Arquivo da tag: HBO MAX

HBO MAX EXIBE COM EXCLUSIVIDADE A ESTREIA DO SHOW ESPECIAL ‘PIANO Y MUJER II’, DIA 29 DE NOVEMBRO

O álbum homônimo da Sony Music US Latin será lançado dia 25 de novembro

Após o sucesso de PIANO Y MUJER, show especial e álbum da Sony Music Latin, o renomado pianista Arthur Hanlon está de volta junto com algumas das principais vozes femininas da música latina em PIANO Y MUJER II. O show e o álbum reúnem Arthur no piano e convidadas como a lenda do reggaeton Ivy Queen; a potente dupla mexicana Ha*Ash; a cantora colombiana Catalina García, do grupo Monsieur Periné; a cantora e compositora Debi Nova, da Costa Rica; e a poderosa artista mexicana Lupita Infante. Essas artistas participam com Arthur de uma série de interpretações acústicas das suas canções mais famosas, além de outros sucessos latinos clássicos. PIANO Y MUJER II, o álbum, será lançado dia 25 de novembro pela Sony Music Latin e o show especial, produzido pela Loud and Live e pela Sony, estreia com exclusividade na HBO Max na terça-feira, 29 de novembro.

Em um cenário com um exuberante e colorido jardim, com produção musical e arranjos de Arthur, junto com Eddie Perez, PIANO Y MUJER II apresenta belas interpretações de clássicos como “Ya Te Olvidé”, de Rocío Jurado, com o ícone do reggaeton Ivy Queen, cantando pop como nunca. A música latina se encontra com o swing em uma versão hipster retro de “Bésame Mucho”, com Catalina García, a fantástica cantora do grupo colombiano Monsieur Periné. A poderosa dupla mexicana Ha*Ash tocará seu sucesso “Aprendí de Ti” e uma inesperada versão de “Bridge Over Troubled Water”, com toques de gospel. A cantora e compositora Debi Nova imprime seu estilo pessoal em ”Quizás, Quizás, Quizás”, e a estrela Lupita Infante apresenta sua poderosa interpretação de “Without You/Sin Ti”, a primeira gravação oficial da versão bilíngue do hit de Harry Nilsson.

“Um piano e uma voz feminina são a combinação ideal. Quando gravamos o primeiro PIANO Y MUJER, queríamos apresentar uma música bonita e significativa, especialmente em plena pandemia”, diz Arthur. “O fato de o projeto ter tido tanta repercussão a ponto de a HBO e a Sony decidirem fazer uma segunda parte é uma comprovação da beleza da música, e do poder da conexão cultural. Todos os participantes são muito diferentes, representamos países e culturas diferentes, mas fazemos uma música maravilhosa juntos.”

PIANO Y MUJER II tem direção da renomada diretora venezuelana Maricel “ChaCha” Zambrano, que nos mostra o exuberante trabalho realizado em Miami. O primeiro PIANO Y MUJER, lançado em 2021, atualmente está disponível na plataforma de streaming HBO Max. 

Warner Channel exibe primeira temporada completa do reboot de “Gossip Girl”

A produção original HBO Max estreia no canal dia 3 de novembro, às 22h30, e terá transmissão de episódio duplo, todas as quintas

“Ei, Upper East Siders, temos uma grande notícia!” A Warner Channel começa a exibir a primeira temporada do reboot de “Gossip Girl”. A produção original de HBO Max teve sua estreia na plataforma de streaming em julho de 2021 e agora chega com tudo na TV com episódio duplo, todas as quintas.

Oito anos após a estreia da primeira versão de “Gossip Girl”, a primeira temporada do reboot leva os fãs de volta ao aclamado bairro da cidade de Nova York, Upper East Side, e apresenta os personagens que farão parte da nova geração de estudantes do colégio Constance Billard. Claro que eles também serão vítimas da famosa Gossip Girl, que, diferentemente do que acontece na série original, se apresenta logo no início.

No primeiro episódio que será exibido pela Warner Channel, acompanhamos a volta às aulas para a elite de Nova York, e uma nova aluna da Constance St Jude’s é colocada no centro das atenções, enquanto uma presença misteriosa ameaça abalar o status quo.

E como a Gossip Girl ama dar uma “breaking news” para os seus fãs, a HBO Max já anunciou que a segunda temporada do reboot chega à plataforma no dia 1 de dezembro. Para essa nova temporada podemos esperar a reunião dos mesmos personagens e a presença ilustre de Georgina Sparks, que compôs o elenco original da série, e que promete fazer um retorno triunfal.

