura pop do planeta para alto-mar

(Foto: Divulgação)

Artistas de Hollywood, quadrinistas, gamers e cosplayers ganham palco no melhor navio da costa brasileira

Depois de aterrissar no Velho Mundo com a primeira edição da CCXP Cologne, em junho deste ano, o maior festival de cultura pop do planeta se prepara para desbravar os mares. Será uma jornada em busca do Sol, realizada entre os dias 18 e 21 de março de 2021, repleta de conteúdos dos universos dos quadrinhos, games, cinema, séries e cosplays. Os pacotes do CCXP Cruise já estão sendo vendidos pelo site oficial (http://cruise.ccxp.com.br) desde o dia 9 de dezembro, mas quem passar pela CCXP19 – que acontece de 5 a 8 de dezembro, no São Paulo Expo – já poderá garantir sua vaga em um espaço exclusivo dedicado à aventura marítima.

 “Os planos de expansão da CCXP são grandes. No meio deste ano fizemos nossa primeira edição na Europa e o sucesso foi tão grande, que a CCXP Cologne já tem data para acontecer em 2020. E como o grande diferencial da nossa marca é proporcionar ao público experiências épicas, decidimos levar todas nossas experiências para um verdadeiro sonho geek em alto-mar”, conta Pierre Mantovani, CEO da CCXP.

Entre as atrações confirmadas estão: Fotos e Autógrafos com artistas convidados, Artists’ Alley, 4 dias de conteúdos no Thunder Theater on board, painéis e entrevistas no deck da piscina, exibição de filmes e maratonas de séries, Cosplay Universe, Concurso de Cosplay, jantares temáticos, Palco de Influenciadores, Palco do Omelete On Board e cabines temáticas com licenciamentos exclusivos.

O CCXP Cruise acontecerá no MSC Preziosa, um navio com 18 andantes, com um roteiro que parte de Santos e segue até Búzios, mas com a orientação de que todos os dias sejam de Sol – ou seja, o comandante terá a liberdade para mudar o roteiro caso a previsão seja de chuva em algum dos pontos do trajeto. O MSC Preziosa possui 1.596 cabines e serão colocados à venda 3.851 lugares. O primeiro lote terá preços promocionais, com pacotes a partir de 12 x R$ 229 + R$ 530 de taxa (por pessoa para cabine dupla). Para mais informações basta acessar http://cruise.ccxp.com.br.

Rider lança sandália inspirada em Star Wars

A marca une o geek ao streetwear em um lançamento imperdível

A épica saga chega ao fim, ou não. Embarcando nessa jornada a Rider lança a RNEXT+STAR WARS. A icônica sandália da Rider ganha duas versões: uma representando o lado luminoso da Força e outra traz à tona o lado sombrio. Duas ótimas opções para curtir o final de mais uma trilogia da franquia.

As confortáveis sandálias chegam em duas cores, sendo que a primeira, branca com tiras marrons, representa a resistência e o lado luminoso da força, remetendo às vestimentas Jedi e de Rey, principal personagem dos últimos lançamentos. A outra, preta com detalhes vermelhos, se inspira no look sombrio e clássico de Darth Vader e, também, do mais recente vilão: Kylo Ren.

O modelo teve sua estreia na CCXP, com exclusividade, no estande da Guadalupe Store, durante os quatro dias da Feira. Quem não teve a chance de garantir o drop, pode ficar tranquilo. A Rider R Next +Star Wars chega junto ao lançamento do filme, no dia 19/12, na loja virtual da Rider (rider.com.br) ou na Guadalupe Store.
Os pares são limitados e estarão disponíveis até enquanto durarem os estoques, por R$249.

Renner apresenta itens inspirados na saga Star Wars

Fãs da franquia já podem garantir os looks com estampas de seus personagens favoritos

Para entrar no clima da aguardada estreia de Star Wars: A Ascensão Skywalker, a Renner traz itens com os personagens icônicos e toda a atmosfera de fantasia da saga. A linha conta com mais de 15 opções de produtos para os fãs de todas as idades, incluindo peças casuais, underwear e pijamas. Essa é a oportunidade perfeita para os amantes da franquia demonstrarem seu amor pela superprodução no melhor estilo.

O novo filme, que marca o encerramento da terceira trilogia da saga, é a fonte de inspiração para as peças. Os itens combinam conforto, versatilidade e estilo. Para os pequenos, a Renner traz modelos de camisetas com estampa fosforescente, para brincar no escuro e soltar a imaginação. Já os adultos podem compor seus looks com camisetas, blusas, underwear com modelos boxer e samba-canção e pijamas curtos e longos.

