Arquivo da tag: GVA

4 presentes exclusivos para trazer de viagens ao redor do mundo

Trazer lembranças de viagem é uma prática comum entre viajantes. Alguns souvenirs só podem ser encontrados em países específicos. Veja abaixo uma lista de quatro presentes para comprar em viagens para Mônaco, Ilhas Seychelles, Jordânia e Noruega.

L’Orangerie (Mônaco)

(Foto: L’Orangerie)

O L’Orangerie é um licor premium de laranja, produzido em pequenas quantidades no Principado de Mônaco. Ele é feito com frutas que crescem nas ruas do país, sem conservantes e fabricado à mão. Refrescante e não muito doce, a bebida pode ser servida como aperitivo, digestivo ou ser usada para preparar drinques. É um ótimo souvenir para quem quer dar um presente mais sofisticado e exclusivo, que tem a cara do Principado de Mônaco.

Coco de Mer (Seychelles)

(Foto: Divulgação)

Seychelles é um país que valoriza e protege a natureza e sua biodiversidade. Ali há várias espécies raras e endêmicas, uma delas é o coco de mer, um dos símbolos do país. O coco de mer só cresce nesta região do mundo e tem um formato bem diferente, que diverte os turistas que nunca o viram antes. Por ser muito preservado, não é permitido retirá-lo das palmeiras onde crescem. Aqueles que caem das árvores são recolhidos e cada um recebe um selo do governo. Para comprá-lo, ainda é necessário que tenha um certificado de exportação. Ele é usado como item de decoração e, por ser um item extremamente raro e protegido, pode custar algumas centenas de euros.

Sais e lama do Mar Morto (Jordânia)

(Foto: Divulgação)

Uma visita ao Mar Morto, na Jordânia, é uma ótima oportunidade para adquirir alguns produtos únicos da região, como os sais de banho e a famosa lama negra. Os cristais de banho, feitos de sais naturais, são altamente concentrados com 26 minerais essenciais do Mar Morto, como magnésio, cálcio, sódio, potássio, zinco e outros minerais. Estes sais suavizam, nutrem, limpam e refrescam a pele, além de serem eficazes no alívio da dor muscular e da tensão produzida pelo estresse. Já a lama mineral preta do Mar Morto limpa e purifica a pele, permitindo que ela absorva melhor a hidratação. Além disso, a alta concentração de elementos essenciais da lama melhora a circulação, ajuda o sistema imunológico e reduz a tensão muscular. São ótimos souvernirs para levar para casa.

Aquavit (Noruega)

(Foto: Divulgação)

Quem viaja para a Escandinávia não pode deixar de experimentar o famoso aquavit, destilado aromático de batata, que é o equivalente da nossa cachaça para os nórdicos. Na Noruega, é possível ter toda uma experiência com a bebida no Aquavit Trail, passeio oferecido pela fábrica Linie, na cidade de Hamar, ou fazer uma visita à destilaria Aurora Spirit, em Tromsø, acompanhada de degustação de bebidas premiadas em campeonatos mundiais. Ao fim dessas experiências, nada melhor do que escolher uma garrafa do seu aquavit preferido para levar para casa e ter um gostinho especial da Noruega em qualquer lugar.

4 das paisagens mais incríveis do mundo

O Planeta Terra está repleto de paisagens de tirar o fôlego. Veja abaixo uma seleção de algumas vistas incríveis ao redor do mundo:

Trolltunga na Noruega

(Foto: Divulgação)

A Noruega é rodeada por uma natureza incrível, isso é inegável. Na região dos fiordes, os visitantes podem entrar em contato direto com essa energia que vibra pelo país. O caminho por algumas das trilhas pode ser longo, mas as vistas deslumbrantes fazem valer a pena. O ponto conhecido como Trolltunga é um exemplo. O local leva este nome por causa da cumprida formação rochosa (Trolltunga quer dizer “língua do troll”), que permite que os mais aventureiros se sintam imersos na paisagem. Para chegar até lá é preciso encarar uma trilha de 22km no total. O ideal é sair cedinho pela manhã e prestar atenção no clima.Mais informações

Anse Source d´Argent em Seychelles

(Foto: Shutterstock)

As praias das Ilhas Seychelles, no Oceano Índico, estão entre as mais bonitas do mundo. Anse Source d´Argent, na ilha de La Digue, é uma das mais famosas do país, por ser dona de uma paisagem inconfundível. As águas cristalinas e areia branca são rodeadas por enormes pedras graníticas e o verde vibrante das florestas. O passeio até a praia é obrigatório em qualquer roteiro de viagem para as Ilhas Seychelles. Para chegar lá, é preciso pagar uma pequena taxa de entrada para o L´Union State, um patrimônio nacional onde há plantações de baunilha e muitas tartarugas gigantes. Mais informações

Wadi Rum na Jordânia

(Foto: Jordan Tourism Board)