HBO MAX DIVULGA TEASER OFICIAL DA QUARTA TEMPORADA DE ‘SUCCESSION’

Criado por Jesse Armstrong, este drama original da HBO, ganhador do EMMY, estreia sua quarta temporada de 10 episódios no primeiro semestre de 2023

SUCCESSION explora temas de poder e dinâmicas familiares através dos olhos do patriarca Logan Roy (Brian Cox) e seus quatro filhos mais velhos, Kendall (Jeremy Strong), Siobhan (Sarah Snook), Roman (Kieran Culkin) e Connor (Alan Ruck). As três primeiras temporadas da série estão disponíveis na HBO Max.

Na quarta temporada, a venda do conglomerado de mídia Waystar Royco para o visionário de tecnologia Lukas Matsson (Alexander Skarsgård) se aproxima cada vez mais. A perspectiva dessa venda provoca angústia existencial e divisão familiar entre os Roys, pois eles antecipam como serão suas vidas quando o negócio estiver concluído. Segue-se uma luta pelo poder enquanto a família vislumbra um futuro no qual sua influência cultural e política é bastante reduzida.

O elenco da quarta temporada inclui Brian Cox, Jeremy Strong, Sarah Snook, Kieran Culkin, Alan Ruck, Matthew Macfadyen, Nicholas Braun, J. Smith-Cameron, Peter Friedman, David Rasche, Fisher Stevens, Hiam Abbass, Justine Lupe, Dagmara Domińczyk, Arian Moayed, Scott Nicholson, Zoë Winters, Annabelle Dexter-Jones, Juliana Canfield e Jeannie Berlin. O elenco adicional traz Alexander Skarsgård, Cherry Jones, Hope Davis, Justin Kirk e Stephen Root.

Criada por Jesse Armstrong, a série tem produção executiva de Jesse Armstrong, Adam McKay, Frank Rich, Kevin Messick, Jane Tranter, Mark Mylod, Tony Roche, Scott Ferguson, Jon Brown, Lucy Prebble, Will Tracy e Will Ferrell. Jesse Armstrong também é o showrunner.

As três primeiras temporadas de SUCCESSION foram indicadas a 48 prêmios EMMY, entre os quais conquistou 13 vitórias, incluindo Melhor Série de Drama pela segunda e terceira temporadas. A temporada três, que estreou em outubro de 2021, ganhou o prêmio SAG como melhor elenco de uma série de drama e arrasou nos prêmios WGA, DGA e PGA.

HBO MAX LANÇA O TEASER OFICIAL DE “THE LAST OF US”

THE LAST OF US, a série dramática original da HBO baseada no aclamado videogame de mesmo nome, desenvolvido pela Naughty Dog exclusivamente para plataformas PlayStation®, estreará em 2023 na HBO Max e no canal HBO.

A série contará a história do que acontece vinte anos após a civilização moderna ser destruída. Joel (Pedro Pascal), um sobrevivente experiente, é contratado para contrabandear Ellie (Bella Ramsey), uma menina de 14 anos, para fora de uma zona de quarentena opressiva. O que começa como um pequeno trabalho logo se transforma em uma viagem brutal e dolorosa, pois os dois devem atravessar os EUA e dependem um do outro para sobreviver.
 

Esta super produção original da HBO é estrelada por Pedro Pascal, como Joel. Na história, Bella Ramsey interpretará Ellie, Gabriel Luna será Tommy, enquanto Anna Torv será Tess. Também são protagonistas Nico Parker como Sarah, Murray Bartlett como Frank e Nick Offerman como Bill.

Storm Reid será Riley, Merle Dandridge fará de Marlene. Jeffrey Pierce estrelará como Perry, Lamar Johnson como Henry e Keivonn Woodard como Sam. Além disso, a produção também contará com as participações de Graham Greene como Marlon, Elaine Miles como Florence, Ashley Johnson e Troy Baker.

THE LAST OF US foi escrita por Craig Mazin e Neil Druckmann, que também assinam a produção executiva. A série é uma coprodução com a Sony Pictures Television e tem produção executiva de Carolyn Strauss, Evan Wells, Asad Qizilbash, Carter Swan e Rose Lam. PlayStation Productions, Word Games, The Mighty Mint e Naughty Dog também estão produzindo.