As peças têm cores iguais às da galáxia representada na franquia: preto, com variações de cinza no pijama de manga longa, e azul claro na cueca samba-canção, com imagens repetidas do Yoda. Além de diversas estampas, nas figuras icônicas de Darth Vader, Yoda, Chewbacca, Princesa Leia e demais personagens do elenco de Star Wars.

o fim da saga star wars

“Star Wars: Ascensão de Skywlaker” encerra uma das maiores sagas da cultura pop. (Foto: Divulgação)

Por André Pistarini

Dirigido por J.J Abrams e com roteiro de Chris Terrio, “Star Wars: A ascensão de Skywalker” em seus 141 minutos possui as difíceis missões de dar uma conclusão e ao mesmo tempo se aprofundar nos novos personagens criados, gerar algo novo tão revolucionário quanto em 1977, porém sem se distanciar de sua essência, e a mais difícil de todas:

Atender a todas as expectativas dos fãs de Star Wars.

O filme decorre há um ano após a batalha entre a Resistência e A Primeira Ordem, em Crait. Rey segue treinando com a General Leia para se tornar uma Jedi, quando todos são surpreendidos pela confirmação do retorno de Darth Sidius

A partir deste momento é atribuído a Rey, Poe e Finn a missão de encontrar as coordenadas do planeta Sith Exegol e pôr um fim aos planos de Palpatine. Este, possui uma frota de destroyers capazes de dizimar planetas inteiros que fazem oposição a nova ordem.

O enredo ganha um perfil acelerado com a perseguição de informações sobre Exegol, enquanto ao mesmo tempo tenta de maneira muito rápida se aprofundar nos personagens do trio principal. Por outro lado, Kylo Ren ciente dos planos de Palpatine, tenta persuadir Rey ao lado negro da força.

É perceptível um esforço do roteiro em criar um “reboot” das ideias geradas em “Os últimos Jedi” dando a impressão em determinados momentos que o capitulo VIII nem mesmo exista na trilogia. A personagem Rose Tico por exemplo, após todas as polemicas e ataques maldosos gerados por fãs nas redes sociais tem um papel bem reduzido no longa, já o personagem de Luke Skywalkwer foi retomado com os ideais da trilogia clássica e possui uma grande relevância para elucidar Rey em seus conflitos internos.

Vale ressaltar as ótimas cenas da batalha entre Rey e Kylo, assim como todo trabalho para incluir a Leia (Carrie Fischer) que faleceu antes das filmagens. Sua memória com certeza foi condecorada com uma das cenas mais emocianantes/ dramáticas de Star Wars protagonizadas pelo nosso amigo Chewbacca.

Sobre sua conclusão, foram atribuídos muitos aspectos do capitulo VI “O retorno de Jedi” assim como retomado o princípio de todo o conflito de Star Wars; que nas palavras do próprio Geroge Lucas:

“Sempre foi mais uma novela de família “.

Sendo ele apresentado de um ponto de vista mais contemporâneo, este ponto foi o atenuante para fazer a ligação entre Rey, Kylo e até mesmo Palpatine assim como uma tentativa de aproximar essa nova trilogia ao todo.

J. J Abrams parece fazer um apelo a coerência dos fãs de Star Wars, pois se as inovações não foram bem aceitas pela opnião pública, este filme é a representação de todos os bons pontos da trilogia clássica.

E comercialmente este tipo de decisão é correta pois, por mais que fique aquela sensação de “ mais do mesmo” eu como você, fã de longa data desta série, continuará consumindo produtos Star Wars

Star Wars: sobremesa inspirada no BB-8 e Darth Burger chegam à Cooldown

O ano está quase acabando e, junto com ele, a saga Star Wars também chega ao fim, bom, pelo menos essa trilogia. Para dar mais força aos fãs, a Cooldown E-Sports n’ Burgers preparou alguns dias especiais (18 a 20 de dezembro) para comemorar o lançamento de Star Wars: A Ascensão Skywalker.

Na quarta (18/12), quem apresentar o ingresso para a pré-estreia, ganha 50% de desconto em qualquer Burger Simples. Já de quinta a domingo (19 a 22/12), quem apresentar um ingresso para uma sessão no dia ou estiver de Cosplay de Star Wars, ganha um shot temático de Star Wars. Os jogos nos telões e música ambiente também serão em homenagem à saga.

Além disso, de 18 a 20 de dezembro, o inventário (cardápio da casa) estará especial para os jedis. Entre os destaques: Death Star Burger – R$ 34,90 – Pão com crosta de queijo, 2 Hambúrgueres bovinos, Creme de Cheddar, Cebola crispy e Bacon. Acompanhado com fritas ao molho 4 Queijos. Darth Burger – R$ 26,90 – Pão australiano, Hambúrguer bovino, Cheddar, Bacon, Cebolas roxas forneadas e Molho de shoyu reduzido com gengibre e especiarias. E o Yoda Burger (Veggie) – R$ 24,90 – Pão verde, Hambúrguer de Feijão, Creme de Queijo emmental com espinafre, Broto de alfafa e Tomate.

