Arquivo da tag: Guardiões da Galáxia 2

Guardiões da Galáxia 2 e Alien – Covenant chegam ao Looke

Além dos sucessos recentes, a produção Planeta dos Macacos: O Confronto também foi adicionado ao serviço de streaming

 

Looke, plataforma brasileira de streaming de vídeos on demand, liberou nesta semana duas produções que recém deixaram as salas de cinema. Os pré-lançamentos Guardiões da Galáxia 2 e Alien – Covenant já estão disponíveis para aluguel.

v-guardioes-da-galaxia-vol2-760x428
“Guardiões da Galáxia Vol.2” está disponível no Looke. (Foto: Divulgação)

Após o primeiro episódio da saga conquistar a crítica e as bilheterias globais em 2014, faturando US$ 773, 3 milhões, em Guardiões da Galáxia 2 traz a história dos guerreiros e salvadores do universo em uma nova aventura, com muita descontração e ação enquanto lutam para manter o grupo unido e descobrir a verdadeira paternidade Peter Quill (Chris Pratt). O longa está por R$ 16,99 para aluguel online.

Já o filme que surge como sequência de Prometheus (2012), Alien – Covenant se passa no ano de 2104 e acompanha uma missão espacial de astronautas a um planeta que tem potencial para abrigar e dar continuidade a espécie humana. Entretanto, a expedição sofre um problema inesperado, ao descobrir que o local já está habitado por seres hostis. A produção também se encontra na plataforma para locação por R$ 16,99.

Além disso, mais 15 títulos foram incorporados ao catálogo do Looke, com diversos tipos e gêneros, como Planeta dos Macacos: O Confrontoe o anime Akira. Todos os lançamentos já estão acessíveis no site do Looke para locação, compra ou assinatura.

Segue lista completa:

Akira

Alien – Covenant

Borboleta Negra

Diante do Trono Tu Reinas

Double Trouble

Guardiões da Galáxia Vol. 2

Krozz

No Rastro da Violência

Norman – Confie Em Mim

O Batismo

O Cara Certo

Pílulas do Idoso – Volume 1

Pílulas do Idoso – Volume 2

Planeta dos Macacos: O Confronto

Um Namorado para Minha Mulher

Uma Repórter Em Apuros

Anúncios

Iron Studios Concept Store do Shopping Eldorado recebe exposição gratuita do universo Marve

Rocket & Groot, de Guardiões da Galáxia, em tamanho real e outras peças inéditas ficam à mostra até 19 de setembro em São Paulo

Fãs de Guardiões da GaláxiaVingadoresDoutor Estranho e todo o universo Marvel têm um novo motivo para visitar a Iron Studios Concept Store do Shopping Eldorado (SP) a partir de 18 de julho, quando a loja conceito de colecionáveis apresenta uma exposição gratuita até setembro.

img

O cenário escolhido foi o corredor em frente à loja, localizada no segundo piso do shopping. Ao passar pela área, as pessoas podem tirar fotos com o Rocket & Groot em tamanho real, alguns personagens favoritos dos filmes Guardiões da Galáxia. Outras peças da franquia também estão presentes, como o Battle Diorama Series Art Scale 1/10 Guardiões da Galáxia, apresentado ao público pela primeira vez.

Outro destaque é o filme Capitão América: Guerra Civil, disposto em seis colecionáveis em escala 1/4 que formam um dioramaalém de nove em escala 1/10. A fabricante brasileira Iron Studios preparou ainda cinco itens da Marvel Comics Série 4, incluindo algumas peças inéditas, e uma estátua de Dr. Estranho Art Scale 1/10.