THE LAST OF US em breve na HBO MAX e HBO – prepare-se para esta grande aventura em 2023!

HBO MAX APRESENTA OS ATORES QUE DARÃO VOZ AOS PRINCIPAIS PERSONAGENS DE ‘BATMAN AZTECA: CHOQUE DE IMPÉRIOS’ E AS PRIMEIRAS IMAGENS DE SEUS PERSONAGENS

Horacio García Rojas, Omar Chaparro e Álvaro Morte emprestarão suas vozes à animação do selo Particular Crowd que levará os fãs a um mergulho no mundo da cultura mesoamericana

A HBO Max revela Horacio García Rojas, Omar Chaparro e Álvaro Morte como as vozes principais de BATMAN AZTECA: CHOQUE DE IMPÉRIOS, em comemoração ao 83º aniversário de Batman, o icônico personagem da DC Comics.

BATMAN AZTECA: CHOQUE DE IMPÉRIOS mostrará a região onde os astecas viveram e colocará o icônico super-herói da DC em uma era cativante com a emocionante história e cultura mesoamericana.

Horacio García Rojas, ator e produtor mexicano, conhecido por sua participação em Narcos: México vai dar vida ao morcego da noite: Batman e, claro, Bruce Wayne, que nesta história será conhecido como Yohualli Coatl.

Nascido no privilégio real e sacerdócio asteca, o jovem Yohualli Coatl experimentou poucas dificuldades em sua vida, além da recente morte de sua mãe. Mas, quando seu pai, o chefe Toltecatzin, é assassinado a sangue frio pelo conquistador espanhol Hernán Cortés, a vida do jovem Yohu desintegra-se ao seu redor.

Yohualli parece ser um garoto indefeso. No entanto, seu alter-ego, BATMAN, não é. Tropeçando em um templo esquecido de Titicatzin (o deus morcego dos astecas), Yohu é inspirado a criar um herói mascarado para proteger seu povo, vingar seu pai e impedir que Cortés destrua Tenochtitlan.

“Saber que meninos e meninas de pele castanha como eu podem se ver em um herói que compartilha suas mesmas características, que carrega em sua pele a história de um passado que ainda está vivo, um herói que luta por conta própria, me enche de emoção. Quando eu era criança eu teria adorado me sentir representado; isso não aconteceu, mas hoje as coisas estão mudando e meu coração nerd é grato por isso. A criança que ainda vive em mim sorri ao pensar ‘Eu sou o Batman'”, disse Horacio García Rojas.

Por sua vez, Omar Chaparro, ator e comediante mexicano (No Manches Frida e Compadres), será identificado pelo público como Coringa, que nesta versão será chamado de Yoka.
 

Ele é um padre rigoroso e conservador que acredita nas antigas profecias do retorno dos deuses. Quando Yoka pede conselhos ao deus Huitzilopochtli, a divindade lhe responde! Mas será uma visão? Ou o delírio de um louco? Dar a Huitzilopochtli os sacrifícios humanos que ele exige põe um fim à sanidade do sacerdote. E em sua loucura, Yoka decide que é tudo uma piada, e ele… o Coringa!
 

“Estou muito feliz em fazer parte deste filme e contar esta história original que está impregnada na rica história do México”. Eu sempre amei o Coringa e não queria deixar passar a oportunidade de interpretar um vilão tão icônico. É uma honra fazer parte deste filme com um diretor e roteirista tão criativo e ousado. Estamos criando algo arriscado e belo ao mesmo tempo”, disse Omar Chaparro.

Enquanto isso, o renomado ator espanhol Álvaro Morte interpretará o temível conquistador Hernán Cortés (que faz referência ao Duas Caras) nesta história, que será lançada na HBO Max.

Atraído para o novo mundo por seus sonhos de ouro e conquista, Cortés é tão astuto quanto sedento de sangue. O espanhol louco assassina o pai de Yohu e, usando uma antiga profecia asteca, engana o imperador asteca Montezuma e o leva a acreditar que sua presença é a vontade dos deuses. Ferido em batalha, Cortés perde metade de seu rosto, e seu exterior agora combina com a monstruosidade de sua alma. Parece que ele está destinado a se tornar o tirano louco que governa o império de Montezuma, mas só há uma coisa no seu caminho…. Batman, o asteca!