Uma sobremesa que promete muitas curtidas é a BB-8 – R$ 14,90 – Sorvete de creme, Caramelo caseiro e Raspas de laranja no formato do robô esférico. Entre os drinks: C-3PO – R$ 20,90 – Brandy, Triple sec, Limão, Abacaxi, Camomila e Mel; R2-D2 – R$ 12,00 – Energético, Blue Curaçau e Vodka azul, e outras surpresas.

Cooldown E-Sports n’ Burgers

Av. Silva Jardim, 1145 A, Rebouças, Curitiba (PR)

Telefone: (41) 3209-2079

www.cooldown.com.br

www.facebook.com/cooldownesports

www.twitch.tv/cooldownesports

www.instagram.com/cooldownesports

Horário de Funcionamento:

Terça a Quinta, das 17h às 23h

Sexta, das 17h à 24h

Sábado: 13h às 24h

Domingo: 13h às 23h

Natal Geek: headsets para impressionar

Confira nossa seleção de gadgets de aúdio que vão fazer os tech lovers pirarem

Super opções para agradar quem você ama ou, porque não, se auto-presentear? A SigmaOne, distribuidora Jabra no Brasil, preparou uma seleção de headsets de última geração que prometem fazer bonito neste Natal.

Versáteis, os três presentes – Evolve 65t, Evolve 75 Stereo e Evolve 80 – são altamente tecnológicos, intuitivos e fáceis de usar. São também muito confortáveis, indicados para o uso prolongado – e podem ser levados do escritório para o seu momento de lazer.

Desenvolvidos pela multinacional dinamarquesa,  referência na criação de soluções de áudio e video no mundo, impressionam ainda pelo design arrojado e pela capacidade de se adequarem as mais diversas necessidades: todos eles são compatíveis com Softphone, Android, dispositivos Apple, smartphones e tablets, além da integração com as principais plataforma de comunicação unificadas do mercado corporativo, como o Microsoft Teams. De geeks à home-officers, os headsets da Jabra são presentes para encantar!

Confira abaixo a seleção disponibilizada pela SigmaOne:

Evolve 65t (6598-832-109)

(Foto: Divulgação)

100% livre de fios, o Evolve 65t é perfeito para profissionais em constante movimento, mas que precisam manter a conexão com o escritório o dia todo. Mais confortável, o headset possui diversas opções de ajustes à orelha, além do recurso Hear Through, que filtra os sons ao redor com apenas o toque de um botão.

Com o Evolve 65t, é possível ainda fazer ajustes com o equalizador disponível no aplicativo Jabra Sound+ e personalizar a experiência de chamadas e músicas. Conecte o Evolve 65t ao seu assistente de voz: Amazon Alexa, Siri® ou Google Assistant™ e obtenha o que precisar, seja agendamento de reuniões, leitura de mensagens recebidas e até mesmo a previsão do tempo.

O produto, projetado para ser o primeiro headset intra-auricular true wireless do mundo certificado pela UC, promete som profissional com quatro microfones e até 15 horas de tempo de bateria. Uma ótima opção de presente para quem precisa estar sempre conectado!

Preço sugerido: R$ 2.105,02

Jabra Evolve 75 Stereo (7599-832-109)

(Foto: Divulgação)

Um gadget sem fio, ideal para concentração em escritórios abertos. Primeiro headset certificado para Microsoft Teams, o Jabra Evolve 75 se destaca pela qualidade do som:  excelente tanto para chamadas quanto para música. Sua tecnologia permite a conexão em dois dispositivos ao mesmo tempo, o produto conta ainda com cancelamento de ruído ativo e alto-falantes com voz HD. A conectividade Bluetooth® confere ao usuário mais liberdade: com o Evolve 75 Stereo é possível se locomover até 30 metros do dispositivo conectado.

Este produto, bonito e versátil, conta ainda com almofadas de orelha em courino, uma harmônica fusão entre conforto e design: o material facilita a higienização do produto, tornando-o um modelo robusto e moderno, ideal para o dia a dia e também para o ambiente de trabalho. Suas linhas sofisticadas possuem acabamento emborrachado, suave ao toque, o que evita pontos de atrito durante o uso contínuo.

Preço sugerido: R$ 1.790,56

Evolve 80 (7899-823-109)

(Foto: Divulgação)

Um headset profissional com cancelamento de ruído ativo, microfone e alto-falantes de extrema qualidade. Ideal para o uso no ambiente de trabalho, o Jabra Evolve 80 conta com tecnologia que possibilita a eliminação de ruídos indesejados, o que contribui para que o usuário se mantenha focado em ambientes barulhentos. Sua configuração, assim como a do Evolve 75, permite que uma luz acenda automaticamente para indicar que você está em uma ligação e que não deve ser incomodado naquele momento. Simples e prático!

