Arquivo da tag: Glutén

Vodka Stolichnaya Glúten Free

As dietas livres de glúten têm sido adotadas em todo o mundo. Trata-se de um novo estilo, uma opção de alguns para uma vida mais leve, porém sem abrir mão do sabor. E, a partir de agora, essas pessoas não precisarão mais se privar dos prazeres de degustar um bom drink.

Stolichnaya, reconhecida mundialmente por suas vodkas de altíssima qualidade, inova mais uma vez ao produzir a versão da bebida Stoli Glúten Free, a única certificada no mercado e que é feita a partir de um blend de milho e trigo sarraceno, ingredientes naturalmente sem glúten.

imagem_release_1395847.jpg
Stolichnaya Glúten Free. (Foto: Divulgação)

Produção artesanal

Produzida com o melhor milho e trigo sarraceno, matérias-primas naturalmente sem glúten, cultivadas em Tambov (Rússia), região conhecida por seu solo fértil, Stoli Glúten Free é destilada apenas três vezes – processo que preserva seu caráter, porém sem diminuir a sua suavidade. Misturada com água de poço artesiano, é filtrada em quatro etapas, o que garante suavidade insuperável a bebida.

Stolichnaya se destaca por ter um dos processos de produção mais artesanais e controlados em sua categoria: da seleção dos grãos até o engarrafamento, é a única marca que possui o selo 100% glúten free, livre de contaminação cruzada.

A fase final de produção acontece em Riga, capital da Letônia, na histórica destilaria de Latvijas Balsams, um dos principais produtores de bebidas alcoólicas nos países bálticos e com uma história rica em tradição desde 1900. 

Glúten

Glúten (do latim glúten, “cola”) é uma mistura de proteínas encontradas no trigo e cereais relacionados, incluindo cevada e centeio. Geralmente o glúten é encontrado em maior proporção em pães, cereais, salgadinhos, massas e molhos para salada. Glúten causa problemas de saúde para pessoas que sofrem de distúrbios relacionados a essa composição.

Preço sugerido ao consumidor: R$ 99,00 

Para mais informações, siga Stoli Vodka no Instagram www.instagram.com/Stolibr e no Facebook em www.facebook.com/StoliBrasil

Pra Lá De Bom lança Torta de Chocolate e Ovos de Páscoa para alérgicos e intolerantes a glúten e a lactose

Uma Páscoa com muito chocolate sem glúten e lactose é a proposta da Pra Lá de Bom Delicias Sem Glúten- Padaria artesanal localizada na zona norte de São Paulo. Para aqueles que tem alergias ou intolerâncias a estes alimentos, a chef de cozinha Paula Rosignoli preparou duas receitas exclusivas para celebrar a data: Torta de Chocolate e Ovo de Páscoa.

Segundo a chef de cozinha da marca, os ingredientes de primeira linha incluem orgânicos e integrais, não contém lactose, nem glúten ou traços, além disso são livres da contaminação cruzada. “Nossa torta de Páscoa sem lactose é feita com uma massa delicada de farinha de amêndoas e cacau, recheada com ganache de chocolate belga meio amargo e Mel. Para a cobertura, Merengue Suíço e Nibs de cacau, uma excelente opção de sobremesa para a família”, afirma.

Já para as crianças, Paula sugere o Ovo de Páscoa sem lácteos  preparado com chocolate belga meio amargo e bombons recheados com  noz macadâmia e muito chocolate.

Os lançamentos são vendidos sob encomenda, a torta pesa cerca de 1 kg, custa R$ 120,00 e o Ovo de Páscoa, de 250g custa R$60,00. Para mais informações acesse: www.praladebom.com.br

Receita de Panetone Funcional sem Glúten

Que tal mudar um pouco o cardápio das festas de fim de ano e inovar com um panetone funcional? Fácil de preparar, essa versão mais fitness é uma sugestão da nutricionista da Grings Alimentos Saudáveis, Marília Zielinski. Além de saboroso, não possui glúten e tem alto valor nutricional por causa da chia, uma semente rica em ômega 3, fibras, antioxidantes, vitaminas e minerais, e é uma excelente opção para as pessoas que querem fugir do panetone tradicional.

ViewImage.jpg
Nutricionista da Grings ensina a fazer panetone sem glúten. (Foto: Divulgação)

Panetone Funcional sem Glúten

Ingredientes:

1 copo de água quente

2 xícaras (chá) de farinha de arroz

20 g de fermento instantâneo

100 g de polvilho doce

70 g de fécula de batata

120 g de Açúcar Mascavo Grings

20 g de semente de Chia Grings

10 g de goma xantana ou CMC

3 ovos

½ xícara (chá) de óleo de girassol

1 colher (chá) de essência de baunilha

100 g de castanha-do-pará picada

80 g de chocolate 70 % cacau (pode ser substituído por Goji Berry Grings ou uva passa e frutas cristalizadas)

Preparo:

Misture delicadamente com as mãos a água quente, a farinha de arroz e o fermento instantâneo, e deixe descansar dentro do micro-ondas desligado por uma hora, até dobrar de volume. Em uma tigela, misture o polvilho, a fécula de batata, o açúcar, a chia e goma xantana e peneire. Depois, coloque os ovos, o óleo e a essência de baunilha. Acrescente a mistura de farinha de arroz e mexa com as mãos, sempre de maneira suave. Adicione o chocolate e as castanhas.  Coloque em formas de panetone – rende 4 grandes ou 8 pequenos. Deixe descansar novamente por uma hora no micro-ondas para crescer e leve ao forno pré-aquecido por 40 minutos aproximadamente.