Sinopse:
 

No tempo do Império Asteca, o jovem Yohualli Coatl experimenta uma tragédia quando seu pai e líder da aldeia (Toltecatzin) é morto por conquistadores espanhóis. Yohualli escapa para Tenochtitlan para avisar o rei Montezuma e seu sumo sacerdote, Yoka, sobre o perigo iminente. Usando o templo de Tzinacan (o deus morcego) como esconderijo, Yohualli treina com seu mentor e assistente, Acatzin, desenvolvendo equipamentos e armamento para enfrentar a invasão espanhola, protegendo assim o templo de Montezuma e vingando a morte de seu pai.
 

BATMAN AZTECA: CHOQUE DE IMPÉRIOS é um filme Particular Crowd baseado em personagens da DC Comics, produzido inteiramente no México pela Warner Bros. Animation, Ánima e Chatrone. A equipe de criação é liderada pelo diretor Juan Meza-León (Harley Quinn) e a equipe de produção inclui José C. García de Letona, Aaron D. Berger, Carina Schulze e Fernando De Fuentes. Sam Register e Tomás Yankelevich atuam como produtores executivos.

‘ELVIS’ CHEGA À HBO MAX EM 2 DE SETEMBRO

Realizado pelo cineasta Baz Luhrmann, o filme retrata a vida de um dos pioneiros do Rock & Roll e traz o vencedor do Oscar® Tom Hanks e Austin Butler como protagonistas

(Foto: divulgação)

HBO Max continua a surpreender com a sua impressionante franquia DO CINEMA PARA SUA CASA, uma verdadeira novidade que lança os filmes mais grandiosos da Warner Bros. e de outros grandes estúdios pouco tempo após o seu lançamento nos cinemas. Neste caso, ELVIS, o novo filme biográfico do realizador Baz Luhrmann, estrelado por Austin Butler e pelo vencedor do Oscar® Tom Hanks, estará disponível na HBO MAX a partir de 2 de setembro.

Este filme traça a vida do Rei do Rock & Roll, Elvis Presley (Butler), desde as suas origens até ao estrelato. Um filme dinâmico, cheio de cor, rock e muita dança.

A produção convida o espectador a conhecer a ascensão exponencial da sua carreira, mas também vai além, com um olhar mais profundo sobre as complexas relações de Elvis com a sua família, o seu agente, o coronel Tom Parker (Hanks), seus fãs e ele próprio.

ELVIS mergulha na complexa dinâmica entre Presley e Parker que se estende por mais de 20 anos, desde a ascensão de Elvis à fama até seu estrelato sem precedentes, no contexto cultural dos Estados Unidos. No centro dessa viagem está uma das pessoas mais significativas e influentes na vida do músico, Priscilla Presley (Olivia DeJonge), com quem tem a sua única filha, Lisa Marie Presley.

O filme não é apenas biográfico, mas também um musical. O repertório das canções de Elvis Presley inclui êxitos como “Burning Love”, “Can’t Help Falling in Love”, “Hound Dog” e “Unchained Melody”. Embora muitas das canções apresentem a voz original do Rei, outras foram adaptadas e modernizadas por artistas do momento como Måneskin, Doja Cat, Eminem, Tame Impala, entre outros.

O elenco também inclui a atriz de teatro Helen Thomson (“Top of the Lake: China Girl”, “Rake”), que interpreta a mãe de Elvis, Gladys; Richard Roxburgh (“Moulin Rouge!”, “Breath”, “Hacksaw Ridge”) como o pai de Elvis, Vernon; e Olivia DeJonge (“The Visit”, “Stray Dolls”) como Priscilla Presley. Luke Bracey (“Hacksaw Ridge”, “Point Break”) como Jerry Schilling, Natasha Bassett (“Hail, Caesar!”) como Dixie Locke, David Wenham (trilogia “The Lord of the Rings”, “Lion”, “300”) como Hank Snow, e Kelvin Harrison Jr. (“The Trial of the Chicago 7”, “The High Note”) que interpreta BB King. Xavier Samuel (“Adore”, “Amor & Amizade”, “A Saga Crepúsculo: Eclipse”) interpreta Scotty Moore, e Kodi Smit-McPhee (“O Poder do Cão”) é Jimmie Rodgers Snow.