A exposição é gratuita e vai até 19 de setembro, seguindo o horário de funcionamento do shopping. Quem adquirir qualquer produto Marvel nas lojas físicas da Iron Studios espalhadas por São Paulo e Rio de Janeiro irá ganhar um card colecionável especial de Guardiões da Galáxia. Será um card diferente a cada semana, totalizando nove. Confira:

Guardians of the Galaxy Vol. 2: Um Futuro no Presente seguindo os anos 1970-80

Por Renan Villalon

Vivemos uma contemporaneidade audiovisual na qual o velho é constantemente utilizado como novidade, como forma nostálgica de trazer uma época midiática antiga dentro do atual mercado da cultura pop. Guardians of the Galaxy Vol.2 (Guardiões da Galáxia Vol. 2), de James Gunn, atende muito bem a esse aspecto, propondo (novamente) um filme que trata de uma adaptação das HQs da Marvel (especificamente das edições pós-2008) com uma temática que traz um sentimento nostálgico à plateia mais velha, o que torna o filme agradável a diversas faixas etárias. Dessa forma, é quase premeditado que nossos pais se sintam mais à vontade quando assistirem ao filme, isso porque, em diversas características, é quase impossível não afirmar que a obra gira em torno dos anos 1970-80.

v-guardioes-da-galaxia-vol2-760x428.jpg
“Guardiões da Galáxia Vol.2” continua a história dos aventureiros espaciais. (Foto: Divulgação)

Essa identificação pode ser indicada, primeiramente, através do gênero cinematográfico do qual faz parte, que é exatamente uma space-opera intergalática, dentro de uma ficção científica, com diversos elementos medievalistas (espada, adagas ou mesmo uma flecha voadora), curiosamente um gênero que “explodiu” na passagem dos anos 1970-80 a partir do filme Star Wars: A New Hope (1977). A influência temática da obra de George Lucas é tão presente que, mesmo tratando-se de um universo completamente diferente, possui ideias convergentes com a galáxia desses guardiões: batalhas intergaláticas; referências à tradicional velocidade da luz; seres fantasiosos em forma humanóide; caçadores de recompensas interestelares; diversos planetas a serem explorados e etc. É possível observar um “espelhamento” nos vários filmes de Star Wars, tornando a história um característico episódio galático no universo da Marvel.

Adicionado ao gênero, temos a temática retrô fortemente estilizada complementando a história do filme, que é simples e divertida. O trabalho estético e sonoro na composição fílmica, além das referências que surgem nos diálogos dos personagens, é a nossa grande pista e inquietação que nos faz viajar no tempo da juventude retrô.

A direção de arte trabalha o visual do filme com diversas ideias datadas dos anos 1980. É possível vermos, em parte da colorização do filme, uma paleta de cores voltada para diversas tonalidades de roxo, azul escuro, amarelo, rosa e vermelho, normalmente muito fortes e intensas, que era algo copiosamente utilizado em discotecas ou demais eventos festivos e dançantes nos anos 1980 (reveja o pôster, a referência começa por ali!).

Fora esse interessante uso das cores, identificamos durante o filme outros aspectos oitentistas: como o estilo neon, em um dos pontos de encontro dos mercenários intergaláticos; seriados como Knight Rider (Super Máquina) surgindo como uma lembrança (principalmente devido à participação de David Hasselhoff no filme, a estrela do programa de TV naquela época); além do divertido uso de um ícone dos games, Pac-Man, como motivo visual no filme.

Já pela ambientação sonora, fica claro também o sentimentalismo retrô, agora referente aos anos 1970, através das músicas escolhidas para compor a história. Com diversas canções de época, essencialmente de gêneros derivados do rock, como: art rock, blues rock, soft rock, country rock, pop rock, hard rock, entre outros, a nostalgia musical setentista é outro dos grandes destaques no filme. Esse direcionamento musical ajuda não apenas a criar aquele sentimento característico, como também funciona enquanto elemento narrativo, tanto que algumas letras das músicas compõem as motivações de alguns personagens, principalmente no relacionamento entre Ego (Kurt Russell) e Star-Lord (Chris Pratt), ou entre o protagonista e Gamora (Zoe Saldana).

Entretanto, é possível considerar que a música mais interessante e nostálgica, unindo referências sonoras e visuais no filme, seja a canção Guardians Inferno, composta por Tyler Bates e James Gunn, que trata-se de uma música eletrônica, ao melhor estilo disco music (com seu auge em meados dos anos 1970), que segue a melodia do tema principal e original do filme. Nessa mesma música, temos não apenas o prazeroso resgate das discotecas setentistas, mas principalmente a participação de David Hasselhoff como cantor, e assim, em apenas uma trilha, a direção musical consegue juntar as referências das duas décadas que são trabalhadas durante toda a obra (não por acaso, essa é uma das canções que escutamos durante os créditos).