Preço sugerido: R$ 2.016,23

WARNER BROS. QUEBRA A CCXP19 COM PAINÉIS ÉPICOS E BATE RECORDE DE DECIBÉIS NO AUDITÓRIO THUNDER CINEMARK XD

Painel de Mulher-Maravilha quebra recorde na CCXP. (Foto: Warner Bros Pictures)

Painel de Mulher-Maravilha 1984 registrou 118 decibéis com reação do público, recorde do evento

A Warner Bros. Pictures quebrou a CCXP com três painéis épicos: Aves de Rapina (Arlequina e sua Emancipação Fantabulosa), fechando o primeiro dia de evento na quinta-feira, e Mulher-Maravilha 1984além do próprio painel da Warner Bros. Pictures, que encerraram o domingo e último dia.

O painel de Aves de Rapina (Arlequina e sua Emancipação Fantabulosa),apresentado por MariMoon, começou com uma performance de patinadoras profissionais no palco, vestidas com diversos looks da personagem Arlequina, enquanto todos os fãs na plateia recebiam versões infláveis do clássico martelo da personagem – tudo embalado ao som da DJ Samhara. Com todos os fãs devidamente “armados”, as convidadas subiram ao palco apresentadas por um vídeo especial com cenas do filme: Margot Robbie (Arlequina), Mary Elizabeth Winstead (Caçadora), Jurnee Smollett-Bell (Canário Negro), Rosie Perez (Renee Montoya) e Ella Jay Basco (Cassandra Cain), além da diretora Cathy Yan. Os presentes puderam acompanhar com exclusividade um bate-papo com as atrizes e diretora e vibraram muito ao assistir os primeiros cinco minutos do filme e uma prévia especial, exibidos ao público pela primeira vez.

Já o painel da Warner Bros. Pictures, apresentado por Marcos Mion, trouxe inúmeras novidades dos próximos lançamentos do estúdio. A apresentação começou com a futura animaçãoScooby! O Filme, trazendo uma mensagem em vídeo de Orlando Drummond, ator que deu voz ao personagem principal por décadas, e a exibição do trailer – além da participação de Alexandre Drummond, neto de Orlando e um dos dubladores da animação; houve também destaque paraTom & JerrySpace Jam 2DC Super Pets, que têm estreia prevista para 2020, 2021 e 2022, respectivamente.

Na sequência foi exibido um material inédito de bastidores e entrevistas do musicalEm Um Bairro de Nova York, que tem estreia marcada para 20 de agosto de 2020, e um teaser exclusivo do terror Invocação do Mal 3: A Ordem do Demônio, que tirou o ar do público. O filme, que teve seu título em português revelado no evento, está previsto para estrear em 10 de setembro de 2020. Para os fãs do aclamado diretor Christopher Nolan, a Warner Bros. exibiu um vídeo de Tenet, que estreia em 23 de julho de 2020.

E para finalizar o painel do estúdio, o universo DC fez os fãs vibrarem com muitas novidades. Matt Reeves, diretor deThe Batman, apareceu em um vídeo feito especialmente para a CCXP19 com uma mensagem para os fãs e prometendo presença de conteúdo do filme na edição de 2020 do evento.The Suicide Squad 2 também esteve presente com um recado em vídeo do diretor James Gunn e da atriz Alice Braga, que está presente no elenco do longa.

Fechando o evento com chave de ouro, o estúdio apresentou o painel deMulher-Maravilha 1984, com introdução de Érico Borgo e apresentação de Aline Diniz, cujo sucesso foi tão estrondoso que quebrou o recorde de decibéis emitidos pelo público da CCXP, atingindo 118 decibéis! Antes do início da apresentação, os fãs receberam pulseiras com emissão de luz e ativação por som, fazendo com que a plateia fizesse parte do espetáculo. O painel começou então com um vídeo de abertura que levou a plateia à loucura, incluindo a revelação de 6 telas nas laterais do Auditório – pela primeira vez na história da CCXP e exclusivamente para o evento de Mulher-Maravilha 1984. Após isto, era chegada a hora de chamar ao palco as ilustres convidadas: a diretora Patty Jenkins e a protagonista Gal Gadot foram apresentadas de forma épica com a atriz saindo de um elevador subterrâneo e shows de luz e som, além da participação de 20 cosplayers brasileiros. Os presentes puderam então acompanhar um bate-papo com as convidadas, conferir com exclusividade as novas artes dos personagens do filme, assistir a uma mensagem dos atores Chris Pine, Kristen Wiig e Pedro Pascal e, finalmente, testemunhar a exibição inédita do primeiro trailer do longa – em versão estendida e exclusiva da CCXP19. E, pela primeira vez na história, um painel do evento foi transmitido mundialmente, em parceria com o Twitter – com a exibição de tweets de usuários ao redor do mundo nas telas principais e laterais.