Também no elenco está Dacre Montgomery (“Stranger Things”, “The Broken Heart Gallery”) que interpreta o realizador de televisão Steve Binder, juntamente com os atores australianos Leon Ford (“Gallipoli”, “The Pacific”) como Tom Diskin, Kate Mulvany (“The Great Gatsby”, “Hunters”) como Marion Keisker, Gareth Davies (“Peter Rabbit”, “Hunters”) como Bones Howe, Charles Grounds (“Crazy Rich Asians”, “Camp”) como Billy Smith, Josh McConville (“Fantasy Island”) como Sam Phillips, e Adam Dunn (“Home and Away”) como Bill Black.

Interpretando outros artistas musicais icônicos apresentados no filme estão a cantora/compositora Luhrmann Yola como irmã Rosetta Tharpe, o modelo Alton Mason como Little Richard, Gary Clark Jr. como Arthur Crudup, e a cantora Shonka Dukureh como a recentemente falecida Willie Mae “Big Mama” Thorton.

O indicado ao Oscar (“O Grande Gatsby”, “Moulin Rouge!”) Luhrmann dirige a produção, a partir do roteiro escrito por ele ao lado de Sam Bromell, Craig Pearce e Jeremy Doner, e da história que co-escreveu com Jeremy Doner. O filme é produzido pelo próprio Luhrmann, Catherine Martin (“The Great Gatsby”, “Moulin Rouge!”), Gail Berman, Patrick McCormick e Schuyler Weiss, vencedores do Oscar. Courtenay Valenti e Kevin McCormick são produtores executivos.

A equipa criativa dos bastidores inclui a diretora de fotografia Mandy Walker (“Mulan”, “Austrália”), a designer de produção e figurinista vencedora do Oscar Catherine Martin (“The Great Gatsby”, “Moulin Rouge! “), a designer de produção Karen Murphy (“A Star Is Born”), os montadores Matt Villa (“The Great Gatsby”, “Austrália”) e Jonathan Redmond (“The Great Gatsby”), o supervisor de efeitos visuais Thomas Wood (“Mad Max: Fury Road”), o supervisor de música Anton Monsted (“Austrália”, “Moulin Rouge!”) e o compositor Elliott Wheeler (“The Get Down”).

Apresentado pela Warner Bros. Pictures e produzido pela Bazmark, Jackal Group, um filme de Baz Luhrmann, ELVIS chega à HBO Max no dia 2 de Setembro.

Encontre as melhores estreias de filmes: DO CINEMA PARA SUA CASA, apenas na HBO Max.

HBO MAX ANUNCIA O INÍCIO DA PRODUÇÃO DA QUARTA TEMPORADA DA ACLAMADA SÉRIE DRAMÁTICA ´SUCCESSION

(Foto: divulgação)

A HBO Max anuncia o início da produção da quarta temporada da série dramática da HBO vencedora do Emmy® SUCCESSION, ambientada na cidade de Nova York. Criada por Jesse Armstrong, a série explora temas como poder e dinâmica familiar através dos olhos do patriarca Logan Roy (Brian Cox) e seus quatro filhos adultos, Kendall (Jeremy Strong), Siobhan (Sarah Snook), Roman (Kieran Culkin) e Connor (Alan Ruck). As três primeiras temporadas estão disponíveis na HBO Max.

Na quarta temporada de dez episódios, a venda do conglomerado de mídia Waystar Royco ao visionário tecnológico Lukas Matsson se aproxima cada vez mais. A perspectiva desta venda sísmica causa angústia existencial e divisão familiar entre os Roys, pois eles antecipam como serão suas vidas quando o negócio for concluído. Uma luta pelo poder se instala à medida que a família pondera um futuro no qual sua influência cultural e política é severamente reduzida.

As duas primeiras temporadas da série obtiveram 23 indicações ao Emmy® e nove vitórias, incluindo Melhor Série de Drama, para a segunda temporada. A terceira temporada, que estreou em outubro, liderou o SAG Award para Melhor Elenco em Série de Drama.

O elenco da quarta temporada inclui: Brian Cox, Jeremy Strong, Sarah Snook, Kieran Culkin, Alan Ruck, Matthew Macfadyen, Nicholas Braun, J. Smith-Cameron, Peter Friedman, David Rasche, Fisher Stevens, Hiam Abbass, Justine Lupe, Scott Nicholson, Zoë Winters e Jeannie Berlin. Elenco adicional a ser anunciado.

Criado por Jesse Armstrong; executivo produzido por Jesse Armstrong, Adam McKay, Frank Rich, Kevin Messick, Jane Tranter, Mark Mylod, Tony Roche, Scott Ferguson, Jon Brown, Lucy Prebble, Will Tracy e Will Ferrell. Jesse Armstrong é o showrunner.