No geral, é interessante observar essas referências em um filme contemporâneo, principalmente porque as HQs adaptadas tiveram suas primeiras publicações pós-2008, ou seja, a equipe de direção de arte e musical poderia muito bem remeter à essa época mais próxima do principal público-alvo do universo Marvel. Curiosamente, há também um contraponto entre seu estilo e sua forma técnica, já que mesmo remetendo a diversos tipos de referências teoricamente antigas, há um acúmulo de CGI, devido às necessidades do filme, que o impede de ser reconhecido enquanto uma narrativa oldschool, por assim dizer. Entretanto, se podemos tirar uma conclusão do trabalho desses artistas é que Guardians of Galaxy Vol. 2 é uma obra que “atualiza o velho”, que relembra o antigo ao mesmo tempo em que necessita mostrar-se enquanto obra atual, o que dá ainda mais destaque às referências, pois essa distância e aproximação naturalizada entre as diversas épocas é instigante.

Já o seu roteiro também trabalha com outras ideias e referências.

Essencialmente, enquanto os arcos dramáticos particulares de seus diversificados personagens são bem explorados durante a narrativa, temos sua história principal colocando em crise a ideia do mito cosmogônico da criação divina, através de um leitura direcionada pelas mitologias cristã e grega, isso devido ao desenvolvimento do passado familiar de Star-Lord. Seu relacionamento com Ego, seu pai, é tratado através da ideia de um deus único (próprio dos ideais cristãos) com adição de múltiplos semideuses pela galáxia (o que nos leva aos mitos gregos). Observa-se assim, novamente, mais elementos medievalistas dentro de uma narrativa que visa uma ideia de futuro, isso quando relacionada com o nosso hoje, uma interessante mistura entre ideais já vividos em meio à uma imaginação de algo que ainda está por vir (sim, isso nos dá um “nó” na cabeça!).

Além disso, é válido relembrar neste texto do humor muito bem trabalhado durante o roteiro, com piadas que se integram na história principal ao mesmo tempo que servem enquanto quebra da narrativa, diversas vezes, nos tirando de um possível foco excessivo na seriedade das ameaças que os guardiões sofrem durante todo o filme. Certamente é um filme que não se leva tão a sério, e é isso que o torna tão prazeroso no sentido de acompanhar seu desenvolvimento, pois além das piadas servirem enquanto “quebra”, nos permitem identificarmos melhor as curvas dramáticas presentes na história (momentos de alta e baixa dinâmica na linha narrativa, com sentimentos de alegria, tristeza, tensão, suspense e etc).

Automaticamente, as piadas também ajudam o espectador a se aproximar mais dos personagens e/ou do universo intergaláticos – lembrando aqui que a referência mais próxima da Terra é Peter Quill (Star-Lord). Os momentos cômicos fazem com que esses seres fantásticos, e seus respectivos ambientes estelares, percam aquele distanciamento da nossa realidade, isso porque as piadas naturalizam a presença deles durante o filme, principalmente quando tratam de referências terráqueas (o que não é pouco!). E nesse aspecto é interessante o uso do personagem Peter Quill, já que ele serve como uma “ponte”, como uma conexão entre o universo no qual está presente e a realidade nostálgica vivida por diversos espectadores, como mostram as constantes referências setentistas e oitentistas.

Assim, como últimas considerações, Guardians of Galaxy Vol. 2 funciona tranquilamente como um filme solo, ainda que seja o “segundo volume” de uma trilogia ainda em produção e integrante do projeto cinematográfico da Marvel. Na verdade, o fato da obra nos permitir esse certo distanciamento do ambiente terrestre no qual os principais personagens fílmicos estão presentes, no pós-Guerra Civil (Capitão América 3), a enaltece excessivamente. Isso porque permite enxergarmos o seu potencial narrativo, independentemente do mesmo ser simples e quase restrito ao próprio destino de seus personagens. Vejamos se, em um futuro próximo, os guardiões continuarão em uma space-opera repleta de elementos nostálgicos, mantendo o seu bom humor enquanto escutamos o Awesome Mix Vol. 3.