Elenco de “Aves de Rapina (Arlequina e sua emancipação fabulosa)” falam sobre o filme, em coletiva

Por Luigi Buratto e Thuane Piccolo

Na quinta-feira, 05 de Dezembro de 2019, a CCXP abriu o seu primeiro dia, com ingressos esgotados, o evento contou com a presença de diversas e ilustres celebridades. Dentre elas, o elenco de “Aves de Rapina”, novo filme produzido pela diretora Cathy Yan, e estrelado por ninguém menos que Margot Robbie, a nossa anti-heroína favorita, a Arlequina. 

O filme mostra a trajetória da Harley Quinn após os acontecimentos de “Esquadrão Suicida”, a suposta separação entre ela e o Coringa e, então, sua emancipação fantabulosa, onde ela tenta descobrir sua própria identidade e acaba conhecendo um grupo de garotas com um mesmo objetivo. 

No dia seguinte, tivemos a oportunidade de participar da coletiva de imprensa, reunindo todo o elenco novamente, produtores e diretora. 

“Me apaixonei pela personagem desde Esquadrão Suicida, e senti que ela merecia ser melhor explorada”, disse Margot Robbie ao ser perguntada sobre o retorno da personagem. 

Durante a coletiva de imprensa com o elenco de Aves de Rapina, a diretora Cathy Yan, e produtores. (Foto: Thuane Piccolo)

Ainda completou “Foi uma honra trabalhar com a roteirista Christina Hodson, ela tem a capacidade de pegar ideias abstratas e dar um jeito de fazê-las acontecerem.”   

A atriz nos conta como foi o processo para dar vida a uma Gotham colorida e animada, mostrada de dia, diferente das versões sombrias da cidade de Bruce Wayne, que estamos acostumados a ver. 

FÃS COMO A GENTE

Quando perguntadas sobre como se sentiam participando desse icônico universo da DC nos cinemas, as atrizes se dividiram em respostas que remetiam suas infâncias, os filmes do Batman, as HQs e antes de tudo, como já eram fãs desse universo. “Eu conheci a Canário Negro pela primeira vez, jogando Injustice 2, no videogame”, disse Jurnee Smollett-Bell, mostrando seu lado nerd, falando sobre sua personagem no filme e como ela se sentiu honrada com o convite para interpretá-la. 

Rosie Perez complementa: “O fato de sermos mulheres fortes, independentes e estarmos arrebentando pela cidade, é a cereja do bolo” 

PREPARAÇÃO FÍSICA 

A diretora contou um pouco sobre como foram feitas as cenas de ação do filme. As atrizes tiveram um treinamento árduo, trabalharam por cinco meses, deixando as cenas muito mais realistas e bem coreografadas. Elas foram instruídas a fazer o máximo de cenas que conseguissem sozinhas, entretanto, o elenco foi auxiliado pela 87 Eleven, uma ótima companhia de dublês, que já trabalhou com grandes filmes como John Wick.  

Rosie comentou “Eu já tenho uma certa idade e no primeiro dia de treinamento, eu senti meu joelho falhar… Fui aconselhada a ser levada para o hospital ou então continuar treinando e fortalecendo meus outros músculos, e me senti inspirada a continuar …foi uma experiência transformadora. Eu estou numa forma física muito melhor do que já estive em 15 anos” 

As atrizes contaram como foi difícil realizar algumas cenas, pois a diretora insistia para que elas gravassem lutas de um a dois minutos ininterruptos e caso alguém errasse, seria necessário que gravar tudo novamente. Jurnee lembrou de uma vez, na qual haviam gravado uma longa cena, várias vezes, e Cathy dizia “Meninas, me perdoem, mas eu vou precisar que vocês gravem mais uma vez” e Margot respondia indignada “Porquêêê?”. A diretora reiterava que fazia as cobranças, pois sabia que as garotas eram capazes de aguentar. 

ÍCONES DE EMPODERAMENTO

De uns tempos pra cá, as mulheres estão cada vez mais se tornando um símbolo de justiça, igualdade e resistência. Nós podemos observar isso através do cinema, quando vemos grandes filmes sendo estrelados  por personagens femininos.

Margot nos fala que nunca imaginou que a personagem dela um dia pudesse virar um ícone de luta pelo feminismo, pois a Harley é emocionalmente desequilibrada, e acabou de sair de uma relação tóxica, tão cheia de falhas. 