HBO MAX RENOVA SÉRIE DRAMÁTICA ‘TOKYO VICE´ PARA UMA SEGUNDA TEMPORADA

(Foto: divulgação)

HBO Max renovou a série Max Original de drama TOKYO VICE para uma segunda temporada. Produzida pela Endeavor Content e WOWOW, a principal emissora premium de TV paga do Japão, a primeira temporada, que estreou em abril, já está disponível na plataforma de streaming.

Vagamente inspirada no relato em primeira pessoa do jornalista americano Jake Adelstein sobre o ritmo da Polícia Metropolitana de Tóquio, a série de drama criminal, filmada em locações em Tóquio, captura a descida diária de Adelstein (interpretado por Ansel Elgort) ao submundo néon de Tóquio no final dos anos 90, onde nada nem ninguém é verdadeiramente o que ou quem parece ser.

O elenco de TOKYO VICE conta com o indicado ao Golden Globe® Ansel Elgort, os indicados ao Oscar® Ken Watanabe e Rinko Kikuchi, além de Rachel Keller, Ella Rumpf, Hideaki Ito, Show Kasamatsu e Tomohisa Yamashita.

Para HBO Max, “não poderíamos estar mais animados em trazer aos fãs apaixonados da série mais uma temporada para dar continuidade a essa intrigante história criminal cheia de suspense e ambientada em uma das cidades mais vibrantes e bonitas do mundo”.

“Escrever e produzir a primeira temporada de TOKYO VICE com esse grupo incrível de artistas foi uma experiência incomparável. Eu estou radiante em poder continuar e mal posso esperar para voltar a trabalhar em Tóquio com o nosso elenco e equipe brilhantes. Fique ligado: teremos reviravoltas na história!”, diz o criador J.T. Rogers.

O produtor executivo Alan Poul comenta: “A recepção dos espectadores nos EUA e no Japão foi fenomenal e isso tem sido muito gratificante. Fazer a série e mantê-la autêntica tem sido um trabalho genuíno de amor por parte de nosso elenco e equipe dedicados, e estamos entusiasmados por podermos levar a história adiante”,
 

“Fãs de todo o mundo se envolveram com esta história autêntica e inovadora sobre o submundo de Tóquio e da Yakuza. JT, Alan, John e o resto da equipe vão expandir o mundo que construíram para entregar uma temporada 2 impressionante! Estamos ansiosos para colaborar na segunda temporada com nossos parceiros da HBO Max e WOWOW”, acrescenta Joe Hipps da Endeavor Content.

Créditos da primeira temporada: O dramaturgo vencedor do Tony® J.T. Rogers criou e escreveu a série e também atua como produtor executivo. Quatro vezes indicado ao Oscar® e vencedor do Emmy®, Michael Mann dirigiu o piloto e é produtor executivo ao lado do vencedor do Emmy® Alan Poul e de Jake Adelstein, Ansel Elgort, da vencedora do Emmy® Emily Gerson Saines, Brad Kane, Destin Daniel Cretton, Ken Watanabe, Kayo Washio e do vencedor do Oscar® John Lesher.

HBO MAX APRESENTA TRAILER DE ´IRMA VEP´

A minissérie estará disponível na HBO Max no dia 6 de junho

A HBO Max apresenta o trailer de IRMA VEP, minissérie original da HBO criada, escrita e dirigida por Olivier Assayas, com base em seu filme de 1996. Protagonizada pela vencedora do Oscar® Alicia Vikander, a produção estreia na plataforma de streaming no dia 6 de junho.

Mira (Alicia Vikander) é uma estrela de cinema americana que, desiludida com sua carreira e após passar por uma recente separação, chega à França para estrelar como “Irma Vep” em um remake do clássico do cinema mudo francês, “Les Vampires”. Tendo como pano de fundo um fantástico thriller policial, Mira luta conforme as distinções entre ela e o personagem que interpreta começam a se desfocar e se fundir. IRMA VEP revela o terreno incerto que está na fronteira entre ficção e realidade, do artifício e da autenticidade, da arte e da vida.
 