P.s.: Divirtam-se com as cenas DURANTE os créditos!

Ass.: I’m Groot.

Guardiões da Galáxia: do cinema para casa

Colecionáveis da franquia do momento estão à venda nas lojas físicas e no e-commerce da Iron Studios Concept Store

Guardiões da Galáxia Vol. 2 chega aos cinemas com a equipe cósmica do universo Marvel Comics: Senhor das Estrelas, Gamora, Drax, Thanos, Groot, Rocket,Nebula e muito mais. O longa é sequência ao filme de 2014, roteirizado e dirigido por James Gunn, e é aguardado por milhões de fãs.

Para quem quer levar um pouco desse universo para casa, a Iron Studios Concept Store, uma das principais lojas conceito de colecionáveis do país com três unidades espalhadas por São Paulo e Rio de Janeiro, e que recentemente inaugurou o e-commerce www.ironstudios.com.br, apresenta peças que estão à venda com preços especiais. Confira:

Gamora

2170427_120130
(Foto: Divulgação)

No universo Marvel cinematográfico, Gamora é interpretada por Zoe Saldana em Guardiões da Galáxia (2014), onde age a serviço do terrorista Kree, chamadoRonan, que atua em parceria com Thanos. No filme, aparentemente Thanos foi o responsável pela morte de sua família.

Com cerca de 30 cm, a peça da Gamora da Hot Toys tem Scale 1/6. São 28 pontos de articulação, seis mãos extras, espadas longas e curtas, e base personalizada.R$899,90.

O colecionável Gamora da Iron Studios tem edição limitada e foi produzido em Art Scale 1/10 com base em referências 3D originais do filme, em polystone e com pintura manual. A peça tem 19,5 cm e acompanha base. R$ 299,99.

Rocket

4170427_120130
(Foto: Divulgação)

No universo Marvel dos cinemas, Rocket fez estreia no Guardiões da Galáxia, em 2014, dublado por Bradley Cooper. Sua parceria com Groot rende alguns dos momentos mais divertidos no longa.

O Rocket da Hot Toys tem Scale 1/6 e 17 pontos de articulações, com três pares de mãos intercambiáveis e um rifle. O colecionável tem aproximadamente 16 cm de altura, expressão facial precisa e textura de pele detalhada. R$999,90.

Em edição limitada, a peça da Iron Studios tem Art Scale 1/10 e foi produzida com base em referências 3D originais do filme em polystone e com pintura manual. Tem cerca de 13,5 cm e acompanha base. R$269,99.

Para comemorar a estreia do segundo filme, as duas unidades da Concept Store de São Paulo estão com promoção para as peças da fabricante Iron Studios. Na compra da Gamora Iron Studios Art Scale 1/10 e Rocket Iron Studios Art Scale 1/10, o combo sai por R$ 449,99. Aproveite!

 

DISNEY PARTICIPA DA CCXP TOUR NORDESTE E TRANSMITE AO VIVO O PAINEL DE STAR WARS: OS ÚLTIMOS JEDI, DIRETO DA STAR WARS CELEBRATION EM ORLANDO

Áreas dedicadas aos próximos lançamentos e loja com diversos produtos licenciados são os destaques da empresa para o evento

CCXP Tour Nordeste ocorre entre os dias 13 e 16 de abril no Recife (PE) e será invadida pela magia e emoção dos universos de Marvel, Star Wars e Disney. O grande destaque será a transmissão em tempo real do painel STAR WARS: OS ÚLTIMOS JEDI, que acontece no dia 14 de abril por volta das 12h00 (horário de Brasília-DF), diretamente do Star Wars Celebration, em Orlando nos EUA. Os fãs brasileiros poderão acompanhar as novidades deste aguardado lançamento da saga Star Wars, que estreia no Brasil em 14 de dezembro. E também poderão visitar a loja decorada com elementos do filme, onde irão encontrar diversos produtos licenciados dos seus personagens favoritos.