“É difícil porque eu me sinto responsável por sempre passar uma mensagem positiva para este mundo, em todos os meus projetos, eu sempre tento ser a melhor pessoa que posso, e ao mesmo tempo, temos que nos manter fiéis aos personagens, à nossa história… Então eu ainda não entendo o porque as pessoas se identificam com a personagem, eu sei o porque elas a amam, mas talvez seja justamente por causa das suas imperfeições. E talvez seja exatamente isso que o cinema precisa mostrar com mais frequência, as falhas e imperfeições dos personagens principais”, falou Margot

Perez menciona como foi interpretar sua personagem, a detetive Montoya, em um cenário machista, onde ela precisava se reinventar todos os dias, ser forte e nunca desistir. Por várias vezes, ela era dispensada dos casos, se sentia frágil e injustiçada. Acho que a melhor mensagem sobre o feminismo é justamente o fato dela não desistir, ela continuava indo para o trabalho todos os dias, e então, ela finalmente achou as forças necessárias para se demitir, e fez isso de cabeça erguida. Feminismo não é só sobre as mulheres. É sobre igualdade”

MATERIAL FIEL AS ORIGENS?

Cathy diz que o filme não é totalmente baseado em alguma edição específica dos quadrinhos, porém teve suas inspirações nos Novos 52, e que o grupo Aves de Rapina segue uma linha de roteiro original, sem perder os traços dos personagens.

A diretora e roteiristas tiveram o trabalho de trilhar uma aventura inédita que tivesse sentido nessa nova fase do universo DC e da personalidade de Harley. “A Arlequina é uma anti-heroína, porém ela não é má.” diz Margot Robbie, citando uma de suas HQs favoritas, Blue Eyes, e fazendo relação com sua personagem.

MULHER-MARAVILHA 1984: GAL GADOT E PATTY JENKINS CONTAM SOBRE O FILME

Por Luigi Buratto e Thuane Piccolo

No dia 08 de Dezembro de 2019, na CCXP 2019, foi lançado o trailer oficial do novo filme da Mulher-Maravilha. Os produtores fizeram um ótimo trabalho em manter as informações em sigilo, pois até agora, não foi divulgada nem a sinopse dele.

Nesse mesmo dia a diretora, Patty Jenkins, e a atriz, Gal Gadot, estavam na coletiva de imprensa, da qual tivemos o privilégio de participar, e você pode conferir logo abaixo, os melhores tópicos dessa entrevista.

Sessão de fotos antes da coletiva. (Foto: Thuane Piccolo)

SEGUINDO AS PEGADAS DO PASSADO

Patty Jenkins, a diretora do filme, nos conta como foi diferente realizar o segundo filme, pois não havia mais aquele clima tenso da Primeira Guerra Mundial e ela pode trazer um aspecto mais colorido, vibrante e animado para uma ambientação moderna. “Foi muito divertido fazer essas cenas, onde a Mulher-Maravilha se encontrava num mundo moderno, junto com Steve (Chris Pine), e todos estes maravilhosos vilões…”

“Um dos elementos mais incríveis de poder fazer um filme que se passa nos anos 80, é que tudo é muito autêntico, parece que nós realmente voltamos no tempo. Foi uma ótima escolha de fazer este filme nessa época”, comenta Gal Gadot.

GIRL POWER

Além de ser um ícone feminista, e inspiração de muitas mulheres, Patty nos diz que Diana é uma personagem que luta não somente pelas mulheres, mas assim como Super-Homem, é um símbolo de força e igualdade para todo o mundo. “Ela vive em tempos machistas, onde as mulheres precisam ser protegidas, no entanto ela não precisa disso, pois ela é fodona.”

“Eu sou uma mulher forte, independente, e quando me perguntavam que tipo de papel eu queria interpretar, eu sempre dizia exatamente isso. E é engraçado, porque se você olhar para trás, você não vê muitos filmes assim.”, disse Gal, quando questionada sobre o ícone que a Mulher-Maravilha havia se tornado.

Ela contou que teve uma experiência única ao assistir pela primeira vez o filme “Teve uma cena que me tocou muito e eu estava assistindo não como Gal Gadot, a atriz, mas como Gal, a menina que nasceu no subúrbio de Israel. Eu fiquei tão emocionada que comecei a chorar e, chegando em casa, falei para o meu marido: eu sei que você vai adorar o filme, mas quando chegar nessa parte, tenho certeza que não vai te tocar do mesmo jeito que me tocou. Porque você viveu essa emoção a vida toda, sendo um homem, mas eu não e poder agora fazer parte de um trabalho tão grande, é incrível.”

Além de ser uma atriz completa, Gal quando mais jovem já serviu o exército de Israel. Nas forças armadas por dois anos após completar o colegial. Isso serviu como exemplo para compor a personagem, que possui cenas de lutas complexas, e mostrar o quanto ela é dedicada e impecável.