O elenco de IRMA VEP conta com Alicia Vikander como Mira, Vincent Macaigne como René Vidal, Jeanne Balibar como Zoe, Devon Ross como Regina, Lars Eidinger como Gottfried, Vincent Lacoste como Edmond Lagrange, Nora Hamzawi como Carla, Adria Arjona como Laurie, Carrie Brownstein como Zelda, Tom Sturridge como Eamonn, Byron Bowers como Herman, Fala Chen como Cynthia Keng, Hippolyte Girardot como Robert Danjou, Alex Descas como Gregory Desormeaux e Antoine Reinartz como Jeremie.

Os produtores executivos desta minissérie são Olivier Assayas, Alicia Vikander, Sylvie Barthet, Daniel Delume, Ravi Nandan, Hallie Sekoff, Kevin Turen, Stuart Manashil, Sam Levinson e Ashley Levinson.

HBO MAX estreou ‘A CIDADE É NOSSA´ EM 25 DE ABRIL

Desenvolvida por George Pelecanos e David Simon e dirigida por Reinaldo Marcus Green, A CIDADE É NOSSA relata a ascensão e queda da Força-Tarefa de Rastreamento de Armas do Departamento de Polícia de Baltimore e a corrupção e o colapso moral que se abateram sobre uma cidade americana, na qual as políticas de proibição de drogas e prisão em massa foram defendidos em detrimento ao trabalho policial real.

Estrelada por Jon Bernthal, Wunmi Mosaku, Jamie Hector e Josh Charles, A CIDADE É NOSSA estreou segunda-feira, 25 de abril, e tem produção executiva de George Pelecanos, David Simon, Reinaldo Marcus Green, Nina K. Noble, Ed Burns e Kary Antholis.

Para A CIDADE É NOSSA, o aclamado realizador Reinaldo Marcus Green (“KING RICHARD“) juntou-se a uma equipe que há vinte anos criou a inovadora série “The Wire” da HBO. Juntamente com os produtores executivos Pelecanos, Simon, Noble e Burns, e o coprodutor executivo William F. Zorzi, A CIDADE É NOSSA reúne muitos dos talentos dessa série icônica, tanto na equipe como nas telas, na qual os espectadores reconhecerão diversos membros do elenco de “The Wire”, liderados por Jamie Hector, Darrell Britt-Gibson, Domenick Lombardozzi, Trey Chaney, Delaney Williams, Jermaine Crawford, Anwan Glover, Chris Clanton, Nathan Corbett, Maria Broom, Susan Rome e Michael Salconi.

O elenco principal também inclui McKinley Belcher III, Dagmara Domińczyk, Rob Brown, Don Harvey, David Corenswet, Larry Mitchell, Ian Duff e Lucas Van Engen. As descrições dos personagens podem ser encontradas AQUI.

Esta reunião começou quando Pelecanos foi abordado por Antholis, que descreveu a premissa básica do escândalo da Força-Tarefa de Rastreamento de Armas e a possibilidade de adaptar o livro de não-ficção de Justin Fenton, A CIDADE É NOSSA, para a televisão. Após a leitura do manuscrito, Pelecanos convidou os seus parceiros de longa data, o criador de “The Wire”, David Simon, e a produtora executiva Nina K. Noble para o projeto, o que marcaria o seu primeiro regresso à produção cinematográfica de Baltimore desde essa série.

Em A CIDADE É NOSSA o Departamento de Polícia de Baltimore é retratado, e o tecido conjuntivo entre os espectáculos vai para além das equipes criativas e da cidade de Baltimore. Embora “The Wire” fosse uma história fictícia, falava das questões de policiamento decorrentes da guerra das drogas que se encaminhava para a virada do século e para os anos 2000. Mas em A CIDADE É NOSSA lidamos com a próxima geração da guerra contra a droga.


Nos anos 2000, o Departamento de Polícia de Baltimore lutou para responder ao crime com um trabalho policial significativo, entregando-se à prisão em massa e à guerra contra a droga. A CIDADE É NOSSA mostra como a confiança desesperada do departamento de estatísticas sobre a substância acabou levando à incapacidade dos funcionários do departamento de supervisionar a Força-Tarefa de Rastreamento de Armas e à incapacidade adicional do departamento de disciplinar policiais desonestos. Na altura do escândalo, em 2017, embora houvesse numerosos indícios de corrupção em várias unidades à paisana há quase uma década, os comandantes da polícia de Baltimore mantiveram a crença de que qualquer unidade de rua que pudesse trazer armas e drogas tinha de ser consistentemente defendida e protegida. A CIDADE É NOSSA retrata a corrupção inevitável de uma unidade, dada esta carta branca.