Também conhecido como Vale da Lua, o Wadi Rum é um deserto na Jordânia com formações rochosas impressionantes, que foram esculpidas pelo vento e condições meteorológicas. As rochas chegam a uma altura de 1750 metros e são um convite para os montanhistas explorarem o local. É possível também fazer tours guiados de 4X4 ou de camelo, para conhecer os principais pontos do Wadi Rum, passeios de balão e também se hospedar em uma tenda beduína e experimentar comidas típicas da Jordânia. Mais informações

Rochedo de Mônaco

(Foto: Shutterstock)

Mônaco é um país bem cosmopolita, mas nem por isso deixa a desejar em suas paisagens. Um dos bairros do país é seu imponente rochedo, onde estão localizadas algumas das principais atrações turísticas, como o Palácio do Príncipe, a catedral e o Museu Oceanográfico. A vista para o rochedo impressiona e rende belas fotos. Passear pelas vielas simpáticas do bairro também é um ótimo passeio. Mais informações

Para saber mais sobre os destinos, acesse o Bureau Mundo, escritório virtual da GVA: www.bureaumundo.com




Destinos para viajar no feriadão

Em novembro deste ano, muitos brasileiros vão poder aproveitar a dobradinha de feriado para viajar. Será quase uma semana de descanso para quem emendar os feriados da Proclamação da República e do Dia da Consciência Negra, de 15 a 20 de novembro. É uma ótima oportunidade para sair da rotina e conhecer um lugar novo, no Brasil ou mesmo algum destino internacional. Abaixo, veja algumas sugestões de lugares diferentes para visitar nos dias de folga:

Mônaco

Monaco-baixa
(Foto: Divulgação)

Pequeno e cheio de atrações, Mônaco é perfeito para um feriado. Um passeio pelas ruas charmosas, que uma vez por ano são palco da corrida de Fórmula 1, te leva a descobrir museus interessantes, como o imperdível Museu Oceanográfico; locais que marcaram a história do país e dos príncipes e princesas que ali viveram, como o palácio, a catedral e o jardim de rosas construído em homenagem à Grace Kelly; restaurantes deliciosos que servem pratos frescos e orgânicos e cafés para observar as pessoas elegantes que passam pela rua; vistas de tirar o fôlego do Mar Mediterrâneo; vários jardins e as muitas esculturas espalhadas pelo território monegasco.

O Dia Nacional de Mônaco, inclusive, é dia 19 de novembro. Aproveite para ver o país em festa, com as apresentações, desfiles e cerimônias que celebram data. O Monte-Carlo Jazz Festival também acontecerá no período e é uma excelente opção para quem gosta de música boa em um ambiente histórico, com shows de jazz na famosa Ópera de Monte-Carlo.

Seychelles

Seychelles-baixa
(Foto: Divulgação)

No Oceano Índico, Seychelles é um destino que vale a pena mesmo quando o tempo é curto. Se o feriado é bom para dar uma pausa na rotina, o arquipélago vai superar e muito as expectativas. Ele é um refúgio para quem vive em cidade grande. Ali quem manda é a natureza e a regra é aproveitar tudo o que ela tem de melhor. No feriado é possível conhecer duas ou três ilhas, fazendo passeios de barco, parando em praias paradisíacas e conhecendo a fauna e a flora seychellois, como as simpáticas tartarugas gigantes. Um passeio de mergulho ou snorkeling é imperdível, para conhecer a rica vida marinha do país. Para os mais aventureiros, há várias trilhas que proporcionam vistas incríveis das ilhas e do mar azul cristalino, e para quem só quer relaxar, há centenas das praias mais bonitas do mundo à disposição.

Apesar de sair da rotina, os brasileiros vão se sentir em casa, já que as pessoas locais são hospitaleiras e têm um carinho especial pelo Brasil.

Noruega

ac14-2500079-768x384
(Foto: Divulgação)

A Noruega possui uma diversidade de destinos, todos combinados em um só. Isso porque, em sua grande extensão territorial, o país possui diferentes cenários, climas e atrações. No outono, a dica é aproveitar a belíssima região dos fiordes e também o início da temporada da aurora boreal no norte do país. Os fiordes tornaram a Noruega mundialmente conhecida, já que o país tem a maior concentração dessas formações no mundo. O Fiorde de Geiranger e o Fiorde de Nærøy estão na lista de Patrimônios da Humanidade da UNESCO. Já a aurora boreal é um dos fenômenos mais belos da natureza, uma experiência inesquecível de viagem. A capital da aurora boreal na Noruega é Tromsø. A cidade está a 350 quilômetros ao norte do Círculo Polar Ártico e é a maior da região norte do país. Por lá, as chances de presenciar o fenômeno da aurora boreal são altas e o grande diferencial é que os visitantes podem ter essa experiência com toda estrutura e conforto.