A atriz encerrou o tópico encorajando todas as mulheres a serem fortes e nunca desistirem de seus sonhos e ainda deixa um recado para todas aquelas que já sofreram ou sofrem abusos. Busquem ajuda sempre, seja contando pra sua família, polícia, ou amigos, não lutem sozinhas”.

Patty Jenkins e Gal Gadot na coletiva de imprensa de Mulher Maravilha 1984. (Foto: Luigi Buratto)

PROXIMOS PASSOS

A diretora disse que sempre imaginou uma trilogia para a história da Diana Prince e que já andou discutindo algumas ideias com a Gal, sobre um possível terceiro filme. Claro, muitas dessas ideias só serão implementadas caso MM84 seja um sucesso de bilheteria, mesmo assim, ela se mostra otimista e animada para encerrar seu trabalho de forma magistral.

Citando uma das últimas falas do primeiro filme, Diana diz “Eu ficarei aqui e vou lutar pela humanidade”, e é exatamente isso que podemos esperar nessa sequência.

Patty nos dá um spoiler sobre um novo filme que está produzindo, um spin-off do universo da Mulher-Maravilha, e teremos como personagens principais as Amazonas. Esse não contará com a presença de Gal Gadot, mas Patty afirma que está muito ansiosa para poder mostrar a sua visão destas magníficas guerreiras de Themyscira.

Quando questionada sobre qual outro super-herói ela gostaria de fazer um filme, ela respondeu “Meu segundo herói favorito é o Superman, então, nunca se sabe… Mas eu amo minha Mulher Maravilha”

Gal fala sobre como está sendo a evolução da sua personagem do primeiro filme, onde Diana se mostrava perdida no mundo dos homens, e pouco a pouco foi aprendendo sobre as complexidades humanas, ganhando a confiança deles e se tornando cada vez mais envolvida nesse mundo. Já na continuação, após algumas décadas, ela se vê trabalhando sozinha, nas sombras, sem amigos, pois todos se foram com o passar dos anos, e ela continua ajudando a proteger os seres humanos da melhor forma possível.

MANO A MANO

Gadot se pronuncia sobre a ausência de armas usadas pela Diana no novo filme “Nós nos livramos da espada, pois isso remete à violência e a Diana não precisa disso. Também achamos desnecessário o uso do escudo, pois ela é uma Deusa, super forte e sabe se defender. Ela tem seus braceletes e seu laço e é tudo que ela precisa.

Ou seja, neste novo filme, podemos esperar cenas de ação mais intensas, melhor coreografadas e muito mais corpo à corpo.

Cartaz oficial do novo filme Mulher Maravilha 1984, estréia Junho de 2020. (Foto: Thuane Piccolo)

STEVE TREVOR DE VOLTA?

Após sua possível morte no primeiro filme, Steve Trevor nos deixa apenas uma memória de que o par romântico de Diana se foi. Porém, Patty nos afirma que ele estará de volta, e que esta medida foi premeditada já durante as gravações do primeiro. “Nós temos uma ótima razão para trazer o Steve de volta, e ele é uma parte fundamental para esta sequência. Não o trouxemos apenas porque ele fez sucesso, mas sim pois ele complementa o arco desta nova história”.

Confira abaixo o trailer, que foi lançado com exclusividade na CCXP, durante o painel de MM84.

CCXP19 tem recorde de público e conteúdo marcado pela diversidade

Último dia da CCXP teve lotação máxima e muita diversão dos fãs. (Foto: Marcelo Paixão)

Quarto dia do festival recebeu as estrelas Gal Gadot, Henry Cavill e o elenco de “La Casa de Papel”, além de Ryan Reynolds, que retornou ao palco do Auditório Cinemark XD

Um festival de proporções épicas. Assim pode ser resumida a CCXP19, que terminou neste domingo, 8, após quatro dias de intensa programação. Em sua sexta edição no Brasil, o maior festival de cultura pop do mundo reuniu 280 mil pessoas vindas de todas as partes do país. Dentre os estados que mais compareceram, São Paulo aparece na frente com 72% – sendo 70% de fora da capital – seguido por Rio de Janeiro, Minas Gerais e Paraná. A organização estima que o evento tenha injetado cerca de R$ 265 milhões na economia da cidade e gerado 11 mil empregos diretos e indiretos.

“A CCXP alcançou um lugar de destaque no cenário do entretenimento mundial. Mais uma vez entregamos ao público um festival de qualidade internacional, reconhecido pelos estúdios e que traz para o Brasil conteúdos que vão reverberar pelos próximos meses. Fazer tudo isso pelos fãs e ainda poder gerar emprego e movimentar a economia são coisas que tornam tudo isso ainda mais incrível. Estamos entregando mais um evento épico e já pensando na edição de 2020. Aliás, a CCXP20 já tem data marcada: de 3 a 6 de dezembro”, anuncia Pierre Mantovani, CEO da CCXP.