Cerveja Capitu lança cerveja artesanal sem glúten, produzida com mandioquinha

Capitu Diadorim sem glúten é uma Belgian Saison refrescante e saborosa  para quem quer aproveitar os benefícios de uma alimentação sem glúten, sem abrir mão das saboras cervejas artesanais 

A Cerveja Capitu, em parceria com a Better Food for You, empresa especializada em alimentos saudáveis, lança sua primeira cerveja artesanal sem glúten. A Capitu Diadorim sem glúten é uma Belgian Saison desenvolvida para paladares exigentes e produzida para quem busca uma vida com mais harmonia, mas não quer abrir mão de vivenciar os sabores intensos de uma cerveja artesanal.

Cerveja Capitu lança cerveja artesanal. (Foto: Divulgação)
Cerveja Capitu lança cerveja artesanal. (Foto: Divulgação)

Em meio aos caprichos de sua levedura belga, a Capitu Diadorim é uma cerveja com sabor intenso e notas frutadas. A receita leve e aromática possui como um de seus ingredientes principais a mandioquinha, naturalmente sem glúten, proporcionando à bebida um sabor sutil e aveludado e garantindo drinkability e muita refrescância. Seus sabores condimentados aparecem com o delicado e intenso sabor maltado.

Nativa da América do Sul, e difundida por todo o Brasil, a mandioquinha é um alimento fonte de carboidratos naturais que, além de secar e suavizar o corpo da cerveja, também agrega alguns encantos, intensificando as notas “terrosas” frequentemente presentes em uma Saison. A mandioquinha, por ser constituída quase que inteiramente por carboidratos naturais fermentáveis, substitui com muita elegância o açúcar que tradicionalmente é incorporado pelos cervejeiros belgas em suas receitas, a fim de obter um final mais seco.

“Pessoas próximas, amigos e parentes amantes da cerveja artesanal, pediam constantemente para que desenvolvêssemos uma cerveja sem glúten que fosse saborosa e que tivesse proximidade sensorial com a velha e boa Cerveja Artesanal”, explica Frederico Ming, sócio fundador da Cerveja Capitu.

A cervejaria utiliza a mesma receita da sua clássica Diadorim, utilizando ingredientes tradicionais como maltes de cevada, lúpulos e levedura, para produzir a receita sem glúten. A diferença está na técnica de quebra do glúten da cevada durante o processo cervejeiro, garantindo assim, que ela possa ser apreciada tanto pelos amantes da cerveja artesanal, quanto por aqueles que possuem alguma desordem relacionada ao glúten ou que simplesmente optaram por retirar a proteína da dieta. Sem o glúten a digestão da cerveja fica muito mais fácil, evitando a sensação de inchaço frequentemente associado a algumas cervejas tradicionais.

COXINHA DU CHEF LANÇA SALGADO SEM GLÚTEN E LACTOSE FREE

A coxinha sem glúten e sem lactose pesa 60gr e custa R$ 4,00

Cozinha Du Chef lança produto sem glúten. (Foto: Divulgação)
Coxinha Du Chef lança produto sem glúten. (Foto: Divulgação)

Conhecida pela criatividade e diversidade nos sabores desses tradicionais salgados brasileiros, a rede Coxinha du Chef lança a coxinha no sabor frango, sem glúten e sem lactose, especialmente para os que buscam uma alimentação mais saudável ou sofrem de intolerância alimentar.

A novidade chega para agregar ao cardápio de coxinhas, que já conta com diferentes sabores como acarajé, feijoada, bacalhau e hot dog e doces como brigadeiro e doce de leite. “Queremos atingir todas as pessoas, inclusive as que procuram uma alimentação mais saudável ou que possuem hipersensibilidade ao glúten ou à lactose”, explica o chef e sócio da rede, Renato Iarussi. “O segredo está na receita, que leva farinha de arroz, margarina e farinha de mandioca no empanamento, sem nenhuma adição de leite. Todos os salgados da rede são preparados em nossa própria fábrica e todo o processo passa por um rigoroso controle de qualidade”, complementa.
Atualmente a rede conta com 45 unidades (entre abertas e em fase de implantação) e a perspectiva até o final do ano é inaugurar mais 44 lojas. Para mais informações acesse o site www.coxinhaduchef.com.br

La Pasta Gialla tem nova sobremesa sem glúten

Delicioso prato já está à venda em todas as unidades

A rede de restaurantes italianos La Pasta Gialla está com uma doce novidade em seu cardápio: o Creme de Cacau com Farofa de Castanhas e Frutas Queimadas. A sobremesa, que não contém açúcar, e é, também, livre de glúten, é uma opção saborosa para celíacos, diabéticos e qualquer outro que queira se deliciar com um prato saudável.

La Pasta Gialla tem opção sem glúten no cardápio. (Foto: Divulgação)
La Pasta Gialla tem opção sem glúten no cardápio. (Foto: Divulgação)

O Creme com Farofa de Castanhas e Frutas Queimadas custa R$ 18,50. Além disso, para se adequar às necessidades de seus clientes também nos pratos principais, o La Pasta Gialla ainda oferece a alternativa de trocar as massas secas – tagliatelle, tagliolini, spaghetti, penne e parpadelle – por fusilini sem glúten ou tagliatelle integral.