No dia 16, às 16h00, também ocorre o painel da MARVEL STUDIOS, onde serão exibidas cenas inéditas de Guardiões da Galáxia Vol. 2, que chega às telonas em 27 de abril, e próximos lançamentos do estúdio. Após a exibição, Érico Borgo e a equipe do Omelete farão um bate-papo sobre os lançamentos.

Durante todos os dias do evento, os visitantes poderão curtir e tirar fotos nas áreas dedicadas às grandes estreias da Marvel para esse ano:GUARDIÕES DA GALÁXIA VOL.2 e THOR: RAGNAROK. PIRATAS DO CARIBE: A VINGANÇA DE SALAZAR terá uma área especial para os fãs que aguardam ansiosos a chegada do novo filme do anti-herói icônico e fanfarrão, Jack Sparrow.

Hasbro traz novidades de Guardiões da Galáxia

Fãs terão novos brinquedos baseados no longa que estreia em abril

 Os heróis da Marvel têm se tornado cada vez mais populares entre os brasileiros e, em abril, acontece a estreia de um dos filmes mais aguardados pelos fãs desse universo: Guardiões da Galáxia Vol. 2.

Figura Guardiões da Galáxia Legends 6” Sortido
Hasbro lança brinquedos baseado em “Guardiões da Galáxia Vol.2”. (Foto: Divulgação)

Dando sequência a uma série de aventuras da equipe mais famosa da galáxia, o filme trata do desafio de manter unida a “família” destes heróis galácticos e desvendar os mistérios da ascendência de Peter Quill – Senhor das Estrelas. O longa promete muitas surpresas, entre elas, a união de amigos a inimigos e a aparição de aliados inesperados de outros clássicos dos quadrinhos.

Para marcar esta novidade, a Hasbro traz o lançamento de brinquedos inspirados nos personagens.  Além das versões de Groot e dos outros Guardiões, a linha também conta com produtos que transformarão as crianças nos próprios heróis, como a máscara e o lançador do incrível Star Lord.

Credenciais da CCXP Tour Nordeste são reveladas

Em parceria com a Rede Telecine, a CCXP apresenta as artes das credenciais da primeira edição Tour do evento, que acontece entre 13 e 16 de abril no Centro de Convenções de Pernambuco

A CCXP – Comic Con Experience (www.ccxp.com.br), maior evento de cultura pop da América Latina e um dos maiores do mundo, em parceria com a Rede Telecine, uma das principais redes exibidoras de filmes na TV paga do país, revela as artes oficiais das credenciais colecionáveis da primeira edição da CCXP Tour Nordeste, que acontece de 13 a 16 de abril no Centro de Convenções de Pernambuco.

Com personagens icônicos do universo de cultura pop, as artes fazem referência a grandes sucessos da Marvel Studios: Capitão América: Guerra Civil, Vingadores: Era de Ultron, Homem-Formiga, Doutor Estranho e o aguardado Guardiões da Galáxia – Vol. 2.

CRED-TOUR_0_menor170306_125657.jpg
CCXP Tour divulga credenciais. (Foto: Divulgação)

São sete opções equivalentes aos ingressos do evento: quinta-feira (time Homem de Ferro), sexta-feira (Hulk), sábado (Thor), domingo (time Capitão América), 4 dias (Homem-Formiga), Epic Experience (Doutor Estranho) e Full Experience (Guardiões da Galáxia), que estão à venda pelo site a partir de R$ 79,99 (meia-entrada) e podem ser parcelados em até seis vezes sem juros no cartão de crédito ou à vista por boleto.

A CCXP – Comic Con Experience (www.ccxp.com.br) é o maior evento de cultura pop da América Latina e um dos maiores do mundo. A CCXP Tour Nordeste acontece de 13 a 16 de abril no Centro de Convenções de Pernambuco e espera receber de 60 a 80 mil visitantes. Para saber mais, acesse:

www.ccxptour.com.br

www.facebook.com/CCXPTour/

twitter.com/CCXPTour

www.instagram.com/ccxptour/