 CCXP19 em números 

O festival ocupou um espaço de 115 mil m² com ativações de 15 estúdios e plataformas de streaming, 35 lojas especializadas em produtos com temática geek e 55 marcas que, segundo estimativa dos organizadores, tiveram faturamento de R$ 52 milhões. Quem passou pela CCXP19 gastou, em média, R$ 325,00. Na praça de alimentação, foram disponibilizados 42 restaurantes e outras opções de alimentação. Ao todo, 150 toneladas de alimentos foram servidas aos visitantes e convidados. Os produtos mais consumidos foram hambúrguer e refrigerante, sendo esta considerada a maior venda de refrigerante em eventos indoor em São Paulo.

Com relação ao público, 51% eram homens e 49% mulheres, o que refletiu em uma programação mais igualitária e jovem uma vez que dados indicam que 66% dos visitantes tinha entre 15 e 34 anos.

A CCXP19 reforçou sua relevância global no mercado de entretenimento ao reunir celebridades como Gal Gadot, Margot Robbie, Henry Cavill, Ryan Reynolds, John Boyega, Oscar Isaac, Daisy Ridley, o diretor J. J. Abrams e o elenco de “La Casa de Papel”, entre outros nomes aclamados. O festival ainda foi palco da pré-estreia de “Frozen 2”, da divulgação do trailer inédito de “Viúva Negra”, do teaser de “Eternos” e do aguardado trailer de “Mulher-Maravilha 1984”, que teve uma inédita transmissão global via Twitter.

A cobertura do festival também teve números superlativos, com mais de dois mil formadores de opinião, entre jornalistas e influenciadores, vindos de 25 países, além de 170 profissionais de foto, vídeo, redes sociais e conteúdo. Foram exibidas mais de 130 horas de transmissão ao vivo, com uma unidade móvel dedicada à transmissão da Omeleteve, canal do Omelete no Youtube. A conectividade foi outro ponto alto da CCXP19, que teve 60 quilômetros de fibra ótica conectando todo o pavilhão com wi-fi gratuito disponibilizado para os todos os visitantes e tecnologia 5G para cobertura de conteúdos em tempo real, com aparelhos celulares de última geração.

 Surpresas e grandes elencos no Auditório Cinemark XD

O último dia no Auditório Cinemark XD recebeu o aguardado painel da Netflix, que teve início com uma grande surpresa: Henry Cavill, protagonista de “The Witcher”, que subiu no palco e foi recebido por uma plateia extasiada. Outro elenco aclamado foi o da série “La Casa de Papel”. Os atores Rodrigo de la Serna, Esther Acebo, Pedro Alonso, Alba Flores e Darko Peric contaram um pouco sobre série e o público pôde conferir metade do primeiro episódio da próxima temporada. Em seguida, foi a vez de Ryan Reynolds retornar ao Auditório Cinemark XD para divulgar seu segundo trabalho nesta edição da CCXP19, “Esquadrão 6”, junto com os colegas de elenco Adria Arjona, Mélanie Laurent, Corey Hawkins e Manuel Garcia-Rulfo.

Mas foi a Warner que comandou os dois últimos painéis do Auditório Cinemark XD neste domingo. Primeiro, o estúdio apresentou suas estreias de 2020 e projetos para os próximos anos como “Scooby! O Filme”, “Tom & Jerry”, “Space Jam 2”, “DC Super Pets”, “Em um Bairro de Nova York” e “Esquadrão Suicida”, filme que terá a brasileira Alice Braga no elenco. Fechando a noite, Gal Gadot e Patty Jenkins encontraram uma legião de fãs apaixonados. A atriz e a diretora contaram ao público um pouco sobre a produção de “Mulher-Maravilha 1984”, em um painel que teve transmissão pelo Twitter e colocou a CCXP19 nos trending topics da rede social.

Concurso Cosplay

Último dia do concurso de cosplay. (Foto: Ariel Martini)

O último dia da CCXP19 também foi marcado pela grande final do Concurso Cosplay. Dividida em três etapas, a competição contou com o voto popular para selecionar os 12 artistas que subiram ao palco do Creatos Stage by Trigg neste domingo. Quem levou o prêmio principal, um carro 0 km e credenciais Full Experience da CCXP20, foi Jaqueline Fernandes Santos, com o personagem Diablo Prime Evil, de “Diablo III”. Também foram eleitos o Cosplayer Destaque (Nathália Casalecchi, com Winifred Sanderson), Melhor inventividade (Rogerio Silva, com Davy Jones), Melhor Figurino (Rafael Silva, com Dohvakiin) e Melhor Apresentação (Bruno Leão, com Li Shang).